SlideShare uma empresa Scribd logo
VANGUARDAS EUROPEIAS
DADAÍSMO
O movimento surgiu na Europa
na cidade de Zurique no ano de 1916.
Possuía como principal característica a
ruptura com as formas de arte
tradicionais, portanto, o Dadaísmo foi
um movimento com forte conteúdo
anárquico. Os principais representantes
foram: Tristan Tzara, Max Ernest e
Marcel Duchamp
Características:
 Romper com o bom senso e a
lógica;
 O mais radical movimento da
vanguarda;
 Irreverencia artística;
 Critica ao capitalismo e ao
consumismo;
 Forte caráter pessimista
 Receita para poesia
SURREALISMO
Surgiu na França na década de 1920. Este
movimento foi significativamente influenciado pelas teses
psicanalíticas de Sigmund Freud, que mostram a
importância do inconsciente na criatividade do ser humano.
O surrealismo propõe a valorização da fantasia, da loucura e
a utilização da reação automática. Nessa perspectiva, o
artista deve deixar-se levar pelo impulso, registrando tudo o
que lhe vier à mente, sem se preocupar com a lógica.
Características:
 Valorização do improviso;
 libertação da mente uma nova realidade;
 espontaneidade no manejo da linguagem;
 Emprego passional e irracional das imagens
Representantes: Salvador Dali, René Magritte, Joan
Miró
OBS: André Breton (1896-1966), escritor francês e ex-participante do
Dadaísmo, rompera com o líder do movimento dadaísta Tristan Tzara
lançando, assim, o manifesto surrealista.
EXPRESSIONISMO
O consenso é que o expressionismo surgiu na
Alemanha em meados de 1905. Por isso é também
chamado de Expressionismo alemão.
Em suas obras os artistas manifestavam emoções
de dor, medo, angustia e ansiedade por meio do
choque provocado pelas cores vibrantes,
distorções e exageros de formas.
Características
- cores intensas simbólicas;
-imagens sugestivas;
- deformação da realidade;
- mostra seus aspectos hediondos, terríveis e
dolorosos;
- valorização de conteúdos subjetivos da expressão;
- os estados psicológicos e os valores humanos;
- Denúncias sociais.
Representantes: Vincent Van Gog e Edvard
Munch
OBS: Candido Portinari retratou diversos
problemas sociais do Brasil.
Futurismo
Foi um movimento literário e artístico iniciado em
1909. Foi Felippo Marinetti, poeta italiano, quem
começou este movimento com a publicação do
Manifesto Futurista. Ele fez parte da primeira
vanguarda futurista.
Principais características do Futurismo:
- Desvalorização da tradição e do moralismo;
- Valorização do desenvolvimento industrial e
tecnológico;
- Defesa de uma ligação entre as artes plásticas e o
mundo moderno;
- Propaganda como principal forma de
comunicação;
- Uso de onomatopeias (palavras com sonoridade
que imitam ruídos, vozes, sons de objetos) nas
poesias;
- Poesias com uso de frases fragmentadas para
passar a ideia de velocidade;
- Pinturas com uso de cores vivas e contrastes.
Sobreposição de imagens, traços e pequenas
deformações para passar a ideia de movimento e
dinamismo.
Representantes: Marinetti, Umberto
Boccioni , Giocomo Balla
OBS: No Brasil, o futurismo teve grande
influência na produção artística de artistas ligados
ao movimento modernista. Anita Malfatti e Oswald
de Andrade entraram em contato com Marinetti e
seu Manifesto Futurista. Muitas ideias e conceitos
futuristas foram incorporados às obras destes
modernistas brasileiros. Pode-se observar estas
influências na Semana de Arte Moderna de 1922.
CUBISMO
O marco inicial do cubismo é considerado o
quadro Les demoiselles d’Avignon de
Picasso em 1907. É considerado o
movimento mais influente no século XX.
Com suas formas geométricas
representadas, na maioria das vezes, por
cubos e cilindros, a arte cubista rompeu
com os padrões estéticos que primavam
pela perfeição das formas na busca da
imagem realista da natureza.
Características
- Sumiço do sentimento piegas;
- recortes e colagens;
- abolição da cópia na arte;
-pode ser visto por ângulos diferentes;
- mudanças de planos, de perspectivas da
composição geométrica dos objetos.
Representantes: Pablo Picasso e Georges
Braque

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
Hely Costa Júnior
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
VIVIAN TROMBINI
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
Arte Educadora
 
Modernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geraçãoModernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geração
Carolina Loçasso Pereira
 
A semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoA semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentação
Zenia Ferreira
 
Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
licss
 
Modernismo no Brasil - Literatura
Modernismo no Brasil - LiteraturaModernismo no Brasil - Literatura
Modernismo no Brasil - Literatura
Carlos Eduardo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
infoeducp2
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Fábio Guimarães
 
Modernismo fases
Modernismo fasesModernismo fases
Modernismo fases
Matheus Italo Nascimento
 
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Grupo Educacional Opet
 
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo
Luciene Gomes
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
Ana Batista
 
Vanguardas Européias
Vanguardas EuropéiasVanguardas Européias
Vanguardas Européias
Arcelino Barbosa
 
Conhecendo a arte barroca
Conhecendo a arte barrocaConhecendo a arte barroca
Conhecendo a arte barroca
Tereza Honoria
 
Semana de Arte Moderna
Semana de Arte ModernaSemana de Arte Moderna
Semana de Arte Moderna
Andriane Cursino
 
Futurismo
Futurismo Futurismo
Futurismo
Dorinhaa
 
Literatura pos modernismo
Literatura pos modernismo Literatura pos modernismo
Literatura pos modernismo
samuelmuller
 
Primeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismoPrimeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismo
Victor Said
 
Parnasianismo'
Parnasianismo'Parnasianismo'

Mais procurados (20)

Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
 
Modernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geraçãoModernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geração
 
A semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoA semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentação
 
Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Modernismo no Brasil - Literatura
Modernismo no Brasil - LiteraturaModernismo no Brasil - Literatura
Modernismo no Brasil - Literatura
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Modernismo fases
Modernismo fasesModernismo fases
Modernismo fases
 
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
 
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Vanguardas Européias
Vanguardas EuropéiasVanguardas Européias
Vanguardas Européias
 
Conhecendo a arte barroca
Conhecendo a arte barrocaConhecendo a arte barroca
Conhecendo a arte barroca
 
Semana de Arte Moderna
Semana de Arte ModernaSemana de Arte Moderna
Semana de Arte Moderna
 
Futurismo
Futurismo Futurismo
Futurismo
 
Literatura pos modernismo
Literatura pos modernismo Literatura pos modernismo
Literatura pos modernismo
 
Primeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismoPrimeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismo
 
Parnasianismo'
Parnasianismo'Parnasianismo'
Parnasianismo'
 

Semelhante a Vanguardas Europeias

274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
274723639-Vanguardas-Europeias.ppt274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
Janicelemos4
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Prof Decio viana
 
vanguardas
vanguardasvanguardas
vanguardas
gofontoura
 
Tabela "Vanguardas Europeias"
Tabela "Vanguardas Europeias"Tabela "Vanguardas Europeias"
Tabela "Vanguardas Europeias"
Paula Meyer Piagentini
 
Modernismo - VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx
Modernismo    -  VANGUARDAS EUROPEIAS.pptxModernismo    -  VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx
Modernismo - VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx
MarlenePastor2
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
brisa maria
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Adventus Net
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
Ana Paula Silva
 
A vanguarda europeia
A vanguarda europeiaA vanguarda europeia
A vanguarda europeia
Laboratório de Informática
 
Vanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptxVanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptx
Lú Feitosa
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Lú Feitosa
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
Mônica Abreu
 
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
luis289330
 
AULAO ENEM.pptx
AULAO ENEM.pptxAULAO ENEM.pptx
AULAO ENEM.pptx
Elaine572065
 
Vanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptxVanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptx
Black4057
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Hirtis Carvalho Nogueira
 
Primeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismoPrimeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismo
Elaine Blogger
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
Leonardo Wust
 
Vanguardas europeias: Futurismo, Cubismo, Expressionismo, Dadaísmo e Surrealismo
Vanguardas europeias: Futurismo, Cubismo, Expressionismo, Dadaísmo e SurrealismoVanguardas europeias: Futurismo, Cubismo, Expressionismo, Dadaísmo e Surrealismo
Vanguardas europeias: Futurismo, Cubismo, Expressionismo, Dadaísmo e Surrealismo
Colégio Santa Luzia
 
3 unidade , 3 ano impressa
3 unidade ,  3 ano  impressa3 unidade ,  3 ano  impressa
3 unidade , 3 ano impressa
Andrea Parlen
 

Semelhante a Vanguardas Europeias (20)

274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
274723639-Vanguardas-Europeias.ppt274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
vanguardas
vanguardasvanguardas
vanguardas
 
Tabela "Vanguardas Europeias"
Tabela "Vanguardas Europeias"Tabela "Vanguardas Europeias"
Tabela "Vanguardas Europeias"
 
Modernismo - VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx
Modernismo    -  VANGUARDAS EUROPEIAS.pptxModernismo    -  VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx
Modernismo - VANGUARDAS EUROPEIAS.pptx
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
A vanguarda europeia
A vanguarda europeiaA vanguarda europeia
A vanguarda europeia
 
Vanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptxVanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptx
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
2017-arte-moderna-slide-prof-felipe.pptx
 
AULAO ENEM.pptx
AULAO ENEM.pptxAULAO ENEM.pptx
AULAO ENEM.pptx
 
Vanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptxVanguardas Europeias.pptx
Vanguardas Europeias.pptx
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Primeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismoPrimeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Vanguardas europeias: Futurismo, Cubismo, Expressionismo, Dadaísmo e Surrealismo
Vanguardas europeias: Futurismo, Cubismo, Expressionismo, Dadaísmo e SurrealismoVanguardas europeias: Futurismo, Cubismo, Expressionismo, Dadaísmo e Surrealismo
Vanguardas europeias: Futurismo, Cubismo, Expressionismo, Dadaísmo e Surrealismo
 
3 unidade , 3 ano impressa
3 unidade ,  3 ano  impressa3 unidade ,  3 ano  impressa
3 unidade , 3 ano impressa
 

Mais de Julimac

Mapa Resumo classicismo
Mapa Resumo classicismoMapa Resumo classicismo
Mapa Resumo classicismo
Julimac
 
Mapa mental humanismo
Mapa mental humanismoMapa mental humanismo
Mapa mental humanismo
Julimac
 
O Ateneu e o Bom Crioulo
O Ateneu e o Bom CriouloO Ateneu e o Bom Crioulo
O Ateneu e o Bom Crioulo
Julimac
 
Quincas borbas
Quincas borbas  Quincas borbas
Quincas borbas
Julimac
 
Dom casmurro
Dom casmurro Dom casmurro
Dom casmurro
Julimac
 
Luzia homem
Luzia homemLuzia homem
Luzia homem
Julimac
 

Mais de Julimac (6)

Mapa Resumo classicismo
Mapa Resumo classicismoMapa Resumo classicismo
Mapa Resumo classicismo
 
Mapa mental humanismo
Mapa mental humanismoMapa mental humanismo
Mapa mental humanismo
 
O Ateneu e o Bom Crioulo
O Ateneu e o Bom CriouloO Ateneu e o Bom Crioulo
O Ateneu e o Bom Crioulo
 
Quincas borbas
Quincas borbas  Quincas borbas
Quincas borbas
 
Dom casmurro
Dom casmurro Dom casmurro
Dom casmurro
 
Luzia homem
Luzia homemLuzia homem
Luzia homem
 

Último

3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 

Último (20)

3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 

Vanguardas Europeias

  • 1. VANGUARDAS EUROPEIAS DADAÍSMO O movimento surgiu na Europa na cidade de Zurique no ano de 1916. Possuía como principal característica a ruptura com as formas de arte tradicionais, portanto, o Dadaísmo foi um movimento com forte conteúdo anárquico. Os principais representantes foram: Tristan Tzara, Max Ernest e Marcel Duchamp Características:  Romper com o bom senso e a lógica;  O mais radical movimento da vanguarda;  Irreverencia artística;  Critica ao capitalismo e ao consumismo;  Forte caráter pessimista  Receita para poesia SURREALISMO Surgiu na França na década de 1920. Este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund Freud, que mostram a importância do inconsciente na criatividade do ser humano. O surrealismo propõe a valorização da fantasia, da loucura e a utilização da reação automática. Nessa perspectiva, o artista deve deixar-se levar pelo impulso, registrando tudo o que lhe vier à mente, sem se preocupar com a lógica. Características:  Valorização do improviso;  libertação da mente uma nova realidade;  espontaneidade no manejo da linguagem;  Emprego passional e irracional das imagens Representantes: Salvador Dali, René Magritte, Joan Miró OBS: André Breton (1896-1966), escritor francês e ex-participante do Dadaísmo, rompera com o líder do movimento dadaísta Tristan Tzara lançando, assim, o manifesto surrealista. EXPRESSIONISMO O consenso é que o expressionismo surgiu na Alemanha em meados de 1905. Por isso é também chamado de Expressionismo alemão. Em suas obras os artistas manifestavam emoções de dor, medo, angustia e ansiedade por meio do choque provocado pelas cores vibrantes, distorções e exageros de formas. Características - cores intensas simbólicas; -imagens sugestivas; - deformação da realidade; - mostra seus aspectos hediondos, terríveis e dolorosos; - valorização de conteúdos subjetivos da expressão; - os estados psicológicos e os valores humanos; - Denúncias sociais. Representantes: Vincent Van Gog e Edvard Munch OBS: Candido Portinari retratou diversos problemas sociais do Brasil. Futurismo Foi um movimento literário e artístico iniciado em 1909. Foi Felippo Marinetti, poeta italiano, quem começou este movimento com a publicação do Manifesto Futurista. Ele fez parte da primeira vanguarda futurista. Principais características do Futurismo: - Desvalorização da tradição e do moralismo; - Valorização do desenvolvimento industrial e tecnológico; - Defesa de uma ligação entre as artes plásticas e o mundo moderno; - Propaganda como principal forma de comunicação; - Uso de onomatopeias (palavras com sonoridade que imitam ruídos, vozes, sons de objetos) nas poesias; - Poesias com uso de frases fragmentadas para passar a ideia de velocidade; - Pinturas com uso de cores vivas e contrastes. Sobreposição de imagens, traços e pequenas deformações para passar a ideia de movimento e dinamismo. Representantes: Marinetti, Umberto Boccioni , Giocomo Balla OBS: No Brasil, o futurismo teve grande influência na produção artística de artistas ligados ao movimento modernista. Anita Malfatti e Oswald de Andrade entraram em contato com Marinetti e seu Manifesto Futurista. Muitas ideias e conceitos futuristas foram incorporados às obras destes modernistas brasileiros. Pode-se observar estas influências na Semana de Arte Moderna de 1922. CUBISMO O marco inicial do cubismo é considerado o quadro Les demoiselles d’Avignon de Picasso em 1907. É considerado o movimento mais influente no século XX. Com suas formas geométricas representadas, na maioria das vezes, por cubos e cilindros, a arte cubista rompeu com os padrões estéticos que primavam pela perfeição das formas na busca da imagem realista da natureza. Características - Sumiço do sentimento piegas; - recortes e colagens; - abolição da cópia na arte; -pode ser visto por ângulos diferentes; - mudanças de planos, de perspectivas da composição geométrica dos objetos. Representantes: Pablo Picasso e Georges Braque