SlideShare uma empresa Scribd logo
Poluição dos Recursos Hídricos
A água é um recurso determinante para a vida sobre a terra. Freqüentemente o Brasil é associado a fator clima e ecossistemas favoráveis a biodiversidade, principalmente se afirma erroneamente que o país tem uma reserva de água superior aos demais países, porém é preciso verificar a qualidade desse recurso, pois muitas vezes é contaminado principalmente por produtos agroquímicos.
O lençol freático é muito contaminado por produtos provenientes não só da agricultura como do lixo que não tem sido tratado de forma adequada pelos governantes e a sociedade em geral.
Poluição hídrica   O planeta Terra é composto por 75% de água. Apenas 1% desse total está disponível para o consumo.
 
Principais Causas   As principais causas da contaminação são atribuídas principalmente ao agronegócio e à atividade industrial.  O lançamento de esgotos diretamente nos rios e a exposição de resíduos em lixões.
A mineração, a produção de suco de laranja e de derivados da cana-de-açúcar são “destaques negativos” da poluição hídrica A “euforia” com a produção de biodiesel, também tem agravado a poluição hídrica do país.
A classificação da água poluída A classificação de água poluída depende do seu uso, e do equilíbrio que existe entre o meio aquático e a sua fauna e flora, assim sendo, uma água pode ser imprópria para consumo humano, mas estando em equilíbrio com o seu meio não poder ser classificada como poluída.
As conseqüências sobre o meio ambiente, são inúmeras, e muitas já são irreversíveis. Chuvas ácidas, inundações, redução do potencial hídrico do planeta, poluição dos rios e ar, redução da camada de ozônio que protege o planeta da radiação, aquecimento do clima, degelo, aparecimento de inúmeras doenças ocasionadas pela poluição, são alguns dos graves exemplos das conseqüências e do nível de degradação da natureza que ora o planeta se encontra.
Tipos de resíduos  Os resíduos gerados pelas indústrias, cidades e atividades agrícolas são sólidos ou líquidos, tendo um potencial de poluição muito grande.  Os resíduos gerados pelas cidades, como lixo, entulhos e produtos tóxicos são carreados para os rios com a ajuda das chuvas.
Os resíduos líquidos carregam poluentes orgânicos (que são mais fáceis de ser controlados do que os inorgânicos, quando em pequena quantidade).  Os esgotos domésticos contém materiais orgânicos que nutrem bactérias aeróbias que consomem oxigênio da água podendo matar todo ser vivente nele contido por asfixia.
Resíduos nos estados sólido e semi-sólido, que resultam de atividades da comunidade de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola, de serviços e de varrição. Ficam incluídos nesta definição os lodos provenientes de sistemas de tratamento de água, aqueles gerados em equipamentos e instalações de controle de poluição, bem como determinados líquidos cujas particularidades tornem inviável seu lançamento na rede pública de esgotos ou corpos de água, ou exijam para isso soluções técnica e economicamente inviáveis face à melhor tecnologia disponível.
A manutenção de estoques de água potável para consumo humano (na agricultura, nas casas e na indústria) e para o equilíbrio dos ecossistemas é um desafio crescente para muitas sociedades. A alocação dos recursos hídricos para esses diferentes usos também se tem tornado bastante complexa. Algumas estimativas demonstram que no ano 2025, quando a população mundial provavelmente ter• atingido a cifra de 8 bilhões de pessoas, toda a água acessível no mundo para consumo será necessária para atender às necessidades de produção agrícola, uso doméstico e industrial e para o atendimento das necessidades dos ecossistemas.
A Organização Mundial de Saúde estima que mais de 5 milhões de pessoas morrem por ano por doenças relacionadas ao consumo de água não-potável e à falta de acesso a saneamento básico e condições de higiene adequadas. Esses números incluem 3 milhões de crianças que morrem de doenças diarréicas, transmissíveis pela água.
Embora muitas soluções sejam buscadas em esferas governamentais e em congressos mundiais, no cotidiano todos podem colaborar para que a água doce não falte. A economia e o uso racional da água deve estar presente nas atitudes diárias de cada cidadão. A pessoa consciente deve economizar, pois o desperdício de água doce pode trazer drásticas conseqüências num futuro pouco distante.
Dicas de economia de água : Feche bem as torneiras, regule a descarga do banheiro, tome banhos curtos, não gaste água lavando carro ou calçadas, reutilize a água para diversas atividades, não jogue lixo em rios e lagos, respeite as regiões de mananciais.
E.E.E.F.M. CEL. ALUÍZIO PINHEIRO FERREIRA  Alunos: Anna Virginia Cardoso, Thainá Rudnick, Rafaela Guedes, Jaqueline. 1ª ano “B”  Nº: 2, 26, 29 e 34.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
Tânia Reis
 
Contaminação e poluição da água
Contaminação e poluição da águaContaminação e poluição da água
Contaminação e poluição da água
Luan Furtado
 
Powerpoint 1 Recursos HíDricos
Powerpoint 1   Recursos HíDricosPowerpoint 1   Recursos HíDricos
Powerpoint 1 Recursos HíDricos
Nuno Correia
 
GESTÃO DA ÁGUA
 GESTÃO DA ÁGUA GESTÃO DA ÁGUA
GESTÃO DA ÁGUA
Thepatriciamartins12
 
Sobrexploração e poluição da Água Doce
Sobrexploração e poluição da Água DoceSobrexploração e poluição da Água Doce
Sobrexploração e poluição da Água Doce
19.9D.Pedro0809
 
Poluição das águas
Poluição das águasPoluição das águas
Poluição das águas
EMEFEzequiel
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
Ingrid Bispo
 
Powerpoint 2 GestãO SustentáVel De Recursos HíDricos
Powerpoint 2   GestãO SustentáVel De Recursos HíDricosPowerpoint 2   GestãO SustentáVel De Recursos HíDricos
Powerpoint 2 GestãO SustentáVel De Recursos HíDricos
Nuno Correia
 
Poluição água
Poluição águaPoluição água
Poluição água
cristianeifto
 
Sobrexploração e poluição da água doce
Sobrexploração e poluição da água doceSobrexploração e poluição da água doce
Sobrexploração e poluição da água doce
sofia18
 
Poluição da Água
Poluição da Água Poluição da Água
Poluição da Água
Maria João Silva
 
Gestão dos Recursos Hídricos em Portugal
Gestão dos Recursos Hídricos em PortugalGestão dos Recursos Hídricos em Portugal
Gestão dos Recursos Hídricos em Portugal
Ana Daniela Castro do Nascimento
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
Nilton Goulart
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
Gab's Proença
 
Poluição das águas
Poluição das águasPoluição das águas
Poluição das águas
geografianaserpapinto
 
Slide PoluiçãO
Slide PoluiçãOSlide PoluiçãO
Slide PoluiçãO
Celsofioravantijunior
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
Tomás Cunha
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
JMCDINIS
 
Poluição das Águas - Problemas Ambientais
Poluição das Águas - Problemas AmbientaisPoluição das Águas - Problemas Ambientais
Poluição das Águas - Problemas Ambientais
PanquecasSIAA
 
Poluição da Água
Poluição da ÁguaPoluição da Água
Poluição da Água
Lyssa Martins
 

Mais procurados (20)

Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
 
Contaminação e poluição da água
Contaminação e poluição da águaContaminação e poluição da água
Contaminação e poluição da água
 
Powerpoint 1 Recursos HíDricos
Powerpoint 1   Recursos HíDricosPowerpoint 1   Recursos HíDricos
Powerpoint 1 Recursos HíDricos
 
GESTÃO DA ÁGUA
 GESTÃO DA ÁGUA GESTÃO DA ÁGUA
GESTÃO DA ÁGUA
 
Sobrexploração e poluição da Água Doce
Sobrexploração e poluição da Água DoceSobrexploração e poluição da Água Doce
Sobrexploração e poluição da Água Doce
 
Poluição das águas
Poluição das águasPoluição das águas
Poluição das águas
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
 
Powerpoint 2 GestãO SustentáVel De Recursos HíDricos
Powerpoint 2   GestãO SustentáVel De Recursos HíDricosPowerpoint 2   GestãO SustentáVel De Recursos HíDricos
Powerpoint 2 GestãO SustentáVel De Recursos HíDricos
 
Poluição água
Poluição águaPoluição água
Poluição água
 
Sobrexploração e poluição da água doce
Sobrexploração e poluição da água doceSobrexploração e poluição da água doce
Sobrexploração e poluição da água doce
 
Poluição da Água
Poluição da Água Poluição da Água
Poluição da Água
 
Gestão dos Recursos Hídricos em Portugal
Gestão dos Recursos Hídricos em PortugalGestão dos Recursos Hídricos em Portugal
Gestão dos Recursos Hídricos em Portugal
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
 
Poluição das águas
Poluição das águasPoluição das águas
Poluição das águas
 
Slide PoluiçãO
Slide PoluiçãOSlide PoluiçãO
Slide PoluiçãO
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
 
Poluição das Águas - Problemas Ambientais
Poluição das Águas - Problemas AmbientaisPoluição das Águas - Problemas Ambientais
Poluição das Águas - Problemas Ambientais
 
Poluição da Água
Poluição da ÁguaPoluição da Água
Poluição da Água
 

Destaque

Apresentacao Maria de Fatima Chagas
Apresentacao Maria de Fatima ChagasApresentacao Maria de Fatima Chagas
Apresentacao Maria de Fatima Chagas
CBH Rio das Velhas
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
FonsyPF
 
Recursos Hídricos e Produção Sustentável no Cerrado - Lineu Rodrigues
Recursos Hídricos e Produção Sustentável no Cerrado - Lineu RodriguesRecursos Hídricos e Produção Sustentável no Cerrado - Lineu Rodrigues
Recursos Hídricos e Produção Sustentável no Cerrado - Lineu Rodrigues
ANCP Ribeirão Preto
 
TVJur.com - Aula de Direito Ambiental - Recursos hídricos
TVJur.com - Aula de Direito Ambiental - Recursos hídricosTVJur.com - Aula de Direito Ambiental - Recursos hídricos
TVJur.com - Aula de Direito Ambiental - Recursos hídricos
TVJur.com
 
Lineu rodrigues - Praticas conservacionistas e sua importância para os recurs...
Lineu rodrigues - Praticas conservacionistas e sua importância para os recurs...Lineu rodrigues - Praticas conservacionistas e sua importância para os recurs...
Lineu rodrigues - Praticas conservacionistas e sua importância para os recurs...
Revista Cafeicultura
 
Poluição e degradação de recursos
Poluição e degradação de recursosPoluição e degradação de recursos
Poluição e degradação de recursos
Isabel Lopes
 
Projeto Nascentes Urbanas
Projeto Nascentes Urbanas Projeto Nascentes Urbanas
Projeto Nascentes Urbanas
Deise Mara do Nascimento
 
Poluição do solo e da água3002
Poluição do solo e da água3002Poluição do solo e da água3002
Poluição do solo e da água3002
cristbarb
 
O solo e a agricultura
O solo e a agriculturaO solo e a agricultura
O solo e a agricultura
Fernando Côrtes
 
Manejo e Conservação do Solo
Manejo e Conservação do SoloManejo e Conservação do Solo

Destaque (10)

Apresentacao Maria de Fatima Chagas
Apresentacao Maria de Fatima ChagasApresentacao Maria de Fatima Chagas
Apresentacao Maria de Fatima Chagas
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
 
Recursos Hídricos e Produção Sustentável no Cerrado - Lineu Rodrigues
Recursos Hídricos e Produção Sustentável no Cerrado - Lineu RodriguesRecursos Hídricos e Produção Sustentável no Cerrado - Lineu Rodrigues
Recursos Hídricos e Produção Sustentável no Cerrado - Lineu Rodrigues
 
TVJur.com - Aula de Direito Ambiental - Recursos hídricos
TVJur.com - Aula de Direito Ambiental - Recursos hídricosTVJur.com - Aula de Direito Ambiental - Recursos hídricos
TVJur.com - Aula de Direito Ambiental - Recursos hídricos
 
Lineu rodrigues - Praticas conservacionistas e sua importância para os recurs...
Lineu rodrigues - Praticas conservacionistas e sua importância para os recurs...Lineu rodrigues - Praticas conservacionistas e sua importância para os recurs...
Lineu rodrigues - Praticas conservacionistas e sua importância para os recurs...
 
Poluição e degradação de recursos
Poluição e degradação de recursosPoluição e degradação de recursos
Poluição e degradação de recursos
 
Projeto Nascentes Urbanas
Projeto Nascentes Urbanas Projeto Nascentes Urbanas
Projeto Nascentes Urbanas
 
Poluição do solo e da água3002
Poluição do solo e da água3002Poluição do solo e da água3002
Poluição do solo e da água3002
 
O solo e a agricultura
O solo e a agriculturaO solo e a agricultura
O solo e a agricultura
 
Manejo e Conservação do Solo
Manejo e Conservação do SoloManejo e Conservação do Solo
Manejo e Conservação do Solo
 

Semelhante a PoluiçãO Dos Recursos HíDricos

Saneamento básico
Saneamento básicoSaneamento básico
Saneamento básico
PhoenixSportFitness
 
Aula 1 caracterização quantitativa esgoto
Aula 1   caracterização quantitativa esgotoAula 1   caracterização quantitativa esgoto
Aula 1 caracterização quantitativa esgoto
Giovanna Ortiz
 
Poluição das aguas
Poluição das aguasPoluição das aguas
Poluição das aguas
93938110
 
Texto escolar3anoambientalismomundoglobalizado2013
Texto escolar3anoambientalismomundoglobalizado2013Texto escolar3anoambientalismomundoglobalizado2013
Texto escolar3anoambientalismomundoglobalizado2013
echechurry
 
Água - Usos e Problemas
Água - Usos e ProblemasÁgua - Usos e Problemas
Água - Usos e Problemas
Tânia Regina
 
TRABALHO DE LINGUA PORTUGUESA.docx
TRABALHO DE LINGUA PORTUGUESA.docxTRABALHO DE LINGUA PORTUGUESA.docx
TRABALHO DE LINGUA PORTUGUESA.docx
jessika80
 
áGua e cidadania
áGua e cidadaniaáGua e cidadania
A água do Planeta
A água do PlanetaA água do Planeta
A água do Planeta
Ana Keizy
 
Cuidar do meio ambiente
Cuidar do meio ambienteCuidar do meio ambiente
Cuidar do meio ambiente
Acrópole - História & Educação
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
Nilton Goulart
 
Planeta água (mazza)
Planeta água (mazza)Planeta água (mazza)
Planeta água (mazza)
Romualdo Caetano Barros
 
Meio ambiente ENSL
Meio ambiente ENSLMeio ambiente ENSL
Meio ambiente ENSL
Matheus Cerqueira
 
Água esgotabilidade, responsabilidade e sustentabilidade
Água esgotabilidade, responsabilidade e sustentabilidadeÁgua esgotabilidade, responsabilidade e sustentabilidade
Água esgotabilidade, responsabilidade e sustentabilidade
pedagogicosjdelrei
 
Meioambiente 110606072456-phpapp01
Meioambiente 110606072456-phpapp01Meioambiente 110606072456-phpapp01
Meioambiente 110606072456-phpapp01
Andreia Oliveira
 
Jmab 2012 finalmente
Jmab 2012 finalmenteJmab 2012 finalmente
Jmab 2012 finalmente
Rogerio Catanese
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
Isabela Lopes
 
áGua e saneamento básico 5 ano
áGua e saneamento básico 5 anoáGua e saneamento básico 5 ano
áGua e saneamento básico 5 ano
Luizinha Marçal
 
(Mod._04)_-_Poluicao_da_agua_e_do_solo_-_Residuos_Solidos_e_Lixo_urbano_e_rur...
(Mod._04)_-_Poluicao_da_agua_e_do_solo_-_Residuos_Solidos_e_Lixo_urbano_e_rur...(Mod._04)_-_Poluicao_da_agua_e_do_solo_-_Residuos_Solidos_e_Lixo_urbano_e_rur...
(Mod._04)_-_Poluicao_da_agua_e_do_solo_-_Residuos_Solidos_e_Lixo_urbano_e_rur...
Cliade
 
A Gua e suas utilidades
A Gua e suas utilidadesA Gua e suas utilidades
A Gua e suas utilidades
Cássyo Carvalho
 
Águas Residuais - UNESCO
Águas Residuais - UNESCOÁguas Residuais - UNESCO
Águas Residuais - UNESCO
2016arqmiriam
 

Semelhante a PoluiçãO Dos Recursos HíDricos (20)

Saneamento básico
Saneamento básicoSaneamento básico
Saneamento básico
 
Aula 1 caracterização quantitativa esgoto
Aula 1   caracterização quantitativa esgotoAula 1   caracterização quantitativa esgoto
Aula 1 caracterização quantitativa esgoto
 
Poluição das aguas
Poluição das aguasPoluição das aguas
Poluição das aguas
 
Texto escolar3anoambientalismomundoglobalizado2013
Texto escolar3anoambientalismomundoglobalizado2013Texto escolar3anoambientalismomundoglobalizado2013
Texto escolar3anoambientalismomundoglobalizado2013
 
Água - Usos e Problemas
Água - Usos e ProblemasÁgua - Usos e Problemas
Água - Usos e Problemas
 
TRABALHO DE LINGUA PORTUGUESA.docx
TRABALHO DE LINGUA PORTUGUESA.docxTRABALHO DE LINGUA PORTUGUESA.docx
TRABALHO DE LINGUA PORTUGUESA.docx
 
áGua e cidadania
áGua e cidadaniaáGua e cidadania
áGua e cidadania
 
A água do Planeta
A água do PlanetaA água do Planeta
A água do Planeta
 
Cuidar do meio ambiente
Cuidar do meio ambienteCuidar do meio ambiente
Cuidar do meio ambiente
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
Planeta água (mazza)
Planeta água (mazza)Planeta água (mazza)
Planeta água (mazza)
 
Meio ambiente ENSL
Meio ambiente ENSLMeio ambiente ENSL
Meio ambiente ENSL
 
Água esgotabilidade, responsabilidade e sustentabilidade
Água esgotabilidade, responsabilidade e sustentabilidadeÁgua esgotabilidade, responsabilidade e sustentabilidade
Água esgotabilidade, responsabilidade e sustentabilidade
 
Meioambiente 110606072456-phpapp01
Meioambiente 110606072456-phpapp01Meioambiente 110606072456-phpapp01
Meioambiente 110606072456-phpapp01
 
Jmab 2012 finalmente
Jmab 2012 finalmenteJmab 2012 finalmente
Jmab 2012 finalmente
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
 
áGua e saneamento básico 5 ano
áGua e saneamento básico 5 anoáGua e saneamento básico 5 ano
áGua e saneamento básico 5 ano
 
(Mod._04)_-_Poluicao_da_agua_e_do_solo_-_Residuos_Solidos_e_Lixo_urbano_e_rur...
(Mod._04)_-_Poluicao_da_agua_e_do_solo_-_Residuos_Solidos_e_Lixo_urbano_e_rur...(Mod._04)_-_Poluicao_da_agua_e_do_solo_-_Residuos_Solidos_e_Lixo_urbano_e_rur...
(Mod._04)_-_Poluicao_da_agua_e_do_solo_-_Residuos_Solidos_e_Lixo_urbano_e_rur...
 
A Gua e suas utilidades
A Gua e suas utilidadesA Gua e suas utilidades
A Gua e suas utilidades
 
Águas Residuais - UNESCO
Águas Residuais - UNESCOÁguas Residuais - UNESCO
Águas Residuais - UNESCO
 

Mais de Daniela F Almenara

Trabalho mandalas
Trabalho mandalasTrabalho mandalas
Trabalho mandalas
Daniela F Almenara
 
Aec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bimAec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bim
Daniela F Almenara
 
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º anoAtividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Daniela F Almenara
 
Atividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º anoAtividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º ano
Daniela F Almenara
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
MandalasMandalas
Pg
PgPg
Função horária das posições
Função horária das posiçõesFunção horária das posições
Função horária das posições
Daniela F Almenara
 
Atividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanosAtividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanos
Daniela F Almenara
 
Dilatação térmica
Dilatação térmicaDilatação térmica
Dilatação térmica
Daniela F Almenara
 
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-20166º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
Daniela F Almenara
 
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Daniela F Almenara
 
As formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciaisAs formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciais
Daniela F Almenara
 
2º atv em classe 2º bim 2014
2º atv em classe  2º bim 20142º atv em classe  2º bim 2014
2º atv em classe 2º bim 2014
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º C
Álbum 7º CÁlbum 7º C
Álbum 7º C
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º B
Álbum  7º BÁlbum  7º B
Álbum 7º B
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º A
Álbum 7º  AÁlbum 7º  A
Álbum 7º A
Daniela F Almenara
 
Dilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidos
Daniela F Almenara
 
Atividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º anoAtividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º ano
Daniela F Almenara
 
Aula 1 temperatura
Aula 1   temperaturaAula 1   temperatura
Aula 1 temperatura
Daniela F Almenara
 

Mais de Daniela F Almenara (20)

Trabalho mandalas
Trabalho mandalasTrabalho mandalas
Trabalho mandalas
 
Aec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bimAec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bim
 
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º anoAtividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º ano
 
Atividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º anoAtividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º ano
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
 
Pg
PgPg
Pg
 
Função horária das posições
Função horária das posiçõesFunção horária das posições
Função horária das posições
 
Atividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanosAtividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanos
 
Dilatação térmica
Dilatação térmicaDilatação térmica
Dilatação térmica
 
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-20166º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
 
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano
 
As formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciaisAs formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciais
 
2º atv em classe 2º bim 2014
2º atv em classe  2º bim 20142º atv em classe  2º bim 2014
2º atv em classe 2º bim 2014
 
Álbum 7º C
Álbum 7º CÁlbum 7º C
Álbum 7º C
 
Álbum 7º B
Álbum  7º BÁlbum  7º B
Álbum 7º B
 
Álbum 7º A
Álbum 7º  AÁlbum 7º  A
Álbum 7º A
 
Dilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidos
 
Atividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º anoAtividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º ano
 
Aula 1 temperatura
Aula 1   temperaturaAula 1   temperatura
Aula 1 temperatura
 

Último

Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 

PoluiçãO Dos Recursos HíDricos

  • 2. A água é um recurso determinante para a vida sobre a terra. Freqüentemente o Brasil é associado a fator clima e ecossistemas favoráveis a biodiversidade, principalmente se afirma erroneamente que o país tem uma reserva de água superior aos demais países, porém é preciso verificar a qualidade desse recurso, pois muitas vezes é contaminado principalmente por produtos agroquímicos.
  • 3. O lençol freático é muito contaminado por produtos provenientes não só da agricultura como do lixo que não tem sido tratado de forma adequada pelos governantes e a sociedade em geral.
  • 4. Poluição hídrica O planeta Terra é composto por 75% de água. Apenas 1% desse total está disponível para o consumo.
  • 5.  
  • 6. Principais Causas As principais causas da contaminação são atribuídas principalmente ao agronegócio e à atividade industrial. O lançamento de esgotos diretamente nos rios e a exposição de resíduos em lixões.
  • 7. A mineração, a produção de suco de laranja e de derivados da cana-de-açúcar são “destaques negativos” da poluição hídrica A “euforia” com a produção de biodiesel, também tem agravado a poluição hídrica do país.
  • 8. A classificação da água poluída A classificação de água poluída depende do seu uso, e do equilíbrio que existe entre o meio aquático e a sua fauna e flora, assim sendo, uma água pode ser imprópria para consumo humano, mas estando em equilíbrio com o seu meio não poder ser classificada como poluída.
  • 9. As conseqüências sobre o meio ambiente, são inúmeras, e muitas já são irreversíveis. Chuvas ácidas, inundações, redução do potencial hídrico do planeta, poluição dos rios e ar, redução da camada de ozônio que protege o planeta da radiação, aquecimento do clima, degelo, aparecimento de inúmeras doenças ocasionadas pela poluição, são alguns dos graves exemplos das conseqüências e do nível de degradação da natureza que ora o planeta se encontra.
  • 10. Tipos de resíduos Os resíduos gerados pelas indústrias, cidades e atividades agrícolas são sólidos ou líquidos, tendo um potencial de poluição muito grande. Os resíduos gerados pelas cidades, como lixo, entulhos e produtos tóxicos são carreados para os rios com a ajuda das chuvas.
  • 11. Os resíduos líquidos carregam poluentes orgânicos (que são mais fáceis de ser controlados do que os inorgânicos, quando em pequena quantidade). Os esgotos domésticos contém materiais orgânicos que nutrem bactérias aeróbias que consomem oxigênio da água podendo matar todo ser vivente nele contido por asfixia.
  • 12. Resíduos nos estados sólido e semi-sólido, que resultam de atividades da comunidade de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola, de serviços e de varrição. Ficam incluídos nesta definição os lodos provenientes de sistemas de tratamento de água, aqueles gerados em equipamentos e instalações de controle de poluição, bem como determinados líquidos cujas particularidades tornem inviável seu lançamento na rede pública de esgotos ou corpos de água, ou exijam para isso soluções técnica e economicamente inviáveis face à melhor tecnologia disponível.
  • 13. A manutenção de estoques de água potável para consumo humano (na agricultura, nas casas e na indústria) e para o equilíbrio dos ecossistemas é um desafio crescente para muitas sociedades. A alocação dos recursos hídricos para esses diferentes usos também se tem tornado bastante complexa. Algumas estimativas demonstram que no ano 2025, quando a população mundial provavelmente ter• atingido a cifra de 8 bilhões de pessoas, toda a água acessível no mundo para consumo será necessária para atender às necessidades de produção agrícola, uso doméstico e industrial e para o atendimento das necessidades dos ecossistemas.
  • 14. A Organização Mundial de Saúde estima que mais de 5 milhões de pessoas morrem por ano por doenças relacionadas ao consumo de água não-potável e à falta de acesso a saneamento básico e condições de higiene adequadas. Esses números incluem 3 milhões de crianças que morrem de doenças diarréicas, transmissíveis pela água.
  • 15. Embora muitas soluções sejam buscadas em esferas governamentais e em congressos mundiais, no cotidiano todos podem colaborar para que a água doce não falte. A economia e o uso racional da água deve estar presente nas atitudes diárias de cada cidadão. A pessoa consciente deve economizar, pois o desperdício de água doce pode trazer drásticas conseqüências num futuro pouco distante.
  • 16. Dicas de economia de água : Feche bem as torneiras, regule a descarga do banheiro, tome banhos curtos, não gaste água lavando carro ou calçadas, reutilize a água para diversas atividades, não jogue lixo em rios e lagos, respeite as regiões de mananciais.
  • 17. E.E.E.F.M. CEL. ALUÍZIO PINHEIRO FERREIRA Alunos: Anna Virginia Cardoso, Thainá Rudnick, Rafaela Guedes, Jaqueline. 1ª ano “B” Nº: 2, 26, 29 e 34.