SlideShare uma empresa Scribd logo
ESCOLA E FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ANTÔNIO ADOLPHO LOBBE
MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS
ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT
SÃO CARLOS
2010
MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS
ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT
Manual apresentado ao corpo docente e
discente da Escola e Faculdade SENAI
Antonio Adolpho Lobbe
São Carlos
2010
LISTA DE ILUSTRAÇÕES
Figura 1 Exemplo de configuração de página 11
Quadro 1 Estrutura de um trabalho acadêmico 12
Figura 2 Estrutura de um trabalho acadêmico – elementos obrigatórios 13
Figura 3 Modelo de capa 15
Figura 4 Modelo de folha de rosto 17
Figura 5 Modelo de ficha catalográfica 18
Figura 6 Exemplo de errata 19
Figura 7 Modelo de folha de aprovação 20
Figura 8 Exemplo de dedicatória 21
Figura 9 Exemplo de agradecimento 21
Figura 10 Exemplo de epígrafe 22
Figura 11 Exemplo de resumo 23
Figura 12 Exemplo de resumo em língua estrangeira 23
Figura 13 Exemplo de lista com vários tipos de ilustrações 24
Figura 14 Exemplo de lista de ilustrações com único tipo de ilustração 24
Figura 15 Exemplo de lista de tabelas 25
Figura 16 Exemplo de lista de siglas 25
Figura 17 Exemplo de lista de símbolo 26
Figura 18 Exemplo de sumário 27
Figura 19 Exemplo de nota de rodapé 29
Figura 20 Sequência da numeração progressiva 30
Figura 21 Exemplo de siglas 31
Figura 22 Exemplo de equações e fórmulas 32
Figura 23 Exemplo de identificação de ilustrações 33
Figura 24 Exemplo de tabela 34
Figura 25 Exemplo de quadro 35
Figura 26 Modelo de glossário 42
Figura 27 Modelo de apêndice 43
Figura 28 Modelo de anexo 43
Figura 29 Exemplo de índice 44
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 5
2 TRABALHOS ACADÊMICOS 7
2.1 DEFINIÇÕES DOS TIPOS DE TRABALHOS ACADÊMICOS 7
2.1.1 Projeto de pesquisa 7
2.1.2 Trabalho de conclusão de curso 8
2.1.3 Dissertação 8
2.1.4 Tese 9
3 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO 10
3.1 FORMATO 10
3.2 MARGEM 10
3.3 ESPACEJAMENTO 11
3.4 PAGINAÇÃO 11
4 ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO 12
4.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS 13
4.1.1 Capa 13
4.1.2 Folha de rosto 16
4.1.2.1 Anverso da folha de rosto 16
4.1.2.2 Verso da folha de rosto 18
4.1.3 Errata 18
4.1.4 Folha de aprovação 19
4.1.5 Dedicatória 21
4.1.6 Agradecimentos 21
4.1.7 Epígrafe 22
4.1.8 Resumo em língua vernácula 22
4.1.9 Resumo em língua estrangeira – Abstract 23
4.1.10 Lista de ilustrações 24
4.1.11 Listas de tabelas 25
4.1.12 Listas de abreviaturas e siglas 25
4.1.13 Listas de símbolos 26
4.1.14 Sumário 26
4.2 ELEMENTOS TEXTUAIS 28
4.2.4 Introdução 28
4.2.2 Desenvolvimento 28
4.2.2.1 Notas de rodapé 29
4.2.2.2 Indicativos de seção 30
4.2.2.3 Alíneas 31
4.2.2.4 Siglas 32
4.2.2.5 Equações e fórmulas 32
4.2.2.6 Ilustrações 32
4.2.2.7 Tabelas e quadros 33
4.2.2.8 Citações 34
4.2.2.8.1 Sistema de chamada 37
4.2.3 Conclusão 38
4.3 ELEMENTOS PÓS TEXTUAIS 39
4.3.1 Referências 39
4.3.2 Glossário 42
4.3.3 Apêndice 42
4.3.4 Anexo 43
4.3.5 Índice 43
5 CONCLUSÃO 45
REFERÊNCIAS 46
5
1 INTRODUÇÃO
O aumento constante da produção informacional e a urgência pela busca da
informação com valor agregado apontam para a necessidade do estabelecimento de
padrões para a produção e apresentação de trabalhos acadêmicos. Os trabalhos
realizados pelos alunos e docentes dos cursos regulares do SENAI (CAI – curso de
aprendizagem industrial, CT – curso técnico e CST – curso superior de tecnologia),
assim como os trabalhos decorrentes da prestação de serviços técnicos e
tecnológicos merecem um tratamento e registro que lhes agreguem valor e permita
que a unidade armazene sua produção acadêmica. Incluímos neste grupo outros
projetos patrocinados pelo SENAI, destacando INOVA SENAI, EDITAL DN DE
INOVAÇÃO etc.
Desta forma, propomos um manual de apresentação de trabalho
acadêmico, que irá nortear a apresentação dos mesmos nesta unidade. Para a
unidade do SENAI em São Carlos – SP, entendemos o tema trabalho acadêmico em
um sentido mais amplo com enfoque técnico, tecnológico e metodológico, visando
aplicações práticas e obtenção de resultados dessa aplicação em processos afetos
às tecnologias utilizadas na formação profissional de nossos alunos.
O atendimento aos padrões normativos da Associação Brasileira de Normas
Técnicas (ABNT) possibilita que os trabalhos acadêmicos uma vez normalizados
possam ter sua recuperação feita de forma ágil e precisa, propiciando assim o
compartilhamento de informações e a geração de novos conhecimentos.
Os objetivos deste manual são: orientar no processo de elaboração,
apresentação e avaliação dos Trabalhos Acadêmicos de todos os cursos oferecidos
pela instituição, inclusive no Trabalho de Conclusão de Curso; fornecer subsídios
para a adequação da produção acadêmica da Escola e Faculdade SENAI de
Tecnologia em Fabricação Mecânica aos padrões de normalização ditados pela
ABNT e contribuir para a melhoria contínua da qualidade dos trabalhos acadêmicos
desta instituição no que diz respeito aos padrões normativos.
Dentro deste contexto, atentamos para a necessidade de adequar a
produção acadêmica da Escola e Faculdade SENAI de Tecnologia em Fabricação
Mecânica às normas estabelecidas pela ABNT e assim colaborar para a melhoria
6
constante da qualidade desta produção, estimulando um melhor desempenho do
corpo acadêmico.
Este manual foi elaborado seguindo as regras estipuladas na NBR
14724:2005 – Informação e documentação - trabalhos acadêmicos – apresentação.
As demais normas relacionadas a seguir também têm sua aplicação na
elaboração de trabalhos acadêmicos. Todas elas podem ser consultadas na
biblioteca desta instituição:
NBR 6023:2002 – Informação e documentação – referências – elaboração;
NBR 6024:2003 – Informação e documentação – numeração progressiva
das seções de um documento escrito – apresentação;
NBR 6027:2003 – Informação e documentação – sumário – apresentação;
NBR 6028:2003 - Informação e documentação - resumos – apresentação;
NBR 10520:2002 – Informação e documentação – citações em documentos
– apresentação;
NBR 15287:2005 – Informação e documentação – projetos de pesquisa –
apresentação
7
2 TRABALHOS ACADÊMICOS
Durante toda a formação profissional e ao final de um ciclo acadêmico, tanto
técnico quanto graduação ou aprendizagem industrial, o aluno é desafiado a
desenvolver trabalhos seguindo normas da ABNT e respeitando o rigor científico
necessário à área acadêmica.
Esses trabalhos podem ser classificados como trabalhos teóricos de
pesquisa ou projetos coordenados pelo SENAI, como por exemplo, o INOVA
(Programa SENAI de Inovação Tecnológica), além de relatório técnico referente à
visita técnica, diagnóstico industrial, parecer técnico etc.
Ao final do ciclo acadêmico (cursos técnico e superior em tecnologia) o
aluno é colocado frente a uma nova realidade que o levam a problematizar, elaborar,
criar e sistematizar uma proposta provocada por um tema que dará origem ao
trabalho de conclusão de curso.
O aluno do Curso Superior de Tecnologia em Fabricação Mecânica deverá
ao final do último semestre apresentar seu Trabalho de Conclusão de Curso que
será desenvolvido individualmente e apresentado para uma banca avaliadora
composta pelos coordenadores técnico e pedagógico, docentes do curso e
convidados de empresas ou do meio acadêmico da cidade.
2.1 DEFINIÇÕES DOS TIPOS DE TRABALHOS ACADÊMICOS
Os trabalhos acadêmicos, segundo ABNT NBR 14.724:2005 são
classificados como:
2.1.1 Projeto de pesquisa
Trabalho científico em que se organizam as diversas etapas de uma proposta
teórica e/ou prática a ser formulada a respeito de um determinado assunto. Para a
8
elaboração de um projeto de pesquisa, o interessado dever ter conhecimento sobre
a área que pretende pesquisar; definir o assunto que irá abordar em sua atividade
de pesquisa e conhecer os tipos de métodos que aplicará sobre o assunto para que
sejam geradas as hipóteses que posteriormente serão desenvolvidas na
investigação sistemática dos fatos ou fenômenos levantados no desenvolvimento da
proposta.
2.1.2 Trabalho de conclusão de curso
Documento que representa o resultado de estudo sistematizado devendo
expressar conhecimento fundamentado acerca do tema / problema formulado. Deve
ser obrigatoriamente emanado da disciplina, módulo, estudo independente, curso,
programa e outros ministrados. Necessita ser realizado sob a coordenação de um
orientador.
2.1.3 Dissertação
Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou
exposição de um estudo científico retrospectivo, de tema único e bem delimitado em
sua extensão, com o objetivo de reunir, interpretar e analisar informações. Deve
evidenciar o conhecimento de literatura existente sobre o assunto e a capacidade de
sistematização do autor. Deve ser realizado sob a coordenação de um orientador
(doutor, pós-doutor, livre docente), tendo como objetivo a obtenção do título de
mestre.
9
2.1.4 Tese
Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou
exposição de um estudo científico de tema único e bem delimitado. Deve ser
elaborado com base em investigação original, constituindo-se em real contribuição
para a especialidade em questão. Deve ser realizado sob a coordenação de um
orientador (doutor, pós-doutor, livre docente) e visa à obtenção do título de doutor
(ou similar). As diferenças entre dissertação e tese referem-se ao grau de
profundidade e originalidade exigidas.
10
3 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO
A apresentação gráfica do trabalho acadêmico é de responsabilidade do
autor que, segundo ABNT NBR 14.724:2005 deve seguir as regras apresentadas
nos itens 3.1 a 3.4.
3.1 FORMATO
Os trabalhos devem ser apresentados em papel branco, tamanho A4 (21cm x
29,7cm), digitados em folha única, com exceção da folha de rosto cujo verso deve
conter a ficha catalográfica, impressos em cor preta, podendo utilizar outras cores
somente para as ilustrações.
Utilizar fonte Arial tamanho 12 para todo o texto, fonte Arial 16 em negrito
para o título e fonte Arial tamanho 10 para:
a) as citações de mais de três linhas;
b) notas de rodapé,
c) e as legendas das ilustrações e tabelas.
3.2 MARGEM
As folhas devem apresentar margem superior e esquerda 3 cm, inferior e
direita de 2 cm, conforme apresentamos na figura 1 abaixo, já estão considerados os
espaços para encadernação e páginação. Para efeito de alinhamento, no texto, deve
ser utilizado o justificado.
11
Figura 1 – Exemplo de configuração de página
3.3 ESPACEJAMENTO
Todo o texto deve ser digitado com espaço 1,5 entre linhas, no modo
justificado, excetuando-se as citações com mais de três linhas, notas de rodapé,
referências, legenda de ilustrações e tabelas, ficha catalográfica e natureza do
trabalho que deve ser digitado com espaço simples.
Os títulos devem começar na parte superior e ser separados do texto por dois
espaços 1,5 entre linhas.
3.4 PAGINAÇÃO
Todas as folhas do trabalho acadêmico, a partir da folha de rosto, devem ser
contadas sequencialmente, mas não numeradas.
A numeração é colocada a partir da primeira folha da parte textual que em
geral é a introdução, em algarismos arábicos, no canto superior direito.
No caso de o trabalho acadêmico possuir mais de um volume, deve ser
mantida uma única sequência de numeração das folhas, do primeiro ao último
volume. Havendo apêndice e anexo, as suas folhas devem ser numeradas de
maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento a do texto principal.
12
4 ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO
O projeto gráfico deve seguir os padrões da NBR 14724:2005 – Informação
e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação, da ABNT.
A estrutura básica de um trabalho acadêmico compreende-se por: elementos
pré-textuais, textuais e pós-textuais.
Nesta estrutura temos elementos obrigatórios e elementos opcionais. No
quadro 1 a seguir os elementos obrigatórios aparecem destacados em negrito e
sublinhados e na figura 2 estão descritos apenas os elementos obrigatórios.
Elemento Obrigatoriedade
Capa Obrigatório
Lombada Opcional
Folha de Rosto Obrigatório
Errata Opcional
Folha de aprovação Obrigatório
Dedicatória Opcional
Agradecimentos Opcional
Epígrafe Opcional
Resumo na língua vernácula Obrigatório
Resumo em língua estrangeira Obrigatório
Lista de ilustrações Opcional
Lista de tabelas Opcional
Lista de abreviaturas e siglas Opcional
Lista de símbolos Opcional
Sumário Obrigatório
Introdução Obrigatório
Desenvolvimento Obrigatório
Conclusão Obrigatório
Referências Obrigatório
Glossário Opcional
Apêndice(s) Opcional
Anexo(s) Opcional
Índice(s) Opcional
Quadro 1 – Estrutura de um trabalho acadêmico
13
Figura 2 – Estrutura do Trabalho Acadêmico – elementos obrigatórios
4.1 ELEMENTOS PRÉ–TEXTUAIS
São aqueles que antecedem o texto propriamente dito, com informações que
contribuam para a identificação e utilização do trabalho acadêmico.
4.1.1 Capa
Elemento obrigatório do trabalho acadêmico que tem a função de identificar
e proteger as folhas que compõem o corpo do trabalho. Nela são transcritas as
informações abaixo seguindo as regras do item 3.1:
a) nome da instituição;
b) nome do autor;
c) título do trabalho;
14
d) subtítulo se houver;
e) local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado o trabalho;
f) ano de depósito (da entrega) do trabalho: números arábicos.
A seguir a figura 3 apresenta modelo de capa para os trabalhos acadêmicos
dos cursos de graduação de Tecnologia em Fabricação Mecânica.
15
Figura 3 – Modelo de capa
ESCOLA E FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI
ANTÔNIO ADOLPHO LOBBE
NOME DO ALUNO
TÍTULO TRABALHO:
Subtítulo (se houver)
SÃO CARLOS
16
4.1.2 Folha de rosto
Trata-se de um elemento obrigatório e é a única folha do trabalho que tem o
verso impresso.
4.1.2.1 Anverso da folha de rosto
No anverso da folha de rosto devem constar todos os elementos que
identificam o trabalho, como segue:
a) nome completo do autor: responsável intelectual do trabalho em CAIXA
ALTA, centralizado e em negrito;
b) título principal do trabalho deve ser claro e preciso, identificando o seu
conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação, em
CAIXA ALTA, centralizado em negrito;
c) subtítulo: se houver, precedido de dois-pontos, em letras minúsculas;
d) natureza do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso,
etc), nome da instituição a que é submetido e objetivo. A aprovação em
disciplina, grau pretendido e outros devem ter um recuo a 7 cm da
margem esquerda e ser escrito no modo justificado, em espaço simples
em fonte Arial, tamanho 10, nome do orientador e, se houver,
coorientador;
e) local (cidade), da instituição onde deve ser apresentado o trabalho,
centralizado em negrito;
f) ano de depósito (da entrega) na última linha da folha, centralizado em
negrito;
g) número de volumes, apenas para quando houver mais de um volume,
deve constar em cada folha de rosto a especificação do respectivo
volume.
A figura 4 exemplifica a folha de rosto a seguir.
17
Figura 4 – Modelo de folha de rosto
NOME ALUNO
TÍTULO:
Subtítulo (se houver)
Trabalho de Conclusão de Curso,
apresentado a Escola e Faculdade
SENAI “Antonio Adolpho Lobbe”
ao curso de tecnologia em
Fabricação Mecânica, como
requisito obrigatório para obtenção
do título de Tecnólogo em
Fabricação Mecânica.
Orientador Prof. ___________.
SÃO CARLOS
2010
18
4.1.2.2 Verso da folha de rosto
O verso da folha de rosto deve conter a ficha catalográfica na parte inferior
da página. A ficha deve ser elaborada pelo Bibliotecário da Escola e Faculdade.
A figura 5 abaixo apresenta um exemplo de ficha catalográfica.
Figura 5 – Modelo de ficha catalográfica
4.1.3 Errata
Elemento opcional consiste em uma lista onde são apontadas as folhas e
linhas que contém erros, seguidas das suas devidas correções. Esse recurso só é
utilizado quando trabalho já estiver encadernado e for constatado erro. Deve ser
impressa em folha avulsa, com a referência da publicação e inserida como encarte,
logo após a folha de rosto. A figura 6 a seguir apresenta um exemplo de errata.
Castro, Tierry
Têmpera e revenido dos aços / Tierry Castro. – São Carlos, 2009.
150 f. ; 27 cm.
Trabalho de conclusão de curso apresentado a Escola e Faculdade
SENAI Antonio Adolpho Lobbe para obtenção do grau de Tecnólogo em
Fabricação Mecânica
1. Ligas metálicas 2. Metalurgia 3. Tratamento térmico I. Spatti, Rogério
Augusto II. Título
19
ERRATA
CIANCONI, Regina. Gestão da informação na sociedade do conhecimento.
Brasília: SENAI/DN, 2001.
Página Parágrafo Linha Onde se lê Leia-se
06 5º 3ª rivisão revisão
27 6º 4ª publicaao publicação
30 1º 2ª atravez através
35 2º 17ª proceso processo
Figura 6 – Exemplo de errata
4.1.4 Folha de aprovação
Inserida logo após a folha de rosto, deve conter os seguintes dados:
a) nome completo do autor: responsável intelectual do trabalho em CAIXA
ALTA, em negrito e centralizado;
b) título principal do trabalho, deve ser claro e preciso, identificando o seu
conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação, em
CAIXA ALTA, centralizado em negrito;
c) subtítulo: se houver, precedido de dois-pontos, em letras minúsculas;
d) natureza do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso,
etc.) nome da instituição a que é submetido; e objetivo (aprovação em
disciplina, grau pretendido e outros), o texto deve ter um recuo a 7 cm da
margem esquerda e ser escrito no modo justificado, em espaço simples
em fonte Arial, tamanho 10, nome do orientador e, se houver co-
orientador e data de aprovação;
e) nome, titulação e assinatura dos membros da banca examinadora e
instituição a que pertence.
Os campos referentes à data de aprovação e assinaturas dos membros
componentes da banca examinadora são completados após a aprovação do
trabalho.
A figura 7 apresenta exemplo de folha de aprovação.
20
2009
Figura 6 - Modelo de folha de aprovação
Figura 7 – Modelo de folha de aprovação
NOME ALUNO
TÍTULO:
Subtítulo (se houver)
Trabalho de Conclusão de Curso,
apresentado a Faculdade SENAI
“Antonio Adolpho Lobbe” ao curso
de tecnologia em Fabricação
Mecânica, como requisito obrigatório
para obtenção do título de
Tecnólogo em Fabricação
Mecânica.
Orientador:
Aprovado em:
_____________________
Nome
Titulação
Instituição
_____________________
Nome
Titulação
Instituição
___________________
Nome
Titulação
Instituição
SÃO CARLOS
2010
21
4.1.5 Dedicatória
Espaço reservado para que o autor preste sua homenagem ou realize uma
dedicatória. Deve ser expressa de forma sóbria e breve, com os caracteres
dispostos à direita e nos dois terços (2/3) inferiores da página.
A figura 8 abaixo apresenta um exemplo de dedicatória.
Aos meus pais Wanderlei e Márcia,
pelo carinho e compreensão.
Figura 8 – Exemplo de dedicatória
4.1.6 Agradecimentos
Folha onde o autor faz seus agradecimentos para aqueles que contribuíram
de maneira significativa para o desenvolvimento e elaboração do trabalho.
A palavra AGRADECIMENTOS deve figurar no centro da página em caixa
alta, sem ponto final.
A figura 9 a seguir apresenta um exemplo de agradecimentos.
AGRADECIMENTOS
Agradeço aos meus pais, aos meus irmãos e amigos o apoio e o incentivo
durante a realização deste trabalho.
Agradeço aos meus professores e orientadores pela ajuda e dedicação.
Figura 9 – Exemplo de agradecimento
Modo justificado,
com recuo de 7 cm
da margem
esquerda
22
4.1.7 Epígrafe
Item opcional que deve estar em folha onde o autor apresenta uma citação,
seguida de indicação de autoria, relacionada com o tema do trabalho. Deve ser
inserida após os agradecimentos com os caracteres dispostos à direita em itálico e
nos dois terços (2/3) inferiores da página.
A obra citada na epígrafe não figura na parte textual do trabalho e,
consequentemente, não deve constar nas referências.
A figura 10 abaixo apresenta um exemplo de epígrafe.
O importante da educação não é
apenas formar um mercado de trabalho,
mas formar uma nação, com gente
capaz de pensar.
(José Arthur Giannotti)
Figura 10 – Exemplo de epígrafe
4.1.8 Resumo em língua vernácula
Segundo a NBR 6028:2003, o resumo consiste na apresentação concisa dos
pontos relevantes do trabalho. As regras gerais para sua apresentação são:
a) ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do
documento;
b) deve ser composto de uma sequência de frases concisas e objetivas e
não de enumeração de tópicos;
c) recomenda-se o uso de parágrafo único;
d) a primeira frase deve ser significativa, explicando o tema principal do
documento;
e) a seguir, deve-se indicar a informação sobre a categoria do trabalho
(estudo de caso, análise de situação etc.);
23
f) as palavras-chave devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da
expressão Palavras-chave: separadas entre si por ponto e finalizada
também por ponto;
g) devem-se evitar no resumo símbolos, fórmulas, equações, citações de
outros autores, etc.;
h) em sua extensão o resumo deve ter de 150 a 500 palavras.
A figura 11 a seguir apresenta um exemplo de resumo.
RESUMO
O presente trabalho tem como objetivo a utilização do computador como
instrumento técnico pedagógico para o desenvolvimento cognitivo das crianças em
uma escola de ensino fundamental em São Caetano do Sul. Apresenta também o
uso de técnicas computacionais no cotidiano escolar.
Palavras-chave: Ensino Fundamental. Computador. Desenvolvimento cognitivo.
Figura 11 – Exemplo de resumo
4.1.9 Resumo em língua estrangeira – Abstract
O resumo em língua estrangeira deve respeitar as mesmas características
do resumo em língua nacional. O idioma mais comumente utilizado é o inglês, por
ser internacionalmente reconhecido.
A figura 12 abaixo apresenta um exemplo de resumo em língua estrangeira.
ABSTRACT
Computer utilization as an educational instrument to the children congnitive
developement in a scholl located in São Caetano do Sul.It also shows the use of
computer tecniques on every day school life.
Keywords: Computer. Development congnitive. Education.
Figura 12 – Exemplo de resumo em língua estrangeira

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Detalhamento de Telhado
Detalhamento de TelhadoDetalhamento de Telhado
Detalhamento de Telhado
danilosaccomori
 
Etapas de um projeto de arquitetura
Etapas de um projeto de arquiteturaEtapas de um projeto de arquitetura
Etapas de um projeto de arquitetura
Mariana Azevedo
 
NP EN ISO 9000_2015.pdf
NP EN ISO 9000_2015.pdfNP EN ISO 9000_2015.pdf
NP EN ISO 9000_2015.pdf
DanielaCostaLeite
 
Estudo preliminar
Estudo preliminarEstudo preliminar
Estudo preliminar
Daniela Santos
 
Aula 04 Planejamento e Controle de Obras
Aula 04 Planejamento e Controle de ObrasAula 04 Planejamento e Controle de Obras
Aula 04 Planejamento e Controle de Obras
Gabriel Do Nascimento Pereira
 
Equipamentos urbanos
Equipamentos urbanosEquipamentos urbanos
Equipamentos urbanos
Caliandra Desenhos
 
Fundamentos de arquitetura
Fundamentos de arquiteturaFundamentos de arquitetura
Fundamentos de arquitetura
Heldio Carneiro
 
Geometria Descritiva - Esquadros
Geometria Descritiva - EsquadrosGeometria Descritiva - Esquadros
Geometria Descritiva - Esquadros
tainabigi
 
Gestão de Obras
Gestão de ObrasGestão de Obras
Gestão de Obras
Sheila Moreira Bezerra
 
4 apostila de carpinteiro de formas
4 apostila de carpinteiro de formas4 apostila de carpinteiro de formas
4 apostila de carpinteiro de formas
Ricardo Akerman
 
Planejamento e controle da produção na construção
Planejamento e controle da produção na construçãoPlanejamento e controle da produção na construção
Planejamento e controle da produção na construção
Ricardo Mendes Jr
 
Materiais e sistemas construtivos 02
Materiais e sistemas construtivos 02Materiais e sistemas construtivos 02
Materiais e sistemas construtivos 02
Matheus Adam da Silva
 
Revestimentos em argamassa
Revestimentos em argamassaRevestimentos em argamassa
Revestimentos em argamassa
Daniela Barboza Brito
 
Programa de necessidades
Programa de necessidadesPrograma de necessidades
Programa de necessidades
Takayfau
 
Alvenaria de varios tipos
Alvenaria de varios tiposAlvenaria de varios tipos
Alvenaria de varios tipos
Alécio Braz
 
Calculo de areas.pdf
Calculo de areas.pdfCalculo de areas.pdf
Calculo de areas.pdf
vocho_loko
 
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras GeométricasAula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Gutierry Prates
 
Argamassas
ArgamassasArgamassas
Argamassas
Augusto Magalhães
 
Ensaio de granulometria
Ensaio de granulometriaEnsaio de granulometria
Ensaio de granulometria
Ezequiel Borges
 
Desenho Arquitetônico.
Desenho Arquitetônico.Desenho Arquitetônico.
Desenho Arquitetônico.
Jean Paulo Mendes Alves
 

Mais procurados (20)

Detalhamento de Telhado
Detalhamento de TelhadoDetalhamento de Telhado
Detalhamento de Telhado
 
Etapas de um projeto de arquitetura
Etapas de um projeto de arquiteturaEtapas de um projeto de arquitetura
Etapas de um projeto de arquitetura
 
NP EN ISO 9000_2015.pdf
NP EN ISO 9000_2015.pdfNP EN ISO 9000_2015.pdf
NP EN ISO 9000_2015.pdf
 
Estudo preliminar
Estudo preliminarEstudo preliminar
Estudo preliminar
 
Aula 04 Planejamento e Controle de Obras
Aula 04 Planejamento e Controle de ObrasAula 04 Planejamento e Controle de Obras
Aula 04 Planejamento e Controle de Obras
 
Equipamentos urbanos
Equipamentos urbanosEquipamentos urbanos
Equipamentos urbanos
 
Fundamentos de arquitetura
Fundamentos de arquiteturaFundamentos de arquitetura
Fundamentos de arquitetura
 
Geometria Descritiva - Esquadros
Geometria Descritiva - EsquadrosGeometria Descritiva - Esquadros
Geometria Descritiva - Esquadros
 
Gestão de Obras
Gestão de ObrasGestão de Obras
Gestão de Obras
 
4 apostila de carpinteiro de formas
4 apostila de carpinteiro de formas4 apostila de carpinteiro de formas
4 apostila de carpinteiro de formas
 
Planejamento e controle da produção na construção
Planejamento e controle da produção na construçãoPlanejamento e controle da produção na construção
Planejamento e controle da produção na construção
 
Materiais e sistemas construtivos 02
Materiais e sistemas construtivos 02Materiais e sistemas construtivos 02
Materiais e sistemas construtivos 02
 
Revestimentos em argamassa
Revestimentos em argamassaRevestimentos em argamassa
Revestimentos em argamassa
 
Programa de necessidades
Programa de necessidadesPrograma de necessidades
Programa de necessidades
 
Alvenaria de varios tipos
Alvenaria de varios tiposAlvenaria de varios tipos
Alvenaria de varios tipos
 
Calculo de areas.pdf
Calculo de areas.pdfCalculo de areas.pdf
Calculo de areas.pdf
 
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras GeométricasAula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
 
Argamassas
ArgamassasArgamassas
Argamassas
 
Ensaio de granulometria
Ensaio de granulometriaEnsaio de granulometria
Ensaio de granulometria
 
Desenho Arquitetônico.
Desenho Arquitetônico.Desenho Arquitetônico.
Desenho Arquitetônico.
 

Semelhante a Manual tcc outubro_20101

Trabalhos academicos3
Trabalhos academicos3Trabalhos academicos3
Trabalhos academicos3
jp85jp
 
manual.pdf
manual.pdfmanual.pdf
manual.pdf
LuizFreitas91
 
MANUAL TCC UEPA 2021.pdf
MANUAL TCC UEPA 2021.pdfMANUAL TCC UEPA 2021.pdf
MANUAL TCC UEPA 2021.pdf
CIDLISBOADEPAULA
 
Plano da disciplina Metodologia Científica
Plano da disciplina Metodologia CientíficaPlano da disciplina Metodologia Científica
Plano da disciplina Metodologia Científica
Fernando S. S. Barbosa
 
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Poli Costa
 
Tcc -diretrizes_eesc_v_2010
Tcc  -diretrizes_eesc_v_2010Tcc  -diretrizes_eesc_v_2010
Tcc -diretrizes_eesc_v_2010
Milene Carvalho de Sousa
 
Engenharia Civil TCC 1 e 2
Engenharia Civil TCC 1 e 2Engenharia Civil TCC 1 e 2
Engenharia Civil TCC 1 e 2
trabalhosnota10sp
 
Livro de aulas tcc i
Livro de aulas tcc iLivro de aulas tcc i
Livro de aulas tcc i
Srilis Mourao
 
manual_de_pre-projeto_e_projeto_fina_de_curso_em_engenharia_v11.pptx
manual_de_pre-projeto_e_projeto_fina_de_curso_em_engenharia_v11.pptxmanual_de_pre-projeto_e_projeto_fina_de_curso_em_engenharia_v11.pptx
manual_de_pre-projeto_e_projeto_fina_de_curso_em_engenharia_v11.pptx
Pétterson Vinícius Pramiu
 
Normas abnt
Normas abntNormas abnt
Normas abnt
Larissa Ribeiro
 
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdfMonografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
AnaninhasKiakumbo
 
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdfMonografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
AnaninhasKiakumbo
 
Projeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplacProjeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplac
Matheus Yuri
 
Projeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplacProjeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplac
Matheus Yuri
 
Roteiro para elaboracao tcc
Roteiro para elaboracao tccRoteiro para elaboracao tcc
Roteiro para elaboracao tcc
Leonardo Dias Coutinho
 
Manualmetodologia
ManualmetodologiaManualmetodologia
Manualmetodologia
Jonas Resende
 
Modelo de-projeto-pedagógico
Modelo de-projeto-pedagógicoModelo de-projeto-pedagógico
Modelo de-projeto-pedagógico
Luciano Almeida
 
CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Manual de Trabalho de Conclusão de Curso I...
CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Manual de Trabalho de Conclusão de Curso I...CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Manual de Trabalho de Conclusão de Curso I...
CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Manual de Trabalho de Conclusão de Curso I...
HELENO FAVACHO
 
Curso de bacharelado em enfermagem manual de trabalho de conclusão de curso ii
Curso de bacharelado em enfermagem manual de trabalho de conclusão de curso iiCurso de bacharelado em enfermagem manual de trabalho de conclusão de curso ii
Curso de bacharelado em enfermagem manual de trabalho de conclusão de curso ii
HELENO FAVACHO
 
Modelo de Ti comentado
Modelo de Ti comentadoModelo de Ti comentado
Modelo de Ti comentado
Paulo Henrique Barros
 

Semelhante a Manual tcc outubro_20101 (20)

Trabalhos academicos3
Trabalhos academicos3Trabalhos academicos3
Trabalhos academicos3
 
manual.pdf
manual.pdfmanual.pdf
manual.pdf
 
MANUAL TCC UEPA 2021.pdf
MANUAL TCC UEPA 2021.pdfMANUAL TCC UEPA 2021.pdf
MANUAL TCC UEPA 2021.pdf
 
Plano da disciplina Metodologia Científica
Plano da disciplina Metodologia CientíficaPlano da disciplina Metodologia Científica
Plano da disciplina Metodologia Científica
 
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
 
Tcc -diretrizes_eesc_v_2010
Tcc  -diretrizes_eesc_v_2010Tcc  -diretrizes_eesc_v_2010
Tcc -diretrizes_eesc_v_2010
 
Engenharia Civil TCC 1 e 2
Engenharia Civil TCC 1 e 2Engenharia Civil TCC 1 e 2
Engenharia Civil TCC 1 e 2
 
Livro de aulas tcc i
Livro de aulas tcc iLivro de aulas tcc i
Livro de aulas tcc i
 
manual_de_pre-projeto_e_projeto_fina_de_curso_em_engenharia_v11.pptx
manual_de_pre-projeto_e_projeto_fina_de_curso_em_engenharia_v11.pptxmanual_de_pre-projeto_e_projeto_fina_de_curso_em_engenharia_v11.pptx
manual_de_pre-projeto_e_projeto_fina_de_curso_em_engenharia_v11.pptx
 
Normas abnt
Normas abntNormas abnt
Normas abnt
 
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdfMonografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
 
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdfMonografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
Monografia pronta_ exemplos e modelos no Word e PDF.pdf
 
Projeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplacProjeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplac
 
Projeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplacProjeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplac
 
Roteiro para elaboracao tcc
Roteiro para elaboracao tccRoteiro para elaboracao tcc
Roteiro para elaboracao tcc
 
Manualmetodologia
ManualmetodologiaManualmetodologia
Manualmetodologia
 
Modelo de-projeto-pedagógico
Modelo de-projeto-pedagógicoModelo de-projeto-pedagógico
Modelo de-projeto-pedagógico
 
CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Manual de Trabalho de Conclusão de Curso I...
CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Manual de Trabalho de Conclusão de Curso I...CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Manual de Trabalho de Conclusão de Curso I...
CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Manual de Trabalho de Conclusão de Curso I...
 
Curso de bacharelado em enfermagem manual de trabalho de conclusão de curso ii
Curso de bacharelado em enfermagem manual de trabalho de conclusão de curso iiCurso de bacharelado em enfermagem manual de trabalho de conclusão de curso ii
Curso de bacharelado em enfermagem manual de trabalho de conclusão de curso ii
 
Modelo de Ti comentado
Modelo de Ti comentadoModelo de Ti comentado
Modelo de Ti comentado
 

Mais de Priscila Costa

Ed 1 mte__2013_abertura
Ed 1 mte__2013_aberturaEd 1 mte__2013_abertura
Ed 1 mte__2013_abertura
Priscila Costa
 
Implanta o_de_bibliotecas_comunit_rias
Implanta  o_de_bibliotecas_comunit_riasImplanta  o_de_bibliotecas_comunit_rias
Implanta o_de_bibliotecas_comunit_rias
Priscila Costa
 
Manual do-mundo-holograma-no-celular
Manual do-mundo-holograma-no-celularManual do-mundo-holograma-no-celular
Manual do-mundo-holograma-no-celular
Priscila Costa
 
Nbr14280 cadastro
Nbr14280 cadastroNbr14280 cadastro
Nbr14280 cadastro
Priscila Costa
 
Apostila+introdução+a+higiene+e+segurança+do+trabalho
Apostila+introdução+a+higiene+e+segurança+do+trabalhoApostila+introdução+a+higiene+e+segurança+do+trabalho
Apostila+introdução+a+higiene+e+segurança+do+trabalho
Priscila Costa
 
A2188
A2188A2188
Nbr14280 cadastro (1)
Nbr14280 cadastro (1)Nbr14280 cadastro (1)
Nbr14280 cadastro (1)
Priscila Costa
 
Codigo etica
Codigo eticaCodigo etica
Codigo etica
Priscila Costa
 
Promosaudecasosucessoiess
PromosaudecasosucessoiessPromosaudecasosucessoiess
Promosaudecasosucessoiess
Priscila Costa
 
Nho 06 fundacentro calor (1)
Nho 06 fundacentro calor (1)Nho 06 fundacentro calor (1)
Nho 06 fundacentro calor (1)
Priscila Costa
 
Sstbbbbbbbbb
SstbbbbbbbbbSstbbbbbbbbb
Sstbbbbbbbbb
Priscila Costa
 
Tefones crea
Tefones creaTefones crea
Tefones crea
Priscila Costa
 
Ementa introdução a segurança do trabalho
Ementa introdução a segurança do trabalhoEmenta introdução a segurança do trabalho
Ementa introdução a segurança do trabalho
Priscila Costa
 
Cartilha plano nacional de sst
Cartilha plano nacional de sstCartilha plano nacional de sst
Cartilha plano nacional de sst
Priscila Costa
 

Mais de Priscila Costa (14)

Ed 1 mte__2013_abertura
Ed 1 mte__2013_aberturaEd 1 mte__2013_abertura
Ed 1 mte__2013_abertura
 
Implanta o_de_bibliotecas_comunit_rias
Implanta  o_de_bibliotecas_comunit_riasImplanta  o_de_bibliotecas_comunit_rias
Implanta o_de_bibliotecas_comunit_rias
 
Manual do-mundo-holograma-no-celular
Manual do-mundo-holograma-no-celularManual do-mundo-holograma-no-celular
Manual do-mundo-holograma-no-celular
 
Nbr14280 cadastro
Nbr14280 cadastroNbr14280 cadastro
Nbr14280 cadastro
 
Apostila+introdução+a+higiene+e+segurança+do+trabalho
Apostila+introdução+a+higiene+e+segurança+do+trabalhoApostila+introdução+a+higiene+e+segurança+do+trabalho
Apostila+introdução+a+higiene+e+segurança+do+trabalho
 
A2188
A2188A2188
A2188
 
Nbr14280 cadastro (1)
Nbr14280 cadastro (1)Nbr14280 cadastro (1)
Nbr14280 cadastro (1)
 
Codigo etica
Codigo eticaCodigo etica
Codigo etica
 
Promosaudecasosucessoiess
PromosaudecasosucessoiessPromosaudecasosucessoiess
Promosaudecasosucessoiess
 
Nho 06 fundacentro calor (1)
Nho 06 fundacentro calor (1)Nho 06 fundacentro calor (1)
Nho 06 fundacentro calor (1)
 
Sstbbbbbbbbb
SstbbbbbbbbbSstbbbbbbbbb
Sstbbbbbbbbb
 
Tefones crea
Tefones creaTefones crea
Tefones crea
 
Ementa introdução a segurança do trabalho
Ementa introdução a segurança do trabalhoEmenta introdução a segurança do trabalho
Ementa introdução a segurança do trabalho
 
Cartilha plano nacional de sst
Cartilha plano nacional de sstCartilha plano nacional de sst
Cartilha plano nacional de sst
 

Manual tcc outubro_20101

  • 1. ESCOLA E FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ANTÔNIO ADOLPHO LOBBE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT SÃO CARLOS 2010
  • 2. MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT Manual apresentado ao corpo docente e discente da Escola e Faculdade SENAI Antonio Adolpho Lobbe São Carlos 2010
  • 3. LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 Exemplo de configuração de página 11 Quadro 1 Estrutura de um trabalho acadêmico 12 Figura 2 Estrutura de um trabalho acadêmico – elementos obrigatórios 13 Figura 3 Modelo de capa 15 Figura 4 Modelo de folha de rosto 17 Figura 5 Modelo de ficha catalográfica 18 Figura 6 Exemplo de errata 19 Figura 7 Modelo de folha de aprovação 20 Figura 8 Exemplo de dedicatória 21 Figura 9 Exemplo de agradecimento 21 Figura 10 Exemplo de epígrafe 22 Figura 11 Exemplo de resumo 23 Figura 12 Exemplo de resumo em língua estrangeira 23 Figura 13 Exemplo de lista com vários tipos de ilustrações 24 Figura 14 Exemplo de lista de ilustrações com único tipo de ilustração 24 Figura 15 Exemplo de lista de tabelas 25 Figura 16 Exemplo de lista de siglas 25 Figura 17 Exemplo de lista de símbolo 26 Figura 18 Exemplo de sumário 27 Figura 19 Exemplo de nota de rodapé 29 Figura 20 Sequência da numeração progressiva 30 Figura 21 Exemplo de siglas 31 Figura 22 Exemplo de equações e fórmulas 32 Figura 23 Exemplo de identificação de ilustrações 33 Figura 24 Exemplo de tabela 34 Figura 25 Exemplo de quadro 35 Figura 26 Modelo de glossário 42 Figura 27 Modelo de apêndice 43 Figura 28 Modelo de anexo 43 Figura 29 Exemplo de índice 44
  • 4. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 5 2 TRABALHOS ACADÊMICOS 7 2.1 DEFINIÇÕES DOS TIPOS DE TRABALHOS ACADÊMICOS 7 2.1.1 Projeto de pesquisa 7 2.1.2 Trabalho de conclusão de curso 8 2.1.3 Dissertação 8 2.1.4 Tese 9 3 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO 10 3.1 FORMATO 10 3.2 MARGEM 10 3.3 ESPACEJAMENTO 11 3.4 PAGINAÇÃO 11 4 ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO 12 4.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS 13 4.1.1 Capa 13 4.1.2 Folha de rosto 16 4.1.2.1 Anverso da folha de rosto 16 4.1.2.2 Verso da folha de rosto 18 4.1.3 Errata 18 4.1.4 Folha de aprovação 19 4.1.5 Dedicatória 21 4.1.6 Agradecimentos 21 4.1.7 Epígrafe 22 4.1.8 Resumo em língua vernácula 22 4.1.9 Resumo em língua estrangeira – Abstract 23 4.1.10 Lista de ilustrações 24 4.1.11 Listas de tabelas 25 4.1.12 Listas de abreviaturas e siglas 25 4.1.13 Listas de símbolos 26 4.1.14 Sumário 26 4.2 ELEMENTOS TEXTUAIS 28 4.2.4 Introdução 28 4.2.2 Desenvolvimento 28 4.2.2.1 Notas de rodapé 29 4.2.2.2 Indicativos de seção 30 4.2.2.3 Alíneas 31 4.2.2.4 Siglas 32 4.2.2.5 Equações e fórmulas 32 4.2.2.6 Ilustrações 32 4.2.2.7 Tabelas e quadros 33 4.2.2.8 Citações 34 4.2.2.8.1 Sistema de chamada 37 4.2.3 Conclusão 38 4.3 ELEMENTOS PÓS TEXTUAIS 39 4.3.1 Referências 39 4.3.2 Glossário 42 4.3.3 Apêndice 42 4.3.4 Anexo 43 4.3.5 Índice 43
  • 6. 5 1 INTRODUÇÃO O aumento constante da produção informacional e a urgência pela busca da informação com valor agregado apontam para a necessidade do estabelecimento de padrões para a produção e apresentação de trabalhos acadêmicos. Os trabalhos realizados pelos alunos e docentes dos cursos regulares do SENAI (CAI – curso de aprendizagem industrial, CT – curso técnico e CST – curso superior de tecnologia), assim como os trabalhos decorrentes da prestação de serviços técnicos e tecnológicos merecem um tratamento e registro que lhes agreguem valor e permita que a unidade armazene sua produção acadêmica. Incluímos neste grupo outros projetos patrocinados pelo SENAI, destacando INOVA SENAI, EDITAL DN DE INOVAÇÃO etc. Desta forma, propomos um manual de apresentação de trabalho acadêmico, que irá nortear a apresentação dos mesmos nesta unidade. Para a unidade do SENAI em São Carlos – SP, entendemos o tema trabalho acadêmico em um sentido mais amplo com enfoque técnico, tecnológico e metodológico, visando aplicações práticas e obtenção de resultados dessa aplicação em processos afetos às tecnologias utilizadas na formação profissional de nossos alunos. O atendimento aos padrões normativos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) possibilita que os trabalhos acadêmicos uma vez normalizados possam ter sua recuperação feita de forma ágil e precisa, propiciando assim o compartilhamento de informações e a geração de novos conhecimentos. Os objetivos deste manual são: orientar no processo de elaboração, apresentação e avaliação dos Trabalhos Acadêmicos de todos os cursos oferecidos pela instituição, inclusive no Trabalho de Conclusão de Curso; fornecer subsídios para a adequação da produção acadêmica da Escola e Faculdade SENAI de Tecnologia em Fabricação Mecânica aos padrões de normalização ditados pela ABNT e contribuir para a melhoria contínua da qualidade dos trabalhos acadêmicos desta instituição no que diz respeito aos padrões normativos. Dentro deste contexto, atentamos para a necessidade de adequar a produção acadêmica da Escola e Faculdade SENAI de Tecnologia em Fabricação Mecânica às normas estabelecidas pela ABNT e assim colaborar para a melhoria
  • 7. 6 constante da qualidade desta produção, estimulando um melhor desempenho do corpo acadêmico. Este manual foi elaborado seguindo as regras estipuladas na NBR 14724:2005 – Informação e documentação - trabalhos acadêmicos – apresentação. As demais normas relacionadas a seguir também têm sua aplicação na elaboração de trabalhos acadêmicos. Todas elas podem ser consultadas na biblioteca desta instituição: NBR 6023:2002 – Informação e documentação – referências – elaboração; NBR 6024:2003 – Informação e documentação – numeração progressiva das seções de um documento escrito – apresentação; NBR 6027:2003 – Informação e documentação – sumário – apresentação; NBR 6028:2003 - Informação e documentação - resumos – apresentação; NBR 10520:2002 – Informação e documentação – citações em documentos – apresentação; NBR 15287:2005 – Informação e documentação – projetos de pesquisa – apresentação
  • 8. 7 2 TRABALHOS ACADÊMICOS Durante toda a formação profissional e ao final de um ciclo acadêmico, tanto técnico quanto graduação ou aprendizagem industrial, o aluno é desafiado a desenvolver trabalhos seguindo normas da ABNT e respeitando o rigor científico necessário à área acadêmica. Esses trabalhos podem ser classificados como trabalhos teóricos de pesquisa ou projetos coordenados pelo SENAI, como por exemplo, o INOVA (Programa SENAI de Inovação Tecnológica), além de relatório técnico referente à visita técnica, diagnóstico industrial, parecer técnico etc. Ao final do ciclo acadêmico (cursos técnico e superior em tecnologia) o aluno é colocado frente a uma nova realidade que o levam a problematizar, elaborar, criar e sistematizar uma proposta provocada por um tema que dará origem ao trabalho de conclusão de curso. O aluno do Curso Superior de Tecnologia em Fabricação Mecânica deverá ao final do último semestre apresentar seu Trabalho de Conclusão de Curso que será desenvolvido individualmente e apresentado para uma banca avaliadora composta pelos coordenadores técnico e pedagógico, docentes do curso e convidados de empresas ou do meio acadêmico da cidade. 2.1 DEFINIÇÕES DOS TIPOS DE TRABALHOS ACADÊMICOS Os trabalhos acadêmicos, segundo ABNT NBR 14.724:2005 são classificados como: 2.1.1 Projeto de pesquisa Trabalho científico em que se organizam as diversas etapas de uma proposta teórica e/ou prática a ser formulada a respeito de um determinado assunto. Para a
  • 9. 8 elaboração de um projeto de pesquisa, o interessado dever ter conhecimento sobre a área que pretende pesquisar; definir o assunto que irá abordar em sua atividade de pesquisa e conhecer os tipos de métodos que aplicará sobre o assunto para que sejam geradas as hipóteses que posteriormente serão desenvolvidas na investigação sistemática dos fatos ou fenômenos levantados no desenvolvimento da proposta. 2.1.2 Trabalho de conclusão de curso Documento que representa o resultado de estudo sistematizado devendo expressar conhecimento fundamentado acerca do tema / problema formulado. Deve ser obrigatoriamente emanado da disciplina, módulo, estudo independente, curso, programa e outros ministrados. Necessita ser realizado sob a coordenação de um orientador. 2.1.3 Dissertação Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou exposição de um estudo científico retrospectivo, de tema único e bem delimitado em sua extensão, com o objetivo de reunir, interpretar e analisar informações. Deve evidenciar o conhecimento de literatura existente sobre o assunto e a capacidade de sistematização do autor. Deve ser realizado sob a coordenação de um orientador (doutor, pós-doutor, livre docente), tendo como objetivo a obtenção do título de mestre.
  • 10. 9 2.1.4 Tese Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou exposição de um estudo científico de tema único e bem delimitado. Deve ser elaborado com base em investigação original, constituindo-se em real contribuição para a especialidade em questão. Deve ser realizado sob a coordenação de um orientador (doutor, pós-doutor, livre docente) e visa à obtenção do título de doutor (ou similar). As diferenças entre dissertação e tese referem-se ao grau de profundidade e originalidade exigidas.
  • 11. 10 3 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO A apresentação gráfica do trabalho acadêmico é de responsabilidade do autor que, segundo ABNT NBR 14.724:2005 deve seguir as regras apresentadas nos itens 3.1 a 3.4. 3.1 FORMATO Os trabalhos devem ser apresentados em papel branco, tamanho A4 (21cm x 29,7cm), digitados em folha única, com exceção da folha de rosto cujo verso deve conter a ficha catalográfica, impressos em cor preta, podendo utilizar outras cores somente para as ilustrações. Utilizar fonte Arial tamanho 12 para todo o texto, fonte Arial 16 em negrito para o título e fonte Arial tamanho 10 para: a) as citações de mais de três linhas; b) notas de rodapé, c) e as legendas das ilustrações e tabelas. 3.2 MARGEM As folhas devem apresentar margem superior e esquerda 3 cm, inferior e direita de 2 cm, conforme apresentamos na figura 1 abaixo, já estão considerados os espaços para encadernação e páginação. Para efeito de alinhamento, no texto, deve ser utilizado o justificado.
  • 12. 11 Figura 1 – Exemplo de configuração de página 3.3 ESPACEJAMENTO Todo o texto deve ser digitado com espaço 1,5 entre linhas, no modo justificado, excetuando-se as citações com mais de três linhas, notas de rodapé, referências, legenda de ilustrações e tabelas, ficha catalográfica e natureza do trabalho que deve ser digitado com espaço simples. Os títulos devem começar na parte superior e ser separados do texto por dois espaços 1,5 entre linhas. 3.4 PAGINAÇÃO Todas as folhas do trabalho acadêmico, a partir da folha de rosto, devem ser contadas sequencialmente, mas não numeradas. A numeração é colocada a partir da primeira folha da parte textual que em geral é a introdução, em algarismos arábicos, no canto superior direito. No caso de o trabalho acadêmico possuir mais de um volume, deve ser mantida uma única sequência de numeração das folhas, do primeiro ao último volume. Havendo apêndice e anexo, as suas folhas devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento a do texto principal.
  • 13. 12 4 ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO O projeto gráfico deve seguir os padrões da NBR 14724:2005 – Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação, da ABNT. A estrutura básica de um trabalho acadêmico compreende-se por: elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais. Nesta estrutura temos elementos obrigatórios e elementos opcionais. No quadro 1 a seguir os elementos obrigatórios aparecem destacados em negrito e sublinhados e na figura 2 estão descritos apenas os elementos obrigatórios. Elemento Obrigatoriedade Capa Obrigatório Lombada Opcional Folha de Rosto Obrigatório Errata Opcional Folha de aprovação Obrigatório Dedicatória Opcional Agradecimentos Opcional Epígrafe Opcional Resumo na língua vernácula Obrigatório Resumo em língua estrangeira Obrigatório Lista de ilustrações Opcional Lista de tabelas Opcional Lista de abreviaturas e siglas Opcional Lista de símbolos Opcional Sumário Obrigatório Introdução Obrigatório Desenvolvimento Obrigatório Conclusão Obrigatório Referências Obrigatório Glossário Opcional Apêndice(s) Opcional Anexo(s) Opcional Índice(s) Opcional Quadro 1 – Estrutura de um trabalho acadêmico
  • 14. 13 Figura 2 – Estrutura do Trabalho Acadêmico – elementos obrigatórios 4.1 ELEMENTOS PRÉ–TEXTUAIS São aqueles que antecedem o texto propriamente dito, com informações que contribuam para a identificação e utilização do trabalho acadêmico. 4.1.1 Capa Elemento obrigatório do trabalho acadêmico que tem a função de identificar e proteger as folhas que compõem o corpo do trabalho. Nela são transcritas as informações abaixo seguindo as regras do item 3.1: a) nome da instituição; b) nome do autor; c) título do trabalho;
  • 15. 14 d) subtítulo se houver; e) local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado o trabalho; f) ano de depósito (da entrega) do trabalho: números arábicos. A seguir a figura 3 apresenta modelo de capa para os trabalhos acadêmicos dos cursos de graduação de Tecnologia em Fabricação Mecânica.
  • 16. 15 Figura 3 – Modelo de capa ESCOLA E FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ANTÔNIO ADOLPHO LOBBE NOME DO ALUNO TÍTULO TRABALHO: Subtítulo (se houver) SÃO CARLOS
  • 17. 16 4.1.2 Folha de rosto Trata-se de um elemento obrigatório e é a única folha do trabalho que tem o verso impresso. 4.1.2.1 Anverso da folha de rosto No anverso da folha de rosto devem constar todos os elementos que identificam o trabalho, como segue: a) nome completo do autor: responsável intelectual do trabalho em CAIXA ALTA, centralizado e em negrito; b) título principal do trabalho deve ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação, em CAIXA ALTA, centralizado em negrito; c) subtítulo: se houver, precedido de dois-pontos, em letras minúsculas; d) natureza do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso, etc), nome da instituição a que é submetido e objetivo. A aprovação em disciplina, grau pretendido e outros devem ter um recuo a 7 cm da margem esquerda e ser escrito no modo justificado, em espaço simples em fonte Arial, tamanho 10, nome do orientador e, se houver, coorientador; e) local (cidade), da instituição onde deve ser apresentado o trabalho, centralizado em negrito; f) ano de depósito (da entrega) na última linha da folha, centralizado em negrito; g) número de volumes, apenas para quando houver mais de um volume, deve constar em cada folha de rosto a especificação do respectivo volume. A figura 4 exemplifica a folha de rosto a seguir.
  • 18. 17 Figura 4 – Modelo de folha de rosto NOME ALUNO TÍTULO: Subtítulo (se houver) Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado a Escola e Faculdade SENAI “Antonio Adolpho Lobbe” ao curso de tecnologia em Fabricação Mecânica, como requisito obrigatório para obtenção do título de Tecnólogo em Fabricação Mecânica. Orientador Prof. ___________. SÃO CARLOS 2010
  • 19. 18 4.1.2.2 Verso da folha de rosto O verso da folha de rosto deve conter a ficha catalográfica na parte inferior da página. A ficha deve ser elaborada pelo Bibliotecário da Escola e Faculdade. A figura 5 abaixo apresenta um exemplo de ficha catalográfica. Figura 5 – Modelo de ficha catalográfica 4.1.3 Errata Elemento opcional consiste em uma lista onde são apontadas as folhas e linhas que contém erros, seguidas das suas devidas correções. Esse recurso só é utilizado quando trabalho já estiver encadernado e for constatado erro. Deve ser impressa em folha avulsa, com a referência da publicação e inserida como encarte, logo após a folha de rosto. A figura 6 a seguir apresenta um exemplo de errata. Castro, Tierry Têmpera e revenido dos aços / Tierry Castro. – São Carlos, 2009. 150 f. ; 27 cm. Trabalho de conclusão de curso apresentado a Escola e Faculdade SENAI Antonio Adolpho Lobbe para obtenção do grau de Tecnólogo em Fabricação Mecânica 1. Ligas metálicas 2. Metalurgia 3. Tratamento térmico I. Spatti, Rogério Augusto II. Título
  • 20. 19 ERRATA CIANCONI, Regina. Gestão da informação na sociedade do conhecimento. Brasília: SENAI/DN, 2001. Página Parágrafo Linha Onde se lê Leia-se 06 5º 3ª rivisão revisão 27 6º 4ª publicaao publicação 30 1º 2ª atravez através 35 2º 17ª proceso processo Figura 6 – Exemplo de errata 4.1.4 Folha de aprovação Inserida logo após a folha de rosto, deve conter os seguintes dados: a) nome completo do autor: responsável intelectual do trabalho em CAIXA ALTA, em negrito e centralizado; b) título principal do trabalho, deve ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação, em CAIXA ALTA, centralizado em negrito; c) subtítulo: se houver, precedido de dois-pontos, em letras minúsculas; d) natureza do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso, etc.) nome da instituição a que é submetido; e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros), o texto deve ter um recuo a 7 cm da margem esquerda e ser escrito no modo justificado, em espaço simples em fonte Arial, tamanho 10, nome do orientador e, se houver co- orientador e data de aprovação; e) nome, titulação e assinatura dos membros da banca examinadora e instituição a que pertence. Os campos referentes à data de aprovação e assinaturas dos membros componentes da banca examinadora são completados após a aprovação do trabalho. A figura 7 apresenta exemplo de folha de aprovação.
  • 21. 20 2009 Figura 6 - Modelo de folha de aprovação Figura 7 – Modelo de folha de aprovação NOME ALUNO TÍTULO: Subtítulo (se houver) Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado a Faculdade SENAI “Antonio Adolpho Lobbe” ao curso de tecnologia em Fabricação Mecânica, como requisito obrigatório para obtenção do título de Tecnólogo em Fabricação Mecânica. Orientador: Aprovado em: _____________________ Nome Titulação Instituição _____________________ Nome Titulação Instituição ___________________ Nome Titulação Instituição SÃO CARLOS 2010
  • 22. 21 4.1.5 Dedicatória Espaço reservado para que o autor preste sua homenagem ou realize uma dedicatória. Deve ser expressa de forma sóbria e breve, com os caracteres dispostos à direita e nos dois terços (2/3) inferiores da página. A figura 8 abaixo apresenta um exemplo de dedicatória. Aos meus pais Wanderlei e Márcia, pelo carinho e compreensão. Figura 8 – Exemplo de dedicatória 4.1.6 Agradecimentos Folha onde o autor faz seus agradecimentos para aqueles que contribuíram de maneira significativa para o desenvolvimento e elaboração do trabalho. A palavra AGRADECIMENTOS deve figurar no centro da página em caixa alta, sem ponto final. A figura 9 a seguir apresenta um exemplo de agradecimentos. AGRADECIMENTOS Agradeço aos meus pais, aos meus irmãos e amigos o apoio e o incentivo durante a realização deste trabalho. Agradeço aos meus professores e orientadores pela ajuda e dedicação. Figura 9 – Exemplo de agradecimento Modo justificado, com recuo de 7 cm da margem esquerda
  • 23. 22 4.1.7 Epígrafe Item opcional que deve estar em folha onde o autor apresenta uma citação, seguida de indicação de autoria, relacionada com o tema do trabalho. Deve ser inserida após os agradecimentos com os caracteres dispostos à direita em itálico e nos dois terços (2/3) inferiores da página. A obra citada na epígrafe não figura na parte textual do trabalho e, consequentemente, não deve constar nas referências. A figura 10 abaixo apresenta um exemplo de epígrafe. O importante da educação não é apenas formar um mercado de trabalho, mas formar uma nação, com gente capaz de pensar. (José Arthur Giannotti) Figura 10 – Exemplo de epígrafe 4.1.8 Resumo em língua vernácula Segundo a NBR 6028:2003, o resumo consiste na apresentação concisa dos pontos relevantes do trabalho. As regras gerais para sua apresentação são: a) ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do documento; b) deve ser composto de uma sequência de frases concisas e objetivas e não de enumeração de tópicos; c) recomenda-se o uso de parágrafo único; d) a primeira frase deve ser significativa, explicando o tema principal do documento; e) a seguir, deve-se indicar a informação sobre a categoria do trabalho (estudo de caso, análise de situação etc.);
  • 24. 23 f) as palavras-chave devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão Palavras-chave: separadas entre si por ponto e finalizada também por ponto; g) devem-se evitar no resumo símbolos, fórmulas, equações, citações de outros autores, etc.; h) em sua extensão o resumo deve ter de 150 a 500 palavras. A figura 11 a seguir apresenta um exemplo de resumo. RESUMO O presente trabalho tem como objetivo a utilização do computador como instrumento técnico pedagógico para o desenvolvimento cognitivo das crianças em uma escola de ensino fundamental em São Caetano do Sul. Apresenta também o uso de técnicas computacionais no cotidiano escolar. Palavras-chave: Ensino Fundamental. Computador. Desenvolvimento cognitivo. Figura 11 – Exemplo de resumo 4.1.9 Resumo em língua estrangeira – Abstract O resumo em língua estrangeira deve respeitar as mesmas características do resumo em língua nacional. O idioma mais comumente utilizado é o inglês, por ser internacionalmente reconhecido. A figura 12 abaixo apresenta um exemplo de resumo em língua estrangeira. ABSTRACT Computer utilization as an educational instrument to the children congnitive developement in a scholl located in São Caetano do Sul.It also shows the use of computer tecniques on every day school life. Keywords: Computer. Development congnitive. Education. Figura 12 – Exemplo de resumo em língua estrangeira