SlideShare uma empresa Scribd logo
Curso de Extensão
Aula 2 - 24/05/2013
Noções Básicas em Administração
de Plano de Saúde
Atividade à distância:
Orçamento de um plano de saúde para uma
criança (00 à 18 anos)
Última Aula (17/05)
• Planos no Acre;
• Modalidades;
• Credenciamento Médico;
• Tabela CBHPM;
• Consulta na Tabela.
O que é Contas a Pagar?
Todos os compromissos legalmente constituídos,
autorizados e consumados deverão ser pagos. Como e
quando pagar pode ser a diferença, em termos de
produtividade;
O que é contas a pagar?
Conceito:
“É a arte de honrar os compromissos (compras de
materiais e serviços), devidamente constituídos e
autorizados pela empresa, com o maior prazo
possível e menor custo empresarial”.
Objetivos, funções e responsabilidades
Compete aos profissionais da área de Contas a Pagar as
seguintes funções e responsabilidades:
 Montar o processo de pagamento antes da data de
vencimento, detectando e corrigindo eventuais
divergências;
Objetivos, funções e responsabilidades
 Controlar todos os contratos firmados que requeiram
pagamentos em datas predeterminadas, inteirando-se dos
seus cálculos e atualizações;
 Manter sistemático contato com fornecedores internos e
externos, de forma a facilitar a comunicação (geralmente,
a grande vantagem nas negociações de encargos
financeiros se consegue neste nível, ou no nível
imediatamente superior);
Objetivos, funções e responsabilidades
 Preparar, para a Tesouraria, posição diária e semanal dos
compromissos a liquidar, para efeito do fluxo de caixa
operacional;
 Estar sempre atento para as vantagens financeiras
estratégicas em pagar ou postergar determinado
compromisso.
Objetivos, funções e responsabilidades
Principais objetivos são:
• Confrontação do contas a pagar;
• Efetivação do pagamento;
Entrada de
documentos
(fontes internas
e externas)
Setor de
contas a pagar
Liquidação
de pagamentos
bancos e demais
fontes externas
Objetivos, funções e responsabilidades
Conclusão:
Podemos assegurar que todos os pagamentos
correspondentes às aquisições de recursos e que só
sejam efetuados (pagamentos), após a constatação da
autenticidade e exatidão do respectivo material o serviço
adquirido pela empresa.
Contas a pagar
VENCI Nr N F PRESTADOR DE SERVIÇO ESPECIAL. MÉDICO PARCELA FOR PG VALOR SITUAÇÃO
29/jun 53.886 PA Santa Casa 01-003 DEPOS 2.200,00 PAGO 31/07
06/jul 53.886 PA Santa Casa 02-003 BOL 2.220,00 PAGO 12/08
07/jul 407802 JOÃO 02-002 DEPOS 885,9 PAGO 24/07
13/jul 53.886 MORAES 03-003 BOL 2.315,00 PAGO 19/08
14/jul 5.321 EDMUNDO ÚNICA DEPOS 5.191,30 PAGO 03/08
14/jul 5.310 EDMUNDO ÚNICA DEPOS 4.100,00 PAGO 03/08
17/jul 25154/01 GABRIELA ÚNICA BOL 3.004,44 PAGO 24/07
18/jul 63475 MARIA ÚNICA PROTES 117,67 PAGO 28/07
20/jul 883353 SILVANA ÚNICA BOL 801.05 PAGO 31/07
21/jul 186791/1 EDMUNDO ÚNICA BOL 1.079,69 PAGO 07/08
23/jul 114199 HELIO 02-003 BOL 1.463,04 PAGO 31/07
24/jul 101712 HELIO 02-003 BOL 16.370,00 PAGO 30/07
24/jul 56.243 MORAES 02-003 BOL 352,83 PAGO 31/07
24/jul SN EDVARD ÚNICA CHE PRE 1.100,00 PAGO 05/08
25/jul 84.924 EDMUNDO ÚNICA DEPOS 5.795,00 PAGO 04/08
30/jul 114199 HELIO 03-003 BOL 1.492,00 PAGO 17/08
30/jul 101712 HELIO 03-003 BOL 17.308,00 PAGO 04/09
31/jul 56.243 MORAES 03-003 BOL 351,21 PAGO 05/08
31/jul EDCARLOS ÚNICA CART 3.705,70 PAGO 05/08
Contas a Receber
Para uma eficiente gestão financeira na empresa é
necessário implantar alguns controles gerenciais, que
forneçam sistema gerador de informações que
possibilite a efetivação do planejamento de suas
atividades e controle de seus resultados.
O controle das Contas a Receber fornece informações
para tomada de decisões sobre um dos ativos mais
importantes que a empresa dispõe, os créditos a
receber originários das vendas e do recebimento de
mensalidade.
O controle de contas a receber possibilita a identificação dos
seguintes elementos, além de outras informações:
• A data e o montante dos valores a receber, os descontos
concedidos, e os juros recebidos;
• Os clientes que pagam em dia; o montante dos vencidos e
os períodos de atraso;
• As providências tomadas para a cobrança e o recebimento
dos valores em atrasos;
• Identificar os principais clientes, o grau de concentração
das vendas, e a qualidade e a regularidade dos clientes;
• Acompanhamento da regularidade dos pagamentos, e
programar as ações para cobrança administrativa ou
judicial;
• Fornecer informações para elaboração do fluxo de caixa.
• Conciliação contábil;
Contas a Receber por período
Empresa: XXXXX PLANOS Período: 1 à
24/05
Contas a Receber Recebimento
Venc. Cliente Docum. Plano Valor Data Valor Desconto Juros Obs.
01/05 Silva e Machado Ltda Boleto Empres 1.200,00 14/09 1.200,00
04/05 Marina Silva Dupl. 255 Famil. 1.000,00 13/09 1.015,00 15,00
08/05 Mustafa Morramed Dupl. 256 Famil. 800,00 02/09 780,00 20,00
15/05 Xuxa Meneguel Dupl. 257 Indiv. 550,00
20/05 Dom Pedro II Dupl. 258 Famil. 1.300,00
28/05 Pereira e Abreu Ltda boleto Empres 930,00
Total Previsto 5.780,00 2.995,00 20,00 15,00
Auditoria para Inclusão
Conforme colocamos na primeira aula, a
operadora pode solicitar ao cliente que
preencha uma declaração de saúde informando
sua situação, se possui alguma patologia, se já
fez algum tratamento, se está grávida etc, para
que seja tomada as providências com relação a
cobertura parcial temporária ou opção por
agravo.
Se julgar necessário, a operadora poderá
solicitar que o cliente passe por uma avaliação
médica que chamamos de Auditória Médica,
nesta, o Médico auditor poderá examinar o
paciente/cliente e até mesmo solicitar exames
para extinguir qualquer dúvida com relação a
situação atual do paciente. Conforme a lei
9656/98 poderá optar pela forma de
contratação para manter as garantias
financeiras.
Cliente
O Cliente pode contestar o resultado da
auditoria e solicitar nova avaliação com médico
de sua confiança, porém a operadora não
pagará as despesas do médico do cliente.
Noções Básicas em Administração de Plano de Saúde - Aula 2
Noções Básicas em Administração de Plano de Saúde - Aula 2
Noções Básicas em Administração de Plano de Saúde - Aula 2
Administração de Contratos
O setor de administração de contratos é
responsável pela análise do contrato, conforme
legislação da ANS e legislação CDC, neste
documento deverá constar toda as infamações
do cliente, termos aditivos necessários,
informações do plano adquirido, tabela de preço
de troca de carência, termos de adesão e
declaração de saúde.
O contrato não poderá ter rasuras, todas as
informações do cliente devem estar 100 %
corretas, e todos os termos aditivos e
declarações devem estar assinadas pelo cliente,
o uso de carbono no contrato é proibido.
Após a análise, o setor cadastra o cliente e o
plano no sistema de gestão da operadora, este
cliente e seu plano deve estar cadastrado no
sistema da operadora em 24 horas após a
contratação.
Faturamento
O setor de faturamento é responsável pelo
lançamento da produção dos médicos, clínicas e
hospitais, todos os lançamentos são conferidos,
organizados e lançados no sistema, a atividade
de faturamento é acompanhada pela equipe de
Auditoria (enfermeiro auditor, médio auditor e
auxiliares) caso haja alguma inconformidade o
procedimento poderá ser glosado.
Glosa ?
É toda cobrança efetuada que não coincide com
os acordos e regras firmadas entre o serviço
contratado e a empresa contratante.
Pode ser questionado e contestado por todos os
envolvidos no processo.
Setor Comercial
O setor comercial é responsável pelas vendas
do plano de saúde, o que diferencia do setor
comercial de outras empresa é o fato do
vendedor que chamamos de consultor ou
corretor de plano de saúde é que este
profissional é responsável pelo contrato e pelas
informações passadas ao cliente.
O setor realiza ações sociais, ações de vendas,
planeja promoções de acordo com a legislação,
realiza o pós venda, da assistência as empresas
já cadastradas, com inclusões e exclusções.
Área Jurídica
O setor jurídico dentre outras funções é
responsável pela revisão dos contratos,
esclarecer dúvidas dos clientes e defender a
empresa nas ações judiciais.
Também fornece informações quando solicitado
ao Procon, ANS, MS e demais órgãos envolvidos.
Consulta aos contratos ...
FIM ...
Prof. Marcelo Vermudt
vermudt@gmail.com
http://vermudt.blogspot.com.br/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação DCarvalho
Apresentação DCarvalhoApresentação DCarvalho
Apresentação DCarvalho
Lindomar Martins
 
Das14649205000107
Das14649205000107Das14649205000107
Das14649205000107
Aline81
 
Boleta denis
Boleta denisBoleta denis
Boleta denis
Denis Marcelo Campos
 
Revista digital apice
Revista digital   apiceRevista digital   apice
Revista digital apice
caiodepaula1995
 
18872824249 irpf-2013-2012-retif-imagem-declaracao
18872824249 irpf-2013-2012-retif-imagem-declaracao18872824249 irpf-2013-2012-retif-imagem-declaracao
18872824249 irpf-2013-2012-retif-imagem-declaracao
Maria Regilar
 
2
22
DRE Julho 2018
DRE Julho 2018DRE Julho 2018
Boleto martha
Boleto  marthaBoleto  martha
Boleto martha
Lucilene G.O. Adonai
 
Extrato de Conta mês de Fevereiro
Extrato de Conta mês de FevereiroExtrato de Conta mês de Fevereiro
Extrato de Conta mês de Fevereiro
moradaspelotas
 
Extrato de Conta mês de Março
Extrato de Conta mês de MarçoExtrato de Conta mês de Março
Extrato de Conta mês de Março
moradaspelotas
 
9e62c2f9e548
9e62c2f9e5489e62c2f9e548
9e62c2f9e548
Angelo Rigon
 
020745000101011
020745000101011020745000101011
020745000101011
RenanDantasdosSantos
 
Balanço financeiro do Sport sobre 2016
Balanço financeiro do Sport sobre 2016Balanço financeiro do Sport sobre 2016
Balanço financeiro do Sport sobre 2016
Cassio Zirpoli
 
Uniesp
UniespUniesp
Aula 02 bp
Aula 02 bpAula 02 bp
Aula 02 bp
Endryelle Santos
 
Exibe boleto
Exibe boletoExibe boleto
Exibe boleto
Anderson Vanessa
 
Prestação de contas- Fevereiro
Prestação de contas- FevereiroPrestação de contas- Fevereiro
Prestação de contas- Fevereiro
jeffersonhm2010
 
O balanço financeiro do Náutico em 2015
O balanço financeiro do Náutico em 2015O balanço financeiro do Náutico em 2015
O balanço financeiro do Náutico em 2015
Cassio Zirpoli
 
Balanço financeiro do Náutico sobre a temporada 2016
Balanço financeiro do Náutico sobre a temporada 2016Balanço financeiro do Náutico sobre a temporada 2016
Balanço financeiro do Náutico sobre a temporada 2016
Cassio Zirpoli
 

Mais procurados (19)

Apresentação DCarvalho
Apresentação DCarvalhoApresentação DCarvalho
Apresentação DCarvalho
 
Das14649205000107
Das14649205000107Das14649205000107
Das14649205000107
 
Boleta denis
Boleta denisBoleta denis
Boleta denis
 
Revista digital apice
Revista digital   apiceRevista digital   apice
Revista digital apice
 
18872824249 irpf-2013-2012-retif-imagem-declaracao
18872824249 irpf-2013-2012-retif-imagem-declaracao18872824249 irpf-2013-2012-retif-imagem-declaracao
18872824249 irpf-2013-2012-retif-imagem-declaracao
 
2
22
2
 
DRE Julho 2018
DRE Julho 2018DRE Julho 2018
DRE Julho 2018
 
Boleto martha
Boleto  marthaBoleto  martha
Boleto martha
 
Extrato de Conta mês de Fevereiro
Extrato de Conta mês de FevereiroExtrato de Conta mês de Fevereiro
Extrato de Conta mês de Fevereiro
 
Extrato de Conta mês de Março
Extrato de Conta mês de MarçoExtrato de Conta mês de Março
Extrato de Conta mês de Março
 
9e62c2f9e548
9e62c2f9e5489e62c2f9e548
9e62c2f9e548
 
020745000101011
020745000101011020745000101011
020745000101011
 
Balanço financeiro do Sport sobre 2016
Balanço financeiro do Sport sobre 2016Balanço financeiro do Sport sobre 2016
Balanço financeiro do Sport sobre 2016
 
Uniesp
UniespUniesp
Uniesp
 
Aula 02 bp
Aula 02 bpAula 02 bp
Aula 02 bp
 
Exibe boleto
Exibe boletoExibe boleto
Exibe boleto
 
Prestação de contas- Fevereiro
Prestação de contas- FevereiroPrestação de contas- Fevereiro
Prestação de contas- Fevereiro
 
O balanço financeiro do Náutico em 2015
O balanço financeiro do Náutico em 2015O balanço financeiro do Náutico em 2015
O balanço financeiro do Náutico em 2015
 
Balanço financeiro do Náutico sobre a temporada 2016
Balanço financeiro do Náutico sobre a temporada 2016Balanço financeiro do Náutico sobre a temporada 2016
Balanço financeiro do Náutico sobre a temporada 2016
 

Destaque

ANS - Aula 2
ANS - Aula 2ANS - Aula 2
ANS - Aula 2
Marcelo VERMUDT
 
Ans aula 1
Ans   aula 1Ans   aula 1
Ans aula 1
Marcelo VERMUDT
 
Documentação e e condições para funcionamentos de serviços odontológicos
Documentação e e condições para funcionamentos de serviços odontológicosDocumentação e e condições para funcionamentos de serviços odontológicos
Documentação e e condições para funcionamentos de serviços odontológicos
Wálina Alves
 
28 agendando procedimentos - meu prontuario
28   agendando procedimentos  - meu prontuario28   agendando procedimentos  - meu prontuario
28 agendando procedimentos - meu prontuario
Leonardo Alves
 
Cbhpm2010
Cbhpm2010Cbhpm2010
Curso de gestão para dentistas
Curso de gestão para dentistas Curso de gestão para dentistas
Curso de gestão para dentistas
Marcelo Suster
 
Aula responsabilidade planos de saúde
Aula responsabilidade planos de saúdeAula responsabilidade planos de saúde
Aula responsabilidade planos de saúde
Elaine Ribeiro
 
Enfermagem Contextualizada Sistemicamente na Administração do Setor de Saúde
Enfermagem Contextualizada Sistemicamente na Administração do Setor de SaúdeEnfermagem Contextualizada Sistemicamente na Administração do Setor de Saúde
Enfermagem Contextualizada Sistemicamente na Administração do Setor de Saúde
Orlando C Passos
 
Mini-curso de Marketing e Gestão Empresarial para Dentistas
Mini-curso de Marketing e Gestão Empresarial para DentistasMini-curso de Marketing e Gestão Empresarial para Dentistas
Mini-curso de Marketing e Gestão Empresarial para Dentistas
Alexandre Silva
 
Apostila de ADMINISTRAÇÃO EM CONSULTÓRIO
Apostila de ADMINISTRAÇÃO EM CONSULTÓRIOApostila de ADMINISTRAÇÃO EM CONSULTÓRIO
Apostila de ADMINISTRAÇÃO EM CONSULTÓRIO
Rayssa Mendonça
 
57240747 livro-administracao-aplicada-a-enfermagem
57240747 livro-administracao-aplicada-a-enfermagem57240747 livro-administracao-aplicada-a-enfermagem
57240747 livro-administracao-aplicada-a-enfermagem
Reginaldo Figueiredo
 
Teorias da Administração, unidade 1
Teorias da Administração, unidade 1Teorias da Administração, unidade 1
Teorias da Administração, unidade 1
Geisson Fernando França
 
Organizações e administração
Organizações e administraçãoOrganizações e administração
Aula 1 - Administração de Enfermagem na Saúde Trabalhador
Aula 1 - Administração de Enfermagem na Saúde TrabalhadorAula 1 - Administração de Enfermagem na Saúde Trabalhador
Aula 1 - Administração de Enfermagem na Saúde Trabalhador
Ghiordanno Bruno
 
Trabalho normas regulamentadoras
Trabalho normas regulamentadorasTrabalho normas regulamentadoras
Trabalho normas regulamentadoras
Francine Bonfante
 
Adm ms 2012
Adm ms 2012Adm ms 2012
Adm ms 2012
Ismael Costa
 
A D M I N I S T R AÇÃ O
A D M I N I S T R AÇÃ OA D M I N I S T R AÇÃ O
A D M I N I S T R AÇÃ O
taniamaciel
 
Apresentaçao das nr.s
Apresentaçao das nr.sApresentaçao das nr.s
Apresentaçao das nr.s
Junior Almeida
 
Indicadores sanitarios en salud
Indicadores sanitarios en saludIndicadores sanitarios en salud
Indicadores sanitarios en salud
Gilberto Rodríguez Rincón
 
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de SaúdeGestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Alex Eduardo Ribeiro
 

Destaque (20)

ANS - Aula 2
ANS - Aula 2ANS - Aula 2
ANS - Aula 2
 
Ans aula 1
Ans   aula 1Ans   aula 1
Ans aula 1
 
Documentação e e condições para funcionamentos de serviços odontológicos
Documentação e e condições para funcionamentos de serviços odontológicosDocumentação e e condições para funcionamentos de serviços odontológicos
Documentação e e condições para funcionamentos de serviços odontológicos
 
28 agendando procedimentos - meu prontuario
28   agendando procedimentos  - meu prontuario28   agendando procedimentos  - meu prontuario
28 agendando procedimentos - meu prontuario
 
Cbhpm2010
Cbhpm2010Cbhpm2010
Cbhpm2010
 
Curso de gestão para dentistas
Curso de gestão para dentistas Curso de gestão para dentistas
Curso de gestão para dentistas
 
Aula responsabilidade planos de saúde
Aula responsabilidade planos de saúdeAula responsabilidade planos de saúde
Aula responsabilidade planos de saúde
 
Enfermagem Contextualizada Sistemicamente na Administração do Setor de Saúde
Enfermagem Contextualizada Sistemicamente na Administração do Setor de SaúdeEnfermagem Contextualizada Sistemicamente na Administração do Setor de Saúde
Enfermagem Contextualizada Sistemicamente na Administração do Setor de Saúde
 
Mini-curso de Marketing e Gestão Empresarial para Dentistas
Mini-curso de Marketing e Gestão Empresarial para DentistasMini-curso de Marketing e Gestão Empresarial para Dentistas
Mini-curso de Marketing e Gestão Empresarial para Dentistas
 
Apostila de ADMINISTRAÇÃO EM CONSULTÓRIO
Apostila de ADMINISTRAÇÃO EM CONSULTÓRIOApostila de ADMINISTRAÇÃO EM CONSULTÓRIO
Apostila de ADMINISTRAÇÃO EM CONSULTÓRIO
 
57240747 livro-administracao-aplicada-a-enfermagem
57240747 livro-administracao-aplicada-a-enfermagem57240747 livro-administracao-aplicada-a-enfermagem
57240747 livro-administracao-aplicada-a-enfermagem
 
Teorias da Administração, unidade 1
Teorias da Administração, unidade 1Teorias da Administração, unidade 1
Teorias da Administração, unidade 1
 
Organizações e administração
Organizações e administraçãoOrganizações e administração
Organizações e administração
 
Aula 1 - Administração de Enfermagem na Saúde Trabalhador
Aula 1 - Administração de Enfermagem na Saúde TrabalhadorAula 1 - Administração de Enfermagem na Saúde Trabalhador
Aula 1 - Administração de Enfermagem na Saúde Trabalhador
 
Trabalho normas regulamentadoras
Trabalho normas regulamentadorasTrabalho normas regulamentadoras
Trabalho normas regulamentadoras
 
Adm ms 2012
Adm ms 2012Adm ms 2012
Adm ms 2012
 
A D M I N I S T R AÇÃ O
A D M I N I S T R AÇÃ OA D M I N I S T R AÇÃ O
A D M I N I S T R AÇÃ O
 
Apresentaçao das nr.s
Apresentaçao das nr.sApresentaçao das nr.s
Apresentaçao das nr.s
 
Indicadores sanitarios en salud
Indicadores sanitarios en saludIndicadores sanitarios en salud
Indicadores sanitarios en salud
 
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de SaúdeGestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
 

Semelhante a Noções Básicas em Administração de Plano de Saúde - Aula 2

Manual credenciamento odontologico
Manual credenciamento odontologicoManual credenciamento odontologico
Manual credenciamento odontologico
Carlos Antonio Pereira
 
Manual Do Cliente A C E S F
Manual Do  Cliente  A C E S FManual Do  Cliente  A C E S F
Manual Do Cliente A C E S F
Rafhael Sena
 
Faturamento médico hospitalar 2024 atualizado
Faturamento médico hospitalar 2024 atualizadoFaturamento médico hospitalar 2024 atualizado
Faturamento médico hospitalar 2024 atualizado
MarcosFernandes696722
 
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 9 e 10
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 9 e 10Práticas de Recursos Humanos - Aulas 9 e 10
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 9 e 10
Wandick Rocha de Aquino
 
Proposta Comercial TG
Proposta Comercial TGProposta Comercial TG
Proposta Comercial TG
Tomas
 
Inadimplência: um mal a ser combatido
Inadimplência: um mal a ser combatidoInadimplência: um mal a ser combatido
Inadimplência: um mal a ser combatido
Ivan Tojal
 
Gestao de Passivos Fiscais
Gestao de Passivos FiscaisGestao de Passivos Fiscais
Gestao de Passivos Fiscais
IIR Informa
 
Manual empresarial da contabilidade
Manual empresarial da contabilidadeManual empresarial da contabilidade
Manual empresarial da contabilidade
PinheiroContabilidade
 
Administrativo Recon.pptx
Administrativo Recon.pptxAdministrativo Recon.pptx
Administrativo Recon.pptx
RobinhoSantos12
 
Curso de planejamento financeiro
Curso de planejamento financeiroCurso de planejamento financeiro
Curso de planejamento financeiro
EDUARDO SCOTT CAMARGO
 
Pagamento em caixa .pptx
Pagamento em caixa .pptxPagamento em caixa .pptx
Pagamento em caixa .pptx
PedroCabral97
 
Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura
Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por AssinaturaPaciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura
Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura
Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | WindowsMeeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
EflowMeeting
 
Aula 6 - Contas a pagar
Aula 6 - Contas a pagarAula 6 - Contas a pagar
Aula 6 - Contas a pagar
Professor Cristiano Barreto
 
Guia para o novo empresário
Guia para o novo empresárioGuia para o novo empresário
Guia para o novo empresário
razonetecontabil
 
Dre 05-18
Dre 05-18Dre 05-18
Contabilidade empresarial e trabalista
Contabilidade empresarial e trabalistaContabilidade empresarial e trabalista
Contabilidade empresarial e trabalista
Aline Gabriely
 
Contas a receber
Contas a receberContas a receber
Contas a receber
Rafaela Nojosa
 
Estudo_exercicios_CRC.pdf
Estudo_exercicios_CRC.pdfEstudo_exercicios_CRC.pdf
Estudo_exercicios_CRC.pdf
GeraodeconhecimentoN
 
Finanças para Pequenos Negócios Instituto Keynes Londrina
Finanças para Pequenos Negócios Instituto Keynes LondrinaFinanças para Pequenos Negócios Instituto Keynes Londrina
Finanças para Pequenos Negócios Instituto Keynes Londrina
Instituto Keynes
 

Semelhante a Noções Básicas em Administração de Plano de Saúde - Aula 2 (20)

Manual credenciamento odontologico
Manual credenciamento odontologicoManual credenciamento odontologico
Manual credenciamento odontologico
 
Manual Do Cliente A C E S F
Manual Do  Cliente  A C E S FManual Do  Cliente  A C E S F
Manual Do Cliente A C E S F
 
Faturamento médico hospitalar 2024 atualizado
Faturamento médico hospitalar 2024 atualizadoFaturamento médico hospitalar 2024 atualizado
Faturamento médico hospitalar 2024 atualizado
 
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 9 e 10
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 9 e 10Práticas de Recursos Humanos - Aulas 9 e 10
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 9 e 10
 
Proposta Comercial TG
Proposta Comercial TGProposta Comercial TG
Proposta Comercial TG
 
Inadimplência: um mal a ser combatido
Inadimplência: um mal a ser combatidoInadimplência: um mal a ser combatido
Inadimplência: um mal a ser combatido
 
Gestao de Passivos Fiscais
Gestao de Passivos FiscaisGestao de Passivos Fiscais
Gestao de Passivos Fiscais
 
Manual empresarial da contabilidade
Manual empresarial da contabilidadeManual empresarial da contabilidade
Manual empresarial da contabilidade
 
Administrativo Recon.pptx
Administrativo Recon.pptxAdministrativo Recon.pptx
Administrativo Recon.pptx
 
Curso de planejamento financeiro
Curso de planejamento financeiroCurso de planejamento financeiro
Curso de planejamento financeiro
 
Pagamento em caixa .pptx
Pagamento em caixa .pptxPagamento em caixa .pptx
Pagamento em caixa .pptx
 
Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura
Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por AssinaturaPaciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura
Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura
 
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | WindowsMeeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
 
Aula 6 - Contas a pagar
Aula 6 - Contas a pagarAula 6 - Contas a pagar
Aula 6 - Contas a pagar
 
Guia para o novo empresário
Guia para o novo empresárioGuia para o novo empresário
Guia para o novo empresário
 
Dre 05-18
Dre 05-18Dre 05-18
Dre 05-18
 
Contabilidade empresarial e trabalista
Contabilidade empresarial e trabalistaContabilidade empresarial e trabalista
Contabilidade empresarial e trabalista
 
Contas a receber
Contas a receberContas a receber
Contas a receber
 
Estudo_exercicios_CRC.pdf
Estudo_exercicios_CRC.pdfEstudo_exercicios_CRC.pdf
Estudo_exercicios_CRC.pdf
 
Finanças para Pequenos Negócios Instituto Keynes Londrina
Finanças para Pequenos Negócios Instituto Keynes LondrinaFinanças para Pequenos Negócios Instituto Keynes Londrina
Finanças para Pequenos Negócios Instituto Keynes Londrina
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
marcos oliveira
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 

Noções Básicas em Administração de Plano de Saúde - Aula 2

  • 1. Curso de Extensão Aula 2 - 24/05/2013 Noções Básicas em Administração de Plano de Saúde
  • 2. Atividade à distância: Orçamento de um plano de saúde para uma criança (00 à 18 anos)
  • 3. Última Aula (17/05) • Planos no Acre; • Modalidades; • Credenciamento Médico; • Tabela CBHPM; • Consulta na Tabela.
  • 4. O que é Contas a Pagar? Todos os compromissos legalmente constituídos, autorizados e consumados deverão ser pagos. Como e quando pagar pode ser a diferença, em termos de produtividade;
  • 5. O que é contas a pagar? Conceito: “É a arte de honrar os compromissos (compras de materiais e serviços), devidamente constituídos e autorizados pela empresa, com o maior prazo possível e menor custo empresarial”.
  • 6. Objetivos, funções e responsabilidades Compete aos profissionais da área de Contas a Pagar as seguintes funções e responsabilidades:  Montar o processo de pagamento antes da data de vencimento, detectando e corrigindo eventuais divergências;
  • 7. Objetivos, funções e responsabilidades  Controlar todos os contratos firmados que requeiram pagamentos em datas predeterminadas, inteirando-se dos seus cálculos e atualizações;  Manter sistemático contato com fornecedores internos e externos, de forma a facilitar a comunicação (geralmente, a grande vantagem nas negociações de encargos financeiros se consegue neste nível, ou no nível imediatamente superior);
  • 8. Objetivos, funções e responsabilidades  Preparar, para a Tesouraria, posição diária e semanal dos compromissos a liquidar, para efeito do fluxo de caixa operacional;  Estar sempre atento para as vantagens financeiras estratégicas em pagar ou postergar determinado compromisso.
  • 9. Objetivos, funções e responsabilidades Principais objetivos são: • Confrontação do contas a pagar; • Efetivação do pagamento; Entrada de documentos (fontes internas e externas) Setor de contas a pagar Liquidação de pagamentos bancos e demais fontes externas
  • 10. Objetivos, funções e responsabilidades Conclusão: Podemos assegurar que todos os pagamentos correspondentes às aquisições de recursos e que só sejam efetuados (pagamentos), após a constatação da autenticidade e exatidão do respectivo material o serviço adquirido pela empresa.
  • 11. Contas a pagar VENCI Nr N F PRESTADOR DE SERVIÇO ESPECIAL. MÉDICO PARCELA FOR PG VALOR SITUAÇÃO 29/jun 53.886 PA Santa Casa 01-003 DEPOS 2.200,00 PAGO 31/07 06/jul 53.886 PA Santa Casa 02-003 BOL 2.220,00 PAGO 12/08 07/jul 407802 JOÃO 02-002 DEPOS 885,9 PAGO 24/07 13/jul 53.886 MORAES 03-003 BOL 2.315,00 PAGO 19/08 14/jul 5.321 EDMUNDO ÚNICA DEPOS 5.191,30 PAGO 03/08 14/jul 5.310 EDMUNDO ÚNICA DEPOS 4.100,00 PAGO 03/08 17/jul 25154/01 GABRIELA ÚNICA BOL 3.004,44 PAGO 24/07 18/jul 63475 MARIA ÚNICA PROTES 117,67 PAGO 28/07 20/jul 883353 SILVANA ÚNICA BOL 801.05 PAGO 31/07 21/jul 186791/1 EDMUNDO ÚNICA BOL 1.079,69 PAGO 07/08 23/jul 114199 HELIO 02-003 BOL 1.463,04 PAGO 31/07 24/jul 101712 HELIO 02-003 BOL 16.370,00 PAGO 30/07 24/jul 56.243 MORAES 02-003 BOL 352,83 PAGO 31/07 24/jul SN EDVARD ÚNICA CHE PRE 1.100,00 PAGO 05/08 25/jul 84.924 EDMUNDO ÚNICA DEPOS 5.795,00 PAGO 04/08 30/jul 114199 HELIO 03-003 BOL 1.492,00 PAGO 17/08 30/jul 101712 HELIO 03-003 BOL 17.308,00 PAGO 04/09 31/jul 56.243 MORAES 03-003 BOL 351,21 PAGO 05/08 31/jul EDCARLOS ÚNICA CART 3.705,70 PAGO 05/08
  • 12. Contas a Receber Para uma eficiente gestão financeira na empresa é necessário implantar alguns controles gerenciais, que forneçam sistema gerador de informações que possibilite a efetivação do planejamento de suas atividades e controle de seus resultados. O controle das Contas a Receber fornece informações para tomada de decisões sobre um dos ativos mais importantes que a empresa dispõe, os créditos a receber originários das vendas e do recebimento de mensalidade.
  • 13. O controle de contas a receber possibilita a identificação dos seguintes elementos, além de outras informações: • A data e o montante dos valores a receber, os descontos concedidos, e os juros recebidos; • Os clientes que pagam em dia; o montante dos vencidos e os períodos de atraso; • As providências tomadas para a cobrança e o recebimento dos valores em atrasos; • Identificar os principais clientes, o grau de concentração das vendas, e a qualidade e a regularidade dos clientes; • Acompanhamento da regularidade dos pagamentos, e programar as ações para cobrança administrativa ou judicial; • Fornecer informações para elaboração do fluxo de caixa. • Conciliação contábil;
  • 14. Contas a Receber por período Empresa: XXXXX PLANOS Período: 1 à 24/05 Contas a Receber Recebimento Venc. Cliente Docum. Plano Valor Data Valor Desconto Juros Obs. 01/05 Silva e Machado Ltda Boleto Empres 1.200,00 14/09 1.200,00 04/05 Marina Silva Dupl. 255 Famil. 1.000,00 13/09 1.015,00 15,00 08/05 Mustafa Morramed Dupl. 256 Famil. 800,00 02/09 780,00 20,00 15/05 Xuxa Meneguel Dupl. 257 Indiv. 550,00 20/05 Dom Pedro II Dupl. 258 Famil. 1.300,00 28/05 Pereira e Abreu Ltda boleto Empres 930,00 Total Previsto 5.780,00 2.995,00 20,00 15,00
  • 15. Auditoria para Inclusão Conforme colocamos na primeira aula, a operadora pode solicitar ao cliente que preencha uma declaração de saúde informando sua situação, se possui alguma patologia, se já fez algum tratamento, se está grávida etc, para que seja tomada as providências com relação a cobertura parcial temporária ou opção por agravo.
  • 16. Se julgar necessário, a operadora poderá solicitar que o cliente passe por uma avaliação médica que chamamos de Auditória Médica, nesta, o Médico auditor poderá examinar o paciente/cliente e até mesmo solicitar exames para extinguir qualquer dúvida com relação a situação atual do paciente. Conforme a lei 9656/98 poderá optar pela forma de contratação para manter as garantias financeiras.
  • 17. Cliente O Cliente pode contestar o resultado da auditoria e solicitar nova avaliação com médico de sua confiança, porém a operadora não pagará as despesas do médico do cliente.
  • 21. Administração de Contratos O setor de administração de contratos é responsável pela análise do contrato, conforme legislação da ANS e legislação CDC, neste documento deverá constar toda as infamações do cliente, termos aditivos necessários, informações do plano adquirido, tabela de preço de troca de carência, termos de adesão e declaração de saúde.
  • 22. O contrato não poderá ter rasuras, todas as informações do cliente devem estar 100 % corretas, e todos os termos aditivos e declarações devem estar assinadas pelo cliente, o uso de carbono no contrato é proibido. Após a análise, o setor cadastra o cliente e o plano no sistema de gestão da operadora, este cliente e seu plano deve estar cadastrado no sistema da operadora em 24 horas após a contratação.
  • 23. Faturamento O setor de faturamento é responsável pelo lançamento da produção dos médicos, clínicas e hospitais, todos os lançamentos são conferidos, organizados e lançados no sistema, a atividade de faturamento é acompanhada pela equipe de Auditoria (enfermeiro auditor, médio auditor e auxiliares) caso haja alguma inconformidade o procedimento poderá ser glosado.
  • 24. Glosa ? É toda cobrança efetuada que não coincide com os acordos e regras firmadas entre o serviço contratado e a empresa contratante. Pode ser questionado e contestado por todos os envolvidos no processo.
  • 25. Setor Comercial O setor comercial é responsável pelas vendas do plano de saúde, o que diferencia do setor comercial de outras empresa é o fato do vendedor que chamamos de consultor ou corretor de plano de saúde é que este profissional é responsável pelo contrato e pelas informações passadas ao cliente.
  • 26. O setor realiza ações sociais, ações de vendas, planeja promoções de acordo com a legislação, realiza o pós venda, da assistência as empresas já cadastradas, com inclusões e exclusções.
  • 27. Área Jurídica O setor jurídico dentre outras funções é responsável pela revisão dos contratos, esclarecer dúvidas dos clientes e defender a empresa nas ações judiciais. Também fornece informações quando solicitado ao Procon, ANS, MS e demais órgãos envolvidos.
  • 29. FIM ... Prof. Marcelo Vermudt vermudt@gmail.com http://vermudt.blogspot.com.br/