SlideShare uma empresa Scribd logo
A

dança se caracteriza pelo uso do corpo
seguindo
movimentos
previamente
estabelecidos, ou improvisados. Na maior
parte dos casos, a dança, com passos
cadenciados é acompanhada ao som e
compasso de música e envolve a
expressão de sentimentos potenciados
por ela.
 Talento

e dedicação
são indispensáveis
para quem quer
dedicar-se à dança. O
dançarino precisa
realmente se entregar
ao
treinamento, descobri
r quais são seus
limites e ultrapassálos.


COMUNICAÇÃO DAS
ARTES DO CORPO:

Usando técnicas de
dança e artes cênicas,
esse profissional tem
uma visão ampla e
crítica da comunicação
e das artes do corpo e
as utiliza como meio de
comunicação com a
sociedade em que vive.


DANÇA : É a sequência
de movimentos corporais,
executados de maneira
rítmica e ao som de
música, com a finalidade
de narrar uma história ou
expressar uma ideia ou
emoção.
 Preparo

físico;

 Sensibilidade

artística;
 Senso

estético;

 Talento.


O mercado de trabalho
encontra-se instável, os
profissionais graduados
conseguem ingressar nas
especialidades de
coreografia ou na área de
licenciatura, ministrando
aulas em
escolas, mas, em geral, a
maioria insere no mercado
informal, apesar de que a
cada dia as academias
oferecerem mais aulas de
dança dos mais variados
ritmos.
O

dançarino pode desenvolver atividades
envolvendo, bailado ou dança, coreografia
e ensino;

 Atuar

como intérprete e coreógrafo em
espetáculos, performances e eventos;

 Desenvolver

trabalhos de preparação
corporal para atores e dançarinos no
teatro e na TV;

 Produzir

e dirigir espetáculos teatrais;
 Ministrar

aulas em escolas do ensino
fundamental e médio, no ensino informal e
em escolas técnicas;

 Desenvolver

pesquisas na criação artística
e na educação;

 Selecionar

profissionais para atuação em
espetáculos.

 Criar,

desenvolver e coordenar ações e
projetos de dança em instituições,
fundações
e
organizações
nãogovernamentais;


O campo de atuação
para o profissional da
dança
expandiu
bastante nas últimas
décadas e abre espaço
tanto para bailarinos
com longos anos de
estudo, quanto para
iniciantes que querem
investir em um negócio
próprio.
Espetáculos, academia
s
de
dança
de
salão, programas na
TV,
aulas
nas
escolinhas infantis de
jazz
ou
balé
clássico,
projetos
 R$

30,00
(hora/aula de 90
minutos); fonte:
sindicato dos
Profissionais de
Dança do Estado
do Rio de Janeiro;
 R$ 1.200,00
(contrato mensal
para bailarino);
 R$ 2.500,00
(coreógrafo); fonte:
Sinddança SP.
 No

Teatro
Municipal do
Rio, os salários
variam de R$ 2 mil
a R$ 6 mil por
mês.

 Há

circos
internacionais que
pagam US$ 400 por
semana, sendo que
o artista não tem
custos com a
estadia nem com a
alimentação.
Faculdades
Universidade Estadual de Campinas(Unicamp)

Estrelas
★★★★★

Universidade Anhembi Morumbi

★★★★

Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ)

★★★★

Faculdade Angel Vianna(FAV), no Rio de Janeiro
Faculdade de artes do Paraná(FAP)em Curitiba

★★★
★★★

Universidade do Estado do Amazonas(UEA)

★★★

Universidade Federal de Viçosa(UFV)

★★★
Aline Pereira

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Atividades desenvolvidas pela academia
Atividades desenvolvidas pela academiaAtividades desenvolvidas pela academia
Atividades desenvolvidas pela academiaJailson Lima
 
Studio Dance Performers | Bruno Macedo
Studio Dance Performers | Bruno MacedoStudio Dance Performers | Bruno Macedo
Studio Dance Performers | Bruno MacedoSportup
 
Conferência
ConferênciaConferência
ConferênciaSportup
 
Apresentação do FFitness Woman
Apresentação do FFitness WomanApresentação do FFitness Woman
Apresentação do FFitness WomanSportup
 
Imagem dos ginásios aos olhos dos Portugueses
Imagem dos ginásios aos olhos dos PortuguesesImagem dos ginásios aos olhos dos Portugueses
Imagem dos ginásios aos olhos dos PortuguesesPaulo Sena
 
Apresentação Projecto PALM
Apresentação Projecto PALMApresentação Projecto PALM
Apresentação Projecto PALMsofiadevesa
 
ConstruçãO De GináSios
ConstruçãO De GináSiosConstruçãO De GináSios
ConstruçãO De GináSiosMicael Oliveira
 
Como abrir o meu Ginásio ?
Como abrir o meu Ginásio ?Como abrir o meu Ginásio ?
Como abrir o meu Ginásio ?Felipe Melo
 
Levitt 1960 miopia em marketing
Levitt 1960 miopia em marketingLevitt 1960 miopia em marketing
Levitt 1960 miopia em marketingFernanda Venâncio
 
Festival 2016 - Como captar online - cases Unicef e Make-a-Wish
Festival 2016 - Como captar online - cases Unicef e Make-a-WishFestival 2016 - Como captar online - cases Unicef e Make-a-Wish
Festival 2016 - Como captar online - cases Unicef e Make-a-WishABCR
 
Festival 2016 - Meios de Pagamento, a nova plataforma de cobrança e doações r...
Festival 2016 - Meios de Pagamento, a nova plataforma de cobrança e doações r...Festival 2016 - Meios de Pagamento, a nova plataforma de cobrança e doações r...
Festival 2016 - Meios de Pagamento, a nova plataforma de cobrança e doações r...ABCR
 
Apresentação FFitness Health Clube
Apresentação FFitness Health ClubeApresentação FFitness Health Clube
Apresentação FFitness Health ClubeSportup
 
Técnicas de comunicação em marketing pump spirit ginasio
Técnicas de comunicação em marketing   pump spirit ginasioTécnicas de comunicação em marketing   pump spirit ginasio
Técnicas de comunicação em marketing pump spirit ginasioCls_Mark
 
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.Mobiliza Consultoria
 
Passos para abrir um Ginásio
Passos para abrir um GinásioPassos para abrir um Ginásio
Passos para abrir um GinásioManuel Lemos
 
Projeto de Patrocínio - João Vítor - Judô
Projeto de Patrocínio - João Vítor - JudôProjeto de Patrocínio - João Vítor - Judô
Projeto de Patrocínio - João Vítor - Judôjudodiv
 
Solicitação de patrocinio
Solicitação de patrocinioSolicitação de patrocinio
Solicitação de patrocinioAELINS
 

Destaque (20)

Atividades desenvolvidas pela academia
Atividades desenvolvidas pela academiaAtividades desenvolvidas pela academia
Atividades desenvolvidas pela academia
 
Resume march 2016
Resume march 2016Resume march 2016
Resume march 2016
 
Apresentacao OnlineGym VideoJogos2013
Apresentacao OnlineGym VideoJogos2013Apresentacao OnlineGym VideoJogos2013
Apresentacao OnlineGym VideoJogos2013
 
Portafolio Jorge Peyres
Portafolio Jorge PeyresPortafolio Jorge Peyres
Portafolio Jorge Peyres
 
Studio Dance Performers | Bruno Macedo
Studio Dance Performers | Bruno MacedoStudio Dance Performers | Bruno Macedo
Studio Dance Performers | Bruno Macedo
 
Conferência
ConferênciaConferência
Conferência
 
Apresentação do FFitness Woman
Apresentação do FFitness WomanApresentação do FFitness Woman
Apresentação do FFitness Woman
 
Imagem dos ginásios aos olhos dos Portugueses
Imagem dos ginásios aos olhos dos PortuguesesImagem dos ginásios aos olhos dos Portugueses
Imagem dos ginásios aos olhos dos Portugueses
 
Apresentação Projecto PALM
Apresentação Projecto PALMApresentação Projecto PALM
Apresentação Projecto PALM
 
ConstruçãO De GináSios
ConstruçãO De GináSiosConstruçãO De GináSios
ConstruçãO De GináSios
 
Como abrir o meu Ginásio ?
Como abrir o meu Ginásio ?Como abrir o meu Ginásio ?
Como abrir o meu Ginásio ?
 
Levitt 1960 miopia em marketing
Levitt 1960 miopia em marketingLevitt 1960 miopia em marketing
Levitt 1960 miopia em marketing
 
Festival 2016 - Como captar online - cases Unicef e Make-a-Wish
Festival 2016 - Como captar online - cases Unicef e Make-a-WishFestival 2016 - Como captar online - cases Unicef e Make-a-Wish
Festival 2016 - Como captar online - cases Unicef e Make-a-Wish
 
Festival 2016 - Meios de Pagamento, a nova plataforma de cobrança e doações r...
Festival 2016 - Meios de Pagamento, a nova plataforma de cobrança e doações r...Festival 2016 - Meios de Pagamento, a nova plataforma de cobrança e doações r...
Festival 2016 - Meios de Pagamento, a nova plataforma de cobrança e doações r...
 
Apresentação FFitness Health Clube
Apresentação FFitness Health ClubeApresentação FFitness Health Clube
Apresentação FFitness Health Clube
 
Técnicas de comunicação em marketing pump spirit ginasio
Técnicas de comunicação em marketing   pump spirit ginasioTécnicas de comunicação em marketing   pump spirit ginasio
Técnicas de comunicação em marketing pump spirit ginasio
 
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
 
Passos para abrir um Ginásio
Passos para abrir um GinásioPassos para abrir um Ginásio
Passos para abrir um Ginásio
 
Projeto de Patrocínio - João Vítor - Judô
Projeto de Patrocínio - João Vítor - JudôProjeto de Patrocínio - João Vítor - Judô
Projeto de Patrocínio - João Vítor - Judô
 
Solicitação de patrocinio
Solicitação de patrocinioSolicitação de patrocinio
Solicitação de patrocinio
 

Semelhante a Dança

Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
Projeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cestProjeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cest
Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cestSimoneHelenDrumond
 
Dança na escola expressão pelo movimento
Dança na escola expressão pelo movimentoDança na escola expressão pelo movimento
Dança na escola expressão pelo movimentoMarleila Barros
 
Programação janeiro
Programação janeiroProgramação janeiro
Programação janeiroThulio Falcao
 
`Projeto social brenda oliveira 22 mp
`Projeto social brenda oliveira 22 mp`Projeto social brenda oliveira 22 mp
`Projeto social brenda oliveira 22 mpalemisturini
 
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptxApresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptxthomazamorim1
 
Curso de Integração Digital
Curso de Integração DigitalCurso de Integração Digital
Curso de Integração Digitaltemtudobangu
 
Raça companhia de dança
Raça companhia de dançaRaça companhia de dança
Raça companhia de dançaCicero Feltrin
 
A dança na educação infantil
A dança na educação infantilA dança na educação infantil
A dança na educação infantilMarleila Barros
 
Boletim informativo ano i (oficial)
Boletim informativo ano i  (oficial)Boletim informativo ano i  (oficial)
Boletim informativo ano i (oficial)Engenho da Música
 
Boletim informativo ano I (oficial)
Boletim informativo ano I (oficial)Boletim informativo ano I (oficial)
Boletim informativo ano I (oficial)Clauzer Oliveira
 
Apostila Curso Dança
Apostila Curso DançaApostila Curso Dança
Apostila Curso Dançatemtudobangu
 
Balé classico e infancia
Balé classico e infanciaBalé classico e infancia
Balé classico e infanciaUNIFAE
 

Semelhante a Dança (20)

Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
Projeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cestProjeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cest
Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
 
27064 (1).pptx
27064 (1).pptx27064 (1).pptx
27064 (1).pptx
 
Dança na escola expressão pelo movimento
Dança na escola expressão pelo movimentoDança na escola expressão pelo movimento
Dança na escola expressão pelo movimento
 
Programação janeiro
Programação janeiroProgramação janeiro
Programação janeiro
 
Estudio Broadway
Estudio BroadwayEstudio Broadway
Estudio Broadway
 
`Projeto social brenda oliveira 22 mp
`Projeto social brenda oliveira 22 mp`Projeto social brenda oliveira 22 mp
`Projeto social brenda oliveira 22 mp
 
Atividades extras
Atividades extrasAtividades extras
Atividades extras
 
Danca escola
Danca escolaDanca escola
Danca escola
 
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptxApresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
 
Folheto cursos engenho
Folheto cursos engenhoFolheto cursos engenho
Folheto cursos engenho
 
Curso de Integração Digital
Curso de Integração DigitalCurso de Integração Digital
Curso de Integração Digital
 
Musica
MusicaMusica
Musica
 
Raça companhia de dança
Raça companhia de dançaRaça companhia de dança
Raça companhia de dança
 
Studio danca mundi
Studio danca mundiStudio danca mundi
Studio danca mundi
 
Projeto de Dança de Salão
Projeto de Dança de SalãoProjeto de Dança de Salão
Projeto de Dança de Salão
 
A dança na educação infantil
A dança na educação infantilA dança na educação infantil
A dança na educação infantil
 
Boletim informativo ano i (oficial)
Boletim informativo ano i  (oficial)Boletim informativo ano i  (oficial)
Boletim informativo ano i (oficial)
 
Boletim informativo ano I (oficial)
Boletim informativo ano I (oficial)Boletim informativo ano I (oficial)
Boletim informativo ano I (oficial)
 
Apostila Curso Dança
Apostila Curso DançaApostila Curso Dança
Apostila Curso Dança
 
Balé classico e infancia
Balé classico e infanciaBalé classico e infancia
Balé classico e infancia
 

Mais de Ste Escola Bernardino

Aula de ingles 8ºano foods and drinks (cópia)
Aula de ingles 8ºano foods and drinks (cópia)Aula de ingles 8ºano foods and drinks (cópia)
Aula de ingles 8ºano foods and drinks (cópia)Ste Escola Bernardino
 
5º geo 6 ano formação da terra e litosfera - interior da terra e crosta te...
5º geo 6 ano   formação da terra e litosfera -  interior da terra e crosta te...5º geo 6 ano   formação da terra e litosfera -  interior da terra e crosta te...
5º geo 6 ano formação da terra e litosfera - interior da terra e crosta te...Ste Escola Bernardino
 
Cap.13 brasil-a paisagem e o espaço do centro-sul.
Cap.13  brasil-a paisagem e o espaço do centro-sul.Cap.13  brasil-a paisagem e o espaço do centro-sul.
Cap.13 brasil-a paisagem e o espaço do centro-sul.Ste Escola Bernardino
 
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Ste Escola Bernardino
 
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Ste Escola Bernardino
 

Mais de Ste Escola Bernardino (20)

Biografia
BiografiaBiografia
Biografia
 
Aula de ingles 8ºano foods and drinks (cópia)
Aula de ingles 8ºano foods and drinks (cópia)Aula de ingles 8ºano foods and drinks (cópia)
Aula de ingles 8ºano foods and drinks (cópia)
 
2 ano ambiguidade 2 ano
2 ano ambiguidade 2 ano2 ano ambiguidade 2 ano
2 ano ambiguidade 2 ano
 
Poemas 29 05
Poemas 29 05Poemas 29 05
Poemas 29 05
 
5º geo 6 ano formação da terra e litosfera - interior da terra e crosta te...
5º geo 6 ano   formação da terra e litosfera -  interior da terra e crosta te...5º geo 6 ano   formação da terra e litosfera -  interior da terra e crosta te...
5º geo 6 ano formação da terra e litosfera - interior da terra e crosta te...
 
Eua sociedade e economia.
Eua sociedade e economia.Eua sociedade e economia.
Eua sociedade e economia.
 
Cap.13 brasil-a paisagem e o espaço do centro-sul.
Cap.13  brasil-a paisagem e o espaço do centro-sul.Cap.13  brasil-a paisagem e o espaço do centro-sul.
Cap.13 brasil-a paisagem e o espaço do centro-sul.
 
Europa sociedade.
Europa  sociedade.Europa  sociedade.
Europa sociedade.
 
Biografia
BiografiaBiografia
Biografia
 
Projeto minha profissão zootecnia
Projeto minha profissão   zootecniaProjeto minha profissão   zootecnia
Projeto minha profissão zootecnia
 
Projeto minha profissão zootecnia
Projeto minha profissão   zootecniaProjeto minha profissão   zootecnia
Projeto minha profissão zootecnia
 
Direito
DireitoDireito
Direito
 
Medicina veterinária
Medicina veterináriaMedicina veterinária
Medicina veterinária
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
 
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.
 
Oceania colonização e natureza.
Oceania  colonização e natureza.Oceania  colonização e natureza.
Oceania colonização e natureza.
 
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.
 
Eng.produçao
Eng.produçaoEng.produçao
Eng.produçao
 
Agronomia
AgronomiaAgronomia
Agronomia
 
Arquitetura
ArquiteturaArquitetura
Arquitetura
 

Dança

  • 1.
  • 2. A dança se caracteriza pelo uso do corpo seguindo movimentos previamente estabelecidos, ou improvisados. Na maior parte dos casos, a dança, com passos cadenciados é acompanhada ao som e compasso de música e envolve a expressão de sentimentos potenciados por ela.
  • 3.  Talento e dedicação são indispensáveis para quem quer dedicar-se à dança. O dançarino precisa realmente se entregar ao treinamento, descobri r quais são seus limites e ultrapassálos.
  • 4.  COMUNICAÇÃO DAS ARTES DO CORPO: Usando técnicas de dança e artes cênicas, esse profissional tem uma visão ampla e crítica da comunicação e das artes do corpo e as utiliza como meio de comunicação com a sociedade em que vive.  DANÇA : É a sequência de movimentos corporais, executados de maneira rítmica e ao som de música, com a finalidade de narrar uma história ou expressar uma ideia ou emoção.
  • 6.  O mercado de trabalho encontra-se instável, os profissionais graduados conseguem ingressar nas especialidades de coreografia ou na área de licenciatura, ministrando aulas em escolas, mas, em geral, a maioria insere no mercado informal, apesar de que a cada dia as academias oferecerem mais aulas de dança dos mais variados ritmos.
  • 7. O dançarino pode desenvolver atividades envolvendo, bailado ou dança, coreografia e ensino;  Atuar como intérprete e coreógrafo em espetáculos, performances e eventos;  Desenvolver trabalhos de preparação corporal para atores e dançarinos no teatro e na TV;  Produzir e dirigir espetáculos teatrais;
  • 8.  Ministrar aulas em escolas do ensino fundamental e médio, no ensino informal e em escolas técnicas;  Desenvolver pesquisas na criação artística e na educação;  Selecionar profissionais para atuação em espetáculos.  Criar, desenvolver e coordenar ações e projetos de dança em instituições, fundações e organizações nãogovernamentais;
  • 9.  O campo de atuação para o profissional da dança expandiu bastante nas últimas décadas e abre espaço tanto para bailarinos com longos anos de estudo, quanto para iniciantes que querem investir em um negócio próprio. Espetáculos, academia s de dança de salão, programas na TV, aulas nas escolinhas infantis de jazz ou balé clássico, projetos
  • 10.  R$ 30,00 (hora/aula de 90 minutos); fonte: sindicato dos Profissionais de Dança do Estado do Rio de Janeiro;  R$ 1.200,00 (contrato mensal para bailarino);  R$ 2.500,00 (coreógrafo); fonte: Sinddança SP.
  • 11.  No Teatro Municipal do Rio, os salários variam de R$ 2 mil a R$ 6 mil por mês.  Há circos internacionais que pagam US$ 400 por semana, sendo que o artista não tem custos com a estadia nem com a alimentação.
  • 12. Faculdades Universidade Estadual de Campinas(Unicamp) Estrelas ★★★★★ Universidade Anhembi Morumbi ★★★★ Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ) ★★★★ Faculdade Angel Vianna(FAV), no Rio de Janeiro Faculdade de artes do Paraná(FAP)em Curitiba ★★★ ★★★ Universidade do Estado do Amazonas(UEA) ★★★ Universidade Federal de Viçosa(UFV) ★★★