SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
Principais regiões industriais do Brasil
Sudeste – polo industrial (maior região industrial do Brasil) SP – conurbação de 39 municípios – ABCD; Via Dutra – destaque em escoamento de produção e tecnopolos – São José dos Campos, Taubaté, Aparecida (Embraer, INPE, Philips, Monsanto e Panasonic); Via Anchieta e Imigrantes – escoamento de produção interligando grandes centros industriais (SP, Cubatão, Santos);
Eixo Anhanguera/Bandeirantes/Washington Luís – interligação de SP, Campinas, Jundiaí; Eixo Castelo Branco/Raposo Tavares – SP e Sorocaba;
RJ – 2ª maior em movimentação de capital financeiro da região sudeste Conurbação de 92 municípios, gerando 8 regiões econômicas
Costa Verde: Ilha Grande – Parati e Angra dos Reis – turismo; Médio Paraíba: Siderúrgicas (CSN Volta Redonda), automobilística (Volkswagen – Resende, Citroen-Peugeot em Porto Real); Metropolitana: Leste de B. Guanabara – Niterói e Duque de Caxias – petrolífera e Oeste – reestruturação do Porto de Itaguá e setor siderúrgico;
Norte Fluminense: Unidades e centros de pesquisas (UFF), Bacia de Campos e exploração petrolífera (Macaé – logística);
MG – 3ª maior em movimentação de capital financeiro da região sudeste Extração mineral (Quadrilátero Ferrífero); Setor automobilístico (Fiat – italiana em Betim, Mercedes-Benz - alemã em Juiz de Fora e Iveco – italiana - em Sete Lagoas); Setor cafeeiro; Biotecnologia – humana e animal;
Periferias industriais Investimentos políticos e criações de Superintendências(SUDENE; SUFRAMA; SUDECO; SUDESUL; SUDAM); Extinção das Superintendências na década de 1990 (exceção da SUDENE); Extinção da SUDENE EM 2001 – corrupção e desvio de verbas; Recriação da SUDENE E SUDECO EM 2006;
Região Sul – 2ª mais industrializada do Brasil PR – destaque para o Porto de Paranaguá e exportação de produtos têxteis, calçadista e celulose; SC – carnes, têxteis e calçadista; RS – vinhos, automobilístico e petroquímico;
NE – 3ª região mais industrializada do Brasil Incentivos relacionados à SUDENE; BA – Polo Industrial de Camaçari – 1º Complexo Petroquímico da América Latina;    Aratu – têxteis, calçadista e químico; PE – Porto de Suape – mantendo contato com os principais portos mundiais e localização estratégica com o Golfo do México, África e Europa;
CE – destaque para o setor calçadista, couro e móveis; CO – industrialização modesta Destaque nas áreas farmacêuticas, mineração e agropecuária; Marcha para o Oeste – construção de Brasília – candangos;
Norte – Zona Franca de Manaus Incentivos políticos – SUFRAMA E SUDAM; Zona Franca de Manaus – eletroeletrônicos, informática, químico; Mineração (PA e produção de energia – Tucuruí)
Atividades (caderno) 1 -  A região sudeste do nosso país abriga os maiores centros industriais, responsáveis por alavancarem a nossa economia. 	Trace o perfil industrial de São Paulo, partindo do êxodo rural à migração nordestina da década de 1980. 2 – (FUVEST –SP) Apresente duas diferenças básicas entre a industrialização atual no Brasil e aquela ocorrida até a 2ª Guerra Mundial.
3 - (UFRJ) Que vantagens os estados da região Nordeste do Brasil oferecem para atração de novas indústrias? EXPLIQUE. 4 – Qual a influência da construção da nova capital federal no avanço industrial da região Centro-Oeste? 5 – Defina a importância da criação de superintendências regionais, como a SUFRAMA e SUDENE, no desenvolvimento econômico e industrial do país.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASILO PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASILAnderson Silva
 
As cidades e a urbanização
As cidades e a urbanizaçãoAs cidades e a urbanização
As cidades e a urbanizaçãoMarco Santos
 
7º ano unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano unidade 6 - Nordeste do BrasilChristie Freitas
 
Conceitos demográficos
Conceitos demográficosConceitos demográficos
Conceitos demográficosProfessor
 
Apresentação sobre a transição demográfica
Apresentação sobre a transição demográficaApresentação sobre a transição demográfica
Apresentação sobre a transição demográficaZeca B.
 
Urbanizacao
UrbanizacaoUrbanizacao
UrbanizacaoAlmir
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraArtur Lara
 
Cartografia interpretando mapas
Cartografia interpretando mapasCartografia interpretando mapas
Cartografia interpretando mapasPessoal
 
América latina 8º ano
América latina 8º anoAmérica latina 8º ano
América latina 8º anoLuciana Souza
 
População europeia
População europeiaPopulação europeia
População europeiaAndré Aleixo
 

Mais procurados (20)

O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASILO PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
 
As cidades e a urbanização
As cidades e a urbanizaçãoAs cidades e a urbanização
As cidades e a urbanização
 
9º Ano - Módulo 03 - Globalização e Desigualdade
9º Ano - Módulo 03  - Globalização e Desigualdade9º Ano - Módulo 03  - Globalização e Desigualdade
9º Ano - Módulo 03 - Globalização e Desigualdade
 
7º ano unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano unidade 6 - Nordeste do Brasil
 
Geografia Urbana
Geografia UrbanaGeografia Urbana
Geografia Urbana
 
ALGUNS INDICADORES SOCIAIS
ALGUNS INDICADORES SOCIAISALGUNS INDICADORES SOCIAIS
ALGUNS INDICADORES SOCIAIS
 
Conceitos demográficos
Conceitos demográficosConceitos demográficos
Conceitos demográficos
 
Teorias demográficas
Teorias demográficasTeorias demográficas
Teorias demográficas
 
Desigualdade Racial
Desigualdade RacialDesigualdade Racial
Desigualdade Racial
 
Apresentação sobre a transição demográfica
Apresentação sobre a transição demográficaApresentação sobre a transição demográfica
Apresentação sobre a transição demográfica
 
Urbanizacao
UrbanizacaoUrbanizacao
Urbanizacao
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e Brasileira
 
Cartografia interpretando mapas
Cartografia interpretando mapasCartografia interpretando mapas
Cartografia interpretando mapas
 
América latina 8º ano
América latina 8º anoAmérica latina 8º ano
América latina 8º ano
 
Modulo 11 - América Latina: aspectos humanos
Modulo 11  - América Latina: aspectos humanosModulo 11  - América Latina: aspectos humanos
Modulo 11 - América Latina: aspectos humanos
 
Continente americano
Continente americanoContinente americano
Continente americano
 
População europeia
População europeiaPopulação europeia
População europeia
 
Geopolítica dos EUA
Geopolítica dos EUAGeopolítica dos EUA
Geopolítica dos EUA
 
Os fluxos, redes, cidades globais e megacidades no espaço geografico
Os fluxos, redes, cidades globais e megacidades no espaço geograficoOs fluxos, redes, cidades globais e megacidades no espaço geografico
Os fluxos, redes, cidades globais e megacidades no espaço geografico
 

Semelhante a Principais regiões industriais no Brasil

Os grandes centros industriais do brasil/ Dicas para o Enem!
Os grandes centros industriais do brasil/ Dicas para o Enem!Os grandes centros industriais do brasil/ Dicas para o Enem!
Os grandes centros industriais do brasil/ Dicas para o Enem!Joemille Leal
 
Cap.10 - O centro sul
Cap.10 - O centro sulCap.10 - O centro sul
Cap.10 - O centro sulAcácio Netto
 
Projeto Centro-Oeste Competitivo
Projeto Centro-Oeste CompetitivoProjeto Centro-Oeste Competitivo
Projeto Centro-Oeste CompetitivoPortal Canal Rural
 
Geo 7º ano m 2ª prova a 3ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 2ª prova a 3ª etapa 2014.doc gabaritoGeo 7º ano m 2ª prova a 3ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 2ª prova a 3ª etapa 2014.doc gabaritoCBM
 
Regiões brasileiras silmara
Regiões brasileiras silmaraRegiões brasileiras silmara
Regiões brasileiras silmaraSilmara Robles
 
Perspectivas do Desenvolvimento Regional Brasileiro - Marcelo La Rocha Domingues
Perspectivas do Desenvolvimento Regional Brasileiro - Marcelo La Rocha DominguesPerspectivas do Desenvolvimento Regional Brasileiro - Marcelo La Rocha Domingues
Perspectivas do Desenvolvimento Regional Brasileiro - Marcelo La Rocha DominguesFundação de Economia e Estatística
 
Região sudeste slides
Região sudeste slidesRegião sudeste slides
Região sudeste slidesIvone Rosa Sa
 
Panorama econômico catarinense (2)
Panorama econômico catarinense (2)Panorama econômico catarinense (2)
Panorama econômico catarinense (2)Lucas Galvão
 
Geografia sudeste-aspectos gerais
Geografia   sudeste-aspectos geraisGeografia   sudeste-aspectos gerais
Geografia sudeste-aspectos geraisLenivaldo Costa
 
Transportes no brasil
Transportes no brasilTransportes no brasil
Transportes no brasilanaluizapms
 
Planalto Serrano - Políticas Sociais do Governo Lula
Planalto Serrano - Políticas Sociais do Governo LulaPlanalto Serrano - Políticas Sociais do Governo Lula
Planalto Serrano - Políticas Sociais do Governo LulaIdeli Salvatti
 
Projeto Centro-Oeste Competitivo
Projeto Centro-Oeste CompetitivoProjeto Centro-Oeste Competitivo
Projeto Centro-Oeste CompetitivoSistema Famato
 
Centro sul
Centro sulCentro sul
Centro sulmeripb
 
3ano 2bi geografia_pga2
3ano 2bi geografia_pga23ano 2bi geografia_pga2
3ano 2bi geografia_pga2takahico
 

Semelhante a Principais regiões industriais no Brasil (20)

Os grandes centros industriais do brasil/ Dicas para o Enem!
Os grandes centros industriais do brasil/ Dicas para o Enem!Os grandes centros industriais do brasil/ Dicas para o Enem!
Os grandes centros industriais do brasil/ Dicas para o Enem!
 
Cap.10 - O centro sul
Cap.10 - O centro sulCap.10 - O centro sul
Cap.10 - O centro sul
 
Projeto Centro-Oeste Competitivo
Projeto Centro-Oeste CompetitivoProjeto Centro-Oeste Competitivo
Projeto Centro-Oeste Competitivo
 
Geo 7º ano m 2ª prova a 3ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 2ª prova a 3ª etapa 2014.doc gabaritoGeo 7º ano m 2ª prova a 3ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 2ª prova a 3ª etapa 2014.doc gabarito
 
Região sudeste slides1
Região sudeste slides1Região sudeste slides1
Região sudeste slides1
 
Regiões brasileiras silmara
Regiões brasileiras silmaraRegiões brasileiras silmara
Regiões brasileiras silmara
 
Perspectivas do Desenvolvimento Regional Brasileiro - Marcelo La Rocha Domingues
Perspectivas do Desenvolvimento Regional Brasileiro - Marcelo La Rocha DominguesPerspectivas do Desenvolvimento Regional Brasileiro - Marcelo La Rocha Domingues
Perspectivas do Desenvolvimento Regional Brasileiro - Marcelo La Rocha Domingues
 
Região sudeste slides
Região sudeste slidesRegião sudeste slides
Região sudeste slides
 
Sudeste
SudesteSudeste
Sudeste
 
Panorama econômico catarinense (2)
Panorama econômico catarinense (2)Panorama econômico catarinense (2)
Panorama econômico catarinense (2)
 
Geografia sudeste-aspectos gerais
Geografia   sudeste-aspectos geraisGeografia   sudeste-aspectos gerais
Geografia sudeste-aspectos gerais
 
Geografia sudeste
Geografia   sudesteGeografia   sudeste
Geografia sudeste
 
Transportes no brasil
Transportes no brasilTransportes no brasil
Transportes no brasil
 
Planalto Serrano - Políticas Sociais do Governo Lula
Planalto Serrano - Políticas Sociais do Governo LulaPlanalto Serrano - Políticas Sociais do Governo Lula
Planalto Serrano - Políticas Sociais do Governo Lula
 
Projeto Centro-Oeste Competitivo
Projeto Centro-Oeste CompetitivoProjeto Centro-Oeste Competitivo
Projeto Centro-Oeste Competitivo
 
Região Sudeste
Região SudesteRegião Sudeste
Região Sudeste
 
Impacto do pac na st ro 2013
Impacto do pac na st ro 2013Impacto do pac na st ro 2013
Impacto do pac na st ro 2013
 
Regiões brasileiras 2013
Regiões brasileiras 2013Regiões brasileiras 2013
Regiões brasileiras 2013
 
Centro sul
Centro sulCentro sul
Centro sul
 
3ano 2bi geografia_pga2
3ano 2bi geografia_pga23ano 2bi geografia_pga2
3ano 2bi geografia_pga2
 

Mais de 3a2011

Tecidos
TecidosTecidos
Tecidos3a2011
 
Citicercose
CiticercoseCiticercose
Citicercose3a2011
 
Ascaridíase
AscaridíaseAscaridíase
Ascaridíase3a2011
 
Teníase
 Teníase Teníase
Teníase3a2011
 
Festa 3° ano
Festa   3° anoFesta   3° ano
Festa 3° ano3a2011
 
Hormônios vegetais
Hormônios vegetaisHormônios vegetais
Hormônios vegetais3a2011
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose3a2011
 
Esquistossomose
EsquistossomoseEsquistossomose
Esquistossomose3a2011
 
Amarelão
AmarelãoAmarelão
Amarelão3a2011
 
Leishmaniose
Leishmaniose Leishmaniose
Leishmaniose 3a2011
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas3a2011
 
Malária
MaláriaMalária
Malária3a2011
 

Mais de 3a2011 (12)

Tecidos
TecidosTecidos
Tecidos
 
Citicercose
CiticercoseCiticercose
Citicercose
 
Ascaridíase
AscaridíaseAscaridíase
Ascaridíase
 
Teníase
 Teníase Teníase
Teníase
 
Festa 3° ano
Festa   3° anoFesta   3° ano
Festa 3° ano
 
Hormônios vegetais
Hormônios vegetaisHormônios vegetais
Hormônios vegetais
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Esquistossomose
EsquistossomoseEsquistossomose
Esquistossomose
 
Amarelão
AmarelãoAmarelão
Amarelão
 
Leishmaniose
Leishmaniose Leishmaniose
Leishmaniose
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
Malária
MaláriaMalária
Malária
 

Último

Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 

Último (20)

Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 

Principais regiões industriais no Brasil

  • 2. Sudeste – polo industrial (maior região industrial do Brasil) SP – conurbação de 39 municípios – ABCD; Via Dutra – destaque em escoamento de produção e tecnopolos – São José dos Campos, Taubaté, Aparecida (Embraer, INPE, Philips, Monsanto e Panasonic); Via Anchieta e Imigrantes – escoamento de produção interligando grandes centros industriais (SP, Cubatão, Santos);
  • 3. Eixo Anhanguera/Bandeirantes/Washington Luís – interligação de SP, Campinas, Jundiaí; Eixo Castelo Branco/Raposo Tavares – SP e Sorocaba;
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. RJ – 2ª maior em movimentação de capital financeiro da região sudeste Conurbação de 92 municípios, gerando 8 regiões econômicas
  • 10. Costa Verde: Ilha Grande – Parati e Angra dos Reis – turismo; Médio Paraíba: Siderúrgicas (CSN Volta Redonda), automobilística (Volkswagen – Resende, Citroen-Peugeot em Porto Real); Metropolitana: Leste de B. Guanabara – Niterói e Duque de Caxias – petrolífera e Oeste – reestruturação do Porto de Itaguá e setor siderúrgico;
  • 11. Norte Fluminense: Unidades e centros de pesquisas (UFF), Bacia de Campos e exploração petrolífera (Macaé – logística);
  • 12. MG – 3ª maior em movimentação de capital financeiro da região sudeste Extração mineral (Quadrilátero Ferrífero); Setor automobilístico (Fiat – italiana em Betim, Mercedes-Benz - alemã em Juiz de Fora e Iveco – italiana - em Sete Lagoas); Setor cafeeiro; Biotecnologia – humana e animal;
  • 13.
  • 14. Periferias industriais Investimentos políticos e criações de Superintendências(SUDENE; SUFRAMA; SUDECO; SUDESUL; SUDAM); Extinção das Superintendências na década de 1990 (exceção da SUDENE); Extinção da SUDENE EM 2001 – corrupção e desvio de verbas; Recriação da SUDENE E SUDECO EM 2006;
  • 15. Região Sul – 2ª mais industrializada do Brasil PR – destaque para o Porto de Paranaguá e exportação de produtos têxteis, calçadista e celulose; SC – carnes, têxteis e calçadista; RS – vinhos, automobilístico e petroquímico;
  • 16. NE – 3ª região mais industrializada do Brasil Incentivos relacionados à SUDENE; BA – Polo Industrial de Camaçari – 1º Complexo Petroquímico da América Latina; Aratu – têxteis, calçadista e químico; PE – Porto de Suape – mantendo contato com os principais portos mundiais e localização estratégica com o Golfo do México, África e Europa;
  • 17. CE – destaque para o setor calçadista, couro e móveis; CO – industrialização modesta Destaque nas áreas farmacêuticas, mineração e agropecuária; Marcha para o Oeste – construção de Brasília – candangos;
  • 18. Norte – Zona Franca de Manaus Incentivos políticos – SUFRAMA E SUDAM; Zona Franca de Manaus – eletroeletrônicos, informática, químico; Mineração (PA e produção de energia – Tucuruí)
  • 19.
  • 20. Atividades (caderno) 1 - A região sudeste do nosso país abriga os maiores centros industriais, responsáveis por alavancarem a nossa economia. Trace o perfil industrial de São Paulo, partindo do êxodo rural à migração nordestina da década de 1980. 2 – (FUVEST –SP) Apresente duas diferenças básicas entre a industrialização atual no Brasil e aquela ocorrida até a 2ª Guerra Mundial.
  • 21. 3 - (UFRJ) Que vantagens os estados da região Nordeste do Brasil oferecem para atração de novas indústrias? EXPLIQUE. 4 – Qual a influência da construção da nova capital federal no avanço industrial da região Centro-Oeste? 5 – Defina a importância da criação de superintendências regionais, como a SUFRAMA e SUDENE, no desenvolvimento econômico e industrial do país.