SlideShare uma empresa Scribd logo
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA
A Pessoa Paisagem
e o
Meio Ambiente Sustentável
4. Simbioses
da Ciência Étnica
Kollasuyo Amazônico
Mallku Chanez
Facebook: Mallku Chanez
www.mallkuchanez.com
IKA: Instituto de Pesquisa
Kollasuyo Amazônico
WhatsApp: 55 11 9 6329 3080
Luqiqaman Tink’u
O valor energético para uso próprio
Originário da transcendência energética do
Kollasuyo, Bolívia.
111123
Y’RY OTY ~ OLHO D’ÁGUA
As simbioses da pessoa paisagem e do meio ambiente
sustentável amazônico
A Olho d’Água não almeja superabundância, latrocínio,
suntuosos palácios, joias, ostentar roupas e bolsas luxuosas,
deseja RIOS límpidos, ÁGUA doce e floresta em pé,
onde nascem e renascem todas as existências SUSTENTAVEIS.
Amazonas: Sozinha Contra o Choque - Estadão, 11 de março de 2008
Os IMPOSTOS da sociedade brasileira para eliminar os povos originários amazônicos.
Não é assim que os humanos civilizados agem: Armam os poderosos e diminuem às amazônicas.
As experiências das Olhos d’Água,
prenhas nuas das Guaranys Anhangatus nos rios da Amazônia
Intanha, a força energética que mora nos rios.
O mborah’ei, entoar, lembra o choro de uma
gwa mitã-pa, criança recém-nascida .
As melodias dos rios que devemos ouvir e
cantar no sussurro corajoso da
Y’ry Oty, Mãe do Rio, e da gwa mitã-pa
oriundas dos extensos rios e das
grandes florestas amazônicas.
Nhapuã Japoraí Pacha Lea
Vamos cantar ao movimento das Azaleias
Fundamentado pelo patrimônio oral das Y’ry Oty, Olhos d’Água, das Y’Pyruá Sy,
Mães d’Umbigo Raizeiras e das Y’Sy, Mães d’Água das Guaranys Anhangatus amazônicas
Vamos cantar a respeito da concepção, da prática do movimento pélvico ventral flexível, da
Y’Guaçu, dos anéis e do canal de nascimento via baixa, através das sensações de movimento, da
coragem, da força energética, da agressividade, da ferocidade, genuínas da ancestralidade, da
solidariedade das Olhos d’Água e da Mãe do Fogo (parente jagwaratê).
2. As concepções e práticas originárias da Olho d’Água, prenha e mãe nua que se inspirou no fluido das
águas, corajosamente sentou-se nas águas do rio para dar à luz, transcendeu, cortou com seus dentes o
cordão umbilical, transformou-se, aparou a sua y’poty porã (bonita flor d’água, gwa mitã-pa) levantou-se,
ergueu-se e movimentou-se para fora das águas para amamenta-la e oferendar uma parte do Anel d’
Aguaí (placenta), enterrando-a sob a irmã árvore, Patuá.
3. A ciência étnica e a medicina tradicional das Olhos d’Água, das Mães d’Umbigo Raizeiras e das Mães
d’Água das Guaranys Anhangatus voltadas para a educação do fluxo sensível sustentável, as águas dos
rios são utilizadas para banhar-se e alimenta-se.
Chegamos ao mundo nos braços da Mãe D’Umbigo, pélvis-ventral flexível, e do WAYRA, AR
LIVRE, sob a possibilidade de desenvolvimento do AJAYO, energia ancestral.
Por que as pessoas paisagens paisagens estão moldadas e forjadas pelo
monopólio dos latifúndios da miséria ocidental?
As pessoas paisagens, Olhos d’Água, acreditam que viver com sensitividade e instintividade
trazem percepções e concepções dentro de um clima de ancestralidade sustentável, os quais as misturam
inexplicavelmente com os seus sonhos oníricos primordiais, recuperando assim a sua genuína vitalidade
com as suas realidades vividas: remontam ao passado (pré-história) das tradições, da educação, das
transformações e da transcendência energética.
2. As Olhos d’Água são percebidas como extensões cósmica dos rios e dos braços amazônicos. Elas
expõem seus movimentos sincronizados durante o tempo do renascimento e nascimento, sentadas nos
rios doces. Cada Olho d’Água tem sua intuição e seu fluido energético a sua total disposição como o
orvalho que se dispõe às pessoas paisagens durante a noite e ao alvorecer.
3. As energias frias das parteiras curiosas ou dos parteiros obstetras nas salas de parto, fora dos
movimentos-sincronizados das Mães do Rio, expõem as mulheres-mães a uma lamentável e total
confusão. Os ajayos vitais ou as energias reais unificam e equilibram as Olhos d’Água cósmicas nos rios.
4. Quem se favorecem com as sensações de movimento, com a coragem, com as forças energéticas da
agressividade, da ferocidade, genuínas da ancestralidade, da solidariedade, dos fluxos das Olhos d’Água,
fluxos sensitivos contíguos e equilibrados de sua experiência maternal, são as Mãe d’Água com suas
inúmeras possibilidades de renascimentos e nascimentos em casa.
5. Os técnicos não perceberam ainda que devem manter seus olhos e seus sentimentos mornos abertos
para a força energética, coragem, agressividade e ferocidade da Olho d’Água e não fechá-los,
acovardando-se em seus sentimentos frios e amargos, anestesiando-as com o pretexto de “partos
humanizados.”
6. Uma sombra misteriosa sela o semblante frio do obstetra. Tudo nele treme como barata tonta, supondo-
se falta de confiança, de segurança, por ter abandonado ou escondido suas próprias tradições ancestrais,
não tomando em conta seu nascimento junto com a sua mãe. O que sempre salva a os ‘homens
humanos de fibra fria, enérgicos, de sangue azul e de avental branco’ são as experimentadas enfermeiras
parteiras ou as obstetrizes.
Olho por Olho, Dente por Dente
Ódio e Vingança em Gaza!
Quando e porque nasceu a moralidade do Torá?
Porque, os homens humanos querem eliminar aos ‘animais humanos’
palestinos com bomba nuclear?
Quando o GENOCIDIO vai parar? A tirania do Deus humano.
Hoje, nesta guerra étnica, a grande insinceridade foi decretada,
estão tentado eliminar a consciência das mulheres e crianças do povo
palestino (onze mil mortos).
Onde está a lealdade e a consciência feminina da psicanalises, e da
psicologia? Porque ficam em silencio? Perante a tirania do intelecto?
MARA WATA
A Ciência Étnica e a Medicina
Tradicional do Kollasuyo
Amazônico
O solstício de inverno de 2023
associado a Mãe D’Umbigo
21 de Junho, Ano Novo Andino e
Amazônico - ano 5531.
Jallallay, jallallay
Kollasuyo, Amazônia
Nascemos Phawary, livres, para alçar
voo, e Phawantaj, livres queremos
continuar ...

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável

MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
mallkuchanez
 
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MallkuChanez3
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
mallkuchanez
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MallkuChanez2
 
Os segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’Água Os segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’Água
mallkuchanez
 
A FLOR DE PORACEÍ ~ CAPULI
A FLOR DE PORACEÍ ~ CAPULIA FLOR DE PORACEÍ ~ CAPULI
A FLOR DE PORACEÍ ~ CAPULI
Pacha Chanez
 
Os segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’ÁguaOs segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’Água
mallkuchanez
 
Os segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’ÁguaOs segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’Água
mallkuchanez
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
mallkuchanez
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
mallkuchanez
 
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente SustentávelY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
MallkuChanez3
 
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL -  A tortura obstétrica em mulheres mães bras...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL -  A tortura obstétrica  em mulheres mães bras...VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL -  A tortura obstétrica  em mulheres mães bras...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL -  A tortura obstétrica em mulheres mães bras...
mallkuchanez
 
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica em mulheres mães brasi...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica  em mulheres mães brasi...VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica  em mulheres mães brasi...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica em mulheres mães brasi...
mallkuchanez
 
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica em mulheres mães brasi...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica  em mulheres mães brasi...VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica  em mulheres mães brasi...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica em mulheres mães brasi...
mallkuchanez
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
mallkuchanez
 
Luqiqaman Tink’u 2. O valor energético para uso próprio
Luqiqaman Tink’u  2. O valor energético para uso próprioLuqiqaman Tink’u  2. O valor energético para uso próprio
Luqiqaman Tink’u 2. O valor energético para uso próprio
MallkuChanez2
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
MallkuChanez3
 
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MallkuChanez3
 

Semelhante a Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável (20)

MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
Os segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’Água Os segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’Água
 
A FLOR DE PORACEÍ ~ CAPULI
A FLOR DE PORACEÍ ~ CAPULIA FLOR DE PORACEÍ ~ CAPULI
A FLOR DE PORACEÍ ~ CAPULI
 
Os segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’ÁguaOs segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’Água
 
Os segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’ÁguaOs segredos das Olhos d’Água
Os segredos das Olhos d’Água
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente SustentávelY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
 
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL -  A tortura obstétrica em mulheres mães bras...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL -  A tortura obstétrica  em mulheres mães bras...VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL -  A tortura obstétrica  em mulheres mães bras...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL -  A tortura obstétrica em mulheres mães bras...
 
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica em mulheres mães brasi...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica  em mulheres mães brasi...VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica  em mulheres mães brasi...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica em mulheres mães brasi...
 
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica em mulheres mães brasi...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica  em mulheres mães brasi...VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica  em mulheres mães brasi...
VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA NO BRASIL - A tortura obstétrica em mulheres mães brasi...
 
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
Luqiqaman Tink’u 2. O valor energético para uso próprio
Luqiqaman Tink’u  2. O valor energético para uso próprioLuqiqaman Tink’u  2. O valor energético para uso próprio
Luqiqaman Tink’u 2. O valor energético para uso próprio
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
 
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 

Mais de MallkuChanez3

RITUAL DE LA CHA’LLA EM AGRADECIMIENTO A LA PACHAMAMA MADRE TIERRA
RITUAL DE LA   CHA’LLA   EM AGRADECIMIENTO A LA  PACHAMAMA   MADRE TIERRARITUAL DE LA   CHA’LLA   EM AGRADECIMIENTO A LA  PACHAMAMA   MADRE TIERRA
RITUAL DE LA CHA’LLA EM AGRADECIMIENTO A LA PACHAMAMA MADRE TIERRA
MallkuChanez3
 
WARMIS V CASTELLANO.pptx
WARMIS  V CASTELLANO.pptxWARMIS  V CASTELLANO.pptx
WARMIS V CASTELLANO.pptx
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente SustentableY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable   Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente SustentávelY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable  Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5531
MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5531MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5531
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5531
MallkuChanez3
 
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5534
MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5534MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5534
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5534
MallkuChanez3
 
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MallkuChanez3
 
MARA WATA
MARA  WATAMARA  WATA
MARA WATA
MallkuChanez3
 
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MallkuChanez3
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MallkuChanez3
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MallkuChanez3
 
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku Buenos y Formosos Pensamientos de la Cienci...
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku  Buenos y Formosos Pensamientos de la  Cienci...Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku  Buenos y Formosos Pensamientos de la  Cienci...
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku Buenos y Formosos Pensamientos de la Cienci...
MallkuChanez3
 
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku Bons e Formosos Pensamentos da Ciência Étnica
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku  Bons e Formosos Pensamentos  da Ciência ÉtnicaAllim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku  Bons e Formosos Pensamentos  da Ciência Étnica
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku Bons e Formosos Pensamentos da Ciência Étnica
MallkuChanez3
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MallkuChanez3
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’ÁGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’ÁGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’ÁGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’ÁGUA Y’SY
MallkuChanez3
 
Madre d'Ombligo - Madre d'Água 1a Cas ..pptx
Madre d'Ombligo - Madre d'Água 1a Cas ..pptxMadre d'Ombligo - Madre d'Água 1a Cas ..pptx
Madre d'Ombligo - Madre d'Água 1a Cas ..pptx
MallkuChanez3
 

Mais de MallkuChanez3 (20)

RITUAL DE LA CHA’LLA EM AGRADECIMIENTO A LA PACHAMAMA MADRE TIERRA
RITUAL DE LA   CHA’LLA   EM AGRADECIMIENTO A LA  PACHAMAMA   MADRE TIERRARITUAL DE LA   CHA’LLA   EM AGRADECIMIENTO A LA  PACHAMAMA   MADRE TIERRA
RITUAL DE LA CHA’LLA EM AGRADECIMIENTO A LA PACHAMAMA MADRE TIERRA
 
WARMIS V CASTELLANO.pptx
WARMIS  V CASTELLANO.pptxWARMIS  V CASTELLANO.pptx
WARMIS V CASTELLANO.pptx
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente SustentableY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable   Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente SustentávelY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
 
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable  Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
 
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5531
MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5531MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5531
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5531
 
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5534
MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5534MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5534
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5534
 
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
 
MARA WATA
MARA  WATAMARA  WATA
MARA WATA
 
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
 
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku Buenos y Formosos Pensamientos de la Cienci...
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku  Buenos y Formosos Pensamientos de la  Cienci...Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku  Buenos y Formosos Pensamientos de la  Cienci...
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku Buenos y Formosos Pensamientos de la Cienci...
 
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku Bons e Formosos Pensamentos da Ciência Étnica
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku  Bons e Formosos Pensamentos  da Ciência ÉtnicaAllim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku  Bons e Formosos Pensamentos  da Ciência Étnica
Allim Zumaj Yayaycuna Tiowayaku Bons e Formosos Pensamentos da Ciência Étnica
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’ÁGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’ÁGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’ÁGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’ÁGUA Y’SY
 
Madre d'Ombligo - Madre d'Água 1a Cas ..pptx
Madre d'Ombligo - Madre d'Água 1a Cas ..pptxMadre d'Ombligo - Madre d'Água 1a Cas ..pptx
Madre d'Ombligo - Madre d'Água 1a Cas ..pptx
 

Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável

  • 1. Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável 4. Simbioses da Ciência Étnica Kollasuyo Amazônico Mallku Chanez
  • 2. Facebook: Mallku Chanez www.mallkuchanez.com IKA: Instituto de Pesquisa Kollasuyo Amazônico WhatsApp: 55 11 9 6329 3080
  • 3. Luqiqaman Tink’u O valor energético para uso próprio Originário da transcendência energética do Kollasuyo, Bolívia. 111123
  • 4. Y’RY OTY ~ OLHO D’ÁGUA As simbioses da pessoa paisagem e do meio ambiente sustentável amazônico A Olho d’Água não almeja superabundância, latrocínio, suntuosos palácios, joias, ostentar roupas e bolsas luxuosas, deseja RIOS límpidos, ÁGUA doce e floresta em pé, onde nascem e renascem todas as existências SUSTENTAVEIS.
  • 5. Amazonas: Sozinha Contra o Choque - Estadão, 11 de março de 2008 Os IMPOSTOS da sociedade brasileira para eliminar os povos originários amazônicos. Não é assim que os humanos civilizados agem: Armam os poderosos e diminuem às amazônicas.
  • 6. As experiências das Olhos d’Água, prenhas nuas das Guaranys Anhangatus nos rios da Amazônia Intanha, a força energética que mora nos rios. O mborah’ei, entoar, lembra o choro de uma gwa mitã-pa, criança recém-nascida . As melodias dos rios que devemos ouvir e cantar no sussurro corajoso da Y’ry Oty, Mãe do Rio, e da gwa mitã-pa oriundas dos extensos rios e das grandes florestas amazônicas.
  • 7. Nhapuã Japoraí Pacha Lea Vamos cantar ao movimento das Azaleias Fundamentado pelo patrimônio oral das Y’ry Oty, Olhos d’Água, das Y’Pyruá Sy, Mães d’Umbigo Raizeiras e das Y’Sy, Mães d’Água das Guaranys Anhangatus amazônicas Vamos cantar a respeito da concepção, da prática do movimento pélvico ventral flexível, da Y’Guaçu, dos anéis e do canal de nascimento via baixa, através das sensações de movimento, da coragem, da força energética, da agressividade, da ferocidade, genuínas da ancestralidade, da solidariedade das Olhos d’Água e da Mãe do Fogo (parente jagwaratê). 2. As concepções e práticas originárias da Olho d’Água, prenha e mãe nua que se inspirou no fluido das águas, corajosamente sentou-se nas águas do rio para dar à luz, transcendeu, cortou com seus dentes o cordão umbilical, transformou-se, aparou a sua y’poty porã (bonita flor d’água, gwa mitã-pa) levantou-se, ergueu-se e movimentou-se para fora das águas para amamenta-la e oferendar uma parte do Anel d’ Aguaí (placenta), enterrando-a sob a irmã árvore, Patuá. 3. A ciência étnica e a medicina tradicional das Olhos d’Água, das Mães d’Umbigo Raizeiras e das Mães d’Água das Guaranys Anhangatus voltadas para a educação do fluxo sensível sustentável, as águas dos rios são utilizadas para banhar-se e alimenta-se.
  • 8. Chegamos ao mundo nos braços da Mãe D’Umbigo, pélvis-ventral flexível, e do WAYRA, AR LIVRE, sob a possibilidade de desenvolvimento do AJAYO, energia ancestral.
  • 9. Por que as pessoas paisagens paisagens estão moldadas e forjadas pelo monopólio dos latifúndios da miséria ocidental? As pessoas paisagens, Olhos d’Água, acreditam que viver com sensitividade e instintividade trazem percepções e concepções dentro de um clima de ancestralidade sustentável, os quais as misturam inexplicavelmente com os seus sonhos oníricos primordiais, recuperando assim a sua genuína vitalidade com as suas realidades vividas: remontam ao passado (pré-história) das tradições, da educação, das transformações e da transcendência energética. 2. As Olhos d’Água são percebidas como extensões cósmica dos rios e dos braços amazônicos. Elas expõem seus movimentos sincronizados durante o tempo do renascimento e nascimento, sentadas nos rios doces. Cada Olho d’Água tem sua intuição e seu fluido energético a sua total disposição como o orvalho que se dispõe às pessoas paisagens durante a noite e ao alvorecer. 3. As energias frias das parteiras curiosas ou dos parteiros obstetras nas salas de parto, fora dos movimentos-sincronizados das Mães do Rio, expõem as mulheres-mães a uma lamentável e total confusão. Os ajayos vitais ou as energias reais unificam e equilibram as Olhos d’Água cósmicas nos rios.
  • 10. 4. Quem se favorecem com as sensações de movimento, com a coragem, com as forças energéticas da agressividade, da ferocidade, genuínas da ancestralidade, da solidariedade, dos fluxos das Olhos d’Água, fluxos sensitivos contíguos e equilibrados de sua experiência maternal, são as Mãe d’Água com suas inúmeras possibilidades de renascimentos e nascimentos em casa. 5. Os técnicos não perceberam ainda que devem manter seus olhos e seus sentimentos mornos abertos para a força energética, coragem, agressividade e ferocidade da Olho d’Água e não fechá-los, acovardando-se em seus sentimentos frios e amargos, anestesiando-as com o pretexto de “partos humanizados.” 6. Uma sombra misteriosa sela o semblante frio do obstetra. Tudo nele treme como barata tonta, supondo- se falta de confiança, de segurança, por ter abandonado ou escondido suas próprias tradições ancestrais, não tomando em conta seu nascimento junto com a sua mãe. O que sempre salva a os ‘homens humanos de fibra fria, enérgicos, de sangue azul e de avental branco’ são as experimentadas enfermeiras parteiras ou as obstetrizes.
  • 11. Olho por Olho, Dente por Dente Ódio e Vingança em Gaza! Quando e porque nasceu a moralidade do Torá? Porque, os homens humanos querem eliminar aos ‘animais humanos’ palestinos com bomba nuclear? Quando o GENOCIDIO vai parar? A tirania do Deus humano. Hoje, nesta guerra étnica, a grande insinceridade foi decretada, estão tentado eliminar a consciência das mulheres e crianças do povo palestino (onze mil mortos). Onde está a lealdade e a consciência feminina da psicanalises, e da psicologia? Porque ficam em silencio? Perante a tirania do intelecto?
  • 12. MARA WATA A Ciência Étnica e a Medicina Tradicional do Kollasuyo Amazônico O solstício de inverno de 2023 associado a Mãe D’Umbigo 21 de Junho, Ano Novo Andino e Amazônico - ano 5531. Jallallay, jallallay Kollasuyo, Amazônia Nascemos Phawary, livres, para alçar voo, e Phawantaj, livres queremos continuar ...