SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
TEXTO ARGUMENTATIVO
EDUCAR OU NÃO? EIS A QUESTÃO!
Já no século passadoe, de formamais incidente neste, a educação tem sido
o foco das campanhas eleitorais nos diferentes níveis: municipal, estadual,
nacional. Com o discurso “é preciso investir na educação”, muitos já se
elegeram, já trabalharam em prol de seus próprios interesses (Claro,
educação não é prioridade para políticos). Quem os elegeria em uma
sociedade politizada, crítica, consciente, conhecedora de seus direitos e
deveres?
A educação que muitos deles defendem se restringe à construção e à
ampliação de escolas, a aquisição de materiais didáticos para equipá-las, e
só. Como se o espaço físico e os objetos materiais fossemsuficientes para
asseguraràpopulação uma educação de qualidade. Esquece-see, aliás, que
essa é a melhor saída para quem o brasileiro bem formado e informado
pode ser transformar em um grande obstáculo para a” politicagem”, da
fundamental importância que o professor representa no contexto
educacional.
Talvez, ou melhor, com certeza, é por isso que não se ouve falar em
ampliação de oferta de qualidade de cursos de graduação para docentes,
em investimento na formação continuada de professores, emimplantação
de um plano de carreira que, realmente, valorize o professor no que se
refere às condições de trabalho e ao piso salarial.
Idealiza-se, então, verdadeiramente um país de cidadãos críticos,
conscientes, atuantes na sociedade ou uma nação de analfabetos
funcionais ondequem está no poder tende a semanter nele por um tempo
indefinido?! Responder a essa questão é enxergar, de olhos bem abertos, a
real situação da educação brasileira.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo de ficha de leitura
Modelo de ficha de leituraModelo de ficha de leitura
Modelo de ficha de leituraSérgio Lagoa
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadasguest7174ad
 
Diferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumentoDiferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumentocristina resende
 
Estrutura do texto argumentativo
Estrutura do texto argumentativoEstrutura do texto argumentativo
Estrutura do texto argumentativo7 de Setembro
 
Plano de ação da coordenação de área língua portuguesa
Plano de ação da coordenação de área   língua portuguesaPlano de ação da coordenação de área   língua portuguesa
Plano de ação da coordenação de área língua portuguesaeucenir
 
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaJogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaRosane Domingues
 
Ironia e humor em textos variados 2
Ironia e humor em textos variados 2Ironia e humor em textos variados 2
Ironia e humor em textos variados 2Eudesia Carvalho
 
Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativoTexto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativoDébora Costa
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaismarlospg
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTOMarcelo Cordeiro Souza
 

Mais procurados (20)

Estrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opiniãoEstrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opinião
 
O que é argumentar
O que é argumentarO que é argumentar
O que é argumentar
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
 
Modelo de ficha de leitura
Modelo de ficha de leituraModelo de ficha de leitura
Modelo de ficha de leitura
 
1.3 ortografia
1.3   ortografia1.3   ortografia
1.3 ortografia
 
Slide relatório (estrutura)
Slide relatório (estrutura)Slide relatório (estrutura)
Slide relatório (estrutura)
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
Diferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumentoDiferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumento
 
Estrutura do texto argumentativo
Estrutura do texto argumentativoEstrutura do texto argumentativo
Estrutura do texto argumentativo
 
Diferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opiniãoDiferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opinião
 
Plano de ação da coordenação de área língua portuguesa
Plano de ação da coordenação de área   língua portuguesaPlano de ação da coordenação de área   língua portuguesa
Plano de ação da coordenação de área língua portuguesa
 
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaJogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
 
Slide implicito e explicito
Slide implicito e explicitoSlide implicito e explicito
Slide implicito e explicito
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Ironia e humor em textos variados 2
Ironia e humor em textos variados 2Ironia e humor em textos variados 2
Ironia e humor em textos variados 2
 
Humor e ironia
Humor e ironiaHumor e ironia
Humor e ironia
 
Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativoTexto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativo
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
 

Semelhante a Educação: formação de cidadãos ou manutenção do poder

Licínio Lima - entrevista
Licínio Lima - entrevistaLicínio Lima - entrevista
Licínio Lima - entrevistasandrinavalente
 
Um salto para o presente a educação básica no brasil
Um salto para o presente   a educação básica no brasilUm salto para o presente   a educação básica no brasil
Um salto para o presente a educação básica no brasilDarlan Campos
 
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionaisEducação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionaisLuis Nassif
 
Limites das políticas públicas no enfrentamento de problemas educacionais: um...
Limites das políticas públicas no enfrentamento de problemas educacionais: um...Limites das políticas públicas no enfrentamento de problemas educacionais: um...
Limites das políticas públicas no enfrentamento de problemas educacionais: um...Gabriel Cardoso
 
O ensino público em biritinga e riachão do jacuípe
O ensino público em biritinga e riachão do jacuípeO ensino público em biritinga e riachão do jacuípe
O ensino público em biritinga e riachão do jacuípeUNEB
 
EDUCAÇÃO INTEGRAL: desenvolvimento integral e a aprendizagem. Semana Pedagóg...
EDUCAÇÃO  INTEGRAL: desenvolvimento integral e a aprendizagem. Semana Pedagóg...EDUCAÇÃO  INTEGRAL: desenvolvimento integral e a aprendizagem. Semana Pedagóg...
EDUCAÇÃO INTEGRAL: desenvolvimento integral e a aprendizagem. Semana Pedagóg...EducaAo
 
Como argumentar - texto argumentativo
Como argumentar - texto argumentativoComo argumentar - texto argumentativo
Como argumentar - texto argumentativoDani Bertollo
 
A educação para além do capital.pptx
A educação para além do capital.pptxA educação para além do capital.pptx
A educação para além do capital.pptxLoEleutrio
 
Patria educadora documento_preliminar_sae
Patria educadora documento_preliminar_saePatria educadora documento_preliminar_sae
Patria educadora documento_preliminar_saeDaniela Carvalho
 
Lutas pela educação 25 de março coluna O jornal
Lutas pela educação 25 de março coluna O jornalLutas pela educação 25 de março coluna O jornal
Lutas pela educação 25 de março coluna O jornalSandra Pierozan
 
Serviço social na área da educação perspectivas e desafios
Serviço social na área da educação   perspectivas e desafiosServiço social na área da educação   perspectivas e desafios
Serviço social na área da educação perspectivas e desafiosCRESS-MG
 
Financiamento da Educação Básica_Henrique Morais Menezes.pdf
Financiamento da Educação Básica_Henrique Morais Menezes.pdfFinanciamento da Educação Básica_Henrique Morais Menezes.pdf
Financiamento da Educação Básica_Henrique Morais Menezes.pdfHenriqueMoraismeneze
 
Slides Parâmetros curriculares nacionais (Grupo: Ináia, Giliane, Eunice)
Slides Parâmetros curriculares nacionais (Grupo: Ináia, Giliane, Eunice)Slides Parâmetros curriculares nacionais (Grupo: Ináia, Giliane, Eunice)
Slides Parâmetros curriculares nacionais (Grupo: Ináia, Giliane, Eunice)pibidsociais
 
Atps educação de jovens e adultos etapa 1,2,3
Atps educação de jovens e adultos  etapa 1,2,3Atps educação de jovens e adultos  etapa 1,2,3
Atps educação de jovens e adultos etapa 1,2,3Rosilenelnunes
 
Tcc educação de jovens e adultos
Tcc   educação de jovens e adultosTcc   educação de jovens e adultos
Tcc educação de jovens e adultosMarcia Felix
 

Semelhante a Educação: formação de cidadãos ou manutenção do poder (20)

Licínio Lima - entrevista
Licínio Lima - entrevistaLicínio Lima - entrevista
Licínio Lima - entrevista
 
Um salto para o presente a educação básica no brasil
Um salto para o presente   a educação básica no brasilUm salto para o presente   a educação básica no brasil
Um salto para o presente a educação básica no brasil
 
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionaisEducação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
 
Limites das políticas públicas no enfrentamento de problemas educacionais: um...
Limites das políticas públicas no enfrentamento de problemas educacionais: um...Limites das políticas públicas no enfrentamento de problemas educacionais: um...
Limites das políticas públicas no enfrentamento de problemas educacionais: um...
 
O ensino público em biritinga e riachão do jacuípe
O ensino público em biritinga e riachão do jacuípeO ensino público em biritinga e riachão do jacuípe
O ensino público em biritinga e riachão do jacuípe
 
Palestra EJA
Palestra EJAPalestra EJA
Palestra EJA
 
Monografia de Norma Pedagogia 2008
Monografia de Norma Pedagogia 2008Monografia de Norma Pedagogia 2008
Monografia de Norma Pedagogia 2008
 
EDUCAÇÃO INTEGRAL: desenvolvimento integral e a aprendizagem. Semana Pedagóg...
EDUCAÇÃO  INTEGRAL: desenvolvimento integral e a aprendizagem. Semana Pedagóg...EDUCAÇÃO  INTEGRAL: desenvolvimento integral e a aprendizagem. Semana Pedagóg...
EDUCAÇÃO INTEGRAL: desenvolvimento integral e a aprendizagem. Semana Pedagóg...
 
Como argumentar - texto argumentativo
Como argumentar - texto argumentativoComo argumentar - texto argumentativo
Como argumentar - texto argumentativo
 
Educar é um risco
Educar é um riscoEducar é um risco
Educar é um risco
 
A educação para além do capital.pptx
A educação para além do capital.pptxA educação para além do capital.pptx
A educação para além do capital.pptx
 
Patria educadora documento_preliminar_sae
Patria educadora documento_preliminar_saePatria educadora documento_preliminar_sae
Patria educadora documento_preliminar_sae
 
REDAÇÃO (1).pptx
REDAÇÃO (1).pptxREDAÇÃO (1).pptx
REDAÇÃO (1).pptx
 
Lutas pela educação 25 de março coluna O jornal
Lutas pela educação 25 de março coluna O jornalLutas pela educação 25 de março coluna O jornal
Lutas pela educação 25 de março coluna O jornal
 
Serviço social na área da educação perspectivas e desafios
Serviço social na área da educação   perspectivas e desafiosServiço social na área da educação   perspectivas e desafios
Serviço social na área da educação perspectivas e desafios
 
Financiamento da Educação Básica_Henrique Morais Menezes.pdf
Financiamento da Educação Básica_Henrique Morais Menezes.pdfFinanciamento da Educação Básica_Henrique Morais Menezes.pdf
Financiamento da Educação Básica_Henrique Morais Menezes.pdf
 
Slides Parâmetros curriculares nacionais (Grupo: Ináia, Giliane, Eunice)
Slides Parâmetros curriculares nacionais (Grupo: Ináia, Giliane, Eunice)Slides Parâmetros curriculares nacionais (Grupo: Ináia, Giliane, Eunice)
Slides Parâmetros curriculares nacionais (Grupo: Ináia, Giliane, Eunice)
 
Atps educação de jovens e adultos etapa 1,2,3
Atps educação de jovens e adultos  etapa 1,2,3Atps educação de jovens e adultos  etapa 1,2,3
Atps educação de jovens e adultos etapa 1,2,3
 
Monografia Carla Pedagogia 2009
Monografia Carla Pedagogia 2009Monografia Carla Pedagogia 2009
Monografia Carla Pedagogia 2009
 
Tcc educação de jovens e adultos
Tcc   educação de jovens e adultosTcc   educação de jovens e adultos
Tcc educação de jovens e adultos
 

Mais de claudia murta

Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidadesclaudia murta
 
Linguagem de especialidade
Linguagem de especialidadeLinguagem de especialidade
Linguagem de especialidadeclaudia murta
 
A importância da leitura
A importância da leitura A importância da leitura
A importância da leitura claudia murta
 
Instrumento e grade de avaliação estudos sintáticos
Instrumento e grade de avaliação estudos sintáticosInstrumento e grade de avaliação estudos sintáticos
Instrumento e grade de avaliação estudos sintáticosclaudia murta
 
Apresentação disciplina avaliação 03-10 (1)
Apresentação disciplina avaliação   03-10 (1)Apresentação disciplina avaliação   03-10 (1)
Apresentação disciplina avaliação 03-10 (1)claudia murta
 
O que é mesmo o ato de avaliar
O que é mesmo o ato de avaliarO que é mesmo o ato de avaliar
O que é mesmo o ato de avaliarclaudia murta
 
Escrita semplagio final
Escrita semplagio finalEscrita semplagio final
Escrita semplagio finalclaudia murta
 
Colecao de mapas_conceituais
Colecao de mapas_conceituaisColecao de mapas_conceituais
Colecao de mapas_conceituaisclaudia murta
 
Modernismo iii fase(7)
Modernismo iii fase(7)Modernismo iii fase(7)
Modernismo iii fase(7)claudia murta
 
Metodologia pesquisa
Metodologia pesquisaMetodologia pesquisa
Metodologia pesquisaclaudia murta
 
Romantismo contexto histórico
Romantismo contexto histórico Romantismo contexto histórico
Romantismo contexto histórico claudia murta
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeiasclaudia murta
 

Mais de claudia murta (20)

Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
 
Linguagem de especialidade
Linguagem de especialidadeLinguagem de especialidade
Linguagem de especialidade
 
A importância da leitura
A importância da leitura A importância da leitura
A importância da leitura
 
Ideias de Maturana
Ideias de MaturanaIdeias de Maturana
Ideias de Maturana
 
Diários todos
Diários todosDiários todos
Diários todos
 
Instrumento e grade de avaliação estudos sintáticos
Instrumento e grade de avaliação estudos sintáticosInstrumento e grade de avaliação estudos sintáticos
Instrumento e grade de avaliação estudos sintáticos
 
Texto alvarez
Texto alvarezTexto alvarez
Texto alvarez
 
Apresentação disciplina avaliação 03-10 (1)
Apresentação disciplina avaliação   03-10 (1)Apresentação disciplina avaliação   03-10 (1)
Apresentação disciplina avaliação 03-10 (1)
 
Autoavaliação
AutoavaliaçãoAutoavaliação
Autoavaliação
 
Autoavaliação
AutoavaliaçãoAutoavaliação
Autoavaliação
 
O que é mesmo o ato de avaliar
O que é mesmo o ato de avaliarO que é mesmo o ato de avaliar
O que é mesmo o ato de avaliar
 
Quinhentismo(1)
Quinhentismo(1)Quinhentismo(1)
Quinhentismo(1)
 
Escrita semplagio final
Escrita semplagio finalEscrita semplagio final
Escrita semplagio final
 
Colecao de mapas_conceituais
Colecao de mapas_conceituaisColecao de mapas_conceituais
Colecao de mapas_conceituais
 
Modernismo iii fase(7)
Modernismo iii fase(7)Modernismo iii fase(7)
Modernismo iii fase(7)
 
Figuras linguagem2
Figuras linguagem2Figuras linguagem2
Figuras linguagem2
 
Figuras linguagem
Figuras linguagemFiguras linguagem
Figuras linguagem
 
Metodologia pesquisa
Metodologia pesquisaMetodologia pesquisa
Metodologia pesquisa
 
Romantismo contexto histórico
Romantismo contexto histórico Romantismo contexto histórico
Romantismo contexto histórico
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 

Educação: formação de cidadãos ou manutenção do poder

  • 1. TEXTO ARGUMENTATIVO EDUCAR OU NÃO? EIS A QUESTÃO! Já no século passadoe, de formamais incidente neste, a educação tem sido o foco das campanhas eleitorais nos diferentes níveis: municipal, estadual, nacional. Com o discurso “é preciso investir na educação”, muitos já se elegeram, já trabalharam em prol de seus próprios interesses (Claro, educação não é prioridade para políticos). Quem os elegeria em uma sociedade politizada, crítica, consciente, conhecedora de seus direitos e deveres? A educação que muitos deles defendem se restringe à construção e à ampliação de escolas, a aquisição de materiais didáticos para equipá-las, e só. Como se o espaço físico e os objetos materiais fossemsuficientes para asseguraràpopulação uma educação de qualidade. Esquece-see, aliás, que essa é a melhor saída para quem o brasileiro bem formado e informado pode ser transformar em um grande obstáculo para a” politicagem”, da fundamental importância que o professor representa no contexto educacional. Talvez, ou melhor, com certeza, é por isso que não se ouve falar em ampliação de oferta de qualidade de cursos de graduação para docentes, em investimento na formação continuada de professores, emimplantação de um plano de carreira que, realmente, valorize o professor no que se refere às condições de trabalho e ao piso salarial. Idealiza-se, então, verdadeiramente um país de cidadãos críticos, conscientes, atuantes na sociedade ou uma nação de analfabetos funcionais ondequem está no poder tende a semanter nele por um tempo indefinido?! Responder a essa questão é enxergar, de olhos bem abertos, a real situação da educação brasileira.