SlideShare uma empresa Scribd logo
AMÓS MIQUÉIAS NAUM SOFONIAS HABACUQUE OBADIAS
Profecia para Judá e Israel - Ano 700 a.C.
Palavra-chave:
"ESPIRITUALIDADE VERDADEIRA"
1
DIVISÃO
HISTÓRICA DA
BÍBLIA
OS PROFÉTICOS
12 MENORES
OSÉIAS
JOEL
AMÓS
OBADIAS
JONAS
MIQUÉIAS
NAUM
HABACUQUE
SOFONIAS
AGEU
ZACARIAS
MALAQUIAS
39
27
2
SOBRE O PROFETA
Morastita – da vila de
Moresete-Gate, 32 Km
ao Sudoeste de
Jerusalém; região
agrícola;
Seu nome significa:
“Quem é como Javé”
Foi contemporâneo do
mais famoso profeta de
Judá: Isaías e dos
profetas Oséias e Amós;
Pregou ao povo simples
de Judá.
Miquéias tinha
profunda consciência e
convicção do chamado
divino, a ponto de fazer
a seguinte declaração:
"Eu, porém, estou cheio do poder do Espírito do SENHOR, cheio de juízo e de força, para
declarar a Jacó a sua transgressão e a Israel o seu pecado" (3.8). 3
SOBRE O PROFETA
Pregou no período dos
Reis de Judá: Jotão
(750-735 a.C.); Acaz
(735-715 a.C.); Ezequias
(715-686 a.C.);
E dos reis de Israel:
(reino do Norte) :
Pecaís; Peca e Oséias;
Recebeu grande
influência do Profeta
Isaías;
Baseou sua confiança
na força e no caráter de
Deus.
4
CONTEXTO HISTÓRICO
Miquéias exerceu o seu ministério por uns 30 anos,
tendo visto cumprir-se ao menos uma de suas
profecias: a da queda do Reino do Norte, em 722
a.C. (Leia 1.6,7).
5
CONTEXTO HISTÓRICO
Insegurança em Judá por causa de Israel.
Ezequias foi um rei temente ao Senhor, mas, o povo não se voltou totalmente;
Acaz foi um rei ímpio;
Jotão não removeu a idolatria de Judá;
Judá seguia os maus exemplos de Israel
6
VERSÍCULO CHAVE
"Ele te declarou, ó homem, o que é bom e, que é
o que o SENHOR pede de ti, senão que pratiques
a justiça e ames a misericórdia e, andes
humildemente com o teu Deus?" (6.8)
7
O PROPÓSITO DA PROFECIA
Miquéias, que fala da parte do
SENHOR tanto aos de Israel quanto
aos de Judá, levanta-se para
denunciar:
Juízes que aceitam suborno;
Comerciantes desonestos;
Sacerdotes e profetas mercenários
(que trabalham sem outro interesse
que não a paga);
Povo idólatra, enfim, os pecados da
sociedade de seu tempo.
8
O PROPÓSITO DA PROFECIA
Miquéias procura
mostrar que há uma
relação integral entre:
a verdadeira
espiritualidade,
o culto aceitável,
e a ética social.
9
PECADOS DENUNCIADOS POR MIQUÉIAS:
1 - idolatria - 1.5,7
2 - extorsão, roubo - 2.2,8
3 - aprovação e aceitação de falsos profetas - 2.11
4 - injustiça social - 3.1
5 - profetas mercenários - 3.5
10
PECADOS DENUNCIADOS POR MIQUÉIAS:
6 - perversão do direito - 3.9- 11; 7.3,4
7 - desonestidade - 6.9-11
8 - violência e mentira - 6.12
9 – impiedade
10 - deterioração da família e do exercício da
confiabilidade - 7.5,6
11
ALGUNS DOS JUÍZOS DE DEUS SOBRE TAIS PECADOS:
1 - destruição da nação, luto, exílio - 1.6-16; 4.9,10
2 - orações não respondidas: o silêncio de Deus - 3.4
3 - vergonha para os profetas: falta-lhes o que dizer - 3.6,7
4 - fome - 6.14
5 - perda dos bens materiais - 6.14
6 - o trabalho não prospera - 6.15
12
DIVISÃO DO LIVRO
DENÚNCIA -
Caps. 1 a 3
CONSOLAÇÃO -
Caps. 4 a 7
13
1. DENÚNCIA - CAPS. 1 a 3
Cap.1 – Profecia contra Israel e Judá
Samaria e Jerusalém – duas capitais ameaçadas pela ira do
Senhor – 1.2
A ofensa religiosa de Israel – “o boi dourado” – Prostituição
espiritual.
Judá contaminou-se com a idolatria de Israel – 1.7
A Cidade dos “cabeça raspada” – luto -1.16
14
1. DENÚNCIA - CAPS. 1 a 3
Caps.2,3 – Profecia contra os opressores
A exploração econômica e a violência;
Clamor profético de Justiça social entre o povo
de Deus – 2.2;
Os falsos profetas babujavam as coisas santas –
2.6;
15
2. CONSOLAÇÃO - CAPS. 4 a 7
Caps.4,5 – Profecia de um
futuro remoto e acerca do
Messias
Mensagem predileta dos
profetas: O triunfo absoluto
do Senhor ao fim da história
humana
O triunfo do Messias – 4.13
A vila de Belém era o local
escolhido e não as capitais
orgulhosas – 5.2
16
2. CONSOLAÇÃO - CAPS. 4 a 7
Ele teria coração de pastor para
apascentar o povo, traria paz ao
coração humano;
O reino glorioso do Messias faria
uma limpeza radical no mundo:
Seriam eliminadas as feitiçarias e os
adivinhadores desmoralizados – 5.12
Traria juízo sobre a imoralidade –
5.14,15.
17
2. CONSOLAÇÃO - CAPS. 4 a 7
Cap.6 – O povo de Deus provado:
Deus tinha um litígio contra o seu
povo 6.1
O povo de Deus estava se
corrompendo, veriam os atos de
Justiça de Deus – 6.5
O que Ele deseja de seu povo é
mudança de atitudes moral e
espiritual, e não uma compensação
com sacrifícios e rituais- 6.7
18
2. CONSOLAÇÃO - CAPS. 4 a 7
Deus espera ver no homem
três atitudes 6.8:
1. Que pratique a Justiça –
Obediências às leis de Deus;
2. Que ame a misericórdia –
Amor leal para com Deus e o
próximo;
3. Que ande humildemente
com seu Deus – Exclusão total
do orgulho espiritual – mais
perto de Deus, mais humilde!
19
A MENSAGEM DE MIQUÉIAS
“Piedosos injustos” – Balança
enganosa do ricos explorando os
pobres - 6.10,11;
Mentira aceita como “necessária”
para bons negócios;
Deus não aprova uma ética com
duplicidade – 6.16
20
A MENSAGEM DE MIQUÉIAS
Cap.7 – Deus Ama com Amor Eterno
O profeta denuncia uma sociedade sem piedosos,
sem homens honestos de bons frutos – 7.2;
Nação dirigida por homens injustos, corruptos e
gananciosos, afeta até as famílias – 7.6
Miquéias confiava no Senhor e em sua justiça - 7.7-9
O Senhor é rico de perdão para com o coração
contrito – 7.18,19
21
CONCLUSÕES PRÁTICAS
Deus espera de nós uma vida reta e santa, cheia de sua graça e
de suas bênçãos, mas, os nossos pecados nos separam de
Deus que com misericórdia nos chama de volta.
Recebemos o seu perdão, mas, o pecado nunca compensa por
causa das suas cicatrizes que deixa em nós.
Assim como Miquéias nossa esperança deve estar firme em
Deus e na sua salvação.
22
CRISTOLOGIA DO LIVRO
Mensagem Messiânica:
As denúncias dos
diversos pecados
cometidos por Seu
povo;
O anúncio do juízo de
Deus como
consequência da
prática desses
pecados;
Miquéias intercala
preciosíssimas
mensagens de
esperança, perdão e
restauração, todas elas
intimamente ligadas à
vinda do Messias.
23
CRISTOLOGIA DO LIVRO
E acrescenta que Suas origens são "desde os tempos
antigos, desde os dias da eternidade". Esse Rei viria para
ajuntar o restante de Israel no aprisco (2.12,13).
A mais conhecida de todas é a do cap. 5:2, onde ele
anuncia a cidade onde o Rei deveria nascer:
"E tu, Belém Efrata, pequena demais para figurar como grupo de
milhares de Judá, de ti me sairá o que há de reinar em Israel...".
24
CRISTOLOGIA DO LIVRO
Porém, não somente isso: para Ele afluiriam os povos,
"para que nos ensine os seus caminhos, e
andemos pelas suas veredas" (4.1-8).
Ele viria para apascentar o povo na força do SENHOR,
sendo Ele mesmo "a nossa paz" (5.4,5).
Ele pisaria aos pés as nossas iniquidades, por ter
prazer na misericórdia (7.18,19)
Todavia, isso não aconteceria sem que um fato
profundamente triste - horripilante, mesmo -
ocorresse: "ferirão com a vara a face ao juiz de
Israel" (5.1). O sofrimento da cruz!
25
FONTES DE PESQUISA
 Bíblia Sagrada
 Igreja Presbiteriana de Dourados
Célia Regina Carvalho
Juazeiro – BA, Dezembro 2015.
26

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O pentateuco
O pentateucoO pentateuco
O Livro de Josué
O Livro de JosuéO Livro de Josué
O Livro de Josué
Élida Rolim
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
Panorama do AT - Jó
Panorama do AT - JóPanorama do AT - Jó
Panorama do AT - Jó
Respirando Deus
 
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da BabilôniaLição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Éder Tomé
 
Deuteronômio
DeuteronômioDeuteronômio
Deuteronômio
Élida Rolim
 
41. O Profeta Habacuque
41. O Profeta Habacuque41. O Profeta Habacuque
41. O Profeta Habacuque
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos AnjosLição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
Coop. Fabio Silva
 
Introdução bíblica
Introdução bíblicaIntrodução bíblica
Introdução bíblica
Alípio Vallim
 
43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu43. O Profeta Ageu
Panorama do NT - Mateus
Panorama do NT - MateusPanorama do NT - Mateus
Panorama do NT - Mateus
Respirando Deus
 
Teologia de levíticos
Teologia de levíticosTeologia de levíticos
Teologia de levíticos
José Santos
 
Panorama do AT - Isaías
Panorama do AT - IsaíasPanorama do AT - Isaías
Panorama do AT - Isaías
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - DeuteronômioPanorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - Deuteronômio
Respirando Deus
 
24. Os poéticos: Salmos
24. Os poéticos: Salmos24. Os poéticos: Salmos
24. Os poéticos: Salmos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Deuteronomio
DeuteronomioDeuteronomio
Deuteronomio
Marcianno Teofilo
 
Panorama do AT - Levítico
Panorama do AT - LevíticoPanorama do AT - Levítico
Panorama do AT - Levítico
Respirando Deus
 
7. O Livro de Levítico
7. O Livro de Levítico7. O Livro de Levítico
7. O Livro de Levítico
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
O Livro de Números
O Livro de NúmerosO Livro de Números
O Livro de Números
Élida Rolim
 
Lição 11 - A segunda vinda de Cristo
Lição 11 - A segunda vinda de CristoLição 11 - A segunda vinda de Cristo
Lição 11 - A segunda vinda de Cristo
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

O pentateuco
O pentateucoO pentateuco
O pentateuco
 
O Livro de Josué
O Livro de JosuéO Livro de Josué
O Livro de Josué
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel
 
Panorama do AT - Jó
Panorama do AT - JóPanorama do AT - Jó
Panorama do AT - Jó
 
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da BabilôniaLição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
 
Deuteronômio
DeuteronômioDeuteronômio
Deuteronômio
 
41. O Profeta Habacuque
41. O Profeta Habacuque41. O Profeta Habacuque
41. O Profeta Habacuque
 
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos AnjosLição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
 
Introdução bíblica
Introdução bíblicaIntrodução bíblica
Introdução bíblica
 
43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu
 
Panorama do NT - Mateus
Panorama do NT - MateusPanorama do NT - Mateus
Panorama do NT - Mateus
 
Teologia de levíticos
Teologia de levíticosTeologia de levíticos
Teologia de levíticos
 
Panorama do AT - Isaías
Panorama do AT - IsaíasPanorama do AT - Isaías
Panorama do AT - Isaías
 
Panorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - DeuteronômioPanorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - Deuteronômio
 
24. Os poéticos: Salmos
24. Os poéticos: Salmos24. Os poéticos: Salmos
24. Os poéticos: Salmos
 
Deuteronomio
DeuteronomioDeuteronomio
Deuteronomio
 
Panorama do AT - Levítico
Panorama do AT - LevíticoPanorama do AT - Levítico
Panorama do AT - Levítico
 
7. O Livro de Levítico
7. O Livro de Levítico7. O Livro de Levítico
7. O Livro de Levítico
 
O Livro de Números
O Livro de NúmerosO Livro de Números
O Livro de Números
 
Lição 11 - A segunda vinda de Cristo
Lição 11 - A segunda vinda de CristoLição 11 - A segunda vinda de Cristo
Lição 11 - A segunda vinda de Cristo
 

Destaque

Profetas menores lição 7 - Miquéias
Profetas menores   lição 7 - MiquéiasProfetas menores   lição 7 - Miquéias
Profetas menores lição 7 - Miquéias
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
Acando Inspiration Day - KVD
Acando Inspiration Day - KVDAcando Inspiration Day - KVD
Acando Inspiration Day - KVD
Acando Sweden
 
Panorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - MiqueiasPanorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - Miqueias
Respirando Deus
 
Livro de Daniel cap 1
Livro de Daniel cap 1Livro de Daniel cap 1
Livro de Daniel cap 1
sousajoca
 
37. O profeta Obadias
37. O profeta Obadias37. O profeta Obadias
37. O profeta Obadias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Sofonias Profeta Menor
Sofonias Profeta MenorSofonias Profeta Menor
Sofonias Profeta Menor
Célia Regina Carvalho
 
38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas38. O Profeta Jonas
36. O profeta Amós
36. O profeta Amós36. O profeta Amós
42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
40. O Profeta Naum
40. O Profeta Naum40. O Profeta Naum

Destaque (10)

Profetas menores lição 7 - Miquéias
Profetas menores   lição 7 - MiquéiasProfetas menores   lição 7 - Miquéias
Profetas menores lição 7 - Miquéias
 
Acando Inspiration Day - KVD
Acando Inspiration Day - KVDAcando Inspiration Day - KVD
Acando Inspiration Day - KVD
 
Panorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - MiqueiasPanorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - Miqueias
 
Livro de Daniel cap 1
Livro de Daniel cap 1Livro de Daniel cap 1
Livro de Daniel cap 1
 
37. O profeta Obadias
37. O profeta Obadias37. O profeta Obadias
37. O profeta Obadias
 
Sofonias Profeta Menor
Sofonias Profeta MenorSofonias Profeta Menor
Sofonias Profeta Menor
 
38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas
 
36. O profeta Amós
36. O profeta Amós36. O profeta Amós
36. O profeta Amós
 
42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias
 
40. O Profeta Naum
40. O Profeta Naum40. O Profeta Naum
40. O Profeta Naum
 

Semelhante a Profeta Menor Miqueias

PROFETAS MENORES (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
PROFETAS MENORES (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)PROFETAS MENORES (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
PROFETAS MENORES (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
IBADEP BÁSICO PROFETAS MENORES - AULA 3 - MIQUÉIAS E NAUM
IBADEP BÁSICO PROFETAS MENORES - AULA 3 - MIQUÉIAS E NAUMIBADEP BÁSICO PROFETAS MENORES - AULA 3 - MIQUÉIAS E NAUM
IBADEP BÁSICO PROFETAS MENORES - AULA 3 - MIQUÉIAS E NAUM
Rubens Sohn
 
MIQUEAS.pdf
MIQUEAS.pdfMIQUEAS.pdf
As setenta semanas
As setenta semanasAs setenta semanas
As setenta semanas
Ailton da Silva
 
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O MESSIAS DAVÍDICO E SEU REINO
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O MESSIAS DAVÍDICO E SEU REINO2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O MESSIAS DAVÍDICO E SEU REINO
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O MESSIAS DAVÍDICO E SEU REINO
Natalino das Neves Neves
 
Lição 07 miquéias - a importância da obediência
Lição 07   miquéias - a importância da obediênciaLição 07   miquéias - a importância da obediência
Lição 07 miquéias - a importância da obediência
cledsondrumms
 
Jeremias LiçãO 1
Jeremias LiçãO 1Jeremias LiçãO 1
Jeremias LiçãO 1
Eduardo Sales de lima
 
27. apostasia
27. apostasia27. apostasia
27. apostasia
pohlos
 
A doutrina do “toma lá dá cá”
A doutrina do “toma lá dá cá”A doutrina do “toma lá dá cá”
A doutrina do “toma lá dá cá”
Instituto Teológico Gamaliel
 
2016 3 tri lição 4 o juízo de judá e de jerusalém
2016 3 tri lição 4   o juízo de judá e de jerusalém2016 3 tri lição 4   o juízo de judá e de jerusalém
2016 3 tri lição 4 o juízo de judá e de jerusalém
boasnovassena
 
2016 3 tri lição 10 o messias davídico e seu reino
2016 3 tri lição 10   o messias davídico e seu reino2016 3 tri lição 10   o messias davídico e seu reino
2016 3 tri lição 10 o messias davídico e seu reino
boasnovassena
 
JESUS CRISTO, AULA.pdf
JESUS CRISTO, AULA.pdfJESUS CRISTO, AULA.pdf
JESUS CRISTO, AULA.pdf
isabelfranca2
 
O povo especial de Deus_Resumo_722013
O povo especial de Deus_Resumo_722013O povo especial de Deus_Resumo_722013
O povo especial de Deus_Resumo_722013
Gerson G. Ramos
 
Vinho novo odres_novos-03
Vinho novo odres_novos-03Vinho novo odres_novos-03
Vinho novo odres_novos-03
dulcy
 
LICÃO - PROF JEREMIAS.pptx
LICÃO  - PROF JEREMIAS.pptxLICÃO  - PROF JEREMIAS.pptx
LICÃO - PROF JEREMIAS.pptx
OtonielMeirelesdaSil
 
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
Gerson G. Ramos
 
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianicaTeologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
Jose Ventura
 
2016 3 TRI LIÇÃO 5 - PREDIÇÕES DE JUÍZO E GLÓRIA
2016 3 TRI LIÇÃO 5 - PREDIÇÕES DE JUÍZO E GLÓRIA2016 3 TRI LIÇÃO 5 - PREDIÇÕES DE JUÍZO E GLÓRIA
2016 3 TRI LIÇÃO 5 - PREDIÇÕES DE JUÍZO E GLÓRIA
Natalino das Neves Neves
 
zzzzzzzz.pptx
zzzzzzzz.pptxzzzzzzzz.pptx
zzzzzzzz.pptx
DigenesSoares3
 
LIÇÃO 7
LIÇÃO 7LIÇÃO 7
LIÇÃO 7
Ailton da Silva
 

Semelhante a Profeta Menor Miqueias (20)

PROFETAS MENORES (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
PROFETAS MENORES (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)PROFETAS MENORES (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
PROFETAS MENORES (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
 
IBADEP BÁSICO PROFETAS MENORES - AULA 3 - MIQUÉIAS E NAUM
IBADEP BÁSICO PROFETAS MENORES - AULA 3 - MIQUÉIAS E NAUMIBADEP BÁSICO PROFETAS MENORES - AULA 3 - MIQUÉIAS E NAUM
IBADEP BÁSICO PROFETAS MENORES - AULA 3 - MIQUÉIAS E NAUM
 
MIQUEAS.pdf
MIQUEAS.pdfMIQUEAS.pdf
MIQUEAS.pdf
 
As setenta semanas
As setenta semanasAs setenta semanas
As setenta semanas
 
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O MESSIAS DAVÍDICO E SEU REINO
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O MESSIAS DAVÍDICO E SEU REINO2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O MESSIAS DAVÍDICO E SEU REINO
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O MESSIAS DAVÍDICO E SEU REINO
 
Lição 07 miquéias - a importância da obediência
Lição 07   miquéias - a importância da obediênciaLição 07   miquéias - a importância da obediência
Lição 07 miquéias - a importância da obediência
 
Jeremias LiçãO 1
Jeremias LiçãO 1Jeremias LiçãO 1
Jeremias LiçãO 1
 
27. apostasia
27. apostasia27. apostasia
27. apostasia
 
A doutrina do “toma lá dá cá”
A doutrina do “toma lá dá cá”A doutrina do “toma lá dá cá”
A doutrina do “toma lá dá cá”
 
2016 3 tri lição 4 o juízo de judá e de jerusalém
2016 3 tri lição 4   o juízo de judá e de jerusalém2016 3 tri lição 4   o juízo de judá e de jerusalém
2016 3 tri lição 4 o juízo de judá e de jerusalém
 
2016 3 tri lição 10 o messias davídico e seu reino
2016 3 tri lição 10   o messias davídico e seu reino2016 3 tri lição 10   o messias davídico e seu reino
2016 3 tri lição 10 o messias davídico e seu reino
 
JESUS CRISTO, AULA.pdf
JESUS CRISTO, AULA.pdfJESUS CRISTO, AULA.pdf
JESUS CRISTO, AULA.pdf
 
O povo especial de Deus_Resumo_722013
O povo especial de Deus_Resumo_722013O povo especial de Deus_Resumo_722013
O povo especial de Deus_Resumo_722013
 
Vinho novo odres_novos-03
Vinho novo odres_novos-03Vinho novo odres_novos-03
Vinho novo odres_novos-03
 
LICÃO - PROF JEREMIAS.pptx
LICÃO  - PROF JEREMIAS.pptxLICÃO  - PROF JEREMIAS.pptx
LICÃO - PROF JEREMIAS.pptx
 
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
 
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianicaTeologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
 
2016 3 TRI LIÇÃO 5 - PREDIÇÕES DE JUÍZO E GLÓRIA
2016 3 TRI LIÇÃO 5 - PREDIÇÕES DE JUÍZO E GLÓRIA2016 3 TRI LIÇÃO 5 - PREDIÇÕES DE JUÍZO E GLÓRIA
2016 3 TRI LIÇÃO 5 - PREDIÇÕES DE JUÍZO E GLÓRIA
 
zzzzzzzz.pptx
zzzzzzzz.pptxzzzzzzzz.pptx
zzzzzzzz.pptx
 
LIÇÃO 7
LIÇÃO 7LIÇÃO 7
LIÇÃO 7
 

Mais de Célia Regina Carvalho

Um chamado - Uma fuga
Um chamado -  Uma fugaUm chamado -  Uma fuga
Um chamado - Uma fuga
Célia Regina Carvalho
 
O milagre está em sua casa
O milagre está em sua casaO milagre está em sua casa
O milagre está em sua casa
Célia Regina Carvalho
 
Nunca Desista
Nunca DesistaNunca Desista
Nunca Desista
Célia Regina Carvalho
 
As três ordens de Jesus
As três ordens de JesusAs três ordens de Jesus
As três ordens de Jesus
Célia Regina Carvalho
 
Herdeiras de Deus
Herdeiras de DeusHerdeiras de Deus
Herdeiras de Deus
Célia Regina Carvalho
 
Cânticos de guerra do povo de deus
Cânticos de guerra do povo de deusCânticos de guerra do povo de deus
Cânticos de guerra do povo de deus
Célia Regina Carvalho
 
Os beneficios da morte de cristo
Os beneficios da morte de cristoOs beneficios da morte de cristo
Os beneficios da morte de cristo
Célia Regina Carvalho
 
Atuação diabólica
Atuação diabólicaAtuação diabólica
Atuação diabólica
Célia Regina Carvalho
 
A biblia a mulher - a sociedade
A biblia   a mulher - a sociedadeA biblia   a mulher - a sociedade
A biblia a mulher - a sociedade
Célia Regina Carvalho
 
Cura interior
Cura interiorCura interior
Cura interior
Célia Regina Carvalho
 
Zacarias Profeta Menor
Zacarias Profeta MenorZacarias Profeta Menor
Zacarias Profeta Menor
Célia Regina Carvalho
 
Oseias - Profeta Menor
Oseias  - Profeta MenorOseias  - Profeta Menor
Oseias - Profeta Menor
Célia Regina Carvalho
 
Obadias - Profeta Menor
Obadias - Profeta MenorObadias - Profeta Menor
Obadias - Profeta Menor
Célia Regina Carvalho
 
Malaquias - O Ultimo Profeta do Antigo Testamento
Malaquias - O Ultimo Profeta do Antigo TestamentoMalaquias - O Ultimo Profeta do Antigo Testamento
Malaquias - O Ultimo Profeta do Antigo Testamento
Célia Regina Carvalho
 
A Mulher e a Sociedade célia regina
A Mulher e a Sociedade célia reginaA Mulher e a Sociedade célia regina
A Mulher e a Sociedade célia regina
Célia Regina Carvalho
 
A participação política da mulher no Brasil
A participação política da mulher no BrasilA participação política da mulher no Brasil
A participação política da mulher no Brasil
Célia Regina Carvalho
 
Habacuque Profeta Menor Antigo Testamento
Habacuque Profeta Menor Antigo TestamentoHabacuque Profeta Menor Antigo Testamento
Habacuque Profeta Menor Antigo Testamento
Célia Regina Carvalho
 
Profeta Amós
Profeta Amós Profeta Amós
Profeta Amós
Célia Regina Carvalho
 
Profeta Menor Ageu
Profeta Menor AgeuProfeta Menor Ageu
Profeta Menor Ageu
Célia Regina Carvalho
 
Pacto de Aprimoramento da Gestão
Pacto de Aprimoramento da GestãoPacto de Aprimoramento da Gestão
Pacto de Aprimoramento da Gestão
Célia Regina Carvalho
 

Mais de Célia Regina Carvalho (20)

Um chamado - Uma fuga
Um chamado -  Uma fugaUm chamado -  Uma fuga
Um chamado - Uma fuga
 
O milagre está em sua casa
O milagre está em sua casaO milagre está em sua casa
O milagre está em sua casa
 
Nunca Desista
Nunca DesistaNunca Desista
Nunca Desista
 
As três ordens de Jesus
As três ordens de JesusAs três ordens de Jesus
As três ordens de Jesus
 
Herdeiras de Deus
Herdeiras de DeusHerdeiras de Deus
Herdeiras de Deus
 
Cânticos de guerra do povo de deus
Cânticos de guerra do povo de deusCânticos de guerra do povo de deus
Cânticos de guerra do povo de deus
 
Os beneficios da morte de cristo
Os beneficios da morte de cristoOs beneficios da morte de cristo
Os beneficios da morte de cristo
 
Atuação diabólica
Atuação diabólicaAtuação diabólica
Atuação diabólica
 
A biblia a mulher - a sociedade
A biblia   a mulher - a sociedadeA biblia   a mulher - a sociedade
A biblia a mulher - a sociedade
 
Cura interior
Cura interiorCura interior
Cura interior
 
Zacarias Profeta Menor
Zacarias Profeta MenorZacarias Profeta Menor
Zacarias Profeta Menor
 
Oseias - Profeta Menor
Oseias  - Profeta MenorOseias  - Profeta Menor
Oseias - Profeta Menor
 
Obadias - Profeta Menor
Obadias - Profeta MenorObadias - Profeta Menor
Obadias - Profeta Menor
 
Malaquias - O Ultimo Profeta do Antigo Testamento
Malaquias - O Ultimo Profeta do Antigo TestamentoMalaquias - O Ultimo Profeta do Antigo Testamento
Malaquias - O Ultimo Profeta do Antigo Testamento
 
A Mulher e a Sociedade célia regina
A Mulher e a Sociedade célia reginaA Mulher e a Sociedade célia regina
A Mulher e a Sociedade célia regina
 
A participação política da mulher no Brasil
A participação política da mulher no BrasilA participação política da mulher no Brasil
A participação política da mulher no Brasil
 
Habacuque Profeta Menor Antigo Testamento
Habacuque Profeta Menor Antigo TestamentoHabacuque Profeta Menor Antigo Testamento
Habacuque Profeta Menor Antigo Testamento
 
Profeta Amós
Profeta Amós Profeta Amós
Profeta Amós
 
Profeta Menor Ageu
Profeta Menor AgeuProfeta Menor Ageu
Profeta Menor Ageu
 
Pacto de Aprimoramento da Gestão
Pacto de Aprimoramento da GestãoPacto de Aprimoramento da Gestão
Pacto de Aprimoramento da Gestão
 

Último

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 

Último (15)

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 

Profeta Menor Miqueias

  • 1. AMÓS MIQUÉIAS NAUM SOFONIAS HABACUQUE OBADIAS Profecia para Judá e Israel - Ano 700 a.C. Palavra-chave: "ESPIRITUALIDADE VERDADEIRA" 1
  • 2. DIVISÃO HISTÓRICA DA BÍBLIA OS PROFÉTICOS 12 MENORES OSÉIAS JOEL AMÓS OBADIAS JONAS MIQUÉIAS NAUM HABACUQUE SOFONIAS AGEU ZACARIAS MALAQUIAS 39 27 2
  • 3. SOBRE O PROFETA Morastita – da vila de Moresete-Gate, 32 Km ao Sudoeste de Jerusalém; região agrícola; Seu nome significa: “Quem é como Javé” Foi contemporâneo do mais famoso profeta de Judá: Isaías e dos profetas Oséias e Amós; Pregou ao povo simples de Judá. Miquéias tinha profunda consciência e convicção do chamado divino, a ponto de fazer a seguinte declaração: "Eu, porém, estou cheio do poder do Espírito do SENHOR, cheio de juízo e de força, para declarar a Jacó a sua transgressão e a Israel o seu pecado" (3.8). 3
  • 4. SOBRE O PROFETA Pregou no período dos Reis de Judá: Jotão (750-735 a.C.); Acaz (735-715 a.C.); Ezequias (715-686 a.C.); E dos reis de Israel: (reino do Norte) : Pecaís; Peca e Oséias; Recebeu grande influência do Profeta Isaías; Baseou sua confiança na força e no caráter de Deus. 4
  • 5. CONTEXTO HISTÓRICO Miquéias exerceu o seu ministério por uns 30 anos, tendo visto cumprir-se ao menos uma de suas profecias: a da queda do Reino do Norte, em 722 a.C. (Leia 1.6,7). 5
  • 6. CONTEXTO HISTÓRICO Insegurança em Judá por causa de Israel. Ezequias foi um rei temente ao Senhor, mas, o povo não se voltou totalmente; Acaz foi um rei ímpio; Jotão não removeu a idolatria de Judá; Judá seguia os maus exemplos de Israel 6
  • 7. VERSÍCULO CHAVE "Ele te declarou, ó homem, o que é bom e, que é o que o SENHOR pede de ti, senão que pratiques a justiça e ames a misericórdia e, andes humildemente com o teu Deus?" (6.8) 7
  • 8. O PROPÓSITO DA PROFECIA Miquéias, que fala da parte do SENHOR tanto aos de Israel quanto aos de Judá, levanta-se para denunciar: Juízes que aceitam suborno; Comerciantes desonestos; Sacerdotes e profetas mercenários (que trabalham sem outro interesse que não a paga); Povo idólatra, enfim, os pecados da sociedade de seu tempo. 8
  • 9. O PROPÓSITO DA PROFECIA Miquéias procura mostrar que há uma relação integral entre: a verdadeira espiritualidade, o culto aceitável, e a ética social. 9
  • 10. PECADOS DENUNCIADOS POR MIQUÉIAS: 1 - idolatria - 1.5,7 2 - extorsão, roubo - 2.2,8 3 - aprovação e aceitação de falsos profetas - 2.11 4 - injustiça social - 3.1 5 - profetas mercenários - 3.5 10
  • 11. PECADOS DENUNCIADOS POR MIQUÉIAS: 6 - perversão do direito - 3.9- 11; 7.3,4 7 - desonestidade - 6.9-11 8 - violência e mentira - 6.12 9 – impiedade 10 - deterioração da família e do exercício da confiabilidade - 7.5,6 11
  • 12. ALGUNS DOS JUÍZOS DE DEUS SOBRE TAIS PECADOS: 1 - destruição da nação, luto, exílio - 1.6-16; 4.9,10 2 - orações não respondidas: o silêncio de Deus - 3.4 3 - vergonha para os profetas: falta-lhes o que dizer - 3.6,7 4 - fome - 6.14 5 - perda dos bens materiais - 6.14 6 - o trabalho não prospera - 6.15 12
  • 13. DIVISÃO DO LIVRO DENÚNCIA - Caps. 1 a 3 CONSOLAÇÃO - Caps. 4 a 7 13
  • 14. 1. DENÚNCIA - CAPS. 1 a 3 Cap.1 – Profecia contra Israel e Judá Samaria e Jerusalém – duas capitais ameaçadas pela ira do Senhor – 1.2 A ofensa religiosa de Israel – “o boi dourado” – Prostituição espiritual. Judá contaminou-se com a idolatria de Israel – 1.7 A Cidade dos “cabeça raspada” – luto -1.16 14
  • 15. 1. DENÚNCIA - CAPS. 1 a 3 Caps.2,3 – Profecia contra os opressores A exploração econômica e a violência; Clamor profético de Justiça social entre o povo de Deus – 2.2; Os falsos profetas babujavam as coisas santas – 2.6; 15
  • 16. 2. CONSOLAÇÃO - CAPS. 4 a 7 Caps.4,5 – Profecia de um futuro remoto e acerca do Messias Mensagem predileta dos profetas: O triunfo absoluto do Senhor ao fim da história humana O triunfo do Messias – 4.13 A vila de Belém era o local escolhido e não as capitais orgulhosas – 5.2 16
  • 17. 2. CONSOLAÇÃO - CAPS. 4 a 7 Ele teria coração de pastor para apascentar o povo, traria paz ao coração humano; O reino glorioso do Messias faria uma limpeza radical no mundo: Seriam eliminadas as feitiçarias e os adivinhadores desmoralizados – 5.12 Traria juízo sobre a imoralidade – 5.14,15. 17
  • 18. 2. CONSOLAÇÃO - CAPS. 4 a 7 Cap.6 – O povo de Deus provado: Deus tinha um litígio contra o seu povo 6.1 O povo de Deus estava se corrompendo, veriam os atos de Justiça de Deus – 6.5 O que Ele deseja de seu povo é mudança de atitudes moral e espiritual, e não uma compensação com sacrifícios e rituais- 6.7 18
  • 19. 2. CONSOLAÇÃO - CAPS. 4 a 7 Deus espera ver no homem três atitudes 6.8: 1. Que pratique a Justiça – Obediências às leis de Deus; 2. Que ame a misericórdia – Amor leal para com Deus e o próximo; 3. Que ande humildemente com seu Deus – Exclusão total do orgulho espiritual – mais perto de Deus, mais humilde! 19
  • 20. A MENSAGEM DE MIQUÉIAS “Piedosos injustos” – Balança enganosa do ricos explorando os pobres - 6.10,11; Mentira aceita como “necessária” para bons negócios; Deus não aprova uma ética com duplicidade – 6.16 20
  • 21. A MENSAGEM DE MIQUÉIAS Cap.7 – Deus Ama com Amor Eterno O profeta denuncia uma sociedade sem piedosos, sem homens honestos de bons frutos – 7.2; Nação dirigida por homens injustos, corruptos e gananciosos, afeta até as famílias – 7.6 Miquéias confiava no Senhor e em sua justiça - 7.7-9 O Senhor é rico de perdão para com o coração contrito – 7.18,19 21
  • 22. CONCLUSÕES PRÁTICAS Deus espera de nós uma vida reta e santa, cheia de sua graça e de suas bênçãos, mas, os nossos pecados nos separam de Deus que com misericórdia nos chama de volta. Recebemos o seu perdão, mas, o pecado nunca compensa por causa das suas cicatrizes que deixa em nós. Assim como Miquéias nossa esperança deve estar firme em Deus e na sua salvação. 22
  • 23. CRISTOLOGIA DO LIVRO Mensagem Messiânica: As denúncias dos diversos pecados cometidos por Seu povo; O anúncio do juízo de Deus como consequência da prática desses pecados; Miquéias intercala preciosíssimas mensagens de esperança, perdão e restauração, todas elas intimamente ligadas à vinda do Messias. 23
  • 24. CRISTOLOGIA DO LIVRO E acrescenta que Suas origens são "desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade". Esse Rei viria para ajuntar o restante de Israel no aprisco (2.12,13). A mais conhecida de todas é a do cap. 5:2, onde ele anuncia a cidade onde o Rei deveria nascer: "E tu, Belém Efrata, pequena demais para figurar como grupo de milhares de Judá, de ti me sairá o que há de reinar em Israel...". 24
  • 25. CRISTOLOGIA DO LIVRO Porém, não somente isso: para Ele afluiriam os povos, "para que nos ensine os seus caminhos, e andemos pelas suas veredas" (4.1-8). Ele viria para apascentar o povo na força do SENHOR, sendo Ele mesmo "a nossa paz" (5.4,5). Ele pisaria aos pés as nossas iniquidades, por ter prazer na misericórdia (7.18,19) Todavia, isso não aconteceria sem que um fato profundamente triste - horripilante, mesmo - ocorresse: "ferirão com a vara a face ao juiz de Israel" (5.1). O sofrimento da cruz! 25
  • 26. FONTES DE PESQUISA  Bíblia Sagrada  Igreja Presbiteriana de Dourados Célia Regina Carvalho Juazeiro – BA, Dezembro 2015. 26