SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Em seu significado mais geral, a palavra
“poder” designa a capacidade ou a
possibilidade de agir com o intuito de
atingir objetivos ou ampliar alguma
vantagem ou benefício de um indivíduo
ou grupo.
PODER EM MAX WEBER
Refere-se a probabilidade de
impor a própria vontade numa
relação social, mesmo contra
a resistência alheia.
O poder permeia todas as relações humanas na vida
em sociedade.
Nas relações de
classes
No exercício da
autoridade
No poder dos
governantes sobre
os governados
Nas leis e as
normas sociais
FORMAS DE EXERCÍCIO DO
PODER
Utilização de bens materiais como forma
de influenciar a conduta de indivíduos,
instituições, coletividades ou mesmo
sociedades.
PODER ECONÔMICO:
Possibilidade de influenciar a forma de
pensar dos indivíduos, a formação das
ideias e, por conseguinte as praticas
sociais e o comportamento dos indivíduos
em sociedade e formas de compreender
o mundo.
PODER IDEOLÓGICO:
Se vale de instrumentos e técnicas para
influenciar a conduta alheia, há também
a possibilidade da utilização da força para
a imposição da vontade sobre
determinada coletividade.
Deve-se destacar que não se trata
somente da imposição da força física, mas
da criação de um consenso de que aquele
que detém o poder político pode fazer
valer sua vontade sobre a coletividade.
PODER POLÍTICO:
A utilização do poder é chamado por Weber de
dominação(líder que possui o domínio da ação).
Nesse sentido, Dominação é qualquer situação
onde há existência de indivíduos subordinados ao
poder de outros. Ela é resultado de uma relação
de poder desigual, onde se percebe claramente a
existência de um lado que comanda(domina) e
outro que obedece.
Formas de Dominação
-legítima: quando a influência
exercida é consentida por parte
daqueles que se submetem a
vontade do outro.
As formas de exercício do poder podem ser
legítimas ou não.
-Não legítima: quando o poder é
exercido exclusivamente com o
uso da força.
TIPOS DE DOMINAÇÃO EM WEBER
TRADICIONAL CARISMÁTICA
RACIONAL
LEGAL
- Tradicional:
Fundamenta-se na força das relações
sociais passadas. Estas são usadas
para justificar o presente.
Ex: patriarca, monarca.
- Carismática:
Fundamenta-se no dom, na força de
características pessoais, na liderança
individual.
- Racional-legal:
É fundamentado na competência,
nas regras, no cumprimento das
obrigações estatutárias.
Ex. o moderno servidor público.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Poder.pptx

A questão do poder - pensadores
A questão do poder - pensadoresA questão do poder - pensadores
A questão do poder - pensadores
Natz Lima
 
Poder e Política - Sociologia
Poder e Política - SociologiaPoder e Política - Sociologia
Poder e Política - Sociologia
edsonfgodoy
 
16-PODER, POLITICA E ESTADO - SOCIOLOGIA (2).pdf
16-PODER, POLITICA E ESTADO - SOCIOLOGIA (2).pdf16-PODER, POLITICA E ESTADO - SOCIOLOGIA (2).pdf
16-PODER, POLITICA E ESTADO - SOCIOLOGIA (2).pdf
LedaMariadaSilva1
 
Aula 14 - Estado Nacional e Poder Político
Aula 14 - Estado Nacional e Poder PolíticoAula 14 - Estado Nacional e Poder Político
Aula 14 - Estado Nacional e Poder Político
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Teroia do Poder e da Influência
Teroia do Poder e da InfluênciaTeroia do Poder e da Influência
Teroia do Poder e da Influência
Adm Unime
 

Semelhante a Poder.pptx (20)

A questão do poder - pensadores
A questão do poder - pensadoresA questão do poder - pensadores
A questão do poder - pensadores
 
Poder e Política - Sociologia
Poder e Política - SociologiaPoder e Política - Sociologia
Poder e Política - Sociologia
 
1 aula de sociologia 2 ano c
1 aula de sociologia 2 ano c1 aula de sociologia 2 ano c
1 aula de sociologia 2 ano c
 
Corrêa f.-elementos-para-uma-teoria-libertária-do-poder
Corrêa f.-elementos-para-uma-teoria-libertária-do-poderCorrêa f.-elementos-para-uma-teoria-libertária-do-poder
Corrêa f.-elementos-para-uma-teoria-libertária-do-poder
 
4. poder, poder social e poder político
4. poder, poder social e poder político4. poder, poder social e poder político
4. poder, poder social e poder político
 
Poder e política
Poder e políticaPoder e política
Poder e política
 
Politica poder estado
Politica poder  estadoPolitica poder  estado
Politica poder estado
 
16-PODER, POLITICA E ESTADO - SOCIOLOGIA (2).pdf
16-PODER, POLITICA E ESTADO - SOCIOLOGIA (2).pdf16-PODER, POLITICA E ESTADO - SOCIOLOGIA (2).pdf
16-PODER, POLITICA E ESTADO - SOCIOLOGIA (2).pdf
 
Seminarioweber
SeminarioweberSeminarioweber
Seminarioweber
 
Poder política é estado.pdf filosofia.
Poder política é estado.pdf filosofia.Poder política é estado.pdf filosofia.
Poder política é estado.pdf filosofia.
 
Aula 2 Filosofia Política: "Poder e política: as relações de poder" - Prof. L...
Aula 2 Filosofia Política: "Poder e política: as relações de poder" - Prof. L...Aula 2 Filosofia Política: "Poder e política: as relações de poder" - Prof. L...
Aula 2 Filosofia Política: "Poder e política: as relações de poder" - Prof. L...
 
O sujeito e o poder - Michel Foucault
O sujeito e o poder - Michel FoucaultO sujeito e o poder - Michel Foucault
O sujeito e o poder - Michel Foucault
 
Aula 14 - Estado Nacional e Poder Político
Aula 14 - Estado Nacional e Poder PolíticoAula 14 - Estado Nacional e Poder Político
Aula 14 - Estado Nacional e Poder Político
 
Cap 4 max weber
Cap 4  max weberCap 4  max weber
Cap 4 max weber
 
Aula Poder
Aula PoderAula Poder
Aula Poder
 
Teroia do Poder e da Influência
Teroia do Poder e da InfluênciaTeroia do Poder e da Influência
Teroia do Poder e da Influência
 
Mapa mental
Mapa mentalMapa mental
Mapa mental
 
POLITICA.pptx
POLITICA.pptxPOLITICA.pptx
POLITICA.pptx
 
Poder, Autoridade, Dominação, Legitimidade.pptx
Poder, Autoridade, Dominação, Legitimidade.pptxPoder, Autoridade, Dominação, Legitimidade.pptx
Poder, Autoridade, Dominação, Legitimidade.pptx
 
Poder e Política - Reflexão Sociológica
Poder e Política - Reflexão SociológicaPoder e Política - Reflexão Sociológica
Poder e Política - Reflexão Sociológica
 

Mais de ssuser2af87a (7)

Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...
Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...
Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
 
BNCC-EM-HUM-comentada.pdf
BNCC-EM-HUM-comentada.pdfBNCC-EM-HUM-comentada.pdf
BNCC-EM-HUM-comentada.pdf
 
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.pptINTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
 
programaformacao_eixo01_fasciculo01_introducaosociologia.pdf
programaformacao_eixo01_fasciculo01_introducaosociologia.pdfprogramaformacao_eixo01_fasciculo01_introducaosociologia.pdf
programaformacao_eixo01_fasciculo01_introducaosociologia.pdf
 
PUTIN.pptx
PUTIN.pptxPUTIN.pptx
PUTIN.pptx
 
Augusto comte principios de filosofia positiva
Augusto comte   principios de filosofia positivaAugusto comte   principios de filosofia positiva
Augusto comte principios de filosofia positiva
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 

Poder.pptx

  • 1.
  • 2.
  • 3. Em seu significado mais geral, a palavra “poder” designa a capacidade ou a possibilidade de agir com o intuito de atingir objetivos ou ampliar alguma vantagem ou benefício de um indivíduo ou grupo.
  • 4. PODER EM MAX WEBER Refere-se a probabilidade de impor a própria vontade numa relação social, mesmo contra a resistência alheia.
  • 5. O poder permeia todas as relações humanas na vida em sociedade. Nas relações de classes No exercício da autoridade No poder dos governantes sobre os governados Nas leis e as normas sociais
  • 7. Utilização de bens materiais como forma de influenciar a conduta de indivíduos, instituições, coletividades ou mesmo sociedades. PODER ECONÔMICO:
  • 8. Possibilidade de influenciar a forma de pensar dos indivíduos, a formação das ideias e, por conseguinte as praticas sociais e o comportamento dos indivíduos em sociedade e formas de compreender o mundo. PODER IDEOLÓGICO:
  • 9. Se vale de instrumentos e técnicas para influenciar a conduta alheia, há também a possibilidade da utilização da força para a imposição da vontade sobre determinada coletividade. Deve-se destacar que não se trata somente da imposição da força física, mas da criação de um consenso de que aquele que detém o poder político pode fazer valer sua vontade sobre a coletividade. PODER POLÍTICO:
  • 10. A utilização do poder é chamado por Weber de dominação(líder que possui o domínio da ação). Nesse sentido, Dominação é qualquer situação onde há existência de indivíduos subordinados ao poder de outros. Ela é resultado de uma relação de poder desigual, onde se percebe claramente a existência de um lado que comanda(domina) e outro que obedece.
  • 11. Formas de Dominação -legítima: quando a influência exercida é consentida por parte daqueles que se submetem a vontade do outro. As formas de exercício do poder podem ser legítimas ou não. -Não legítima: quando o poder é exercido exclusivamente com o uso da força.
  • 12. TIPOS DE DOMINAÇÃO EM WEBER TRADICIONAL CARISMÁTICA RACIONAL LEGAL
  • 13. - Tradicional: Fundamenta-se na força das relações sociais passadas. Estas são usadas para justificar o presente. Ex: patriarca, monarca.
  • 14. - Carismática: Fundamenta-se no dom, na força de características pessoais, na liderança individual.
  • 15. - Racional-legal: É fundamentado na competência, nas regras, no cumprimento das obrigações estatutárias. Ex. o moderno servidor público.