SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Nome: Cátia Sofia
Ano letivo:2012/2013
   introdução ……………………………… Slide 3
   O que são rochas e minerais…………… Slide 4
   Tipos de rochas ……………………….. Slide 5
   Rochas magmáticas…………………… Slide 6 e 7
   Génese das rochas …………………… Slide 8
   Rocha magmática ou extrusiva ……………………….. Slide 9
   Rocha plutónica ou intrusivas…………………………… Slide 10
   Rocha magmática ou extrusiva    ……………………… Slide 11
   Paisagens magmáticas ……………… Slide 12
   Características das paisagens graníticas ………. Slide 13
   Características das paisagens vulcânicas ……… Slide 14
   Rochas sedimentares ………………… Slide 15
   Formação das rochas sedimentares …….Slide 16 e 17
   Classificação das rochas sedimentares …………… Slide 18
   Rochas sedimentares detríticas ………. Slide 19
   Rocha sedimentar de origem química …….. Slide 20
   Rocha sedimentar de origem biogénica ou biológica …… Slide 21
   Paisagens sedimentares …………. Slide 22
   Modelo Cársico ………………….. Slide 23 e 24
   Paisagem arenosa ……………. Slide 25 e 26
   Rocha metamórfica ………….. Slide 27
   Metamorfismo ……………… Slide 28
   Paisagens metamórficas ……………….. Slide 29
   Ciclo das rochas …………….. Slide 30 e 31
   Conclusão/bibliografia/ web grafia ……………….. Slide 32
   Fim ………………… Slide 33
Neste trabalho pretendo falar dos vários tipos de rochas, o seu ciclo, o
processo de formação, sobre as paisagens etc.
    Espero que goste !!!
Rochas:     As rochas são agregados naturais, constituído por um ou mais minerais.




Minerais:    Os minerais são substâncias sólidas, naturais, inorgânicas, com uma composição
química bem definida, que pode ser representada por uma fórmula química. Os minerais têm
uma estrutura cristalina isto é, as partículas que os constituem têm uma distribuição regular
no espaço.
As rochas podem ser de três              tipos   diferente,   podem   ser
magmáticas, sedimentares e metamórficas.
   Dentro destes grupos á mais subgrupos.
As rochas magmáticas podem ser de 2 tipos:


    Rochas Plutónicas/Intrusivas: são rochas que resultam da consolidação/ solidificação do
magma em profundidade.




                       EX:. O granito
Rochas      vulcânicas/extrusivas:     São      rochas     que   resultam   da
solidificação/consolidação do magma à superfície ou muito próximo dela.



                  Ex: O basalto




                     A obsidiana
O granito e o basalto são rochas magmáticas que resultam da solidificação do
magma. Estas duas rochas são diferentes, porque têm processos de arrefecimento
diferentes. A lava à superfície arrefece rapidamente, enquanto, o magma em
profundidade arrefece lentamente. O arrefecimento rápido ou lento do magma
influência o desenvolvimento de cristais, ou seja, a cristalização de um mineral.
Solidificação do magma à superfície ou próximo dela



                         Arrefecimento rápido



Cristais pouco ou nada visíveis à “vista desarmada” no seio de uma massa amorfa



                         Cristalização incompleta


                             Textura afanítica



                           Por exemplo: o basalto
Solidificação do magma em profundidade



              Arrefecimento lento



Cristais bem desenvolvidos e visíveis à “vista desarmada”



               Cristalização completa



                  Textura fanerítica



               Por exemplo: o granito
Solidificação do magma à superfície.



    Arrefecimento muito rápido



  Ausência de cristais, massa vítrea



Ausência de cristalização dos minerais



  Textura vítrea ou amorfa




  Por exemplo: a obsidiana
As paisagens magmáticas podem ser subdivididas em paisagens graníticas e em
paisagens vulcânicas.




        Paisagem granítica
                                                  Paisagem vulcânica
As paisagens graníticas são caracterizadas por terem:




 Rocha mais abundante- o granito;
 Elevações imponentes;
 Diáclases;
 Caos de blocos;
 Penhas;
 Cobertura vegetal constituída por pinheiros, urzes e tojos (solos geralmente pobres e
com pouca vegetação;
 Existência de frequentes nascentes de água.
As paisagens vulcânicas são caracterizadas por terem:


 Rocha mais abundante – o basalto;
 Alinhamento de cones vulcânicos;
 Formação de crateras/caldeiras;
 Disjunção prismática;
 Solos férteis e com uma vegetação
exuberante.
São rochas formadas por materiais acumulados geralmente à superfície da
Terra. Estes materiais podem ser o resultado de alterações de rochas pré-
existentes, restos de seres vivos ou ainda de substancias químicas precipitadas.
A formação de uma rocha sedimentar depende em geral, de um conjunto de
etapas: a meteorização, a erosão, o transporte, a sedimentação e a diagénese.


      Meteorização e erosão: Conjunto de processos levados a cabo pelos
        agentes      externos      modificadores      do      globo       terrestre
        (água, temperatura, vento, seres vivos) que conduzem          à alteração e
        desagregação das rochas.


      Transporte: Os materiais resultantes da erosão são transportados (pela
        água, vento e força da gravidade essencialmente) para outras regiões, por
        vezes muito distantes da origem.
 Sedimentação: Corresponde à deposição dos sedimentos, quando os
  agentes de transporte perdem velocidade e capacidade de transporte. Esta
  acumulação de materiais faz-se normalmente em camadas ou estratos.

 Diagénese: Conjunto de modificações que um sedimento sofre desde que é
  depositado numa zona até que se transforma numa numa rocha sedimentar
  compacta. Estas modificações envolvem compactação e cimentação.

 Compactação: À medida que o sedimento se afunda, a pressão a que fica
  sujeito aumenta, reduzindo os espaços entre as partículas e expulsando uma
  parte da água.

 Cimentação: Leva à formação de uma rocha coroente, através da união dos
  detritos por um cimento, resultante da precipitação de substâncias que se
  encontravam na água que empapava os sedimentos.
As rochas sedimentares classificam-se em detríticas, químicas e
biogénicas ou de origem biologia.
São rochas formadas por fragmentos ou detritos de diferentes dimensões
provenientes de outras rochas.

       Ex:. Areias, argilas, arenitos, argilitos, conglomerados.
São rochas resultantes da precipitação de substâncias químicas dissolvidas
na água.

           Ex:. Calcário, sal-gema, gesso.
São rochas formadas a partir de restos de seres vivos ou por materiais
resultantes da sua decomposição.

       Ex:. Calcário conquífero, carvão.
As paisagens sedimentares podem ser muito diversificadas, o que depende
em grande parte do tipo de rocha existente, mas também dos agentes erosivos
predominante.
        Entre os vários aspectos típicos de paisagens sedimentares, destacamos o
modelo cársico, as dunas, as chaminés de fadas.




     Dunas
                                                  Chaminés de fadas
O modelo cársico tem o relevo típico das regiões calcárias, onde a rocha
mais abundante é o calcário.



                                 Estalactites
                   Grutas        Estalagmites e colunas
  Paisagens
  cársicas              Campos de lapiás
                        Dolinas
                        Algares poços
Campos de lapiás
Os depósitos de areia dão origem a uma paisagem arenosa. As areias são
rochas formadas por pequenos grãos isolados uns dos outros. Os grãos são de
tamanhos variável dependendo da rochas que lhe dá origem.
        As dunas são construções de areias edificadas pelo vento, muito frequentes
nas regiões litorais nas regiões desérticas.




 Paisagem           Areias de uma praia, areias marinhas;
                    Areias dos leitos, rios (areias fluviais);
 arenosa            Areias dos desertos (areias eólicas).
Dunas
Rochas metamórficas: são rochas que resultam da transformação, no estado
sólido, de rochas preexistentes sob a influência do aumento da pressão e/ou da
temperatura.
Metamorfismo: conjunto de fenómenos que em condições de pressão e
temperatura elevada, provocam modificações das características de rochas
pré existentes e que se verificam no estado sólido. As alterações podem ocorrer
na textura da rocha e/ou na sua composição mineralógica, podendo haver formação
de minerais novos.
As paisagens metamórficas são caracterizadas pela existência de
rochas, regra geral intensamente deformadas e, por vezes, muito resistentes à ação
dos agentes erosivos.
        Existe uma grande diversidade de rochas metamórficas. Talvez aquelas que
marcam mais fortemente a paisagem sejam os xistos, os quartzitos nas esquecendo
as mármores e a ardósia.
A ação dos agentes geológicos externos e internos a que as rochas estão
sujeitas origina transformações nas suas propriedades, tais como a composição
mineralógica, estado físico e a estrutura, permitindo que:
       Qualquer tipo de rocha que se encontre à superfície da Terra possa sofrer
        erosão e transformar-se numa rocha sedimentar.
       Qualquer tipo de rocha que, após a sua formação seja arrastada para o
        interior da litosfera possa transformar-se numa rocha metamórfica, ou
        inclusive, possa fundir transformando-se num magma, o qual por
        consolidação origina uma rocha magmática.
        As relações que existem entre os diferentes tipos de rochas podem
        traduzir-se por um ciclo- ciclo das rochas- no qual elas se transformam
        umas nas outras, sendo sempre recuperados os materiais que as compõem.
Com este trabalhos aprendi os vários tipos de rochas, o seu ciclo, e também
fiquei a saber um pouco mais sobre as suas paisagens.




Manual: Descobrir a terra 7
A Terra
http://www.notapositiva.com/trab_estudantes/trab_estudantes/cienciasnaturais/9rochas.htm
http://www.slideshare.net/ProfessorHerculesAvancini/rochas-7980093#btnNext
Rochas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

7 rochas metamórficas
7   rochas metamórficas7   rochas metamórficas
7 rochas metamórficasmargaridabt
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentaresCatir
 
Os minerais e as suas características
Os minerais e as suas característicasOs minerais e as suas características
Os minerais e as suas característicasCatir
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticasTânia Reis
 
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraRochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraAna Castro
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticasAnne Armas
 
3 b classificaçãorochassedimentares
3 b   classificaçãorochassedimentares3 b   classificaçãorochassedimentares
3 b classificaçãorochassedimentaresmargaridabt
 
Rochas Metamórficas
Rochas MetamórficasRochas Metamórficas
Rochas MetamórficasTânia Reis
 
III - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACASIII - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACASsandranascimento
 
Minerais e suas propriedades
Minerais e suas propriedadesMinerais e suas propriedades
Minerais e suas propriedadesjoanatxr
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentaresTânia Reis
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentaresCatir
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficasCatir
 
3 b classificaçãorochassedimentares
3 b   classificaçãorochassedimentares3 b   classificaçãorochassedimentares
3 b classificaçãorochassedimentaresmargaridabt
 

Mais procurados (20)

7 rochas metamórficas
7   rochas metamórficas7   rochas metamórficas
7 rochas metamórficas
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
 
2 as rochas
2   as rochas2   as rochas
2 as rochas
 
Os minerais e as suas características
Os minerais e as suas característicasOs minerais e as suas características
Os minerais e as suas características
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 
Minerais e rochas
Minerais e rochas Minerais e rochas
Minerais e rochas
 
Metamorfismo
MetamorfismoMetamorfismo
Metamorfismo
 
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraRochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 
Rochas.pptx
Rochas.pptxRochas.pptx
Rochas.pptx
 
3 b classificaçãorochassedimentares
3 b   classificaçãorochassedimentares3 b   classificaçãorochassedimentares
3 b classificaçãorochassedimentares
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
Rochas Metamórficas
Rochas MetamórficasRochas Metamórficas
Rochas Metamórficas
 
III - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACASIII - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACAS
 
Minerais e suas propriedades
Minerais e suas propriedadesMinerais e suas propriedades
Minerais e suas propriedades
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficas
 
3 b classificaçãorochassedimentares
3 b   classificaçãorochassedimentares3 b   classificaçãorochassedimentares
3 b classificaçãorochassedimentares
 

Destaque

Destaque (20)

fotonovela - missão quase impossível
fotonovela - missão quase impossívelfotonovela - missão quase impossível
fotonovela - missão quase impossível
 
Geologiarochassedimentares
GeologiarochassedimentaresGeologiarochassedimentares
Geologiarochassedimentares
 
Tg5 viagem de uma gota de agua
Tg5   viagem de uma gota de aguaTg5   viagem de uma gota de agua
Tg5 viagem de uma gota de agua
 
Slide sobre água(andressa f.a.) (1)
Slide sobre água(andressa f.a.) (1)Slide sobre água(andressa f.a.) (1)
Slide sobre água(andressa f.a.) (1)
 
Forum acv
Forum acvForum acv
Forum acv
 
Aula 2 origem dos solos
Aula 2 origem dos solosAula 2 origem dos solos
Aula 2 origem dos solos
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Fotonovela[1]
Fotonovela[1]Fotonovela[1]
Fotonovela[1]
 
Formação das rochas
Formação das rochasFormação das rochas
Formação das rochas
 
Um dia muito apertado
Um dia muito apertadoUm dia muito apertado
Um dia muito apertado
 
Fotonovela "Aconteceu comigo!"
Fotonovela "Aconteceu comigo!"Fotonovela "Aconteceu comigo!"
Fotonovela "Aconteceu comigo!"
 
ciclo rochoso e rochas igneas
ciclo rochoso e rochas igneas ciclo rochoso e rochas igneas
ciclo rochoso e rochas igneas
 
Reciclagemda água na natureza
Reciclagemda água na natureza Reciclagemda água na natureza
Reciclagemda água na natureza
 
As 4 estações do amor
As 4 estações do amorAs 4 estações do amor
As 4 estações do amor
 
Fotonovela: O último dia de aula
Fotonovela: O último dia de aulaFotonovela: O último dia de aula
Fotonovela: O último dia de aula
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
Projeto ambientação Água
Projeto ambientação ÁguaProjeto ambientação Água
Projeto ambientação Água
 
fotonovela - uma ideia que deu certo
fotonovela - uma ideia que deu certofotonovela - uma ideia que deu certo
fotonovela - uma ideia que deu certo
 
Fotonovela: Obsessão
Fotonovela: ObsessãoFotonovela: Obsessão
Fotonovela: Obsessão
 
Fotonovela "O encontro"
Fotonovela "O encontro"Fotonovela "O encontro"
Fotonovela "O encontro"
 

Semelhante a Rochas

Resumo 10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochasResumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo 10º ano - ciclo das rochasHugo Martins
 
Dinâmica externa da terra
Dinâmica externa da terraDinâmica externa da terra
Dinâmica externa da terraSara Viana
 
As rochas, arquivos da história da Terra
As rochas, arquivos da história da TerraAs rochas, arquivos da história da Terra
As rochas, arquivos da história da TerraMarta Espada
 
Unidade 5 cap 1 processos de fomação das rochas
Unidade 5 cap 1 processos de fomação das rochasUnidade 5 cap 1 processos de fomação das rochas
Unidade 5 cap 1 processos de fomação das rochasISJ
 
Ppt rochas.
Ppt rochas.Ppt rochas.
Ppt rochas.ZigFraGz
 
Ap 2 rochas, arquivos da h da terra
Ap 2   rochas, arquivos da h  da terraAp 2   rochas, arquivos da h  da terra
Ap 2 rochas, arquivos da h da terraessg
 
Ap 2 rochas, arquivos da h da terra
Ap 2   rochas, arquivos da h  da terraAp 2   rochas, arquivos da h  da terra
Ap 2 rochas, arquivos da h da terraessg
 
Ciclo das rochas.pptx
Ciclo das rochas.pptxCiclo das rochas.pptx
Ciclo das rochas.pptxInsLeite13
 
Ciências – 1º teste
Ciências – 1º testeCiências – 1º teste
Ciências – 1º testeMafalda Alves
 

Semelhante a Rochas (20)

Resumo 10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochasResumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo 10º ano - ciclo das rochas
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
Dinâmica externa da terra
Dinâmica externa da terraDinâmica externa da terra
Dinâmica externa da terra
 
As rochas, arquivos da história da Terra
As rochas, arquivos da história da TerraAs rochas, arquivos da história da Terra
As rochas, arquivos da história da Terra
 
Unidade 5 cap 1 processos de fomação das rochas
Unidade 5 cap 1 processos de fomação das rochasUnidade 5 cap 1 processos de fomação das rochas
Unidade 5 cap 1 processos de fomação das rochas
 
Ficha resumo rochas
Ficha resumo rochasFicha resumo rochas
Ficha resumo rochas
 
Ppt rochas.
Ppt rochas.Ppt rochas.
Ppt rochas.
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
Guião apresentação
Guião   apresentaçãoGuião   apresentação
Guião apresentação
 
Ap 2 rochas, arquivos da h da terra
Ap 2   rochas, arquivos da h  da terraAp 2   rochas, arquivos da h  da terra
Ap 2 rochas, arquivos da h da terra
 
Tipos de rochas
Tipos de rochasTipos de rochas
Tipos de rochas
 
Aula geologia 2
Aula geologia 2Aula geologia 2
Aula geologia 2
 
Ap 2 rochas, arquivos da h da terra
Ap 2   rochas, arquivos da h  da terraAp 2   rochas, arquivos da h  da terra
Ap 2 rochas, arquivos da h da terra
 
Cn3 trabalho crmrar
Cn3 trabalho crmrarCn3 trabalho crmrar
Cn3 trabalho crmrar
 
Ciclo das rochas.pptx
Ciclo das rochas.pptxCiclo das rochas.pptx
Ciclo das rochas.pptx
 
rochas.pptx
rochas.pptxrochas.pptx
rochas.pptx
 
Rochas Ciclo
Rochas  CicloRochas  Ciclo
Rochas Ciclo
 
Geologia
GeologiaGeologia
Geologia
 
Ciências – 1º teste
Ciências – 1º testeCiências – 1º teste
Ciências – 1º teste
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 

Último

Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioWyngDaFelyzitahLamba
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxLucasFCapistrano
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 

Último (20)

Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 

Rochas

  • 1. Nome: Cátia Sofia Ano letivo:2012/2013
  • 2. introdução ……………………………… Slide 3  O que são rochas e minerais…………… Slide 4  Tipos de rochas ……………………….. Slide 5  Rochas magmáticas…………………… Slide 6 e 7  Génese das rochas …………………… Slide 8  Rocha magmática ou extrusiva ……………………….. Slide 9  Rocha plutónica ou intrusivas…………………………… Slide 10  Rocha magmática ou extrusiva ……………………… Slide 11  Paisagens magmáticas ……………… Slide 12  Características das paisagens graníticas ………. Slide 13  Características das paisagens vulcânicas ……… Slide 14  Rochas sedimentares ………………… Slide 15  Formação das rochas sedimentares …….Slide 16 e 17  Classificação das rochas sedimentares …………… Slide 18  Rochas sedimentares detríticas ………. Slide 19  Rocha sedimentar de origem química …….. Slide 20  Rocha sedimentar de origem biogénica ou biológica …… Slide 21  Paisagens sedimentares …………. Slide 22  Modelo Cársico ………………….. Slide 23 e 24  Paisagem arenosa ……………. Slide 25 e 26  Rocha metamórfica ………….. Slide 27  Metamorfismo ……………… Slide 28  Paisagens metamórficas ……………….. Slide 29  Ciclo das rochas …………….. Slide 30 e 31  Conclusão/bibliografia/ web grafia ……………….. Slide 32  Fim ………………… Slide 33
  • 3. Neste trabalho pretendo falar dos vários tipos de rochas, o seu ciclo, o processo de formação, sobre as paisagens etc. Espero que goste !!!
  • 4. Rochas: As rochas são agregados naturais, constituído por um ou mais minerais. Minerais: Os minerais são substâncias sólidas, naturais, inorgânicas, com uma composição química bem definida, que pode ser representada por uma fórmula química. Os minerais têm uma estrutura cristalina isto é, as partículas que os constituem têm uma distribuição regular no espaço.
  • 5. As rochas podem ser de três tipos diferente, podem ser magmáticas, sedimentares e metamórficas. Dentro destes grupos á mais subgrupos.
  • 6. As rochas magmáticas podem ser de 2 tipos: Rochas Plutónicas/Intrusivas: são rochas que resultam da consolidação/ solidificação do magma em profundidade. EX:. O granito
  • 7. Rochas vulcânicas/extrusivas: São rochas que resultam da solidificação/consolidação do magma à superfície ou muito próximo dela. Ex: O basalto A obsidiana
  • 8. O granito e o basalto são rochas magmáticas que resultam da solidificação do magma. Estas duas rochas são diferentes, porque têm processos de arrefecimento diferentes. A lava à superfície arrefece rapidamente, enquanto, o magma em profundidade arrefece lentamente. O arrefecimento rápido ou lento do magma influência o desenvolvimento de cristais, ou seja, a cristalização de um mineral.
  • 9. Solidificação do magma à superfície ou próximo dela Arrefecimento rápido Cristais pouco ou nada visíveis à “vista desarmada” no seio de uma massa amorfa Cristalização incompleta Textura afanítica Por exemplo: o basalto
  • 10. Solidificação do magma em profundidade Arrefecimento lento Cristais bem desenvolvidos e visíveis à “vista desarmada” Cristalização completa Textura fanerítica Por exemplo: o granito
  • 11. Solidificação do magma à superfície. Arrefecimento muito rápido Ausência de cristais, massa vítrea Ausência de cristalização dos minerais Textura vítrea ou amorfa Por exemplo: a obsidiana
  • 12. As paisagens magmáticas podem ser subdivididas em paisagens graníticas e em paisagens vulcânicas. Paisagem granítica Paisagem vulcânica
  • 13. As paisagens graníticas são caracterizadas por terem:  Rocha mais abundante- o granito;  Elevações imponentes;  Diáclases;  Caos de blocos;  Penhas;  Cobertura vegetal constituída por pinheiros, urzes e tojos (solos geralmente pobres e com pouca vegetação;  Existência de frequentes nascentes de água.
  • 14. As paisagens vulcânicas são caracterizadas por terem:  Rocha mais abundante – o basalto;  Alinhamento de cones vulcânicos;  Formação de crateras/caldeiras;  Disjunção prismática;  Solos férteis e com uma vegetação exuberante.
  • 15. São rochas formadas por materiais acumulados geralmente à superfície da Terra. Estes materiais podem ser o resultado de alterações de rochas pré- existentes, restos de seres vivos ou ainda de substancias químicas precipitadas.
  • 16. A formação de uma rocha sedimentar depende em geral, de um conjunto de etapas: a meteorização, a erosão, o transporte, a sedimentação e a diagénese.  Meteorização e erosão: Conjunto de processos levados a cabo pelos agentes externos modificadores do globo terrestre (água, temperatura, vento, seres vivos) que conduzem à alteração e desagregação das rochas.  Transporte: Os materiais resultantes da erosão são transportados (pela água, vento e força da gravidade essencialmente) para outras regiões, por vezes muito distantes da origem.
  • 17.  Sedimentação: Corresponde à deposição dos sedimentos, quando os agentes de transporte perdem velocidade e capacidade de transporte. Esta acumulação de materiais faz-se normalmente em camadas ou estratos.  Diagénese: Conjunto de modificações que um sedimento sofre desde que é depositado numa zona até que se transforma numa numa rocha sedimentar compacta. Estas modificações envolvem compactação e cimentação.  Compactação: À medida que o sedimento se afunda, a pressão a que fica sujeito aumenta, reduzindo os espaços entre as partículas e expulsando uma parte da água.  Cimentação: Leva à formação de uma rocha coroente, através da união dos detritos por um cimento, resultante da precipitação de substâncias que se encontravam na água que empapava os sedimentos.
  • 18. As rochas sedimentares classificam-se em detríticas, químicas e biogénicas ou de origem biologia.
  • 19. São rochas formadas por fragmentos ou detritos de diferentes dimensões provenientes de outras rochas. Ex:. Areias, argilas, arenitos, argilitos, conglomerados.
  • 20. São rochas resultantes da precipitação de substâncias químicas dissolvidas na água. Ex:. Calcário, sal-gema, gesso.
  • 21. São rochas formadas a partir de restos de seres vivos ou por materiais resultantes da sua decomposição. Ex:. Calcário conquífero, carvão.
  • 22. As paisagens sedimentares podem ser muito diversificadas, o que depende em grande parte do tipo de rocha existente, mas também dos agentes erosivos predominante. Entre os vários aspectos típicos de paisagens sedimentares, destacamos o modelo cársico, as dunas, as chaminés de fadas. Dunas Chaminés de fadas
  • 23. O modelo cársico tem o relevo típico das regiões calcárias, onde a rocha mais abundante é o calcário. Estalactites Grutas Estalagmites e colunas Paisagens cársicas Campos de lapiás Dolinas Algares poços
  • 25. Os depósitos de areia dão origem a uma paisagem arenosa. As areias são rochas formadas por pequenos grãos isolados uns dos outros. Os grãos são de tamanhos variável dependendo da rochas que lhe dá origem. As dunas são construções de areias edificadas pelo vento, muito frequentes nas regiões litorais nas regiões desérticas. Paisagem Areias de uma praia, areias marinhas; Areias dos leitos, rios (areias fluviais); arenosa Areias dos desertos (areias eólicas).
  • 26. Dunas
  • 27. Rochas metamórficas: são rochas que resultam da transformação, no estado sólido, de rochas preexistentes sob a influência do aumento da pressão e/ou da temperatura.
  • 28. Metamorfismo: conjunto de fenómenos que em condições de pressão e temperatura elevada, provocam modificações das características de rochas pré existentes e que se verificam no estado sólido. As alterações podem ocorrer na textura da rocha e/ou na sua composição mineralógica, podendo haver formação de minerais novos.
  • 29. As paisagens metamórficas são caracterizadas pela existência de rochas, regra geral intensamente deformadas e, por vezes, muito resistentes à ação dos agentes erosivos. Existe uma grande diversidade de rochas metamórficas. Talvez aquelas que marcam mais fortemente a paisagem sejam os xistos, os quartzitos nas esquecendo as mármores e a ardósia.
  • 30. A ação dos agentes geológicos externos e internos a que as rochas estão sujeitas origina transformações nas suas propriedades, tais como a composição mineralógica, estado físico e a estrutura, permitindo que:  Qualquer tipo de rocha que se encontre à superfície da Terra possa sofrer erosão e transformar-se numa rocha sedimentar.  Qualquer tipo de rocha que, após a sua formação seja arrastada para o interior da litosfera possa transformar-se numa rocha metamórfica, ou inclusive, possa fundir transformando-se num magma, o qual por consolidação origina uma rocha magmática. As relações que existem entre os diferentes tipos de rochas podem traduzir-se por um ciclo- ciclo das rochas- no qual elas se transformam umas nas outras, sendo sempre recuperados os materiais que as compõem.
  • 31.
  • 32. Com este trabalhos aprendi os vários tipos de rochas, o seu ciclo, e também fiquei a saber um pouco mais sobre as suas paisagens. Manual: Descobrir a terra 7 A Terra http://www.notapositiva.com/trab_estudantes/trab_estudantes/cienciasnaturais/9rochas.htm http://www.slideshare.net/ProfessorHerculesAvancini/rochas-7980093#btnNext