SlideShare uma empresa Scribd logo
Leis de Isaac Newton
As Leis de Newton
As Leis de Newton são Leis
que determinam como a ação das
Forças influenciam no estado de
movimento dos corpos.
Qualquer agente capaz de produzir
num corpo uma aceleração e/ou uma
deformação.
Força
Imagem: Senior Airman Brett Clashman, U.S. Air
Force / Domínio Público
Imagem: Azreey / GNU Free Documentation
License
Instrumento utilizado para medir
força.
Dinamômetro
Imagem:Briain/
DomínioPúblico
Imagem: Tucker T / Creative Commons CC0 1.0 Universal
Public Domain Dedication
Classificação das Forças
Forças de Contato: São forças que surgem no contato de
dois corpos.
Ex.: Quando puxamos/empurramos um corpo.
Imagem:Oleg
Alexandrov/
DomínioPúblico
Imagem: Ryan Child / U.S. Navy / Domínio Público
Forças de Campo: São forças que atuam a distância,
dispensando o contato.
Ex.: Ímã e um metal; o satélite e a Terra.
Classificação das Forças
Imagem: Steve Jurvetson / Creative Commons Attribution
2.0 Generic
Imagem: StarryTG / NASA / Domínio Público
1ª Lei de Newton:
LEI DA INÉRCIA
“Todo corpo continua
em seu estado de repouso
ou de movimento uniforme
em uma linha reta, a
menos que ele seja forçado
a mudar aquele estado por
forças imprimidas sobre
ele”.
(Isaac Newton - Principia)
Imagem:NASA/Domínio
Público
do Ensino Fundamental
Segundo Aristóteles, o
movimento de um corpo não é
um estado natural. Para que ele
ocorra, é necessária a ação de
uma força.
Segundo Galileu, inércia
consiste na tendência natural
que os corpos possuem em
manter velocidade constante.
Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.)
Galileu (1564 d.C. – 1642 d.C.)
Imagem:Sting/Creative
Commons-Atribuição-Partilha
nosMesmosTermos2.5
Genérica
Algumas situações em que a Lei da Inércia aparece
Imagem: BrokenSphere / GNU Free Documentation License
Imagem: Munsterbusiness.ie / Creative Commons Attribution 3.0 Unported
Lei da Inércia
A primeira lei de Newton diz que todo corpo
tende a manter o seu movimento.
Se em repouso, irá permanecer em repouso,
desde que não haja forças atuando sobre este
corpo, ou se elas estiverem em equilíbrio.
12
12
Percebemos que Massa e Aceleração são grandezas
inversamente proporcionais
A força que a mão
exerce acelera a
caixa
A força que a mão
exerce acelera a
caixa
Duas vezes a força
produz uma
aceleração duas
vezes maior
A mesma força
sobre uma massa
duas vezes maior
causa metade da
aceleração
Duas vezes a força
sobre uma massa
duas vezes maior
produz a mesma
aceleração original
Sobre uma massa
três vezes maior,
causa um terço da
aceleração original
Lei da Inércia – A massa dos
corpos pode interferir?
Quanto maior a massa de um corpo
maior a sua inércia, ou seja, maior é
sua tendência de permanecer em
repouso ou em movimentomovimento
retilíneo e uniformeretilíneo e uniforme.
Portanto, a massa é a característica
que mede a inércia de um corpo.
Lei Fundamental da Dinâmica
• Todo corpo precisa de uma força para
se movimentar e outra para parar.
• Quanto maior for o massa, maior
deverá ser a intensidade da força,
para poder variar o movimento.
• Quanto maior a variação de
velocidade maior a força.
Lei Fundamental da Dinâmica
 Essa lei diz que a soma de
todas as forças que atuam
sobre um corpo é igual a
força resultante deste. É
essa força resultante que
indicará a direção e o sentido
em que o corpo se moverá.
• Quando uma força resultante
está presente numa
partícula, esta adquire uma
aceleração na mesma
direção e sentido da força,
segundo um referencial
inercial.
• F = força (N)
Unid. de força no S.I: (N) Newton
• m = massa (kg)
• a = aceleração (m/s2
)
Lei da Ação e Reação
A terceira lei de Newton
3a
Lei da Ação e Reação
"Para toda força que
surgir num corpo
como resultado da
interação com um
segundo corpo, deve
surgir nesse segundo
uma outra força,
chamada de reação,
cuja intensidade e
direção são as mesmas
da primeira mas, cujo
sentido é o oposto da
primeira."
Propriedades do par ação/reação
-Estão associadas a uma única interação, ou seja,Estão associadas a uma única interação, ou seja,
correspondem às forças trocadas entre apenascorrespondem às forças trocadas entre apenas
dois corpos;dois corpos;
Têm sempre a mesma natureza (ambas deTêm sempre a mesma natureza (ambas de
contato ou ambas de campo), logo, possuem ocontato ou ambas de campo), logo, possuem o
mesmo nome ("de contato" ou "de campo");mesmo nome ("de contato" ou "de campo");
É indiferente atribuir a ação a uma das forças eÉ indiferente atribuir a ação a uma das forças e
a reação à outra.a reação à outra.
Propriedades do par ação/reação
• Estas forças são caracterizadas por terem:Estas forças são caracterizadas por terem:
-Mesma direção-Mesma direção
-Sentidos opostos-Sentidos opostos
-Mesma intensidade-Mesma intensidade
-Aplicadas em corpos diferentes, logo não se-Aplicadas em corpos diferentes, logo não se
anulam.anulam.
-- Uma força nunca aparece sozinha. Elas sempre
aparecem aos pares (uma delas é chamada de
ação e a outra, de reação).
Decampo:
Por contato:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Leis de newton slide-gizelda
Leis de newton   slide-gizeldaLeis de newton   slide-gizelda
Leis de newton slide-gizelda
Gizelda
 
Aula de Física - As Leis de Newton
Aula de Física - As Leis de NewtonAula de Física - As Leis de Newton
Aula de Física - As Leis de Newton
Editora Moderna
 
Leis de Newton - Prof. Daniel Japiassú
Leis de Newton - Prof. Daniel JapiassúLeis de Newton - Prof. Daniel Japiassú
Leis de Newton - Prof. Daniel Japiassú
Daniel Japiassú
 
2 lei de newton
2 lei de newton2 lei de newton
2 lei de newton
Luciana Pinto Dos Santos
 
Slide leis de newton apresentação oficial
Slide leis de newton apresentação oficialSlide leis de newton apresentação oficial
Slide leis de newton apresentação oficial
gibs007
 
Leis de Newton
Leis de NewtonLeis de Newton
Leis de Newton
Daniela F Almenara
 
Física leis de newton
Física   leis de newtonFísica   leis de newton
Física leis de newton
WALTER ALENCAR DE SOUSA
 
Leis de newton parte 3
Leis de newton parte 3Leis de newton parte 3
Leis de newton parte 3
daf97
 
Dinâmica e estática - Leis de Newton
Dinâmica e estática - Leis de NewtonDinâmica e estática - Leis de Newton
Dinâmica e estática - Leis de Newton
Felipe Bueno
 
As leis de Newton
As leis de NewtonAs leis de Newton
As leis de Newton
Ubirajara Neves
 
Terceira Lei De Newton
Terceira Lei De NewtonTerceira Lei De Newton
Terceira Lei De Newton
Colegio Coutinho
 
Ciências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de Newton
Ciências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de NewtonCiências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de Newton
Ciências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de Newton
mariana1314
 
Leis de newton
Leis de newtonLeis de newton
Leis de newton
Júlio A Pinheiro
 
Dinamica leis fundamentais
Dinamica leis fundamentaisDinamica leis fundamentais
Dinamica leis fundamentais
Marines Adiers Alves Pereira
 
Trabalho de física leis de newton
Trabalho de física leis de newtonTrabalho de física leis de newton
Trabalho de física leis de newton
gibs007
 
Leis newton
Leis newtonLeis newton
Leis newton
Adrianne Mendonça
 
As leis de newton pronto
As leis de newton prontoAs leis de newton pronto
As leis de newton pronto
yaragessica
 
Dinâmica e leis de newton
Dinâmica e leis de newtonDinâmica e leis de newton
Dinâmica e leis de newton
Paulo Junior Rodrigues
 
Fisico quimica
Fisico quimicaFisico quimica
Fisico quimica
Andre Agostinho
 

Mais procurados (19)

Leis de newton slide-gizelda
Leis de newton   slide-gizeldaLeis de newton   slide-gizelda
Leis de newton slide-gizelda
 
Aula de Física - As Leis de Newton
Aula de Física - As Leis de NewtonAula de Física - As Leis de Newton
Aula de Física - As Leis de Newton
 
Leis de Newton - Prof. Daniel Japiassú
Leis de Newton - Prof. Daniel JapiassúLeis de Newton - Prof. Daniel Japiassú
Leis de Newton - Prof. Daniel Japiassú
 
2 lei de newton
2 lei de newton2 lei de newton
2 lei de newton
 
Slide leis de newton apresentação oficial
Slide leis de newton apresentação oficialSlide leis de newton apresentação oficial
Slide leis de newton apresentação oficial
 
Leis de Newton
Leis de NewtonLeis de Newton
Leis de Newton
 
Física leis de newton
Física   leis de newtonFísica   leis de newton
Física leis de newton
 
Leis de newton parte 3
Leis de newton parte 3Leis de newton parte 3
Leis de newton parte 3
 
Dinâmica e estática - Leis de Newton
Dinâmica e estática - Leis de NewtonDinâmica e estática - Leis de Newton
Dinâmica e estática - Leis de Newton
 
As leis de Newton
As leis de NewtonAs leis de Newton
As leis de Newton
 
Terceira Lei De Newton
Terceira Lei De NewtonTerceira Lei De Newton
Terceira Lei De Newton
 
Ciências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de Newton
Ciências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de NewtonCiências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de Newton
Ciências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de Newton
 
Leis de newton
Leis de newtonLeis de newton
Leis de newton
 
Dinamica leis fundamentais
Dinamica leis fundamentaisDinamica leis fundamentais
Dinamica leis fundamentais
 
Trabalho de física leis de newton
Trabalho de física leis de newtonTrabalho de física leis de newton
Trabalho de física leis de newton
 
Leis newton
Leis newtonLeis newton
Leis newton
 
As leis de newton pronto
As leis de newton prontoAs leis de newton pronto
As leis de newton pronto
 
Dinâmica e leis de newton
Dinâmica e leis de newtonDinâmica e leis de newton
Dinâmica e leis de newton
 
Fisico quimica
Fisico quimicaFisico quimica
Fisico quimica
 

Destaque

Aula 10 porcas
Aula 10   porcasAula 10   porcas
Aula 10 porcas
Renaldo Adriano
 
Aula 10 ensaio de torção
Aula 10   ensaio de torçãoAula 10   ensaio de torção
Aula 10 ensaio de torção
Renaldo Adriano
 
Deformação por torção e dimensionamento de eixos tubulares final 2pptx
Deformação por torção e dimensionamento de eixos     tubulares  final 2pptxDeformação por torção e dimensionamento de eixos     tubulares  final 2pptx
Deformação por torção e dimensionamento de eixos tubulares final 2pptx
Rafaela Chaves
 
Limitadores de Torque Tec Tor
Limitadores de Torque Tec TorLimitadores de Torque Tec Tor
Limitadores de Torque Tec Tor
Tec Tor Industria e Equipamentos
 
Lista de dureza dos parafusos e porcas
Lista de dureza dos parafusos e porcasLista de dureza dos parafusos e porcas
Lista de dureza dos parafusos e porcas
rafaelnun
 
Nbr 5875 parafusos porcas e acessorios
Nbr 5875 parafusos porcas e acessoriosNbr 5875 parafusos porcas e acessorios
Nbr 5875 parafusos porcas e acessorios
ejfelix
 
ExplicaçãO Sobre Torque E Metodos De Aperto
ExplicaçãO Sobre Torque E Metodos De ApertoExplicaçãO Sobre Torque E Metodos De Aperto
ExplicaçãO Sobre Torque E Metodos De Aperto
Ricardara
 
Torquimetro de tapas, tapones y botellas - Modelo TMV5 Marca AT2E
Torquimetro de tapas, tapones y botellas - Modelo TMV5 Marca AT2ETorquimetro de tapas, tapones y botellas - Modelo TMV5 Marca AT2E
Torquimetro de tapas, tapones y botellas - Modelo TMV5 Marca AT2E
BOUSTENS
 
Instrumentos de medida e exemplos de aplicação
Instrumentos de medida e  exemplos de aplicaçãoInstrumentos de medida e  exemplos de aplicação
Instrumentos de medida e exemplos de aplicação
Valdivinio J. Marques
 
Metrologia
MetrologiaMetrologia
Metrologia
Agostinho NSilva
 
Apresentação dos-elementos-de-máquians-unifor
Apresentação dos-elementos-de-máquians-uniforApresentação dos-elementos-de-máquians-unifor
Apresentação dos-elementos-de-máquians-unifor
Francisco Allan de O. Pereira
 
95950 parafusos e-porcas
95950 parafusos e-porcas95950 parafusos e-porcas
95950 parafusos e-porcas
Maicon da Luz
 
Uso del torquimetro
Uso del torquimetroUso del torquimetro
Uso del torquimetro
Robert Orosco
 
Apostila desenho mecanico i
Apostila   desenho mecanico iApostila   desenho mecanico i
Apostila desenho mecanico i
Carlos A. Silva
 
ELEMENTOS DE MAQUINAS PARAFUSOS E PORCAS
ELEMENTOS DE MAQUINAS PARAFUSOS E PORCASELEMENTOS DE MAQUINAS PARAFUSOS E PORCAS
ELEMENTOS DE MAQUINAS PARAFUSOS E PORCAS
ordenaelbass
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Jaqueline Sarges
 
Tcc exemplo - Esqueleto
Tcc   exemplo - EsqueletoTcc   exemplo - Esqueleto
Tcc exemplo - Esqueleto
Kátia Silva da Costa
 

Destaque (17)

Aula 10 porcas
Aula 10   porcasAula 10   porcas
Aula 10 porcas
 
Aula 10 ensaio de torção
Aula 10   ensaio de torçãoAula 10   ensaio de torção
Aula 10 ensaio de torção
 
Deformação por torção e dimensionamento de eixos tubulares final 2pptx
Deformação por torção e dimensionamento de eixos     tubulares  final 2pptxDeformação por torção e dimensionamento de eixos     tubulares  final 2pptx
Deformação por torção e dimensionamento de eixos tubulares final 2pptx
 
Limitadores de Torque Tec Tor
Limitadores de Torque Tec TorLimitadores de Torque Tec Tor
Limitadores de Torque Tec Tor
 
Lista de dureza dos parafusos e porcas
Lista de dureza dos parafusos e porcasLista de dureza dos parafusos e porcas
Lista de dureza dos parafusos e porcas
 
Nbr 5875 parafusos porcas e acessorios
Nbr 5875 parafusos porcas e acessoriosNbr 5875 parafusos porcas e acessorios
Nbr 5875 parafusos porcas e acessorios
 
ExplicaçãO Sobre Torque E Metodos De Aperto
ExplicaçãO Sobre Torque E Metodos De ApertoExplicaçãO Sobre Torque E Metodos De Aperto
ExplicaçãO Sobre Torque E Metodos De Aperto
 
Torquimetro de tapas, tapones y botellas - Modelo TMV5 Marca AT2E
Torquimetro de tapas, tapones y botellas - Modelo TMV5 Marca AT2ETorquimetro de tapas, tapones y botellas - Modelo TMV5 Marca AT2E
Torquimetro de tapas, tapones y botellas - Modelo TMV5 Marca AT2E
 
Instrumentos de medida e exemplos de aplicação
Instrumentos de medida e  exemplos de aplicaçãoInstrumentos de medida e  exemplos de aplicação
Instrumentos de medida e exemplos de aplicação
 
Metrologia
MetrologiaMetrologia
Metrologia
 
Apresentação dos-elementos-de-máquians-unifor
Apresentação dos-elementos-de-máquians-uniforApresentação dos-elementos-de-máquians-unifor
Apresentação dos-elementos-de-máquians-unifor
 
95950 parafusos e-porcas
95950 parafusos e-porcas95950 parafusos e-porcas
95950 parafusos e-porcas
 
Uso del torquimetro
Uso del torquimetroUso del torquimetro
Uso del torquimetro
 
Apostila desenho mecanico i
Apostila   desenho mecanico iApostila   desenho mecanico i
Apostila desenho mecanico i
 
ELEMENTOS DE MAQUINAS PARAFUSOS E PORCAS
ELEMENTOS DE MAQUINAS PARAFUSOS E PORCASELEMENTOS DE MAQUINAS PARAFUSOS E PORCAS
ELEMENTOS DE MAQUINAS PARAFUSOS E PORCAS
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
 
Tcc exemplo - Esqueleto
Tcc   exemplo - EsqueletoTcc   exemplo - Esqueleto
Tcc exemplo - Esqueleto
 

Semelhante a Newton

Aula 2 fis em
Aula 2 fis emAula 2 fis em
Aula 2 fis em
Walney M.F
 
Leis de Newton.pptx
Leis de Newton.pptxLeis de Newton.pptx
Leis de Newton.pptx
WallasMorett
 
8a série as leis de newton
8a série   as leis de newton8a série   as leis de newton
8a série as leis de newton
SESI 422 - Americana
 
Leis de Newton 1ª e 2ª Lei.pptx
Leis de Newton 1ª e  2ª Lei.pptxLeis de Newton 1ª e  2ª Lei.pptx
Leis de Newton 1ª e 2ª Lei.pptx
ricardosantossilva4
 
11 dinâmica - introdução
11  dinâmica - introdução11  dinâmica - introdução
11 dinâmica - introdução
Bruno De Siqueira Costa
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
rosilenedalmolin
 
LEIS DE NEWTON.ppt
LEIS DE NEWTON.pptLEIS DE NEWTON.ppt
LEIS DE NEWTON.ppt
NbiaOliveira35
 
Newton laura 2 a
Newton   laura 2 aNewton   laura 2 a
Newton laura 2 a
Cristiane Tavolaro
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
Elisabete2014
 
Exercícios dinâmica
Exercícios dinâmicaExercícios dinâmica
Exercícios dinâmica
Marcos Ribeiro
 
Leis de Newton - Física - Ensino médio -Stênio
Leis de Newton - Física - Ensino médio -StênioLeis de Newton - Física - Ensino médio -Stênio
Leis de Newton - Física - Ensino médio -Stênio
stenio medeiros
 
Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Leisdenewton 090717202817-phpapp02Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Luis Gabriel
 
Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Leisdenewton 090717202817-phpapp02Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Luis Gabriel
 
dinâmica leis de newton leis de newton leis
dinâmica leis de newton leis de newton leisdinâmica leis de newton leis de newton leis
dinâmica leis de newton leis de newton leis
JoaoJose53
 
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Força e movimento.pdf
Força e movimento.pdfForça e movimento.pdf
Força e movimento.pdf
TayaneCarvalho6
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
Marco Antonio Sanches
 
05. leis de newton
05. leis de newton05. leis de newton
05. leis de newton
leonardoenginer
 
05 leis de_newton
05 leis de_newton05 leis de_newton
05 leis de_newton
newtonmc
 

Semelhante a Newton (20)

Aula 2 fis em
Aula 2 fis emAula 2 fis em
Aula 2 fis em
 
Leis de Newton.pptx
Leis de Newton.pptxLeis de Newton.pptx
Leis de Newton.pptx
 
8a série as leis de newton
8a série   as leis de newton8a série   as leis de newton
8a série as leis de newton
 
Leis de Newton 1ª e 2ª Lei.pptx
Leis de Newton 1ª e  2ª Lei.pptxLeis de Newton 1ª e  2ª Lei.pptx
Leis de Newton 1ª e 2ª Lei.pptx
 
11 dinâmica - introdução
11  dinâmica - introdução11  dinâmica - introdução
11 dinâmica - introdução
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
 
LEIS DE NEWTON.ppt
LEIS DE NEWTON.pptLEIS DE NEWTON.ppt
LEIS DE NEWTON.ppt
 
Newton laura 2 a
Newton   laura 2 aNewton   laura 2 a
Newton laura 2 a
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
 
Exercícios dinâmica
Exercícios dinâmicaExercícios dinâmica
Exercícios dinâmica
 
Leis de Newton - Física - Ensino médio -Stênio
Leis de Newton - Física - Ensino médio -StênioLeis de Newton - Física - Ensino médio -Stênio
Leis de Newton - Física - Ensino médio -Stênio
 
Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Leisdenewton 090717202817-phpapp02Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Leisdenewton 090717202817-phpapp02
 
Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Leisdenewton 090717202817-phpapp02Leisdenewton 090717202817-phpapp02
Leisdenewton 090717202817-phpapp02
 
dinâmica leis de newton leis de newton leis
dinâmica leis de newton leis de newton leisdinâmica leis de newton leis de newton leis
dinâmica leis de newton leis de newton leis
 
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de física
 
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de física
 
Força e movimento.pdf
Força e movimento.pdfForça e movimento.pdf
Força e movimento.pdf
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 
05. leis de newton
05. leis de newton05. leis de newton
05. leis de newton
 
05 leis de_newton
05 leis de_newton05 leis de_newton
05 leis de_newton
 

Mais de paolazeroum

mu e muv ok
mu e muv okmu e muv ok
mu e muv ok
paolazeroum
 
MU e MUV
MU e MUVMU e MUV
MU e MUV
paolazeroum
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
paolazeroum
 
Exercícios sobre ligações químicas
Exercícios sobre ligações químicasExercícios sobre ligações químicas
Exercícios sobre ligações químicas
paolazeroum
 
áCidos e bases ppt
áCidos e bases pptáCidos e bases ppt
áCidos e bases ppt
paolazeroum
 
Polaridade e interações
Polaridade e interaçõesPolaridade e interações
Polaridade e interações
paolazeroum
 
Ligações químicas
Ligações químicasLigações químicas
Ligações químicas
paolazeroum
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
paolazeroum
 

Mais de paolazeroum (8)

mu e muv ok
mu e muv okmu e muv ok
mu e muv ok
 
MU e MUV
MU e MUVMU e MUV
MU e MUV
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
 
Exercícios sobre ligações químicas
Exercícios sobre ligações químicasExercícios sobre ligações químicas
Exercícios sobre ligações químicas
 
áCidos e bases ppt
áCidos e bases pptáCidos e bases ppt
áCidos e bases ppt
 
Polaridade e interações
Polaridade e interaçõesPolaridade e interações
Polaridade e interações
 
Ligações químicas
Ligações químicasLigações químicas
Ligações químicas
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 

Newton

  • 1. Leis de Isaac Newton
  • 2. As Leis de Newton As Leis de Newton são Leis que determinam como a ação das Forças influenciam no estado de movimento dos corpos.
  • 3. Qualquer agente capaz de produzir num corpo uma aceleração e/ou uma deformação. Força Imagem: Senior Airman Brett Clashman, U.S. Air Force / Domínio Público Imagem: Azreey / GNU Free Documentation License
  • 4. Instrumento utilizado para medir força. Dinamômetro Imagem:Briain/ DomínioPúblico Imagem: Tucker T / Creative Commons CC0 1.0 Universal Public Domain Dedication
  • 5. Classificação das Forças Forças de Contato: São forças que surgem no contato de dois corpos. Ex.: Quando puxamos/empurramos um corpo. Imagem:Oleg Alexandrov/ DomínioPúblico Imagem: Ryan Child / U.S. Navy / Domínio Público
  • 6. Forças de Campo: São forças que atuam a distância, dispensando o contato. Ex.: Ímã e um metal; o satélite e a Terra. Classificação das Forças Imagem: Steve Jurvetson / Creative Commons Attribution 2.0 Generic Imagem: StarryTG / NASA / Domínio Público
  • 7. 1ª Lei de Newton: LEI DA INÉRCIA “Todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em uma linha reta, a menos que ele seja forçado a mudar aquele estado por forças imprimidas sobre ele”. (Isaac Newton - Principia) Imagem:NASA/Domínio Público do Ensino Fundamental
  • 8. Segundo Aristóteles, o movimento de um corpo não é um estado natural. Para que ele ocorra, é necessária a ação de uma força. Segundo Galileu, inércia consiste na tendência natural que os corpos possuem em manter velocidade constante. Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.) Galileu (1564 d.C. – 1642 d.C.) Imagem:Sting/Creative Commons-Atribuição-Partilha nosMesmosTermos2.5 Genérica
  • 9. Algumas situações em que a Lei da Inércia aparece Imagem: BrokenSphere / GNU Free Documentation License Imagem: Munsterbusiness.ie / Creative Commons Attribution 3.0 Unported
  • 10. Lei da Inércia A primeira lei de Newton diz que todo corpo tende a manter o seu movimento. Se em repouso, irá permanecer em repouso, desde que não haja forças atuando sobre este corpo, ou se elas estiverem em equilíbrio.
  • 11. 12 12 Percebemos que Massa e Aceleração são grandezas inversamente proporcionais A força que a mão exerce acelera a caixa A força que a mão exerce acelera a caixa Duas vezes a força produz uma aceleração duas vezes maior A mesma força sobre uma massa duas vezes maior causa metade da aceleração Duas vezes a força sobre uma massa duas vezes maior produz a mesma aceleração original Sobre uma massa três vezes maior, causa um terço da aceleração original
  • 12. Lei da Inércia – A massa dos corpos pode interferir? Quanto maior a massa de um corpo maior a sua inércia, ou seja, maior é sua tendência de permanecer em repouso ou em movimentomovimento retilíneo e uniformeretilíneo e uniforme. Portanto, a massa é a característica que mede a inércia de um corpo.
  • 13. Lei Fundamental da Dinâmica • Todo corpo precisa de uma força para se movimentar e outra para parar. • Quanto maior for o massa, maior deverá ser a intensidade da força, para poder variar o movimento. • Quanto maior a variação de velocidade maior a força.
  • 14. Lei Fundamental da Dinâmica  Essa lei diz que a soma de todas as forças que atuam sobre um corpo é igual a força resultante deste. É essa força resultante que indicará a direção e o sentido em que o corpo se moverá. • Quando uma força resultante está presente numa partícula, esta adquire uma aceleração na mesma direção e sentido da força, segundo um referencial inercial.
  • 15. • F = força (N) Unid. de força no S.I: (N) Newton • m = massa (kg) • a = aceleração (m/s2 )
  • 16. Lei da Ação e Reação A terceira lei de Newton
  • 17. 3a Lei da Ação e Reação "Para toda força que surgir num corpo como resultado da interação com um segundo corpo, deve surgir nesse segundo uma outra força, chamada de reação, cuja intensidade e direção são as mesmas da primeira mas, cujo sentido é o oposto da primeira."
  • 18. Propriedades do par ação/reação -Estão associadas a uma única interação, ou seja,Estão associadas a uma única interação, ou seja, correspondem às forças trocadas entre apenascorrespondem às forças trocadas entre apenas dois corpos;dois corpos; Têm sempre a mesma natureza (ambas deTêm sempre a mesma natureza (ambas de contato ou ambas de campo), logo, possuem ocontato ou ambas de campo), logo, possuem o mesmo nome ("de contato" ou "de campo");mesmo nome ("de contato" ou "de campo"); É indiferente atribuir a ação a uma das forças eÉ indiferente atribuir a ação a uma das forças e a reação à outra.a reação à outra.
  • 19. Propriedades do par ação/reação • Estas forças são caracterizadas por terem:Estas forças são caracterizadas por terem: -Mesma direção-Mesma direção -Sentidos opostos-Sentidos opostos -Mesma intensidade-Mesma intensidade -Aplicadas em corpos diferentes, logo não se-Aplicadas em corpos diferentes, logo não se anulam.anulam. -- Uma força nunca aparece sozinha. Elas sempre aparecem aos pares (uma delas é chamada de ação e a outra, de reação).