SlideShare uma empresa Scribd logo
Reconquista Cristã
Inicio da Reconquista
Os Cristãos, refugiaram-se nas Astúrias, no Norte da Península Ibérica e
organizaram a resistência aos Muçulmanos. Chefiados por Pelágio, têm a
sua primeira grande vitória na Batalha de Covadonga, em 722. Forma-se
o primeiro reino cristão, o Reino das Astúrias.

Iniciou-se assim a Reconquista Cristã,
isto é, a recuperação de territórios em
poder dos Muçulmanos.




A Reconquista Cristã durou oito séculos,
cheios de batalhas mas também com
períodos de paz.
Reinos Ibéricos
Partindo das Astúrias e dos Pirenéus a
Reconquista continua.
Formaram-se novos reinos cristãos , o reino das
Astúrias originou o reino de Leão e na parte
central da península formou-se o reino de
Castela.

Avançando para Oeste e para Sul surgiram
também o reino de Navarra junto aos Pirenéus e
no vale do rio Ebro o reino de Aragão.


O rei de Leão e Castela, D. Afonso VI tinha grandes dificuldades em vencer os
muçulmanos, e então, pediu ajuda a vários reinos da Europa.
Para ajudar, chegaram Cavaleiros Cruzados vindos da Europa, destacando-se D.
Raimundo e D. Henrique.
Para agradecer a ajuda prestada, D. Afonso VI ofereceu a D.
Raimundo a mão da sua filha D. Urraca e o condado da Galiza e D.
Henrique recebeu a mão da sua filha D. Teresa e o condado
Portucalense.
O Condado Portucalense situava-se entre os
rios Minho e Mondego e tinha a sua sede no
Castelo de Guimarães. A D. Henrique competia
a defesa e o governo do Condado. Não era, no
entanto, independente pois devia obediência,
lealdade e ajuda militar ao rei de Leão, que era
o governante máximo. D. Henrique, guerreiro
valente e bom governante, sempre desejou
tornar o Condado Portucalense independente do
reino de Leão
Formação de Portugal
Entretanto, D. Henrique morreu, mas como D. Afonso Henrique tinha apenas 4 anos,
quem governou o condado foi D. Teresa.


D. Teresa tinha uma união demasiado chegada com os
nobres da Galiza, o que não agradou à nobreza
portucalense e, então aliaram-se a D. Afonso Henrique
contra a sua mãe, proclamando a Independência do
condado.
Na batalha de S. Mamede, em 1128, D. Afonso
Henrique e o seu exército venceram o da sua mãe e
assim passou a governar o condado com o objetivo de
tornar este independente do reino de Leão e Castela e
alargar o território para Sul.
Depois de várias vitórias, o rei de Leão e Castela dá a D. Afonso
Henrique o título de rei dos Portugueses, com o Tratado de
Zamora em 1143.

                O território de Portugal é
                alargado até a Alcácer do Sal.


Em 1179, o Papa reconhece o reino de Portugal e D. Afonso
Henrique como rei através da Bula Manifestis Probatum.


           Em 1249, Afonso III consegue
           expulsar os Muçulmanos do Algarve e
           fica assim Portugal formado.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Absolutismo joanino
Absolutismo joaninoAbsolutismo joanino
Absolutismo joanino
patriciafrocha
 
Formação de Portugal
Formação de PortugalFormação de Portugal
Formação de Portugal
Isabel Alves
 
Crise de 1383 85
Crise de 1383 85Crise de 1383 85
Crise de 1383 85
Maria Gomes
 
formação de portugal
formação de portugalformação de portugal
formação de portugal
Carla Gonçalves
 
Exploração da costa africana
Exploração da costa africanaExploração da costa africana
Exploração da costa africana
Maria Gomes
 
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo JoaninoD. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
BarbaraSilveira9
 
Séc. xii a xiv
Séc. xii a xivSéc. xii a xiv
Séc. xii a xiv
cattonia
 
A Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVA Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIV
Carlos Vieira
 
O espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioO espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do território
Susana Simões
 
O Mercantilismo Em Portugal
O Mercantilismo Em PortugalO Mercantilismo Em Portugal
O Mercantilismo Em Portugal
Sílvia Mendonça
 
Portugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVIPortugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVI
cruchinho
 
Formaçaõ de portugal
Formaçaõ de portugalFormaçaõ de portugal
Formaçaõ de portugal
Maria José Oliveira
 
Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Mariana Costa
 
Poder régio
Poder régioPoder régio
Poder régio
Carina Vale
 
Domínio senhorial
Domínio senhorialDomínio senhorial
Domínio senhorial
Maria Gomes
 
A Crise De 1383 1385 1
A Crise De 1383 1385 1A Crise De 1383 1385 1
A Crise De 1383 1385 1
helder33701
 
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do SubsoloGeografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Raffaella Ergün
 
D. Afonso Henriques
D. Afonso HenriquesD. Afonso Henriques
D. Afonso Henriques
Jorge Almeida
 
País urbano e concelhio
País urbano e concelhioPaís urbano e concelhio
País urbano e concelhio
Susana Simões
 
Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao iberica
cattonia
 

Mais procurados (20)

Absolutismo joanino
Absolutismo joaninoAbsolutismo joanino
Absolutismo joanino
 
Formação de Portugal
Formação de PortugalFormação de Portugal
Formação de Portugal
 
Crise de 1383 85
Crise de 1383 85Crise de 1383 85
Crise de 1383 85
 
formação de portugal
formação de portugalformação de portugal
formação de portugal
 
Exploração da costa africana
Exploração da costa africanaExploração da costa africana
Exploração da costa africana
 
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo JoaninoD. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
 
Séc. xii a xiv
Séc. xii a xivSéc. xii a xiv
Séc. xii a xiv
 
A Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVA Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIV
 
O espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioO espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do território
 
O Mercantilismo Em Portugal
O Mercantilismo Em PortugalO Mercantilismo Em Portugal
O Mercantilismo Em Portugal
 
Portugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVIPortugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVI
 
Formaçaõ de portugal
Formaçaõ de portugalFormaçaõ de portugal
Formaçaõ de portugal
 
Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.
 
Poder régio
Poder régioPoder régio
Poder régio
 
Domínio senhorial
Domínio senhorialDomínio senhorial
Domínio senhorial
 
A Crise De 1383 1385 1
A Crise De 1383 1385 1A Crise De 1383 1385 1
A Crise De 1383 1385 1
 
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do SubsoloGeografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
 
D. Afonso Henriques
D. Afonso HenriquesD. Afonso Henriques
D. Afonso Henriques
 
País urbano e concelhio
País urbano e concelhioPaís urbano e concelhio
País urbano e concelhio
 
Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao iberica
 

Destaque

Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristã
rvanessarebelo
 
Ppt formação de portugal e dinastias
Ppt formação de portugal e dinastiasPpt formação de portugal e dinastias
Ppt formação de portugal e dinastias
Ministry of Education (Brazil)
 
Os primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibéricaOs primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibérica
paulasalvador
 
Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristã
ricardorodrigues23091988
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de Portugal
HistN
 
Os Povos
Os PovosOs Povos
Os Povos
guesta2a8af4
 
História De Portugal
História De PortugalHistória De Portugal
História De Portugal
gigilu
 

Destaque (7)

Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristã
 
Ppt formação de portugal e dinastias
Ppt formação de portugal e dinastiasPpt formação de portugal e dinastias
Ppt formação de portugal e dinastias
 
Os primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibéricaOs primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibérica
 
Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristã
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de Portugal
 
Os Povos
Os PovosOs Povos
Os Povos
 
História De Portugal
História De PortugalHistória De Portugal
História De Portugal
 

Semelhante a Reconquista Cristã (Resumo)

Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
Daniel Leitão
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
A Reconquista
A ReconquistaA Reconquista
A Reconquista
Professores História
 
A formação de portugal
A formação de portugalA formação de portugal
A formação de portugal
andrepaiva7a
 
A Reconquista Cristã
A Reconquista Cristã A Reconquista Cristã
A Reconquista Cristã
DinisStudios
 
A formação de portugal
A formação de portugalA formação de portugal
A formação de portugal
andrepaiva7a
 
154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
154 ab reconquista e formação de espanha e portugal154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
cristianoperinpissolato
 
Hgp 5
Hgp 5Hgp 5
Hgp 5
Elisa Dias
 
2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista
Básicas ou Secundárias
 
2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista
Básicas ou Secundárias
 
Peninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presençaPeninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presença
lazaro12r
 
Ahistriadeportugal 111228172656-phpapp01
Ahistriadeportugal 111228172656-phpapp01Ahistriadeportugal 111228172656-phpapp01
Ahistriadeportugal 111228172656-phpapp01
lmmj
 
A+história+de+portugal
A+história+de+portugalA+história+de+portugal
A+história+de+portugal
belinhas
 
formaodosreinosibricos-151019060733-lva1-app6892.pptx
formaodosreinosibricos-151019060733-lva1-app6892.pptxformaodosreinosibricos-151019060733-lva1-app6892.pptx
formaodosreinosibricos-151019060733-lva1-app6892.pptx
SvioCarvalho10
 
Formação dos Reinos Ibéricos
Formação dos Reinos IbéricosFormação dos Reinos Ibéricos
Formação dos Reinos Ibéricos
Carla Brígida
 
Resumos de h.g.p
Resumos de h.g.pResumos de h.g.p
Resumos de h.g.p
claudia pontes
 
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Cabiamar
 
Ahistriadeportugal
Ahistriadeportugal Ahistriadeportugal
Ahistriadeportugal
Sonia Valente
 
Historia de portugal
Historia de portugalHistoria de portugal
Historia de portugal
Gabriel Pereira
 
Estudo meio 2_historiaportugal
Estudo meio 2_historiaportugalEstudo meio 2_historiaportugal
Estudo meio 2_historiaportugal
Sílvia Rocha
 

Semelhante a Reconquista Cristã (Resumo) (20)

Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
 
A Reconquista
A ReconquistaA Reconquista
A Reconquista
 
A formação de portugal
A formação de portugalA formação de portugal
A formação de portugal
 
A Reconquista Cristã
A Reconquista Cristã A Reconquista Cristã
A Reconquista Cristã
 
A formação de portugal
A formação de portugalA formação de portugal
A formação de portugal
 
154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
154 ab reconquista e formação de espanha e portugal154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
 
Hgp 5
Hgp 5Hgp 5
Hgp 5
 
2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista
 
2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista
 
Peninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presençaPeninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presença
 
Ahistriadeportugal 111228172656-phpapp01
Ahistriadeportugal 111228172656-phpapp01Ahistriadeportugal 111228172656-phpapp01
Ahistriadeportugal 111228172656-phpapp01
 
A+história+de+portugal
A+história+de+portugalA+história+de+portugal
A+história+de+portugal
 
formaodosreinosibricos-151019060733-lva1-app6892.pptx
formaodosreinosibricos-151019060733-lva1-app6892.pptxformaodosreinosibricos-151019060733-lva1-app6892.pptx
formaodosreinosibricos-151019060733-lva1-app6892.pptx
 
Formação dos Reinos Ibéricos
Formação dos Reinos IbéricosFormação dos Reinos Ibéricos
Formação dos Reinos Ibéricos
 
Resumos de h.g.p
Resumos de h.g.pResumos de h.g.p
Resumos de h.g.p
 
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
 
Ahistriadeportugal
Ahistriadeportugal Ahistriadeportugal
Ahistriadeportugal
 
Historia de portugal
Historia de portugalHistoria de portugal
Historia de portugal
 
Estudo meio 2_historiaportugal
Estudo meio 2_historiaportugalEstudo meio 2_historiaportugal
Estudo meio 2_historiaportugal
 

Reconquista Cristã (Resumo)

  • 2. Inicio da Reconquista Os Cristãos, refugiaram-se nas Astúrias, no Norte da Península Ibérica e organizaram a resistência aos Muçulmanos. Chefiados por Pelágio, têm a sua primeira grande vitória na Batalha de Covadonga, em 722. Forma-se o primeiro reino cristão, o Reino das Astúrias. Iniciou-se assim a Reconquista Cristã, isto é, a recuperação de territórios em poder dos Muçulmanos. A Reconquista Cristã durou oito séculos, cheios de batalhas mas também com períodos de paz.
  • 3. Reinos Ibéricos Partindo das Astúrias e dos Pirenéus a Reconquista continua. Formaram-se novos reinos cristãos , o reino das Astúrias originou o reino de Leão e na parte central da península formou-se o reino de Castela. Avançando para Oeste e para Sul surgiram também o reino de Navarra junto aos Pirenéus e no vale do rio Ebro o reino de Aragão. O rei de Leão e Castela, D. Afonso VI tinha grandes dificuldades em vencer os muçulmanos, e então, pediu ajuda a vários reinos da Europa. Para ajudar, chegaram Cavaleiros Cruzados vindos da Europa, destacando-se D. Raimundo e D. Henrique.
  • 4. Para agradecer a ajuda prestada, D. Afonso VI ofereceu a D. Raimundo a mão da sua filha D. Urraca e o condado da Galiza e D. Henrique recebeu a mão da sua filha D. Teresa e o condado Portucalense. O Condado Portucalense situava-se entre os rios Minho e Mondego e tinha a sua sede no Castelo de Guimarães. A D. Henrique competia a defesa e o governo do Condado. Não era, no entanto, independente pois devia obediência, lealdade e ajuda militar ao rei de Leão, que era o governante máximo. D. Henrique, guerreiro valente e bom governante, sempre desejou tornar o Condado Portucalense independente do reino de Leão
  • 5. Formação de Portugal Entretanto, D. Henrique morreu, mas como D. Afonso Henrique tinha apenas 4 anos, quem governou o condado foi D. Teresa. D. Teresa tinha uma união demasiado chegada com os nobres da Galiza, o que não agradou à nobreza portucalense e, então aliaram-se a D. Afonso Henrique contra a sua mãe, proclamando a Independência do condado. Na batalha de S. Mamede, em 1128, D. Afonso Henrique e o seu exército venceram o da sua mãe e assim passou a governar o condado com o objetivo de tornar este independente do reino de Leão e Castela e alargar o território para Sul.
  • 6. Depois de várias vitórias, o rei de Leão e Castela dá a D. Afonso Henrique o título de rei dos Portugueses, com o Tratado de Zamora em 1143. O território de Portugal é alargado até a Alcácer do Sal. Em 1179, o Papa reconhece o reino de Portugal e D. Afonso Henrique como rei através da Bula Manifestis Probatum. Em 1249, Afonso III consegue expulsar os Muçulmanos do Algarve e fica assim Portugal formado.