SlideShare uma empresa Scribd logo
Modalidade Esportiva
Coletiva
Vôlei
História
• O vôlei foi criado em 9 de fevereiro de 1895 por
William George Morgan nos Estados Unidos.1 O
objetivo de Morgan, que trabalhava na "
Associação Cristã de Moços" (ACM), era criar
um esporte de equipes sem contato físico entre
os adversários, de modo a minimizar os riscos de
lesões. Inicialmente jogava-se com uma câmara
de ar da bola de basquetebol e foi
chamado Mintonette, mas rapidamente ganhou
popularidade com o nome de volleyball. O
criador do voleibol faleceu em 27 de dezembro
de 1942 aos 72 anos de idade.
• Em 1947 foi fundada a
Federação Internacional de Voleibol (FIVB).
Dois anos mais tarde foi realizado o primeiro
Campeonato Mundial de Voleibol. Na ocasião
só houve o evento masculino. Em1952, o
evento foi estendido também ao voleibol
feminino. No ano de 1964 o voleibol passou a
fazer parte do programa dos Jogos Olímpicos,
tendo-se mantido até a atualidade.
• O voleibol de praia, uma modalidade derivada
do voleibol, tem obtido grande sucesso em
diversos países, nomeadamente no Brasil e nos
Estados Unidos. Nos esportes coletivos, a
primeira medalha de ouro olímpica conquistada
por um país lusófono foi obtida pela
equipe masculina de vôlei do Brasil nos Jogos
Olímpicos de Verão de 1992. A proeza se
repetiu nos Jogos Olímpicos de Verão de 2004 e
nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 foi a vez
da seleção brasileira feminina ganhar a sua
primeira medalha de ouro em Olimpíadas.
Regras
• Cada equipe de voleibol é
constituída por 12 jogadores:
seis efetivos (sendo um líbero)
e seis suplentes. Em quadra,
portanto, ficam dois times de
seis jogadores.
• As equipes são separadas por uma rede no meio
da quadra. O jogo começa com um dos times que
devem sacar. Logo depois do saque a bola deve
ultrapassar a rede e seguir ao campo do adversário
onde os jogadores tentam evitar que a bola entre
no seu campo usando qualquer parte do corpo
(antes não era válido usar membros da cintura
para baixo, mas as regras foram mudadas). O
jogador pode rebater a bola para que ela passe
para o campo adversário sendo permitidos dar três
toques na bola antes que ela passe, sempre
alternando os jogadores que dão os toques. Caso a
bola caia é ponto do time adversário.
• O jogador pode encostar na rede (desde
que não interfira no andamento do
jogo), exceto na borda superior, caso
isso ocorra o ponto será para o outro
time. O mesmo jogador não pode dar 2
ou mais toques seguidos na bola,
exceção no caso do toque de Bloqueio.
Fundamentos
• Um time que deseja competir em nível
internacional precisa dominar um conjunto
de seis habilidades básicas, denominadas
usualmente sob a rubrica "fundamentos".
Elas são: saque, passe, levantamento,
ataque, bloqueio e defesa. A cada um destes
fundamentos compreende um certo número
de habilidades e técnicas que foram
introduzidas ao longo da história do
voleibol e são hoje consideradas prática
comum no esporte.
Ataque
• O ataque é, em geral, o terceiro contato de
um time com a bola. O objetivo deste
fundamento é fazer a bola aterrissar na
quadra adversária, conquistando deste modo
o ponto em disputa. Para realizar o ataque,
o jogador dá uma série de passos contados
("passada"), salta e então projeta seu corpo
para a frente, transferindo deste modo seu
peso para a bola no momento do contato.
• O voleibol contemporâneo envolve diversas
técnicas individuais de ataque:
• Ataque do fundo: ataque realizado por um
jogador que não se encontra na rede, ou
seja, por um jogador que não ocupa as
posições 2-4. O atacante não pode pisar na
linha de três metros ou na parte frontal da
quadra antes de tocar a bola, embora seja
permitido que ele aterrisse nesta área após o
ataque.
• Diagonal ou Paralela: indica a direção da
trajetória da bola no ataque, em relação às
linhas laterais da quadra. Uma diagonal de
ângulo bastante pronunciado, com a bola
aterrissando na zona frontal da quadra
adversária, é denominada "diagonal curta".
• Cortada ou Remate: refere-se a um ataque
em que a bola é acertada com força, com o
objetivo de fazê-la aterrissar o mais rápido
possível na quadra adversária. Uma cortada
pode atingir velocidades de
aproximadamente 200 km/h.
• Largada: refere-se a um ataque em que
jogador não acerta a bola com força, mas
antes toca-a levemente, procurando
direcioná-la para uma região da quadra
adversária que não esteja bem coberta pela
defesa.
• Explorar o bloqueio: refere-se a um ataque
em que o jogador não pretende fazer a bola
tocar a quadra adversária, mas antes atingir
com ela o bloqueio oponente de modo a que
ela, posteriormente, aterisse em uma área
fora de jogo.
• Ataque sem força: o jogador acerta a bola
mas reduz a força e consequentemente sua
aceleração, numa tentativa de confundir a
defesa adversária.
• Bola de xeque: refere-se à cortada realizada
por um dos jogadores que está na rede
quando a equipe recebe.
Posição dos jogadores

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. físicaSlide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. física
Lisleia Macedo
 
Voleibol cycyro
Voleibol cycyroVoleibol cycyro
Voleibol cycyro
Cycyro Soares
 
Futsal teórica
Futsal   teóricaFutsal   teórica
Futsal teórica
NetKids
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Futsal
Futsal Futsal
Futsal
dalilahack
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
Helder Ribeiro
 
Basquetebol blog
Basquetebol blogBasquetebol blog
Basquetebol blog
Inácio Júnior
 
Futsal
FutsalFutsal
Voleibol regras
Voleibol   regrasVoleibol   regras
Voleibol regras
Hiderson Marciano
 
História do Futsal
História do FutsalHistória do Futsal
História do Futsal
Argentino Uebas
 
Futebol
FutebolFutebol
Regras simplificadas do handebol
Regras simplificadas do handebolRegras simplificadas do handebol
Regras simplificadas do handebol
Cassio Trevisan
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Hugo Ferreira
 
Ténis de Mesa - Regras de jogo
Ténis de Mesa - Regras de jogoTénis de Mesa - Regras de jogo
Ténis de Mesa - Regras de jogo
Marta Lopes
 
Trabalho de volei
Trabalho de voleiTrabalho de volei
Trabalho de volei
Harrison Sodre Melônio
 
Futsal exercicios treinamento
Futsal   exercicios treinamentoFutsal   exercicios treinamento
Futsal exercicios treinamento
Alessandro Martins Nogueira
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
Gelcimar Educ Física
 
Futebol
FutebolFutebol
Futebol
Jean Carvalho
 
Fundamentos de voleibol forum 6 a
Fundamentos de voleibol forum 6 aFundamentos de voleibol forum 6 a
Fundamentos de voleibol forum 6 a
Reinaldo Roberto
 
futebol
futebolfutebol
futebol
gueste9396c
 

Mais procurados (20)

Slide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. físicaSlide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. física
 
Voleibol cycyro
Voleibol cycyroVoleibol cycyro
Voleibol cycyro
 
Futsal teórica
Futsal   teóricaFutsal   teórica
Futsal teórica
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Futsal
Futsal Futsal
Futsal
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Basquetebol blog
Basquetebol blogBasquetebol blog
Basquetebol blog
 
Futsal
FutsalFutsal
Futsal
 
Voleibol regras
Voleibol   regrasVoleibol   regras
Voleibol regras
 
História do Futsal
História do FutsalHistória do Futsal
História do Futsal
 
Futebol
FutebolFutebol
Futebol
 
Regras simplificadas do handebol
Regras simplificadas do handebolRegras simplificadas do handebol
Regras simplificadas do handebol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Ténis de Mesa - Regras de jogo
Ténis de Mesa - Regras de jogoTénis de Mesa - Regras de jogo
Ténis de Mesa - Regras de jogo
 
Trabalho de volei
Trabalho de voleiTrabalho de volei
Trabalho de volei
 
Futsal exercicios treinamento
Futsal   exercicios treinamentoFutsal   exercicios treinamento
Futsal exercicios treinamento
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
 
Futebol
FutebolFutebol
Futebol
 
Fundamentos de voleibol forum 6 a
Fundamentos de voleibol forum 6 aFundamentos de voleibol forum 6 a
Fundamentos de voleibol forum 6 a
 
futebol
futebolfutebol
futebol
 

Destaque

Projeto Modalidades Esportivas
Projeto Modalidades EsportivasProjeto Modalidades Esportivas
Projeto Modalidades Esportivas
natanael
 
Cap hab mec
Cap hab mecCap hab mec
Cap hab mec
Cassio Meira Jr.
 
Alongamentos para todos
Alongamentos para todosAlongamentos para todos
Alongamentos para todos
Jailson Bomfim
 
Flexibilidade e alongamento
Flexibilidade e alongamentoFlexibilidade e alongamento
Flexibilidade e alongamento
joseluisgotto12
 
Aquecimento e alongamento
Aquecimento e alongamentoAquecimento e alongamento
Aquecimento e alongamento
Abmael Rocha Junior
 
Alongamento
AlongamentoAlongamento
Alongamento muscular
Alongamento  muscularAlongamento  muscular
Alongamento muscular
lcinfo
 
Slides alongamentos
Slides alongamentosSlides alongamentos
Slides alongamentos
carolezeca
 
Alongamento
AlongamentoAlongamento
Alongamento
Denise Carceroni
 
Flexibilidade 01
Flexibilidade 01Flexibilidade 01
Flexibilidade 01
washington carlos vieira
 
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-PresentedLinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
SlideShare
 

Destaque (11)

Projeto Modalidades Esportivas
Projeto Modalidades EsportivasProjeto Modalidades Esportivas
Projeto Modalidades Esportivas
 
Cap hab mec
Cap hab mecCap hab mec
Cap hab mec
 
Alongamentos para todos
Alongamentos para todosAlongamentos para todos
Alongamentos para todos
 
Flexibilidade e alongamento
Flexibilidade e alongamentoFlexibilidade e alongamento
Flexibilidade e alongamento
 
Aquecimento e alongamento
Aquecimento e alongamentoAquecimento e alongamento
Aquecimento e alongamento
 
Alongamento
AlongamentoAlongamento
Alongamento
 
Alongamento muscular
Alongamento  muscularAlongamento  muscular
Alongamento muscular
 
Slides alongamentos
Slides alongamentosSlides alongamentos
Slides alongamentos
 
Alongamento
AlongamentoAlongamento
Alongamento
 
Flexibilidade 01
Flexibilidade 01Flexibilidade 01
Flexibilidade 01
 
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-PresentedLinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
 

Semelhante a Modalidade esportiva coletiva

VOLEI
VOLEIVOLEI
VOLEI
pauloav
 
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
SilvaStefano
 
Educação Física
Educação FísicaEducação Física
Educação Física
TatianaSilva205
 
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Margarida Ferreira
 
O Volley Bal Melissa
O Volley Bal MelissaO Volley Bal Melissa
O Volley Bal Melissa
heldercm
 
seminário sobre Voleibol
seminário sobre Voleibol seminário sobre Voleibol
seminário sobre Voleibol
Ronaldo Junior
 
Voleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentosVoleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentos
Prof. Saulo Bezerra
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Vitor Dalcégio
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Ativ 3 rosilde
Ativ 3 rosildeAtiv 3 rosilde
Ativ 3 rosilde
rosildeaires
 
Ativ 3 rosilde
Ativ 3 rosildeAtiv 3 rosilde
Ativ 3 rosilde
rosildeaires
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Marcia Barbosa
 
Voleibol&futebol&atletismo 18 valores
Voleibol&futebol&atletismo 18 valoresVoleibol&futebol&atletismo 18 valores
Voleibol&futebol&atletismo 18 valores
Diogo Malafaia
 
Basquete 1
Basquete 1Basquete 1
Basquete 1
Nilceia Sc
 
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
Paula Silva Silva
 
Ed fisica
Ed fisicaEd fisica
Ed fisica
Vitória Neres
 
A História, Fundamentos do Voleibol, Etc
A História, Fundamentos do Voleibol, EtcA História, Fundamentos do Voleibol, Etc
A História, Fundamentos do Voleibol, Etc
Paulo Otávio Cardoso Borges
 
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdfEJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
DeosdeteLino
 
Voleibol.docx
Voleibol.docxVoleibol.docx
Voleibol.docx
Sílvio Cardoso
 
Andebol - tudo
Andebol - tudoAndebol - tudo
Andebol - tudo
HugoSousa93
 

Semelhante a Modalidade esportiva coletiva (20)

VOLEI
VOLEIVOLEI
VOLEI
 
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
 
Educação Física
Educação FísicaEducação Física
Educação Física
 
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
 
O Volley Bal Melissa
O Volley Bal MelissaO Volley Bal Melissa
O Volley Bal Melissa
 
seminário sobre Voleibol
seminário sobre Voleibol seminário sobre Voleibol
seminário sobre Voleibol
 
Voleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentosVoleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentos
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Ativ 3 rosilde
Ativ 3 rosildeAtiv 3 rosilde
Ativ 3 rosilde
 
Ativ 3 rosilde
Ativ 3 rosildeAtiv 3 rosilde
Ativ 3 rosilde
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol&futebol&atletismo 18 valores
Voleibol&futebol&atletismo 18 valoresVoleibol&futebol&atletismo 18 valores
Voleibol&futebol&atletismo 18 valores
 
Basquete 1
Basquete 1Basquete 1
Basquete 1
 
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
 
Ed fisica
Ed fisicaEd fisica
Ed fisica
 
A História, Fundamentos do Voleibol, Etc
A História, Fundamentos do Voleibol, EtcA História, Fundamentos do Voleibol, Etc
A História, Fundamentos do Voleibol, Etc
 
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdfEJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
 
Voleibol.docx
Voleibol.docxVoleibol.docx
Voleibol.docx
 
Andebol - tudo
Andebol - tudoAndebol - tudo
Andebol - tudo
 

Último

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

Modalidade esportiva coletiva

  • 3. • O vôlei foi criado em 9 de fevereiro de 1895 por William George Morgan nos Estados Unidos.1 O objetivo de Morgan, que trabalhava na " Associação Cristã de Moços" (ACM), era criar um esporte de equipes sem contato físico entre os adversários, de modo a minimizar os riscos de lesões. Inicialmente jogava-se com uma câmara de ar da bola de basquetebol e foi chamado Mintonette, mas rapidamente ganhou popularidade com o nome de volleyball. O criador do voleibol faleceu em 27 de dezembro de 1942 aos 72 anos de idade.
  • 4. • Em 1947 foi fundada a Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Dois anos mais tarde foi realizado o primeiro Campeonato Mundial de Voleibol. Na ocasião só houve o evento masculino. Em1952, o evento foi estendido também ao voleibol feminino. No ano de 1964 o voleibol passou a fazer parte do programa dos Jogos Olímpicos, tendo-se mantido até a atualidade.
  • 5. • O voleibol de praia, uma modalidade derivada do voleibol, tem obtido grande sucesso em diversos países, nomeadamente no Brasil e nos Estados Unidos. Nos esportes coletivos, a primeira medalha de ouro olímpica conquistada por um país lusófono foi obtida pela equipe masculina de vôlei do Brasil nos Jogos Olímpicos de Verão de 1992. A proeza se repetiu nos Jogos Olímpicos de Verão de 2004 e nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 foi a vez da seleção brasileira feminina ganhar a sua primeira medalha de ouro em Olimpíadas.
  • 7. • Cada equipe de voleibol é constituída por 12 jogadores: seis efetivos (sendo um líbero) e seis suplentes. Em quadra, portanto, ficam dois times de seis jogadores.
  • 8. • As equipes são separadas por uma rede no meio da quadra. O jogo começa com um dos times que devem sacar. Logo depois do saque a bola deve ultrapassar a rede e seguir ao campo do adversário onde os jogadores tentam evitar que a bola entre no seu campo usando qualquer parte do corpo (antes não era válido usar membros da cintura para baixo, mas as regras foram mudadas). O jogador pode rebater a bola para que ela passe para o campo adversário sendo permitidos dar três toques na bola antes que ela passe, sempre alternando os jogadores que dão os toques. Caso a bola caia é ponto do time adversário.
  • 9. • O jogador pode encostar na rede (desde que não interfira no andamento do jogo), exceto na borda superior, caso isso ocorra o ponto será para o outro time. O mesmo jogador não pode dar 2 ou mais toques seguidos na bola, exceção no caso do toque de Bloqueio.
  • 11. • Um time que deseja competir em nível internacional precisa dominar um conjunto de seis habilidades básicas, denominadas usualmente sob a rubrica "fundamentos". Elas são: saque, passe, levantamento, ataque, bloqueio e defesa. A cada um destes fundamentos compreende um certo número de habilidades e técnicas que foram introduzidas ao longo da história do voleibol e são hoje consideradas prática comum no esporte.
  • 13. • O ataque é, em geral, o terceiro contato de um time com a bola. O objetivo deste fundamento é fazer a bola aterrissar na quadra adversária, conquistando deste modo o ponto em disputa. Para realizar o ataque, o jogador dá uma série de passos contados ("passada"), salta e então projeta seu corpo para a frente, transferindo deste modo seu peso para a bola no momento do contato.
  • 14. • O voleibol contemporâneo envolve diversas técnicas individuais de ataque: • Ataque do fundo: ataque realizado por um jogador que não se encontra na rede, ou seja, por um jogador que não ocupa as posições 2-4. O atacante não pode pisar na linha de três metros ou na parte frontal da quadra antes de tocar a bola, embora seja permitido que ele aterrisse nesta área após o ataque.
  • 15. • Diagonal ou Paralela: indica a direção da trajetória da bola no ataque, em relação às linhas laterais da quadra. Uma diagonal de ângulo bastante pronunciado, com a bola aterrissando na zona frontal da quadra adversária, é denominada "diagonal curta".
  • 16. • Cortada ou Remate: refere-se a um ataque em que a bola é acertada com força, com o objetivo de fazê-la aterrissar o mais rápido possível na quadra adversária. Uma cortada pode atingir velocidades de aproximadamente 200 km/h.
  • 17. • Largada: refere-se a um ataque em que jogador não acerta a bola com força, mas antes toca-a levemente, procurando direcioná-la para uma região da quadra adversária que não esteja bem coberta pela defesa.
  • 18. • Explorar o bloqueio: refere-se a um ataque em que o jogador não pretende fazer a bola tocar a quadra adversária, mas antes atingir com ela o bloqueio oponente de modo a que ela, posteriormente, aterisse em uma área fora de jogo.
  • 19. • Ataque sem força: o jogador acerta a bola mas reduz a força e consequentemente sua aceleração, numa tentativa de confundir a defesa adversária.
  • 20. • Bola de xeque: refere-se à cortada realizada por um dos jogadores que está na rede quando a equipe recebe.