SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Friedrich Wilhelm Murnau
Biografia
Friedrich Wilhelm Plumpe, nasceu dia 28 de Dezembro de 1889 na cidade
alemã de Bielfeld e morre a 11 de Março de 1931. Mais tarde mudou o seu
apelido para Murnau, que era o nome de um aldeia.
Duranto um tempo, Murnau estudou filologia, na universidade de Berlim. Mais
tarde, frequentou a Universidade de Heidelberg onde estudou teatro com o
Max Reinhardt, mais tarde juntou-se ao seu grupo de teatro.
Durante a guerra Mundial, ele deixou o teatro de lado. Primeiro serviu na
Infantaria e mais tarde juntou-se à força aérea. Ele parou na Suiça, depois de
ter aterrado lá acidentalmente, onde permaneceu até ao fim da guerra.
Foi um dos mais importantes realizadores do cinema mudo, do cinema
expressionista alemão e do movimento Kammerspiel.
Técnica
O Nosferatu introduziu o ponto de vista subjectivo da câmara, onde a
câmara “vê” a partir dos olhos da personagem e o uso do estilo visual para
transmitir o estado psicológico da personagem.
Também antecipou o movimento cinéma vérité.
Era frequente o uso da “técnica da câmara solta “, uma mistura de tracking
shots, pan shot, inclinações e dolly moves.
Portefólio
Tabu (1931)
Drama | Romance | Aventura
Um pescador de uma aldeia do Taiti
apaixona-se por uma rapariga. Mas ela
é considerada "tabu" depois de ser
condenada pelos deuses a não se
apaixonar ou entregar-se a nenhum
homem. Mas o amor entre os dois é
mais forte que o próprio tabu e eles
fogem para escapar essa maldição.
 
Faust (1926)
Drama | Fantasia | Horror
O demónio Mephisto aposta com Deus
que consegue corromper a alma de um
homem mortal.
 
Phantom (1922)
Drama | Romance | Fantasia
Lorenz
Lubota
trabalha
numa
repartição pública e escreve poemas.
Vagueando nos pensamentos da sua
futura carreira literária, Lorenz é
atropelado pela carruagem conduzida
por Veronika Harlan, jovem riquíssima
e lindíssima que desperta uma imediata
paixão em Lorenz, que ao longo do
filme faz tudo para a ver de novo.
Paralelamente, há o drama da família
de Lorenz, retratado pelo adoecimento
da mãe e pela irmã ambiciosa por uma
vida mais fácil.
 
Nosferatu (1922)
Horror
O filme narra a história de Conde Orlok,
um vampiro dos Montes Cárpatos que
se apaixona perdidamente por Ellen e
traz
o
terror
à
sua
cidade,
Wisborg. Nosferatu é considerado um
dos primeiros representantes do género
de terror no cinema, além de sua
concepção visual ter exercido forte
influência no género. Ao mesmo tempo,
com um protagonista demoníaco e o
seu carácter perturbado, a obra é
considerada uma representação fiel do
cinema da República de Weimar.
 
City Girl (1930)
Drama | Romance
Uma jovem empregada trabalha num
restaurante em Chicago, aborrecida
com uma vida tranquila, longe da
cidade grande. Até ao dia em que ela
conhece um jovem camponês, sentado
no balcão e inicia-se uma história de
amor.
 
Sunrise (1927)
Drama | Romance
Seduzido por uma rapariga da cidade,
um camponês tenta afogar a sua
mulher, mas desiste no último
momento. Esta foge para a cidade, mas
ele segue-a para provar o seu amor.
 
Tartuffe (1925)
Drama
Uma governanta hipócrita cuida do seu
patrão, um senhor idoso, ao mesmo
tempo em que o incita a deserdar o
seu neto, que o desrespeita seguindo a
carreira de actor que ele tanto
repudiava, e a deixar a herança apenas
para ela. O neto chega
a casa
subitamente e nota a negligência que a
governanta mostra em relação ao seu
avô. Entretanto, o neto é expulso
daecasa pelo avô, não sem antes notar
que aquilo era obra da manipuladora da
governanta.
Mais tarde, o neto volta à casa
disfarçado e mostra ao seu avô e à
The Last Laugh (1924)
Drama
Neste filme é contada a história de um
idoso que trabalha carregando as
malas num hotel e, em virtude de sua
idade, é forçado a mudar de cargo e
sofre uma crise de identidade.
 
The B in B
oy
lue (Der Knabe in Blau)
(1919)
Drama
O filme, actualmente considerado
perdido, foi inspirado no quadro The
Blue Boy, do pintor inglês Thomas
Gainsborough, e no romance O re tra to
de
Do ria n
G ra y ,
do
escritor
irlandês O s c a r Wild e .
 
W
ebgrafia
http://www.biography.com/people/fw-murnau--20717047
http://pt.wikipedia.org/wiki/Friedrich_Wilhelm_Murnau
http://pt.wikipedia.org/wiki/Der_letzte_Mann
http://pt.wikipedia.org/wiki/Tartufo_(filme_de_1925)
http://www.cineplayers.com/filme.php?id=8855
http://www.imdb.com/title/tt0016847/
http://www.cineplayers.com/filme.php?id=12025
http://www.cineplayers.com/filme.php?id=770
Autoria
Márcia Batista
58043
História das Artes Visuais Contemporâneas
Pedro Coutinho Martins Colaço Rosário
Comunicação e Multimédia
Escola de Ciências e Tecnologia - UTAD
2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Expressionismo (F.W. Murnau)
Expressionismo (F.W. Murnau)Expressionismo (F.W. Murnau)
Expressionismo (F.W. Murnau)
 
Vanguardas européias
Vanguardas européiasVanguardas européias
Vanguardas européias
 
Krzysztof Kieslowski
Krzysztof Kieslowski Krzysztof Kieslowski
Krzysztof Kieslowski
 
Herz frank
Herz frankHerz frank
Herz frank
 
Herz Frank
Herz FrankHerz Frank
Herz Frank
 
Mario Quintana
Mario QuintanaMario Quintana
Mario Quintana
 
Nosferatu
NosferatuNosferatu
Nosferatu
 
Oração Por Marilyn Monroe
Oração Por Marilyn MonroeOração Por Marilyn Monroe
Oração Por Marilyn Monroe
 
Tópicos Sobre o Cinema de Dario Argento
Tópicos Sobre o Cinema de Dario ArgentoTópicos Sobre o Cinema de Dario Argento
Tópicos Sobre o Cinema de Dario Argento
 
Expressionismo final
Expressionismo finalExpressionismo final
Expressionismo final
 
Alma Mahler
Alma MahlerAlma Mahler
Alma Mahler
 
Krzysztof kieslowski
Krzysztof kieslowskiKrzysztof kieslowski
Krzysztof kieslowski
 
Metropolis
MetropolisMetropolis
Metropolis
 
Didática commedia dell'arte
Didática   commedia  dell'arteDidática   commedia  dell'arte
Didática commedia dell'arte
 
Dramaturgia
DramaturgiaDramaturgia
Dramaturgia
 
Expresionismo
ExpresionismoExpresionismo
Expresionismo
 
F.W.Murnau
F.W.MurnauF.W.Murnau
F.W.Murnau
 
F.W.Murnau
F.W.MurnauF.W.Murnau
F.W.Murnau
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Edvard Munch
Edvard MunchEdvard Munch
Edvard Munch
 

Semelhante a Expressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau

História das artes contempoâneas expressionismo
História das artes contempoâneas  expressionismoHistória das artes contempoâneas  expressionismo
História das artes contempoâneas expressionismo
luisevan
 
Fernando Lopes - História das Artes Visuais e Contemporâneas - 54649
Fernando Lopes - História das Artes Visuais e Contemporâneas - 54649 Fernando Lopes - História das Artes Visuais e Contemporâneas - 54649
Fernando Lopes - História das Artes Visuais e Contemporâneas - 54649
Ricardo Pinheiro
 
Grandes mestres do cinema
Grandes mestres do cinemaGrandes mestres do cinema
Grandes mestres do cinema
sergioborgato
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
tiafo17
 
Orson Welles
Orson WellesOrson Welles
Orson Welles
Ana_Mota
 
Novo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power pointNovo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power point
Sérgio Ventura
 
Fritz lang
Fritz langFritz lang
Fritz lang
igamen
 

Semelhante a Expressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau (20)

Pesquisa de autor
Pesquisa de autorPesquisa de autor
Pesquisa de autor
 
Pesquisa do autor 1
Pesquisa do autor 1Pesquisa do autor 1
Pesquisa do autor 1
 
Pesquisa de autor
Pesquisa de autorPesquisa de autor
Pesquisa de autor
 
História das artes contempoâneas expressionismo
História das artes contempoâneas  expressionismoHistória das artes contempoâneas  expressionismo
História das artes contempoâneas expressionismo
 
Fritz lang
Fritz langFritz lang
Fritz lang
 
O
OO
O
 
William Shakespeare
William Shakespeare William Shakespeare
William Shakespeare
 
Fernando Lopes - História das Artes Visuais e Contemporâneas - 54649
Fernando Lopes - História das Artes Visuais e Contemporâneas - 54649 Fernando Lopes - História das Artes Visuais e Contemporâneas - 54649
Fernando Lopes - História das Artes Visuais e Contemporâneas - 54649
 
Cinema Mudo: "Madame Du Barry" (1919)
Cinema Mudo: "Madame Du Barry" (1919)Cinema Mudo: "Madame Du Barry" (1919)
Cinema Mudo: "Madame Du Barry" (1919)
 
Metropolis
MetropolisMetropolis
Metropolis
 
Grandes mestres do cinema
Grandes mestres do cinemaGrandes mestres do cinema
Grandes mestres do cinema
 
Expressionismo Alemão
Expressionismo AlemãoExpressionismo Alemão
Expressionismo Alemão
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Evolução dos Vampiros
Evolução dos VampirosEvolução dos Vampiros
Evolução dos Vampiros
 
Orson Welles
Orson WellesOrson Welles
Orson Welles
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Novo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power pointNovo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power point
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Divulgação filmes
Divulgação filmesDivulgação filmes
Divulgação filmes
 
Fritz lang
Fritz langFritz lang
Fritz lang
 

Mais de Marcia Batista

Mais de Marcia Batista (6)

Alberto Seveso
Alberto SevesoAlberto Seveso
Alberto Seveso
 
Man Ray
Man RayMan Ray
Man Ray
 
Salvador Dalí
Salvador DalíSalvador Dalí
Salvador Dalí
 
Construtivismo: Dziga Vertov
Construtivismo: Dziga VertovConstrutivismo: Dziga Vertov
Construtivismo: Dziga Vertov
 
Hitchcock
HitchcockHitchcock
Hitchcock
 
Paul strand
Paul strandPaul strand
Paul strand
 

Expressionismo: Friedrich Wilhelm Murnau

  • 2. Biografia Friedrich Wilhelm Plumpe, nasceu dia 28 de Dezembro de 1889 na cidade alemã de Bielfeld e morre a 11 de Março de 1931. Mais tarde mudou o seu apelido para Murnau, que era o nome de um aldeia. Duranto um tempo, Murnau estudou filologia, na universidade de Berlim. Mais tarde, frequentou a Universidade de Heidelberg onde estudou teatro com o Max Reinhardt, mais tarde juntou-se ao seu grupo de teatro. Durante a guerra Mundial, ele deixou o teatro de lado. Primeiro serviu na Infantaria e mais tarde juntou-se à força aérea. Ele parou na Suiça, depois de ter aterrado lá acidentalmente, onde permaneceu até ao fim da guerra. Foi um dos mais importantes realizadores do cinema mudo, do cinema expressionista alemão e do movimento Kammerspiel.
  • 3. Técnica O Nosferatu introduziu o ponto de vista subjectivo da câmara, onde a câmara “vê” a partir dos olhos da personagem e o uso do estilo visual para transmitir o estado psicológico da personagem. Também antecipou o movimento cinéma vérité. Era frequente o uso da “técnica da câmara solta “, uma mistura de tracking shots, pan shot, inclinações e dolly moves.
  • 4. Portefólio Tabu (1931) Drama | Romance | Aventura Um pescador de uma aldeia do Taiti apaixona-se por uma rapariga. Mas ela é considerada "tabu" depois de ser condenada pelos deuses a não se apaixonar ou entregar-se a nenhum homem. Mas o amor entre os dois é mais forte que o próprio tabu e eles fogem para escapar essa maldição.  
  • 5. Faust (1926) Drama | Fantasia | Horror O demónio Mephisto aposta com Deus que consegue corromper a alma de um homem mortal.  
  • 6. Phantom (1922) Drama | Romance | Fantasia Lorenz Lubota trabalha numa repartição pública e escreve poemas. Vagueando nos pensamentos da sua futura carreira literária, Lorenz é atropelado pela carruagem conduzida por Veronika Harlan, jovem riquíssima e lindíssima que desperta uma imediata paixão em Lorenz, que ao longo do filme faz tudo para a ver de novo. Paralelamente, há o drama da família de Lorenz, retratado pelo adoecimento da mãe e pela irmã ambiciosa por uma vida mais fácil.  
  • 7. Nosferatu (1922) Horror O filme narra a história de Conde Orlok, um vampiro dos Montes Cárpatos que se apaixona perdidamente por Ellen e traz o terror à sua cidade, Wisborg. Nosferatu é considerado um dos primeiros representantes do género de terror no cinema, além de sua concepção visual ter exercido forte influência no género. Ao mesmo tempo, com um protagonista demoníaco e o seu carácter perturbado, a obra é considerada uma representação fiel do cinema da República de Weimar.  
  • 8. City Girl (1930) Drama | Romance Uma jovem empregada trabalha num restaurante em Chicago, aborrecida com uma vida tranquila, longe da cidade grande. Até ao dia em que ela conhece um jovem camponês, sentado no balcão e inicia-se uma história de amor.  
  • 9. Sunrise (1927) Drama | Romance Seduzido por uma rapariga da cidade, um camponês tenta afogar a sua mulher, mas desiste no último momento. Esta foge para a cidade, mas ele segue-a para provar o seu amor.  
  • 10. Tartuffe (1925) Drama Uma governanta hipócrita cuida do seu patrão, um senhor idoso, ao mesmo tempo em que o incita a deserdar o seu neto, que o desrespeita seguindo a carreira de actor que ele tanto repudiava, e a deixar a herança apenas para ela. O neto chega a casa subitamente e nota a negligência que a governanta mostra em relação ao seu avô. Entretanto, o neto é expulso daecasa pelo avô, não sem antes notar que aquilo era obra da manipuladora da governanta. Mais tarde, o neto volta à casa disfarçado e mostra ao seu avô e à
  • 11. The Last Laugh (1924) Drama Neste filme é contada a história de um idoso que trabalha carregando as malas num hotel e, em virtude de sua idade, é forçado a mudar de cargo e sofre uma crise de identidade.  
  • 12. The B in B oy lue (Der Knabe in Blau) (1919) Drama O filme, actualmente considerado perdido, foi inspirado no quadro The Blue Boy, do pintor inglês Thomas Gainsborough, e no romance O re tra to de Do ria n G ra y , do escritor irlandês O s c a r Wild e .  
  • 14. Autoria Márcia Batista 58043 História das Artes Visuais Contemporâneas Pedro Coutinho Martins Colaço Rosário Comunicação e Multimédia Escola de Ciências e Tecnologia - UTAD 2013

Notas do Editor

  1. Tracking shots – quando a câmara segue o objecto Pan shot – o objecto está nitido, mas o fundo desfocado Dolly moves – a camara está num e acompanha o objeto