SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 53
MIOLOGIA
VETERINÁRIA
Profa. Marília Gomes
Estudo descritivo do músculo
e estruturas acessórias
que funcionam para movimentar
os ossos e as articulações –
contrações
Introdução
• Em latim “mio” significa músculo e “logia” significa estudo
• Músculos: órgãos constituídos por tecido muscular
especializado em contrair e relaxar
movimentam em resposta a estímulos nervosos
• Tecidos musculares - características:
o Excitabilidade – capacidade de receber e responder à estímulos
o Contratilidade – capacidade de encurtar e espessar (contração)
o Extensibilidade – capacidade de distender (extensão)
o Elasticidade – capacidade de retornar a forma original após contração ou
extensão
• Derivam do folheto embrionário mesoderme (íris – ectoderme)
• Sob o controle do sistema nervoso
• Cada músculo possui um nervo que se ramifica internamente
Classificação morfológica e funcional
1. Tecido Muscular Liso (Músculo liso)
2. Tecido Muscular Estriado
2.1. Cardíaco (Músculo cardíaco)
2.2. Esquelético (Músculo esquelético)
Músculo Liso
• Miócitos fusiformes e mononucleados
• Sem estrias transversais ou poucas desorganizadas
• Movimento involuntário
• Contração lenta e rítmica
• Localização: órgãos ocos (esôfago, estômago, intestino,
uretra, ureter, útero), glândulas salivares e lacrimais,
folículos pilosos, baço, bulbo ocular e vasos sanguíneos
Músculo Cardíaco
• Miócitos alongados
• Estrias transversais com ramificações (alto número)
• Podem apresentar um ou dois núcleos centrais
• Movimento involuntário
• Contração vigorosa, rápida e contínua
• Localização: coração (miocárdio)
Músculo Esquelético
• Miócitos cilíndricos e longos
• Alto número de estrias transversais (organizadas)
• Nucleação múltipla periférica
• Movimento voluntário
• Contração vigorosa e rápida
• Localização: esqueleto
esfíncter
superficiais - cutâneos
• Movimento esquelético:
1. Elementos ativos:
o Músculos
o Articulações
2. Elementos passivos:
o Tendões
o Ossos
o Cartilagens
• Corresponde a cerca de 40% do peso corporal dos animais
• 75% água + 18% proteína + 7% carboidrato, gorduras e sais
• Funções:
o Produção de movimentos corporais
o Estática corporal - estabilidade articular
o Regulação do volume e continência dos órgãos
o Produção de calor - manter temperatura
• Após o nascimento não se formam novas fibras musculares
• Lesões com perdas de tecido muscular são substituídas por tecido
cicatricial
• Aumento da massa muscular: hipertrofia
• Diminuição do volume de células musculares: atrofia
• Aumento do volume de células musculares: hiperplasia
RESUMO CLASSIFICAÇÃO
MORFOFUNCIONAL
Músculo estriado esquelético
Morfologia
• Porção média:
o Ventre
• Extremidades:
o Tendões
o Aponeuroses
• Fáscias:
o Epimísio
o Perimísio
o Endomísio
• Estruturas acessórias:
o Bainha tendíneas
o Bolsas sinoviais
Porção média
• Ventre muscular
• Cor vermelha
• Aspecto carnoso
• Parte ativa do músculo
• Realiza contração e relaxamento
Extremidades
• Tendões:
o Forma de fita ou corda
o Rico em fibras colágenas
• Aponeuroses:
o Forma de lâmina (plana ou achatada)
o Membrana fibrosa que reveste os grupos musculares
 Conectam músculos aos ossos
 Pouco aporte sanguíneo
 Difícil cicatrização
Fáscias
• Tecido conjuntivo fibroso que envolve cada músculo
• Tamanho e espessura variáveis conforme a função muscular
• Bainha de contenção muscular - contração eficiente
• Facilita o deslizamento dos músculos entre si
• Evita o deslocamento brusco
• Emitem septos intermusculares separando os músculos em grupos
• 3 camadas de envoltórios:
1. Epimísio: envolve o ventre
2. Perimísio: envolve o fascículo
3. Endomísio: envolve a fibra
Estruturas acessórias
• Bainhas tendíneas:
o Túneis ou pontes entre as superfícies ósseas
sobre as quais deslizam os tendões
• Bolsas sinoviais:
o Entre os músculos e entre ossos e músculos
 Facilitam o deslizamento muscular
RESUMO MORFOLOGIA
Aponeurose
Aponeurose
Tendão
Tendão
Estrutura do músculo - microscopia
• Sarcômero:
• Menor conjunto de miofilamentos que
consegue realizar o movimento de
contração/relaxamento
• Miofilamentos (proteínas):
• Grosso: miosina
• Finos: actina, troponina e tropomiosina
Classificações
• Quanto a forma
• Quanto ao ventre
• Quanto a situação
• Quanto a disposição das fibras
• Quanto a disposição oblíqua das fibra
• Quanto a sua origem
• Quanto a sua inserção
• Quanto a topografia
• Quanto a função
• Quanto a ação
• Quanto a nomenclatura
• Quanto ao tipo de contração
• Quanto a forma:
1. Fusiformes: normalmente encontrados nos membros, podem passar por
mais de uma articulação, quanto mais superficiais mais longos
2. Longos: estrutura alongada
3. Curtos: em articulações com movimentos limitados
4. Largos: largura predomina sobre o comprimento
5. Leque: músculo largo com fibras convergentes para uma extremidade
• Quanto ao ventre:
1. Monogástrico: um vente e tendões nas extremidades
2. Digástrico: dois ventres com um tendão intermediário
3. Poligástrico: mais de dois ventres com vários tendões intermediários
• Quanto a situação:
1. Superficiais ou cutâneos: logo abaixo da pele, no mínimo uma de suas
inserções está na camada profunda da derme (crânio, face, pescoço e
mãos)
2. Profundos: se inserem em ossos
• Quanto a disposição das fibras:
1. Reto: paralelo a linha mediana
2. Transverso: perpendicular a linha
mediana
3. Oblíquo ou serrilhado: diagonal
a linha mediana
• Quanto a disposição oblíqua da fibra:
1. Unipenado ou semipeniforme: se os
feixes musculares se prendem em uma
só borda do tendão
2. Bipenado ou peniforme: se os feixes se
prendem nas duas bordas do tendão
• Quanto a origem – extremidade muscular presa ao osso que não se
desloca (ponto fixo):
1. Bíceps: quando se originam de dois tendões
2. Tríceps: quando se originam de três tendões
3. Quadríceps: quando se originam de quatro tendões
• Quanto a inserção – extremidade muscular presa ao osso que se
desloca (ponto móvel):
1. Monocaudado: quando se insere em um tendão
2. Bicaudados: quando se inserem em dois tendões
3. Policaudados: quando se inserem em mais de dois tendões
• Quanto a função:
1. Agonista: músculo principal ativador
do movimento, se contrai ativamente
2. Antagonista: se opõe a ação do
agonista, relaxa produzindo um
movimento suave
3. Sinergista: estabilizam as articulações
durante o movimento principal
4. Fixador: estabilizam a origem do
agonista de modo que ele exerça
eficientemente a ação
• Quanto a topografia:
1. Axial: esqueleto axial
2. Apendicular: esqueleto apendicular
• Quanto a ação:
1. Flexor: diminui o ângulo da articulação
2. Extensor: aumenta o ângulo da articulação
3. Adutor: aproxima da linha mediana
4. Abdutor: afasta da linha mediana
5. Pronador: gira posteriormente
6. Supinador: gira anteriormente
7. Tensor: torna rígido
8. Esfíncter: diminui a luz de uma abertura
• Quanto a nomenclatura - o nome dado ao músculo deriva da
combinação de fatores, entre eles o fisiológico e o topográfico:
1. Ação
2. Ação associada a forma
3. Ação associada a localização
4. Forma
5. Localização
6. Número de origem
• Quanto ao tipo de contração:
1. Concêntrica: o músculo encurta e traciona outra estrutura, como o
tendão, diminuindo o ângulo da articulação
2. Excêntrica: aumento do comprimento total do músculo durante a
contração
3. Isométrica: estabilizam as articulações enquanto outras se movem, gera
tensão muscular sem realizar movimento
o Avaliação de carcaça
o Estudos de produção animal
o Avaliação de produtividade animal em propriedades rurais
o Melhoramento genético orientado: cruzamentos
cavalos de tração
atleta
passeio
lida
Importância em zootecnia
Importância clínica
• Enfermidades:
o Distrofias musculares
o Cardiomiopatias
o Neoplasias – rabdomioma/rabdomiossarcoma
o Megaesôfago
• Aplicações de injeções
O
B
R
I
G
A
D
A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Musculos do cão
Musculos do cãoMusculos do cão
Musculos do cão
Lisi Camana
 
Anatomia topográfica acessos - abdome 1
Anatomia topográfica   acessos - abdome 1Anatomia topográfica   acessos - abdome 1
Anatomia topográfica acessos - abdome 1
Vivian Leao
 

Mais procurados (20)

Planos e eixos
Planos e eixosPlanos e eixos
Planos e eixos
 
Musculos do cão
Musculos do cãoMusculos do cão
Musculos do cão
 
Sistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterináriaSistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterinária
 
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômen
 
Apresentação ossos da cabeça
Apresentação ossos da cabeça Apresentação ossos da cabeça
Apresentação ossos da cabeça
 
Apresentação membro torácico
Apresentação membro torácicoApresentação membro torácico
Apresentação membro torácico
 
Introdução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
Introdução a Anatomia e Fisiologia VeterináriaIntrodução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
Introdução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
 
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
 
Artrologia
ArtrologiaArtrologia
Artrologia
 
Tegumento comum - Anatomia animal
Tegumento comum - Anatomia animalTegumento comum - Anatomia animal
Tegumento comum - Anatomia animal
 
Anatomia topográfica acessos - abdome 1
Anatomia topográfica   acessos - abdome 1Anatomia topográfica   acessos - abdome 1
Anatomia topográfica acessos - abdome 1
 
Sistema respiratório veterinária
Sistema respiratório veterináriaSistema respiratório veterinária
Sistema respiratório veterinária
 
Fisiologia renal Veterinária
Fisiologia renal VeterináriaFisiologia renal Veterinária
Fisiologia renal Veterinária
 
Apresentação coluna vertebral
Apresentação coluna vertebralApresentação coluna vertebral
Apresentação coluna vertebral
 
Apresentação membro pélvico.
Apresentação membro pélvico.Apresentação membro pélvico.
Apresentação membro pélvico.
 
Anatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção iAnatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção i
 
Miologia veterinária
Miologia veterinária Miologia veterinária
Miologia veterinária
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
 
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterináriaSistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
 

Destaque

Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADAMiologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Isadora Oliveira
 

Destaque (20)

Osteologia animal - anatomia animal I
Osteologia animal - anatomia animal IOsteologia animal - anatomia animal I
Osteologia animal - anatomia animal I
 
Eutanásia em veterinária
Eutanásia em veterináriaEutanásia em veterinária
Eutanásia em veterinária
 
Osteologia humana - anatomia humana
Osteologia humana - anatomia humanaOsteologia humana - anatomia humana
Osteologia humana - anatomia humana
 
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animalIntrodução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
 
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana I
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana Iintrodução e conceitos anatômicos - anatomia humana I
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana I
 
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animalBases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
 
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animalBases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
 
Fundamentos de educação ambiental
Fundamentos de educação ambientalFundamentos de educação ambiental
Fundamentos de educação ambiental
 
Sistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IISistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana II
 
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animalIntrodução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
 
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animal
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animalLegislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animal
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animal
 
Apostila de Anatomia Veterinária I
Apostila de Anatomia Veterinária I Apostila de Anatomia Veterinária I
Apostila de Anatomia Veterinária I
 
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADAMiologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
Miologia – estudos dos músculos em ANATOMIA COMPARADA
 
Tecido cartilaginoso - Anatomia humana
Tecido cartilaginoso -  Anatomia humanaTecido cartilaginoso -  Anatomia humana
Tecido cartilaginoso - Anatomia humana
 
Artrologia - Anatomia humana
Artrologia - Anatomia humana Artrologia - Anatomia humana
Artrologia - Anatomia humana
 
Fertilidade e manejo do uso do solo de cerrado
Fertilidade e manejo do uso do solo de cerradoFertilidade e manejo do uso do solo de cerrado
Fertilidade e manejo do uso do solo de cerrado
 
Portões de entrada e saída em granjas suinas
Portões de entrada e saída em granjas suinasPortões de entrada e saída em granjas suinas
Portões de entrada e saída em granjas suinas
 
Qualidade da água
Qualidade da águaQualidade da água
Qualidade da água
 
Aula 5 de Anatomia : sistema muscular
Aula 5 de Anatomia : sistema muscularAula 5 de Anatomia : sistema muscular
Aula 5 de Anatomia : sistema muscular
 
Fundamentos de meio ambiente e saúde
Fundamentos de meio ambiente e saúdeFundamentos de meio ambiente e saúde
Fundamentos de meio ambiente e saúde
 

Semelhante a Miologia - anatomia veterinária I

Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
Jorlete
 

Semelhante a Miologia - anatomia veterinária I (20)

Miologia veterinária
Miologia veterináriaMiologia veterinária
Miologia veterinária
 
Miologia - anatomia humana
Miologia - anatomia humanaMiologia - anatomia humana
Miologia - anatomia humana
 
MIOLOGIA-ANATOMMIA HUMANA.pDRDRDDDDDDDptx
MIOLOGIA-ANATOMMIA HUMANA.pDRDRDDDDDDDptxMIOLOGIA-ANATOMMIA HUMANA.pDRDRDDDDDDDptx
MIOLOGIA-ANATOMMIA HUMANA.pDRDRDDDDDDDptx
 
Aula 04 anatomia_victor_revisada
Aula 04 anatomia_victor_revisadaAula 04 anatomia_victor_revisada
Aula 04 anatomia_victor_revisada
 
Apostila-Musculos.pdf
Apostila-Musculos.pdfApostila-Musculos.pdf
Apostila-Musculos.pdf
 
Miologia do corpo humano
Miologia do corpo humanoMiologia do corpo humano
Miologia do corpo humano
 
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdf
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdf
sistemamuscular[2696].pdfsistemamuscular[2696].pdf
 
Anatomia humana introdução
Anatomia humana  introduçãoAnatomia humana  introdução
Anatomia humana introdução
 
sistemamuscular.pdf
sistemamuscular.pdfsistemamuscular.pdf
sistemamuscular.pdf
 
5 sistema muscular
5 sistema muscular5 sistema muscular
5 sistema muscular
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
 
Anatomia humana slides
Anatomia humana slidesAnatomia humana slides
Anatomia humana slides
 
Siatema muscular
Siatema muscularSiatema muscular
Siatema muscular
 
Sistema Locomotor
Sistema LocomotorSistema Locomotor
Sistema Locomotor
 
Musculos Generalidades
Musculos GeneralidadesMusculos Generalidades
Musculos Generalidades
 
Fisiologia Muscular
Fisiologia MuscularFisiologia Muscular
Fisiologia Muscular
 
Palestra: Anatomia muscular.-Filipe Gustavopptx
Palestra: Anatomia muscular.-Filipe GustavopptxPalestra: Anatomia muscular.-Filipe Gustavopptx
Palestra: Anatomia muscular.-Filipe Gustavopptx
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
 
3. Artrologia e Miologia.pptx
3. Artrologia e Miologia.pptx3. Artrologia e Miologia.pptx
3. Artrologia e Miologia.pptx
 
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptx
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptxSISTEMA MUSCULA POSTAR.pptx
SISTEMA MUSCULA POSTAR.pptx
 

Mais de Marília Gomes

Mais de Marília Gomes (20)

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
 
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
 
Topografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeçaTopografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeça
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 

Miologia - anatomia veterinária I

  • 2. Estudo descritivo do músculo e estruturas acessórias que funcionam para movimentar os ossos e as articulações – contrações
  • 3. Introdução • Em latim “mio” significa músculo e “logia” significa estudo • Músculos: órgãos constituídos por tecido muscular especializado em contrair e relaxar movimentam em resposta a estímulos nervosos
  • 4. • Tecidos musculares - características: o Excitabilidade – capacidade de receber e responder à estímulos o Contratilidade – capacidade de encurtar e espessar (contração) o Extensibilidade – capacidade de distender (extensão) o Elasticidade – capacidade de retornar a forma original após contração ou extensão
  • 5. • Derivam do folheto embrionário mesoderme (íris – ectoderme) • Sob o controle do sistema nervoso • Cada músculo possui um nervo que se ramifica internamente
  • 6. Classificação morfológica e funcional 1. Tecido Muscular Liso (Músculo liso) 2. Tecido Muscular Estriado 2.1. Cardíaco (Músculo cardíaco) 2.2. Esquelético (Músculo esquelético)
  • 7.
  • 8. Músculo Liso • Miócitos fusiformes e mononucleados • Sem estrias transversais ou poucas desorganizadas • Movimento involuntário • Contração lenta e rítmica • Localização: órgãos ocos (esôfago, estômago, intestino, uretra, ureter, útero), glândulas salivares e lacrimais, folículos pilosos, baço, bulbo ocular e vasos sanguíneos
  • 9. Músculo Cardíaco • Miócitos alongados • Estrias transversais com ramificações (alto número) • Podem apresentar um ou dois núcleos centrais • Movimento involuntário • Contração vigorosa, rápida e contínua • Localização: coração (miocárdio)
  • 10. Músculo Esquelético • Miócitos cilíndricos e longos • Alto número de estrias transversais (organizadas) • Nucleação múltipla periférica • Movimento voluntário • Contração vigorosa e rápida • Localização: esqueleto esfíncter superficiais - cutâneos
  • 11. • Movimento esquelético: 1. Elementos ativos: o Músculos o Articulações 2. Elementos passivos: o Tendões o Ossos o Cartilagens • Corresponde a cerca de 40% do peso corporal dos animais • 75% água + 18% proteína + 7% carboidrato, gorduras e sais
  • 12. • Funções: o Produção de movimentos corporais o Estática corporal - estabilidade articular o Regulação do volume e continência dos órgãos o Produção de calor - manter temperatura
  • 13. • Após o nascimento não se formam novas fibras musculares • Lesões com perdas de tecido muscular são substituídas por tecido cicatricial • Aumento da massa muscular: hipertrofia • Diminuição do volume de células musculares: atrofia • Aumento do volume de células musculares: hiperplasia
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 19. Morfologia • Porção média: o Ventre • Extremidades: o Tendões o Aponeuroses • Fáscias: o Epimísio o Perimísio o Endomísio • Estruturas acessórias: o Bainha tendíneas o Bolsas sinoviais
  • 20. Porção média • Ventre muscular • Cor vermelha • Aspecto carnoso • Parte ativa do músculo • Realiza contração e relaxamento
  • 21. Extremidades • Tendões: o Forma de fita ou corda o Rico em fibras colágenas • Aponeuroses: o Forma de lâmina (plana ou achatada) o Membrana fibrosa que reveste os grupos musculares  Conectam músculos aos ossos  Pouco aporte sanguíneo  Difícil cicatrização
  • 22. Fáscias • Tecido conjuntivo fibroso que envolve cada músculo • Tamanho e espessura variáveis conforme a função muscular • Bainha de contenção muscular - contração eficiente • Facilita o deslizamento dos músculos entre si • Evita o deslocamento brusco • Emitem septos intermusculares separando os músculos em grupos
  • 23. • 3 camadas de envoltórios: 1. Epimísio: envolve o ventre 2. Perimísio: envolve o fascículo 3. Endomísio: envolve a fibra
  • 24. Estruturas acessórias • Bainhas tendíneas: o Túneis ou pontes entre as superfícies ósseas sobre as quais deslizam os tendões • Bolsas sinoviais: o Entre os músculos e entre ossos e músculos  Facilitam o deslizamento muscular
  • 26.
  • 27.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33. Estrutura do músculo - microscopia • Sarcômero: • Menor conjunto de miofilamentos que consegue realizar o movimento de contração/relaxamento • Miofilamentos (proteínas): • Grosso: miosina • Finos: actina, troponina e tropomiosina
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37. Classificações • Quanto a forma • Quanto ao ventre • Quanto a situação • Quanto a disposição das fibras • Quanto a disposição oblíqua das fibra • Quanto a sua origem • Quanto a sua inserção • Quanto a topografia • Quanto a função • Quanto a ação • Quanto a nomenclatura • Quanto ao tipo de contração
  • 38. • Quanto a forma: 1. Fusiformes: normalmente encontrados nos membros, podem passar por mais de uma articulação, quanto mais superficiais mais longos 2. Longos: estrutura alongada 3. Curtos: em articulações com movimentos limitados 4. Largos: largura predomina sobre o comprimento 5. Leque: músculo largo com fibras convergentes para uma extremidade
  • 39. • Quanto ao ventre: 1. Monogástrico: um vente e tendões nas extremidades 2. Digástrico: dois ventres com um tendão intermediário 3. Poligástrico: mais de dois ventres com vários tendões intermediários
  • 40. • Quanto a situação: 1. Superficiais ou cutâneos: logo abaixo da pele, no mínimo uma de suas inserções está na camada profunda da derme (crânio, face, pescoço e mãos) 2. Profundos: se inserem em ossos
  • 41. • Quanto a disposição das fibras: 1. Reto: paralelo a linha mediana 2. Transverso: perpendicular a linha mediana 3. Oblíquo ou serrilhado: diagonal a linha mediana
  • 42. • Quanto a disposição oblíqua da fibra: 1. Unipenado ou semipeniforme: se os feixes musculares se prendem em uma só borda do tendão 2. Bipenado ou peniforme: se os feixes se prendem nas duas bordas do tendão
  • 43. • Quanto a origem – extremidade muscular presa ao osso que não se desloca (ponto fixo): 1. Bíceps: quando se originam de dois tendões 2. Tríceps: quando se originam de três tendões 3. Quadríceps: quando se originam de quatro tendões
  • 44. • Quanto a inserção – extremidade muscular presa ao osso que se desloca (ponto móvel): 1. Monocaudado: quando se insere em um tendão 2. Bicaudados: quando se inserem em dois tendões 3. Policaudados: quando se inserem em mais de dois tendões
  • 45. • Quanto a função: 1. Agonista: músculo principal ativador do movimento, se contrai ativamente 2. Antagonista: se opõe a ação do agonista, relaxa produzindo um movimento suave 3. Sinergista: estabilizam as articulações durante o movimento principal 4. Fixador: estabilizam a origem do agonista de modo que ele exerça eficientemente a ação
  • 46. • Quanto a topografia: 1. Axial: esqueleto axial 2. Apendicular: esqueleto apendicular
  • 47. • Quanto a ação: 1. Flexor: diminui o ângulo da articulação 2. Extensor: aumenta o ângulo da articulação 3. Adutor: aproxima da linha mediana 4. Abdutor: afasta da linha mediana 5. Pronador: gira posteriormente 6. Supinador: gira anteriormente 7. Tensor: torna rígido 8. Esfíncter: diminui a luz de uma abertura
  • 48. • Quanto a nomenclatura - o nome dado ao músculo deriva da combinação de fatores, entre eles o fisiológico e o topográfico: 1. Ação 2. Ação associada a forma 3. Ação associada a localização 4. Forma 5. Localização 6. Número de origem
  • 49. • Quanto ao tipo de contração: 1. Concêntrica: o músculo encurta e traciona outra estrutura, como o tendão, diminuindo o ângulo da articulação 2. Excêntrica: aumento do comprimento total do músculo durante a contração 3. Isométrica: estabilizam as articulações enquanto outras se movem, gera tensão muscular sem realizar movimento
  • 50.
  • 51. o Avaliação de carcaça o Estudos de produção animal o Avaliação de produtividade animal em propriedades rurais o Melhoramento genético orientado: cruzamentos cavalos de tração atleta passeio lida Importância em zootecnia
  • 52. Importância clínica • Enfermidades: o Distrofias musculares o Cardiomiopatias o Neoplasias – rabdomioma/rabdomiossarcoma o Megaesôfago • Aplicações de injeções