SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
PARECER TÉCNICO
Painel Elétrico – Compressores Aciaria
Parecer Técnico
Caracterização do Problema
Aquecimento detectado pela termografia
conforme relatório encontrado nos links
A detecção do aquecimento se justifica pela
resistência elétrica gerada pela deformação
mecânica produzida no barramento, além da
folga detectada nas garras
Parecer Técnico
Caracterização do Problema
Outras Observações:
Gaveta 2 foi desmontada deixando de atender a redundância das bombas
Gaveta 3 foi desativada devido a restrições elétricas para a ligação dos 4
compressores
Parecer Técnico
Operacionalidade do Equipamento
Painel Elétrico Moller – Compressores da Aciaria. O sistema geral de ar comprimido, em específico, a linha
de ar dos compressores, atende a diversas áreas e processos :
 Projeção de massa nos convertedores e panelas de aço.
 Refrigeração do motor das válvulas K7 das panelas (mecanismo de vazamento das panelas de aço),
enquanto estiverem no berço e nos aquecedores.
 Limpeza dos canais de placas dos carros da área do Lingotamento Convencional.
 Utilizado para acionar marteletes pneumáticos no reparo de fundidos, para manutenção em lingoteiras e
placas de base.
 Linha de ar comprimido de alimentação da chama piloto, referente ao sistema de aquecimento do RH01.
 Pesagem de Gusa: O ar comprimido é utilizado para a limpeza das lentes das câmeras de CFTV
utilizadas pela operação, os operadores acompanham o gusa sendo transferido para a panela e também
o posicionamento do Carro Torpedo.
 No processo do KR, o ar comprimido é utilizado na refrigeração do Impeller, equipamento relacionado
ao processo de tratamento do gusa. Também é utilizado para o acionamento do motor de emergência
do carro do Impeller.
Parecer Técnico
Perfil de Perda /Ações Tomadas / Proposta Técnica
Perfil de perda:
Interrupção no processo de fabricação do aço
Ações já tomadas:
 Substituição de todas as garras de conexão das gavetas com o barramento de saída.
 Substituição de 01 disjuntor avariado.
 Substituições dos barramentos de saída das primeiras 03 gavetas dos compressores
 Reaperto nas conexões das chaves seccionadoras e refeito o isolamento dos cabos elétricos.
 Limpeza interna do painel CCM.
Proposta técnica:
 De acordo com a situação encontrada no painel em questão e mesmo com as ações acima citadas não
terem surtido efeito desejado, torna-se necessário a troca do painel de acordo com proposta:
 A troca está sendo sugerida visto que toda deformação nos barramentos são oriundas da forma de
inserção dos disjuntores. Assim necessitamos da readequação das dobras destes barramentos.
 Ainda temos a necessidade readequação da gaveta número 2, para retornar com a redundância das
bombas.
 Há também a necessidade do repotenciamento do painel, visto que devido a restrições elétricas e
mecânicas não é possível a ligação dos quatro compressores ao mesmo tempo.
Parecer Técnico
Características de funcionamento, projeto e fabricação
O Painel ( Quadro de Distribuição Trifásico – 460 VCA – 60 Hz ) que será designado por “ALIMENTADOR DOS
COMPRESSORES ACIARIA – FABRICAÇÃO E TRATAMENTO DE AÇO”, será ligado a sistema elétrico trifásico, frequência 60
Hz, com tensão nominal de 460V. O escopo de fornecimento desta especificação deverá observar o diagrama unifilar em anexo.
 O Painel para centro de carga deverá satisfazer o DIAGRAMA UNIFILAR em anexo; devendo ser constituídas por seções verticais
modulares e justapostas, grau de proteção IP-54 da ABNT;
 Para possibilitar inspeção visual ou com aparelho de termografia aos barramentos, o Painel deverá possuir tampa traseira com
dobradiças e uma sub-tampa com treliça.
 Todas as portas deverão possuir trincos do tipo cremona, para permitir a abertura sem o uso de chaves ou ferramentas.
 No compartimento do disjuntor de entrada, prever medição de tensão e corrente, bem como sinalização de Ligado, Desligado e
Defeito.
 As manoplas de todos os disjuntores deverão ser acessíveis para manobras e extração por comando manual com o compartimento
fechado.
 Prever também travamento mecânico através de cadeados para bloqueio de energia
 A distribuição interna de energia no Painel deverá ser feita através de um barramento trifásico horizontal, localizado na parte superior
traseira, com conexões estanhadas;
 As seguintes cores deverão ser empregadas cores para identificação dos barramentos, conforme ABNT:
 Os condutores de controle e de força deverão ser de cobre, com isolamento para 750 V, anti-chama, sendo observadas bitolas
mínimas para circuitos de força, controle, medição e aterramento;
 Os condutores deverão ser claramente identificados por anilhas plásticas com gravação em baixo relevo em cada extremidade, com a
numeração do equipamento ou borne onde são ligados;
 A PROPONENTE/CONTRATADA deverá atender plenamente a todos os requisitos da NR10 e submeter todos o projeto a aprovação.
Parecer Técnico
Especificações características disjuntores e controles
A especificação das características do disjuntor foi comentada e aprovada,
onde foi possível de estendê-las às futuras aquisições dos retrofit’s dos
disjuntores de 800 A. Especificação de disjuntores de 800 A, sendo:
Os disjuntores abertos da gama Masterpact NT asseguram a proteção dos
circuitos e das cargas:
 4 tipos de disparadores eletrônicos, com valores RMS, disponíveis como
padrão
 ajustagem do longo retardo de 0,4 a 1 ln, por comutadora ou teclado, no
local ou remoto
 capacidade nominal de interrupção de 42, 50 KA
 acionamento motorizado
 bobina de mínima tensão (MN e MNR)
 bobina de desligamento (MX)
 bobina de fechamento (XF)
 contatos auxiliares (OF, SD, SDE, PF, etc.)
 botão de comando para fechamento elétrico (BPFE)
 bloqueios por cadeados e fechaduras.
A unidade de controle será um
micrologic 6.0 A, sendo:
Proteção:
Longo Retardo
Curto Retardo
Instantâneo
Terra
I1, I2, I3, IN, Iterra, Idiferencial e
valores máximos destas medições
sinalização dos defeitos
valores dos ajustes em ampères e
segundos.
Imune a perturbações
eletromagnéticas.
Parecer Técnico
Diagrama Unifilar Proposto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Memorial de calculo de carga instalada e demanda
Memorial de calculo de carga instalada e demandaMemorial de calculo de carga instalada e demanda
Memorial de calculo de carga instalada e demanda
Paulo H Bueno
 
CERCAS ELECTRICAS, PORQUE INSTALAR 5 LINEAS SI SE PUEDEN 8
CERCAS ELECTRICAS, PORQUE INSTALAR 5 LINEAS SI SE PUEDEN 8CERCAS ELECTRICAS, PORQUE INSTALAR 5 LINEAS SI SE PUEDEN 8
CERCAS ELECTRICAS, PORQUE INSTALAR 5 LINEAS SI SE PUEDEN 8
cercoelectrico
 
Modelo laudo tec spda_exemplo
Modelo laudo tec spda_exemploModelo laudo tec spda_exemplo
Modelo laudo tec spda_exemplo
Paulo H Bueno
 
6.05 _dimensionamento
6.05  _dimensionamento6.05  _dimensionamento
6.05 _dimensionamento
Wilson Heck
 
Nbr 14039 instalacoes eletricas de alta tensao (de 1,0 kv a 36,2 kv)
Nbr 14039   instalacoes eletricas de alta tensao (de 1,0 kv a 36,2 kv)Nbr 14039   instalacoes eletricas de alta tensao (de 1,0 kv a 36,2 kv)
Nbr 14039 instalacoes eletricas de alta tensao (de 1,0 kv a 36,2 kv)
mjmcreatore
 
Manual De Aterramento TemporáRio
Manual De Aterramento TemporáRioManual De Aterramento TemporáRio
Manual De Aterramento TemporáRio
Santos de Castro
 
Substation Structure Catalog Pdf
Substation Structure Catalog PdfSubstation Structure Catalog Pdf
Substation Structure Catalog Pdf
jrodg97
 
Modelo+laudo+vistoria spda
Modelo+laudo+vistoria spdaModelo+laudo+vistoria spda
Modelo+laudo+vistoria spda
Paulo H Bueno
 
Apostila manutencao de subestacao
Apostila manutencao de subestacaoApostila manutencao de subestacao
Apostila manutencao de subestacao
Keila Guedes
 

Mais procurados (20)

Memorial de calculo de carga instalada e demanda
Memorial de calculo de carga instalada e demandaMemorial de calculo de carga instalada e demanda
Memorial de calculo de carga instalada e demanda
 
CERCAS ELECTRICAS, PORQUE INSTALAR 5 LINEAS SI SE PUEDEN 8
CERCAS ELECTRICAS, PORQUE INSTALAR 5 LINEAS SI SE PUEDEN 8CERCAS ELECTRICAS, PORQUE INSTALAR 5 LINEAS SI SE PUEDEN 8
CERCAS ELECTRICAS, PORQUE INSTALAR 5 LINEAS SI SE PUEDEN 8
 
memorial-de-calculo-spda-5419
memorial-de-calculo-spda-5419memorial-de-calculo-spda-5419
memorial-de-calculo-spda-5419
 
Modelo laudo tec spda_exemplo
Modelo laudo tec spda_exemploModelo laudo tec spda_exemplo
Modelo laudo tec spda_exemplo
 
Eletricidade Automotiva
Eletricidade AutomotivaEletricidade Automotiva
Eletricidade Automotiva
 
6.05 _dimensionamento
6.05  _dimensionamento6.05  _dimensionamento
6.05 _dimensionamento
 
Nbr iec 60439 03
Nbr iec 60439 03Nbr iec 60439 03
Nbr iec 60439 03
 
Nbr 14039 instalacoes eletricas de alta tensao (de 1,0 kv a 36,2 kv)
Nbr 14039   instalacoes eletricas de alta tensao (de 1,0 kv a 36,2 kv)Nbr 14039   instalacoes eletricas de alta tensao (de 1,0 kv a 36,2 kv)
Nbr 14039 instalacoes eletricas de alta tensao (de 1,0 kv a 36,2 kv)
 
Manual terrômetro minipa mtr-1520 d
Manual   terrômetro minipa mtr-1520 dManual   terrômetro minipa mtr-1520 d
Manual terrômetro minipa mtr-1520 d
 
Atestado de para raios 2013
Atestado de para raios 2013Atestado de para raios 2013
Atestado de para raios 2013
 
Manual De Aterramento TemporáRio
Manual De Aterramento TemporáRioManual De Aterramento TemporáRio
Manual De Aterramento TemporáRio
 
Substation Structure Catalog Pdf
Substation Structure Catalog PdfSubstation Structure Catalog Pdf
Substation Structure Catalog Pdf
 
Ntc 906600 2011 - fornecimento provisório (ligação temporária);
Ntc 906600 2011 - fornecimento provisório (ligação temporária);Ntc 906600 2011 - fornecimento provisório (ligação temporária);
Ntc 906600 2011 - fornecimento provisório (ligação temporária);
 
Condutores da prysmiam guia dimensionamento baixa_tensao
Condutores da prysmiam guia dimensionamento baixa_tensaoCondutores da prysmiam guia dimensionamento baixa_tensao
Condutores da prysmiam guia dimensionamento baixa_tensao
 
Dimensionamento de condutores elétricos em bt
Dimensionamento de condutores elétricos em btDimensionamento de condutores elétricos em bt
Dimensionamento de condutores elétricos em bt
 
Apostila procedimentos para testes e ensaios de motores elétricos franklin
Apostila procedimentos para testes e ensaios de motores elétricos franklinApostila procedimentos para testes e ensaios de motores elétricos franklin
Apostila procedimentos para testes e ensaios de motores elétricos franklin
 
Modelo+laudo+vistoria spda
Modelo+laudo+vistoria spdaModelo+laudo+vistoria spda
Modelo+laudo+vistoria spda
 
Guia de proteção de redes elétricas schneider
Guia de proteção de redes elétricas   schneiderGuia de proteção de redes elétricas   schneider
Guia de proteção de redes elétricas schneider
 
Norma EDP-Escelsa Instalações Individuais
Norma EDP-Escelsa Instalações IndividuaisNorma EDP-Escelsa Instalações Individuais
Norma EDP-Escelsa Instalações Individuais
 
Apostila manutencao de subestacao
Apostila manutencao de subestacaoApostila manutencao de subestacao
Apostila manutencao de subestacao
 

Semelhante a Parecer técnico - Retrofit (Quadro de Distribuição de Força de 460 VCA)

Dimens fusivel + coordenação
Dimens fusivel + coordenaçãoDimens fusivel + coordenação
Dimens fusivel + coordenação
Gustavo Franco
 
06 componentes eletricos do refrigerador (manual tecumseh)
06 componentes eletricos do refrigerador (manual tecumseh)06 componentes eletricos do refrigerador (manual tecumseh)
06 componentes eletricos do refrigerador (manual tecumseh)
andydurdem
 
C:\documents and settings\ricardo\meus documentos\gr savage\assunto técnico\a...
C:\documents and settings\ricardo\meus documentos\gr savage\assunto técnico\a...C:\documents and settings\ricardo\meus documentos\gr savage\assunto técnico\a...
C:\documents and settings\ricardo\meus documentos\gr savage\assunto técnico\a...
RICARDO FRANCISCO FREITAS
 

Semelhante a Parecer técnico - Retrofit (Quadro de Distribuição de Força de 460 VCA) (20)

Manual do proprietario edificio garagem gru
Manual do proprietario edificio garagem gruManual do proprietario edificio garagem gru
Manual do proprietario edificio garagem gru
 
ESPECIF TECNICA TRANSFORMADOR POTENCIA TRI ISOL A SECO 15 Kv.pdf
ESPECIF TECNICA TRANSFORMADOR POTENCIA TRI ISOL A SECO 15 Kv.pdfESPECIF TECNICA TRANSFORMADOR POTENCIA TRI ISOL A SECO 15 Kv.pdf
ESPECIF TECNICA TRANSFORMADOR POTENCIA TRI ISOL A SECO 15 Kv.pdf
 
Dimensionamento de Sistemas elétricos.pdf
Dimensionamento de Sistemas elétricos.pdfDimensionamento de Sistemas elétricos.pdf
Dimensionamento de Sistemas elétricos.pdf
 
Manual realtherm
Manual realthermManual realtherm
Manual realtherm
 
Montagem de painel procedimentos de qualidade
Montagem de painel procedimentos de qualidadeMontagem de painel procedimentos de qualidade
Montagem de painel procedimentos de qualidade
 
ATS48 - Manual - BR-1.pdf
ATS48 - Manual - BR-1.pdfATS48 - Manual - BR-1.pdf
ATS48 - Manual - BR-1.pdf
 
ATS48 - Manual - BR.pdf
ATS48 - Manual - BR.pdfATS48 - Manual - BR.pdf
ATS48 - Manual - BR.pdf
 
Dimens fusivel + coordenação
Dimens fusivel + coordenaçãoDimens fusivel + coordenação
Dimens fusivel + coordenação
 
Catalogo serie g eaton nema
Catalogo serie g eaton nemaCatalogo serie g eaton nema
Catalogo serie g eaton nema
 
06 componentes eletricos do refrigerador (manual tecumseh)
06 componentes eletricos do refrigerador (manual tecumseh)06 componentes eletricos do refrigerador (manual tecumseh)
06 componentes eletricos do refrigerador (manual tecumseh)
 
1323531540 componentes-eletricos-do-refrigerador
1323531540 componentes-eletricos-do-refrigerador1323531540 componentes-eletricos-do-refrigerador
1323531540 componentes-eletricos-do-refrigerador
 
catalogo-seccionadoras.pdf
catalogo-seccionadoras.pdfcatalogo-seccionadoras.pdf
catalogo-seccionadoras.pdf
 
Guia essencial tesys
Guia essencial tesysGuia essencial tesys
Guia essencial tesys
 
C:\documents and settings\ricardo\meus documentos\gr savage\assunto técnico\a...
C:\documents and settings\ricardo\meus documentos\gr savage\assunto técnico\a...C:\documents and settings\ricardo\meus documentos\gr savage\assunto técnico\a...
C:\documents and settings\ricardo\meus documentos\gr savage\assunto técnico\a...
 
Apresentação pro
Apresentação proApresentação pro
Apresentação pro
 
Apresentação pro
Apresentação proApresentação pro
Apresentação pro
 
Projeto Instalação Elétrica Residencial 1
Projeto Instalação Elétrica Residencial 1Projeto Instalação Elétrica Residencial 1
Projeto Instalação Elétrica Residencial 1
 
Manual do gerador cramaco
Manual do gerador cramacoManual do gerador cramaco
Manual do gerador cramaco
 
seletividade instalações eletricas
seletividade instalações eletricasseletividade instalações eletricas
seletividade instalações eletricas
 
Catalogo geral 2014
Catalogo geral 2014Catalogo geral 2014
Catalogo geral 2014
 

Mais de Alexandre Grossi

Mais de Alexandre Grossi (20)

O algoritmo PageRank do Google
O algoritmo PageRank do GoogleO algoritmo PageRank do Google
O algoritmo PageRank do Google
 
Procedimentos de rotina para recuperação, verificação e substituição de ater...
Procedimentos de rotina para recuperação, verificação e substituição  de ater...Procedimentos de rotina para recuperação, verificação e substituição  de ater...
Procedimentos de rotina para recuperação, verificação e substituição de ater...
 
Análise preditiva em cabos de média tensão
Análise preditiva em cabos de média tensão Análise preditiva em cabos de média tensão
Análise preditiva em cabos de média tensão
 
DTMC - Equipamentos Elétricos / SE - Células Funcionais e de Suporte
DTMC - Equipamentos Elétricos / SE - Células Funcionais e de SuporteDTMC - Equipamentos Elétricos / SE - Células Funcionais e de Suporte
DTMC - Equipamentos Elétricos / SE - Células Funcionais e de Suporte
 
Pinturas Intumescentes em cabos MT
Pinturas Intumescentes em cabos MTPinturas Intumescentes em cabos MT
Pinturas Intumescentes em cabos MT
 
Programação para engenharia - aspectos teóricos e computacionais
Programação para engenharia - aspectos teóricos e computacionaisProgramação para engenharia - aspectos teóricos e computacionais
Programação para engenharia - aspectos teóricos e computacionais
 
Produtividade: uma relação da capacidade produtiva e previsão de demanda
Produtividade: uma relação da capacidade produtiva e previsão de demandaProdutividade: uma relação da capacidade produtiva e previsão de demanda
Produtividade: uma relação da capacidade produtiva e previsão de demanda
 
Disjuntor / Chave Joslyn
Disjuntor / Chave Joslyn Disjuntor / Chave Joslyn
Disjuntor / Chave Joslyn
 
Análise de Falhas em Sistemas modelados
Análise de Falhas em Sistemas modeladosAnálise de Falhas em Sistemas modelados
Análise de Falhas em Sistemas modelados
 
Modelamento de uma FTA
Modelamento de uma FTAModelamento de uma FTA
Modelamento de uma FTA
 
Dimensionamento Ótimo de Reserva Técnica de Transformadores de Subestações
Dimensionamento Ótimo de Reserva Técnica de Transformadores de SubestaçõesDimensionamento Ótimo de Reserva Técnica de Transformadores de Subestações
Dimensionamento Ótimo de Reserva Técnica de Transformadores de Subestações
 
Simulated Annealing- Uma Análise
Simulated Annealing- Uma AnáliseSimulated Annealing- Uma Análise
Simulated Annealing- Uma Análise
 
Nr10/SEP - Segurança em instalações e serviços com eletricidade
Nr10/SEP - Segurança em instalações e serviços com eletricidadeNr10/SEP - Segurança em instalações e serviços com eletricidade
Nr10/SEP - Segurança em instalações e serviços com eletricidade
 
Relatório técnico Iluminação Oficina Central
Relatório técnico   Iluminação Oficina Central Relatório técnico   Iluminação Oficina Central
Relatório técnico Iluminação Oficina Central
 
MEDIÇÃO DE ISOLAÇÃO DE MOTORES NO CAMPO
MEDIÇÃO DE ISOLAÇÃO DE MOTORES NO CAMPOMEDIÇÃO DE ISOLAÇÃO DE MOTORES NO CAMPO
MEDIÇÃO DE ISOLAÇÃO DE MOTORES NO CAMPO
 
Proficiência Engenheiro Eletricista - Alexandre Grossi
Proficiência Engenheiro Eletricista - Alexandre GrossiProficiência Engenheiro Eletricista - Alexandre Grossi
Proficiência Engenheiro Eletricista - Alexandre Grossi
 
Técnicas de Inspeção e Procedimentos para Testes - Cabos Elétricos
 Técnicas de Inspeção e Procedimentos para Testes - Cabos Elétricos Técnicas de Inspeção e Procedimentos para Testes - Cabos Elétricos
Técnicas de Inspeção e Procedimentos para Testes - Cabos Elétricos
 
Relatorio inspeçao e testes disjuntores mdvp4 siemens
Relatorio inspeçao e testes disjuntores mdvp4 siemensRelatorio inspeçao e testes disjuntores mdvp4 siemens
Relatorio inspeçao e testes disjuntores mdvp4 siemens
 
Diagnóstico de Falhas em Cabos MT - Parecer Técnico
Diagnóstico de Falhas em Cabos MT - Parecer TécnicoDiagnóstico de Falhas em Cabos MT - Parecer Técnico
Diagnóstico de Falhas em Cabos MT - Parecer Técnico
 
Utilização do SAP/R3 no planejamento de Planos de Manutenção
Utilização do SAP/R3 no planejamento de Planos de ManutençãoUtilização do SAP/R3 no planejamento de Planos de Manutenção
Utilização do SAP/R3 no planejamento de Planos de Manutenção
 

Último

SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
avaseg
 
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolinapgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
mikhaelbaptista
 

Último (8)

ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsxST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
 
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiroapostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdfNormas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
 
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
 
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
 
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolinapgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
 
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdfPlanejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
 

Parecer técnico - Retrofit (Quadro de Distribuição de Força de 460 VCA)

  • 1. PARECER TÉCNICO Painel Elétrico – Compressores Aciaria
  • 2. Parecer Técnico Caracterização do Problema Aquecimento detectado pela termografia conforme relatório encontrado nos links A detecção do aquecimento se justifica pela resistência elétrica gerada pela deformação mecânica produzida no barramento, além da folga detectada nas garras
  • 3. Parecer Técnico Caracterização do Problema Outras Observações: Gaveta 2 foi desmontada deixando de atender a redundância das bombas Gaveta 3 foi desativada devido a restrições elétricas para a ligação dos 4 compressores
  • 4. Parecer Técnico Operacionalidade do Equipamento Painel Elétrico Moller – Compressores da Aciaria. O sistema geral de ar comprimido, em específico, a linha de ar dos compressores, atende a diversas áreas e processos :  Projeção de massa nos convertedores e panelas de aço.  Refrigeração do motor das válvulas K7 das panelas (mecanismo de vazamento das panelas de aço), enquanto estiverem no berço e nos aquecedores.  Limpeza dos canais de placas dos carros da área do Lingotamento Convencional.  Utilizado para acionar marteletes pneumáticos no reparo de fundidos, para manutenção em lingoteiras e placas de base.  Linha de ar comprimido de alimentação da chama piloto, referente ao sistema de aquecimento do RH01.  Pesagem de Gusa: O ar comprimido é utilizado para a limpeza das lentes das câmeras de CFTV utilizadas pela operação, os operadores acompanham o gusa sendo transferido para a panela e também o posicionamento do Carro Torpedo.  No processo do KR, o ar comprimido é utilizado na refrigeração do Impeller, equipamento relacionado ao processo de tratamento do gusa. Também é utilizado para o acionamento do motor de emergência do carro do Impeller.
  • 5. Parecer Técnico Perfil de Perda /Ações Tomadas / Proposta Técnica Perfil de perda: Interrupção no processo de fabricação do aço Ações já tomadas:  Substituição de todas as garras de conexão das gavetas com o barramento de saída.  Substituição de 01 disjuntor avariado.  Substituições dos barramentos de saída das primeiras 03 gavetas dos compressores  Reaperto nas conexões das chaves seccionadoras e refeito o isolamento dos cabos elétricos.  Limpeza interna do painel CCM. Proposta técnica:  De acordo com a situação encontrada no painel em questão e mesmo com as ações acima citadas não terem surtido efeito desejado, torna-se necessário a troca do painel de acordo com proposta:  A troca está sendo sugerida visto que toda deformação nos barramentos são oriundas da forma de inserção dos disjuntores. Assim necessitamos da readequação das dobras destes barramentos.  Ainda temos a necessidade readequação da gaveta número 2, para retornar com a redundância das bombas.  Há também a necessidade do repotenciamento do painel, visto que devido a restrições elétricas e mecânicas não é possível a ligação dos quatro compressores ao mesmo tempo.
  • 6. Parecer Técnico Características de funcionamento, projeto e fabricação O Painel ( Quadro de Distribuição Trifásico – 460 VCA – 60 Hz ) que será designado por “ALIMENTADOR DOS COMPRESSORES ACIARIA – FABRICAÇÃO E TRATAMENTO DE AÇO”, será ligado a sistema elétrico trifásico, frequência 60 Hz, com tensão nominal de 460V. O escopo de fornecimento desta especificação deverá observar o diagrama unifilar em anexo.  O Painel para centro de carga deverá satisfazer o DIAGRAMA UNIFILAR em anexo; devendo ser constituídas por seções verticais modulares e justapostas, grau de proteção IP-54 da ABNT;  Para possibilitar inspeção visual ou com aparelho de termografia aos barramentos, o Painel deverá possuir tampa traseira com dobradiças e uma sub-tampa com treliça.  Todas as portas deverão possuir trincos do tipo cremona, para permitir a abertura sem o uso de chaves ou ferramentas.  No compartimento do disjuntor de entrada, prever medição de tensão e corrente, bem como sinalização de Ligado, Desligado e Defeito.  As manoplas de todos os disjuntores deverão ser acessíveis para manobras e extração por comando manual com o compartimento fechado.  Prever também travamento mecânico através de cadeados para bloqueio de energia  A distribuição interna de energia no Painel deverá ser feita através de um barramento trifásico horizontal, localizado na parte superior traseira, com conexões estanhadas;  As seguintes cores deverão ser empregadas cores para identificação dos barramentos, conforme ABNT:  Os condutores de controle e de força deverão ser de cobre, com isolamento para 750 V, anti-chama, sendo observadas bitolas mínimas para circuitos de força, controle, medição e aterramento;  Os condutores deverão ser claramente identificados por anilhas plásticas com gravação em baixo relevo em cada extremidade, com a numeração do equipamento ou borne onde são ligados;  A PROPONENTE/CONTRATADA deverá atender plenamente a todos os requisitos da NR10 e submeter todos o projeto a aprovação.
  • 7. Parecer Técnico Especificações características disjuntores e controles A especificação das características do disjuntor foi comentada e aprovada, onde foi possível de estendê-las às futuras aquisições dos retrofit’s dos disjuntores de 800 A. Especificação de disjuntores de 800 A, sendo: Os disjuntores abertos da gama Masterpact NT asseguram a proteção dos circuitos e das cargas:  4 tipos de disparadores eletrônicos, com valores RMS, disponíveis como padrão  ajustagem do longo retardo de 0,4 a 1 ln, por comutadora ou teclado, no local ou remoto  capacidade nominal de interrupção de 42, 50 KA  acionamento motorizado  bobina de mínima tensão (MN e MNR)  bobina de desligamento (MX)  bobina de fechamento (XF)  contatos auxiliares (OF, SD, SDE, PF, etc.)  botão de comando para fechamento elétrico (BPFE)  bloqueios por cadeados e fechaduras. A unidade de controle será um micrologic 6.0 A, sendo: Proteção: Longo Retardo Curto Retardo Instantâneo Terra I1, I2, I3, IN, Iterra, Idiferencial e valores máximos destas medições sinalização dos defeitos valores dos ajustes em ampères e segundos. Imune a perturbações eletromagnéticas.