SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Secundária de Carvalhos

Física e Química A

Título do trabalho: Resumo teórico de Química A

Nome: José Monteiro/Nº: 15/Turma: 10ºD

Resumo realizado em:

                                         Resumo entregue em: 31 de Março de 2011
Materiais: Diversidade e constituição


Materiais:
Materiais naturais: são materiais utilizados como matéria-prima nas indústrias
transformadoras na forma em que se encontram na Natureza;

Materiais processados: são materiais que são resultado de transformações físicas e/ou
químicas provocadas pelo Homem;

Materiais sintéticos: são materiais processados por reacções químicas de síntese;

Constituição dos materiais:

Misturas
Os materiais podem ser classificados, de acordo com a sua constituição, em
substâncias ou misturas de substâncias.

Misturas de substâncias: material constituído por mais do que uma substância.

Substâncias: material constituído por um único componente.

No nosso dia-a-dia, podemos encontrar várias misturas em que é possível distinguir
alguns dos seus constituintes por estes constituírem diferentes fases, isto é, (partes do
material com diferentes estados físicos, cores, brilho...). Consoante as dimensões das
partículas podemos dividir em três grupos.

Mistura heterogénea: mistura de substâncias em que se conseguem distinguir os
constituintes.

Mistura coloidal: mistura de substâncias em que se conseguem distinguir os
constituintes porém com o auxílio do microscópio.

Mistura homogénea: material é constituído por uma fase.

Substâncias:
Substância elementar: substância cujas unidades estruturais são constituídas por
átomos de um único elemento.

Substância composta: substância cujas unidades estruturais são constituídas por
átomos de, pelo menos, dois elementos.
Substância iónica: substância composta cujas unidades estruturais são um conjunto de
iões.

Soluções

Constituição das soluções
Um dispersão é uma mistura de um ou mais componentes -os dispersos – num outro
componente – o dispersante. Quando a dispersão é homogénea, isto é, quando se
apresenta numa única fase, denomina-se solução. Numa solução, ao dispersante dá-se
o nome de solvente e aos dispersos solutos.

Critérios de escolha de solvente:

Nas soluções gás/ líquido, sólido/líquido o solvente é líquido.

Nas soluções em que os solutos e o solvente têm o mesmo estado físico:

   O solvente é o que estiver em maior quantidade.

  Quando o soluto e o solvente estiverem na mesma quantidade o solvente é o
menos volátil.

Composição quantitativa das soluções:

Concentração mássica (Kg/m^3) = massa (Kg) / volume (m^3)
Resumo de quimica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Substâncias e Misturas
Substâncias e MisturasSubstâncias e Misturas
Substâncias e Misturas
IthaloBuritii
 
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - MateriaisFisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
anocas_rita
 
Substancias puras simples, compostas e misturas.
Substancias  puras simples, compostas e misturas.Substancias  puras simples, compostas e misturas.
Substancias puras simples, compostas e misturas.
Renata Oliveira
 
Misturas Químicas
Misturas QuímicasMisturas Químicas
Misturas Químicas
Álef Joanes
 
Aula de revisão de química
Aula de revisão de químicaAula de revisão de química
Aula de revisão de química
vania2012
 
9 ano | Profª Shirley | substâncias e misturas
9 ano  | Profª Shirley | substâncias e misturas9 ano  | Profª Shirley | substâncias e misturas
9 ano | Profª Shirley | substâncias e misturas
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Estados da matéria
Estados da matériaEstados da matéria
Estados da matéria
estead2011
 
De que são feitos os seres vivos
De que são feitos os seres vivosDe que são feitos os seres vivos
De que são feitos os seres vivos
Douglas Domingos Pereira
 
Aspectos 2 quimica gabi
Aspectos 2 quimica gabiAspectos 2 quimica gabi
Aspectos 2 quimica gabi
prenoiteaprovado
 
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Daniele Lino
 
Apostila de Química Aplicada
Apostila de Química AplicadaApostila de Química Aplicada
Apostila de Química Aplicada
José Vitor Alves
 
Tópico 1 Estados da matéria
Tópico 1   Estados da matéria Tópico 1   Estados da matéria
Tópico 1 Estados da matéria
estead2011
 
Quimica
QuimicaQuimica
Fundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica GeralFundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica Geral
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
quipibid
 
Homogênea
HomogêneaHomogênea
Homogênea
Kacia Silva
 
Substâncias químicas
Substâncias químicasSubstâncias químicas
Substâncias químicas
Mariana Rosa
 
Aula 02 matéria e suas propriedades
Aula 02   matéria e suas propriedadesAula 02   matéria e suas propriedades
Aula 02 matéria e suas propriedades
Rafael Varistelo
 
Matéria 9° ano
Matéria   9° anoMatéria   9° ano
Matéria 9° ano
adriana
 

Mais procurados (19)

Substâncias e Misturas
Substâncias e MisturasSubstâncias e Misturas
Substâncias e Misturas
 
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - MateriaisFisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
 
Substancias puras simples, compostas e misturas.
Substancias  puras simples, compostas e misturas.Substancias  puras simples, compostas e misturas.
Substancias puras simples, compostas e misturas.
 
Misturas Químicas
Misturas QuímicasMisturas Químicas
Misturas Químicas
 
Aula de revisão de química
Aula de revisão de químicaAula de revisão de química
Aula de revisão de química
 
9 ano | Profª Shirley | substâncias e misturas
9 ano  | Profª Shirley | substâncias e misturas9 ano  | Profª Shirley | substâncias e misturas
9 ano | Profª Shirley | substâncias e misturas
 
Estados da matéria
Estados da matériaEstados da matéria
Estados da matéria
 
De que são feitos os seres vivos
De que são feitos os seres vivosDe que são feitos os seres vivos
De que são feitos os seres vivos
 
Aspectos 2 quimica gabi
Aspectos 2 quimica gabiAspectos 2 quimica gabi
Aspectos 2 quimica gabi
 
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
 
Apostila de Química Aplicada
Apostila de Química AplicadaApostila de Química Aplicada
Apostila de Química Aplicada
 
Tópico 1 Estados da matéria
Tópico 1   Estados da matéria Tópico 1   Estados da matéria
Tópico 1 Estados da matéria
 
Quimica
QuimicaQuimica
Quimica
 
Fundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica GeralFundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica Geral
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Homogênea
HomogêneaHomogênea
Homogênea
 
Substâncias químicas
Substâncias químicasSubstâncias químicas
Substâncias químicas
 
Aula 02 matéria e suas propriedades
Aula 02   matéria e suas propriedadesAula 02   matéria e suas propriedades
Aula 02 matéria e suas propriedades
 
Matéria 9° ano
Matéria   9° anoMatéria   9° ano
Matéria 9° ano
 

Destaque

Folha de Resumo de Química e Saúde (2015 - CPMG) - Acidente Nuclear de Chernobyl
Folha de Resumo de Química e Saúde (2015 - CPMG) - Acidente Nuclear de ChernobylFolha de Resumo de Química e Saúde (2015 - CPMG) - Acidente Nuclear de Chernobyl
Folha de Resumo de Química e Saúde (2015 - CPMG) - Acidente Nuclear de Chernobyl
Reginaldo Delfino Jr.
 
Rc – 3º ano
Rc – 3º anoRc – 3º ano
Quimica organica solomons tabelas e resumo
Quimica organica  solomons tabelas e resumoQuimica organica  solomons tabelas e resumo
Quimica organica solomons tabelas e resumo
Rodrigo Negrelli Guzzo
 
Atividade molaridade 2º médio
Atividade molaridade 2º médioAtividade molaridade 2º médio
Atividade molaridade 2º médio
Escola Pública/Particular
 
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabaritoAtividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Escola Pública/Particular
 
Resumo Físico-Química
Resumo Físico-QuímicaResumo Físico-Química
Resumo Físico-Química
Maria Catarina Santos
 
Revisao -quimica_organica_funções
Revisao  -quimica_organica_funçõesRevisao  -quimica_organica_funções
Revisao -quimica_organica_funções
Escola Pública/Particular
 
Soluções ácidas, básicas e neutras
Soluções ácidas, básicas e neutrasSoluções ácidas, básicas e neutras
Soluções ácidas, básicas e neutras
elisabete1977
 
Formulas de fisica 1
Formulas de fisica 1Formulas de fisica 1
Formulas de fisica 1
Fernando Guallpa
 

Destaque (9)

Folha de Resumo de Química e Saúde (2015 - CPMG) - Acidente Nuclear de Chernobyl
Folha de Resumo de Química e Saúde (2015 - CPMG) - Acidente Nuclear de ChernobylFolha de Resumo de Química e Saúde (2015 - CPMG) - Acidente Nuclear de Chernobyl
Folha de Resumo de Química e Saúde (2015 - CPMG) - Acidente Nuclear de Chernobyl
 
Rc – 3º ano
Rc – 3º anoRc – 3º ano
Rc – 3º ano
 
Quimica organica solomons tabelas e resumo
Quimica organica  solomons tabelas e resumoQuimica organica  solomons tabelas e resumo
Quimica organica solomons tabelas e resumo
 
Atividade molaridade 2º médio
Atividade molaridade 2º médioAtividade molaridade 2º médio
Atividade molaridade 2º médio
 
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabaritoAtividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
 
Resumo Físico-Química
Resumo Físico-QuímicaResumo Físico-Química
Resumo Físico-Química
 
Revisao -quimica_organica_funções
Revisao  -quimica_organica_funçõesRevisao  -quimica_organica_funções
Revisao -quimica_organica_funções
 
Soluções ácidas, básicas e neutras
Soluções ácidas, básicas e neutrasSoluções ácidas, básicas e neutras
Soluções ácidas, básicas e neutras
 
Formulas de fisica 1
Formulas de fisica 1Formulas de fisica 1
Formulas de fisica 1
 

Semelhante a Resumo de quimica

Estados da materia
Estados da materiaEstados da materia
Estados da materia
estead2011
 
substnciaemistura9ano-160307191631 (2).pptx_20230929_133621_0000.pptx
substnciaemistura9ano-160307191631 (2).pptx_20230929_133621_0000.pptxsubstnciaemistura9ano-160307191631 (2).pptx_20230929_133621_0000.pptx
substnciaemistura9ano-160307191631 (2).pptx_20230929_133621_0000.pptx
LucasMesquita78
 
A origem da vida
A origem da vidaA origem da vida
A origem da vida
Agassis Paulo Bezerra
 
Unidade e planu print
Unidade e planu printUnidade e planu print
Unidade e planu print
Zino Almeida
 
Resumoglobalquimica
ResumoglobalquimicaResumoglobalquimica
Resumoglobalquimica
Rita Pereira
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
KATIA CAVALCANTI
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
quipibid
 

Semelhante a Resumo de quimica (7)

Estados da materia
Estados da materiaEstados da materia
Estados da materia
 
substnciaemistura9ano-160307191631 (2).pptx_20230929_133621_0000.pptx
substnciaemistura9ano-160307191631 (2).pptx_20230929_133621_0000.pptxsubstnciaemistura9ano-160307191631 (2).pptx_20230929_133621_0000.pptx
substnciaemistura9ano-160307191631 (2).pptx_20230929_133621_0000.pptx
 
A origem da vida
A origem da vidaA origem da vida
A origem da vida
 
Unidade e planu print
Unidade e planu printUnidade e planu print
Unidade e planu print
 
Resumoglobalquimica
ResumoglobalquimicaResumoglobalquimica
Resumoglobalquimica
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 

Mais de lpaulas3

Nova estrutura curricular
Nova estrutura curricularNova estrutura curricular
Nova estrutura curricular
lpaulas3
 
Correlative conjunctions fill
Correlative conjunctions fillCorrelative conjunctions fill
Correlative conjunctions filllpaulas3
 
Ficha trabalho 9_localiz_industrial
Ficha trabalho 9_localiz_industrialFicha trabalho 9_localiz_industrial
Ficha trabalho 9_localiz_industrial
lpaulas3
 
Ficha trabalho 9_localiz_industrial
Ficha trabalho 9_localiz_industrialFicha trabalho 9_localiz_industrial
Ficha trabalho 9_localiz_industrial
lpaulas3
 
Directivas ccad 6[1]
Directivas ccad 6[1]Directivas ccad 6[1]
Directivas ccad 6[1]
lpaulas3
 
Adjectives ended in
Adjectives ended inAdjectives ended in
Adjectives ended in
lpaulas3
 
Frase
FraseFrase
Frase
lpaulas3
 
Frase
FraseFrase
Frase
lpaulas3
 
Apa referencias
Apa referenciasApa referencias
Apa referencias
lpaulas3
 
Directivas ccad 5
Directivas ccad 5Directivas ccad 5
Directivas ccad 5
lpaulas3
 
11 fa absolutismo
11 fa absolutismo11 fa absolutismo
11 fa absolutismolpaulas3
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
lpaulas3
 
10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordenslpaulas3
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
lpaulas3
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
lpaulas3
 
10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordenslpaulas3
 
10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordenslpaulas3
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
lpaulas3
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
lpaulas3
 
Ficha de trabalho
Ficha de trabalhoFicha de trabalho
Ficha de trabalho
lpaulas3
 

Mais de lpaulas3 (20)

Nova estrutura curricular
Nova estrutura curricularNova estrutura curricular
Nova estrutura curricular
 
Correlative conjunctions fill
Correlative conjunctions fillCorrelative conjunctions fill
Correlative conjunctions fill
 
Ficha trabalho 9_localiz_industrial
Ficha trabalho 9_localiz_industrialFicha trabalho 9_localiz_industrial
Ficha trabalho 9_localiz_industrial
 
Ficha trabalho 9_localiz_industrial
Ficha trabalho 9_localiz_industrialFicha trabalho 9_localiz_industrial
Ficha trabalho 9_localiz_industrial
 
Directivas ccad 6[1]
Directivas ccad 6[1]Directivas ccad 6[1]
Directivas ccad 6[1]
 
Adjectives ended in
Adjectives ended inAdjectives ended in
Adjectives ended in
 
Frase
FraseFrase
Frase
 
Frase
FraseFrase
Frase
 
Apa referencias
Apa referenciasApa referencias
Apa referencias
 
Directivas ccad 5
Directivas ccad 5Directivas ccad 5
Directivas ccad 5
 
11 fa absolutismo
11 fa absolutismo11 fa absolutismo
11 fa absolutismo
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
 
10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
 
10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens
 
10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens10 fa sociedadeordens
10 fa sociedadeordens
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
 
9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo9 fa mercantilismo
9 fa mercantilismo
 
Ficha de trabalho
Ficha de trabalhoFicha de trabalho
Ficha de trabalho
 

Resumo de quimica

  • 1. Escola Secundária de Carvalhos Física e Química A Título do trabalho: Resumo teórico de Química A Nome: José Monteiro/Nº: 15/Turma: 10ºD Resumo realizado em: Resumo entregue em: 31 de Março de 2011
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10. Materiais: Diversidade e constituição Materiais: Materiais naturais: são materiais utilizados como matéria-prima nas indústrias transformadoras na forma em que se encontram na Natureza; Materiais processados: são materiais que são resultado de transformações físicas e/ou químicas provocadas pelo Homem; Materiais sintéticos: são materiais processados por reacções químicas de síntese; Constituição dos materiais: Misturas Os materiais podem ser classificados, de acordo com a sua constituição, em substâncias ou misturas de substâncias. Misturas de substâncias: material constituído por mais do que uma substância. Substâncias: material constituído por um único componente. No nosso dia-a-dia, podemos encontrar várias misturas em que é possível distinguir alguns dos seus constituintes por estes constituírem diferentes fases, isto é, (partes do material com diferentes estados físicos, cores, brilho...). Consoante as dimensões das partículas podemos dividir em três grupos. Mistura heterogénea: mistura de substâncias em que se conseguem distinguir os constituintes. Mistura coloidal: mistura de substâncias em que se conseguem distinguir os constituintes porém com o auxílio do microscópio. Mistura homogénea: material é constituído por uma fase. Substâncias: Substância elementar: substância cujas unidades estruturais são constituídas por átomos de um único elemento. Substância composta: substância cujas unidades estruturais são constituídas por átomos de, pelo menos, dois elementos.
  • 11. Substância iónica: substância composta cujas unidades estruturais são um conjunto de iões. Soluções Constituição das soluções Um dispersão é uma mistura de um ou mais componentes -os dispersos – num outro componente – o dispersante. Quando a dispersão é homogénea, isto é, quando se apresenta numa única fase, denomina-se solução. Numa solução, ao dispersante dá-se o nome de solvente e aos dispersos solutos. Critérios de escolha de solvente: Nas soluções gás/ líquido, sólido/líquido o solvente é líquido. Nas soluções em que os solutos e o solvente têm o mesmo estado físico: O solvente é o que estiver em maior quantidade. Quando o soluto e o solvente estiverem na mesma quantidade o solvente é o menos volátil. Composição quantitativa das soluções: Concentração mássica (Kg/m^3) = massa (Kg) / volume (m^3)