SlideShare uma empresa Scribd logo
O Expressionismo Alemão no
Cinema
O expressionismo alemão foi um estilo
cinematográfico cujo auge se deu na década de
1920, que caracterizou-se pela distorção de
cenários e personagens, através da maquiagem,
dos recursos de fotografia e de outros
mecanismos, com o objetivo de expressar a
maneira como os realizadores viam o mundo.
O expressionismo alemão,que se estendeu por
quase todas as artes como o cinema, a pintura e
caracteriza-se pela distorção da imagem(uso de
cores vibrantes e remetentes ao sobrenatural ),do
retorno ao gótico e a oposição a uma sociedade
imersa no desolador cenário do racionalismo
moderno aplicado no trabalho mecânico. As
vibrantes e alucinogénias pinturas expressam um
desligamento com o real , a prioridade do "eu" e
sua visão pessoal do mundo
Nosferatu de Murnau
Nosferatu é um filme alemão de 1922, divido
em cinco actos, dirigido por F. W. Murnau.
narra a história de Conde Orlok, um vampiro dos
Montes Cárpatos que se apaixona perdidamente
por Ellen e traz o terror à cidade dela, Wisborg.
Nosferatu é considerado um dos primeiros
representantes do gênero de terror no cinema,
além de sua concepção visual ter exercido forte
influência no gênero.
Exemplos do irreal sombrio
•
•
•
•
•

Passaros Sombrios
Casas sombrias
Grandes espaços vazios
Atmosfera pesada
Árvores fantasmagóricas
Cenas altamente depressivas, o castelo vazio,
pessoas enlouquecidas e o surto de peste são
grandemente usadas por Murnau ao longo do
filme para uma maior atmosfera gótica e efeito
desastroso, que serve para esclarecer o público
quanto á natureza estranha que está a ser
retratada ao longo da história.
Finalmente, a parte em que Ellen se entrega a
Nosferatu contraria o movimento do “casalinho
feliz” que fica junto para todo o sempre.
Principais características
-

Personagens esquisitas e caricatas
Suspense
Maquiagem carregada
Planos fixos
Cenários irreais
Câmaras lentas
Maior importância á cenografia
Conclusão
Webografia
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Expressionismo_
alem%C3%A3o
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Nosferatu,_Eine_
Symphonie_des_Grauens
• http://www.imdb.com/title/tt0013442/synops
is
Trabalho realizado por:
José Martins Gomes da Costa
Nº54396
Licenciatura em Comunicação e Multimédia
História das Artes Visuais Contemporâneas

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Michele Pó
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
mundica broda
 
Pop Art em Resumo
Pop Art em ResumoPop Art em Resumo
Pop Art em Resumo
Luciano Beregeno
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
Michele Pó
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
Talita Tata
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
Agostinho
 
A arte como expressão expressionismo
A arte como expressão   expressionismoA arte como expressão   expressionismo
A arte como expressão expressionismo
Junior Onildo
 
Direção de Arte e Fotografia no Cinema
Direção de Arte e Fotografia no CinemaDireção de Arte e Fotografia no Cinema
Direção de Arte e Fotografia no Cinema
Mauricio Mallet Duprat
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
Andrea Dressler
 
Neoclassicismo
NeoclassicismoNeoclassicismo
Neoclassicismo
Arte Educadora
 
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte ModernaHistória da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
Andrea Dressler
 
As grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xxAs grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xx
Ana Barreiros
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Carlos Vieira
 
Vanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slidesVanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slides
Eline Lima
 
Picasso
PicassoPicasso
Picasso
hcaslides
 
Trabalho expressionismo
Trabalho expressionismoTrabalho expressionismo
Trabalho expressionismo
Angelica Medeiros
 
Módulo 9 em portugal
Módulo 9  em portugalMódulo 9  em portugal
Módulo 9 em portugal
cattonia
 

Mais procurados (20)

Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Pop Art em Resumo
Pop Art em ResumoPop Art em Resumo
Pop Art em Resumo
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Expressionismo
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
A arte como expressão expressionismo
A arte como expressão   expressionismoA arte como expressão   expressionismo
A arte como expressão expressionismo
 
Direção de Arte e Fotografia no Cinema
Direção de Arte e Fotografia no CinemaDireção de Arte e Fotografia no Cinema
Direção de Arte e Fotografia no Cinema
 
Arte Conceitual
Arte ConceitualArte Conceitual
Arte Conceitual
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
Neoclassicismo
NeoclassicismoNeoclassicismo
Neoclassicismo
 
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte ModernaHistória da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
 
As grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xxAs grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xx
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Vanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slidesVanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slides
 
Picasso
PicassoPicasso
Picasso
 
Trabalho expressionismo
Trabalho expressionismoTrabalho expressionismo
Trabalho expressionismo
 
Módulo 9 em portugal
Módulo 9  em portugalMódulo 9  em portugal
Módulo 9 em portugal
 

Destaque

Design thinking
Design thinkingDesign thinking
Design thinking
André Conti Silva
 
Cinema Marginal Brasileiro
Cinema Marginal BrasileiroCinema Marginal Brasileiro
Cinema Marginal Brasileiro
Stefan Leles
 
Cinema novo e glauber rocha
Cinema novo e glauber rochaCinema novo e glauber rocha
Cinema novo e glauber rocha
Matheus De Abreu Caldeiras
 
Cinemas de vanguarda
Cinemas de vanguardaCinemas de vanguarda
Cinemas de vanguarda
André Conti Silva
 
Trabalho sobre o Expressionismo Alemão no Cinema
Trabalho sobre o Expressionismo Alemão no CinemaTrabalho sobre o Expressionismo Alemão no Cinema
Trabalho sobre o Expressionismo Alemão no Cinema
claudiowww
 
A Tropicália e a produção cultural brasileira na década de 60
A Tropicália  e a produção cultural brasileira  na década de 60A Tropicália  e a produção cultural brasileira  na década de 60
A Tropicália e a produção cultural brasileira na década de 60
Aline Carvalho
 
A Cultura na Ditadura Militar
A Cultura na Ditadura MilitarA Cultura na Ditadura Militar
A Cultura na Ditadura Militar
Ana Keizy
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
Gu Tonetto
 
Producao de cultura_no_brasil
Producao de cultura_no_brasilProducao de cultura_no_brasil
Producao de cultura_no_brasil
Aline Carvalho
 

Destaque (9)

Design thinking
Design thinkingDesign thinking
Design thinking
 
Cinema Marginal Brasileiro
Cinema Marginal BrasileiroCinema Marginal Brasileiro
Cinema Marginal Brasileiro
 
Cinema novo e glauber rocha
Cinema novo e glauber rochaCinema novo e glauber rocha
Cinema novo e glauber rocha
 
Cinemas de vanguarda
Cinemas de vanguardaCinemas de vanguarda
Cinemas de vanguarda
 
Trabalho sobre o Expressionismo Alemão no Cinema
Trabalho sobre o Expressionismo Alemão no CinemaTrabalho sobre o Expressionismo Alemão no Cinema
Trabalho sobre o Expressionismo Alemão no Cinema
 
A Tropicália e a produção cultural brasileira na década de 60
A Tropicália  e a produção cultural brasileira  na década de 60A Tropicália  e a produção cultural brasileira  na década de 60
A Tropicália e a produção cultural brasileira na década de 60
 
A Cultura na Ditadura Militar
A Cultura na Ditadura MilitarA Cultura na Ditadura Militar
A Cultura na Ditadura Militar
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Producao de cultura_no_brasil
Producao de cultura_no_brasilProducao de cultura_no_brasil
Producao de cultura_no_brasil
 

Semelhante a O expressionismo alemão no cinema

Expressionismo final
Expressionismo finalExpressionismo final
Expressionismo final
Rui Miguel
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
Duarte Queiros
 
Expressionismo (F.W. Murnau)
Expressionismo (F.W. Murnau)Expressionismo (F.W. Murnau)
Expressionismo (F.W. Murnau)
Pedro Pessoa
 
F.W.Murnau
F.W.MurnauF.W.Murnau
F.W.Murnau
dark_legend
 
F.W.Murnau
F.W.MurnauF.W.Murnau
F.W.Murnau
dark_legend
 
Expressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau
Expressionismo: Friedrich Wilhelm MurnauExpressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau
Expressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau
Marcia Batista
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
tiafo17
 
Novo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power pointNovo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power point
Sérgio Ventura
 
Arte 3 série_slide aula 14
Arte 3 série_slide aula 14Arte 3 série_slide aula 14
Arte 3 série_slide aula 14
JulianoFonseca17
 
Expressionismo Alemão
Expressionismo AlemãoExpressionismo Alemão
Expressionismo Alemão
leemonteiro
 
Friedrich Murnau
Friedrich MurnauFriedrich Murnau
Friedrich Murnau
andret04
 
Expresionismo
ExpresionismoExpresionismo
Expresionismo
Luis farvalho
 
Alain Resnais
Alain ResnaisAlain Resnais
Alain Resnais
António Teixeira
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
Rafael Marozzi
 
Apresentação melodrama
Apresentação melodramaApresentação melodrama
Apresentação melodrama
Amine Boccardo
 
Historia das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneasHistoria das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneas
Luis Matos
 
Historia das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneasHistoria das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneas
marcos1901
 
Historia das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneasHistoria das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneas
Nsampaio
 
Trabalho de historia expressionsmo
Trabalho de historia   expressionsmoTrabalho de historia   expressionsmo
Trabalho de historia expressionsmo
Carolina Mota
 
O Expressionismo Alemão (síntese).ppt
O Expressionismo Alemão (síntese).pptO Expressionismo Alemão (síntese).ppt
O Expressionismo Alemão (síntese).ppt
Anchieta Miranda
 

Semelhante a O expressionismo alemão no cinema (20)

Expressionismo final
Expressionismo finalExpressionismo final
Expressionismo final
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Expressionismo (F.W. Murnau)
Expressionismo (F.W. Murnau)Expressionismo (F.W. Murnau)
Expressionismo (F.W. Murnau)
 
F.W.Murnau
F.W.MurnauF.W.Murnau
F.W.Murnau
 
F.W.Murnau
F.W.MurnauF.W.Murnau
F.W.Murnau
 
Expressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau
Expressionismo: Friedrich Wilhelm MurnauExpressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau
Expressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Novo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power pointNovo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power point
 
Arte 3 série_slide aula 14
Arte 3 série_slide aula 14Arte 3 série_slide aula 14
Arte 3 série_slide aula 14
 
Expressionismo Alemão
Expressionismo AlemãoExpressionismo Alemão
Expressionismo Alemão
 
Friedrich Murnau
Friedrich MurnauFriedrich Murnau
Friedrich Murnau
 
Expresionismo
ExpresionismoExpresionismo
Expresionismo
 
Alain Resnais
Alain ResnaisAlain Resnais
Alain Resnais
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Apresentação melodrama
Apresentação melodramaApresentação melodrama
Apresentação melodrama
 
Historia das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneasHistoria das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneas
 
Historia das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneasHistoria das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneas
 
Historia das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneasHistoria das artes visuais contemporâneas
Historia das artes visuais contemporâneas
 
Trabalho de historia expressionsmo
Trabalho de historia   expressionsmoTrabalho de historia   expressionsmo
Trabalho de historia expressionsmo
 
O Expressionismo Alemão (síntese).ppt
O Expressionismo Alemão (síntese).pptO Expressionismo Alemão (síntese).ppt
O Expressionismo Alemão (síntese).ppt
 

O expressionismo alemão no cinema

  • 2. O expressionismo alemão foi um estilo cinematográfico cujo auge se deu na década de 1920, que caracterizou-se pela distorção de cenários e personagens, através da maquiagem, dos recursos de fotografia e de outros mecanismos, com o objetivo de expressar a maneira como os realizadores viam o mundo.
  • 3. O expressionismo alemão,que se estendeu por quase todas as artes como o cinema, a pintura e caracteriza-se pela distorção da imagem(uso de cores vibrantes e remetentes ao sobrenatural ),do retorno ao gótico e a oposição a uma sociedade imersa no desolador cenário do racionalismo moderno aplicado no trabalho mecânico. As vibrantes e alucinogénias pinturas expressam um desligamento com o real , a prioridade do "eu" e sua visão pessoal do mundo
  • 4. Nosferatu de Murnau Nosferatu é um filme alemão de 1922, divido em cinco actos, dirigido por F. W. Murnau. narra a história de Conde Orlok, um vampiro dos Montes Cárpatos que se apaixona perdidamente por Ellen e traz o terror à cidade dela, Wisborg. Nosferatu é considerado um dos primeiros representantes do gênero de terror no cinema, além de sua concepção visual ter exercido forte influência no gênero.
  • 5.
  • 6. Exemplos do irreal sombrio • • • • • Passaros Sombrios Casas sombrias Grandes espaços vazios Atmosfera pesada Árvores fantasmagóricas
  • 7. Cenas altamente depressivas, o castelo vazio, pessoas enlouquecidas e o surto de peste são grandemente usadas por Murnau ao longo do filme para uma maior atmosfera gótica e efeito desastroso, que serve para esclarecer o público quanto á natureza estranha que está a ser retratada ao longo da história.
  • 8. Finalmente, a parte em que Ellen se entrega a Nosferatu contraria o movimento do “casalinho feliz” que fica junto para todo o sempre.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Principais características - Personagens esquisitas e caricatas Suspense Maquiagem carregada Planos fixos Cenários irreais Câmaras lentas Maior importância á cenografia
  • 14. Trabalho realizado por: José Martins Gomes da Costa Nº54396 Licenciatura em Comunicação e Multimédia História das Artes Visuais Contemporâneas Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro