SlideShare uma empresa Scribd logo
ESE, cap. VI "ESPIRITAS! AMAI-VOS,
ESTE O PRIMEIRO ENSINAMENTO;
INSTRUI-VOS, ESTE O SEGUNDO"
Leandro & Leonardo -1990 “Talismã”
Só você que me ilumina
Meu pequeno talismã...
A palavra “talismã,” derivou-se do verbo grego “teleo” meios,
ou traz no efeito.
Dicionário Houaiss (2009), talismã é objeto a que seu portador
atribui o poder mágico de realizar os seus desejos
amuleto objeto, fórmula escrita ou figura (medalha, figa etc.) que
alguém guarda consigo e a que se atribuem virtudes sobrenaturais de
defesa contra desgraças, doenças, feitiços, malefícios etc.
Povo antigos acreditavam que objetos podiam
protegê-los contra :
Mau Olhado
Doenças
Bruxarias
Inveja
Afastar energias negativas
Todas as fórmulas são enganosas; não há
nenhuma palavra sacramental, nenhum sinal
cabalístico, nenhum talismã que tenha
qualquer ação sobre os Espíritos, porque eles
são atraídos somente pelo pensamento e não
pelas coisas materiais.
LE -553 - Qual pode ser o efeito das fórmulas
e práticas com que algumas pessoas
pretendem dispor da cooperação dos
Espíritos?
LM item 282- 17ª Certos objetos, como
medalhas e talismãs, têm a propriedade de
atrair ou repelir os Espíritos conforme
pretendem alguns?
Esta pergunta era desnecessária, porquanto bem
sabes que a matéria nenhuma ação exerce sobre
os Espíritos. Fica bem certo de que nunca um
bom Espírito aconselhará semelhantes
absurdidades.
A virtude dos talismãs, de qualquer natureza que
sejam, jamais existiu, senão, na imaginação das
pessoas crédulas."
23.492.
“Não creais em qualquer espírito; experimentai se os
espíritos são de Deus, porquanto muitos falsos profetas
se têm levantado no mundo” (I Epístola de João 4, 1)
Há Espíritos que indicam sinais, palavras esquisitas ou
prescrevem alguns atos com a ajuda dos quais fazeis o
que chamais de tramas secretas; mas ficais bem certos:
são Espíritos que zombam e abusam de vossa
credulidade.
Aquele que confia na virtude de um talismã pode atrair um
Espírito, por efeito dessa confiança, pois o que atua é o
pensamento.
Da pureza da intenção e da elevação dos sentimentos
depende, porém, a natureza do Espírito atraído.
• Senhor, terás contigo algum talismã de cuja virtude possamos
desfrutar? Algum objeto mágico que nos possa favorecer?
• Realmente, conheço um talismã de maravilhoso poder.
Usando-lhe os milagrosos recursos, é possível iniciar
a aquisição de todos os dons de Nosso Pai...
• Mestre, onde poderemos adquirir semelhante bênção?
Dize-nos. Precisamos desse acumulador de felicidade.
“Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se
todas elas fossem relatadas uma por uma,
creio eu que nem no mundo inteiro caberiam
os livrosque seriam escritos”. Joao 21:25
• O Cristo, então, acrescentou, bem-humorado:
— Esse bendito talismã, Isabel, é propriedade comum a
todos...
— O tempo é o divino talismã que devemos aproveitar”.
Oferece a descoberta dos tesouros do amor que resplandecem ao redor de nós
Descortina o entendimento, onde desarmonia castiga os corações.
Abre a porta às revelações da arte e da ciência.
Estende possibilidades de luminosa comunhão com as fontes divinas da vida.
Convida à bênção da meditação nas coisas sagradas.
Reata relações de companheiros em discordância.
Descerra passagens de luz aos espíritos que se demoram nas sombras.
Reveste se de mil oportunidades de paz com todos.
Indica vasta rede de trilhos para o trabalho salutar.
Revela mil modos de enriquecer a vida que vivemos.
Facilita o acesso da alma ao pensamento dos grandes mestres.
Dá comunicações com os mananciais celestes da intuição
O tempo é o divino talismã - Aquilo que possui um poder
irresistível ou efeitos maravilhosos.
Nosso Planeta - A Terra subirá na escala da evolução: de mundo de
Expiação e Provas, para mundo de Regeneração.
Emmanuel, no livro A Caminho da Luz, psicografado por Francisco
Cândido Xavier, no ano de 1938: Aproxima-se o momento em que se
efetuará a aferição de todos os valores terrestres para o ressurgimento das
energias criadoras de um mundo novo.
TEMPO DE TRANSIÇÃO
TEMPO DE TRANFORMAÇÃO
EDUCAÇÃO DOS SENTIMENTOS
DA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO
... e que a ausência de autodomínio, a inadvertência no trato com os
semelhantes, aos quais muitas vezes ofendeu sem refletir, conduziam-no
frequentemente à esfera dos seres doentes e inferiores.
O grande instrutor espiritual nunca imaginou que a
cólera fosse um manancial de forças negativas que
enviamos a nós mesmos...
... procedimento mental no planeta que não estava
enquadrado nos princípios de fraternidade e da
temperança.
Os Espíritos são atraídos somente pelo
pensamento; portanto, nenhum talismã,
amuleto, palavra sacramental, sinal cabalístico
ou qualquer tipo formula exterior poderá
exercer qualquer influência sobre eles
a)Os Espíritos de ordem superior
jamais indicam qualquer tipo de
formula exterior; logo, somente os
Espíritos de ordem inferior indicam
tais formulas;
Não exercendo nenhuma influência
sobre os Espíritos, o uso de objetos
materiais é completamente ineficaz para
se proteger da má influência dos
Espíritos (obsessão) e/ou ajudar nas
comunicações espíritas;
O amor a Deus e ao próximo, a
transformação moral e a boa conduta
podem ser considerados os nossos
melhores “talismãs”, pois são eles os meios
mais eficazes de nos protegermos da
influência dos maus Espíritos.
RECORDANDO
Certas pessoas preferem, sem dúvida,
uma receita mais fácil para afastar os
maus Espíritos: algumas palavras a dizer
ou alguns sinais a fazer, por exemplo, o
que seria mais cômodo do que se corrigir
de seus defeitos. Alan Kardek Revista Espírita de dezembro
de 1862
Espíritos Superiores responderam a Allan Kardec, na questão 845, de O Livro
dos Espíritos: “Não há, porém, arrastamento irresistível, uma vez que se tenha a
vontade de resistir.
Lembrai-vos de que querer é poder”.
•O que voce esta fazendo do seu tempo ?
•Neste processo qual o tempo que voce esta vivendo?
Reflexão, Ação ou Acomodação
•Quanto tempo voce gastando neste projeto?
•Qual o seu papel neste processo:observador ou
participante?
APROVEITEMOS ESTE TEMPO , ESTE PRESENTE DE DEUS
BOA SEMANA A TODOS – CLEA ALVES - KSSF

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Feitiçaria, talismãs e amuletos (apostila versão-dez0
Feitiçaria, talismãs e amuletos (apostila   versão-dez0Feitiçaria, talismãs e amuletos (apostila   versão-dez0
Feitiçaria, talismãs e amuletos (apostila versão-dez0
Yaoloorisa Osunseyi Lili
 
2.9.2 Possessos - Convulsionários
2.9.2   Possessos - Convulsionários2.9.2   Possessos - Convulsionários
2.9.2 Possessos - Convulsionários
Marta Gomes
 
081008 le–livro ii-cap.9–pactos-poder oculto-talismãs
081008 le–livro ii-cap.9–pactos-poder oculto-talismãs081008 le–livro ii-cap.9–pactos-poder oculto-talismãs
081008 le–livro ii-cap.9–pactos-poder oculto-talismãs
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Capitulo IX Intervencao dos Espiritos no mundo corporal
Capitulo IX   Intervencao dos Espiritos no mundo corporalCapitulo IX   Intervencao dos Espiritos no mundo corporal
Capitulo IX Intervencao dos Espiritos no mundo corporal
Marta Gomes
 
O Médium e a Mediunidade no Espiritismo - Reinaldo Barros
O Médium e a Mediunidade no Espiritismo - Reinaldo BarrosO Médium e a Mediunidade no Espiritismo - Reinaldo Barros
O Médium e a Mediunidade no Espiritismo - Reinaldo Barros
hamletcrs
 
Capitulo I Dos Espiritos
Capitulo I   Dos EspiritosCapitulo I   Dos Espiritos
Capitulo I Dos Espiritos
Marta Gomes
 
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
Denise Aguiar
 
Curso de baralho cigano
Curso de baralho ciganoCurso de baralho cigano
Curso de baralho cigano
Serginho Sucesso
 
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporalPrimeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
CeiClarencio
 
Ministérios Da Alegria de Satan
Ministérios Da Alegria de SatanMinistérios Da Alegria de Satan
Ministérios Da Alegria de Satan
RODRIGO ORION
 
Viagem astral - O elo entre o físico e o espiritual
Viagem astral - O elo entre o físico e o espiritualViagem astral - O elo entre o físico e o espiritual
Viagem astral - O elo entre o físico e o espiritual
Alessandra F. Torres
 
Goetia site - goétia satanista
Goetia   site - goétia satanistaGoetia   site - goétia satanista
Goetia site - goétia satanista
Andre Fernandez
 
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
contatodoutrina2013
 
Cm 12 - fenomenos correlatos & viagem astralconsc
Cm   12 - fenomenos correlatos & viagem astralconscCm   12 - fenomenos correlatos & viagem astralconsc
Cm 12 - fenomenos correlatos & viagem astralconsc
Norberto Scavone Augusto
 
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médiumEsde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Elysio Laroide Lugarinho
 
Encantamentos em pdf
Encantamentos em pdfEncantamentos em pdf
Encantamentos em pdf
Regina Oliveira
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
Louis Oliver
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
Rodrigo Leite
 
Resumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Resumo dos Pontos Principais Doutrina EspíritaResumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Resumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Graça Maciel
 
2.8.5 Extase
2.8.5   Extase2.8.5   Extase
2.8.5 Extase
Marta Gomes
 

Mais procurados (20)

Feitiçaria, talismãs e amuletos (apostila versão-dez0
Feitiçaria, talismãs e amuletos (apostila   versão-dez0Feitiçaria, talismãs e amuletos (apostila   versão-dez0
Feitiçaria, talismãs e amuletos (apostila versão-dez0
 
2.9.2 Possessos - Convulsionários
2.9.2   Possessos - Convulsionários2.9.2   Possessos - Convulsionários
2.9.2 Possessos - Convulsionários
 
081008 le–livro ii-cap.9–pactos-poder oculto-talismãs
081008 le–livro ii-cap.9–pactos-poder oculto-talismãs081008 le–livro ii-cap.9–pactos-poder oculto-talismãs
081008 le–livro ii-cap.9–pactos-poder oculto-talismãs
 
Capitulo IX Intervencao dos Espiritos no mundo corporal
Capitulo IX   Intervencao dos Espiritos no mundo corporalCapitulo IX   Intervencao dos Espiritos no mundo corporal
Capitulo IX Intervencao dos Espiritos no mundo corporal
 
O Médium e a Mediunidade no Espiritismo - Reinaldo Barros
O Médium e a Mediunidade no Espiritismo - Reinaldo BarrosO Médium e a Mediunidade no Espiritismo - Reinaldo Barros
O Médium e a Mediunidade no Espiritismo - Reinaldo Barros
 
Capitulo I Dos Espiritos
Capitulo I   Dos EspiritosCapitulo I   Dos Espiritos
Capitulo I Dos Espiritos
 
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
 
Curso de baralho cigano
Curso de baralho ciganoCurso de baralho cigano
Curso de baralho cigano
 
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporalPrimeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
 
Ministérios Da Alegria de Satan
Ministérios Da Alegria de SatanMinistérios Da Alegria de Satan
Ministérios Da Alegria de Satan
 
Viagem astral - O elo entre o físico e o espiritual
Viagem astral - O elo entre o físico e o espiritualViagem astral - O elo entre o físico e o espiritual
Viagem astral - O elo entre o físico e o espiritual
 
Goetia site - goétia satanista
Goetia   site - goétia satanistaGoetia   site - goétia satanista
Goetia site - goétia satanista
 
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
 
Cm 12 - fenomenos correlatos & viagem astralconsc
Cm   12 - fenomenos correlatos & viagem astralconscCm   12 - fenomenos correlatos & viagem astralconsc
Cm 12 - fenomenos correlatos & viagem astralconsc
 
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médiumEsde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
 
Encantamentos em pdf
Encantamentos em pdfEncantamentos em pdf
Encantamentos em pdf
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
 
Resumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Resumo dos Pontos Principais Doutrina EspíritaResumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Resumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
 
2.8.5 Extase
2.8.5   Extase2.8.5   Extase
2.8.5 Extase
 

Semelhante a O sagrado talisma

Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula   intervencao dos espiritos no mundo fisicoAula   intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Ceile Bernardo
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
Wilma Badan C.G.
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
Wilma Badan C.G.
 
Os milagres e as predições
Os milagres e as prediçõesOs milagres e as predições
Os milagres e as predições
Dalila Melo
 
Consultas espirituais - que cuidados devemos ter
Consultas  espirituais - que cuidados devemos terConsultas  espirituais - que cuidados devemos ter
Consultas espirituais - que cuidados devemos ter
Henrique Vieira
 
Livro dos espiritos 551 e Evangelho cap 6 item 6,7,8
Livro dos espiritos 551 e Evangelho cap 6 item 6,7,8Livro dos espiritos 551 e Evangelho cap 6 item 6,7,8
Livro dos espiritos 551 e Evangelho cap 6 item 6,7,8
Patricia Farias
 
Regras Da Magia
Regras Da MagiaRegras Da Magia
Regras Da Magia
RODRIGO ORION
 
Diversos
DiversosDiversos
Diversos
DiversosDiversos
Espiritismo a Escola do mestre
Espiritismo a Escola do mestreEspiritismo a Escola do mestre
Espiritismo a Escola do mestre
Claudio Macedo
 
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas   1,5hInfluência dos espíritos em nossas vidas   1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
home
 
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos   neusa maria moraes f. pintoColetânea de decretos   neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
Francisco de Morais
 
Chamando os filhos do Sol - Marcelo R. Motta
Chamando os filhos do Sol - Marcelo R. MottaChamando os filhos do Sol - Marcelo R. Motta
Chamando os filhos do Sol - Marcelo R. Motta
Marcelo Ferreira
 
Reforma intima aula 3
Reforma intima aula 3Reforma intima aula 3
Reforma intima aula 3
Moacyr Costa Júnior
 
Aula Introdução a Mediunidade
Aula Introdução a MediunidadeAula Introdução a Mediunidade
Aula Introdução a Mediunidade
Mocidade Bezzerra de Menezes
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
Bruno Cechinel Filho
 
Frater magister o-livro_da_sabedoria
Frater magister o-livro_da_sabedoriaFrater magister o-livro_da_sabedoria
Frater magister o-livro_da_sabedoria
Nunes 777
 
Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2
Moacyr Costa Júnior
 
Influencia dos espíritos
Influencia dos espíritosInfluencia dos espíritos
Influencia dos espíritos
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Candice Gunther
 

Semelhante a O sagrado talisma (20)

Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula   intervencao dos espiritos no mundo fisicoAula   intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Os milagres e as predições
Os milagres e as prediçõesOs milagres e as predições
Os milagres e as predições
 
Consultas espirituais - que cuidados devemos ter
Consultas  espirituais - que cuidados devemos terConsultas  espirituais - que cuidados devemos ter
Consultas espirituais - que cuidados devemos ter
 
Livro dos espiritos 551 e Evangelho cap 6 item 6,7,8
Livro dos espiritos 551 e Evangelho cap 6 item 6,7,8Livro dos espiritos 551 e Evangelho cap 6 item 6,7,8
Livro dos espiritos 551 e Evangelho cap 6 item 6,7,8
 
Regras Da Magia
Regras Da MagiaRegras Da Magia
Regras Da Magia
 
Diversos
DiversosDiversos
Diversos
 
Diversos
DiversosDiversos
Diversos
 
Espiritismo a Escola do mestre
Espiritismo a Escola do mestreEspiritismo a Escola do mestre
Espiritismo a Escola do mestre
 
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas   1,5hInfluência dos espíritos em nossas vidas   1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
 
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos   neusa maria moraes f. pintoColetânea de decretos   neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
 
Chamando os filhos do Sol - Marcelo R. Motta
Chamando os filhos do Sol - Marcelo R. MottaChamando os filhos do Sol - Marcelo R. Motta
Chamando os filhos do Sol - Marcelo R. Motta
 
Reforma intima aula 3
Reforma intima aula 3Reforma intima aula 3
Reforma intima aula 3
 
Aula Introdução a Mediunidade
Aula Introdução a MediunidadeAula Introdução a Mediunidade
Aula Introdução a Mediunidade
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
 
Frater magister o-livro_da_sabedoria
Frater magister o-livro_da_sabedoriaFrater magister o-livro_da_sabedoria
Frater magister o-livro_da_sabedoria
 
Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2
 
Influencia dos espíritos
Influencia dos espíritosInfluencia dos espíritos
Influencia dos espíritos
 
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
 

Mais de Clea Alves

Falsos Cristos Falsos REFEITO 2019
Falsos Cristos   Falsos REFEITO 2019Falsos Cristos   Falsos REFEITO 2019
Falsos Cristos Falsos REFEITO 2019
Clea Alves
 
Tempo de superacao
Tempo de superacao Tempo de superacao
Tempo de superacao
Clea Alves
 
Voltando para casa
Voltando para casa Voltando para casa
Voltando para casa
Clea Alves
 
Quem sai do barco acontece
Quem sai do barco acontece Quem sai do barco acontece
Quem sai do barco acontece
Clea Alves
 
Os segredos de jesus na arte de se relacionar
Os segredos de jesus na arte de se relacionarOs segredos de jesus na arte de se relacionar
Os segredos de jesus na arte de se relacionar
Clea Alves
 
Impulso Surdo
Impulso Surdo Impulso Surdo
Impulso Surdo
Clea Alves
 
Deus e Mamom
Deus e MamomDeus e Mamom
Deus e Mamom
Clea Alves
 
Conte Comigo
Conte Comigo   Conte Comigo
Conte Comigo
Clea Alves
 
Beneficios do Esquecimento
Beneficios do Esquecimento Beneficios do Esquecimento
Beneficios do Esquecimento
Clea Alves
 
Aflito, Porem Bem Aventurado
Aflito,  Porem Bem Aventurado Aflito,  Porem Bem Aventurado
Aflito, Porem Bem Aventurado
Clea Alves
 
Acessando Jesus NO ANO NOVO
Acessando Jesus NO ANO NOVOAcessando Jesus NO ANO NOVO
Acessando Jesus NO ANO NOVO
Clea Alves
 
A vontade
A vontade A vontade
A vontade
Clea Alves
 
Contato de natureza diversas
Contato de natureza diversas Contato de natureza diversas
Contato de natureza diversas
Clea Alves
 
Entrelacados
EntrelacadosEntrelacados
Entrelacados
Clea Alves
 
Potencias educadoras
Potencias educadorasPotencias educadoras
Potencias educadoras
Clea Alves
 
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alvesBem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Clea Alves
 
Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018
Clea Alves
 
O necessario para salvar se
O necessario para salvar seO necessario para salvar se
O necessario para salvar se
Clea Alves
 
Distraidos no caminho
Distraidos no caminhoDistraidos no caminho
Distraidos no caminho
Clea Alves
 
Memoria do coracao kssf
Memoria do coracao kssfMemoria do coracao kssf
Memoria do coracao kssf
Clea Alves
 

Mais de Clea Alves (20)

Falsos Cristos Falsos REFEITO 2019
Falsos Cristos   Falsos REFEITO 2019Falsos Cristos   Falsos REFEITO 2019
Falsos Cristos Falsos REFEITO 2019
 
Tempo de superacao
Tempo de superacao Tempo de superacao
Tempo de superacao
 
Voltando para casa
Voltando para casa Voltando para casa
Voltando para casa
 
Quem sai do barco acontece
Quem sai do barco acontece Quem sai do barco acontece
Quem sai do barco acontece
 
Os segredos de jesus na arte de se relacionar
Os segredos de jesus na arte de se relacionarOs segredos de jesus na arte de se relacionar
Os segredos de jesus na arte de se relacionar
 
Impulso Surdo
Impulso Surdo Impulso Surdo
Impulso Surdo
 
Deus e Mamom
Deus e MamomDeus e Mamom
Deus e Mamom
 
Conte Comigo
Conte Comigo   Conte Comigo
Conte Comigo
 
Beneficios do Esquecimento
Beneficios do Esquecimento Beneficios do Esquecimento
Beneficios do Esquecimento
 
Aflito, Porem Bem Aventurado
Aflito,  Porem Bem Aventurado Aflito,  Porem Bem Aventurado
Aflito, Porem Bem Aventurado
 
Acessando Jesus NO ANO NOVO
Acessando Jesus NO ANO NOVOAcessando Jesus NO ANO NOVO
Acessando Jesus NO ANO NOVO
 
A vontade
A vontade A vontade
A vontade
 
Contato de natureza diversas
Contato de natureza diversas Contato de natureza diversas
Contato de natureza diversas
 
Entrelacados
EntrelacadosEntrelacados
Entrelacados
 
Potencias educadoras
Potencias educadorasPotencias educadoras
Potencias educadoras
 
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alvesBem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alves
 
Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018
 
O necessario para salvar se
O necessario para salvar seO necessario para salvar se
O necessario para salvar se
 
Distraidos no caminho
Distraidos no caminhoDistraidos no caminho
Distraidos no caminho
 
Memoria do coracao kssf
Memoria do coracao kssfMemoria do coracao kssf
Memoria do coracao kssf
 

Último

PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 

Último (18)

PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 

O sagrado talisma

  • 1.
  • 2. ESE, cap. VI "ESPIRITAS! AMAI-VOS, ESTE O PRIMEIRO ENSINAMENTO; INSTRUI-VOS, ESTE O SEGUNDO"
  • 3. Leandro & Leonardo -1990 “Talismã” Só você que me ilumina Meu pequeno talismã... A palavra “talismã,” derivou-se do verbo grego “teleo” meios, ou traz no efeito. Dicionário Houaiss (2009), talismã é objeto a que seu portador atribui o poder mágico de realizar os seus desejos amuleto objeto, fórmula escrita ou figura (medalha, figa etc.) que alguém guarda consigo e a que se atribuem virtudes sobrenaturais de defesa contra desgraças, doenças, feitiços, malefícios etc.
  • 4. Povo antigos acreditavam que objetos podiam protegê-los contra : Mau Olhado Doenças Bruxarias Inveja Afastar energias negativas
  • 5. Todas as fórmulas são enganosas; não há nenhuma palavra sacramental, nenhum sinal cabalístico, nenhum talismã que tenha qualquer ação sobre os Espíritos, porque eles são atraídos somente pelo pensamento e não pelas coisas materiais. LE -553 - Qual pode ser o efeito das fórmulas e práticas com que algumas pessoas pretendem dispor da cooperação dos Espíritos? LM item 282- 17ª Certos objetos, como medalhas e talismãs, têm a propriedade de atrair ou repelir os Espíritos conforme pretendem alguns? Esta pergunta era desnecessária, porquanto bem sabes que a matéria nenhuma ação exerce sobre os Espíritos. Fica bem certo de que nunca um bom Espírito aconselhará semelhantes absurdidades. A virtude dos talismãs, de qualquer natureza que sejam, jamais existiu, senão, na imaginação das pessoas crédulas."
  • 6. 23.492. “Não creais em qualquer espírito; experimentai se os espíritos são de Deus, porquanto muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (I Epístola de João 4, 1) Há Espíritos que indicam sinais, palavras esquisitas ou prescrevem alguns atos com a ajuda dos quais fazeis o que chamais de tramas secretas; mas ficais bem certos: são Espíritos que zombam e abusam de vossa credulidade. Aquele que confia na virtude de um talismã pode atrair um Espírito, por efeito dessa confiança, pois o que atua é o pensamento. Da pureza da intenção e da elevação dos sentimentos depende, porém, a natureza do Espírito atraído.
  • 7. • Senhor, terás contigo algum talismã de cuja virtude possamos desfrutar? Algum objeto mágico que nos possa favorecer? • Realmente, conheço um talismã de maravilhoso poder. Usando-lhe os milagrosos recursos, é possível iniciar a aquisição de todos os dons de Nosso Pai... • Mestre, onde poderemos adquirir semelhante bênção? Dize-nos. Precisamos desse acumulador de felicidade. “Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem relatadas uma por uma, creio eu que nem no mundo inteiro caberiam os livrosque seriam escritos”. Joao 21:25
  • 8. • O Cristo, então, acrescentou, bem-humorado: — Esse bendito talismã, Isabel, é propriedade comum a todos... — O tempo é o divino talismã que devemos aproveitar”. Oferece a descoberta dos tesouros do amor que resplandecem ao redor de nós Descortina o entendimento, onde desarmonia castiga os corações. Abre a porta às revelações da arte e da ciência. Estende possibilidades de luminosa comunhão com as fontes divinas da vida. Convida à bênção da meditação nas coisas sagradas. Reata relações de companheiros em discordância. Descerra passagens de luz aos espíritos que se demoram nas sombras. Reveste se de mil oportunidades de paz com todos. Indica vasta rede de trilhos para o trabalho salutar. Revela mil modos de enriquecer a vida que vivemos. Facilita o acesso da alma ao pensamento dos grandes mestres. Dá comunicações com os mananciais celestes da intuição
  • 9. O tempo é o divino talismã - Aquilo que possui um poder irresistível ou efeitos maravilhosos. Nosso Planeta - A Terra subirá na escala da evolução: de mundo de Expiação e Provas, para mundo de Regeneração. Emmanuel, no livro A Caminho da Luz, psicografado por Francisco Cândido Xavier, no ano de 1938: Aproxima-se o momento em que se efetuará a aferição de todos os valores terrestres para o ressurgimento das energias criadoras de um mundo novo. TEMPO DE TRANSIÇÃO TEMPO DE TRANFORMAÇÃO EDUCAÇÃO DOS SENTIMENTOS DA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO
  • 10. ... e que a ausência de autodomínio, a inadvertência no trato com os semelhantes, aos quais muitas vezes ofendeu sem refletir, conduziam-no frequentemente à esfera dos seres doentes e inferiores. O grande instrutor espiritual nunca imaginou que a cólera fosse um manancial de forças negativas que enviamos a nós mesmos... ... procedimento mental no planeta que não estava enquadrado nos princípios de fraternidade e da temperança.
  • 11. Os Espíritos são atraídos somente pelo pensamento; portanto, nenhum talismã, amuleto, palavra sacramental, sinal cabalístico ou qualquer tipo formula exterior poderá exercer qualquer influência sobre eles a)Os Espíritos de ordem superior jamais indicam qualquer tipo de formula exterior; logo, somente os Espíritos de ordem inferior indicam tais formulas; Não exercendo nenhuma influência sobre os Espíritos, o uso de objetos materiais é completamente ineficaz para se proteger da má influência dos Espíritos (obsessão) e/ou ajudar nas comunicações espíritas; O amor a Deus e ao próximo, a transformação moral e a boa conduta podem ser considerados os nossos melhores “talismãs”, pois são eles os meios mais eficazes de nos protegermos da influência dos maus Espíritos. RECORDANDO Certas pessoas preferem, sem dúvida, uma receita mais fácil para afastar os maus Espíritos: algumas palavras a dizer ou alguns sinais a fazer, por exemplo, o que seria mais cômodo do que se corrigir de seus defeitos. Alan Kardek Revista Espírita de dezembro de 1862
  • 12. Espíritos Superiores responderam a Allan Kardec, na questão 845, de O Livro dos Espíritos: “Não há, porém, arrastamento irresistível, uma vez que se tenha a vontade de resistir. Lembrai-vos de que querer é poder”. •O que voce esta fazendo do seu tempo ? •Neste processo qual o tempo que voce esta vivendo? Reflexão, Ação ou Acomodação •Quanto tempo voce gastando neste projeto? •Qual o seu papel neste processo:observador ou participante? APROVEITEMOS ESTE TEMPO , ESTE PRESENTE DE DEUS BOA SEMANA A TODOS – CLEA ALVES - KSSF