SlideShare uma empresa Scribd logo
 
As organizações são implacáveis em exigir cada vez maiores e melhores habilidades do sujeito (VASCONSCELOS, 2008). A interação entre os trabalhadores, que estão sob constante pressão para garantir seu lugar no mercado, passa a acontecer baseada em conflitos, o que acaba comprometendo a satisfação e o rendimento no trabalho (OLIVEIRA,1999). Deste modo, essa excessiva competitividade pode acabar transformando o ambiente de trabalho em um palco de guerra e violência (MOURA, 2008).
Origem: M obbing  deriva do verbo inglês  to mob =  “atacar, maltratar, tratar mal alguém, cercar, rodear, tumultuar e amotinar” (CARVALHO, 2006, p. 40).  Conceito: Uma prática sistemática e recorrente de perseguição, dirigida normalmente contra um só trabalhador, que por conseqüência, se vê remetido para uma situação indefesa e desesperada, violentado e freqüentemente constrangido a abandonar o seu emprego, seja por iniciativa própria ou não (REDINHA, 2003, p. 3). Bullying  x  Mobbing
1. A scendente 2. Horizontal 3. Descendente.
1. A fase do conflito; 2. A fase do  mobbing  ou estigmatização; 3. A fase de intervenção na empresa; 4. A fase de marginalização ou exclusão da vida      laboral;
Estresse;  Depressão;  Ataques de pânico;  Hipertensão arterial; Problemas cardíacos em geral;  Sentimentos de opressão; de menos-valia; Baixa da auto-estima; Distúrbios gastro-intestinais;  Vertigens;  insônia; prejuízos cognitivos  apatia;  agressividade;  deterioração das relações interpessoais;  desenvolvimento de doenças mentais como o transtorno afetivo bipolar tendências suicidas.
Prevenção e Tratamento: Política preventiva contra o assédio moral; Estabelecer planos preventivos, tanto de informação como de implementação de adequados Protocolos de Ação; Melhorar as condições de trabalho; Planejar estratégias para: a avaliação dos riscos psicossociais da organização do trabalho e a avaliação dos riscos ocupacionais de origem psicológica, psicossocial e organizacional; Criação e execução de projetos e planos para o desenvolvimento da qualidade de vida do profissional;
Alvos da pesquisa: trabalhadores dos setores público e privado com idades entre 25 e 45 anos; Objetivo: identificar se os entrevistados possuíam conhecimento acerca do fenômeno  mobbing , bem como se já sofreram ou conheceram alguém que já passou por essa situação. De acordo com as entrevistas realizadas, como se verifica no Gráfico 1, apenas 60% (sessenta por cento) das mulheres sabem o que é e o que caracteriza o  mobbing,  enquanto nenhum dos homens soube responder .   De forma geral, as entrevistadas colocam que o  mobbing  é uma agressão física e psicológica que afeta o indivíduo que a sofre, já as características citadas foram os comportamentos agressivos, a baixa auto-estima do assediado, a diminuição da produtividade, o clima hostil no emprego, entre outros. Além disso, verificou-se que a maioria das pessoas que souberam responder o que caracteriza o  mobbing  foi às mesmas que afirmaram ter sofrido essa forma de agressão.
 
 
Mobbing  traz prejuízos tanto para o indíviduo violentado quanto para a empresa; Necessário reduzir essa conduta abusiva, através de leis severas e prevenção contra esse mal que tanto atinge o meio de trabalho.  Dada a complexidade deste fenômeno, a abordagem utilizada deve buscar seguir uma conduta multidisciplinar.
CARVALHO, M. Assédio Moral/Mobbing – Breves considerações.  In:  ASSOCIAÇÃO LUSO-BRASILEIRA DE JURISTAS DO TRABALHO.  Temas Laborais Luso-Brasileiros . São Paulo: Editora LTr e LTDA., 2006.  FREIRE, Paula Ariane.  Assédio Moral e Saúde Mental do Trabalhador.   Trabalho, Educação, Saúde , v.6, nº2, p. 367-380, jul./out, 2008. Disponível em: < http://www.observatoriodeseguranca.org/files/artigo-assedio-paula_0.pdf >. Acesso em: 19 de Novembro de 2010. GUIMARÃES, Liliana Andolpho Magalhães; RIMOLI, Adriana Odalia. “Mobbing” (Assédio Psicológico) no Trabalho: Uma Síndrome Psicossocial Multidimensional.  Psicologia: Teoria e Pesquisa.  vol. 22 n. 2, p. 183-192, mai/ago, 2006. Disponível em:  http://www.assediomoral.org . Acesso em: 12 de Novembro de 2010. HIRIGOYEN, Marie-France.  O Assédio no Trabalho: Como distinguir a verdade . Lisboa: Editora Pergaminho, 2002. JOÃO, Ana Lúcia. MOBBING: Agressão Psicológica no Trabalho. Destacável Cientifico. HDS In Forma, nº 29, bimestral, p. 1-4, Out./Nov. 2009. Disponível em: Acesso em: 10 de Novembro de 2010. MOURA, Ana Paula Mafra.  O  mobbing  nas organizações de trabalho.  Trabalho de Conclusão de Curso em Psicologia na Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu, 2008. Disponível em:  http://siaibib01.univali.br . Acesso em: 10 de Outubro de 2010. OLIVEIRA, Sílvio .  Sociologia das Organizações: Uma análise do homem e das empresas no ambiente competitivo.  São Paulo: Pioneira, 1999.  REDINHA, Maria Regina Gomes. Assédio moral ou  mobbing  no trabalho .   In:  Estudos em Homenagem ao Professor Raul Ventura.   Coimbra Editora: 2003. Disponível em:  http://repositorio-aberto.up.pt . Acesso em: 10 de Novembro de 2010. RISSI, Ms. Vanessa.  Assédio moral nas relações trabalhistas: entendendo conceitos, características, causas e conseqüências para o trabalhador.  Dissertação de Mestrado em Saúde Coletiva, 2008. Disponível em:  http://www.imed.edu.br . Acesso em: 12 de Novembro de 2010. SANTOS, Danielle Fabiana; SANTOS, Jacqueline Maria Dias; OLIVEIRA, José Cleverton. (2008).  As Causas e Conseqüências do Assédio Moral nas Organizações.  Disponível em:  www.administradores.com.br . Acesso em: 16 de Novembro de 2010. VASCONCELOS, Anselmo Ferreira,  Qualidade de Vida no Trabalho: Origem, evolução e perspectivas.   Caderno de Pesquisas em Administração , São Paulo, v.08, nº1, jan/março, 2008.  VISEU, Ana Paula. (2009).  Assédio Moral: Uma Realidade no Local de Trabalho.  Disponível em:  www.feslisbon.org . Acesso em: 16 de Novembro de 2010 .

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teste de qualidade de vida
Teste de qualidade de vidaTeste de qualidade de vida
Teste de qualidade de vida
Luciano de Oliveira
 
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEADANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
VIVIAN TROMBINI
 
Dança também é atividade física
Dança também é atividade físicaDança também é atividade física
Dança também é atividade física
solangejazz
 
Assédio Sexual
Assédio SexualAssédio Sexual
Assédio Sexual
Tércio De Santana
 
Dancas Folclóricas
Dancas FolclóricasDancas Folclóricas
Dancas Folclóricas
silsiane
 
Planejamento Anual Ed. Física 6º AO 9º Ano.docx
Planejamento Anual Ed. Física 6º AO 9º Ano.docxPlanejamento Anual Ed. Física 6º AO 9º Ano.docx
Planejamento Anual Ed. Física 6º AO 9º Ano.docx
MoisesVeiga2
 
Palestra sobre bullying
Palestra sobre bullyingPalestra sobre bullying
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptxAGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
DamsioCear
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
niedsonsantana
 
A História da Capoeira
A História da CapoeiraA História da Capoeira
A História da Capoeira
Prof. Saulo Bezerra
 
Danças brasileiras
Danças brasileirasDanças brasileiras
Danças brasileiras
VALDIR CONCEICAO
 
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de TrabalhoRelacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Luis Paulo Barros
 
Ginastica rítmica
Ginastica rítmicaGinastica rítmica
Ginastica rítmica
Morais Neto
 
Plano anual de Arte para o 3º ano do Ensino Médio
Plano anual de Arte para o 3º ano do Ensino MédioPlano anual de Arte para o 3º ano do Ensino Médio
Plano anual de Arte para o 3º ano do Ensino Médio
Roseli Gomes Martins
 
Slides classificação dos esportes.pdf
Slides classificação dos esportes.pdfSlides classificação dos esportes.pdf
Slides classificação dos esportes.pdf
Anderson Torres Pereira
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
Leandro Lopes
 
Historia da Educação Física
Historia da Educação FísicaHistoria da Educação Física
Historia da Educação Física
Prof. Saulo Bezerra
 
Avaliação De Desempenho
Avaliação De DesempenhoAvaliação De Desempenho
Avaliação De Desempenho
Josevani Tocchetto
 
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVOComo elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Roberto Felipe
 
Educação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Educação Física Escolar: Desafios e PerspectivasEducação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Educação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Alliance Fitness
 

Mais procurados (20)

Teste de qualidade de vida
Teste de qualidade de vidaTeste de qualidade de vida
Teste de qualidade de vida
 
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEADANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
 
Dança também é atividade física
Dança também é atividade físicaDança também é atividade física
Dança também é atividade física
 
Assédio Sexual
Assédio SexualAssédio Sexual
Assédio Sexual
 
Dancas Folclóricas
Dancas FolclóricasDancas Folclóricas
Dancas Folclóricas
 
Planejamento Anual Ed. Física 6º AO 9º Ano.docx
Planejamento Anual Ed. Física 6º AO 9º Ano.docxPlanejamento Anual Ed. Física 6º AO 9º Ano.docx
Planejamento Anual Ed. Física 6º AO 9º Ano.docx
 
Palestra sobre bullying
Palestra sobre bullyingPalestra sobre bullying
Palestra sobre bullying
 
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptxAGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
 
A História da Capoeira
A História da CapoeiraA História da Capoeira
A História da Capoeira
 
Danças brasileiras
Danças brasileirasDanças brasileiras
Danças brasileiras
 
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de TrabalhoRelacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
 
Ginastica rítmica
Ginastica rítmicaGinastica rítmica
Ginastica rítmica
 
Plano anual de Arte para o 3º ano do Ensino Médio
Plano anual de Arte para o 3º ano do Ensino MédioPlano anual de Arte para o 3º ano do Ensino Médio
Plano anual de Arte para o 3º ano do Ensino Médio
 
Slides classificação dos esportes.pdf
Slides classificação dos esportes.pdfSlides classificação dos esportes.pdf
Slides classificação dos esportes.pdf
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
 
Historia da Educação Física
Historia da Educação FísicaHistoria da Educação Física
Historia da Educação Física
 
Avaliação De Desempenho
Avaliação De DesempenhoAvaliação De Desempenho
Avaliação De Desempenho
 
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVOComo elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
 
Educação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Educação Física Escolar: Desafios e PerspectivasEducação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Educação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
 

Semelhante a Mobbing -slides

Curso online assédio moral no trabalho
Curso online assédio moral no trabalhoCurso online assédio moral no trabalho
Curso online assédio moral no trabalho
Unichristus Centro Universitário
 
cartilha assedio
  cartilha assedio  cartilha assedio
cartilha assedio
blog2010
 
cartilha-violência-e-assédio-web.pdf
cartilha-violência-e-assédio-web.pdfcartilha-violência-e-assédio-web.pdf
cartilha-violência-e-assédio-web.pdf
SandraZanardo
 
Análise do assédio moral sofrido pelos Policiais Federais em Minas Gerais
Análise do assédio moral sofrido pelos Policiais Federais em Minas GeraisAnálise do assédio moral sofrido pelos Policiais Federais em Minas Gerais
Análise do assédio moral sofrido pelos Policiais Federais em Minas Gerais
Johnny Wilson Batista Guimaraes
 
MOBBING Agressão Psicológica no Trabalho
MOBBING Agressão Psicológica no TrabalhoMOBBING Agressão Psicológica no Trabalho
MOBBING Agressão Psicológica no Trabalho
Alexandre Pinto
 
Palestras Dia da Secretárias
Palestras Dia da SecretáriasPalestras Dia da Secretárias
Palestras Dia da Secretárias
DMT Consulting
 
Curso Técnico em Administração de Empresa- TCC Assédio Moral.pptx
Curso Técnico em Administração de Empresa- TCC Assédio Moral.pptxCurso Técnico em Administração de Empresa- TCC Assédio Moral.pptx
Curso Técnico em Administração de Empresa- TCC Assédio Moral.pptx
AndersonPiazzi
 
Apresenta..(assédio moral)administração
Apresenta..(assédio moral)administraçãoApresenta..(assédio moral)administração
Apresenta..(assédio moral)administração
Enelirs
 
2007003
20070032007003
2007003
20070032007003
Assedio Moral no Ambiente de Trabalho
Assedio Moral no Ambiente de TrabalhoAssedio Moral no Ambiente de Trabalho
Assedio Moral no Ambiente de Trabalho
Paulino Netto
 
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna decipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
Gleuciane Rocha
 
148
148148
Assédio moral
Assédio moralAssédio moral
Assédio moral
Vanderlei Rodrigues
 
ebook BOURNOUT e ESTRESSE-1.pdf
ebook BOURNOUT e ESTRESSE-1.pdfebook BOURNOUT e ESTRESSE-1.pdf
ebook BOURNOUT e ESTRESSE-1.pdf
PatrciaLima975458
 
Ocupação humana justiça
Ocupação humana justiçaOcupação humana justiça
Ocupação humana justiça
OTutorial2
 
ASSEDIO_MORAL_1669861679.pdf
ASSEDIO_MORAL_1669861679.pdfASSEDIO_MORAL_1669861679.pdf
ASSEDIO_MORAL_1669861679.pdf
SesmtCd
 
Por que as pessoas fazem bullying?
Por que as pessoas fazem bullying? Por que as pessoas fazem bullying?
Por que as pessoas fazem bullying?
MuriloMorotti
 
Aula Especialização Prove Unifesp (25/11/14)
Aula Especialização Prove Unifesp (25/11/14)Aula Especialização Prove Unifesp (25/11/14)
Aula Especialização Prove Unifesp (25/11/14)
Francisco Rodrigues Alves
 
Cartilha assedio moral e sexual web
Cartilha assedio moral e sexual webCartilha assedio moral e sexual web
Cartilha assedio moral e sexual web
Lucas F. Franca
 

Semelhante a Mobbing -slides (20)

Curso online assédio moral no trabalho
Curso online assédio moral no trabalhoCurso online assédio moral no trabalho
Curso online assédio moral no trabalho
 
cartilha assedio
  cartilha assedio  cartilha assedio
cartilha assedio
 
cartilha-violência-e-assédio-web.pdf
cartilha-violência-e-assédio-web.pdfcartilha-violência-e-assédio-web.pdf
cartilha-violência-e-assédio-web.pdf
 
Análise do assédio moral sofrido pelos Policiais Federais em Minas Gerais
Análise do assédio moral sofrido pelos Policiais Federais em Minas GeraisAnálise do assédio moral sofrido pelos Policiais Federais em Minas Gerais
Análise do assédio moral sofrido pelos Policiais Federais em Minas Gerais
 
MOBBING Agressão Psicológica no Trabalho
MOBBING Agressão Psicológica no TrabalhoMOBBING Agressão Psicológica no Trabalho
MOBBING Agressão Psicológica no Trabalho
 
Palestras Dia da Secretárias
Palestras Dia da SecretáriasPalestras Dia da Secretárias
Palestras Dia da Secretárias
 
Curso Técnico em Administração de Empresa- TCC Assédio Moral.pptx
Curso Técnico em Administração de Empresa- TCC Assédio Moral.pptxCurso Técnico em Administração de Empresa- TCC Assédio Moral.pptx
Curso Técnico em Administração de Empresa- TCC Assédio Moral.pptx
 
Apresenta..(assédio moral)administração
Apresenta..(assédio moral)administraçãoApresenta..(assédio moral)administração
Apresenta..(assédio moral)administração
 
2007003
20070032007003
2007003
 
2007003
20070032007003
2007003
 
Assedio Moral no Ambiente de Trabalho
Assedio Moral no Ambiente de TrabalhoAssedio Moral no Ambiente de Trabalho
Assedio Moral no Ambiente de Trabalho
 
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna decipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
 
148
148148
148
 
Assédio moral
Assédio moralAssédio moral
Assédio moral
 
ebook BOURNOUT e ESTRESSE-1.pdf
ebook BOURNOUT e ESTRESSE-1.pdfebook BOURNOUT e ESTRESSE-1.pdf
ebook BOURNOUT e ESTRESSE-1.pdf
 
Ocupação humana justiça
Ocupação humana justiçaOcupação humana justiça
Ocupação humana justiça
 
ASSEDIO_MORAL_1669861679.pdf
ASSEDIO_MORAL_1669861679.pdfASSEDIO_MORAL_1669861679.pdf
ASSEDIO_MORAL_1669861679.pdf
 
Por que as pessoas fazem bullying?
Por que as pessoas fazem bullying? Por que as pessoas fazem bullying?
Por que as pessoas fazem bullying?
 
Aula Especialização Prove Unifesp (25/11/14)
Aula Especialização Prove Unifesp (25/11/14)Aula Especialização Prove Unifesp (25/11/14)
Aula Especialização Prove Unifesp (25/11/14)
 
Cartilha assedio moral e sexual web
Cartilha assedio moral e sexual webCartilha assedio moral e sexual web
Cartilha assedio moral e sexual web
 

Último

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 

Último (20)

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 

Mobbing -slides

  • 1.  
  • 2. As organizações são implacáveis em exigir cada vez maiores e melhores habilidades do sujeito (VASCONSCELOS, 2008). A interação entre os trabalhadores, que estão sob constante pressão para garantir seu lugar no mercado, passa a acontecer baseada em conflitos, o que acaba comprometendo a satisfação e o rendimento no trabalho (OLIVEIRA,1999). Deste modo, essa excessiva competitividade pode acabar transformando o ambiente de trabalho em um palco de guerra e violência (MOURA, 2008).
  • 3. Origem: M obbing deriva do verbo inglês to mob = “atacar, maltratar, tratar mal alguém, cercar, rodear, tumultuar e amotinar” (CARVALHO, 2006, p. 40). Conceito: Uma prática sistemática e recorrente de perseguição, dirigida normalmente contra um só trabalhador, que por conseqüência, se vê remetido para uma situação indefesa e desesperada, violentado e freqüentemente constrangido a abandonar o seu emprego, seja por iniciativa própria ou não (REDINHA, 2003, p. 3). Bullying x Mobbing
  • 4. 1. A scendente 2. Horizontal 3. Descendente.
  • 5. 1. A fase do conflito; 2. A fase do mobbing ou estigmatização; 3. A fase de intervenção na empresa; 4. A fase de marginalização ou exclusão da vida laboral;
  • 6. Estresse; Depressão; Ataques de pânico; Hipertensão arterial; Problemas cardíacos em geral; Sentimentos de opressão; de menos-valia; Baixa da auto-estima; Distúrbios gastro-intestinais; Vertigens; insônia; prejuízos cognitivos apatia; agressividade; deterioração das relações interpessoais; desenvolvimento de doenças mentais como o transtorno afetivo bipolar tendências suicidas.
  • 7. Prevenção e Tratamento: Política preventiva contra o assédio moral; Estabelecer planos preventivos, tanto de informação como de implementação de adequados Protocolos de Ação; Melhorar as condições de trabalho; Planejar estratégias para: a avaliação dos riscos psicossociais da organização do trabalho e a avaliação dos riscos ocupacionais de origem psicológica, psicossocial e organizacional; Criação e execução de projetos e planos para o desenvolvimento da qualidade de vida do profissional;
  • 8. Alvos da pesquisa: trabalhadores dos setores público e privado com idades entre 25 e 45 anos; Objetivo: identificar se os entrevistados possuíam conhecimento acerca do fenômeno mobbing , bem como se já sofreram ou conheceram alguém que já passou por essa situação. De acordo com as entrevistas realizadas, como se verifica no Gráfico 1, apenas 60% (sessenta por cento) das mulheres sabem o que é e o que caracteriza o mobbing, enquanto nenhum dos homens soube responder . De forma geral, as entrevistadas colocam que o mobbing é uma agressão física e psicológica que afeta o indivíduo que a sofre, já as características citadas foram os comportamentos agressivos, a baixa auto-estima do assediado, a diminuição da produtividade, o clima hostil no emprego, entre outros. Além disso, verificou-se que a maioria das pessoas que souberam responder o que caracteriza o mobbing foi às mesmas que afirmaram ter sofrido essa forma de agressão.
  • 9.  
  • 10.  
  • 11. Mobbing traz prejuízos tanto para o indíviduo violentado quanto para a empresa; Necessário reduzir essa conduta abusiva, através de leis severas e prevenção contra esse mal que tanto atinge o meio de trabalho. Dada a complexidade deste fenômeno, a abordagem utilizada deve buscar seguir uma conduta multidisciplinar.
  • 12. CARVALHO, M. Assédio Moral/Mobbing – Breves considerações. In: ASSOCIAÇÃO LUSO-BRASILEIRA DE JURISTAS DO TRABALHO. Temas Laborais Luso-Brasileiros . São Paulo: Editora LTr e LTDA., 2006.  FREIRE, Paula Ariane. Assédio Moral e Saúde Mental do Trabalhador. Trabalho, Educação, Saúde , v.6, nº2, p. 367-380, jul./out, 2008. Disponível em: < http://www.observatoriodeseguranca.org/files/artigo-assedio-paula_0.pdf >. Acesso em: 19 de Novembro de 2010. GUIMARÃES, Liliana Andolpho Magalhães; RIMOLI, Adriana Odalia. “Mobbing” (Assédio Psicológico) no Trabalho: Uma Síndrome Psicossocial Multidimensional. Psicologia: Teoria e Pesquisa. vol. 22 n. 2, p. 183-192, mai/ago, 2006. Disponível em: http://www.assediomoral.org . Acesso em: 12 de Novembro de 2010. HIRIGOYEN, Marie-France. O Assédio no Trabalho: Como distinguir a verdade . Lisboa: Editora Pergaminho, 2002. JOÃO, Ana Lúcia. MOBBING: Agressão Psicológica no Trabalho. Destacável Cientifico. HDS In Forma, nº 29, bimestral, p. 1-4, Out./Nov. 2009. Disponível em: Acesso em: 10 de Novembro de 2010. MOURA, Ana Paula Mafra. O mobbing nas organizações de trabalho. Trabalho de Conclusão de Curso em Psicologia na Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu, 2008. Disponível em: http://siaibib01.univali.br . Acesso em: 10 de Outubro de 2010. OLIVEIRA, Sílvio . Sociologia das Organizações: Uma análise do homem e das empresas no ambiente competitivo. São Paulo: Pioneira, 1999. REDINHA, Maria Regina Gomes. Assédio moral ou mobbing no trabalho . In: Estudos em Homenagem ao Professor Raul Ventura. Coimbra Editora: 2003. Disponível em: http://repositorio-aberto.up.pt . Acesso em: 10 de Novembro de 2010. RISSI, Ms. Vanessa. Assédio moral nas relações trabalhistas: entendendo conceitos, características, causas e conseqüências para o trabalhador. Dissertação de Mestrado em Saúde Coletiva, 2008. Disponível em: http://www.imed.edu.br . Acesso em: 12 de Novembro de 2010. SANTOS, Danielle Fabiana; SANTOS, Jacqueline Maria Dias; OLIVEIRA, José Cleverton. (2008). As Causas e Conseqüências do Assédio Moral nas Organizações. Disponível em: www.administradores.com.br . Acesso em: 16 de Novembro de 2010. VASCONCELOS, Anselmo Ferreira, Qualidade de Vida no Trabalho: Origem, evolução e perspectivas. Caderno de Pesquisas em Administração , São Paulo, v.08, nº1, jan/março, 2008. VISEU, Ana Paula. (2009). Assédio Moral: Uma Realidade no Local de Trabalho. Disponível em: www.feslisbon.org . Acesso em: 16 de Novembro de 2010 .