SlideShare uma empresa Scribd logo
PROJETO INTERDISCIPLINARESTUDOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS A tecnologia em foco:pensando intervenções pedagógicas críticas
GRUPO:Adriana CorrêaClaudia MeirelesFernanda MarquezMônica BassanVaneli Frizon                               Set/2011
O USO DA TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃOSegundo Pierre Lévy, “ há pessoas com habilidades equalificações que nem sempre são usadas pelosoutros, ou valorizadas no ambiente em que vivem.” Este pensamento se adéqua ao momento educacional atual. Trabalhamos e convivemos com crianças que utilizam  e conhecem a tecnologia de computadores,Ipads, celulares, jogos eletrônicos,  entre outros E muitas vezes esta habilidade  não étrabalhada e/ou desenvolvida no ambiente escolar.
Este panorama pode e deve ser modificado, à partirde um novo olhar para a tecnologia e as inúmeras possibilidades de seu uso no ambiente escolar. Para isto é necessário aos professores o aperfeiçoamentoe às escolas o investimento.
O Papel da Escola na Sociedade de InformaçãoRoteiro:Relato, a partir de uma experiência de observação em sala de aula  da turma do 2º do ensino Fundamental I, de uma escola particular, observando os seguintes itens: A) que tipo de acervo tecnológico os alunos manipularam durante este período? B) Qual significado, em termos gerais, estas tecnologias parecem ter para os alunos? C) Qual a perspectiva do observador a respeito do uso e inserção destas tecnologias, em termos de benefícios e potenciais riscos, à formação do caráter e à saúde do aluno? D) Tendo em vista suas observações, bem como uma perspectiva crítica acerca do assunto, que tipo de intervenção caberia a um educador segundo a ótica das ciências sociais?  Em sintonia com esta perspectiva, nosso Projeto Interdisciplinar envolve elaboração de um relato etnográfico que considere turmas de séries iniciais. Tal relato deve ser encarado como o ponto de partida para uma intervenção pedagógica inspirada em uma perspectiva crítica acerca da inserção da tecnologia na sociedade brasileira contemporânea. Nossa pergunta norteadora é, portanto, qual o papel das ciências sociais em um cenário de progressiva massificação do uso de tecnologias no cotidiano das pessoas?
ACERVO TECNOLÓGICOVivência em uma escola particular da Barra da Tijuca (Mopi), que utiliza alta tecnologia em todas as salas de aula, através do E-board queé um quadro interativo  com mais recursos que um computador. Ele substitui a Tv,  o DVD, o CD, os aparelhos de som, o Datashow, e está ligado a internet, o que abre um mundo de possibilidades. Além de tudo professores e alunos podem escrever na tela com uma caneta que funciona como um mouse. Com o E-Board é possível capturar imagens de um scaner, de câmeras e filmadoras,tornando as aulas muito mais interessantes, dinâmicas e produtivas.As aulas são ministradas eletronicamente, através de um quadro interativo com projeção em alta definição e acesso à internet  ambiente educacional colaborativo.
INFLUÊNCIA DA TECNOLOGIA SOBRE OS ALUNOImagine-se  fazendo um passeio pela lua ao falar sobregravidade, realizar um safári na África, aprender a teoria da evolução de Darwin, realizar votações instantaneamente sobre temas polêmicos e comunicar-se com alunos de outros países em tempo real. O uso da tecnologia permite ao professor tornar estas atividades possíveis. Transformar os conteúdos em aulas dinâmicas  e interativas onde as noções espaciais e temporais são vivenciadas de maneira significativa levam o aluno a conectar-se com o mundo real utilizando ferramentas  tecnológicas que lhe são conhecidas fora da escola e que precisam estar dentro dela, oportunizando e estimulando ao máximo a capacidade  do aluno e o prazer de aprender.
O levantamento feito com um grupo de 24 alunos, numa faixa etária entre 7 a 8 anos, sobre o uso da tecnologia fora do ambiente escolar apresentou os seguintes resultados:100% dos alunos manuseiam os computadores em casa. Sendo que:   20%, na presença do adulto   e 80% com os adultos em outros ambientes na casa.Alunos X Tecnologia
70% dos alunos utilizam  celulares,  40% dos alunos utilizam: Dsi - PsP - Wii - Ipad - Mp5 - Xbox - guitarhero100% dos alunos utilizam  os programas Word e PaintOs sites mais visitados são:      *clubpenguin      *youtube      *jogos para meninas       *Escola 24h e portal Mopi      *Google (para pesquisas)Alunos X Tecnologia
QUAL A PERSPECTIVA DO OBSERVADOR A RESPEITO DO USO E INSERÇÃO DESTAS TECNOLOGIAS, EM TERMOS DE BENEFÍCIOS E POTENCIAIS RISCOS, À FORMAÇÃO DO CARÁTER E À SAÚDE DO ALUNO?Se os alunos fazem pontes entre o que aprendem intelectualmente e as situações reais, experimentais, profissionais ligadas aos seus estudos, a aprendizagem será mais significativa, viva, enriquecedora.  As atividades integradoras da prática com a teoria, do compreender com o vivenciar, o fazer e o refletir, de forma sistemática, presencial e virtualmente, em todas as áreas e ao longo de todo o ano.Ao mesmo tempo, o livro como recurso didático, não é deixado de lado, pois as atividades são planejadas à partir dos conteúdos abordados no livro, e o uso da tecnologia é mais um recurso a ser utilizado em sala de aula. Temos realmente que nos precaver para que o uso do livro não fique menosprezado, sendo visto como algo incompleto e desatualizado e o aluno não se “vicie” no uso destas ferramentas com informações descontextualizadas e sem a orientação do adulto.
Que tipo de intervençãocaberia a um educador segundo a ótica das Ciências Sociais?Hoje, com a Internet e a fantástica evolução tecnológica, podemos aprender de muitas formas, em lugares diferentes, de formas diferentes. A sociedade como um todo é um espaço privilegiado de  aprendizagem. Mas ainda é a escola a organizadora e certificadora principal do processo de ensino-aprendizagem. Com a Internet e outras tecnologias surgem novas possibilidades de organização das aulas.    O professor, em qualquer nível daeducação, precisa hoje aprender a gerenciar vários espaços e a integrá-los de forma aberta, equilibrada e inovadora. O primeiro espaço é o de uma nova sala de aula equipada e com atividades diferentes, que se integra com a ida ao laboratório para desenvolver atividades de pesquisa e de domínio técnico-pedagógico. Estas atividadesse ampliam e complementam a distância, nos ambientes virtuais de aprendizagem e se complementam com espaços e tempos de experimentação, de conhecimento da realidade, de inserção em ambientes profissionais e informais.Antes o professor se restringia ao espaço da sala de aula. Agora precisa aprender a gerenciar também atividades adistância, visitas técnicas, orientação de projetos e tudo isso fazendo parte da carga horária da sua disciplina, estando visível na grade curricular, flexibilizando o tempo de estada em aula e incrementando outros espaços e tempos de aprendizagem. Educar com qualidade implica em ter acesso e competência para organizar e gerenciar as atividades didáticas com e sem o uso de tantas tecnologias.
Lévy, Pierre: As formas do saber - http://youtu.be/QIo2QlQMN5kPCNS – História  e geografia 1º. CicloPortal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro051.pdf – A importância do uso das novas tecnologias na educação- WWW.oifuturo.org.brBibliografia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Evolução histórica da tecnologia educacional 26.07
Evolução histórica da tecnologia educacional   26.07Evolução histórica da tecnologia educacional   26.07
Evolução histórica da tecnologia educacional 26.07
IFMS - Instituto Federal de Mato Grosso do Sul
 
Tecnofobia não, apenas sensatez...
Tecnofobia não, apenas sensatez... Tecnofobia não, apenas sensatez...
Tecnofobia não, apenas sensatez...
MatheusEduardoMoreir
 
TECNOLOGIAS
TECNOLOGIASTECNOLOGIAS
TECNOLOGIAS
PATRICIA SCHREIBER
 
Tecnologias móveis e aprendizagens de qualidade para todos
Tecnologias móveis e aprendizagens de qualidade para todosTecnologias móveis e aprendizagens de qualidade para todos
Tecnologias móveis e aprendizagens de qualidade para todos
GILT (Games, Interaction and Learning Technologies) IS Engenharia do Porto
 
Atividade2talythacristinadatrindade
Atividade2talythacristinadatrindadeAtividade2talythacristinadatrindade
Atividade2talythacristinadatrindade
TalythaCristina
 
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learningAprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
GILT (Games, Interaction and Learning Technologies) IS Engenharia do Porto
 
Smartphone na escola
Smartphone na escolaSmartphone na escola
Smartphone na escola
GabrielHenriqueMacha
 
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aulaUm Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
AdrianaViana46
 
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aulaUm Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
AdrianaViana46
 
O uso dos dispositivos eletrônicos nas salas de aula
O uso dos dispositivos eletrônicos nas salas de aulaO uso dos dispositivos eletrônicos nas salas de aula
O uso dos dispositivos eletrônicos nas salas de aula
LucasDaniel753109
 
Tecnologia E EducaçãO
Tecnologia E EducaçãOTecnologia E EducaçãO
Tecnologia E EducaçãO
guest22b861
 
Ferramentas para Mobile Learning: ideias para inovar na sala de aula
Ferramentas para Mobile Learning: ideias para inovar na sala de aulaFerramentas para Mobile Learning: ideias para inovar na sala de aula
Ferramentas para Mobile Learning: ideias para inovar na sala de aula
GILT (Games, Interaction and Learning Technologies) IS Engenharia do Porto
 
Atividade2guilhermepaulino
Atividade2guilhermepaulinoAtividade2guilhermepaulino
Atividade2guilhermepaulino
Guilherme Paulino
 
Transformar a sala de aula: o tablet como tecnologia de apoio
Transformar a sala de aula:o tablet como tecnologia de apoioTransformar a sala de aula:o tablet como tecnologia de apoio
Transformar a sala de aula: o tablet como tecnologia de apoio
GILT (Games, Interaction and Learning Technologies) IS Engenharia do Porto
 
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente WilliansTecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
vicente nunes
 
Atividade 2 tecnologias
Atividade 2   tecnologiasAtividade 2   tecnologias
Atividade 2 tecnologias
MatheusLima573341
 
Os malefícios da tecnologia na sala de aula
Os malefícios da tecnologia na sala de aulaOs malefícios da tecnologia na sala de aula
Os malefícios da tecnologia na sala de aula
EduardoCunha80
 
Avanço ou estagnação!
Avanço ou estagnação!  Avanço ou estagnação!
Avanço ou estagnação!
Puc
 
O uso do celular como instrumento pedagógico e
O uso do celular como instrumento pedagógico eO uso do celular como instrumento pedagógico e
O uso do celular como instrumento pedagógico e
Aline Assis
 

Mais procurados (19)

Evolução histórica da tecnologia educacional 26.07
Evolução histórica da tecnologia educacional   26.07Evolução histórica da tecnologia educacional   26.07
Evolução histórica da tecnologia educacional 26.07
 
Tecnofobia não, apenas sensatez...
Tecnofobia não, apenas sensatez... Tecnofobia não, apenas sensatez...
Tecnofobia não, apenas sensatez...
 
TECNOLOGIAS
TECNOLOGIASTECNOLOGIAS
TECNOLOGIAS
 
Tecnologias móveis e aprendizagens de qualidade para todos
Tecnologias móveis e aprendizagens de qualidade para todosTecnologias móveis e aprendizagens de qualidade para todos
Tecnologias móveis e aprendizagens de qualidade para todos
 
Atividade2talythacristinadatrindade
Atividade2talythacristinadatrindadeAtividade2talythacristinadatrindade
Atividade2talythacristinadatrindade
 
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learningAprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
 
Smartphone na escola
Smartphone na escolaSmartphone na escola
Smartphone na escola
 
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aulaUm Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
 
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aulaUm Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
Um Novo Proposito; o uso do celular em sala de aula
 
O uso dos dispositivos eletrônicos nas salas de aula
O uso dos dispositivos eletrônicos nas salas de aulaO uso dos dispositivos eletrônicos nas salas de aula
O uso dos dispositivos eletrônicos nas salas de aula
 
Tecnologia E EducaçãO
Tecnologia E EducaçãOTecnologia E EducaçãO
Tecnologia E EducaçãO
 
Ferramentas para Mobile Learning: ideias para inovar na sala de aula
Ferramentas para Mobile Learning: ideias para inovar na sala de aulaFerramentas para Mobile Learning: ideias para inovar na sala de aula
Ferramentas para Mobile Learning: ideias para inovar na sala de aula
 
Atividade2guilhermepaulino
Atividade2guilhermepaulinoAtividade2guilhermepaulino
Atividade2guilhermepaulino
 
Transformar a sala de aula: o tablet como tecnologia de apoio
Transformar a sala de aula:o tablet como tecnologia de apoioTransformar a sala de aula:o tablet como tecnologia de apoio
Transformar a sala de aula: o tablet como tecnologia de apoio
 
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente WilliansTecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
 
Atividade 2 tecnologias
Atividade 2   tecnologiasAtividade 2   tecnologias
Atividade 2 tecnologias
 
Os malefícios da tecnologia na sala de aula
Os malefícios da tecnologia na sala de aulaOs malefícios da tecnologia na sala de aula
Os malefícios da tecnologia na sala de aula
 
Avanço ou estagnação!
Avanço ou estagnação!  Avanço ou estagnação!
Avanço ou estagnação!
 
O uso do celular como instrumento pedagógico e
O uso do celular como instrumento pedagógico eO uso do celular como instrumento pedagógico e
O uso do celular como instrumento pedagógico e
 

Semelhante a O uso ada tecnologia na educação

Santana do Livramento - Sabrina Luciana Sonego Farias
Santana do Livramento - Sabrina Luciana Sonego FariasSantana do Livramento - Sabrina Luciana Sonego Farias
Santana do Livramento - Sabrina Luciana Sonego Farias
CursoTICs
 
Tecnologias digitais na educação (apresentação piaget escola).pptx
Tecnologias digitais na educação (apresentação piaget escola).pptxTecnologias digitais na educação (apresentação piaget escola).pptx
Tecnologias digitais na educação (apresentação piaget escola).pptx
MrioAndrDeOliveiraCr
 
Seminario
SeminarioSeminario
Seminario
guesta4b8cfb
 
Seminario
SeminarioSeminario
Seminario
guesta4b8cfb
 
Dispositivos Móveis na Educação
Dispositivos Móveis na EducaçãoDispositivos Móveis na Educação
Dispositivos Móveis na Educação
Talita Moretto
 
Microsoft Word Projeto InformáTica SeriaçãO
Microsoft Word   Projeto InformáTica   SeriaçãOMicrosoft Word   Projeto InformáTica   SeriaçãO
Microsoft Word Projeto InformáTica SeriaçãO
guest4ec91e
 
P R O J E T O D E I N F O R MÁ T I C A S E R I AÇÃ O
P R O J E T O  D E  I N F O R MÁ T I C A    S E R I AÇÃ OP R O J E T O  D E  I N F O R MÁ T I C A    S E R I AÇÃ O
P R O J E T O D E I N F O R MÁ T I C A S E R I AÇÃ O
guest4ec91e
 
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Adroaldo Dallabrida
 
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Adroaldo Dallabrida
 
Texto exemplo
Texto exemploTexto exemplo
Texto exemplo
231511
 
Elizabeth virtual
Elizabeth virtual Elizabeth virtual
Elizabeth virtual
ElizabethFernanda5
 
Restinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
Restinga Sêca - Naila Cohen PomnitzRestinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
Restinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
CursoTICs
 
Tecnófilo
TecnófiloTecnófilo
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
Mauricio Maulaz
 
Apresentação Recife Hipertexto 2013
Apresentação Recife Hipertexto 2013Apresentação Recife Hipertexto 2013
Apresentação Recife Hipertexto 2013
Yanna Dias
 
Slide tecnologias e midias educativas
Slide tecnologias e  midias educativas  Slide tecnologias e  midias educativas
Slide tecnologias e midias educativas
osmaream
 
Tecnologias e midias educativas
Tecnologias e  midias educativas Tecnologias e  midias educativas
Tecnologias e midias educativas
Rose Carvalho
 
Atividade2 stelladalvaoliveira
Atividade2 stelladalvaoliveiraAtividade2 stelladalvaoliveira
Atividade2 stelladalvaoliveira
StellaOliveira26
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
tdouglaslaia
 

Semelhante a O uso ada tecnologia na educação (20)

Santana do Livramento - Sabrina Luciana Sonego Farias
Santana do Livramento - Sabrina Luciana Sonego FariasSantana do Livramento - Sabrina Luciana Sonego Farias
Santana do Livramento - Sabrina Luciana Sonego Farias
 
Seminario[1]
Seminario[1]Seminario[1]
Seminario[1]
 
Tecnologias digitais na educação (apresentação piaget escola).pptx
Tecnologias digitais na educação (apresentação piaget escola).pptxTecnologias digitais na educação (apresentação piaget escola).pptx
Tecnologias digitais na educação (apresentação piaget escola).pptx
 
Seminario
SeminarioSeminario
Seminario
 
Seminario
SeminarioSeminario
Seminario
 
Dispositivos Móveis na Educação
Dispositivos Móveis na EducaçãoDispositivos Móveis na Educação
Dispositivos Móveis na Educação
 
Microsoft Word Projeto InformáTica SeriaçãO
Microsoft Word   Projeto InformáTica   SeriaçãOMicrosoft Word   Projeto InformáTica   SeriaçãO
Microsoft Word Projeto InformáTica SeriaçãO
 
P R O J E T O D E I N F O R MÁ T I C A S E R I AÇÃ O
P R O J E T O  D E  I N F O R MÁ T I C A    S E R I AÇÃ OP R O J E T O  D E  I N F O R MÁ T I C A    S E R I AÇÃ O
P R O J E T O D E I N F O R MÁ T I C A S E R I AÇÃ O
 
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
 
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
 
Texto exemplo
Texto exemploTexto exemplo
Texto exemplo
 
Elizabeth virtual
Elizabeth virtual Elizabeth virtual
Elizabeth virtual
 
Restinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
Restinga Sêca - Naila Cohen PomnitzRestinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
Restinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
 
Tecnófilo
TecnófiloTecnófilo
Tecnófilo
 
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
 
Apresentação Recife Hipertexto 2013
Apresentação Recife Hipertexto 2013Apresentação Recife Hipertexto 2013
Apresentação Recife Hipertexto 2013
 
Slide tecnologias e midias educativas
Slide tecnologias e  midias educativas  Slide tecnologias e  midias educativas
Slide tecnologias e midias educativas
 
Tecnologias e midias educativas
Tecnologias e  midias educativas Tecnologias e  midias educativas
Tecnologias e midias educativas
 
Atividade2 stelladalvaoliveira
Atividade2 stelladalvaoliveiraAtividade2 stelladalvaoliveira
Atividade2 stelladalvaoliveira
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 

O uso ada tecnologia na educação

  • 1. PROJETO INTERDISCIPLINARESTUDOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS A tecnologia em foco:pensando intervenções pedagógicas críticas
  • 2. GRUPO:Adriana CorrêaClaudia MeirelesFernanda MarquezMônica BassanVaneli Frizon Set/2011
  • 3. O USO DA TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃOSegundo Pierre Lévy, “ há pessoas com habilidades equalificações que nem sempre são usadas pelosoutros, ou valorizadas no ambiente em que vivem.” Este pensamento se adéqua ao momento educacional atual. Trabalhamos e convivemos com crianças que utilizam e conhecem a tecnologia de computadores,Ipads, celulares, jogos eletrônicos, entre outros E muitas vezes esta habilidade não étrabalhada e/ou desenvolvida no ambiente escolar.
  • 4. Este panorama pode e deve ser modificado, à partirde um novo olhar para a tecnologia e as inúmeras possibilidades de seu uso no ambiente escolar. Para isto é necessário aos professores o aperfeiçoamentoe às escolas o investimento.
  • 5. O Papel da Escola na Sociedade de InformaçãoRoteiro:Relato, a partir de uma experiência de observação em sala de aula da turma do 2º do ensino Fundamental I, de uma escola particular, observando os seguintes itens: A) que tipo de acervo tecnológico os alunos manipularam durante este período? B) Qual significado, em termos gerais, estas tecnologias parecem ter para os alunos? C) Qual a perspectiva do observador a respeito do uso e inserção destas tecnologias, em termos de benefícios e potenciais riscos, à formação do caráter e à saúde do aluno? D) Tendo em vista suas observações, bem como uma perspectiva crítica acerca do assunto, que tipo de intervenção caberia a um educador segundo a ótica das ciências sociais? Em sintonia com esta perspectiva, nosso Projeto Interdisciplinar envolve elaboração de um relato etnográfico que considere turmas de séries iniciais. Tal relato deve ser encarado como o ponto de partida para uma intervenção pedagógica inspirada em uma perspectiva crítica acerca da inserção da tecnologia na sociedade brasileira contemporânea. Nossa pergunta norteadora é, portanto, qual o papel das ciências sociais em um cenário de progressiva massificação do uso de tecnologias no cotidiano das pessoas?
  • 6. ACERVO TECNOLÓGICOVivência em uma escola particular da Barra da Tijuca (Mopi), que utiliza alta tecnologia em todas as salas de aula, através do E-board queé um quadro interativo com mais recursos que um computador. Ele substitui a Tv, o DVD, o CD, os aparelhos de som, o Datashow, e está ligado a internet, o que abre um mundo de possibilidades. Além de tudo professores e alunos podem escrever na tela com uma caneta que funciona como um mouse. Com o E-Board é possível capturar imagens de um scaner, de câmeras e filmadoras,tornando as aulas muito mais interessantes, dinâmicas e produtivas.As aulas são ministradas eletronicamente, através de um quadro interativo com projeção em alta definição e acesso à internet ambiente educacional colaborativo.
  • 7. INFLUÊNCIA DA TECNOLOGIA SOBRE OS ALUNOImagine-se fazendo um passeio pela lua ao falar sobregravidade, realizar um safári na África, aprender a teoria da evolução de Darwin, realizar votações instantaneamente sobre temas polêmicos e comunicar-se com alunos de outros países em tempo real. O uso da tecnologia permite ao professor tornar estas atividades possíveis. Transformar os conteúdos em aulas dinâmicas e interativas onde as noções espaciais e temporais são vivenciadas de maneira significativa levam o aluno a conectar-se com o mundo real utilizando ferramentas tecnológicas que lhe são conhecidas fora da escola e que precisam estar dentro dela, oportunizando e estimulando ao máximo a capacidade do aluno e o prazer de aprender.
  • 8. O levantamento feito com um grupo de 24 alunos, numa faixa etária entre 7 a 8 anos, sobre o uso da tecnologia fora do ambiente escolar apresentou os seguintes resultados:100% dos alunos manuseiam os computadores em casa. Sendo que: 20%, na presença do adulto e 80% com os adultos em outros ambientes na casa.Alunos X Tecnologia
  • 9. 70% dos alunos utilizam celulares, 40% dos alunos utilizam: Dsi - PsP - Wii - Ipad - Mp5 - Xbox - guitarhero100% dos alunos utilizam os programas Word e PaintOs sites mais visitados são: *clubpenguin *youtube *jogos para meninas *Escola 24h e portal Mopi *Google (para pesquisas)Alunos X Tecnologia
  • 10. QUAL A PERSPECTIVA DO OBSERVADOR A RESPEITO DO USO E INSERÇÃO DESTAS TECNOLOGIAS, EM TERMOS DE BENEFÍCIOS E POTENCIAIS RISCOS, À FORMAÇÃO DO CARÁTER E À SAÚDE DO ALUNO?Se os alunos fazem pontes entre o que aprendem intelectualmente e as situações reais, experimentais, profissionais ligadas aos seus estudos, a aprendizagem será mais significativa, viva, enriquecedora. As atividades integradoras da prática com a teoria, do compreender com o vivenciar, o fazer e o refletir, de forma sistemática, presencial e virtualmente, em todas as áreas e ao longo de todo o ano.Ao mesmo tempo, o livro como recurso didático, não é deixado de lado, pois as atividades são planejadas à partir dos conteúdos abordados no livro, e o uso da tecnologia é mais um recurso a ser utilizado em sala de aula. Temos realmente que nos precaver para que o uso do livro não fique menosprezado, sendo visto como algo incompleto e desatualizado e o aluno não se “vicie” no uso destas ferramentas com informações descontextualizadas e sem a orientação do adulto.
  • 11. Que tipo de intervençãocaberia a um educador segundo a ótica das Ciências Sociais?Hoje, com a Internet e a fantástica evolução tecnológica, podemos aprender de muitas formas, em lugares diferentes, de formas diferentes. A sociedade como um todo é um espaço privilegiado de aprendizagem. Mas ainda é a escola a organizadora e certificadora principal do processo de ensino-aprendizagem. Com a Internet e outras tecnologias surgem novas possibilidades de organização das aulas.    O professor, em qualquer nível daeducação, precisa hoje aprender a gerenciar vários espaços e a integrá-los de forma aberta, equilibrada e inovadora. O primeiro espaço é o de uma nova sala de aula equipada e com atividades diferentes, que se integra com a ida ao laboratório para desenvolver atividades de pesquisa e de domínio técnico-pedagógico. Estas atividadesse ampliam e complementam a distância, nos ambientes virtuais de aprendizagem e se complementam com espaços e tempos de experimentação, de conhecimento da realidade, de inserção em ambientes profissionais e informais.Antes o professor se restringia ao espaço da sala de aula. Agora precisa aprender a gerenciar também atividades adistância, visitas técnicas, orientação de projetos e tudo isso fazendo parte da carga horária da sua disciplina, estando visível na grade curricular, flexibilizando o tempo de estada em aula e incrementando outros espaços e tempos de aprendizagem. Educar com qualidade implica em ter acesso e competência para organizar e gerenciar as atividades didáticas com e sem o uso de tantas tecnologias.
  • 12. Lévy, Pierre: As formas do saber - http://youtu.be/QIo2QlQMN5kPCNS – História e geografia 1º. CicloPortal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro051.pdf – A importância do uso das novas tecnologias na educação- WWW.oifuturo.org.brBibliografia