SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 96
Baixar para ler offline
0800 510 2900 | www.ska.com.br
Treinamentos SKA
Chapas Metálicas
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Chapas Metálicas
As peças de chapas metálicas são amplamente utilizadas no universo metal-
mecânico, geralmente aplicadas como invólucros de componentes ou para oferecer
suporte a outros componentes.
O objetivo deste módulo é especificar as funcionalidades dos recursos específicos
para Chapa Metálica.
- Introdução
O SOLIDWORKS oferece recursos e funcionalidades específicas para o projeto
de Chapa Metálica.
Adiciona as Configurações de
Chapas Metálicas na árvore de
Projeto.
Converte uma Peça Sólida ou
com Recurso de Casca em
Chapa Metálica.
Realiza a Transição entre duas
geometrias utilizando as
configurações de chapas
metálicas.
Cria uma nova aba a partir de
uma aresta.
Adiciona uma série de flanges
a uma ou mais arestas de uma
peça de chapa metálica.
Adiciona uma bainha à peça
de chapa metálica na aresta
selecionada.
Cria duas dobras a partir de
uma linha esboçada.
Cria uma dobra a partir de
uma linha esboçada.
Insere uma representação
gráfica de quebra em cruz em
uma peça de chapa metálica.
Realiza o tratamento dos cantos
do recurso de chapa metálica.
Desdobra uma dobra realizada.
Configura uma peça para ser
utilizada como ferramenta de
conformação.
Planifica a peça em chapa
metálica.
Dobra uma dobra desdobrada.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Flange-Base/Aba
O Flange-Base/Aba é o primeiro recurso em uma nova peça de chapa metálica.
Quando adiciona-se um recurso de Flange-Base/Aba a uma peça do SolidWorks, essa
peça é configurada com os padrões de chapa metálica. As dobras são adicionadas aos
locais apropriados e os recursos específicos de chapa metálica são inseridos na árvore
de projetos. Com o Flange-Base/Aba é possível criar uma peça de chapa metálica com
múltiplos corpos ou múltiplas espessuras.
Iniciaremos o estudo do Flange-Base/Aba criando a peça abaixo:
- Esboçam-se duas linhas em “L” em um plano. Logo após, cota-se os
comprimentos com 50 mm e 100 mm. Clica-se na aba de Chapa
Metálica e no ícone Flange-Base/Aba.
Imagem do Esboço Final
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Para habilitar as ferramentas de chapas metálicas, deve-se
clicar com o botão direito sobre uma das abas do CommandManager,
após sobre a palavra Chapa Metálica. Inserido a aba de Chapa
Metálica, pronto para utilizar o recurso de Flange-Base/Aba.
Iniciado o recurso, iremos configurar as dimensões da chapa que será criada.
Para a configuração, será aberto um configurador (Property Manager) do lado
esquerdo do SolidWorks.
Configuraremos a Chapa Metálica com 50 mm de extrusão na Direção 1, 4 mm
de Espessura de Chapa, 8 mm de raio de dobra, Fator K com 0.5 e Alívio Automático
Retangular com razão de 0.5. Direção 1 = Realiza a extrusão
do recurso de Chapa Metálica
na ferramenta de
Flange-Base/Aba. Iremos
adotar 50 mm, Plano Médio.
Usar Tabela de Calibres =
Pode-se usar uma tabela do
EXCEL para configurar a
espessura e o raio de dobra da
Chapa Metálica.
T1 = Configura-se a que terá
Espessura da Chapa. Utilizaremos
com a dimensão de 4 mm. Direção Inversa = Inverte
a posição da chapa em
relação ao esboço.
Fator K = é um valor X que
determina a posição da linha
Neutra para o cálculo de dobra.
Adotaremos a razão de 0.5
Alívio Automático =
Insere cortes de
automáticos para alívio
nas dobras.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Após realizado o recurso de Flange-Base/Aba, irão aparecer 3 ícones na árvore
de projeto. Esses ícones são característicos aos recursos de Chapa Metálica. São eles:
Chapa Metálica, Flange-Base e Padrão-Plano.
Além desses itens irão aparecer duas pastas, a pasta de Equações e a pasta de
Lista de corte.
Concluída a criação da peça de chapa metálica, realiza-se a furação com o
recurso Assistente de Perfuração. Serão 3 furos M5 escareados a 90º, condição final
Passante. Após, salva-se a peça para realizarmos o detalhamento.
Para realizar a planificação, clica-se no ícone Planificar
aba de recursos de Chapa Metálica. Para voltar ao estado dobrado,
clica-se novamente no ícone.
Equações = Criam
relações matemáticas
entre as dimensões do
modelo.
Lista de Corte =
reconhece os materiais ao
determinar se os corpos
são idênticos, agrupando-
os em pastas distintas.
Plano-Padrão = Contém
informações de
planificação da chapa.
Flange-Base = Contém
informações referentes à
espessura, raio de dobra e
extrusão.
Chapa Metálica = Contém os
parâmetros de dobra
predeterminados. Para editar
o raio de dobra
predeterminado, a tolerância
de dobra, a dedução de dobra
ou o tipo de alívio
predeterminado.
Planificar
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Iremos realizar a folha de processo dessa peça. Para realizar o detalhamento,
clica-se em “Arquivo >> Criar desenho a partir da peça”. Após, seleciona-se o padrão
de folha a ser utilizado.
Concluímos o estudo do Flange-
Base/Aba com o Detalhamento
(Desenho) para manufatura da peça
projetada. O detalhamento contém as
dimensões de furação, espessura da
chapa, material, posição de furação,
especificação dos furos, etc. Contém
também as informações sobre a dobra
da peça, ângulo de dobra, posição de
dobra, direção da dobra.
Na Paleta de Vista ao lado direito
da área de trabalho do
SolidWorks, além das vistas
padrões de detalhamento, será
acrescentada mais uma vista, a
vista planificada da peça de
chapa metálica. O nome dessa
vista é “(A) Padrão Plano”.
Inserindo a Vista
Planificada na folha de
Processo, ela virá com
a nota da Dobra. A
nota irá carregar
informações como
Direção de Dobra,
Ângulo de Dobra e
Raio de Ferramenta.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica, logo após
criar o Detalhamento. O Detalhamento deve conter as 3 vistas padrão,
uma vista isométrica da peça no estado final e 2 duas vistas da peça
no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a
posição da dobra.
• Peça 01
Realizar a peça conforme figura e especificações abaixo:
- Chapa de 7.5 mm de Espessura
- Raio de Dobra 16 mm
- Quebrar cantos vivos
- Furos: M5 90º Passante
- Material: Aço AISI 1020
- Largura da peça: 100 mm
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a peça conforme figura e especificações abaixo:
- Chapa de 4 mm de Esp.
- Furos: M3 Escareado 90º
Passante
- Material: Aço AISI 1045
• Peça 03
Realizar a peça conforme figura e especificações abaixo:
- Chapa de 0.75 mm de Espessura - Raio de Dobra 5 mm
- Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 1500 mm
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Converter em Chapa Metálica
O comando Converter em chapa metálica permite especificar espessura, dobras
e rasgos necessários para converter um corpo sólido, de superfície ou importado em
uma peça de chapa metálica.
Iniciaremos o estudo de converter em chapa metálica convertendo uma peça
sólida de geometria simples em chapa metálica. A peça que iremos criar é um cubo.
Criaremos um cubo de 300 mm de aresta e em uma das Faces do Cubo
esboçaremos um L ligando o centro de duas arestas perpendiculares. Após, clicaremos
no ícone “Converter em Chapa Metálica” e configuraremos os parâmetros da chapa.
As configurações de chapa metálicas serão:
- 4 mm de espessura para o lado de fora do cubo - Raio de dobra de 8 mm
- Alivio de dobra de Ruptura – Deixaremos com a abertura para cima
Criaremos o cubo de 300 mm de aresta com o recurso de
“Ressalto/Base Extrudado.” Depois de criado o corpo sólido,
selecionaremos uma face e esboçaremos o as duas linhas unindo
as arestas. Realizada esta etapa, clicaremos no recurso de
conversão em chapa metálica na aba de Chapa Metálica.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
f
Seleção da Face Fixa para
Planificação, face na qual
iniciaremos com a
configuração de chapa
metálica.
Configura-se a espessura da
chapa. Configuraremos com 4 mm.
Configuração do Raio de
Dobra. Para esse campo
configuraremos com 8 mm de
raio.
Inverte a posição da espessura em
relação à peça base. Para o nosso
estudo marcaremos essa opção.
Selecionam-se as arestas nas
quais serão inseridas as
dobras. As arestas devem estar
ligadas à Face Fixa. Adota-se a
ideia do processo de fabricação
para a seleção das arestas.
Encontra automaticamente as
arestas que serão “abertas” para
realizar a planificação.
Reconhece e seleciona
automaticamente as dobras pré-
existentes em uma peça de chapa
metálica importada de outro
programa de CAD 3D.
Seleciona-se o esboço, 2D ou 3D,
no qual será efetuada a abertura
da chapa metálica. O esboço NÃO
pode conter um contorno fechado
e nem linhas que NÃO formem
uma cadeia contínua.
Espaçamento padrão para todos os
rasgos. Semelhante ao recurso fino.
Alívio de Dobra. Razão do alívio de dobra em
relação à espessura da chapa.
Peça Sólida com o
Esboço para o rasgo
Peça de Chapa Metálica
Na Arvore de projeto irão aparecer as
configurações de Chapas Metálicas e
a Pasta de Lista de Corte
Conversão
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa
metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3
vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado
final e 2 duas vistas da peça no estado planificado.
Deve conter, também, as principais cotas e a posição
da dobra. Realizar a Criação das Peças e a Conversão
para Chapa Metálica.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Espessura - Raio de Dobra 4 mm
- Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 300 mm
- Contém 2 furos de 100 mm (Rebaixo de 5 mm no Sólido)
- Entrada Superior
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Espessura Externa - Raio de Dobra 5 mm
- Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 1000 mm
- Contém 2 furos de 400 mm (Rebaixo de 30 mm no Sólido)
- Entrada inferior
• Peça 03
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 1,5mm de Espessura Externa - Raio de Dobra 35 mm
- Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 2000 mm
- Realizar Modelo em Chapa e Salvar como .IGES, após importar
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Dobra com Loft
O recurso de Loft para chapa metálica é amplamente utilizado nas técnicas de
caldeiraria, pois proporciona a transição perfeita entre duas geometrias diferentes. Com
o recurso de Loft é possível realizar a transição entre dois esboços abertos de
geometrias diferentes, configurando o número de linhas de dobras para realizar a
manufatura e a posição da espessura da chapa em relação ao esboço.
Para compreendermos melhor esse recurso, iremos iniciar o estudo da transição
de retângulo para um quadrado com desvio de posição entre eles.
Criaremos um retângulo de 600x1000 mm. O esboço do retângulo deverá estar
aberto, com uma abertura de aproximadamente 20 mm, e os cantos devem estar com
um arredondamento de 30 mm. Copiaremos o plano a uma distância de 1000 mm. No
plano novo iniciaremos um esboço de um quadrado com 500 mm, novamente com uma
abertura no esboço de aproximadamente 20 mm. O quadrado deverá ser criado a 200
mm abaixo do esboço anterior.
Realizaremos então a transição entre os dois perfis utilizando o recurso de
Dobra com Loft, em Chapa Metálica. Configuraremos com 6 linhas de dobra e a
espessura da chapa com 2 mm para o lado externo do esboço.
Reordena a seleção dos esboços
para ajustá-los ou selecioná-los
novamente para conectar os
diferentes pontos de conexões nos
perfis.
Caixa de Seleção
dos Esboços.
Configura a posição e a
espessura da chapa metálica
em relação ao esboço
Configura o número
de linhas de dobra
para manufatura.
Calcula o número de linhas
necessárias para obter o
desvio determinado.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Começaremos criando o perfil retangular, 600x100 mm, com
uma abertura de 20 mm. No esboço, inseriremos o raio de
dobra da chapa metálica nos quatro cantos do retângulo. O
raio que iremos adotar será de 30 mm.
Realizado o perfil, confirmaremos o esboço. Após, criaremos um plano novo a
1000 mm do plano em que estávamos trabalhando. Nesse plano novo iniciaremos um
novo esboço para criar o perfil quadrado de 500 mm com a abertura de 20 mm, no
mesmo sentido da abertura anterior. O esboço ficará 200 mm abaixo do retângulo.
Nesse esboço realizaremos a quebra dos cantos com a ferramenta esboçar filete, o
raio que adotaremos será de 30 mm.
Após realizados os dois esboços, iremos utilizar o recurso Dobra com Loft.
Selecionaremos os dois esboços, configuraremos a espessura da chapa para 2 mm
para fora e 6 linhas de dobra.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as três vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição
da dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Espessura - Material: Aço AISI 1020
- Diferença de altura de 500 mm - Realizar a Transição dos Oblongos
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 3 mm de Espessura para Fora - Material: Aço AISI 1020
- Distância de 1500 mm - Realizar a Transição dos Esboços
- Raio de 15 mm - 26 Furos M24 Passantes Equidistantes
• Peça 03
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 4 mm de Espessura para Fora - Material: Aço AISI 1020
- Distância de 1000 mm - Realizar a Transição dos Esboços
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Flange de Aresta
Permite criar um flange a partir de uma peça de chapa metálica já existente. Cria
uma extensão da aresta existente, podendo ser configurada de acordo com o projeto.
Amplamente utilizada para controlar a posição da chapa em relação ao esboço ou
projeto. Pode-se criar um Flange de Aresta a partir de uma ou múltiplas seleções de
arestas, incluindo arestas circulares, curvas e tangentes.
O flange de aresta permite a configuração da extensão do flange em relação à
aresta, o ângulo de inclinação do flange, o comprimento do flange que está sendo
criado, posição da dobra e a união entre dois corpos de chapa metálica.
Estudaremos os casos abaixo, para que se possa compreender melhor esse
recurso.
- Estudo 01:
Este estudo visa demonstrar a união de dois corpos de chapa metálica através
do recurso de Flange de Aresta. Criaremos uma peça com dois corpos utilizando a
configuração de chapa metálica e utilizaremos o recurso de Flange de Aresta para
concluir o projeto.
Criaremos os corpos de chapa metálica conforme perfil abaixo. A chapa metálica
terá uma espessura de 7 mm, haverá uma distância de 500 mm entre os corpos e uma
diferença de 100 mm de altura entre os corpos. Logo após, uniremos os dois corpos
utilizando o recurso de Flange de Aresta. A chapa gerada terá a dobra para fora da
aresta.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Caixa de Seleção das
Arestas. Edita a posição
do flange de arestas,
permite modificar as
abas, individualmente,
acrescentando furos ou
recortes, conforme
necessário.
Marcado, utiliza as
configurações da chapa base.
Configura o raio e o
espaçamento da chapa que
está sendo criada.
Configura o ângulo de
abertura da nova chapa.
Seleciona-se a referência
para o ângulo a ser
configurado, caso
necessário.
Pode-se selecionar
perpendicular ou paralelo à
face selecionada.
Configura a condição final do
flange de aresta. Pode-se
configurar o flange com um
comprimento a ser definido
(CEGO), através de um ponto
de referência (ATÉ O
VERTICE) ou até outra aresta
concatenando os corpos.
Define a condição de medida
para a condição Cego.
Referência através de um ponto
virtual, o qual pode ser interno
ou externo à aresta base.
Posição da dobra com
referência na aresta
selecionada. Pode-se
configurar como: Material no
Interior, Material no Exterior,
dobra para Fora, Através de
um ponto virtual.
Remove o material extra na
dobra, suavizando e corrigindo o
material necessário para
manufatura.
Define um espaçamento da
posição inicial de dobra.
Configura-se a tolerância de
Dobra para a correção de
comprimento da chapa no
estado planificado. Há 4 tipos
de configurações: Tabela de
Dobras, Fator K, Tolerância de
Dobra e Dedução de Dobra.
Define o tipo de alívio a ser
utilizado. Deve-se marcar para
evitar acúmulo na região da
dobra, quando manufaturado.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Estudo 02:
Este estudo visa demonstrar a utilização do Flange de Aresta para concluir a
criação de uma peça de chapa metálica.
Criaremos uma peça base utilizando a configuração de chapa metálica e
utilizaremos o recurso de Flange de Aresta para concluir o projeto.
A chapa metálica terá uma espessura de 7 mm e raio de dobra de 20 mm, o
material utilizado é o Aço AISI 304. A peça possui 16 furos M10 passantes em ambas
as abas.
Será convertida uma peça sólida para chapa metálica. Haverá dois rasgos na
peça de chapa metálica. Após a conversão, concluiremos o projeto com Flange de
aresta.
Peça sólida com
300 x 500 x 600 mm.
Dois esboços em faces
distintas.
Peça sólida convertida
para chapa metálica.
Chapa com 7 mm, raio
de dobra de 20 mm,
espessura para fora.
Flange de Aresta com 250 mm de
comprimento com ponto virtual externo.
110º de ângulo em relação à aresta.
Dobra com material no exterior.
Inserção do segundo flange de aresta
mantendo a posição do material no interno.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição
da dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 1 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Raio de 3 mm - Converter em Chapa Metálica
- Utilizar o Flange de Aresta: 45º – Corpo Sólido 100x200x300mm
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Raio de 4 mm - Realizar a união dos corpos
- Utilizar o Flange de Aresta para Concluir o Projeto
- Distância entre os corpos de 500 mm
• Peça 03
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Esp. - Base: 200x100x150 mm
- Raio de 4 mm - Utilizar o Flange de Aresta
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
-Flange Contínuo
Adiciona uma série de flange em uma aresta ou uma sequência de arestas. O
Flange Contínuo tem como base para o seu perfil a criação de um esboço. O esboço é
criado em um plano perpendicular a uma aresta. Recurso excelente para criar
pequenas abas de fixação em uma peça de arestas tangentes.
Para uma melhor compreensão, iremos estudar o caso abaixo.
Criaremos uma tampa de fechamento para um componente eletrônico. Esse
produto terá uma aba de encaixe, criaremos utilizando o recurso de flange contínuo.
A tampa terá 300 x 150 mm e um comprimento de 400 mm. A espessura da
chapa será de 1 mm, com raio de dobra de 2 mm. Material para fora.
Para a criação do Flange
Contínuo, é necessário
selecionar uma aresta, a
qual será perpendicular
ao esboço criado.
No plano que será criado
perpendicularmente à
aresta, esboça-se o perfil
do flange.
Configura-se o Flange
Contínuo. Após ,
confirma-se o recurso.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Caixa de Seleção de
Arestas a receberem o
flange contínuo.
Raio da Chapa metálica que
será criada. Marcada será
utilizado o raio da peça base.
Posição do Flange em
relação ao esboço criado. Remove o material extra na
dobra, suavizando e
corrigindo o material
necessário para manufatura.
Configura-se o
espaçamento da junção
de duas arestas.
Configura-se o
espaçamento inicial e
final do flange.
Fator de correção de
dobra para manufatura.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição
da dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI 304
- Raio de 6 mm - Altura do 1º flange: 500
- Peça Base: 300x500x400mm - Material no Exterior
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Bainha
O recurso de Bainha tem como funcionalidade principal aumentar a resistência
mecânica na aresta da peça projetada com chapa metálica.
Há a possibilidade de criar peças com geometrias diferenciais utilizando o
recurso de bainha, como dobradiças e presilhas.
Para o estudo desse recurso iremos analisar os dois exemplos abaixo.
- Estudo 01:
Criaremos uma peça base utilizando a configuração de chapa metálica e, após,
concluiremos o projeto utilizando o recurso de bainha.
A chapa metálica terá uma espessura de 4 mm, o material será em aço AISI
4340. Haverá três furos M5 escareados a 90º, passante, equidistantes na aresta.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Estudo 02:
Criaremos a peça utilizando a configuração de chapa metálica e concluiremos o
projeto aumentando a resistência mecânica das arestas.
A chapa metálica terá uma espessura de 1,5 mm, o material será em aço
AISI304, posição da chapa metálica para exterior. Será utilizado o recurso de Flange
de aresta para a fixação. A base terá 100x300x400 mm.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Seleção de arestas nas quais
será inserido o recurso de
bainha.
Edita o perfil da bainha, assim
como a posição e o
comprimento do recurso.
Seleciona posição da dobra
em relação à seleção de
aresta. Pode-se configurar o
material no interior ou Dobra
para Fora. Seleciona o tipo de bainha a
ser inserido. Poderá ser
configurado como:
- Material Fechado
- Abrir, com espaçamento
- Acabamento em Arco
Estendido
- Acabamento em Arco
(Utilizado na Fechadura)
Configura o comprimento da
Bainha e o Espaçamento entre
a chapa base e o recurso.
Fator de correção de
dobra para manufatura.
Alivio de tensão na região
da Dobra.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa
metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3
vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado
final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve
conter, também, as principais cotas e a posição da
dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 1.5 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Utilizar o Recurso Bainha para Concluir o projeto
- Dobra para o interior -Acabamento em Arco
- Raio de 10 mm - Ângulo de 250º
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Desvio
O Recurso de Desvio cria duas dobras simultâneas a partir de uma linha de
referência. Para o recurso de desvio, a linha de referência não necessita ter medida de
comprimento, mas sim de posicionamento a partir da chapa base. O esboço deve
conter somente uma linha de referência para a primeira dobra, a segunda dobra será
configurada através do recurso.
Estudaremos o exemplo abaixo para uma melhor compreensão.
Estudo 01:
Realizaremos um estudo utilizando os recursos de: Converte em chapa metálica,
Flange de Aresta e Desvio.
Começaremos convertendo o cubo, de 50x50mm, em chapa metálica. Após,
aplicaremos o recurso de desvio e, por fim, concluiremos com o recurso bainha.
A espessura da chapa será de 0,75 mm, o material será o aço AISI 304. A chapa
irá conter um rasgo no qual será colocada o desvio, concluiremos com o recurso de
bainha.
Na face em destaque,
criaremos um esboço
para inserir o rasgo.
Esboçaremos um
quadrado de 25 mm.
Após, clicaremos
no recurso de
Desvio e
selecionaremos a
face em destaque.
Esboçaremos uma
linha que servirá de
início do desvio.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Seleção da face fixa. Clica-se na
face e, na posição do click, será
inserido um ponto preto
indicando a posição da face fixa.
Marcado, utiliza o raio
definido anteriormente, no
caso, a conversão.
Condição final define a altura que
terá o desvio. Pode-se adicionar
um valor ou selecionar uma
referência. Utilizaremos um
desvio de 10 mm.
Define a posição que será
medida pela condição final.
Habilita três tipos: Off Set para
Fora, Off Set para Dentro e
dimensão total.
Quando marcado, preserva o
comprimento projetado. Quando
desmarcado, calcula a perda do
comprimento total na região de
dobra e desvio.
Define a posição da dobra em
relação ao esboço inicial.
Configura-se o ângulo com que
será gerado o desvio.Fator de correção de
dobra para manufatura.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o
Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição
da dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Comprimento da Chapa: 300 mm - Material no Exterior
- Desvio de 12 mm, comprimento total, 90º, Dobrar na linha de Centro
- Fixar Comprimento Projeto Marcado
- Posição desvio a 100 mm
- Concluir com o projeto com o recurso de bainha
Configuração
da bainha
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 1 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Converter em Chapa Metálica - Material no Exterior
- Desvio de 100 mm, comprimento total, 90º, Dobrar para fora
- Fixar Comprimento Projeto Desmarcado
- Posição desvio centro
- Concluir com o Recurso de bainha
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Dobra Esboçada
A Dobra Esboçada permite configurar uma dobra a partir de uma linha esboçada
em um Flange/Aba. Extremamente importante quando há restrição de chapa metálica
para manufatura, pois cria-se a chapa metálica planificada e inserem-se as dobras
posteriormente, mantendo as dimensões iniciais da chapa metálica.
Pode-se utilizar para criar novas dobras a partir de um projeto base,
configurando as dobras com maior precisão ou partindo de um projeto planificado.
Para uma melhor ilustração do recurso, observa-se o exemplo abaixo:
Criaremos uma peça simples para mostrar o recurso de dobra esboçada, um
retângulo com 100x300, espessura da chapa 3 mm. A dobra esboçada ficará a 100 mm
da aresta da peça, a dobra será para fora. O comprimento da linha de base para inserir
a dobra não é relevante, porém a sua posição em relação à dobra é de extrema
importância.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Face Fixa, face na qual
ficará fixa durante a
planificação.Posições de Dobra: pode-se
configurar em 4 posições
diferentes:
- Posição da dobra em cima da
linha esboçada
- Dobra com material no interior
- Dobra para fora
- Dobra com material no Exterior
Configuração do ângulo
de dobra.
Raio de Dobra, quando
marcado utilizará o raio de
dobra especificado
anteriormente, na peça base.
Fator de correção da
dobra para manufatura.
O recurso de Dobra Esboçada aceita
somente linhas, e estas não devem se
interceptar.
Aceita múltiplas dobras para um
mesmo recurso com a mesma
configuração de dobra, respeitando o
requisito acima.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da
dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 1.5 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Esboçar e Realizar as dobras necessárias para conclusão do projeto.
- Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 0.5mm
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Alumínio
- Esboçar e Realizar as dobras necessárias para conclusão do projeto.
- Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 4 mm
• Peça 03
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 1 mm de Esp. - Material: Alumínio
- Esboçar e Realizar as dobras necessárias para conclusão do projeto.
- Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 2 mm
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Quebra em Cruz
Nos trabalhos de projeto de ventilação (HVAC - Heating, Ventilating and Air
Conditioning) ou outros tipos de dutos, as quebras em cruz são usadas para aumentar
a rigidez das chapas metálicas e melhorar a fluidez do ar no duto. O comando Quebra
em Cruz permite inserir uma representação gráfica para manufatura em uma peça de
chapa metálica.
O recurso de Quebra em Cruz não é uma entidade geométrica e não altera a
geometria da peça, pois ele sobrepõe duas dobras. Você pode adicioná-la para
fornecer as informações necessárias para manufatura.
Veremos o exemplo de Quebra em Cruz:
Usar esse recurso é simples: Esboça-se uma peça
projetada em chapa metálica. Após, seleciona-se a face na qual
será inserida a Quebra e configura-se o recurso.
Seleção das Faces a
ser adicionada a
Quebra em Cruz.
Pode-se editar o esboço
da Quebra em Cruz.
Configura-se o raio de
dobra para manufatura.
Configura-se o ângulo
para a marcação da
Quebra em Cruz.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Cantos
O SolidWorks trabalha 3 diferentes formas de tratar a junção entre dois flanges e
os cantos vivos. Trabalha ainda uma 4º forma, na forma planificada.
Os 3 tipos principais são:
- Canto Fechado
- Canto Soldado
- Quebrar Canto/ Aparar Canto
O quarto tipo é habilitado quando a chapa metálica está no estado planificado, o
quarto tipo é o Aparar Canto.
Para que possamos entender melhor cada tipo desse recurso, iremos
exemplificá-los de individualmente, começando com o recurso Canto Fechado.
- Canto Fechado
O recurso adiciona material entre os recursos de chapa metálica. Possui as
seguintes capacidades:
- Fechar vários cantos simultaneamente por meio da seleção de faces.
- Fechar cantos não-perpendiculares.
- Aplicar material na diferença entre os flanges com dobras diferentes de 90º.
- Ajustar a Distância do espaçamento na região de dobra.
-Estudo 01
Criaremos o projeto conforme o esboço abaixo. Chapa Metálica
2 mm de espessura para fora, comprimento 500 mm. Aço AISI 1020. Após, utilizaremos
o recurso de Canto Fechado para concluir o Projeto.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Seleciona-se a face da
espessura do flange/aba.
Face que deverá ser
estendida.
Seleciona-se a face da
espessura do flange/aba.
Face que deverá coincidir
com a face estendida.
Configura-se o tipo de
junção entre os dois flanges.
Poderá ser configurado de
três formas diferentes:
- A TOPO: Espaçamento na
junção para preenchimento
de solda.
- SOBREPOR: Sobrepõe a
face estendida à face
coincidida
- POSICIONAR POR
BAIXO: Sobrepõe a face de
coincidência à face
estendida.
Distância de espaçamento
entre um flange e outro.
Pode-se configurar um
espaçamento para realizar
um cordão de solda na
manufatura.
Taxa de Sobreposição entre
um flange e outro. Utilizado
nos cantos de SOBREPOR
e POSICIONAR POR
BAIXO. O valor é dado em
Porcentagem no qual 1 é
100%.
Quando marcada desabilita
a visualização da abertura
na região da dobra.
Marcada Desmarcada
Quando desmarcada, todas as
faces coplanares são
selecionadas.automaticamente.
Quando marcado, estreita a
região da dobra para grandes
raios.
Quando marcado seleciona a
face a coincidir com a seleção
da face a estender
automaticamente.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Concluído o projeto utilizando o recurso de canto fechado. Prosseguimos o
estudo realizando o exercício abaixo e logo após iniciaremos com o recurso de Canto
Soldado.
Realizada a peça base,
concluiremos o projeto
utilizando o Flange de Aresta,
após, utilizaremos o canto
fechado.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição
da dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 5 mm de Esp. - Material: Alumínio
- Esboçar e Realizar as dobras necessárias para conclusão do projeto
- Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 10 mm
- Usar Flange de Aresta 90 e 75 º
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI1020
- Converter em chapa Metálica - Chapa para Fora
- Peça com 200x100x150mm - Alívio de Ruptura
- Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 4 mm
- Usar Flange de Aresta 45º, Para fora, Ponto Virtual Interno, 80mm
• Peça 03
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI1020
- Converter em chapa Metálica - Chapa para Fora
- Furo M3 Escareado 90º, eqüidistante - Observar a Posição das Dobras
- Raio de Dobra: 12 mm - Usar Flange de Aresta 70º
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Canto Soldado
Adiciona um cordão de solda nos cantos de uma peça de chapa metálica
dobrada. A adição de solda inclui flanges contínuos, flanges de aresta e cantos
fechados.
Esse recurso tem a característica de unificar os flanges, reproduzindo as
características do cordão de solda da manufatura. Porém mesmo inserindo o recurso é
possível realizar a planificação, pois o canto soldado é suprimido no momento da
planificação.
Para uma melhor compreensão observemos o exemplo abaixo:
-Estudo 01
Criaremos o projeto conforme o esboço abaixo. Converter
chapa metálica com 6 mm de espessura para fora. Aço AISI 1020. Após, utilizaremos o
recurso de Canto Soldado para concluir o projeto. O corpo sólido será conforme o
esboço abaixo, com uma extrusão de 140 mm.
Canto
Soldado
Chapa
Planificada
com Canto
Soldado
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e
criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma
vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no
estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a
posição da dobra.
• Peça 01
Utilizar o Recurso de Canto Soldado nas Peças do Exercício anterior.
Seleção das faces a
receberem o cordão de solda.
Seleciona-se a face da
espessura da chapa metálica.
Determina o limite de
comprimento do cordão de solda
na junção dos flanges.
Desmarcada realizará um cordão
de solda ao longo de toda face.
Adiciona um raio de filete na
no cordão de solda. O raio do
filete precisa ser menor que
um arco tangente conectando
as arestas externas.
Adiciona uma aparência de
soldagem no material
adicionado. Representação
sombreada.
Adiciona um símbolo de solda
para manufatura, Solda de
Topo com o valor do raio.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Aparar Quebrar/Canto
Utiliza-se o recurso de Aparar/Quebrar canto para eliminar as arestas “vivas”
inerentes à criação do flange base aba. Realiza um chanfro ou filete nas arestas,
colocando ou retirando material.
Estudo 01
Inserindo
Material
Retirando Material.
Seleção das arestasConfiguração do
Tipo de Quebra:
- Chanfro
- Filete
Configuração
do Raio
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Aparar Canto
Utiliza-se o recurso de Aparar Canto para eliminar as arestas “vivas” inerentes à
criação do flange base aba, além de realizar o alívio de dobra para manufatura. O
recurso Aparar Canto é habilitado quando o projeto de chapa metálica está no estado
planificado.
Podem-se selecionar as posições, tipo e configurações dos Alívios de Dobra e
Quebra de Canto de maneira individual e controlada.
Para que possamos entender melhor sobre esse recurso, analisemos o exemplo
abaixo:
Estudo 01
Este estudo visa ao objetivo de demonstrar o recurso de Aparar Canto. Para
isso, realizaremos uma peça em chapa metálica simples, conforme o modelo abaixo.
Alívio de
Dobra
Canto
Aparado
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Seleção de arestas nas
quais será inserida a dobra. Coleta automaticamente
todas as possíveis
arestas a ser inserido o
alívio de Dobra.
Configura-se o tipo de
alívio a ser inserido. Há 3
tipos diferentes.
Circular
Desperdiçar
dobraQuadrado
Centraliza o alívio de dobra
Quadrado e Circular no
ponto virtual de junção das
linhas de dobra.
Marcada Desmarcada
Configura-se a
dimensão do alívio.
A dimensão do alivio de dobra pode ser
configurada a partir de uma Razão da
espessura da Chapa Metálica.
Ou poderá ser configurado com
a tangência nas linhas de
dobra, para a opção centralizar
nas linhas de dobra marcada.
Pode-se ainda adicionar a
quebra dos cantos vivos no
alívio de dobra Quadrado.
Seleção de arestas a serem
chanfradas ou arredondadas.
Seleciona automaticamente todas as
arestas que devem receber a quebra.
Quando marcada impede a
seleção das demais arestas,
possibilitando somente a
seleção de arestas internas.
Configura-se o tipo de quebra
a ser realizado.
- Chanfro
- Filete
Configura-se a dimensão
da quebra de aresta.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Ferramentas de Conformação
Para adicionar um repuxo, recorte, persiana, nervuras, estampas, etc., utiliza-se
o recurso de ferramenta de conformação.
A Ferramenta de Conformação deve ser utilizada com corpos de chapa metálica.
Serão corpos sólidos configurados como ferramentas para puncionar, podendo ser
adicionados em uma pasta própria agrupando todas as ferramentas a serem utilizadas.
Esse recurso deve ser utilizado como item na biblioteca de projetos, daí a
necessidade de utilizar uma pasta própria para esse tipo de recurso. Inserindo as
ferramentas de conformação em pastas na biblioteca de projeto, poderemos padronizar
os recursos para utilização em uma rede de usuários ou reutilizar em projetos
diferentes.
Estudaremos esse recurso em duas etapas:
- 1ª Etapa: Configuração da Ferramenta de Conformação
- 2º Etapa: Utilização da Ferramenta de Conformação
- Estudo 01
Criaremos uma peça e, após, configuraremos como item de conformação.
A Altura não deve ser
inferior à espessura da
chapa metálica.
O Raio não deve ser
inferior ao raio configurado
na chapa base.
Com face a removerSem face a remover
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Após configurada a peça como ferramenta de conformação,
configuraremos a pasta da Biblioteca de projetos.
Criaremos uma pasta com nome de “Ferramentas para
Conformação”. Esta pasta deve ser criada em um local comum a
todos os usuários ou em um local conhecido pelo usuário.
Concluindo a criação da pasta, iremos apontá-la nos locais
da Biblioteca de projetos.
Inserida a pasta na Biblioteca de projetos, podemos
configurá-la para que todos os arquivos que estão dentro dela
sejam de ferramentas de conformação. Para isso, basta apenas
clicar com o botão direito do mouse sobre a pasta e selecionar
“Pasta de Ferramentas de Conformação”. Com esse procedimento,
evitaremos erros nas peças para ferramentas de conformação.
Face Limite da ferramenta de
conformação. face limite da
ferramenta de conformação, não
irá penetrar na chapa metalica.
Define se haverá abertura ou
não no puncionamento.
Se em branco, haverá apenas
uma marcação, repuxo.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Cria-se uma pasta em um local
conhecido ou em um local
comum a todos os usuários.
Apontaremos o local
da pasta na Biblioteca
de projetos.
Após inserido o local
de arquivo,
configuraremos a
pasta para
ferramentas de
conformação.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Estudo 02
Para que possamos utilizar a ferramenta de conformação criada, necessitamos
de uma peça em chapa metálica. Criaremos uma peça base para a utilização desse
recurso.
A peça base terá uma geometria simples, apenas para estudo da ferramenta de
conformação. Será um chapa metálica de 2 mm de espessura, com raio de dobra de
4 mm.
Para inserir a ferramenta de conformação na chapa metálica, clica-se
com o botão esquerdo do mouse, segura-se o clique e arrasta-se o
recurso para a face na qual se deseja inserir o puncionamento.
Após inserido, posiciona-se o recurso, utilizando cotas e o recurso modificar para girar
a punção. Para inverter o lado do puncionamento clica-se em “TAB” antes de soltar o
Clique.
Clica-se na ferramenta
de punção e arrasta-se
para a chapa metálica.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Punção inserida na
chapa metálica
Após inserido o
recurso, edita-se o
esboço na árvore de
projeto para realizar o
posicionamento.
Antes de inserir as
cotas podemos girar,
transladar ou escalar o
esboço.
Concluindo o recurso
inserem-se as cotas.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da
dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Criar a Ferramenta de conformação
- Configurar a Biblioteca de Projeto
- Peça Base para Conformação 100x30x10 mm – Ressalto: 75x15 mm
- Filetes de face 15 mm
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 3 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Criar a Ferramenta de conformação
- Configurar a Biblioteca de Projeto
- Peça Base para Conformação 25x25 – Ressalto: Ø 13 mm x 10
- Filetes 8.5 mm
• Peça 03
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Completaremos o Exercício Anterior com o Puncionamento Abaixo.
- Círculo com Ø14 mm - Extrusão de 3 mm - Domo com 6 mm
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Respiradouro
O respiradouro tem a função de criar uma entrada de refrigeração ou
escoamento de fluido para o projeto. É um recurso amplamente utilizado em projetos
nos quais o seu uso necessitará de entradas ou saídas de ar para o resfriamento
interno. Comumente podemos ver o emprego dessa função em fontes de alimentação
de computadores, grades de proteção em ventiladores, proteção de encanamento de
esgoto (ralo), etc. Sua principal função é oferecer uma área para vazão.
Esse recurso necessita de um esboço, que deve conter uma estrutura de limite,
longarinas e nervuras. Após a criação do esboço configura-se o respiradouro. Durante
a configuração, pode-se ter a leitura da área de vazão.
Não necessariamente deve ser utilizado com o recurso de chapa metálica,
porém é mais utilizado em projetos que utilizam como base a chapa metálica.
Estudaremos o recurso abaixo:
- Estudo 01
Para que possamos utilizar o Respiradouro, necessitamos de uma peça base.
Criaremos uma peça em chapa metálica para a utilização desse recurso.
A peça base terá uma geometria simples, apenas para estudo da ferramenta de
conformação. Será um chapa metálica de 2 mm de espessura, com raio de dobra de
4 mm.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Realizada a peça base, selecionaremos uma face e criaremos o
esboço para o recurso de respiradouro. O esboço deve conter as
informações necessárias para receber a configuração de respiradouro.
Esboço Limite
Longarina
Nervura
Preenchimento
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Esboço Limite:
Selecione os segmentos do esboço
para formar um perfil fechado como os
limites externos do respiradouro. Se
você selecionou previamente um
esboço, suas entidades externas serão
usadas como limites.
É possível criar respiradouros em
qualquer formato.
Selecione uma face plana ou não plana
para o respiradouro. O esboço inteiro
do respiradouro precisa caber na face
selecionada. O esboço do respiradouro
necessita estar em um plano paralelo à
face na qual receberá o respiradouro.
Aplica uma inclinação ao limite, limite
de preenchimento, e a todas as
nervuras e longarinas. Nos
respiradouros em faces planas, a
inclinação é aplicada a partir do plano
de esboço.
Define o raio do filete, que é aplicado a
todas as intersecções entre limites,
nervuras, longarinas e o limite de
preenchimento.
Sem Raio Com RaioÁrea total do
respiradouro
Área com fluxo
Cria uma barreira na entrada de
ar. Tem a função de filtrar e
proteger a entrada do furo. Define a profundidade da nervura.
No caso da chapa metálica será a
mesma da espessura da chapa.
Define a largura da
nervura.
Tem a função de oferecer
sustentação e rigidez as
nervuras.
Selecione entidades de esboço que
formem um perfil fechado. Pelo
menos uma nervura precisa
interceptar o limite de preenchimento.
Não necessariamente precisa ser
utilizado.
Gera uma lista de favoritos
que podem ser reutilizados
em outros projetos.
Redefine os valores com Nenhum
favorito selecionado e as
configurações predeterminadas.
Adicionar ou atualizar um
favorito
Excluir favorito
Salva favorito
Carrega favorito
Define um espaçamento entre a nervura
e o plano no qual esta inserida.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o
Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da
dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Peça utilizada no Estudo de Caso
- Utilizar o recurso de Respiradouro para concluir o projeto.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme listados abaixo:
- Chapa de 4 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Utilizar o recurso de Respiradouro para concluir o projeto.
• Peça 03
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa de 4 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020
- Utilizar o recurso de Respiradouro para concluir o projeto.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Dobrar/Desdobrar
Para que possamos modificar ou trabalhar a região de dobra de uma peça e a
alteração se propague para o projeto final, utilizamos o recurso de Dobrar e Desdobrar.
O Recurso Dobrar e Desdobrar planifica e dobra uma dobra já existente,
diferentemente do recurso de planificar, o qual planifica todas as dobras existentes.
Estudaremos o caso abaixo para uma melhor visualização do recurso.
- Estudo 01
Para que possamos utilizar o recurso de Dobrar e Desdobrar, necessitamos de
uma peça base com no mínimo uma dobra. Criaremos uma peça simples em chapa
metálica com espessura de 4 mm e raio de dobra com 8 mm.
Utilizando o recurso
de Desdobrar
Chanfro na Região
do corte
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Seleciona-se a face
fixa.
Seleciona-se a face a
que pertence à maior
região da peça.
Selecionam-se as regiões das
dobras que se deseja dobrar ou
desdobrar.
Coleta todas as regiões de
dobras, planificando a peça.
Para esse recurso, será
acrescentado um ícone na árvore
de projeto toda vez que for
utilizado, aumentando o tempo de
reconstrução da peça.
Planificar não habilita o uso dos
recursos de chapa metálica.
Dobrar/Desdobrar possibilita o usos
dos recursos de chapa metálica.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da
dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa 4 mm de Esp. para fora - Utilizar o recurso de Dobrar/Desdobrar.
- Face Fixa será a aresta da chapa - Círculo 500 mm - Abertura com 10mm
- Comprimento 500 mm - Utilizar padrão acionado por esboço
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa 0.75 mm de Esp. para fora
- Utilizar o recurso de Dobrar/Desdobrar.
- Comprimento 100 mm
• Peça 03
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa 0.75 mm de Esp. para fora
- Utilizar o recurso de Dobrar/Desdobrar
- Comprimento 1000 mm - 25 furos de 10 mm eqüidistantes
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Inserir Dobras e Rasgo
Outra forma de converter um corpo sólido em uma configuração de chapa
metálica é utilizando o recurso de Inserir dobras juntamente com o recurso de rasgo.
Para o uso desses dois recursos é necessário que o corpo sólido seja de
espessura fina ou tenha o recurso de casca. A espessura do recurso de casca será a
espessura da chapa metálica. A espessura deve ser uniforme, ou seja, não deve ter
mais de uma espessura.
Iremos estudar os dois recursos individualmente nesse primeiro momento. Após,
iremos estudar os dois recursos juntos, pois um recurso complementa o outro.
A intenção geral desses dois recursos é transformar o sólido em chapa metálica
para planificar, além de saber a área total da chapa para a manufatura.
- Inserir Dobras
Começaremos o estudo desse recurso realizando um corpo sólido com
100x200x300 mm. Após, inseriremos o recurso de casca e por fim concluiremos o
projeto inserindo o recurso de Inserir Dobras para converter em chapa metálica.
Para que a peça possa
ser planificada, devem-
se abrir as arestas.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Seleciona-se uma base
fixa para iniciar o recurso
de dobras.
Raio das dobras, para configurar
esse tópico é necessário saber a
espessura da casca. Aconselha-
se o mínimo de 1 vez e meia da
espessura.
Quando marcado ignora as
faces oblíquas dos chanfros e
pequenas faces em grau.
Corretor de dobra para a
manufatura.
Alívio na região de dobra para
eliminar as tensões nas regiões
das dobras.
Selecionam-se as arestas
nas quais devem ser
inseridos os rasgos.
Aberturas para planificação.
Altera a direção da abertura. É
orientado por uma seta. Há
dois tipos básicos de rasgo.
- Sobrepor um flange no outro
- Abertura de ambos os lados
para inserir corão de solda.
Espaçamento da abertura.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Após inserido o recurso de Inserir Dobras, ele é dividido em 4
recursos de controle na árvore de projeto. São eles:
a) Rasgo
b) Chapa Metálica
c) Planificar Dobras
d) Processar Dobras
a) Rasgo: Esse item armazena as configurações referentes aos rasgos,
aberturas. Configura as arestas que devem ser abertas para realizar a
planificação. É possível resselecionar as arestas, alterar as direções de
abertura e reconfigurar o espaçamento existente.
b) Chapa Metálica: Contém as informações referentes à chapa metálica.
Podem-se resselecionar a face fixa, alterar o raio de dobra, editar a
tolerância de dobra e re-editar o alívio de dobra.
c) Planificar – Dobras: Representa a peça planificada. Esse recurso contém
informações relacionadas à conversão dos cantos. Cada dobra gerada a
partir do modelo é exibida como um recurso separado em Planificar-Dobras.
As dobras geradas a partir de cantos com filete, faces cilíndricas e faces
cônicas são exibidas como Dobras Arredondadas, e as geradas a partir de
cantos agudos são exibidas como Dobras Agudas.
Tipos de dobras
Agudas
A dobra aguda é criada pelo
acréscimo de dobras a um
modelo que possua cantos
agudos e uma espessura
uniforme.
Arredondadas
A dobra arredondada pode ser criada pelo
acréscimo de dobras a um modelo que
possua cantos arredondados ou com filetes
e uma espessura uniforme. Ela pode
também ser criada com faces cilíndricas e
cônicas.
Planas
A dobra plana é criada com
uma linha de dobras esboçada
na peça de chapa metálica
planificada.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
d) Processar Dobras: Representa a transformação da peça planificada na
peça formada, com acabamento final. Esse recurso agrupa as dobras
esboçadas, é possível criar novas dobras a partir das linhas de um esboço.
Essas novas dobras podem ser configuradas individualmente. Para cada
dobra (linha) é possível configurar ângulo de dobra, raio, tolerância e alívio.
Esse item agrupa todas as dobras realizadas após a conversão da dobras.
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da
dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Cria a Peça Sólida com 200 mm - Octógono de 500 mm Inscrito
- Utilizar o recurso de Casca 2 mm p/ Fora - Utilizar Inserir Dobras
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
• Peça 02
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Chapa 1 mm de Esp. para fora
- Cria a Peça Sólida com 400 de Extrusão
- Utilizar o recurso de Casca - Utilizar Inserir Dobras
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Rasgo
Esse recurso realiza uma abertura em um corpo com o recurso de casca ou de
espessura fina. A abertura utiliza como base esboços com linhas ou atrás de arestas
lineares, ainda há a possibilidade de mesclar os dois modos.
O Rasgo geralmente é utilizado como elemento preparatório para a transição de
um corpo para os recursos de chapas metálicas, porém não é um item exclusivo de
chapa metálica, pode ser utilizado para desenvolver outros tipos de projetos, como
moldes ou modelagem de geometrias complexas.
Para utilizar esse recurso é necessário que a peça esteja configurada com
recurso fino ou utilizando o recurso de casca. Ou seja, é necessário que a peça tenha
uma espessura.
As linhas dos esboços terão que ligar as extremidades das faces e não poderão
estar formando regiões fechadas gerando corpos independentes.
Iremos compreender melhor a aplicação desse recurso com o estudo de caso
abaixo:
- Estudo 01
Começaremos o estudo desse recurso criando um corpo sólido com
100x250x150 mm e com ângulo de 10º. Inseriremos o recurso de casca com 2mm de
espessura e, por fim, concluiremos o projeto inserindo o recurso de Rasgo e Inserir
Dobras para converter em chapa metálica.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Após criada a peça base.
Esboça-se um segundo
retângulo na face superior
da peça para gerar um
rebaixo.
Realizado o rebaixo, criaremos
o recurso de casca eliminando a
face do rebaixo.
Esboçaremos 4 linhas na face
superior para que sirvam de
base no recurso de Rasgo.
Selecionaremos as
Arestas e as Linhas no
recurso de Rasgo.
Converteremos o
resultado em chapa
metálica utilizando o
recurso de Inserir
Dobras.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Seleção de Linhas ou
Arestas para a abertura.
Altera a direção do rasgo,
pode-se configurar 3 tipos
diferentes. A alteração pode-se
dar por clicar em Alterar
Direção ou diretamente na seta
da aresta.Configura-se o valor do
espaçamento da abertura do
rasgo.
Por padrão a direção de
abertura do rasgo virá para
ambos os lados.
Duas DireçõesDireção 01Direção 01
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar
o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da
dobra.
• Peça 01
Realizar a criação do modelo conforme abaixo:
- Cria a Peça Sólida 450x200x300 com ângulo de 6º
- Casca com 3 mm de esp.
- Utilizar o recurso de Rasgo - Utilizar Inserir Dobras
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Exercícios Complementares
Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o
Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista
isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado
planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da
dobra.
- Complementar 01:
- Espessura da Chapa: 1 mm - Raio de Dobra: 6 mm - Material: Latão
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Complementar 02:
- Espessura da Chapa: 0.5 mm - Raio de Dobra: 0.75 mm - Material: Alumínio
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Complementar 03:
- Espessura da Chapa: 10 mm - Raio de Dobra: 20 mm - Material: Aço
- A intenção do Exercício é desenvolver o senso de criação de projeto, devido a
isso observe: Criação de Ferramentas, Recursos a serem utilizados, Proporções, etc.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Complementar 04:
- Espessura da Chapa: 6 mm e 20 mm - Raio de Dobra: 12 mm
- Material: Aço - Converter em Chapa Metálica
- Concluir com Respiradouro - Múltiplos Corpos - Largura: 850 mm
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Complementar 05:
- Realizar as Peças individuais - Realizar a Montagem
- Detalhar conjunto e as Peças em um mesmo Arquivo
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Tabelas
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Tabelas
Podemos definir espessuras, raios de dobras e tolerâncias de dobras através de
tabelas geradas no Excel.
Para que possamos utilizar uma tabela, deveremos criá-la:
As tabelas de Dobras Poderão ser criadas através do SolidWorks em:
Inserir >> Chapa Metálica >> Tabela de Dobra >> Novo.
Em Novo, selecionaremos o tipo de tabela a ser criada, as unidades utilizadas e
o caminho onde será salva a tabela.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
A tabela para espessura de chapa deverá ser criada a partir da tabela padrão
existente na instalação do SolidWorks ou ser criada com as devidas características.
A espessura poderá ser configurada diretamente pela entrada do valor da
espessura ou como sendo variável de outros padrões, como por exemplo: Dedução de
Dobra; Valor de Dobra ou Fator K.
Os valores e os nomes comerciais poderão ser definidos conforme informação
do Fornecedor de Chapas Metálicas.
O caminho dos arquivos padrões é:
Local Disco C: >> Arquivo de programas >> SolidWorks Corp (versão) >>
SolidWorks >> Lang >> Portuguese Brazilian >> Sheet Metal Gauge Tables >> Tabela
desejada.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Fator K
O Fator K irá corrigir a perda de material na região da dobra, quando planificar a
peça em chapa metálica para manufatura. É definido pela razão da linha neutra com a
espessura da chapa metálica.
Geralmente esse valor é definido através de testes realizados na empresa,
porém pode-se definir através da seguinte fórmula:
K = t / T
K = Fator K
t = Distância da face interna até a linha neutra
O valor deverá ficar entre 0.25 a 0.5 para que sejam evitados erros de
fabricação.
chapasFator K.xls
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Modelagem em Contexto
A modelagem de peças em contexto é a técnica de criação de peças em
ambiente de montagem utilizando o dimensional de outras peças já montadas.
Essa técnica de modelagem é amplamente utilizada para as peças em chapas
metálicas, pela excelente facilidade em projetar invólucros de equipamentos nos quais
a dimensão total é desconhecida ou nos quais há uma necessidade de alteração
dimensional da peça projetada de acordo com o posicionamento dos componentes.
Para que possamos entender melhor essa técnica, iremos começar com o
estudo do exemplo abaixo:
Para iniciarmos o estudo de modelagem em contexto,
iremos criar duas peças, dois tubos de geometrias diferentes.
O primeiro tubo será redondo com diâmetro de 50 mm e
parede de 3 mm. O segundo tubo será quadrado com 70 mm de
aresta e parede de 4 mm. Ambos os tubos terão o comprimento de
1000 mm.
Após criados os dois tubos, criaremos uma montagem colocando-os em
paralelo. Na montagem, iremos confeccionar um suporte de chapa metálica, no qual irá
se ajustar de acordo com as alterações dos perfis.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Posicionado, clicaremos em Inserir Componentes >> Nova peça e clicaremos no
plano em destaque na figura. Por padrão as peças ficarão transparentes, o
CommandManager irá alternar para Editar Componentes e Ferramentas de Esboço.
Para tornar a montagem mais dinâmica para o trabalho, alteraremos o estado de
definição de transparente para opaco, conforme ilustra a figura.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Nota-se que um esboço foi aberto para realizarmos a criação do suporte em
chapa metálica. Além do esboço aberto, foram habilitadas todas as ferramentas
utilizadas para a criação de peças, entre elas as ferramentas de chapa metálica.
Poderemos converter ou aplicar OffSet nas arestas que julgarmos necessárias
para a realização do nosso projeto, ou ainda realizar a cotagem de acordo com as
peças inseridas na montagem. Realizando esses procedimentos iremos garantir a
propagação das alterações das peças “Base (Montagem)” para as peças criadas na
montagem.
Utilizaremos o recurso Flange Base/Aba para criar a peça base em chapa
metálica. Depois, criaremos um plano de distância com dimensão qualquer e
espelharemos a peça de chapa metálica. Concluiremos o projeto de peça metálica
utilizando o recurso de flange de aresta para unir os dois corpos.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Realizada a criação da peça de suporte dos tubos, iremos concluir o recurso de
Editar Componente. Clicaremos em Editar Componente.
Toda peça criada em contexto é de característica virtual, ou seja, o arquivo de
peça é pertencente ao arquivo de montagem. Em outras palavras, o arquivo de peça é
inexistente. A vantagem de obter um arquivo com essas características é o envio da
montagem para outros usuários, pois não há a necessidade de enviar os arquivos de
peças.
Porém, de caráter de fluxo de projeto, gerenciamento de arquivos, codificação,
reposição de peças e demais possíveis usos e alterações, indica-se a exteriorizar o
arquivo de peça.
Para exteriorizar o arquivo de peça, clica-se com o botão direito sobre ela na
árvore de projeto e após clica-se em “Salvar Peça (Arquivo Externo)”.
Podemos Salvar o
arquivo no mesmo
diretório onde está
inserida a montagem,
para isso, é necessário
salvar a montagem
anteriormente.
Especificar um
diretório diferente do
diretório da
montagem. Como
exemplo: diretório
geral na rede.
Mesmo
selecionando
Salvar em Arquivo
externo, pode-se
salvar como
arquivo virtual.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Realizando essa técnica de modelagem de peças em contexto, toda vez que for
alterado o dimensional dos perfis, a peça de suporte será ajustada conforme a
alteração. Com esse vínculo entre Peça x Montagem, evitaremos erros de alterações
em projeto, como alterar o posicionamento dos componentes, porém não alteraremos a
proteção de segurança dos componentes (nesse caso o suporte x dimensão dos
perfis).
Para comprovarmos o vínculo, abra a peça de um dos perfis e altere as
dimensões externas e retorne a montagem.
Exercícios
Para realizar os exercícios de modelagem em contexto,
converse com o seu instrutor.
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Ferramentas para
Manufatura de Dobras
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Máquinas de Dobras (“Dobradeiras”)
As dobradeiras são prensas que apresentam ferramentas de dobras (cunhas)
como característica de uso. Há máquinas automatizadas com comando CNC ou
máquinas de operação manual, ambas possuem o mesmo princípio de operação.
Aplicar uma carga de força sobre a ferramenta de dobra, que é móvel em um sentido.
Com o deslocamento da ferramenta que irá gerar a dobra obteremos o ângulo
de dobra da chapa metálica.
Máquinas de
Operação Manual
Máquina de CNC
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Ferramentas de Dobra
Tipos de Ferramentas
de Dobras
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
Dobras de Tubos
Calandragem de Chapas
Treinamentos SKA - SolidWorks
www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
- Fatores que influenciarão na qualidade da dobra
Entendemos como qualidade de dobra os aspectos geométricos, raio de dobra,
constância da dobra ao longo da chapa, tolerância do raio e ângulo de dobra.
Os principais aspectos que influenciam as variáveis da dobra da chapa metálica são:
- Qualidade da máquina (rigidez, manutenção, lubrificação, acessórios)
- Aspectos físico-químicos da chapa metálica
- Ambiente de operação
- Seleção correta da ferramenta de dobra
- Preparação correta da máquina de dobrar
- Estabilização da chapa metálica na máquina.
Existem muitos fatores que definem a qualidade de uma dobra de chapa metálica.
Algumas devem ser levadas em consideração na hora de projetar uma peça de chapa
metálica, como ferramentas disponíveis na empresa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso desenho técnico
Curso   desenho técnicoCurso   desenho técnico
Curso desenho técnicoHeromo
 
Aula de Tolerancia geometrica
Aula de Tolerancia geometrica  Aula de Tolerancia geometrica
Aula de Tolerancia geometrica Nome Sobrenome
 
27.tolerância geométrica de posição
27.tolerância geométrica de posição27.tolerância geométrica de posição
27.tolerância geométrica de posiçãoEdvaldo Viana
 
19.parâmetros de rugosidade
19.parâmetros de rugosidade19.parâmetros de rugosidade
19.parâmetros de rugosidadeEdvaldo Viana
 
95950 parafusos e-porcas
95950 parafusos e-porcas95950 parafusos e-porcas
95950 parafusos e-porcasMaicon da Luz
 
Tabela diametro-furo-para-fazer-rosca
Tabela diametro-furo-para-fazer-roscaTabela diametro-furo-para-fazer-rosca
Tabela diametro-furo-para-fazer-roscaBraga2013
 
Simbologia de soldagem (aws)
Simbologia de soldagem (aws)Simbologia de soldagem (aws)
Simbologia de soldagem (aws)iversen cabidelli
 
Processo de Usinagem - Torneamento
Processo de Usinagem - TorneamentoProcesso de Usinagem - Torneamento
Processo de Usinagem - TorneamentoMiguel Gut Seara
 
Tabelas para ajustes de eixos e furos
Tabelas para ajustes de eixos e furosTabelas para ajustes de eixos e furos
Tabelas para ajustes de eixos e furosalexcavichiolli
 
DESENHO TÉCNICO HACHURAS
DESENHO TÉCNICO HACHURASDESENHO TÉCNICO HACHURAS
DESENHO TÉCNICO HACHURASordenaelbass
 
DESENHO TECNICO PERSPECTIVA ISOMETRICA
DESENHO TECNICO PERSPECTIVA ISOMETRICADESENHO TECNICO PERSPECTIVA ISOMETRICA
DESENHO TECNICO PERSPECTIVA ISOMETRICAordenaelbass
 
26.tolerância geométrica de orientação
26.tolerância geométrica de orientação26.tolerância geométrica de orientação
26.tolerância geométrica de orientaçãoEdvaldo Viana
 
DESENHO TÉCNICO CORTE PARCIAL
DESENHO TÉCNICO CORTE PARCIALDESENHO TÉCNICO CORTE PARCIAL
DESENHO TÉCNICO CORTE PARCIALordenaelbass
 

Mais procurados (20)

Aula 06 parafusos i
Aula 06   parafusos iAula 06   parafusos i
Aula 06 parafusos i
 
A 3 calculo de dobras
A 3 calculo de dobrasA 3 calculo de dobras
A 3 calculo de dobras
 
Curso desenho técnico
Curso   desenho técnicoCurso   desenho técnico
Curso desenho técnico
 
Aula de Tolerancia geometrica
Aula de Tolerancia geometrica  Aula de Tolerancia geometrica
Aula de Tolerancia geometrica
 
27.tolerância geométrica de posição
27.tolerância geométrica de posição27.tolerância geométrica de posição
27.tolerância geométrica de posição
 
Tabela de roscas x furos
Tabela de roscas x furosTabela de roscas x furos
Tabela de roscas x furos
 
19.parâmetros de rugosidade
19.parâmetros de rugosidade19.parâmetros de rugosidade
19.parâmetros de rugosidade
 
A2.1 simbologia da soldagem
A2.1   simbologia da soldagemA2.1   simbologia da soldagem
A2.1 simbologia da soldagem
 
95950 parafusos e-porcas
95950 parafusos e-porcas95950 parafusos e-porcas
95950 parafusos e-porcas
 
Tabela diametro-furo-para-fazer-rosca
Tabela diametro-furo-para-fazer-roscaTabela diametro-furo-para-fazer-rosca
Tabela diametro-furo-para-fazer-rosca
 
Simbologia de soldagem (aws)
Simbologia de soldagem (aws)Simbologia de soldagem (aws)
Simbologia de soldagem (aws)
 
Solda aula 2 - simbologia
Solda   aula 2 - simbologiaSolda   aula 2 - simbologia
Solda aula 2 - simbologia
 
Processo de Usinagem - Torneamento
Processo de Usinagem - TorneamentoProcesso de Usinagem - Torneamento
Processo de Usinagem - Torneamento
 
Tabelas para ajustes de eixos e furos
Tabelas para ajustes de eixos e furosTabelas para ajustes de eixos e furos
Tabelas para ajustes de eixos e furos
 
DESENHO TÉCNICO HACHURAS
DESENHO TÉCNICO HACHURASDESENHO TÉCNICO HACHURAS
DESENHO TÉCNICO HACHURAS
 
Metalurgia soldagem
Metalurgia soldagemMetalurgia soldagem
Metalurgia soldagem
 
DESENHO TECNICO PERSPECTIVA ISOMETRICA
DESENHO TECNICO PERSPECTIVA ISOMETRICADESENHO TECNICO PERSPECTIVA ISOMETRICA
DESENHO TECNICO PERSPECTIVA ISOMETRICA
 
26.tolerância geométrica de orientação
26.tolerância geométrica de orientação26.tolerância geométrica de orientação
26.tolerância geométrica de orientação
 
16.goniômetro
16.goniômetro16.goniômetro
16.goniômetro
 
DESENHO TÉCNICO CORTE PARCIAL
DESENHO TÉCNICO CORTE PARCIALDESENHO TÉCNICO CORTE PARCIAL
DESENHO TÉCNICO CORTE PARCIAL
 

Destaque

Destaque (20)

Cálculo técnico aplicado a mecanica
Cálculo técnico aplicado a mecanicaCálculo técnico aplicado a mecanica
Cálculo técnico aplicado a mecanica
 
Tabelas de dobramento
Tabelas de dobramentoTabelas de dobramento
Tabelas de dobramento
 
Livro solidworks aperfeicoamento
Livro solidworks aperfeicoamentoLivro solidworks aperfeicoamento
Livro solidworks aperfeicoamento
 
Apostila solidworks impressa
Apostila solidworks impressaApostila solidworks impressa
Apostila solidworks impressa
 
Cap 7 dobramento
Cap 7   dobramentoCap 7   dobramento
Cap 7 dobramento
 
APOSTILA SENAI 2 AJUSTAGEM USINAGEM
APOSTILA SENAI 2 AJUSTAGEM USINAGEM APOSTILA SENAI 2 AJUSTAGEM USINAGEM
APOSTILA SENAI 2 AJUSTAGEM USINAGEM
 
106207431 apostila-de-desenho-vol-1
106207431 apostila-de-desenho-vol-1106207431 apostila-de-desenho-vol-1
106207431 apostila-de-desenho-vol-1
 
112131953 apostila-solidworks-2009
112131953 apostila-solidworks-2009112131953 apostila-solidworks-2009
112131953 apostila-solidworks-2009
 
Desenho de conjunto projeto final..
Desenho de conjunto projeto final..Desenho de conjunto projeto final..
Desenho de conjunto projeto final..
 
Classificação dos aços
Classificação dos açosClassificação dos aços
Classificação dos aços
 
APOSOTILA SENAI 1
APOSOTILA SENAI 1APOSOTILA SENAI 1
APOSOTILA SENAI 1
 
Apostila completa usinagem
Apostila completa usinagemApostila completa usinagem
Apostila completa usinagem
 
Torneamento mecânico
Torneamento mecânicoTorneamento mecânico
Torneamento mecânico
 
Chapa metálica solid works2
Chapa metálica   solid works2Chapa metálica   solid works2
Chapa metálica solid works2
 
Estampagem
EstampagemEstampagem
Estampagem
 
Estampagem
EstampagemEstampagem
Estampagem
 
Tutorial inventor parte 1
Tutorial inventor parte 1Tutorial inventor parte 1
Tutorial inventor parte 1
 
Manual inventor 2015 nivel 1 - laboratorio
Manual inventor 2015   nivel 1 - laboratorioManual inventor 2015   nivel 1 - laboratorio
Manual inventor 2015 nivel 1 - laboratorio
 
Torno Mecânico- Acessórios
Torno Mecânico- Acessórios Torno Mecânico- Acessórios
Torno Mecânico- Acessórios
 
Torno
TornoTorno
Torno
 

Semelhante a Manual chapa

Semelhante a Manual chapa (15)

Linha de divisão em moldes
Linha de divisão em moldesLinha de divisão em moldes
Linha de divisão em moldes
 
Solid works moldes
Solid works moldesSolid works moldes
Solid works moldes
 
Corte e dobra
Corte e dobraCorte e dobra
Corte e dobra
 
Uso de software CAD 3D no desenvolvimento de ferramentas de dobra
Uso de software CAD 3D no desenvolvimento de ferramentas de dobraUso de software CAD 3D no desenvolvimento de ferramentas de dobra
Uso de software CAD 3D no desenvolvimento de ferramentas de dobra
 
Apostila proj ferram tm297
Apostila proj ferram tm297Apostila proj ferram tm297
Apostila proj ferram tm297
 
Apostila proj ferram tm297
Apostila proj ferram tm297Apostila proj ferram tm297
Apostila proj ferram tm297
 
Sebentasw v2
Sebentasw v2Sebentasw v2
Sebentasw v2
 
Revit 2013 pt_modelagem_estrutural_pilares_vigas_contraventamentos
Revit 2013 pt_modelagem_estrutural_pilares_vigas_contraventamentosRevit 2013 pt_modelagem_estrutural_pilares_vigas_contraventamentos
Revit 2013 pt_modelagem_estrutural_pilares_vigas_contraventamentos
 
Estrutura metalica sold edge
Estrutura metalica  sold edgeEstrutura metalica  sold edge
Estrutura metalica sold edge
 
Aula 03
Aula 03Aula 03
Aula 03
 
Sebentasw v2
Sebentasw v2Sebentasw v2
Sebentasw v2
 
Apostila solidworks
Apostila solidworksApostila solidworks
Apostila solidworks
 
Tutorial sw2002
Tutorial sw2002Tutorial sw2002
Tutorial sw2002
 
141 solidworks tutorial_[ist]
141 solidworks tutorial_[ist]141 solidworks tutorial_[ist]
141 solidworks tutorial_[ist]
 
Tema2
Tema2Tema2
Tema2
 

Último

Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Dirceu Resende
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)Alessandro Almeida
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfRodolpho Concurde
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdfApresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdfCarlos Gomes
 
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdfCertificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdfLarissa Souza
 

Último (6)

Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdfApresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
 
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdfCertificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
 

Manual chapa

  • 1. 0800 510 2900 | www.ska.com.br Treinamentos SKA Chapas Metálicas
  • 2. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Chapas Metálicas As peças de chapas metálicas são amplamente utilizadas no universo metal- mecânico, geralmente aplicadas como invólucros de componentes ou para oferecer suporte a outros componentes. O objetivo deste módulo é especificar as funcionalidades dos recursos específicos para Chapa Metálica. - Introdução O SOLIDWORKS oferece recursos e funcionalidades específicas para o projeto de Chapa Metálica. Adiciona as Configurações de Chapas Metálicas na árvore de Projeto. Converte uma Peça Sólida ou com Recurso de Casca em Chapa Metálica. Realiza a Transição entre duas geometrias utilizando as configurações de chapas metálicas. Cria uma nova aba a partir de uma aresta. Adiciona uma série de flanges a uma ou mais arestas de uma peça de chapa metálica. Adiciona uma bainha à peça de chapa metálica na aresta selecionada. Cria duas dobras a partir de uma linha esboçada. Cria uma dobra a partir de uma linha esboçada. Insere uma representação gráfica de quebra em cruz em uma peça de chapa metálica. Realiza o tratamento dos cantos do recurso de chapa metálica. Desdobra uma dobra realizada. Configura uma peça para ser utilizada como ferramenta de conformação. Planifica a peça em chapa metálica. Dobra uma dobra desdobrada.
  • 3. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Flange-Base/Aba O Flange-Base/Aba é o primeiro recurso em uma nova peça de chapa metálica. Quando adiciona-se um recurso de Flange-Base/Aba a uma peça do SolidWorks, essa peça é configurada com os padrões de chapa metálica. As dobras são adicionadas aos locais apropriados e os recursos específicos de chapa metálica são inseridos na árvore de projetos. Com o Flange-Base/Aba é possível criar uma peça de chapa metálica com múltiplos corpos ou múltiplas espessuras. Iniciaremos o estudo do Flange-Base/Aba criando a peça abaixo: - Esboçam-se duas linhas em “L” em um plano. Logo após, cota-se os comprimentos com 50 mm e 100 mm. Clica-se na aba de Chapa Metálica e no ícone Flange-Base/Aba. Imagem do Esboço Final
  • 4. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Para habilitar as ferramentas de chapas metálicas, deve-se clicar com o botão direito sobre uma das abas do CommandManager, após sobre a palavra Chapa Metálica. Inserido a aba de Chapa Metálica, pronto para utilizar o recurso de Flange-Base/Aba. Iniciado o recurso, iremos configurar as dimensões da chapa que será criada. Para a configuração, será aberto um configurador (Property Manager) do lado esquerdo do SolidWorks. Configuraremos a Chapa Metálica com 50 mm de extrusão na Direção 1, 4 mm de Espessura de Chapa, 8 mm de raio de dobra, Fator K com 0.5 e Alívio Automático Retangular com razão de 0.5. Direção 1 = Realiza a extrusão do recurso de Chapa Metálica na ferramenta de Flange-Base/Aba. Iremos adotar 50 mm, Plano Médio. Usar Tabela de Calibres = Pode-se usar uma tabela do EXCEL para configurar a espessura e o raio de dobra da Chapa Metálica. T1 = Configura-se a que terá Espessura da Chapa. Utilizaremos com a dimensão de 4 mm. Direção Inversa = Inverte a posição da chapa em relação ao esboço. Fator K = é um valor X que determina a posição da linha Neutra para o cálculo de dobra. Adotaremos a razão de 0.5 Alívio Automático = Insere cortes de automáticos para alívio nas dobras.
  • 5. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Após realizado o recurso de Flange-Base/Aba, irão aparecer 3 ícones na árvore de projeto. Esses ícones são característicos aos recursos de Chapa Metálica. São eles: Chapa Metálica, Flange-Base e Padrão-Plano. Além desses itens irão aparecer duas pastas, a pasta de Equações e a pasta de Lista de corte. Concluída a criação da peça de chapa metálica, realiza-se a furação com o recurso Assistente de Perfuração. Serão 3 furos M5 escareados a 90º, condição final Passante. Após, salva-se a peça para realizarmos o detalhamento. Para realizar a planificação, clica-se no ícone Planificar aba de recursos de Chapa Metálica. Para voltar ao estado dobrado, clica-se novamente no ícone. Equações = Criam relações matemáticas entre as dimensões do modelo. Lista de Corte = reconhece os materiais ao determinar se os corpos são idênticos, agrupando- os em pastas distintas. Plano-Padrão = Contém informações de planificação da chapa. Flange-Base = Contém informações referentes à espessura, raio de dobra e extrusão. Chapa Metálica = Contém os parâmetros de dobra predeterminados. Para editar o raio de dobra predeterminado, a tolerância de dobra, a dedução de dobra ou o tipo de alívio predeterminado. Planificar
  • 6. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Iremos realizar a folha de processo dessa peça. Para realizar o detalhamento, clica-se em “Arquivo >> Criar desenho a partir da peça”. Após, seleciona-se o padrão de folha a ser utilizado. Concluímos o estudo do Flange- Base/Aba com o Detalhamento (Desenho) para manufatura da peça projetada. O detalhamento contém as dimensões de furação, espessura da chapa, material, posição de furação, especificação dos furos, etc. Contém também as informações sobre a dobra da peça, ângulo de dobra, posição de dobra, direção da dobra. Na Paleta de Vista ao lado direito da área de trabalho do SolidWorks, além das vistas padrões de detalhamento, será acrescentada mais uma vista, a vista planificada da peça de chapa metálica. O nome dessa vista é “(A) Padrão Plano”. Inserindo a Vista Planificada na folha de Processo, ela virá com a nota da Dobra. A nota irá carregar informações como Direção de Dobra, Ângulo de Dobra e Raio de Ferramenta.
  • 7. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica, logo após criar o Detalhamento. O Detalhamento deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 2 duas vistas da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a peça conforme figura e especificações abaixo: - Chapa de 7.5 mm de Espessura - Raio de Dobra 16 mm - Quebrar cantos vivos - Furos: M5 90º Passante - Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 100 mm
  • 8. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a peça conforme figura e especificações abaixo: - Chapa de 4 mm de Esp. - Furos: M3 Escareado 90º Passante - Material: Aço AISI 1045 • Peça 03 Realizar a peça conforme figura e especificações abaixo: - Chapa de 0.75 mm de Espessura - Raio de Dobra 5 mm - Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 1500 mm
  • 9. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Converter em Chapa Metálica O comando Converter em chapa metálica permite especificar espessura, dobras e rasgos necessários para converter um corpo sólido, de superfície ou importado em uma peça de chapa metálica. Iniciaremos o estudo de converter em chapa metálica convertendo uma peça sólida de geometria simples em chapa metálica. A peça que iremos criar é um cubo. Criaremos um cubo de 300 mm de aresta e em uma das Faces do Cubo esboçaremos um L ligando o centro de duas arestas perpendiculares. Após, clicaremos no ícone “Converter em Chapa Metálica” e configuraremos os parâmetros da chapa. As configurações de chapa metálicas serão: - 4 mm de espessura para o lado de fora do cubo - Raio de dobra de 8 mm - Alivio de dobra de Ruptura – Deixaremos com a abertura para cima Criaremos o cubo de 300 mm de aresta com o recurso de “Ressalto/Base Extrudado.” Depois de criado o corpo sólido, selecionaremos uma face e esboçaremos o as duas linhas unindo as arestas. Realizada esta etapa, clicaremos no recurso de conversão em chapa metálica na aba de Chapa Metálica.
  • 10. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 f Seleção da Face Fixa para Planificação, face na qual iniciaremos com a configuração de chapa metálica. Configura-se a espessura da chapa. Configuraremos com 4 mm. Configuração do Raio de Dobra. Para esse campo configuraremos com 8 mm de raio. Inverte a posição da espessura em relação à peça base. Para o nosso estudo marcaremos essa opção. Selecionam-se as arestas nas quais serão inseridas as dobras. As arestas devem estar ligadas à Face Fixa. Adota-se a ideia do processo de fabricação para a seleção das arestas. Encontra automaticamente as arestas que serão “abertas” para realizar a planificação. Reconhece e seleciona automaticamente as dobras pré- existentes em uma peça de chapa metálica importada de outro programa de CAD 3D. Seleciona-se o esboço, 2D ou 3D, no qual será efetuada a abertura da chapa metálica. O esboço NÃO pode conter um contorno fechado e nem linhas que NÃO formem uma cadeia contínua. Espaçamento padrão para todos os rasgos. Semelhante ao recurso fino. Alívio de Dobra. Razão do alívio de dobra em relação à espessura da chapa. Peça Sólida com o Esboço para o rasgo Peça de Chapa Metálica Na Arvore de projeto irão aparecer as configurações de Chapas Metálicas e a Pasta de Lista de Corte Conversão
  • 11. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 2 duas vistas da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. Realizar a Criação das Peças e a Conversão para Chapa Metálica. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Espessura - Raio de Dobra 4 mm - Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 300 mm - Contém 2 furos de 100 mm (Rebaixo de 5 mm no Sólido) - Entrada Superior
  • 12. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Espessura Externa - Raio de Dobra 5 mm - Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 1000 mm - Contém 2 furos de 400 mm (Rebaixo de 30 mm no Sólido) - Entrada inferior • Peça 03 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 1,5mm de Espessura Externa - Raio de Dobra 35 mm - Material: Aço AISI 1020 - Largura da peça: 2000 mm - Realizar Modelo em Chapa e Salvar como .IGES, após importar
  • 13. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Dobra com Loft O recurso de Loft para chapa metálica é amplamente utilizado nas técnicas de caldeiraria, pois proporciona a transição perfeita entre duas geometrias diferentes. Com o recurso de Loft é possível realizar a transição entre dois esboços abertos de geometrias diferentes, configurando o número de linhas de dobras para realizar a manufatura e a posição da espessura da chapa em relação ao esboço. Para compreendermos melhor esse recurso, iremos iniciar o estudo da transição de retângulo para um quadrado com desvio de posição entre eles. Criaremos um retângulo de 600x1000 mm. O esboço do retângulo deverá estar aberto, com uma abertura de aproximadamente 20 mm, e os cantos devem estar com um arredondamento de 30 mm. Copiaremos o plano a uma distância de 1000 mm. No plano novo iniciaremos um esboço de um quadrado com 500 mm, novamente com uma abertura no esboço de aproximadamente 20 mm. O quadrado deverá ser criado a 200 mm abaixo do esboço anterior. Realizaremos então a transição entre os dois perfis utilizando o recurso de Dobra com Loft, em Chapa Metálica. Configuraremos com 6 linhas de dobra e a espessura da chapa com 2 mm para o lado externo do esboço. Reordena a seleção dos esboços para ajustá-los ou selecioná-los novamente para conectar os diferentes pontos de conexões nos perfis. Caixa de Seleção dos Esboços. Configura a posição e a espessura da chapa metálica em relação ao esboço Configura o número de linhas de dobra para manufatura. Calcula o número de linhas necessárias para obter o desvio determinado.
  • 14. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Começaremos criando o perfil retangular, 600x100 mm, com uma abertura de 20 mm. No esboço, inseriremos o raio de dobra da chapa metálica nos quatro cantos do retângulo. O raio que iremos adotar será de 30 mm. Realizado o perfil, confirmaremos o esboço. Após, criaremos um plano novo a 1000 mm do plano em que estávamos trabalhando. Nesse plano novo iniciaremos um novo esboço para criar o perfil quadrado de 500 mm com a abertura de 20 mm, no mesmo sentido da abertura anterior. O esboço ficará 200 mm abaixo do retângulo. Nesse esboço realizaremos a quebra dos cantos com a ferramenta esboçar filete, o raio que adotaremos será de 30 mm. Após realizados os dois esboços, iremos utilizar o recurso Dobra com Loft. Selecionaremos os dois esboços, configuraremos a espessura da chapa para 2 mm para fora e 6 linhas de dobra.
  • 15. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as três vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Espessura - Material: Aço AISI 1020 - Diferença de altura de 500 mm - Realizar a Transição dos Oblongos
  • 16. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 3 mm de Espessura para Fora - Material: Aço AISI 1020 - Distância de 1500 mm - Realizar a Transição dos Esboços - Raio de 15 mm - 26 Furos M24 Passantes Equidistantes • Peça 03 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 4 mm de Espessura para Fora - Material: Aço AISI 1020 - Distância de 1000 mm - Realizar a Transição dos Esboços
  • 17. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Flange de Aresta Permite criar um flange a partir de uma peça de chapa metálica já existente. Cria uma extensão da aresta existente, podendo ser configurada de acordo com o projeto. Amplamente utilizada para controlar a posição da chapa em relação ao esboço ou projeto. Pode-se criar um Flange de Aresta a partir de uma ou múltiplas seleções de arestas, incluindo arestas circulares, curvas e tangentes. O flange de aresta permite a configuração da extensão do flange em relação à aresta, o ângulo de inclinação do flange, o comprimento do flange que está sendo criado, posição da dobra e a união entre dois corpos de chapa metálica. Estudaremos os casos abaixo, para que se possa compreender melhor esse recurso. - Estudo 01: Este estudo visa demonstrar a união de dois corpos de chapa metálica através do recurso de Flange de Aresta. Criaremos uma peça com dois corpos utilizando a configuração de chapa metálica e utilizaremos o recurso de Flange de Aresta para concluir o projeto. Criaremos os corpos de chapa metálica conforme perfil abaixo. A chapa metálica terá uma espessura de 7 mm, haverá uma distância de 500 mm entre os corpos e uma diferença de 100 mm de altura entre os corpos. Logo após, uniremos os dois corpos utilizando o recurso de Flange de Aresta. A chapa gerada terá a dobra para fora da aresta.
  • 18. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Caixa de Seleção das Arestas. Edita a posição do flange de arestas, permite modificar as abas, individualmente, acrescentando furos ou recortes, conforme necessário. Marcado, utiliza as configurações da chapa base. Configura o raio e o espaçamento da chapa que está sendo criada. Configura o ângulo de abertura da nova chapa. Seleciona-se a referência para o ângulo a ser configurado, caso necessário. Pode-se selecionar perpendicular ou paralelo à face selecionada. Configura a condição final do flange de aresta. Pode-se configurar o flange com um comprimento a ser definido (CEGO), através de um ponto de referência (ATÉ O VERTICE) ou até outra aresta concatenando os corpos. Define a condição de medida para a condição Cego. Referência através de um ponto virtual, o qual pode ser interno ou externo à aresta base. Posição da dobra com referência na aresta selecionada. Pode-se configurar como: Material no Interior, Material no Exterior, dobra para Fora, Através de um ponto virtual. Remove o material extra na dobra, suavizando e corrigindo o material necessário para manufatura. Define um espaçamento da posição inicial de dobra. Configura-se a tolerância de Dobra para a correção de comprimento da chapa no estado planificado. Há 4 tipos de configurações: Tabela de Dobras, Fator K, Tolerância de Dobra e Dedução de Dobra. Define o tipo de alívio a ser utilizado. Deve-se marcar para evitar acúmulo na região da dobra, quando manufaturado.
  • 19. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
  • 20. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Estudo 02: Este estudo visa demonstrar a utilização do Flange de Aresta para concluir a criação de uma peça de chapa metálica. Criaremos uma peça base utilizando a configuração de chapa metálica e utilizaremos o recurso de Flange de Aresta para concluir o projeto. A chapa metálica terá uma espessura de 7 mm e raio de dobra de 20 mm, o material utilizado é o Aço AISI 304. A peça possui 16 furos M10 passantes em ambas as abas. Será convertida uma peça sólida para chapa metálica. Haverá dois rasgos na peça de chapa metálica. Após a conversão, concluiremos o projeto com Flange de aresta. Peça sólida com 300 x 500 x 600 mm. Dois esboços em faces distintas. Peça sólida convertida para chapa metálica. Chapa com 7 mm, raio de dobra de 20 mm, espessura para fora. Flange de Aresta com 250 mm de comprimento com ponto virtual externo. 110º de ângulo em relação à aresta. Dobra com material no exterior. Inserção do segundo flange de aresta mantendo a posição do material no interno.
  • 21. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 1 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Raio de 3 mm - Converter em Chapa Metálica - Utilizar o Flange de Aresta: 45º – Corpo Sólido 100x200x300mm
  • 22. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Raio de 4 mm - Realizar a união dos corpos - Utilizar o Flange de Aresta para Concluir o Projeto - Distância entre os corpos de 500 mm • Peça 03 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Esp. - Base: 200x100x150 mm - Raio de 4 mm - Utilizar o Flange de Aresta
  • 23. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 -Flange Contínuo Adiciona uma série de flange em uma aresta ou uma sequência de arestas. O Flange Contínuo tem como base para o seu perfil a criação de um esboço. O esboço é criado em um plano perpendicular a uma aresta. Recurso excelente para criar pequenas abas de fixação em uma peça de arestas tangentes. Para uma melhor compreensão, iremos estudar o caso abaixo. Criaremos uma tampa de fechamento para um componente eletrônico. Esse produto terá uma aba de encaixe, criaremos utilizando o recurso de flange contínuo. A tampa terá 300 x 150 mm e um comprimento de 400 mm. A espessura da chapa será de 1 mm, com raio de dobra de 2 mm. Material para fora. Para a criação do Flange Contínuo, é necessário selecionar uma aresta, a qual será perpendicular ao esboço criado. No plano que será criado perpendicularmente à aresta, esboça-se o perfil do flange. Configura-se o Flange Contínuo. Após , confirma-se o recurso.
  • 24. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Caixa de Seleção de Arestas a receberem o flange contínuo. Raio da Chapa metálica que será criada. Marcada será utilizado o raio da peça base. Posição do Flange em relação ao esboço criado. Remove o material extra na dobra, suavizando e corrigindo o material necessário para manufatura. Configura-se o espaçamento da junção de duas arestas. Configura-se o espaçamento inicial e final do flange. Fator de correção de dobra para manufatura.
  • 25. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI 304 - Raio de 6 mm - Altura do 1º flange: 500 - Peça Base: 300x500x400mm - Material no Exterior
  • 26. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Bainha O recurso de Bainha tem como funcionalidade principal aumentar a resistência mecânica na aresta da peça projetada com chapa metálica. Há a possibilidade de criar peças com geometrias diferenciais utilizando o recurso de bainha, como dobradiças e presilhas. Para o estudo desse recurso iremos analisar os dois exemplos abaixo. - Estudo 01: Criaremos uma peça base utilizando a configuração de chapa metálica e, após, concluiremos o projeto utilizando o recurso de bainha. A chapa metálica terá uma espessura de 4 mm, o material será em aço AISI 4340. Haverá três furos M5 escareados a 90º, passante, equidistantes na aresta.
  • 27. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Estudo 02: Criaremos a peça utilizando a configuração de chapa metálica e concluiremos o projeto aumentando a resistência mecânica das arestas. A chapa metálica terá uma espessura de 1,5 mm, o material será em aço AISI304, posição da chapa metálica para exterior. Será utilizado o recurso de Flange de aresta para a fixação. A base terá 100x300x400 mm.
  • 28. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Seleção de arestas nas quais será inserido o recurso de bainha. Edita o perfil da bainha, assim como a posição e o comprimento do recurso. Seleciona posição da dobra em relação à seleção de aresta. Pode-se configurar o material no interior ou Dobra para Fora. Seleciona o tipo de bainha a ser inserido. Poderá ser configurado como: - Material Fechado - Abrir, com espaçamento - Acabamento em Arco Estendido - Acabamento em Arco (Utilizado na Fechadura) Configura o comprimento da Bainha e o Espaçamento entre a chapa base e o recurso. Fator de correção de dobra para manufatura. Alivio de tensão na região da Dobra.
  • 29. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 1.5 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Utilizar o Recurso Bainha para Concluir o projeto - Dobra para o interior -Acabamento em Arco - Raio de 10 mm - Ângulo de 250º
  • 30. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Desvio O Recurso de Desvio cria duas dobras simultâneas a partir de uma linha de referência. Para o recurso de desvio, a linha de referência não necessita ter medida de comprimento, mas sim de posicionamento a partir da chapa base. O esboço deve conter somente uma linha de referência para a primeira dobra, a segunda dobra será configurada através do recurso. Estudaremos o exemplo abaixo para uma melhor compreensão. Estudo 01: Realizaremos um estudo utilizando os recursos de: Converte em chapa metálica, Flange de Aresta e Desvio. Começaremos convertendo o cubo, de 50x50mm, em chapa metálica. Após, aplicaremos o recurso de desvio e, por fim, concluiremos com o recurso bainha. A espessura da chapa será de 0,75 mm, o material será o aço AISI 304. A chapa irá conter um rasgo no qual será colocada o desvio, concluiremos com o recurso de bainha. Na face em destaque, criaremos um esboço para inserir o rasgo. Esboçaremos um quadrado de 25 mm. Após, clicaremos no recurso de Desvio e selecionaremos a face em destaque. Esboçaremos uma linha que servirá de início do desvio.
  • 31. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Seleção da face fixa. Clica-se na face e, na posição do click, será inserido um ponto preto indicando a posição da face fixa. Marcado, utiliza o raio definido anteriormente, no caso, a conversão. Condição final define a altura que terá o desvio. Pode-se adicionar um valor ou selecionar uma referência. Utilizaremos um desvio de 10 mm. Define a posição que será medida pela condição final. Habilita três tipos: Off Set para Fora, Off Set para Dentro e dimensão total. Quando marcado, preserva o comprimento projetado. Quando desmarcado, calcula a perda do comprimento total na região de dobra e desvio. Define a posição da dobra em relação ao esboço inicial. Configura-se o ângulo com que será gerado o desvio.Fator de correção de dobra para manufatura.
  • 32. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Comprimento da Chapa: 300 mm - Material no Exterior - Desvio de 12 mm, comprimento total, 90º, Dobrar na linha de Centro - Fixar Comprimento Projeto Marcado - Posição desvio a 100 mm - Concluir com o projeto com o recurso de bainha Configuração da bainha
  • 33. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 1 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Converter em Chapa Metálica - Material no Exterior - Desvio de 100 mm, comprimento total, 90º, Dobrar para fora - Fixar Comprimento Projeto Desmarcado - Posição desvio centro - Concluir com o Recurso de bainha
  • 34. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Dobra Esboçada A Dobra Esboçada permite configurar uma dobra a partir de uma linha esboçada em um Flange/Aba. Extremamente importante quando há restrição de chapa metálica para manufatura, pois cria-se a chapa metálica planificada e inserem-se as dobras posteriormente, mantendo as dimensões iniciais da chapa metálica. Pode-se utilizar para criar novas dobras a partir de um projeto base, configurando as dobras com maior precisão ou partindo de um projeto planificado. Para uma melhor ilustração do recurso, observa-se o exemplo abaixo: Criaremos uma peça simples para mostrar o recurso de dobra esboçada, um retângulo com 100x300, espessura da chapa 3 mm. A dobra esboçada ficará a 100 mm da aresta da peça, a dobra será para fora. O comprimento da linha de base para inserir a dobra não é relevante, porém a sua posição em relação à dobra é de extrema importância.
  • 35. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Face Fixa, face na qual ficará fixa durante a planificação.Posições de Dobra: pode-se configurar em 4 posições diferentes: - Posição da dobra em cima da linha esboçada - Dobra com material no interior - Dobra para fora - Dobra com material no Exterior Configuração do ângulo de dobra. Raio de Dobra, quando marcado utilizará o raio de dobra especificado anteriormente, na peça base. Fator de correção da dobra para manufatura. O recurso de Dobra Esboçada aceita somente linhas, e estas não devem se interceptar. Aceita múltiplas dobras para um mesmo recurso com a mesma configuração de dobra, respeitando o requisito acima.
  • 36. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 1.5 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Esboçar e Realizar as dobras necessárias para conclusão do projeto. - Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 0.5mm
  • 37. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Alumínio - Esboçar e Realizar as dobras necessárias para conclusão do projeto. - Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 4 mm • Peça 03 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 1 mm de Esp. - Material: Alumínio - Esboçar e Realizar as dobras necessárias para conclusão do projeto. - Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 2 mm
  • 38. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Quebra em Cruz Nos trabalhos de projeto de ventilação (HVAC - Heating, Ventilating and Air Conditioning) ou outros tipos de dutos, as quebras em cruz são usadas para aumentar a rigidez das chapas metálicas e melhorar a fluidez do ar no duto. O comando Quebra em Cruz permite inserir uma representação gráfica para manufatura em uma peça de chapa metálica. O recurso de Quebra em Cruz não é uma entidade geométrica e não altera a geometria da peça, pois ele sobrepõe duas dobras. Você pode adicioná-la para fornecer as informações necessárias para manufatura. Veremos o exemplo de Quebra em Cruz: Usar esse recurso é simples: Esboça-se uma peça projetada em chapa metálica. Após, seleciona-se a face na qual será inserida a Quebra e configura-se o recurso. Seleção das Faces a ser adicionada a Quebra em Cruz. Pode-se editar o esboço da Quebra em Cruz. Configura-se o raio de dobra para manufatura. Configura-se o ângulo para a marcação da Quebra em Cruz.
  • 39. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Cantos O SolidWorks trabalha 3 diferentes formas de tratar a junção entre dois flanges e os cantos vivos. Trabalha ainda uma 4º forma, na forma planificada. Os 3 tipos principais são: - Canto Fechado - Canto Soldado - Quebrar Canto/ Aparar Canto O quarto tipo é habilitado quando a chapa metálica está no estado planificado, o quarto tipo é o Aparar Canto. Para que possamos entender melhor cada tipo desse recurso, iremos exemplificá-los de individualmente, começando com o recurso Canto Fechado. - Canto Fechado O recurso adiciona material entre os recursos de chapa metálica. Possui as seguintes capacidades: - Fechar vários cantos simultaneamente por meio da seleção de faces. - Fechar cantos não-perpendiculares. - Aplicar material na diferença entre os flanges com dobras diferentes de 90º. - Ajustar a Distância do espaçamento na região de dobra. -Estudo 01 Criaremos o projeto conforme o esboço abaixo. Chapa Metálica 2 mm de espessura para fora, comprimento 500 mm. Aço AISI 1020. Após, utilizaremos o recurso de Canto Fechado para concluir o Projeto.
  • 40. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Seleciona-se a face da espessura do flange/aba. Face que deverá ser estendida. Seleciona-se a face da espessura do flange/aba. Face que deverá coincidir com a face estendida. Configura-se o tipo de junção entre os dois flanges. Poderá ser configurado de três formas diferentes: - A TOPO: Espaçamento na junção para preenchimento de solda. - SOBREPOR: Sobrepõe a face estendida à face coincidida - POSICIONAR POR BAIXO: Sobrepõe a face de coincidência à face estendida. Distância de espaçamento entre um flange e outro. Pode-se configurar um espaçamento para realizar um cordão de solda na manufatura. Taxa de Sobreposição entre um flange e outro. Utilizado nos cantos de SOBREPOR e POSICIONAR POR BAIXO. O valor é dado em Porcentagem no qual 1 é 100%. Quando marcada desabilita a visualização da abertura na região da dobra. Marcada Desmarcada Quando desmarcada, todas as faces coplanares são selecionadas.automaticamente. Quando marcado, estreita a região da dobra para grandes raios. Quando marcado seleciona a face a coincidir com a seleção da face a estender automaticamente.
  • 41. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Concluído o projeto utilizando o recurso de canto fechado. Prosseguimos o estudo realizando o exercício abaixo e logo após iniciaremos com o recurso de Canto Soldado. Realizada a peça base, concluiremos o projeto utilizando o Flange de Aresta, após, utilizaremos o canto fechado.
  • 42. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 5 mm de Esp. - Material: Alumínio - Esboçar e Realizar as dobras necessárias para conclusão do projeto - Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 10 mm - Usar Flange de Aresta 90 e 75 º
  • 43. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI1020 - Converter em chapa Metálica - Chapa para Fora - Peça com 200x100x150mm - Alívio de Ruptura - Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 4 mm - Usar Flange de Aresta 45º, Para fora, Ponto Virtual Interno, 80mm • Peça 03 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI1020 - Converter em chapa Metálica - Chapa para Fora - Furo M3 Escareado 90º, eqüidistante - Observar a Posição das Dobras - Raio de Dobra: 12 mm - Usar Flange de Aresta 70º
  • 44. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Canto Soldado Adiciona um cordão de solda nos cantos de uma peça de chapa metálica dobrada. A adição de solda inclui flanges contínuos, flanges de aresta e cantos fechados. Esse recurso tem a característica de unificar os flanges, reproduzindo as características do cordão de solda da manufatura. Porém mesmo inserindo o recurso é possível realizar a planificação, pois o canto soldado é suprimido no momento da planificação. Para uma melhor compreensão observemos o exemplo abaixo: -Estudo 01 Criaremos o projeto conforme o esboço abaixo. Converter chapa metálica com 6 mm de espessura para fora. Aço AISI 1020. Após, utilizaremos o recurso de Canto Soldado para concluir o projeto. O corpo sólido será conforme o esboço abaixo, com uma extrusão de 140 mm. Canto Soldado Chapa Planificada com Canto Soldado
  • 45. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Utilizar o Recurso de Canto Soldado nas Peças do Exercício anterior. Seleção das faces a receberem o cordão de solda. Seleciona-se a face da espessura da chapa metálica. Determina o limite de comprimento do cordão de solda na junção dos flanges. Desmarcada realizará um cordão de solda ao longo de toda face. Adiciona um raio de filete na no cordão de solda. O raio do filete precisa ser menor que um arco tangente conectando as arestas externas. Adiciona uma aparência de soldagem no material adicionado. Representação sombreada. Adiciona um símbolo de solda para manufatura, Solda de Topo com o valor do raio.
  • 46. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Aparar Quebrar/Canto Utiliza-se o recurso de Aparar/Quebrar canto para eliminar as arestas “vivas” inerentes à criação do flange base aba. Realiza um chanfro ou filete nas arestas, colocando ou retirando material. Estudo 01 Inserindo Material Retirando Material. Seleção das arestasConfiguração do Tipo de Quebra: - Chanfro - Filete Configuração do Raio
  • 47. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Aparar Canto Utiliza-se o recurso de Aparar Canto para eliminar as arestas “vivas” inerentes à criação do flange base aba, além de realizar o alívio de dobra para manufatura. O recurso Aparar Canto é habilitado quando o projeto de chapa metálica está no estado planificado. Podem-se selecionar as posições, tipo e configurações dos Alívios de Dobra e Quebra de Canto de maneira individual e controlada. Para que possamos entender melhor sobre esse recurso, analisemos o exemplo abaixo: Estudo 01 Este estudo visa ao objetivo de demonstrar o recurso de Aparar Canto. Para isso, realizaremos uma peça em chapa metálica simples, conforme o modelo abaixo. Alívio de Dobra Canto Aparado
  • 48. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Seleção de arestas nas quais será inserida a dobra. Coleta automaticamente todas as possíveis arestas a ser inserido o alívio de Dobra. Configura-se o tipo de alívio a ser inserido. Há 3 tipos diferentes. Circular Desperdiçar dobraQuadrado Centraliza o alívio de dobra Quadrado e Circular no ponto virtual de junção das linhas de dobra. Marcada Desmarcada Configura-se a dimensão do alívio. A dimensão do alivio de dobra pode ser configurada a partir de uma Razão da espessura da Chapa Metálica. Ou poderá ser configurado com a tangência nas linhas de dobra, para a opção centralizar nas linhas de dobra marcada. Pode-se ainda adicionar a quebra dos cantos vivos no alívio de dobra Quadrado. Seleção de arestas a serem chanfradas ou arredondadas. Seleciona automaticamente todas as arestas que devem receber a quebra. Quando marcada impede a seleção das demais arestas, possibilitando somente a seleção de arestas internas. Configura-se o tipo de quebra a ser realizado. - Chanfro - Filete Configura-se a dimensão da quebra de aresta.
  • 49. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Ferramentas de Conformação Para adicionar um repuxo, recorte, persiana, nervuras, estampas, etc., utiliza-se o recurso de ferramenta de conformação. A Ferramenta de Conformação deve ser utilizada com corpos de chapa metálica. Serão corpos sólidos configurados como ferramentas para puncionar, podendo ser adicionados em uma pasta própria agrupando todas as ferramentas a serem utilizadas. Esse recurso deve ser utilizado como item na biblioteca de projetos, daí a necessidade de utilizar uma pasta própria para esse tipo de recurso. Inserindo as ferramentas de conformação em pastas na biblioteca de projeto, poderemos padronizar os recursos para utilização em uma rede de usuários ou reutilizar em projetos diferentes. Estudaremos esse recurso em duas etapas: - 1ª Etapa: Configuração da Ferramenta de Conformação - 2º Etapa: Utilização da Ferramenta de Conformação - Estudo 01 Criaremos uma peça e, após, configuraremos como item de conformação. A Altura não deve ser inferior à espessura da chapa metálica. O Raio não deve ser inferior ao raio configurado na chapa base. Com face a removerSem face a remover
  • 50. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Após configurada a peça como ferramenta de conformação, configuraremos a pasta da Biblioteca de projetos. Criaremos uma pasta com nome de “Ferramentas para Conformação”. Esta pasta deve ser criada em um local comum a todos os usuários ou em um local conhecido pelo usuário. Concluindo a criação da pasta, iremos apontá-la nos locais da Biblioteca de projetos. Inserida a pasta na Biblioteca de projetos, podemos configurá-la para que todos os arquivos que estão dentro dela sejam de ferramentas de conformação. Para isso, basta apenas clicar com o botão direito do mouse sobre a pasta e selecionar “Pasta de Ferramentas de Conformação”. Com esse procedimento, evitaremos erros nas peças para ferramentas de conformação. Face Limite da ferramenta de conformação. face limite da ferramenta de conformação, não irá penetrar na chapa metalica. Define se haverá abertura ou não no puncionamento. Se em branco, haverá apenas uma marcação, repuxo.
  • 51. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Cria-se uma pasta em um local conhecido ou em um local comum a todos os usuários. Apontaremos o local da pasta na Biblioteca de projetos. Após inserido o local de arquivo, configuraremos a pasta para ferramentas de conformação.
  • 52. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Estudo 02 Para que possamos utilizar a ferramenta de conformação criada, necessitamos de uma peça em chapa metálica. Criaremos uma peça base para a utilização desse recurso. A peça base terá uma geometria simples, apenas para estudo da ferramenta de conformação. Será um chapa metálica de 2 mm de espessura, com raio de dobra de 4 mm. Para inserir a ferramenta de conformação na chapa metálica, clica-se com o botão esquerdo do mouse, segura-se o clique e arrasta-se o recurso para a face na qual se deseja inserir o puncionamento. Após inserido, posiciona-se o recurso, utilizando cotas e o recurso modificar para girar a punção. Para inverter o lado do puncionamento clica-se em “TAB” antes de soltar o Clique. Clica-se na ferramenta de punção e arrasta-se para a chapa metálica.
  • 53. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Punção inserida na chapa metálica Após inserido o recurso, edita-se o esboço na árvore de projeto para realizar o posicionamento. Antes de inserir as cotas podemos girar, transladar ou escalar o esboço. Concluindo o recurso inserem-se as cotas.
  • 54. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 2 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Criar a Ferramenta de conformação - Configurar a Biblioteca de Projeto - Peça Base para Conformação 100x30x10 mm – Ressalto: 75x15 mm - Filetes de face 15 mm
  • 55. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 3 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Criar a Ferramenta de conformação - Configurar a Biblioteca de Projeto - Peça Base para Conformação 25x25 – Ressalto: Ø 13 mm x 10 - Filetes 8.5 mm • Peça 03 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Completaremos o Exercício Anterior com o Puncionamento Abaixo. - Círculo com Ø14 mm - Extrusão de 3 mm - Domo com 6 mm
  • 56. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Respiradouro O respiradouro tem a função de criar uma entrada de refrigeração ou escoamento de fluido para o projeto. É um recurso amplamente utilizado em projetos nos quais o seu uso necessitará de entradas ou saídas de ar para o resfriamento interno. Comumente podemos ver o emprego dessa função em fontes de alimentação de computadores, grades de proteção em ventiladores, proteção de encanamento de esgoto (ralo), etc. Sua principal função é oferecer uma área para vazão. Esse recurso necessita de um esboço, que deve conter uma estrutura de limite, longarinas e nervuras. Após a criação do esboço configura-se o respiradouro. Durante a configuração, pode-se ter a leitura da área de vazão. Não necessariamente deve ser utilizado com o recurso de chapa metálica, porém é mais utilizado em projetos que utilizam como base a chapa metálica. Estudaremos o recurso abaixo: - Estudo 01 Para que possamos utilizar o Respiradouro, necessitamos de uma peça base. Criaremos uma peça em chapa metálica para a utilização desse recurso. A peça base terá uma geometria simples, apenas para estudo da ferramenta de conformação. Será um chapa metálica de 2 mm de espessura, com raio de dobra de 4 mm.
  • 57. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Realizada a peça base, selecionaremos uma face e criaremos o esboço para o recurso de respiradouro. O esboço deve conter as informações necessárias para receber a configuração de respiradouro. Esboço Limite Longarina Nervura Preenchimento
  • 58. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Esboço Limite: Selecione os segmentos do esboço para formar um perfil fechado como os limites externos do respiradouro. Se você selecionou previamente um esboço, suas entidades externas serão usadas como limites. É possível criar respiradouros em qualquer formato. Selecione uma face plana ou não plana para o respiradouro. O esboço inteiro do respiradouro precisa caber na face selecionada. O esboço do respiradouro necessita estar em um plano paralelo à face na qual receberá o respiradouro. Aplica uma inclinação ao limite, limite de preenchimento, e a todas as nervuras e longarinas. Nos respiradouros em faces planas, a inclinação é aplicada a partir do plano de esboço. Define o raio do filete, que é aplicado a todas as intersecções entre limites, nervuras, longarinas e o limite de preenchimento. Sem Raio Com RaioÁrea total do respiradouro Área com fluxo Cria uma barreira na entrada de ar. Tem a função de filtrar e proteger a entrada do furo. Define a profundidade da nervura. No caso da chapa metálica será a mesma da espessura da chapa. Define a largura da nervura. Tem a função de oferecer sustentação e rigidez as nervuras. Selecione entidades de esboço que formem um perfil fechado. Pelo menos uma nervura precisa interceptar o limite de preenchimento. Não necessariamente precisa ser utilizado. Gera uma lista de favoritos que podem ser reutilizados em outros projetos. Redefine os valores com Nenhum favorito selecionado e as configurações predeterminadas. Adicionar ou atualizar um favorito Excluir favorito Salva favorito Carrega favorito Define um espaçamento entre a nervura e o plano no qual esta inserida.
  • 59. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Peça utilizada no Estudo de Caso - Utilizar o recurso de Respiradouro para concluir o projeto.
  • 60. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme listados abaixo: - Chapa de 4 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Utilizar o recurso de Respiradouro para concluir o projeto. • Peça 03 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa de 4 mm de Esp. - Material: Aço AISI 1020 - Utilizar o recurso de Respiradouro para concluir o projeto.
  • 61. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Dobrar/Desdobrar Para que possamos modificar ou trabalhar a região de dobra de uma peça e a alteração se propague para o projeto final, utilizamos o recurso de Dobrar e Desdobrar. O Recurso Dobrar e Desdobrar planifica e dobra uma dobra já existente, diferentemente do recurso de planificar, o qual planifica todas as dobras existentes. Estudaremos o caso abaixo para uma melhor visualização do recurso. - Estudo 01 Para que possamos utilizar o recurso de Dobrar e Desdobrar, necessitamos de uma peça base com no mínimo uma dobra. Criaremos uma peça simples em chapa metálica com espessura de 4 mm e raio de dobra com 8 mm. Utilizando o recurso de Desdobrar Chanfro na Região do corte
  • 62. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Seleciona-se a face fixa. Seleciona-se a face a que pertence à maior região da peça. Selecionam-se as regiões das dobras que se deseja dobrar ou desdobrar. Coleta todas as regiões de dobras, planificando a peça. Para esse recurso, será acrescentado um ícone na árvore de projeto toda vez que for utilizado, aumentando o tempo de reconstrução da peça. Planificar não habilita o uso dos recursos de chapa metálica. Dobrar/Desdobrar possibilita o usos dos recursos de chapa metálica.
  • 63. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa 4 mm de Esp. para fora - Utilizar o recurso de Dobrar/Desdobrar. - Face Fixa será a aresta da chapa - Círculo 500 mm - Abertura com 10mm - Comprimento 500 mm - Utilizar padrão acionado por esboço
  • 64. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa 0.75 mm de Esp. para fora - Utilizar o recurso de Dobrar/Desdobrar. - Comprimento 100 mm • Peça 03 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa 0.75 mm de Esp. para fora - Utilizar o recurso de Dobrar/Desdobrar - Comprimento 1000 mm - 25 furos de 10 mm eqüidistantes
  • 65. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Inserir Dobras e Rasgo Outra forma de converter um corpo sólido em uma configuração de chapa metálica é utilizando o recurso de Inserir dobras juntamente com o recurso de rasgo. Para o uso desses dois recursos é necessário que o corpo sólido seja de espessura fina ou tenha o recurso de casca. A espessura do recurso de casca será a espessura da chapa metálica. A espessura deve ser uniforme, ou seja, não deve ter mais de uma espessura. Iremos estudar os dois recursos individualmente nesse primeiro momento. Após, iremos estudar os dois recursos juntos, pois um recurso complementa o outro. A intenção geral desses dois recursos é transformar o sólido em chapa metálica para planificar, além de saber a área total da chapa para a manufatura. - Inserir Dobras Começaremos o estudo desse recurso realizando um corpo sólido com 100x200x300 mm. Após, inseriremos o recurso de casca e por fim concluiremos o projeto inserindo o recurso de Inserir Dobras para converter em chapa metálica. Para que a peça possa ser planificada, devem- se abrir as arestas.
  • 66. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Seleciona-se uma base fixa para iniciar o recurso de dobras. Raio das dobras, para configurar esse tópico é necessário saber a espessura da casca. Aconselha- se o mínimo de 1 vez e meia da espessura. Quando marcado ignora as faces oblíquas dos chanfros e pequenas faces em grau. Corretor de dobra para a manufatura. Alívio na região de dobra para eliminar as tensões nas regiões das dobras. Selecionam-se as arestas nas quais devem ser inseridos os rasgos. Aberturas para planificação. Altera a direção da abertura. É orientado por uma seta. Há dois tipos básicos de rasgo. - Sobrepor um flange no outro - Abertura de ambos os lados para inserir corão de solda. Espaçamento da abertura.
  • 67. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Após inserido o recurso de Inserir Dobras, ele é dividido em 4 recursos de controle na árvore de projeto. São eles: a) Rasgo b) Chapa Metálica c) Planificar Dobras d) Processar Dobras a) Rasgo: Esse item armazena as configurações referentes aos rasgos, aberturas. Configura as arestas que devem ser abertas para realizar a planificação. É possível resselecionar as arestas, alterar as direções de abertura e reconfigurar o espaçamento existente. b) Chapa Metálica: Contém as informações referentes à chapa metálica. Podem-se resselecionar a face fixa, alterar o raio de dobra, editar a tolerância de dobra e re-editar o alívio de dobra. c) Planificar – Dobras: Representa a peça planificada. Esse recurso contém informações relacionadas à conversão dos cantos. Cada dobra gerada a partir do modelo é exibida como um recurso separado em Planificar-Dobras. As dobras geradas a partir de cantos com filete, faces cilíndricas e faces cônicas são exibidas como Dobras Arredondadas, e as geradas a partir de cantos agudos são exibidas como Dobras Agudas. Tipos de dobras Agudas A dobra aguda é criada pelo acréscimo de dobras a um modelo que possua cantos agudos e uma espessura uniforme. Arredondadas A dobra arredondada pode ser criada pelo acréscimo de dobras a um modelo que possua cantos arredondados ou com filetes e uma espessura uniforme. Ela pode também ser criada com faces cilíndricas e cônicas. Planas A dobra plana é criada com uma linha de dobras esboçada na peça de chapa metálica planificada.
  • 68. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 d) Processar Dobras: Representa a transformação da peça planificada na peça formada, com acabamento final. Esse recurso agrupa as dobras esboçadas, é possível criar novas dobras a partir das linhas de um esboço. Essas novas dobras podem ser configuradas individualmente. Para cada dobra (linha) é possível configurar ângulo de dobra, raio, tolerância e alívio. Esse item agrupa todas as dobras realizadas após a conversão da dobras. Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Cria a Peça Sólida com 200 mm - Octógono de 500 mm Inscrito - Utilizar o recurso de Casca 2 mm p/ Fora - Utilizar Inserir Dobras
  • 69. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 • Peça 02 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Chapa 1 mm de Esp. para fora - Cria a Peça Sólida com 400 de Extrusão - Utilizar o recurso de Casca - Utilizar Inserir Dobras
  • 70. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Rasgo Esse recurso realiza uma abertura em um corpo com o recurso de casca ou de espessura fina. A abertura utiliza como base esboços com linhas ou atrás de arestas lineares, ainda há a possibilidade de mesclar os dois modos. O Rasgo geralmente é utilizado como elemento preparatório para a transição de um corpo para os recursos de chapas metálicas, porém não é um item exclusivo de chapa metálica, pode ser utilizado para desenvolver outros tipos de projetos, como moldes ou modelagem de geometrias complexas. Para utilizar esse recurso é necessário que a peça esteja configurada com recurso fino ou utilizando o recurso de casca. Ou seja, é necessário que a peça tenha uma espessura. As linhas dos esboços terão que ligar as extremidades das faces e não poderão estar formando regiões fechadas gerando corpos independentes. Iremos compreender melhor a aplicação desse recurso com o estudo de caso abaixo: - Estudo 01 Começaremos o estudo desse recurso criando um corpo sólido com 100x250x150 mm e com ângulo de 10º. Inseriremos o recurso de casca com 2mm de espessura e, por fim, concluiremos o projeto inserindo o recurso de Rasgo e Inserir Dobras para converter em chapa metálica.
  • 71. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Após criada a peça base. Esboça-se um segundo retângulo na face superior da peça para gerar um rebaixo. Realizado o rebaixo, criaremos o recurso de casca eliminando a face do rebaixo. Esboçaremos 4 linhas na face superior para que sirvam de base no recurso de Rasgo. Selecionaremos as Arestas e as Linhas no recurso de Rasgo. Converteremos o resultado em chapa metálica utilizando o recurso de Inserir Dobras.
  • 72. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Seleção de Linhas ou Arestas para a abertura. Altera a direção do rasgo, pode-se configurar 3 tipos diferentes. A alteração pode-se dar por clicar em Alterar Direção ou diretamente na seta da aresta.Configura-se o valor do espaçamento da abertura do rasgo. Por padrão a direção de abertura do rasgo virá para ambos os lados. Duas DireçõesDireção 01Direção 01
  • 73. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. • Peça 01 Realizar a criação do modelo conforme abaixo: - Cria a Peça Sólida 450x200x300 com ângulo de 6º - Casca com 3 mm de esp. - Utilizar o recurso de Rasgo - Utilizar Inserir Dobras
  • 74. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
  • 75. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Exercícios Complementares Realizar a peça com as figurações de chapa metálica e criar o Detalhamento. Este deve conter as 3 vistas padrão, uma vista isométrica da peça no estado final e 1 vista da peça no estado planificado. Deve conter, também, as principais cotas e a posição da dobra. - Complementar 01: - Espessura da Chapa: 1 mm - Raio de Dobra: 6 mm - Material: Latão
  • 76. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Complementar 02: - Espessura da Chapa: 0.5 mm - Raio de Dobra: 0.75 mm - Material: Alumínio
  • 77. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Complementar 03: - Espessura da Chapa: 10 mm - Raio de Dobra: 20 mm - Material: Aço - A intenção do Exercício é desenvolver o senso de criação de projeto, devido a isso observe: Criação de Ferramentas, Recursos a serem utilizados, Proporções, etc.
  • 78. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Complementar 04: - Espessura da Chapa: 6 mm e 20 mm - Raio de Dobra: 12 mm - Material: Aço - Converter em Chapa Metálica - Concluir com Respiradouro - Múltiplos Corpos - Largura: 850 mm
  • 79. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Complementar 05: - Realizar as Peças individuais - Realizar a Montagem - Detalhar conjunto e as Peças em um mesmo Arquivo
  • 80. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
  • 81. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
  • 82. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900
  • 83. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Tabelas
  • 84. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Tabelas Podemos definir espessuras, raios de dobras e tolerâncias de dobras através de tabelas geradas no Excel. Para que possamos utilizar uma tabela, deveremos criá-la: As tabelas de Dobras Poderão ser criadas através do SolidWorks em: Inserir >> Chapa Metálica >> Tabela de Dobra >> Novo. Em Novo, selecionaremos o tipo de tabela a ser criada, as unidades utilizadas e o caminho onde será salva a tabela.
  • 85. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 A tabela para espessura de chapa deverá ser criada a partir da tabela padrão existente na instalação do SolidWorks ou ser criada com as devidas características. A espessura poderá ser configurada diretamente pela entrada do valor da espessura ou como sendo variável de outros padrões, como por exemplo: Dedução de Dobra; Valor de Dobra ou Fator K. Os valores e os nomes comerciais poderão ser definidos conforme informação do Fornecedor de Chapas Metálicas. O caminho dos arquivos padrões é: Local Disco C: >> Arquivo de programas >> SolidWorks Corp (versão) >> SolidWorks >> Lang >> Portuguese Brazilian >> Sheet Metal Gauge Tables >> Tabela desejada.
  • 86. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Fator K O Fator K irá corrigir a perda de material na região da dobra, quando planificar a peça em chapa metálica para manufatura. É definido pela razão da linha neutra com a espessura da chapa metálica. Geralmente esse valor é definido através de testes realizados na empresa, porém pode-se definir através da seguinte fórmula: K = t / T K = Fator K t = Distância da face interna até a linha neutra O valor deverá ficar entre 0.25 a 0.5 para que sejam evitados erros de fabricação. chapasFator K.xls
  • 87. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Modelagem em Contexto A modelagem de peças em contexto é a técnica de criação de peças em ambiente de montagem utilizando o dimensional de outras peças já montadas. Essa técnica de modelagem é amplamente utilizada para as peças em chapas metálicas, pela excelente facilidade em projetar invólucros de equipamentos nos quais a dimensão total é desconhecida ou nos quais há uma necessidade de alteração dimensional da peça projetada de acordo com o posicionamento dos componentes. Para que possamos entender melhor essa técnica, iremos começar com o estudo do exemplo abaixo: Para iniciarmos o estudo de modelagem em contexto, iremos criar duas peças, dois tubos de geometrias diferentes. O primeiro tubo será redondo com diâmetro de 50 mm e parede de 3 mm. O segundo tubo será quadrado com 70 mm de aresta e parede de 4 mm. Ambos os tubos terão o comprimento de 1000 mm. Após criados os dois tubos, criaremos uma montagem colocando-os em paralelo. Na montagem, iremos confeccionar um suporte de chapa metálica, no qual irá se ajustar de acordo com as alterações dos perfis.
  • 88. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Posicionado, clicaremos em Inserir Componentes >> Nova peça e clicaremos no plano em destaque na figura. Por padrão as peças ficarão transparentes, o CommandManager irá alternar para Editar Componentes e Ferramentas de Esboço. Para tornar a montagem mais dinâmica para o trabalho, alteraremos o estado de definição de transparente para opaco, conforme ilustra a figura.
  • 89. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Nota-se que um esboço foi aberto para realizarmos a criação do suporte em chapa metálica. Além do esboço aberto, foram habilitadas todas as ferramentas utilizadas para a criação de peças, entre elas as ferramentas de chapa metálica. Poderemos converter ou aplicar OffSet nas arestas que julgarmos necessárias para a realização do nosso projeto, ou ainda realizar a cotagem de acordo com as peças inseridas na montagem. Realizando esses procedimentos iremos garantir a propagação das alterações das peças “Base (Montagem)” para as peças criadas na montagem. Utilizaremos o recurso Flange Base/Aba para criar a peça base em chapa metálica. Depois, criaremos um plano de distância com dimensão qualquer e espelharemos a peça de chapa metálica. Concluiremos o projeto de peça metálica utilizando o recurso de flange de aresta para unir os dois corpos.
  • 90. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Realizada a criação da peça de suporte dos tubos, iremos concluir o recurso de Editar Componente. Clicaremos em Editar Componente. Toda peça criada em contexto é de característica virtual, ou seja, o arquivo de peça é pertencente ao arquivo de montagem. Em outras palavras, o arquivo de peça é inexistente. A vantagem de obter um arquivo com essas características é o envio da montagem para outros usuários, pois não há a necessidade de enviar os arquivos de peças. Porém, de caráter de fluxo de projeto, gerenciamento de arquivos, codificação, reposição de peças e demais possíveis usos e alterações, indica-se a exteriorizar o arquivo de peça. Para exteriorizar o arquivo de peça, clica-se com o botão direito sobre ela na árvore de projeto e após clica-se em “Salvar Peça (Arquivo Externo)”. Podemos Salvar o arquivo no mesmo diretório onde está inserida a montagem, para isso, é necessário salvar a montagem anteriormente. Especificar um diretório diferente do diretório da montagem. Como exemplo: diretório geral na rede. Mesmo selecionando Salvar em Arquivo externo, pode-se salvar como arquivo virtual.
  • 91. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Realizando essa técnica de modelagem de peças em contexto, toda vez que for alterado o dimensional dos perfis, a peça de suporte será ajustada conforme a alteração. Com esse vínculo entre Peça x Montagem, evitaremos erros de alterações em projeto, como alterar o posicionamento dos componentes, porém não alteraremos a proteção de segurança dos componentes (nesse caso o suporte x dimensão dos perfis). Para comprovarmos o vínculo, abra a peça de um dos perfis e altere as dimensões externas e retorne a montagem. Exercícios Para realizar os exercícios de modelagem em contexto, converse com o seu instrutor.
  • 92. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Ferramentas para Manufatura de Dobras
  • 93. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Máquinas de Dobras (“Dobradeiras”) As dobradeiras são prensas que apresentam ferramentas de dobras (cunhas) como característica de uso. Há máquinas automatizadas com comando CNC ou máquinas de operação manual, ambas possuem o mesmo princípio de operação. Aplicar uma carga de força sobre a ferramenta de dobra, que é móvel em um sentido. Com o deslocamento da ferramenta que irá gerar a dobra obteremos o ângulo de dobra da chapa metálica. Máquinas de Operação Manual Máquina de CNC
  • 94. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Ferramentas de Dobra Tipos de Ferramentas de Dobras
  • 95. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 Dobras de Tubos Calandragem de Chapas
  • 96. Treinamentos SKA - SolidWorks www.ska.com.br • treinamentos@ska.com.br • 0800 510 2900 - Fatores que influenciarão na qualidade da dobra Entendemos como qualidade de dobra os aspectos geométricos, raio de dobra, constância da dobra ao longo da chapa, tolerância do raio e ângulo de dobra. Os principais aspectos que influenciam as variáveis da dobra da chapa metálica são: - Qualidade da máquina (rigidez, manutenção, lubrificação, acessórios) - Aspectos físico-químicos da chapa metálica - Ambiente de operação - Seleção correta da ferramenta de dobra - Preparação correta da máquina de dobrar - Estabilização da chapa metálica na máquina. Existem muitos fatores que definem a qualidade de uma dobra de chapa metálica. Algumas devem ser levadas em consideração na hora de projetar uma peça de chapa metálica, como ferramentas disponíveis na empresa.