SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
Educação Ambiental: 
Do Local ao Global, Tecendo Redes e Fortalecendo Sociedades Sustentáveis 
03 a 06 de Dezembro de 2014 
Centro de Eventos – UFPA 
Belém – PA
O FÓRUM BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL é o mais legítimo espaço presencial de reflexão, articulação e convivência dos educadores ambientais que integram ou interagem com a malha da REBEA – Rede Brasileira de Educação Ambiente e enfatiza, nesta VIII edição, o fortalecimento das redes na construção de sociedades sustentáveis e no enfrentamento das questões socioambientais locais e globais. O evento será sediado pela primeira vez na região amazônica, na cidade de Belém, capital do Estado do Pará, entre os dias 03 a 06 de dezembro de 2014, no Centro de Eventos da UFPA. 
O evento é uma oportunidade para consolidação da trajetória teórico-prática da educação ambiental brasileira e um momento propício para fortalecer a interação, a articulação e a consolidação das diversas redes de educação ambiental cuja tessitura se espraia por todo o Brasil, de ambientes múltiplos como a academia, passando pelos espaços do poder público e as diversificadas interfaces da sociedade civil.
Promovido pela REBEA - Rede Brasileira de Educação Ambiental e, nesta edição, organizado pela Rede PAEA – Rede Paraense de Educação Ambiental e pela Rede Carajás de Educadores Ambientais, a oitava edição do Fórum Brasileiro de Educação Ambiental é coordenado pelo GEAM – Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação, Cultura e Meio Ambiente no âmbito da UFPA - Universidade Federal do Pará é uma oportunidade ímpar de proporcionar aos educadores ambientais do Brasil espaços de convivência para diálogos e trocas, apresentação de pesquisas, vivências e experiências, discussão e articulação de ações em rede, além de convidar novos sujeitos sociais à participação na educação ambiental. 
É uma promissora oportunidade de criar conectividade entre todas as formas de atuação em educação ambiental: Comissões Interinstitucionais de Educação Ambiental, Redes, Coletivos Jovens pelo Meio Ambiente, Coletivos Educadores, Salas Verdes, 
Centros de Educação Ambiental, Universidades, Movimentos Sociais e Empresas, entre outros, no desafio de fortalecer a Política Nacional de Educação Ambiental.
Criada em 1992, na atmosfera de grande mobilização da Rio-92, adotou como carta de princípios o Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global e como documento norteador a Carta da Praia Vermelha. A Rede possui também um Acordo de Convivência e um conjunto de consensos que orientam sua ação. 
Nos últimos anos experimentou um processo de expansão e fortalecimento de suas articulações no país inteiro, tendo se transformado numa Rede de Redes de Educação Ambiental, tendo nas ações das redes locais (regionais, temáticas, internacionais) sua estratégia de sustentação e expansão. Atualmente está constituída pela teia de conexões de 52 Redes de Educadores Ambientais. 
A REBEA nasceu da vontade de manter viva a articulação nacional dos educadores ambientais brasileiros.
voltou a se articular com vitalidade e neste momento está empreendendo todos os esforços para a realização do VIII FBEA, sendo constituída pela teia de conexões de educadores ambientais da região metropolitana e do interior paraense. 
Criada em 1999 a Rede PAEA – Rede Paraense de Educadores Ambientais é fruto do esforço dos educadores ambientais do Estado do Pará para promoverem a interação, a reflexão e o fortalecimento da educação ambiental em sua dimensão teórico- prática. Bastante atuante no período de 2000 a 2006, quando organização o Fórum Pan-Amazônico de Educação Ambiental, nos últimos anos a Rede PAEA experimentou um refluxo, mas 
A Rede Carajás de Educadores Ambientais, criada em 2005, tem como missão articular os educadores ambientais, gestores, agentes de desenvolvimento local e educomunicadores, criando laços e fomentando ações sociais, educacionais, políticas, econômicas e culturais de construção de padrões sustentáveis de vida nos Municípios do Araguaia e Tocantins, no sudeste paraense.
No primeiro momento, o GEAM atuou na UFPA contribuindo com ensino de graduação e promovendo a inserção da Educação Ambiental no currículo dos diversos cursos da Universidade. Mas, ultrapassando os muros universitários, realizou importantes discussões interinstitucionais com órgãos municipais, estaduais e federais, como as Secretarias Estaduais de Meio Ambiente (SEMA), Educação (SEDUC), UFRA, UEPA, Museu Paraense Emilio Goeldi (MPEG), Ministério da Educação (MEC) e outras instituições que atuam no campo da educação ambiental. 
Impulsionado pelo desafio de entender as relações socioambientais na “aldeia amazônica” e pensar alternativas dentro do campo da educação para os principais impasses regionais, surge, em abril de 1998, o Grupo de Estudos em Educação, Cultura e Meio Ambiente (GEAM), com uma proposta inovadora e pautada na interdisciplinaridade como base para estudos e pesquisas na área de Educação Ambiental e desenvolvimento sustentável na Amazônia, vinculado ao ICED – Instituto de Ciências da Educação / UFPA – Universidade Federal do Pará.
Público 
3.000 participantes envolvidos em projetos e ações de Educação Ambiental, pesquisadores, educadores, estudantes, gestores públicos e privados, ambientalistas e demais interessados na discussão da Educação Ambiental no Brasil. 
50 Redes e Coletivos de Educação Ambiental que fazem parte da malha da REBEA ou que são parceiros de suas ações, dos quais: 04 da região Norte, 08 da região Nordeste, 07 da região Centro-Oeste, 16 da Região Sudeste, 05 da região Sul, 08 de âmbito Nacional e 02 de âmbito Internacional.
Programação 
Com uma programação dinâmica, que prevê Mesas Redondas, Rodas de Conversa, Openspace, Minicursos e Oficinas, Jornadas Temáticas, Encontros Paralelos, Atividades Culturais, Mostras de Vídeos, Poesias, Artes, Danças e a produção de documentos que serão referência para atuação no campo socioambiental, focados nos seguintes três eixos temáticos e subtemas:
Eixos Temáticos 
Eixo 1: 
Educação Ambiental na construção das sociedades sustentáveis. 
- Agenda 21 e Desenvolvimento Sustentável: construindo “glocalidades” 
- Cidades Sustentáveis e Espaços de Construção de Saberes e Práticas 
- Promoção da Ética da Vida e da Cultura da Paz: Interculturalidade, Inclusão e Interreligiosidade - diálogos necessários 
- Juventude, Intergeracionalidade e Meio Ambiente 
- Mudanças Climáticas, tendências globais e mecanismos de compensação 
- Perspectivas e tendências teórico-práticas de Educação Ambiental 
- Sociedade do consumo ou sociedade da sustentabilidade para qualidade de vida.
Eixos Temáticos 
- Cenários da Pesquisa, da Informação e da Comunicação em Educação Ambiental 
- Diretrizes Curriculares Nacionais de Educação Ambiental e Experiências no Ensino Fundamental e Superior 
- Educação Ambiental Empresarial e nos Empreendimentos de Infraestrutura 
- Educação Ambiental no Licenciamento e na Gestão de empreendimentos públicos e privados, no saneamento básico e na política nacional de resíduos sólidos 
- Espaços Educadores Sustentáveis 
- Financiamento da Educação Ambiental 
- Formação de Educadores em Educação Ambiental 
- Politica Nacional de Educação Ambiental 
- Políticas Públicas: formulação, espaços participativos e monitoramento 
- Tratado Internacional e Jornadas de Educação Ambiental 
- Estratégia Nacional de Comunicação e Educação Ambiental - ENCEA 
Eixo 2: 
Políticas e Práticas de Educação Ambiental
Eixos Temáticos 
Eixo 3: 
Fortalecimento da REBEA e da Malha das Redes de Educação Ambiental 
- Tecendo as Redes e Aldeia Global: Educação Ambiental e Lusofonia 
- Organizações da Sociedade Civil, Novo Marco Regulatório e Movimentos Sociais 
- REBEA e as Agendas da Sociedade Civil Global e Brasileira 
- Comunicações no âmbito da REBEA e da Malha das Redes de EA: REVBEA e demais instrumentos.
Normas para envio de artigos e trabalhos 
1 - Os artigos precisam se adequar a um dos Eixos Temáticos do Fórum ou descrever relatos de experiências no âmbito das Redes da Malha da REBEA, de órgãos públicos, experiências comunitárias ou em empreendimentos privados. 
2 - Data limite para envio dos artigos até o dia 30 de Agosto de 2014. Os trabalhos devem ser enviados EXCLUSIVAMENTE para o e-mail viiifbea@gmail.com; trabalhos enviados após esta data serão desconsiderados. 
3 - Trabalho completo contendo no máximo 08 páginas, folha A4, em português, letra Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5 (entre linhas), margem de 2 cm em todos os lados e justificado, sem numerar as páginas. 
4 - Nomes científicos e palavras estrangeiras devem ser grafadas em “itálico”. 
5 - Um resumo deve estar inserido no corpo do artigo com no máximo 300 palavras e no máximo 5 palavras- chaves; salvo no WORD (doc) e nomeando o arquivo com o nome do autor; 
6 - O título deve ser curto, contendo a ideia principal do tema, e escrito em letras maiúsculas tamanho 12, centralizado. 
7 - O nome do(s) autor(es) de constar na ordem correta, com o sobrenome maiúsculo e alinhado à direita. Após o(s) autor(es), em nota de rodapé escrever o endereço institucional seguido de e-mail do autor correspondente, registrando a condição profissional (letra Times New Roman, tamanho 10).
Normas para envio de artigos e trabalhos 
8 - As notas de rodapé, quando existirem, devem ser numeradas automaticamente em algarismos arábicos em ordem crescente. 
9 - Ilustrações: uso de tabelas e figuras limitados ao necessário, numeradas em arábico e insertas no texto: tecla “Inserir Figura” do Word. Favor não “recortar” e “colar”. As legendas devem ser autoexplicativas colocadas abaixo das tabelas e figuras. 
10 - As referências bibliográficas citadas no interior do texto deverão ser feitas da seguinte forma: (Autor, data: página). As citações ao longo do texto deverão seguir as normas ABNT (AUTOR, ano, p.). As referências deverão ser apresentadas ao final do artigo, em ordem alfabética, da seguinte forma: a) Livros: AUTOR. Título em negrito. Local da publicação, Editora, data. b) Artigos: AUTOR. Título. Título do periódico em negrito. Local da publicação, número do periódico (número do fascículo): página inicial-página final, mês/ano. 
11 - Os endereços de páginas na Internet (URLs) citados devem ser verificados pelo autor se estão realmente ativos e disponíveis. 
12 - Não usar negrito no texto. 
13 - Os autores são responsáveis pela exatidão das referências bibliográficas e pelas ideias expressas em seus textos.
JORNADAS TEMÁTICAS* 
1 - Educação Ambiental e a agenda pós-Cúpula dos Povos 
Rede proponente: Rede de Educação Ambiental do Rio de Janeiro 
2 - Formação de Educadores Ambientais no âmbito de Licenciamentos Ambientais 
Redes proponentes: Rede de Educação Ambiental do Rio de Janeiro 
3 - Educação Ambiental e Diálogos com a Diversidade 
Rede proponente: Rede IIDEA. 
4 - Cidades Sustentáveis e Espaços de Construção de Saberes e Práticas 
Rede Proponente: Rede PAEA 
5 - Educação Ambiental no Licenciamento e na Gestão de empreendimentos públicos e privados 
Rede Proponente: Rede Carajás 
6 - Educação Ambiental e Políticas de Educação Ambiental: saberes e experiências 
Rede proponente: Rede Capixaba de Educação Ambiental 
7 - Educação Ambiental e Escolas Sustentáveis 
Rede proponente: Rede de Educação Ambiental do Rio de Janeiro 
8 - Educação Ambiental e Agenda 21 : caminhos cruzados 
Rede proponente: Rede de Educação Ambiental do Médio Paraíba do Sul (RJ) 
9 - Jornada da Juventude pela Educação Ambiental 
Rede proponente: REJUMA 
*Jornadas propostas até 11/06/2014, mas o prazo final de proposição é 15/06/2014
Contatos (provisórios) 
Contato com a Equipe Executiva: 
E-mail: viiifbea@gmail.com 
Fone: (91) 3201 7706 – GEAM UFPA 
Magali (secretária) 91 8122 4212 ou 8745 9136 
www.viiifbea.blogspot.com 
(em construção)
Cronologia dos 
Fóruns Brasileiros 
de Educação Ambiental 
I Fórum (década de 90) em São Paulo 
II Fórum (década de 90) em São Paulo, nasce a REBEA 
III Fórum (1994) em São Paulo 
IV Fórum (1997) em Guarapari (ES), I Encontro da REBEA 
V Fórum (2004) em Goiânia 
VI Fórum (2009) no Rio de Janeiro 
VII Fórum (2012) em Salvador
VI FBEA 
Rio de Janeiro 
22-25 julho 2009
VII FBEA 
Salvador 
28-31 março 2012

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Fórum Brasileiro Educação Ambiental

VIII FBEA apresentação
VIII FBEA apresentaçãoVIII FBEA apresentação
VIII FBEA apresentaçãoFidelis Paixão
 
Boletim Maricá Setembro
Boletim Maricá SetembroBoletim Maricá Setembro
Boletim Maricá SetembroJorge Amaro
 
Carta de contribuições simposio educacao e meio ambiente
Carta de contribuições simposio educacao e meio ambienteCarta de contribuições simposio educacao e meio ambiente
Carta de contribuições simposio educacao e meio ambienteCentro Rural Crea Drkok
 
Cartadecontribuiessimposioeducacaoemeioambiente 120412163318-phpapp02
Cartadecontribuiessimposioeducacaoemeioambiente 120412163318-phpapp02Cartadecontribuiessimposioeducacaoemeioambiente 120412163318-phpapp02
Cartadecontribuiessimposioeducacaoemeioambiente 120412163318-phpapp02Coletivo Piracicauá
 
Livreto passoapasso nvo
Livreto passoapasso nvoLivreto passoapasso nvo
Livreto passoapasso nvorafadames
 
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdfSupereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdfAlexandroMarcel
 
Consensos Estabelecidos Fóruns - REBEA
Consensos Estabelecidos Fóruns - REBEAConsensos Estabelecidos Fóruns - REBEA
Consensos Estabelecidos Fóruns - REBEAGeam Ufpa
 
Passo a passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola + Educomunicação
Passo a passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola + EducomunicaçãoPasso a passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola + Educomunicação
Passo a passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola + EducomunicaçãoINSTITUTO GENS
 
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambienteApostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambienteTaciano Gonçalves
 
Coletivo Educadores Territorios Sustentáveis
Coletivo Educadores Territorios SustentáveisColetivo Educadores Territorios Sustentáveis
Coletivo Educadores Territorios SustentáveisRafael Sol
 
apresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdfapresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdfnfxqieunpq
 
Apresentacao passo a_passo
Apresentacao passo a_passoApresentacao passo a_passo
Apresentacao passo a_passoRicardo Ferrao
 
Regulamento Nacional Conferência
Regulamento  Nacional ConferênciaRegulamento  Nacional Conferência
Regulamento Nacional ConferênciaSabrina Amaral
 

Semelhante a Fórum Brasileiro Educação Ambiental (20)

VIII FBEA apresentação
VIII FBEA apresentaçãoVIII FBEA apresentação
VIII FBEA apresentação
 
Boletim Maricá Setembro
Boletim Maricá SetembroBoletim Maricá Setembro
Boletim Maricá Setembro
 
Carta de contribuições simposio educacao e meio ambiente
Carta de contribuições simposio educacao e meio ambienteCarta de contribuições simposio educacao e meio ambiente
Carta de contribuições simposio educacao e meio ambiente
 
Cartadecontribuiessimposioeducacaoemeioambiente 120412163318-phpapp02
Cartadecontribuiessimposioeducacaoemeioambiente 120412163318-phpapp02Cartadecontribuiessimposioeducacaoemeioambiente 120412163318-phpapp02
Cartadecontribuiessimposioeducacaoemeioambiente 120412163318-phpapp02
 
Cartilha passoapasso
Cartilha passoapassoCartilha passoapasso
Cartilha passoapasso
 
Livreto passoapasso nvo
Livreto passoapasso nvoLivreto passoapasso nvo
Livreto passoapasso nvo
 
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdfSupereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
 
Colônia de Férias Sustentável
Colônia de Férias SustentávelColônia de Férias Sustentável
Colônia de Férias Sustentável
 
Apresentação - PROJEAM 2016/2
Apresentação - PROJEAM 2016/2Apresentação - PROJEAM 2016/2
Apresentação - PROJEAM 2016/2
 
Consensos Estabelecidos Fóruns - REBEA
Consensos Estabelecidos Fóruns - REBEAConsensos Estabelecidos Fóruns - REBEA
Consensos Estabelecidos Fóruns - REBEA
 
Passo a passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola + Educomunicação
Passo a passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola + EducomunicaçãoPasso a passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola + Educomunicação
Passo a passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola + Educomunicação
 
1° encontro de Salas Verdes
1° encontro de Salas Verdes1° encontro de Salas Verdes
1° encontro de Salas Verdes
 
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambienteApostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
 
Coletivo Educadores Territorios Sustentáveis
Coletivo Educadores Territorios SustentáveisColetivo Educadores Territorios Sustentáveis
Coletivo Educadores Territorios Sustentáveis
 
apresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdfapresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdf
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Regulamento estadual CNIJMA 2013
Regulamento estadual CNIJMA 2013Regulamento estadual CNIJMA 2013
Regulamento estadual CNIJMA 2013
 
Apresentacao passo a_passo
Apresentacao passo a_passoApresentacao passo a_passo
Apresentacao passo a_passo
 
Regulamento Nacional Conferência
Regulamento  Nacional ConferênciaRegulamento  Nacional Conferência
Regulamento Nacional Conferência
 
Regulamento estadual
Regulamento estadualRegulamento estadual
Regulamento estadual
 

Último

Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 

Último (20)

Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 

Fórum Brasileiro Educação Ambiental

  • 1. Educação Ambiental: Do Local ao Global, Tecendo Redes e Fortalecendo Sociedades Sustentáveis 03 a 06 de Dezembro de 2014 Centro de Eventos – UFPA Belém – PA
  • 2. O FÓRUM BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL é o mais legítimo espaço presencial de reflexão, articulação e convivência dos educadores ambientais que integram ou interagem com a malha da REBEA – Rede Brasileira de Educação Ambiente e enfatiza, nesta VIII edição, o fortalecimento das redes na construção de sociedades sustentáveis e no enfrentamento das questões socioambientais locais e globais. O evento será sediado pela primeira vez na região amazônica, na cidade de Belém, capital do Estado do Pará, entre os dias 03 a 06 de dezembro de 2014, no Centro de Eventos da UFPA. O evento é uma oportunidade para consolidação da trajetória teórico-prática da educação ambiental brasileira e um momento propício para fortalecer a interação, a articulação e a consolidação das diversas redes de educação ambiental cuja tessitura se espraia por todo o Brasil, de ambientes múltiplos como a academia, passando pelos espaços do poder público e as diversificadas interfaces da sociedade civil.
  • 3. Promovido pela REBEA - Rede Brasileira de Educação Ambiental e, nesta edição, organizado pela Rede PAEA – Rede Paraense de Educação Ambiental e pela Rede Carajás de Educadores Ambientais, a oitava edição do Fórum Brasileiro de Educação Ambiental é coordenado pelo GEAM – Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação, Cultura e Meio Ambiente no âmbito da UFPA - Universidade Federal do Pará é uma oportunidade ímpar de proporcionar aos educadores ambientais do Brasil espaços de convivência para diálogos e trocas, apresentação de pesquisas, vivências e experiências, discussão e articulação de ações em rede, além de convidar novos sujeitos sociais à participação na educação ambiental. É uma promissora oportunidade de criar conectividade entre todas as formas de atuação em educação ambiental: Comissões Interinstitucionais de Educação Ambiental, Redes, Coletivos Jovens pelo Meio Ambiente, Coletivos Educadores, Salas Verdes, Centros de Educação Ambiental, Universidades, Movimentos Sociais e Empresas, entre outros, no desafio de fortalecer a Política Nacional de Educação Ambiental.
  • 4. Criada em 1992, na atmosfera de grande mobilização da Rio-92, adotou como carta de princípios o Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global e como documento norteador a Carta da Praia Vermelha. A Rede possui também um Acordo de Convivência e um conjunto de consensos que orientam sua ação. Nos últimos anos experimentou um processo de expansão e fortalecimento de suas articulações no país inteiro, tendo se transformado numa Rede de Redes de Educação Ambiental, tendo nas ações das redes locais (regionais, temáticas, internacionais) sua estratégia de sustentação e expansão. Atualmente está constituída pela teia de conexões de 52 Redes de Educadores Ambientais. A REBEA nasceu da vontade de manter viva a articulação nacional dos educadores ambientais brasileiros.
  • 5. voltou a se articular com vitalidade e neste momento está empreendendo todos os esforços para a realização do VIII FBEA, sendo constituída pela teia de conexões de educadores ambientais da região metropolitana e do interior paraense. Criada em 1999 a Rede PAEA – Rede Paraense de Educadores Ambientais é fruto do esforço dos educadores ambientais do Estado do Pará para promoverem a interação, a reflexão e o fortalecimento da educação ambiental em sua dimensão teórico- prática. Bastante atuante no período de 2000 a 2006, quando organização o Fórum Pan-Amazônico de Educação Ambiental, nos últimos anos a Rede PAEA experimentou um refluxo, mas A Rede Carajás de Educadores Ambientais, criada em 2005, tem como missão articular os educadores ambientais, gestores, agentes de desenvolvimento local e educomunicadores, criando laços e fomentando ações sociais, educacionais, políticas, econômicas e culturais de construção de padrões sustentáveis de vida nos Municípios do Araguaia e Tocantins, no sudeste paraense.
  • 6. No primeiro momento, o GEAM atuou na UFPA contribuindo com ensino de graduação e promovendo a inserção da Educação Ambiental no currículo dos diversos cursos da Universidade. Mas, ultrapassando os muros universitários, realizou importantes discussões interinstitucionais com órgãos municipais, estaduais e federais, como as Secretarias Estaduais de Meio Ambiente (SEMA), Educação (SEDUC), UFRA, UEPA, Museu Paraense Emilio Goeldi (MPEG), Ministério da Educação (MEC) e outras instituições que atuam no campo da educação ambiental. Impulsionado pelo desafio de entender as relações socioambientais na “aldeia amazônica” e pensar alternativas dentro do campo da educação para os principais impasses regionais, surge, em abril de 1998, o Grupo de Estudos em Educação, Cultura e Meio Ambiente (GEAM), com uma proposta inovadora e pautada na interdisciplinaridade como base para estudos e pesquisas na área de Educação Ambiental e desenvolvimento sustentável na Amazônia, vinculado ao ICED – Instituto de Ciências da Educação / UFPA – Universidade Federal do Pará.
  • 7. Público 3.000 participantes envolvidos em projetos e ações de Educação Ambiental, pesquisadores, educadores, estudantes, gestores públicos e privados, ambientalistas e demais interessados na discussão da Educação Ambiental no Brasil. 50 Redes e Coletivos de Educação Ambiental que fazem parte da malha da REBEA ou que são parceiros de suas ações, dos quais: 04 da região Norte, 08 da região Nordeste, 07 da região Centro-Oeste, 16 da Região Sudeste, 05 da região Sul, 08 de âmbito Nacional e 02 de âmbito Internacional.
  • 8. Programação Com uma programação dinâmica, que prevê Mesas Redondas, Rodas de Conversa, Openspace, Minicursos e Oficinas, Jornadas Temáticas, Encontros Paralelos, Atividades Culturais, Mostras de Vídeos, Poesias, Artes, Danças e a produção de documentos que serão referência para atuação no campo socioambiental, focados nos seguintes três eixos temáticos e subtemas:
  • 9. Eixos Temáticos Eixo 1: Educação Ambiental na construção das sociedades sustentáveis. - Agenda 21 e Desenvolvimento Sustentável: construindo “glocalidades” - Cidades Sustentáveis e Espaços de Construção de Saberes e Práticas - Promoção da Ética da Vida e da Cultura da Paz: Interculturalidade, Inclusão e Interreligiosidade - diálogos necessários - Juventude, Intergeracionalidade e Meio Ambiente - Mudanças Climáticas, tendências globais e mecanismos de compensação - Perspectivas e tendências teórico-práticas de Educação Ambiental - Sociedade do consumo ou sociedade da sustentabilidade para qualidade de vida.
  • 10. Eixos Temáticos - Cenários da Pesquisa, da Informação e da Comunicação em Educação Ambiental - Diretrizes Curriculares Nacionais de Educação Ambiental e Experiências no Ensino Fundamental e Superior - Educação Ambiental Empresarial e nos Empreendimentos de Infraestrutura - Educação Ambiental no Licenciamento e na Gestão de empreendimentos públicos e privados, no saneamento básico e na política nacional de resíduos sólidos - Espaços Educadores Sustentáveis - Financiamento da Educação Ambiental - Formação de Educadores em Educação Ambiental - Politica Nacional de Educação Ambiental - Políticas Públicas: formulação, espaços participativos e monitoramento - Tratado Internacional e Jornadas de Educação Ambiental - Estratégia Nacional de Comunicação e Educação Ambiental - ENCEA Eixo 2: Políticas e Práticas de Educação Ambiental
  • 11. Eixos Temáticos Eixo 3: Fortalecimento da REBEA e da Malha das Redes de Educação Ambiental - Tecendo as Redes e Aldeia Global: Educação Ambiental e Lusofonia - Organizações da Sociedade Civil, Novo Marco Regulatório e Movimentos Sociais - REBEA e as Agendas da Sociedade Civil Global e Brasileira - Comunicações no âmbito da REBEA e da Malha das Redes de EA: REVBEA e demais instrumentos.
  • 12. Normas para envio de artigos e trabalhos 1 - Os artigos precisam se adequar a um dos Eixos Temáticos do Fórum ou descrever relatos de experiências no âmbito das Redes da Malha da REBEA, de órgãos públicos, experiências comunitárias ou em empreendimentos privados. 2 - Data limite para envio dos artigos até o dia 30 de Agosto de 2014. Os trabalhos devem ser enviados EXCLUSIVAMENTE para o e-mail viiifbea@gmail.com; trabalhos enviados após esta data serão desconsiderados. 3 - Trabalho completo contendo no máximo 08 páginas, folha A4, em português, letra Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5 (entre linhas), margem de 2 cm em todos os lados e justificado, sem numerar as páginas. 4 - Nomes científicos e palavras estrangeiras devem ser grafadas em “itálico”. 5 - Um resumo deve estar inserido no corpo do artigo com no máximo 300 palavras e no máximo 5 palavras- chaves; salvo no WORD (doc) e nomeando o arquivo com o nome do autor; 6 - O título deve ser curto, contendo a ideia principal do tema, e escrito em letras maiúsculas tamanho 12, centralizado. 7 - O nome do(s) autor(es) de constar na ordem correta, com o sobrenome maiúsculo e alinhado à direita. Após o(s) autor(es), em nota de rodapé escrever o endereço institucional seguido de e-mail do autor correspondente, registrando a condição profissional (letra Times New Roman, tamanho 10).
  • 13. Normas para envio de artigos e trabalhos 8 - As notas de rodapé, quando existirem, devem ser numeradas automaticamente em algarismos arábicos em ordem crescente. 9 - Ilustrações: uso de tabelas e figuras limitados ao necessário, numeradas em arábico e insertas no texto: tecla “Inserir Figura” do Word. Favor não “recortar” e “colar”. As legendas devem ser autoexplicativas colocadas abaixo das tabelas e figuras. 10 - As referências bibliográficas citadas no interior do texto deverão ser feitas da seguinte forma: (Autor, data: página). As citações ao longo do texto deverão seguir as normas ABNT (AUTOR, ano, p.). As referências deverão ser apresentadas ao final do artigo, em ordem alfabética, da seguinte forma: a) Livros: AUTOR. Título em negrito. Local da publicação, Editora, data. b) Artigos: AUTOR. Título. Título do periódico em negrito. Local da publicação, número do periódico (número do fascículo): página inicial-página final, mês/ano. 11 - Os endereços de páginas na Internet (URLs) citados devem ser verificados pelo autor se estão realmente ativos e disponíveis. 12 - Não usar negrito no texto. 13 - Os autores são responsáveis pela exatidão das referências bibliográficas e pelas ideias expressas em seus textos.
  • 14. JORNADAS TEMÁTICAS* 1 - Educação Ambiental e a agenda pós-Cúpula dos Povos Rede proponente: Rede de Educação Ambiental do Rio de Janeiro 2 - Formação de Educadores Ambientais no âmbito de Licenciamentos Ambientais Redes proponentes: Rede de Educação Ambiental do Rio de Janeiro 3 - Educação Ambiental e Diálogos com a Diversidade Rede proponente: Rede IIDEA. 4 - Cidades Sustentáveis e Espaços de Construção de Saberes e Práticas Rede Proponente: Rede PAEA 5 - Educação Ambiental no Licenciamento e na Gestão de empreendimentos públicos e privados Rede Proponente: Rede Carajás 6 - Educação Ambiental e Políticas de Educação Ambiental: saberes e experiências Rede proponente: Rede Capixaba de Educação Ambiental 7 - Educação Ambiental e Escolas Sustentáveis Rede proponente: Rede de Educação Ambiental do Rio de Janeiro 8 - Educação Ambiental e Agenda 21 : caminhos cruzados Rede proponente: Rede de Educação Ambiental do Médio Paraíba do Sul (RJ) 9 - Jornada da Juventude pela Educação Ambiental Rede proponente: REJUMA *Jornadas propostas até 11/06/2014, mas o prazo final de proposição é 15/06/2014
  • 15. Contatos (provisórios) Contato com a Equipe Executiva: E-mail: viiifbea@gmail.com Fone: (91) 3201 7706 – GEAM UFPA Magali (secretária) 91 8122 4212 ou 8745 9136 www.viiifbea.blogspot.com (em construção)
  • 16. Cronologia dos Fóruns Brasileiros de Educação Ambiental I Fórum (década de 90) em São Paulo II Fórum (década de 90) em São Paulo, nasce a REBEA III Fórum (1994) em São Paulo IV Fórum (1997) em Guarapari (ES), I Encontro da REBEA V Fórum (2004) em Goiânia VI Fórum (2009) no Rio de Janeiro VII Fórum (2012) em Salvador
  • 17. VI FBEA Rio de Janeiro 22-25 julho 2009
  • 18. VII FBEA Salvador 28-31 março 2012