SlideShare uma empresa Scribd logo
Sexualidade que bicho é esse
AFINAL
QUAL É A
DIFERENÇA?
SEXO
E SEXUALIDADE:
• A sexualidade sempre fez parte das nossas vidas,
até mesmo antes de nascer a gente já tinha
sensações boas ou ruins.
Pense bem, o que você responde quando alguém
pergunta qual é o seu sexo?
FEMININO se é menina ou
MASCULINO se for menino.
S E X O
SEXUALIDADE
Sexualidade é tudo aquilo
que nos dá prazer.
Nós sempre sentimos
prazer na vida,
porque antes de
gostarmos de uma
pessoa para namorar,
nós aprendemos a
gostar dos nossos pais,
irmãos, amigos, do
bichinho de estimação,
e de muitas outras
coisas importantes.
Também já sentimos
prazer e alegria ao
ganhar um jogo, tomar
um sorvete, ganhar
presentes, e muitas
outras coisas.
A sexualidade é assim.
São todas as formas como
recebemos as coisas boas e ruins,
como aceitamos e demonstramos
nosso carinho.
• O prazer que a relação sexual pode dar é
somente uma das formas de prazer que uma
pessoa pode experimentar, se ela quiser.
AMIZADE
FAMÍLIA
SEXO
TRABALHO
SAÚDE
AMOR
PRAZER
Sexualidade que bicho é esse
O nosso corpo se modifica durante
toda a vida, mas é principalmente
na puberdade que essas mudanças
acontecem mais depressa...
A adolescência não acontece para
todas as pessoas ao mesmo tempo,
e é por isso que conhecemos
meninos e meninas com a mesma
idade e tamanhos tão diferentes.
É como uma árvore, nem todos os frutos
amadurecem ao mesmo tempo.
AS MUDANÇAS
Normalmente as mudanças
da adolescência começam
a aparecer nas meninas
por volta dos 9 anos, e nos
meninos por volta dos 10
anos.
MAS LEMBRE-SE:
ISSO NÃO É UMA REGRA,
NÃO TEM QUE SER
SEMPRE ASSIM !
O QUE ACONTECE ?
Primeiro crescem as MÃOS e os PÉS.
Depois acontece o ESTIRÃO que é um
crescimento rápido dos braços e pernas.
Em seguida o TRONCO se modifica, se
somos meninos alargamos os OMBROS; se
somos meninas, arredondamos os
QUADRIS e percebemos os SEIOS
crescendo também.
Uma coisa que acontece tanto para os meninos
como para as meninas é o aparecimento de
alguns pêlos pelo corpo, nas axilas, na região
genital e para os meninos no rosto e pernas.
Ao mesmo tempo o rosto também começa a
mudar o nariz fica como se estivesse inchado, e
algumas espinhas e cravos também costumam
aparecer. Dentro do nosso corpo, os órgãos
como coração, pulmão e outros, estão quase
dobrando de tamanho.
Os últimos órgãos que se desenvolvem são os
órgãos sexuais.
Nas meninas esse desenvolvimento é contínuo
ou seja os órgãos se modificam juntos.
Nos meninos o desenvolvimento dos órgãos
sexuais obedece uma seqüência:
Primeiro o aumento da bolsa escrotal e dos
testículos, em seguida o pênis fica mais
comprido e só depois é que ele vai ficar mais
grosso. (por volta dos 18 anos)
Sexualidade que bicho é esse
Sexualidade que bicho é esse
Muitas são as transformações que acontecem no corpo da menina naMuitas são as transformações que acontecem no corpo da menina na
adolescência, mas nenhuma gera mais dúvidas do que aadolescência, mas nenhuma gera mais dúvidas do que a menstruaçãomenstruação..
De repente , ao olhar a sua calcinha a menina percebe uma manchinhaDe repente , ao olhar a sua calcinha a menina percebe uma manchinha
de sangue. Isso quer dizer que seus órgãos reprodutores estão sede sangue. Isso quer dizer que seus órgãos reprodutores estão se
preparando para uma possível gravidez.preparando para uma possível gravidez.
A menstruação é algo para ser comemorado pelas meninas, pois é umA menstruação é algo para ser comemorado pelas meninas, pois é um
símbolo de que ela está se transformando numa mulher.símbolo de que ela está se transformando numa mulher.
Mas, pela falta de informação, muitas meninas sentem-seMas, pela falta de informação, muitas meninas sentem-se
envergonhadas e incomodadas com esse fato, por pensarem que terãoenvergonhadas e incomodadas com esse fato, por pensarem que terão
que deixar de fazer muitas coisas nesse período, ou por medo de que oque deixar de fazer muitas coisas nesse período, ou por medo de que o
absorvente apareça pela roupa, ou que o fluxo sanguíneo manche aabsorvente apareça pela roupa, ou que o fluxo sanguíneo manche a
roupa.roupa.
Com o tempo, pela prática e pelo amadurecimento, a menstruaçãoCom o tempo, pela prática e pelo amadurecimento, a menstruação
passa a ser encarada naturalmente, sem temores pela nova mulher.passa a ser encarada naturalmente, sem temores pela nova mulher.
A FECUNDAÇÃO
Uma vez por mês um óvulo é liberado por um dos ovários da
mulher e dura apenas 24 horas. A célula reprodutora do
homem é chamada de ESPERMATOZÓIDE, a cada
ejaculação, são liberados mais ou menos 350 milhões de
espermatozóides e apenas um consegue fecundar o
óvulo.
A fecundação é um momento
mágico, da união de duas
minúsculas células - o óvulo e
o espermatozóide –
há o início de uma nova vida.
Dentro do corpo da mulher
existem mais ou menos 400
células chamadas de
ÓVULOS.
Um feto de poucas semanas encontra-seUm feto de poucas semanas encontra-se
no interior do útero de sua mãe.no interior do útero de sua mãe.
PRIMEIRO MÊS
• UM EMBRIÃO DE
POUCAS SEMANAS
ENCONTRA - SE NO
INTERIOR DO
ÚTERO DE SUA
MÃE
Nosso bebê está com mais ou menos 4 semanas de vida,
nessa fase ele se chama EMBRIÃO, é do tamanho da unha do
dedo mindinho, mas o coração já bate forte, e bombeia
sangue para todo o corpinho.
Está no início do seu desenvolvimento.
Ainda falta um longo caminho a percorrer.
Junto a ele encontra-se o saco vitelino, que lhe proporciona os nutrientes de
que necessita nas primeiras semanas de vida.
SACO
VITELINO
SEGUNDO MÊS
Durante o segundo mês, uma bolsa se forma em
volta do bebê é como um balão de água salgada.
Essa água se chama LÍQUIDO AMINIÓTICO.
Nosso bebê cresceu e está
um pouco menor que uma
azeitona.
Por volta da 8ª semana de gestação
o saco vitelino perde sua função.
É o cordão umbilical que passa a alimentá-lo
com nutrientes provenientes do corpo materno.
Enquanto tudo acontece, ele flutua,
tranqüilamente, no útero de sua mãe.
TERCEIRO MÊS
No terceiro mês, o bebê passa
de 2 cm para 7 cm, ele cresce
muito rápido mesmo, já dá pra
ver as unhas, os cabelos e
também já podemos saber se
será um menino ou uma
menina.
Na 16ª semana de gestação ele já tem quase todos os órgãos
desenvolvidos.
Os olhos ainda estão fechados,
mas as mãos e os pés começam a mover-se,
embora sua mãe quase não perceba.
QUARTO MÊS
No final do quarto mês,
nosso bebê está com mais
ou menos 200 gramas e
medindo 13 cm.
O bebê brinca muito dentro
da barriga da mamãe, e
treina para a sua vida fora
dela. Mesmo não precisando
mamar e nem respirar, ele
sulga os dedinhos, e
também respira bem de
leve.
QUINTO MÊS
No final do quinto mês, o
bebê está com mais ou
menos 20 cm e pesa meio
quilo.
Ele consegue ouvir o
estômago e o coração da
mamãe, e também ouve
alguns sons fora da barriga,
como uma música, ou a voz
do papai.
Ele completa 24 semanas e com mais ou menos 35 centímetros e 1 quilo e
meio, nesse mês os ossos ficam mais duros e fortes, por causa do cálcio.
Nesta etapa já mexe os braços e as pernas, pisca os olhos, chupa os dedos e,
inclusive, tem seus primeiros acessos de soluços. Dentre seus órgãos,
somente os pulmões não estão completamente formados. Mesmo assim, se
nascesse neste momento, teria grandes chances de sobreviver.
SÉTIMO MÊS
Durante esse mês, o
cérebro completa sua
formação o bebê já pensa,
e até sonha dentro da
mamâe. No final desse
mês o bebê já está com
quase dois quilos, e já se
parece com um bebê
recém nascido.
Está cada vez mais
consciente do espaço
que o rodeia. Como
todos os fetos, passa
a maior parte do
tempo dormindo, e
quando dorme nada
consegue despertá-
lo. Chega até mesmo
a sonhar.
OITAVO MÊS
Está chegando a hora de nascer, então o bebê se prepara para sair se
virando de cabeça para baixo. Agora os pulmões estão prontos e o nosso
bebê já pode respirar se nascer antes dos nove meses.
Ele completa nove
meses e está pronto
para nascer. Em 40
semanas, o que era
apenas uma
sementinha
transformou-se em
um ser humano. O
milagre da formação
da vida humana no
interior do corpo
materno está perto
de ser concluído. Em
poucos dias os
pulmões e a placenta
se encarregarão de
sinalizar
que é
chegada a hora do
O bebê dorme,
tranqüilo, no ventre de
sua mãe.
Não sabe que dentro
em breve abandonará
a sua “casa” para
passar por uma das
experiências mais
traumáticas
de sua vida:
o nascimento.
Sim, porque o parto
não é doloroso apenas
para a mãe. Também é
traumático e
O bebê ainda estava
ganhando peso, mas o
espaço estava acabando,
então a cabeça escorrega
para o canal da vagina da
mamãe, ela sentia muita
pressão na barriga.
O útero começa a se
contrair e empurrar o bebê
para fora. Essas contrações
é o que chamamos de
trabalho de parto. A bolsa de
líquido amniótico se rompe e
todo o líquido que está nos
pulmões do bebê também e
lançado pra fora, mais
alguns empurrões e uma
forcinha da mamãe e pronto
MAS É ASSIM QUE ACONTECEMAS É ASSIM QUE ACONTECE
O MILAGRE DA VIDAO MILAGRE DA VIDA
CRÉDITOS
• Produzido por:
Gisele Arendt Pimentel - 2007
• BIBLIOGRAFIA:
– JACOBSON, Matt & Lisa. O Milagre da Vida
São Paulo, Editora Vida, 2003.
- GANDRA, Fernanda Rodrigues.
O dia-a-dia do professor: Adolescência: afetividade, sexualidade e
drogas. Belo Horizonte, Fapi, 2002
- LOPES, Cida.
Coleção Sexo e Sexualidade, Editora Brasileitura
http://mujer.terra.es/muj/padres/embarazo/vientrematerno/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A adolescência e a puberdade
A adolescência e a puberdadeA adolescência e a puberdade
A adolescência e a puberdade
Espaço Emrc
 
Adolescência e sexualidade
Adolescência e sexualidadeAdolescência e sexualidade
Adolescência e sexualidade
Bio Sem Limites
 
O que acontece com o seu corpo
O que acontece com o seu corpoO que acontece com o seu corpo
O que acontece com o seu corpo
VaMartins
 
Gravides de ciencias lara
Gravides de ciencias laraGravides de ciencias lara
Gravides de ciencias lara
Carla Gomes
 
Esclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Esclarecendo Dúvidas Sobre SexualidadeEsclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Esclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Prof.Cristina
 
Resumo de ciências mensal 1º bimestre
Resumo de ciências mensal 1º bimestreResumo de ciências mensal 1º bimestre
Resumo de ciências mensal 1º bimestre
alpisveredas
 
2. reprodução e caracteres sexuais
2. reprodução e caracteres sexuais2. reprodução e caracteres sexuais
2. reprodução e caracteres sexuais
Elsa RITA
 
Educação sexual - Puberdade
Educação sexual - Puberdade Educação sexual - Puberdade
Educação sexual - Puberdade
nandavcs
 
Sexualidade Humana - palestra
Sexualidade Humana - palestraSexualidade Humana - palestra
Sexualidade Humana - palestra
Josy Farias
 
Apresentação sobre o crescimento
Apresentação sobre o crescimentoApresentação sobre o crescimento
Apresentação sobre o crescimento
inesfigueira
 
Adolescência - Transformações físicas e psicológicas
Adolescência - Transformações físicas e psicológicasAdolescência - Transformações físicas e psicológicas
Adolescência - Transformações físicas e psicológicas
Mariana Almeida
 
Reprodução 2013
Reprodução  2013Reprodução  2013
Reprodução 2013
Simone Maia
 
Puberdade
PuberdadePuberdade
Puberdade
pedropereiraeu
 
Apres Abordagens Sexualidade
Apres Abordagens SexualidadeApres Abordagens Sexualidade
Apres Abordagens Sexualidade
Albano Novaes
 
Como nascem os animais
Como nascem os animaisComo nascem os animais
Como nascem os animais
gracielidp
 
Esclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Esclarecendo Dúvidas Sobre SexualidadeEsclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Esclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Lord Phoenix
 
Pai presente é_pai_informado_validacao_avasus
Pai presente é_pai_informado_validacao_avasusPai presente é_pai_informado_validacao_avasus
Pai presente é_pai_informado_validacao_avasus
sedis-suporte
 
Sexualidade
SexualidadeSexualidade
Sexualidade
Luis
 
Sexualidade na adolescencia
Sexualidade na adolescenciaSexualidade na adolescencia
Sexualidade na adolescencia
Sergio Cintra
 
Fases da gestação
Fases da gestaçãoFases da gestação

Mais procurados (20)

A adolescência e a puberdade
A adolescência e a puberdadeA adolescência e a puberdade
A adolescência e a puberdade
 
Adolescência e sexualidade
Adolescência e sexualidadeAdolescência e sexualidade
Adolescência e sexualidade
 
O que acontece com o seu corpo
O que acontece com o seu corpoO que acontece com o seu corpo
O que acontece com o seu corpo
 
Gravides de ciencias lara
Gravides de ciencias laraGravides de ciencias lara
Gravides de ciencias lara
 
Esclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Esclarecendo Dúvidas Sobre SexualidadeEsclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Esclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
 
Resumo de ciências mensal 1º bimestre
Resumo de ciências mensal 1º bimestreResumo de ciências mensal 1º bimestre
Resumo de ciências mensal 1º bimestre
 
2. reprodução e caracteres sexuais
2. reprodução e caracteres sexuais2. reprodução e caracteres sexuais
2. reprodução e caracteres sexuais
 
Educação sexual - Puberdade
Educação sexual - Puberdade Educação sexual - Puberdade
Educação sexual - Puberdade
 
Sexualidade Humana - palestra
Sexualidade Humana - palestraSexualidade Humana - palestra
Sexualidade Humana - palestra
 
Apresentação sobre o crescimento
Apresentação sobre o crescimentoApresentação sobre o crescimento
Apresentação sobre o crescimento
 
Adolescência - Transformações físicas e psicológicas
Adolescência - Transformações físicas e psicológicasAdolescência - Transformações físicas e psicológicas
Adolescência - Transformações físicas e psicológicas
 
Reprodução 2013
Reprodução  2013Reprodução  2013
Reprodução 2013
 
Puberdade
PuberdadePuberdade
Puberdade
 
Apres Abordagens Sexualidade
Apres Abordagens SexualidadeApres Abordagens Sexualidade
Apres Abordagens Sexualidade
 
Como nascem os animais
Como nascem os animaisComo nascem os animais
Como nascem os animais
 
Esclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Esclarecendo Dúvidas Sobre SexualidadeEsclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
Esclarecendo Dúvidas Sobre Sexualidade
 
Pai presente é_pai_informado_validacao_avasus
Pai presente é_pai_informado_validacao_avasusPai presente é_pai_informado_validacao_avasus
Pai presente é_pai_informado_validacao_avasus
 
Sexualidade
SexualidadeSexualidade
Sexualidade
 
Sexualidade na adolescencia
Sexualidade na adolescenciaSexualidade na adolescencia
Sexualidade na adolescencia
 
Fases da gestação
Fases da gestaçãoFases da gestação
Fases da gestação
 

Destaque

Food in-india
Food in-indiaFood in-india
Food in-india
Ritesh Dwivedy
 
MSI Company
MSI CompanyMSI Company
MSI Company
Fabricio Martinez
 
World Wide Financial Recommendation Letter
World Wide Financial Recommendation LetterWorld Wide Financial Recommendation Letter
World Wide Financial Recommendation Letter
Magan Edinger
 
NEEAP ex-anti evaluation report
NEEAP ex-anti evaluation reportNEEAP ex-anti evaluation report
NEEAP ex-anti evaluation report
RCREEE
 
Lunes19mayobriga
Lunes19mayobrigaLunes19mayobriga
Lunes19mayobriga
profesoraudp
 
Question words 1
Question words 1Question words 1
Question words 1
ainamiro
 
小さなコストで大きなリスクをコントロール 「ウェブサイトのクラウド化はリスク対策の新定番」
小さなコストで大きなリスクをコントロール 「ウェブサイトのクラウド化はリスク対策の新定番」小さなコストで大きなリスクをコントロール 「ウェブサイトのクラウド化はリスク対策の新定番」
小さなコストで大きなリスクをコントロール 「ウェブサイトのクラウド化はリスク対策の新定番」
作村 裕史
 
EVOLUCIÓN DE LA WEB DESDE 1.0 HASTA 7.0
EVOLUCIÓN DE LA WEB DESDE 1.0 HASTA 7.0EVOLUCIÓN DE LA WEB DESDE 1.0 HASTA 7.0
EVOLUCIÓN DE LA WEB DESDE 1.0 HASTA 7.0
carolinayenire
 
Presentacion tomas
Presentacion tomasPresentacion tomas
Presentacion tomas
JuanTomasRodriguez
 
Erotisme sacre
Erotisme sacreErotisme sacre
Erotisme sacre
druck419
 
Vectra Networks Love
Vectra Networks LoveVectra Networks Love
Vectra Networks Love
Takeo Sakaguchi ,CISSP,CISA
 
Mujeres trabajando
Mujeres trabajandoMujeres trabajando
Mujeres trabajando
guest0913848
 
History genre pp
History genre ppHistory genre pp
History genre pp
thorne7775
 
Cap 6 a herança e o sexo
Cap 6 a herança e o sexoCap 6 a herança e o sexo
Cap 6 a herança e o sexo
Luciana Menezes de Oliveira
 

Destaque (14)

Food in-india
Food in-indiaFood in-india
Food in-india
 
MSI Company
MSI CompanyMSI Company
MSI Company
 
World Wide Financial Recommendation Letter
World Wide Financial Recommendation LetterWorld Wide Financial Recommendation Letter
World Wide Financial Recommendation Letter
 
NEEAP ex-anti evaluation report
NEEAP ex-anti evaluation reportNEEAP ex-anti evaluation report
NEEAP ex-anti evaluation report
 
Lunes19mayobriga
Lunes19mayobrigaLunes19mayobriga
Lunes19mayobriga
 
Question words 1
Question words 1Question words 1
Question words 1
 
小さなコストで大きなリスクをコントロール 「ウェブサイトのクラウド化はリスク対策の新定番」
小さなコストで大きなリスクをコントロール 「ウェブサイトのクラウド化はリスク対策の新定番」小さなコストで大きなリスクをコントロール 「ウェブサイトのクラウド化はリスク対策の新定番」
小さなコストで大きなリスクをコントロール 「ウェブサイトのクラウド化はリスク対策の新定番」
 
EVOLUCIÓN DE LA WEB DESDE 1.0 HASTA 7.0
EVOLUCIÓN DE LA WEB DESDE 1.0 HASTA 7.0EVOLUCIÓN DE LA WEB DESDE 1.0 HASTA 7.0
EVOLUCIÓN DE LA WEB DESDE 1.0 HASTA 7.0
 
Presentacion tomas
Presentacion tomasPresentacion tomas
Presentacion tomas
 
Erotisme sacre
Erotisme sacreErotisme sacre
Erotisme sacre
 
Vectra Networks Love
Vectra Networks LoveVectra Networks Love
Vectra Networks Love
 
Mujeres trabajando
Mujeres trabajandoMujeres trabajando
Mujeres trabajando
 
History genre pp
History genre ppHistory genre pp
History genre pp
 
Cap 6 a herança e o sexo
Cap 6 a herança e o sexoCap 6 a herança e o sexo
Cap 6 a herança e o sexo
 

Semelhante a Sexualidade que bicho é esse

Trabalho embriologia
Trabalho embriologiaTrabalho embriologia
Trabalho embriologia
Emilydarosa
 
Resumo de ciências mensal 1º bimestre
Resumo de ciências mensal 1º bimestreResumo de ciências mensal 1º bimestre
Resumo de ciências mensal 1º bimestre
alpisveredas
 
Trabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTimaTrabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTima
fatimasousa
 
Trabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTimaTrabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTima
12344567890
 
afinaloquesepassacomigo-i-090505091514-phpapp01.pdf
afinaloquesepassacomigo-i-090505091514-phpapp01.pdfafinaloquesepassacomigo-i-090505091514-phpapp01.pdf
afinaloquesepassacomigo-i-090505091514-phpapp01.pdf
joao sobral
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
educacaoraquetes
 
Afinal O Que Se Passa Comigo I
Afinal O Que Se Passa Comigo IAfinal O Que Se Passa Comigo I
Afinal O Que Se Passa Comigo I
Nelson Ramalhoto
 
Trabalho de ciências 8° ano.pptx
Trabalho de ciências  8° ano.pptxTrabalho de ciências  8° ano.pptx
Trabalho de ciências 8° ano.pptx
EvertonRodrigues705327
 
Karol
KarolKarol
Karol
srrpo
 
Sistema reprodutor
Sistema reprodutorSistema reprodutor
Sistema reprodutor
MariaJoão Agualuza
 
A imagem do corpo
A imagem  do corpoA imagem  do corpo
A imagem do corpo
Ana Pereira
 
Se és rapariga
Se és raparigaSe és rapariga
Se és rapariga
Sandra Freitas
 
Sist reprodutor
Sist reprodutorSist reprodutor
Sist reprodutor
s1lv1alouro
 
De embrião a bebé
De embrião a bebéDe embrião a bebé
De embrião a bebé
Diogo Guerreiro
 
4 5 estagios da gestacao
4 5 estagios da gestacao4 5 estagios da gestacao
4 5 estagios da gestacao
Ercio Novaes
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
5eeugeiocastro
 
Pp rhc
Pp rhcPp rhc
O Planeamento Familiar 20080216 V2
O Planeamento Familiar 20080216 V2O Planeamento Familiar 20080216 V2
O Planeamento Familiar 20080216 V2
lourencoalmeida
 
Se es rapariga
Se es raparigaSe es rapariga
Se es rapariga
Se es raparigaSe es rapariga
Se es rapariga
pesgiaa
 

Semelhante a Sexualidade que bicho é esse (20)

Trabalho embriologia
Trabalho embriologiaTrabalho embriologia
Trabalho embriologia
 
Resumo de ciências mensal 1º bimestre
Resumo de ciências mensal 1º bimestreResumo de ciências mensal 1º bimestre
Resumo de ciências mensal 1º bimestre
 
Trabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTimaTrabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTima
 
Trabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTimaTrabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTima
 
afinaloquesepassacomigo-i-090505091514-phpapp01.pdf
afinaloquesepassacomigo-i-090505091514-phpapp01.pdfafinaloquesepassacomigo-i-090505091514-phpapp01.pdf
afinaloquesepassacomigo-i-090505091514-phpapp01.pdf
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
 
Afinal O Que Se Passa Comigo I
Afinal O Que Se Passa Comigo IAfinal O Que Se Passa Comigo I
Afinal O Que Se Passa Comigo I
 
Trabalho de ciências 8° ano.pptx
Trabalho de ciências  8° ano.pptxTrabalho de ciências  8° ano.pptx
Trabalho de ciências 8° ano.pptx
 
Karol
KarolKarol
Karol
 
Sistema reprodutor
Sistema reprodutorSistema reprodutor
Sistema reprodutor
 
A imagem do corpo
A imagem  do corpoA imagem  do corpo
A imagem do corpo
 
Se és rapariga
Se és raparigaSe és rapariga
Se és rapariga
 
Sist reprodutor
Sist reprodutorSist reprodutor
Sist reprodutor
 
De embrião a bebé
De embrião a bebéDe embrião a bebé
De embrião a bebé
 
4 5 estagios da gestacao
4 5 estagios da gestacao4 5 estagios da gestacao
4 5 estagios da gestacao
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
 
Pp rhc
Pp rhcPp rhc
Pp rhc
 
O Planeamento Familiar 20080216 V2
O Planeamento Familiar 20080216 V2O Planeamento Familiar 20080216 V2
O Planeamento Familiar 20080216 V2
 
Se es rapariga
Se es raparigaSe es rapariga
Se es rapariga
 
Se es rapariga
Se es raparigaSe es rapariga
Se es rapariga
 

Último

Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 

Sexualidade que bicho é esse

  • 3. • A sexualidade sempre fez parte das nossas vidas, até mesmo antes de nascer a gente já tinha sensações boas ou ruins. Pense bem, o que você responde quando alguém pergunta qual é o seu sexo? FEMININO se é menina ou MASCULINO se for menino. S E X O SEXUALIDADE
  • 4. Sexualidade é tudo aquilo que nos dá prazer.
  • 5. Nós sempre sentimos prazer na vida, porque antes de gostarmos de uma pessoa para namorar, nós aprendemos a gostar dos nossos pais, irmãos, amigos, do bichinho de estimação, e de muitas outras coisas importantes. Também já sentimos prazer e alegria ao ganhar um jogo, tomar um sorvete, ganhar presentes, e muitas outras coisas.
  • 6. A sexualidade é assim. São todas as formas como recebemos as coisas boas e ruins, como aceitamos e demonstramos nosso carinho.
  • 7. • O prazer que a relação sexual pode dar é somente uma das formas de prazer que uma pessoa pode experimentar, se ela quiser. AMIZADE FAMÍLIA SEXO TRABALHO SAÚDE AMOR PRAZER
  • 9. O nosso corpo se modifica durante toda a vida, mas é principalmente na puberdade que essas mudanças acontecem mais depressa... A adolescência não acontece para todas as pessoas ao mesmo tempo, e é por isso que conhecemos meninos e meninas com a mesma idade e tamanhos tão diferentes. É como uma árvore, nem todos os frutos amadurecem ao mesmo tempo. AS MUDANÇAS
  • 10. Normalmente as mudanças da adolescência começam a aparecer nas meninas por volta dos 9 anos, e nos meninos por volta dos 10 anos. MAS LEMBRE-SE: ISSO NÃO É UMA REGRA, NÃO TEM QUE SER SEMPRE ASSIM !
  • 11. O QUE ACONTECE ? Primeiro crescem as MÃOS e os PÉS. Depois acontece o ESTIRÃO que é um crescimento rápido dos braços e pernas. Em seguida o TRONCO se modifica, se somos meninos alargamos os OMBROS; se somos meninas, arredondamos os QUADRIS e percebemos os SEIOS crescendo também.
  • 12. Uma coisa que acontece tanto para os meninos como para as meninas é o aparecimento de alguns pêlos pelo corpo, nas axilas, na região genital e para os meninos no rosto e pernas. Ao mesmo tempo o rosto também começa a mudar o nariz fica como se estivesse inchado, e algumas espinhas e cravos também costumam aparecer. Dentro do nosso corpo, os órgãos como coração, pulmão e outros, estão quase dobrando de tamanho.
  • 13. Os últimos órgãos que se desenvolvem são os órgãos sexuais. Nas meninas esse desenvolvimento é contínuo ou seja os órgãos se modificam juntos. Nos meninos o desenvolvimento dos órgãos sexuais obedece uma seqüência: Primeiro o aumento da bolsa escrotal e dos testículos, em seguida o pênis fica mais comprido e só depois é que ele vai ficar mais grosso. (por volta dos 18 anos)
  • 16. Muitas são as transformações que acontecem no corpo da menina naMuitas são as transformações que acontecem no corpo da menina na adolescência, mas nenhuma gera mais dúvidas do que aadolescência, mas nenhuma gera mais dúvidas do que a menstruaçãomenstruação.. De repente , ao olhar a sua calcinha a menina percebe uma manchinhaDe repente , ao olhar a sua calcinha a menina percebe uma manchinha de sangue. Isso quer dizer que seus órgãos reprodutores estão sede sangue. Isso quer dizer que seus órgãos reprodutores estão se preparando para uma possível gravidez.preparando para uma possível gravidez. A menstruação é algo para ser comemorado pelas meninas, pois é umA menstruação é algo para ser comemorado pelas meninas, pois é um símbolo de que ela está se transformando numa mulher.símbolo de que ela está se transformando numa mulher. Mas, pela falta de informação, muitas meninas sentem-seMas, pela falta de informação, muitas meninas sentem-se envergonhadas e incomodadas com esse fato, por pensarem que terãoenvergonhadas e incomodadas com esse fato, por pensarem que terão que deixar de fazer muitas coisas nesse período, ou por medo de que oque deixar de fazer muitas coisas nesse período, ou por medo de que o absorvente apareça pela roupa, ou que o fluxo sanguíneo manche aabsorvente apareça pela roupa, ou que o fluxo sanguíneo manche a roupa.roupa. Com o tempo, pela prática e pelo amadurecimento, a menstruaçãoCom o tempo, pela prática e pelo amadurecimento, a menstruação passa a ser encarada naturalmente, sem temores pela nova mulher.passa a ser encarada naturalmente, sem temores pela nova mulher.
  • 18. Uma vez por mês um óvulo é liberado por um dos ovários da mulher e dura apenas 24 horas. A célula reprodutora do homem é chamada de ESPERMATOZÓIDE, a cada ejaculação, são liberados mais ou menos 350 milhões de espermatozóides e apenas um consegue fecundar o óvulo. A fecundação é um momento mágico, da união de duas minúsculas células - o óvulo e o espermatozóide – há o início de uma nova vida. Dentro do corpo da mulher existem mais ou menos 400 células chamadas de ÓVULOS.
  • 19. Um feto de poucas semanas encontra-seUm feto de poucas semanas encontra-se no interior do útero de sua mãe.no interior do útero de sua mãe.
  • 20. PRIMEIRO MÊS • UM EMBRIÃO DE POUCAS SEMANAS ENCONTRA - SE NO INTERIOR DO ÚTERO DE SUA MÃE
  • 21. Nosso bebê está com mais ou menos 4 semanas de vida, nessa fase ele se chama EMBRIÃO, é do tamanho da unha do dedo mindinho, mas o coração já bate forte, e bombeia sangue para todo o corpinho.
  • 22. Está no início do seu desenvolvimento. Ainda falta um longo caminho a percorrer. Junto a ele encontra-se o saco vitelino, que lhe proporciona os nutrientes de que necessita nas primeiras semanas de vida. SACO VITELINO
  • 23. SEGUNDO MÊS Durante o segundo mês, uma bolsa se forma em volta do bebê é como um balão de água salgada. Essa água se chama LÍQUIDO AMINIÓTICO. Nosso bebê cresceu e está um pouco menor que uma azeitona.
  • 24. Por volta da 8ª semana de gestação o saco vitelino perde sua função. É o cordão umbilical que passa a alimentá-lo com nutrientes provenientes do corpo materno.
  • 25. Enquanto tudo acontece, ele flutua, tranqüilamente, no útero de sua mãe.
  • 26. TERCEIRO MÊS No terceiro mês, o bebê passa de 2 cm para 7 cm, ele cresce muito rápido mesmo, já dá pra ver as unhas, os cabelos e também já podemos saber se será um menino ou uma menina.
  • 27. Na 16ª semana de gestação ele já tem quase todos os órgãos desenvolvidos. Os olhos ainda estão fechados, mas as mãos e os pés começam a mover-se, embora sua mãe quase não perceba.
  • 28. QUARTO MÊS No final do quarto mês, nosso bebê está com mais ou menos 200 gramas e medindo 13 cm. O bebê brinca muito dentro da barriga da mamãe, e treina para a sua vida fora dela. Mesmo não precisando mamar e nem respirar, ele sulga os dedinhos, e também respira bem de leve.
  • 29. QUINTO MÊS No final do quinto mês, o bebê está com mais ou menos 20 cm e pesa meio quilo. Ele consegue ouvir o estômago e o coração da mamãe, e também ouve alguns sons fora da barriga, como uma música, ou a voz do papai.
  • 30. Ele completa 24 semanas e com mais ou menos 35 centímetros e 1 quilo e meio, nesse mês os ossos ficam mais duros e fortes, por causa do cálcio. Nesta etapa já mexe os braços e as pernas, pisca os olhos, chupa os dedos e, inclusive, tem seus primeiros acessos de soluços. Dentre seus órgãos, somente os pulmões não estão completamente formados. Mesmo assim, se nascesse neste momento, teria grandes chances de sobreviver.
  • 31. SÉTIMO MÊS Durante esse mês, o cérebro completa sua formação o bebê já pensa, e até sonha dentro da mamâe. No final desse mês o bebê já está com quase dois quilos, e já se parece com um bebê recém nascido.
  • 32. Está cada vez mais consciente do espaço que o rodeia. Como todos os fetos, passa a maior parte do tempo dormindo, e quando dorme nada consegue despertá- lo. Chega até mesmo a sonhar. OITAVO MÊS Está chegando a hora de nascer, então o bebê se prepara para sair se virando de cabeça para baixo. Agora os pulmões estão prontos e o nosso bebê já pode respirar se nascer antes dos nove meses.
  • 33. Ele completa nove meses e está pronto para nascer. Em 40 semanas, o que era apenas uma sementinha transformou-se em um ser humano. O milagre da formação da vida humana no interior do corpo materno está perto de ser concluído. Em poucos dias os pulmões e a placenta se encarregarão de sinalizar que é chegada a hora do
  • 34. O bebê dorme, tranqüilo, no ventre de sua mãe. Não sabe que dentro em breve abandonará a sua “casa” para passar por uma das experiências mais traumáticas de sua vida: o nascimento. Sim, porque o parto não é doloroso apenas para a mãe. Também é traumático e
  • 35. O bebê ainda estava ganhando peso, mas o espaço estava acabando, então a cabeça escorrega para o canal da vagina da mamãe, ela sentia muita pressão na barriga. O útero começa a se contrair e empurrar o bebê para fora. Essas contrações é o que chamamos de trabalho de parto. A bolsa de líquido amniótico se rompe e todo o líquido que está nos pulmões do bebê também e lançado pra fora, mais alguns empurrões e uma forcinha da mamãe e pronto
  • 36. MAS É ASSIM QUE ACONTECEMAS É ASSIM QUE ACONTECE O MILAGRE DA VIDAO MILAGRE DA VIDA
  • 37. CRÉDITOS • Produzido por: Gisele Arendt Pimentel - 2007 • BIBLIOGRAFIA: – JACOBSON, Matt & Lisa. O Milagre da Vida São Paulo, Editora Vida, 2003. - GANDRA, Fernanda Rodrigues. O dia-a-dia do professor: Adolescência: afetividade, sexualidade e drogas. Belo Horizonte, Fapi, 2002 - LOPES, Cida. Coleção Sexo e Sexualidade, Editora Brasileitura http://mujer.terra.es/muj/padres/embarazo/vientrematerno/