SlideShare uma empresa Scribd logo
Modernismo    -  VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx
Na virada para o século XX, a Europa passava por mudanças em várias esferas. O
resultado foi o movimento artístico-cultural chamado de Vanguardas Europeias. Mesmo
sem uma organização específica, ele acontecia em diferentes países — mas o epicentro
era Paris, cidade conhecida por sua efervescência cultural. Esse movimento, que
começou regionalmente, acabou se expandindo e influenciando o mundo todo.
Especialmente durante e após a Primeira Guerra Mundial, as vanguardas pretendiam
romper com o pensamento tradicional, buscando a subjetividade e até mesmo o
irracionalismo. Seu nome, aliás, deriva de avant-garde, expressão francesa que significa
“seguir em frente”.
As vanguardas europeias são um conjunto de diferentes movimentos, como
Expressionismo, Cubismo, Futurismo, Dadaísmo e Surrealismo.
Contexto histórico
Entre a segunda metade do século XVIII e o século XIX, a sociedade vivenciou a Revolução
Industrial, que proporcionou mudanças como o avanço tecnológico, as descobertas científicas em
diferentes frentes e as transformações industriais.
Mais tarde, no início do século XX, a Europa enfrentou a Primeira Guerra Mundial, que foi marcada
pelo elevado número de mortes e pelas alterações geográficas e sociais que foram impostas aos
países desse continente.
Tudo isso fez a sociedade mudar. A classe artística, por sua vez, buscava uma maneira de expressar
essas transformações, que eram vistas com ironia; o objetivo era chocar o público e levá-lo à
reflexão. Como um movimento artístico-cultural, as vanguardas europeias influenciaram diversas
áreas artísticas, dentre elas a literatura.
Os movimentos vanguardistas
Os objetivos dos movimentos vanguardistas envolviam romper com a tradição e apresentar um
modelo mais próximo da realidade. Entre os principais, selecionamos cinco. Cada um influenciou de
uma forma a sociedade e conseguiu quebrar padrões previamente estabelecidos.
Nascido na Alemanha, esse movimento veio em
oposição ao Impressionismo e visava expressar o
mundo interior; ou seja, reproduzir os sentimentos,
inserindo as questões internas do homem.
Na literatura, o Expressionismo teve seu início
marcado pela edição de revistas, com textos
caracterizados pela subjetividade, com a presença
do subconsciente dos personagens e o uso de
metáforas. Um exemplo de autor expressionista é
Mário de Andrade.
Expressionismo
Principais características:
* pesquisa no domínio psicológico;
* cores resplandecentes, vibrantes, fundidas ou
* dinamismo improvisado, abrupto, inesperado;
* pasta grossa, martelada, áspera;
* técnica violenta: o pincel ou espátula vai e vem,
refazendo, empastando ou provocando
* preferência pelo patético, trágico e sombrio.
O Cubismo surgiu na França e teve seu desenvolvimento
principalmente antes da Primeira Guerra Mundial. Nas artes,
teve Pablo Picasso como principal representante. O objetivo
desse movimento era fragmentar a realidade, utilizando humor e
ilogismo.
Na literatura, destaca-se o trabalho de Guillaume Apollinaire. Os
textos, que possuíam linguagem caótica, eram
predominantemente compostos de frases nominais e os verbos,
quando na oração, estavam no presente.
Mais do que um ritmo, o intuito dos escritores era criar formas
que complementassem os textos. A poesia foi o principal meio
de expressão, e os textos se aproximavam de desenhos.
Cubismo
Les Demoiselles d’Avignon. Pablo Picasso
(1907). (Fonte: Domínio Público/Reprodução)
Cubism
o
Principais características:
* geometrização das formas e volumes;
* renúncia à perspectiva;
* representação do volume colorido sobre superfícies planas;
* sensação de pintura escultórica;
* cores austeras, do branco ao negro passando pelo cinza, por
um ocre apagado ou um castanho suave.
Ele surgiu em 1909, com a
publicação do Manifesto futurista,
de Filippo Tommaso Marinetti, em
um contexto de tensão política entre
as grandes potências que antecedeu
a Primeira Guerra Mundial e de uma
evidente evolução tecnocientífica.
Assim, o movimento é conhecido
pelo seu radicalismo ao propor a
“destruição do passado”.
São características do futurismo
o antitradicionalismo e o culto à
guerra e à velocidade,
principalmente. Esse movimento, na
Europa, foi representado
Futurismo
por artistas como os pintores Umberto Boccioni, Carlo Carrà, Giacomo Balla,
Gino Severini e Luigi Russolo. No Brasil, ele foi responsável pelo surgimento
do modernismo, que assimilou o seu antitradicionalismo, com vistas à criação
de uma arte nova e libertária.
Características do futurismo
•Anti-tradicionalismo: liberdade de criação, sem as amarras da
arte acadêmica;
•Defesa da “higiene mental”: eliminar a “sujeira”, isto é, o
pensamento tradicional;
•Renovação: para construir algo novo é preciso destruir o que já
existe;
•Perspectiva otimista, inspirada pela evolução tecnológica, em
relação ao futuro da humanidade;
•Valorização do heroico, grandioso e dinâmico;
•Culto à guerra e à violência;
•Exaltação das máquinas: automóveis e aviões;
•Culto à velocidade e à tecnologia.
Nascido em Zurique, em 1916, o Dadaísmo foi a
expressão que jovens franceses e alemães, refugiados
na Suíça para fugir do alistamento, encontraram para
demonstrar sua insatisfação. Com raiz anarquista, é
considerado o movimento mais extremista entre as
vanguardas.
A base era a descrença completa, com negação a
todas as tradições. Na literatura, o Dadaísmo utilizava
agressividade e incoerência, além do pessimismo com
a situação, especialmente política. O principal autor é
Tristan Tzara.
Dadaísmo
Bulletin Dada. Tristan Tzara (1920).
(Fonte: Marquand Library of Art and
Archaeology/Reprodução)
Características principais do Dadaísmo:
- Objetos comuns do cotidiano são apresentados de uma
um contexto artístico.
- Irreverência artística. Combate às formas de arte
- Crítica ao capitalismo e ao consumismo.
- Ênfase no absurdo e nos temas e conteúdos sem lógica.
- Uso de vários formatos de expressão (objetos do
poesias, músicas, jornais, etc.) na composição das obras
- Forte caráter pessimista e irônico, principalmente com
acontecimentos políticos do mundo.
Surrealismo Nascido na França, o Surrealismo tinha como
objetivo a espontaneidade e se baseava nos
estudos de Sigmund Freud.
Na literatura, o Surrealismo se caracterizou pela
utilização de outros formatos, deixando de lado o
romance e a poesia. O texto segue um fluxo de
ideias livre, com uma escrita automática. Entre os
principais autores, encontra-se André Breton.
Vale destacar que as vanguardas europeias
influenciaram a Semana de Arte de 1922, no Brasil.
No vestibular, é comum que esses movimentos
sejam associados aos acontecimentos desse
período brasileiro.
• CARACTERÍSTICAS DO SURREALISMO:
• Busca de um mundo alucinado, de estranhas
sensações;
• Conflito entre a vida vivida e a vida sonhada;
• Ilogismo, valorização do inconsciente;
• Emprego da imagem liberada: tudo é
• Humor negro;
• Desejo de redenção do ser humano.
Modernismo    -  VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Modernismo - VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx

2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
luis289330
 
G um
G umG um
G um
profnati
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
Marilene dos Santos
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Marilene dos Santos
 
Portugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardasPortugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardas
home
 
Mapa mental Vanguardas Europeias
Mapa mental Vanguardas Europeias Mapa mental Vanguardas Europeias
Mapa mental Vanguardas Europeias
Julimac
 
Vanguardas Européias
Vanguardas EuropéiasVanguardas Européias
Vanguardas Européias
Arcelino Barbosa
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas Europeias Vanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
Julimac
 
Expressionismo - Trabalho de artes
Expressionismo - Trabalho de artesExpressionismo - Trabalho de artes
Expressionismo - Trabalho de artes
Luis_Cesar_Hryckiv
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
cvocedac
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
ModernismoModernismo
Ficha de leitura as vanguardas
Ficha de leitura   as vanguardasFicha de leitura   as vanguardas
Ficha de leitura as vanguardas
Joao Papelo
 
A cultura do cinema
A cultura do cinemaA cultura do cinema
A cultura do cinema
Tekas1967
 
Vanguardas2017 .
Vanguardas2017 .Vanguardas2017 .
Vanguardas2017 .
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Elaine DA Silva
 
Vanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptxVanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptx
Black4057
 
AULAO ENEM.pptx
AULAO ENEM.pptxAULAO ENEM.pptx
AULAO ENEM.pptx
Elaine572065
 
Apresentação Coleção de Arte
Apresentação Coleção de ArteApresentação Coleção de Arte
Apresentação Coleção de Arte
KS Marketing e Comunicação Visual
 
Surrealismo 2
Surrealismo 2Surrealismo 2
Surrealismo 2
cvocedac
 

Semelhante a Modernismo - VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx (20)

2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
 
G um
G umG um
G um
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Portugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardasPortugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardas
 
Mapa mental Vanguardas Europeias
Mapa mental Vanguardas Europeias Mapa mental Vanguardas Europeias
Mapa mental Vanguardas Europeias
 
Vanguardas Européias
Vanguardas EuropéiasVanguardas Européias
Vanguardas Européias
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas Europeias Vanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 
Expressionismo - Trabalho de artes
Expressionismo - Trabalho de artesExpressionismo - Trabalho de artes
Expressionismo - Trabalho de artes
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Ficha de leitura as vanguardas
Ficha de leitura   as vanguardasFicha de leitura   as vanguardas
Ficha de leitura as vanguardas
 
A cultura do cinema
A cultura do cinemaA cultura do cinema
A cultura do cinema
 
Vanguardas2017 .
Vanguardas2017 .Vanguardas2017 .
Vanguardas2017 .
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Vanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptxVanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptx
 
AULAO ENEM.pptx
AULAO ENEM.pptxAULAO ENEM.pptx
AULAO ENEM.pptx
 
Apresentação Coleção de Arte
Apresentação Coleção de ArteApresentação Coleção de Arte
Apresentação Coleção de Arte
 
Surrealismo 2
Surrealismo 2Surrealismo 2
Surrealismo 2
 

Último

Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 

Último (20)

Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 

Modernismo - VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx

  • 2. Na virada para o século XX, a Europa passava por mudanças em várias esferas. O resultado foi o movimento artístico-cultural chamado de Vanguardas Europeias. Mesmo sem uma organização específica, ele acontecia em diferentes países — mas o epicentro era Paris, cidade conhecida por sua efervescência cultural. Esse movimento, que começou regionalmente, acabou se expandindo e influenciando o mundo todo. Especialmente durante e após a Primeira Guerra Mundial, as vanguardas pretendiam romper com o pensamento tradicional, buscando a subjetividade e até mesmo o irracionalismo. Seu nome, aliás, deriva de avant-garde, expressão francesa que significa “seguir em frente”. As vanguardas europeias são um conjunto de diferentes movimentos, como Expressionismo, Cubismo, Futurismo, Dadaísmo e Surrealismo.
  • 3. Contexto histórico Entre a segunda metade do século XVIII e o século XIX, a sociedade vivenciou a Revolução Industrial, que proporcionou mudanças como o avanço tecnológico, as descobertas científicas em diferentes frentes e as transformações industriais. Mais tarde, no início do século XX, a Europa enfrentou a Primeira Guerra Mundial, que foi marcada pelo elevado número de mortes e pelas alterações geográficas e sociais que foram impostas aos países desse continente. Tudo isso fez a sociedade mudar. A classe artística, por sua vez, buscava uma maneira de expressar essas transformações, que eram vistas com ironia; o objetivo era chocar o público e levá-lo à reflexão. Como um movimento artístico-cultural, as vanguardas europeias influenciaram diversas áreas artísticas, dentre elas a literatura. Os movimentos vanguardistas Os objetivos dos movimentos vanguardistas envolviam romper com a tradição e apresentar um modelo mais próximo da realidade. Entre os principais, selecionamos cinco. Cada um influenciou de uma forma a sociedade e conseguiu quebrar padrões previamente estabelecidos.
  • 4. Nascido na Alemanha, esse movimento veio em oposição ao Impressionismo e visava expressar o mundo interior; ou seja, reproduzir os sentimentos, inserindo as questões internas do homem. Na literatura, o Expressionismo teve seu início marcado pela edição de revistas, com textos caracterizados pela subjetividade, com a presença do subconsciente dos personagens e o uso de metáforas. Um exemplo de autor expressionista é Mário de Andrade. Expressionismo
  • 5. Principais características: * pesquisa no domínio psicológico; * cores resplandecentes, vibrantes, fundidas ou * dinamismo improvisado, abrupto, inesperado; * pasta grossa, martelada, áspera; * técnica violenta: o pincel ou espátula vai e vem, refazendo, empastando ou provocando * preferência pelo patético, trágico e sombrio.
  • 6. O Cubismo surgiu na França e teve seu desenvolvimento principalmente antes da Primeira Guerra Mundial. Nas artes, teve Pablo Picasso como principal representante. O objetivo desse movimento era fragmentar a realidade, utilizando humor e ilogismo. Na literatura, destaca-se o trabalho de Guillaume Apollinaire. Os textos, que possuíam linguagem caótica, eram predominantemente compostos de frases nominais e os verbos, quando na oração, estavam no presente. Mais do que um ritmo, o intuito dos escritores era criar formas que complementassem os textos. A poesia foi o principal meio de expressão, e os textos se aproximavam de desenhos. Cubismo Les Demoiselles d’Avignon. Pablo Picasso (1907). (Fonte: Domínio Público/Reprodução) Cubism o
  • 7. Principais características: * geometrização das formas e volumes; * renúncia à perspectiva; * representação do volume colorido sobre superfícies planas; * sensação de pintura escultórica; * cores austeras, do branco ao negro passando pelo cinza, por um ocre apagado ou um castanho suave.
  • 8. Ele surgiu em 1909, com a publicação do Manifesto futurista, de Filippo Tommaso Marinetti, em um contexto de tensão política entre as grandes potências que antecedeu a Primeira Guerra Mundial e de uma evidente evolução tecnocientífica. Assim, o movimento é conhecido pelo seu radicalismo ao propor a “destruição do passado”. São características do futurismo o antitradicionalismo e o culto à guerra e à velocidade, principalmente. Esse movimento, na Europa, foi representado Futurismo por artistas como os pintores Umberto Boccioni, Carlo Carrà, Giacomo Balla, Gino Severini e Luigi Russolo. No Brasil, ele foi responsável pelo surgimento do modernismo, que assimilou o seu antitradicionalismo, com vistas à criação de uma arte nova e libertária.
  • 9. Características do futurismo •Anti-tradicionalismo: liberdade de criação, sem as amarras da arte acadêmica; •Defesa da “higiene mental”: eliminar a “sujeira”, isto é, o pensamento tradicional; •Renovação: para construir algo novo é preciso destruir o que já existe; •Perspectiva otimista, inspirada pela evolução tecnológica, em relação ao futuro da humanidade; •Valorização do heroico, grandioso e dinâmico; •Culto à guerra e à violência; •Exaltação das máquinas: automóveis e aviões; •Culto à velocidade e à tecnologia.
  • 10. Nascido em Zurique, em 1916, o Dadaísmo foi a expressão que jovens franceses e alemães, refugiados na Suíça para fugir do alistamento, encontraram para demonstrar sua insatisfação. Com raiz anarquista, é considerado o movimento mais extremista entre as vanguardas. A base era a descrença completa, com negação a todas as tradições. Na literatura, o Dadaísmo utilizava agressividade e incoerência, além do pessimismo com a situação, especialmente política. O principal autor é Tristan Tzara. Dadaísmo Bulletin Dada. Tristan Tzara (1920). (Fonte: Marquand Library of Art and Archaeology/Reprodução)
  • 11. Características principais do Dadaísmo: - Objetos comuns do cotidiano são apresentados de uma um contexto artístico. - Irreverência artística. Combate às formas de arte - Crítica ao capitalismo e ao consumismo. - Ênfase no absurdo e nos temas e conteúdos sem lógica. - Uso de vários formatos de expressão (objetos do poesias, músicas, jornais, etc.) na composição das obras - Forte caráter pessimista e irônico, principalmente com acontecimentos políticos do mundo.
  • 12. Surrealismo Nascido na França, o Surrealismo tinha como objetivo a espontaneidade e se baseava nos estudos de Sigmund Freud. Na literatura, o Surrealismo se caracterizou pela utilização de outros formatos, deixando de lado o romance e a poesia. O texto segue um fluxo de ideias livre, com uma escrita automática. Entre os principais autores, encontra-se André Breton. Vale destacar que as vanguardas europeias influenciaram a Semana de Arte de 1922, no Brasil. No vestibular, é comum que esses movimentos sejam associados aos acontecimentos desse período brasileiro.
  • 13. • CARACTERÍSTICAS DO SURREALISMO: • Busca de um mundo alucinado, de estranhas sensações; • Conflito entre a vida vivida e a vida sonhada; • Ilogismo, valorização do inconsciente; • Emprego da imagem liberada: tudo é • Humor negro; • Desejo de redenção do ser humano.