SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 44
Baixar para ler offline
Estudo descritivo do músculo e
estruturas acessórias
que funcionam para movimentar os ossos
e as articulações – contrações
Introdução
• Em latim “mio” significa músculo e “logia” significa estudo
• Músculos: órgãos constituídos por tecido muscular especializado em
contrair e relaxar, movimentam em resposta a estímulos nervosos.
• Tecidos musculares - características:
o Excitabilidade – capacidade de receber e responder à estímulos;
o Contratilidade – capacidade de encurtar e espessar (contração)
o Extensibilidade – capacidade de distender (extensão)
o Elasticidade – capacidade de retornar a forma original após contração ou
extensão
• Derivam do folheto embrionário mesoderme (íris – ectoderme)
• Sob o controle do sistema nervoso
• Cada músculo possui um nervo que se ramifica internamente
Classificação morfológica e funcional
1. Tecido Muscular Liso (Músculo liso)
2. Tecido Muscular Estriado
2.1 Cardíaco (Músculo cardíaco)
2.2 Esquelético (Músculo esquelético)
Músculo Liso
• Miócitos fusiformes e mononucleados
• Sem estrias transversais ou poucas desorganizadas
• Movimento involuntário
• Contração lenta e rítmica
• Localização: órgãos ocos (esôfago, estômago, intestino,
uretra, ureter, útero), glândulas salivares e lacrimais,
folículos pilosos, baço, bulbo ocular e vasos sanguíneos
Músculo Cardíaco
• Miócitos alongados
• Estrias transversais com ramificações (alto número)
• Podem apresentar um ou dois núcleos centrais
• Movimento involuntário
• Contração vigorosa, rápida e contínua
• Localização: coração (miocárdio)
Músculo Esquelético
• Miócitos cilíndricos e longos
• Alto número de estrias transversais (organizadas)
• Nucleação múltipla periférica
• Movimento voluntário
• Contração vigorosa e rápida
• Localização: esqueleto
esfíncter
superficiais - cutâneos
• Movimento esquelético:
1. Elementos ativos:
o Músculos
o Articulações
2. Elementos passivos:
o Tendões
o Ossos
o Cartilagens
• Corresponde a cerca de 40% do peso corporal
• 75% água + 18% proteína + 7% carboidrato, gorduras e sais
• Funções:
o Produção de movimentos corporais
o Estática corporal - estabilidade articular
o Regulação do volume e continência dos órgãos
o Produção de calor - manter temperatura
• Após o nascimento não se formam novas fibras musculares
• Lesões com perdas de tecido muscular são substituídas por tecido
cicatricial
• Aumento da massa muscular: hipertrofia
• Diminuição do volume de células musculares: atrofia
• Aumento do volume de células musculares: hiperplasia
Morfologia
• Porção média:
o Ventre
• Extremidades:
o Tendões
o Aponeuroses
• Fáscias:
o Epimísio
o Perimísio
o Endomísio
• Estruturas acessórias:
o Bainha tendíneas
o Bolsas sinoviais
Porção média
• Ventre muscular
• Cor vermelha
• Aspecto carnoso
• Parte ativa do músculo
• Realiza contração e relaxamento
Extremidades
• Tendões:
o Forma de fita ou corda
o Rico em fibras colágenas
• Aponeuroses:
o Forma de lâmina (plana ou achatada)
o Membrana fibrosa que reveste os grupos musculares
 Conectam músculos aos ossos
 Pouco aporte sanguíneo
 Difícil cicatrização
Fáscias
• Tecido conjuntivo fibroso que envolve cada músculo
• Tamanho e espessura variáveis conforme a função muscular
• Bainha de contenção muscular - contração eficiente
• Facilita o deslizamento dos músculos entre si
• Evita o deslocamento brusco
• Emitem septos intermusculares separando os músculos em grupos
• 3 camadas de envoltórios:
1. Epimísio: envolve o ventre
2. Perimísio: envolve o fascículo
3. Endomísio: envolve a fibra
Estruturas acessórias
• Bainhas tendíneas:
o Túneis ou pontes entre as superfícies ósseas
sobre as quais deslizam os tendões
• Bolsas sinoviais:
o Entre os músculos e entre ossos e músculos
 Facilitam o deslizamento muscular
Aponeurose
Aponeurose
Tendão
Tendão
Classificações
• Quanto a forma
• Quanto ao ventre
• Quanto a situação
• Quanto a disposição das fibras
• Quanto a disposição oblíqua das fibra
• Quanto a sua origem
• Quanto a sua inserção
• Quanto a topografia
• Quanto a função
• Quanto a ação
• Quanto a nomenclatura
• Quanto ao tipo de contração
• Quanto a forma:
1. Fusiformes: normalmente encontrados nos membros, podem passar por
mais de uma articulação, quanto mais superficiais mais longos
2. Longos: estrutura alongada
3. Curtos: em articulações com movimentos limitados
4. Largos: largura predomina sobre o comprimento
5. Leque: músculo largo com fibras convergentes para uma extremidade
• Quanto a situação:
1. Superficiais ou cutâneos: logo abaixo da pele, no mínimo uma de suas
inserções está na camada profunda da derme (crânio, face, pescoço e
mãos)
2. Profundos: se inserem em ossos
• Quanto a disposição das fibras:
1. Reto: paralelo a linha mediana
2. Transverso: perpendicular a linha
mediana
3. Oblíquo ou serrilhado: diagonal
a linha mediana
• Quanto a origem – extremidade muscular presa ao osso que não se
desloca (ponto fixo):
1. Bíceps: quando se originam de dois tendões
2. Tríceps: quando se originam de três tendões
3. Quadríceps: quando se originam de quatro tendões
• Quanto a função:
1. Agonista: músculo principal ativador
do movimento, se contrai ativamente
agonista, relaxa produzindo
2. Antagonista: se opõe a ação do
um
movimento suave
3. Sinergista: estabilizam as articulações
durante o movimento principal
4. Fixador: estabilizam a origem do
agonista de modo que ele exerça
eficientemente a ação
• Quanto a topografia:
1. Axial: esqueleto axial
2. Apendicular: esqueleto apendicular
• Quanto a ação:
1. Flexor: diminui o ângulo da articulação
2. Extensor: aumenta o ângulo da articulação
3. Adutor: aproxima da linha mediana
4. Abdutor: afasta da linha mediana
5. Pronador: gira posteriormente
6. Supinador: gira anteriormente
7. Tensor: torna rígido
8. Esfíncter: diminui a luz de uma abertura
• Quanto ao tipo de contração:
1. Concêntrica: o músculo encurta e traciona outra estrutura, como o
tendão, diminuindo o ângulo da articulação
2. Excêntrica: aumento do comprimento total do músculo durante a
contração
3. Isométrica: estabilizam as articulações enquanto outras se movem, gera
tensão muscular sem realizar movimento
Importância clínica
• Enfermidades:
o Distrofias musculares
o Cardiomiopatias
o Neoplasias – rabdomioma/rabdomiossarcoma
o Megaesôfago
• Aplicações de injeções
O
B
R
I
G
A
D
O

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a MIOLOGIA-ANATOMMIA HUMANA.pDRDRDDDDDDDptx

Anatomia humana slides
Anatomia humana slidesAnatomia humana slides
Anatomia humana slidesCed Amanhecer
 
sistema esquelético, sistema muscular, sistema articular, sistema respiratóri...
sistema esquelético, sistema muscular, sistema articular, sistema respiratóri...sistema esquelético, sistema muscular, sistema articular, sistema respiratóri...
sistema esquelético, sistema muscular, sistema articular, sistema respiratóri...dayanebifanomarcus
 
Músculo esquelético délio gaspar
Músculo esquelético   délio gasparMúsculo esquelético   délio gaspar
Músculo esquelético délio gaspargigantossauro9
 
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdf
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdf
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdfAyrttonAnacleto3
 
1ª sistema muscular
1ª sistema muscular1ª sistema muscular
1ª sistema muscularFilipe Matos
 
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptx
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptxSISTEMA MUSCULA POSTAR.pptx
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptxFabianoDoVale
 
Slides osteomioarticular
Slides osteomioarticularSlides osteomioarticular
Slides osteomioarticularAna Lucia Costa
 
Musculos Generalidades
Musculos GeneralidadesMusculos Generalidades
Musculos GeneralidadesTiago Domingos
 
Fisiologia Muscular
Fisiologia MuscularFisiologia Muscular
Fisiologia MuscularHugo Pedrosa
 
Sistema Locomotor
Sistema LocomotorSistema Locomotor
Sistema Locomotorarvoredenoz
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscularJorlete
 
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADAMiologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADAIsadora Oliveira
 
Organização dos organismos- Tecidos, órgãos e sistemas
Organização dos organismos- Tecidos, órgãos e sistemasOrganização dos organismos- Tecidos, órgãos e sistemas
Organização dos organismos- Tecidos, órgãos e sistemasCarlos Priante
 

Semelhante a MIOLOGIA-ANATOMMIA HUMANA.pDRDRDDDDDDDptx (20)

Anatomia humana slides
Anatomia humana slidesAnatomia humana slides
Anatomia humana slides
 
sistemamuscular.pdf
sistemamuscular.pdfsistemamuscular.pdf
sistemamuscular.pdf
 
sistema esquelético, sistema muscular, sistema articular, sistema respiratóri...
sistema esquelético, sistema muscular, sistema articular, sistema respiratóri...sistema esquelético, sistema muscular, sistema articular, sistema respiratóri...
sistema esquelético, sistema muscular, sistema articular, sistema respiratóri...
 
Tecidos musculares
Tecidos muscularesTecidos musculares
Tecidos musculares
 
Músculo esquelético délio gaspar
Músculo esquelético   délio gasparMúsculo esquelético   délio gaspar
Músculo esquelético délio gaspar
 
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdf
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdf
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdf
 
Anatomia humana introdução
Anatomia humana  introduçãoAnatomia humana  introdução
Anatomia humana introdução
 
1ª sistema muscular
1ª sistema muscular1ª sistema muscular
1ª sistema muscular
 
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptx
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptxSISTEMA MUSCULA POSTAR.pptx
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptx
 
Slides osteomioarticular
Slides osteomioarticularSlides osteomioarticular
Slides osteomioarticular
 
5 sistema muscular
5 sistema muscular5 sistema muscular
5 sistema muscular
 
Aula 1 noções de anatomia
Aula 1   noções de anatomiaAula 1   noções de anatomia
Aula 1 noções de anatomia
 
Musculos Generalidades
Musculos GeneralidadesMusculos Generalidades
Musculos Generalidades
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
 
Fisiologia Muscular
Fisiologia MuscularFisiologia Muscular
Fisiologia Muscular
 
Sistema Locomotor
Sistema LocomotorSistema Locomotor
Sistema Locomotor
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
 
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADAMiologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
 
3. Artrologia e Miologia.pptx
3. Artrologia e Miologia.pptx3. Artrologia e Miologia.pptx
3. Artrologia e Miologia.pptx
 
Organização dos organismos- Tecidos, órgãos e sistemas
Organização dos organismos- Tecidos, órgãos e sistemasOrganização dos organismos- Tecidos, órgãos e sistemas
Organização dos organismos- Tecidos, órgãos e sistemas
 

Mais de ArtthurPereira2

epidemiologia e biossegurança laboral conceitos e classificações
epidemiologia e biossegurança laboral conceitos e classificaçõesepidemiologia e biossegurança laboral conceitos e classificações
epidemiologia e biossegurança laboral conceitos e classificaçõesArtthurPereira2
 
CUIDADOS E BIOSSEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITOS LABORATORIAL E EPIDEMIOLOGICO
CUIDADOS E BIOSSEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITOS LABORATORIAL E EPIDEMIOLOGICOCUIDADOS E BIOSSEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITOS LABORATORIAL E EPIDEMIOLOGICO
CUIDADOS E BIOSSEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITOS LABORATORIAL E EPIDEMIOLOGICOArtthurPereira2
 
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIASAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIAArtthurPereira2
 
AULA DE SEGURANÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
AULA DE SEGURANÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIAAULA DE SEGURANÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
AULA DE SEGURANÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIAArtthurPereira2
 
AULA SOBRE O CAMPO DE CONCEITO DA CIPA BIOSSSEGURANÇA
AULA SOBRE O CAMPO DE CONCEITO DA CIPA BIOSSSEGURANÇAAULA SOBRE O CAMPO DE CONCEITO DA CIPA BIOSSSEGURANÇA
AULA SOBRE O CAMPO DE CONCEITO DA CIPA BIOSSSEGURANÇAArtthurPereira2
 
aula de biossegurança laboratorial e epidemiologica
aula de biossegurança laboratorial e epidemiologicaaula de biossegurança laboratorial e epidemiologica
aula de biossegurança laboratorial e epidemiologicaArtthurPereira2
 
FARMACOLOGIA E SISTEMAS FISIOLOGICOS HUMANO
FARMACOLOGIA E SISTEMAS FISIOLOGICOS HUMANOFARMACOLOGIA E SISTEMAS FISIOLOGICOS HUMANO
FARMACOLOGIA E SISTEMAS FISIOLOGICOS HUMANOArtthurPereira2
 
CENTRO CIRÚRGICO ASSISTENCIAL E CLINICO NO AMBITO DE SAÚDE
CENTRO CIRÚRGICO ASSISTENCIAL E CLINICO NO AMBITO DE SAÚDECENTRO CIRÚRGICO ASSISTENCIAL E CLINICO NO AMBITO DE SAÚDE
CENTRO CIRÚRGICO ASSISTENCIAL E CLINICO NO AMBITO DE SAÚDEArtthurPereira2
 

Mais de ArtthurPereira2 (11)

epidemiologia e biossegurança laboral conceitos e classificações
epidemiologia e biossegurança laboral conceitos e classificaçõesepidemiologia e biossegurança laboral conceitos e classificações
epidemiologia e biossegurança laboral conceitos e classificações
 
CUIDADOS E BIOSSEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITOS LABORATORIAL E EPIDEMIOLOGICO
CUIDADOS E BIOSSEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITOS LABORATORIAL E EPIDEMIOLOGICOCUIDADOS E BIOSSEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITOS LABORATORIAL E EPIDEMIOLOGICO
CUIDADOS E BIOSSEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITOS LABORATORIAL E EPIDEMIOLOGICO
 
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIASAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
 
AULA DE SEGURANÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
AULA DE SEGURANÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIAAULA DE SEGURANÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
AULA DE SEGURANÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
 
AULA SOBRE O CAMPO DE CONCEITO DA CIPA BIOSSSEGURANÇA
AULA SOBRE O CAMPO DE CONCEITO DA CIPA BIOSSSEGURANÇAAULA SOBRE O CAMPO DE CONCEITO DA CIPA BIOSSSEGURANÇA
AULA SOBRE O CAMPO DE CONCEITO DA CIPA BIOSSSEGURANÇA
 
aula de biossegurança laboratorial e epidemiologica
aula de biossegurança laboratorial e epidemiologicaaula de biossegurança laboratorial e epidemiologica
aula de biossegurança laboratorial e epidemiologica
 
FARMACOLOGIA E SISTEMAS FISIOLOGICOS HUMANO
FARMACOLOGIA E SISTEMAS FISIOLOGICOS HUMANOFARMACOLOGIA E SISTEMAS FISIOLOGICOS HUMANO
FARMACOLOGIA E SISTEMAS FISIOLOGICOS HUMANO
 
CENTRO CIRÚRGICO ASSISTENCIAL E CLINICO NO AMBITO DE SAÚDE
CENTRO CIRÚRGICO ASSISTENCIAL E CLINICO NO AMBITO DE SAÚDECENTRO CIRÚRGICO ASSISTENCIAL E CLINICO NO AMBITO DE SAÚDE
CENTRO CIRÚRGICO ASSISTENCIAL E CLINICO NO AMBITO DE SAÚDE
 
NEFROLOGIA.pptx
NEFROLOGIA.pptxNEFROLOGIA.pptx
NEFROLOGIA.pptx
 
Apresentação-1.pptx
Apresentação-1.pptxApresentação-1.pptx
Apresentação-1.pptx
 
Apresentação.pptx
Apresentação.pptxApresentação.pptx
Apresentação.pptx
 

MIOLOGIA-ANATOMMIA HUMANA.pDRDRDDDDDDDptx

  • 1.
  • 2. Estudo descritivo do músculo e estruturas acessórias que funcionam para movimentar os ossos e as articulações – contrações
  • 3. Introdução • Em latim “mio” significa músculo e “logia” significa estudo • Músculos: órgãos constituídos por tecido muscular especializado em contrair e relaxar, movimentam em resposta a estímulos nervosos.
  • 4. • Tecidos musculares - características: o Excitabilidade – capacidade de receber e responder à estímulos; o Contratilidade – capacidade de encurtar e espessar (contração) o Extensibilidade – capacidade de distender (extensão) o Elasticidade – capacidade de retornar a forma original após contração ou extensão
  • 5. • Derivam do folheto embrionário mesoderme (íris – ectoderme) • Sob o controle do sistema nervoso • Cada músculo possui um nervo que se ramifica internamente
  • 6. Classificação morfológica e funcional 1. Tecido Muscular Liso (Músculo liso) 2. Tecido Muscular Estriado 2.1 Cardíaco (Músculo cardíaco) 2.2 Esquelético (Músculo esquelético)
  • 7.
  • 8. Músculo Liso • Miócitos fusiformes e mononucleados • Sem estrias transversais ou poucas desorganizadas • Movimento involuntário • Contração lenta e rítmica • Localização: órgãos ocos (esôfago, estômago, intestino, uretra, ureter, útero), glândulas salivares e lacrimais, folículos pilosos, baço, bulbo ocular e vasos sanguíneos
  • 9. Músculo Cardíaco • Miócitos alongados • Estrias transversais com ramificações (alto número) • Podem apresentar um ou dois núcleos centrais • Movimento involuntário • Contração vigorosa, rápida e contínua • Localização: coração (miocárdio)
  • 10. Músculo Esquelético • Miócitos cilíndricos e longos • Alto número de estrias transversais (organizadas) • Nucleação múltipla periférica • Movimento voluntário • Contração vigorosa e rápida • Localização: esqueleto esfíncter superficiais - cutâneos
  • 11. • Movimento esquelético: 1. Elementos ativos: o Músculos o Articulações 2. Elementos passivos: o Tendões o Ossos o Cartilagens • Corresponde a cerca de 40% do peso corporal • 75% água + 18% proteína + 7% carboidrato, gorduras e sais
  • 12. • Funções: o Produção de movimentos corporais o Estática corporal - estabilidade articular o Regulação do volume e continência dos órgãos o Produção de calor - manter temperatura
  • 13. • Após o nascimento não se formam novas fibras musculares • Lesões com perdas de tecido muscular são substituídas por tecido cicatricial • Aumento da massa muscular: hipertrofia • Diminuição do volume de células musculares: atrofia • Aumento do volume de células musculares: hiperplasia
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19. Morfologia • Porção média: o Ventre • Extremidades: o Tendões o Aponeuroses • Fáscias: o Epimísio o Perimísio o Endomísio • Estruturas acessórias: o Bainha tendíneas o Bolsas sinoviais
  • 20. Porção média • Ventre muscular • Cor vermelha • Aspecto carnoso • Parte ativa do músculo • Realiza contração e relaxamento
  • 21. Extremidades • Tendões: o Forma de fita ou corda o Rico em fibras colágenas • Aponeuroses: o Forma de lâmina (plana ou achatada) o Membrana fibrosa que reveste os grupos musculares  Conectam músculos aos ossos  Pouco aporte sanguíneo  Difícil cicatrização
  • 22. Fáscias • Tecido conjuntivo fibroso que envolve cada músculo • Tamanho e espessura variáveis conforme a função muscular • Bainha de contenção muscular - contração eficiente • Facilita o deslizamento dos músculos entre si • Evita o deslocamento brusco • Emitem septos intermusculares separando os músculos em grupos
  • 23. • 3 camadas de envoltórios: 1. Epimísio: envolve o ventre 2. Perimísio: envolve o fascículo 3. Endomísio: envolve a fibra
  • 24. Estruturas acessórias • Bainhas tendíneas: o Túneis ou pontes entre as superfícies ósseas sobre as quais deslizam os tendões • Bolsas sinoviais: o Entre os músculos e entre ossos e músculos  Facilitam o deslizamento muscular
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32. Classificações • Quanto a forma • Quanto ao ventre • Quanto a situação • Quanto a disposição das fibras • Quanto a disposição oblíqua das fibra • Quanto a sua origem • Quanto a sua inserção • Quanto a topografia • Quanto a função • Quanto a ação • Quanto a nomenclatura • Quanto ao tipo de contração
  • 33. • Quanto a forma: 1. Fusiformes: normalmente encontrados nos membros, podem passar por mais de uma articulação, quanto mais superficiais mais longos 2. Longos: estrutura alongada 3. Curtos: em articulações com movimentos limitados 4. Largos: largura predomina sobre o comprimento 5. Leque: músculo largo com fibras convergentes para uma extremidade
  • 34. • Quanto a situação: 1. Superficiais ou cutâneos: logo abaixo da pele, no mínimo uma de suas inserções está na camada profunda da derme (crânio, face, pescoço e mãos) 2. Profundos: se inserem em ossos
  • 35. • Quanto a disposição das fibras: 1. Reto: paralelo a linha mediana 2. Transverso: perpendicular a linha mediana 3. Oblíquo ou serrilhado: diagonal a linha mediana
  • 36. • Quanto a origem – extremidade muscular presa ao osso que não se desloca (ponto fixo): 1. Bíceps: quando se originam de dois tendões 2. Tríceps: quando se originam de três tendões 3. Quadríceps: quando se originam de quatro tendões
  • 37. • Quanto a função: 1. Agonista: músculo principal ativador do movimento, se contrai ativamente agonista, relaxa produzindo 2. Antagonista: se opõe a ação do um movimento suave 3. Sinergista: estabilizam as articulações durante o movimento principal 4. Fixador: estabilizam a origem do agonista de modo que ele exerça eficientemente a ação
  • 38. • Quanto a topografia: 1. Axial: esqueleto axial 2. Apendicular: esqueleto apendicular
  • 39. • Quanto a ação: 1. Flexor: diminui o ângulo da articulação 2. Extensor: aumenta o ângulo da articulação 3. Adutor: aproxima da linha mediana 4. Abdutor: afasta da linha mediana 5. Pronador: gira posteriormente 6. Supinador: gira anteriormente 7. Tensor: torna rígido 8. Esfíncter: diminui a luz de uma abertura
  • 40. • Quanto ao tipo de contração: 1. Concêntrica: o músculo encurta e traciona outra estrutura, como o tendão, diminuindo o ângulo da articulação 2. Excêntrica: aumento do comprimento total do músculo durante a contração 3. Isométrica: estabilizam as articulações enquanto outras se movem, gera tensão muscular sem realizar movimento
  • 41.
  • 42. Importância clínica • Enfermidades: o Distrofias musculares o Cardiomiopatias o Neoplasias – rabdomioma/rabdomiossarcoma o Megaesôfago • Aplicações de injeções
  • 43.