SlideShare uma empresa Scribd logo
Manifesto Social Good Brasil
Fonte: Schumpeter
O QUE É INOVAÇÃO?
2
Inovação é quando uma invenção é implementada e é incorporada na
sociedade. Em cada um desses tipos a inovação pode ser radical ou
incremental.
Fonte: Stanford University Center for
Social Innovation
O QUE É
INOVAÇÃO SOCIAL?
3
É uma nova solução para um problema social, uma
solução mais efetiva, eficiente, sustentável ou justa que
as soluções já existentes, e que, prioritariamente, gere
valor para a sociedade como um todo ao invés de
beneficiar apenas alguns indivíduos.
Fonte: Stanford University Center for
Social Innovation
QUAL A DIFERENÇA DE EMPREENDEDORISMO
SOCIAL E INOVAÇÃO SOCIAL?
Empreendedorismo Social
é uma faceta de inovação
social, pois esta pode emergir
em lugares e pessoas que
estão fora do escopo do
empreendedorismo e do
empreendimento social.
A Inovação Social tem uma
abordagem mais de
ecossistema e colaboração
entre setores. Partindo de
organizações sem fins
lucrativos, negócios, e
mesmo governos.
Fonte: Stanford University Center for
Social Innovation
ESTÁGIOS DA INOVAÇÃO SOCIAL
5
Definição do
problema ou
oportunidade
Piloto e
prototipagem
Difusão e
escala
Geração
de ideias
SOCIAL GOOD = TECNOLOGIA +
COMPORTAMENTO INOVADOR +
CONTRIBUIÇÃO COM A SOLUÇÃO
DE PROBLEMAS DA SOCIEDADE
TECNOLOGIAS
TECNOLOGIAS DE
USO LIVRE
• White label, novas mídias
e redes sociais
• Baixo nível de expertise
em tecnologia
• Desenvolvimento rápido
TECNOLOGIAS DE
DESENVOLVIMENTO
(P&D)
• Criação ou adaptação de uma
tecnologia existente
• Expertise em tecnologia
• Avaliação do tempo necessário de
desenvolvimento
TECNOLOGIAS
HARDWARE SOFTWARE
TECNOLOGIAS: HARDWARE
Tecnologias físicas high-tech:
• Robótica, computadores, aparelhos móveis, elementos eletrônicos
como arduínos
Tecnologias físicas low-tech:
• Elementos físicos de baixo custo como materiais reciclados e outros
que são utilizados para outras funções
TECNOLOGIAS: SOFTWARE
Programas que comandam as tecnologias físicas,
fornecendo instruções ao hardware:
• Sistemas operacionais, programas de computador, aplicativos, games
Fontes: Tom Kelley & David
Kelley (Confiança Criativa);
Christensen, Dyer e Gregersen
(The Innovator’s DNA);
IntoActions
NOVOS MODELOS MENTAIS
• Nova postura em relação a fracassos e medos
• Curiosidade, observação e questionamentos ativos apesar de vasta
expertise
• Atitude de criar, fazer e experimentar
• Paixão, coragem e provocação do status quo
• Associação de campos e áreas inusitadas
• Networking com pessoas que desafiam meu ponto de vista
• Foco no ser humano e empatia
• Cultivo de ambientes inspiradores
COMPORTAMENTO INOVADOR
Fonte: Amartya Sen
(Desenvolvimento como
liberdade)
CONCEITO DAPOBREZAMULTIDIMENSIONAL
Pobreza não é definida
apenas pelo poder
econômico e renda, mas
pelo acesso a serviços
básicos de educação,
saúde, saneamento e
moradia de qualidade.
CONTRIBUIÇÃO COMASOLUÇÃO DE PROBLEMAS DA
SOCIEDADE
Acesse em
globalgoals.org
SOCIAL GOOD = TECNOLOGIA +
COMPORTAMENTO INOVADOR +
CONTRIBUIÇÃO COM A SOLUÇÃO
DE PROBLEMAS DA SOCIEDADE
4 CATEGORIAS DE INICIATIVAS
SOCIALGOOD
ACESSO AUTONOMIA
TRANSPARÊNCIA ESCALA
• Reduzir assimetria de informação
• Facilitar acesso a serviços básicos como
educação, saúde, saneamento e moradia
ACESSO
• Além do acesso a serviços básicos
• Alavanca uma nova classe de “makers” ou
“prossumidores” que produzem o que
consomem, não apenas produtos mas
serviços e informação
• Facilita autonomia pela acessibilidade a
pessoas com mobilidade reduzida e
deficiências visuais e auditivas
AUTONOMIA
TRANSPARÊNCIA
• Informações e dados abertos e disponíveis
capazes de melhorar nossa tomada de
decisão
• Transparência principalmente no setor
público sobre candidatos políticos, gestão
pública e “big data” transformada em “good
data”
ESCALA
• Solução para cada vez mais pessoas, tanto
pela replicabilidade como pela abrangência
• Mobilização de milhares de pessoas usando
redes sociais
• Desenvolvimento de um processo de
produção escalável
Fonte: Heimans e Timms
(Entendendo o novo poder)
NOVOS FORMATOS E MODELOS DE GOVERNANÇA EM REDE:
NOVO PODER
Governança em rede Colaboração Cultura Maker
Transparência Filiação Rápida Mentalidade de
movimento
Fonte: Heimans e Timms (Entendendo o novo poder)
UM MUNDO DE DIFERENÇA
Cada vez mais, os atores do “novo poder”esperam moldar ou criar
ativamente muitos aspectos de suas vidas. Essas expectativas estão
dando origem a um novo conjunto de valores, centrados na participação.
Fonte: Heimans e Timms (Entendendo o novo poder)
A ESCALA DE PARTICIPAÇÃO
O novo poder ganha força com a crescente capacidade - e o crescente
desejo - das pessoas de ir muito além do consumo passivo de ideias e
bens.
Organizações que têm mentalidade de
Movimento, Meu Rio e Nossas Cidades
Negócios sociais
Referênciaglobalem negóciossociais,Yunuslança livro “Ummundosem
pobreza”em 2007 e defende2 tiposde negóciossociaisapenas
Foco em oferecer
benefícios sociais do
que maximizar lucro
Empresas que
maximizam lucro
geridas pelos pobres
ou em desvantagem
No ano seguinte, 2008, o sistema B é
criado no mundo
AEmpresaB combinao lucrocom
impactosocioambientalpositivo
aspirandosera melhorempresaPARA
o mundo.
SistemaB certifica empresasa partirde
um “B ImpactAssessment”que inclui
critériosde:
– Meio ambiente
– Pessoas
– Comunidade
– Governança
– Modelo de
negócios
Negócios de impacto, primeira força-tarefa
no Brasil
“Negóciosdeimpactosãoempreendimentosquetêmamissãoexplícitadegerarimpactosocioambientalaomesmotempo
emqueproduzemresultadofinanceiropositivodeformasustentável”
Dentrodesteconceitoforamincluídos:
– OSCs com geração de receita
– OSCs com negócio social
– Cooperativas
– Negócio com missão social ou Ambiental com restrição na
distribuição de dividendos
– Negócio com missão social ou Ambiental sem restrição na
distribuição de dividendos
Ficaramdeforadesteconceito:
– OSCs sem geração de receita
– Empresas puramente comerciais
Carta de princípios para negócios de
impacto no Brasil
Princípio 1. Compromisso
com a missão social e
ambiental
Princípio 2. Compromisso
com o impacto social e
ambiental monitorado
Princípio 3. Compromisso
com a lógica econômica
(deve gerar pelo menos
50% de receitas oriundas
de produtos ou serviços)
Princípio 4. Compromisso
com a governança efetiva
(transparência e
participação)
Geekie, um negócio de impacto
Fundadaem 2012
Ofereceferramentasdigitaisque se
adequamas necessidadesde cada
aluno,potencializandoo aprendizado
permitindoum ganhomédio de 30%
+ 3 milhõesde alunos
+ 650 escolas
+ 320 educadores
Economia colaborativa são inovações que
usam tecnologias digitais para permitir o
compartilhamento, empréstimo, troca de
habilidades, recursos, dinheiro e ativos em
formas, e escala, nunca antes possível
Fonte: Nesta
Colaboração é a nova revolução, caso do
bliive.com
Inovação social só faz sentido quando
tem um olhar DE dentro e PARA fora
• Só de dentro perde a oportunidade de surfar-de-graça no
novo e pode se tornar obsoleto rapidamente
• Só para fora corre o risco de ficar vazio, sem
originalidade e sem alma
Olhar para fora
Olhar de dentro
Organizações:
Social Good Brasil
Singularity University
IntoActions
Stanford University Center for Social Innovation
Sistema B
Força-tarefa de finanças sociais
Livros:
Tom Kelley & David Kelley (Confiança Criativa)
Christensen, Dyer e Gregersen (The Innovator’s DNA)
Amartya Sen (Desenvolvimento como liberdade)
Tidd e Bessant (Managing Innovation)
Christensen (O Dilema da Inovação)
Simon Mainwairing (We First)
Salim Ismail (Organizações Exponenciais)
Yunus (Um mundo sem pobreza)
Pesquisas, publicações ou artigos:
Heimans e Timms (Entendendo o novo poder)
Fundação Telefônica Vivo (Pesquisa Visões de Futuro)
Reinaldo Normand (Innovation 2)
The Global Goals
Carolina de Andrade (Negócios sociais como Disruptive Innovation)
Fernanda Bournhausen Sá (Empresas plataforma – Por que elas mudam tudo no negócio?)
Referências
MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A influência dos níveis de interatividade na atitude de participar
A influência dos níveis de interatividade na atitude de participarA influência dos níveis de interatividade na atitude de participar
A influência dos níveis de interatividade na atitude de participar
Victor Nassar
 
Apresentação 'Como inovar?' Evento Youth2Business AIESEC - Maio 2012
Apresentação 'Como inovar?' Evento Youth2Business AIESEC - Maio 2012Apresentação 'Como inovar?' Evento Youth2Business AIESEC - Maio 2012
Apresentação 'Como inovar?' Evento Youth2Business AIESEC - Maio 2012
Carolina de Andrade
 
Como explorar novos mindsets para resolução de problemas cotidianos - Patrici...
Como explorar novos mindsets para resolução de problemas cotidianos - Patrici...Como explorar novos mindsets para resolução de problemas cotidianos - Patrici...
Como explorar novos mindsets para resolução de problemas cotidianos - Patrici...
Media Education
 
Ti b oficina_vanessa
Ti b oficina_vanessaTi b oficina_vanessa
Ti b oficina_vanessa
Portal Voluntários Online
 
Empreendedores Sociais
Empreendedores SociaisEmpreendedores Sociais
Empreendedores Sociais
Ma Rina
 
Empreendedorismo aulas 2 e 3
Empreendedorismo aulas 2 e 3Empreendedorismo aulas 2 e 3
Empreendedorismo aulas 2 e 3
Graciete Ram
 
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Rodrigo Vasconcelos
 
Hub Escola: O que há por trás das grandes comunidades?
Hub Escola: O que há por trás das grandes comunidades?Hub Escola: O que há por trás das grandes comunidades?
Hub Escola: O que há por trás das grandes comunidades?
1+1>2 Marketing Digital
 

Mais procurados (8)

A influência dos níveis de interatividade na atitude de participar
A influência dos níveis de interatividade na atitude de participarA influência dos níveis de interatividade na atitude de participar
A influência dos níveis de interatividade na atitude de participar
 
Apresentação 'Como inovar?' Evento Youth2Business AIESEC - Maio 2012
Apresentação 'Como inovar?' Evento Youth2Business AIESEC - Maio 2012Apresentação 'Como inovar?' Evento Youth2Business AIESEC - Maio 2012
Apresentação 'Como inovar?' Evento Youth2Business AIESEC - Maio 2012
 
Como explorar novos mindsets para resolução de problemas cotidianos - Patrici...
Como explorar novos mindsets para resolução de problemas cotidianos - Patrici...Como explorar novos mindsets para resolução de problemas cotidianos - Patrici...
Como explorar novos mindsets para resolução de problemas cotidianos - Patrici...
 
Ti b oficina_vanessa
Ti b oficina_vanessaTi b oficina_vanessa
Ti b oficina_vanessa
 
Empreendedores Sociais
Empreendedores SociaisEmpreendedores Sociais
Empreendedores Sociais
 
Empreendedorismo aulas 2 e 3
Empreendedorismo aulas 2 e 3Empreendedorismo aulas 2 e 3
Empreendedorismo aulas 2 e 3
 
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
 
Hub Escola: O que há por trás das grandes comunidades?
Hub Escola: O que há por trás das grandes comunidades?Hub Escola: O que há por trás das grandes comunidades?
Hub Escola: O que há por trás das grandes comunidades?
 

Destaque

Pedagogia liberadora autogestionaria
Pedagogia liberadora autogestionariaPedagogia liberadora autogestionaria
Pedagogia liberadora autogestionaria
andreaortiz1996
 
Arte y Cultura
Arte y CulturaArte y Cultura
Dispositivos 2
Dispositivos 2Dispositivos 2
Dispositivos 2
abadlca
 
Aaditya plastic-industries
Aaditya plastic-industriesAaditya plastic-industries
Aaditya plastic-industries
Aaditya Plastic Industries
 
DANN MWANGI - MC PORTFOLIO PDF
DANN MWANGI - MC PORTFOLIO PDFDANN MWANGI - MC PORTFOLIO PDF
DANN MWANGI - MC PORTFOLIO PDF
Dann Mwangi (Number8)
 
Resumenees pedagogia
Resumenees pedagogiaResumenees pedagogia
Resumenees pedagogia
andreaortiz1996
 
Agostino y el des de la persona
Agostino y el des de la personaAgostino y el des de la persona
Agostino y el des de la persona
andreaortiz1996
 
1 educación1
1 educación11 educación1
1 educación1
Janny-104
 
Abnt nbr-15594-1 - posto combustível
Abnt nbr-15594-1 - posto combustívelAbnt nbr-15594-1 - posto combustível
Abnt nbr-15594-1 - posto combustível
keniafanti
 
Trade Show Brochure
Trade Show BrochureTrade Show Brochure
Trade Show Brochure
Cynthia Balog
 
Hepatitis
Hepatitis Hepatitis
Ecosistema emprendedor
Ecosistema emprendedorEcosistema emprendedor
Ecosistema emprendedor
Sonia9561995
 
Switch: Leading Change in Education
Switch: Leading Change in EducationSwitch: Leading Change in Education
Switch: Leading Change in Education
Vickie Sax
 
Rayan omar cisco chapter 6
Rayan omar cisco chapter 6Rayan omar cisco chapter 6
Rayan omar cisco chapter 6
ريان الهاشمي
 
new cv
new cvnew cv
Aging Brain Talk Updated 2016
Aging Brain Talk Updated  2016Aging Brain Talk Updated  2016
Aging Brain Talk Updated 2016
jonathan artz
 
La movilidad en tumaco
La movilidad en tumacoLa movilidad en tumaco
La movilidad en tumaco
Laumonta
 
Projeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico Projeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico
cebnazareth
 

Destaque (19)

Pedagogia liberadora autogestionaria
Pedagogia liberadora autogestionariaPedagogia liberadora autogestionaria
Pedagogia liberadora autogestionaria
 
Arte y Cultura
Arte y CulturaArte y Cultura
Arte y Cultura
 
Electrical Brochure
Electrical BrochureElectrical Brochure
Electrical Brochure
 
Dispositivos 2
Dispositivos 2Dispositivos 2
Dispositivos 2
 
Aaditya plastic-industries
Aaditya plastic-industriesAaditya plastic-industries
Aaditya plastic-industries
 
DANN MWANGI - MC PORTFOLIO PDF
DANN MWANGI - MC PORTFOLIO PDFDANN MWANGI - MC PORTFOLIO PDF
DANN MWANGI - MC PORTFOLIO PDF
 
Resumenees pedagogia
Resumenees pedagogiaResumenees pedagogia
Resumenees pedagogia
 
Agostino y el des de la persona
Agostino y el des de la personaAgostino y el des de la persona
Agostino y el des de la persona
 
1 educación1
1 educación11 educación1
1 educación1
 
Abnt nbr-15594-1 - posto combustível
Abnt nbr-15594-1 - posto combustívelAbnt nbr-15594-1 - posto combustível
Abnt nbr-15594-1 - posto combustível
 
Trade Show Brochure
Trade Show BrochureTrade Show Brochure
Trade Show Brochure
 
Hepatitis
Hepatitis Hepatitis
Hepatitis
 
Ecosistema emprendedor
Ecosistema emprendedorEcosistema emprendedor
Ecosistema emprendedor
 
Switch: Leading Change in Education
Switch: Leading Change in EducationSwitch: Leading Change in Education
Switch: Leading Change in Education
 
Rayan omar cisco chapter 6
Rayan omar cisco chapter 6Rayan omar cisco chapter 6
Rayan omar cisco chapter 6
 
new cv
new cvnew cv
new cv
 
Aging Brain Talk Updated 2016
Aging Brain Talk Updated  2016Aging Brain Talk Updated  2016
Aging Brain Talk Updated 2016
 
La movilidad en tumaco
La movilidad en tumacoLa movilidad en tumaco
La movilidad en tumaco
 
Projeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico Projeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico
 

Semelhante a MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL

Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Social Good Brasil
 
Diálogo natal curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
Diálogo natal   curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014Diálogo natal   curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
Diálogo natal curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
FIFE2014
 
Rethink Business 2014
Rethink Business 2014 Rethink Business 2014
Rethink Business 2014
Plugged Research
 
Rethink Business 2014
Rethink Business 2014Rethink Business 2014
Rethink Business 2014
Indico S.A.
 
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Marcelo Vitorino
 
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Daniel Egger
 
Apresentação Projecto CAERUS 16.02.2011
Apresentação Projecto CAERUS 16.02.2011Apresentação Projecto CAERUS 16.02.2011
Apresentação Projecto CAERUS 16.02.2011
udipssporto
 
Agile Bee Experience 2021: Team Building Potencialize seu Negócio com ativida...
Agile Bee Experience 2021: Team Building Potencialize seu Negócio com ativida...Agile Bee Experience 2021: Team Building Potencialize seu Negócio com ativida...
Agile Bee Experience 2021: Team Building Potencialize seu Negócio com ativida...
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Startup Weekend Education - 2018
Startup Weekend Education - 2018Startup Weekend Education - 2018
Startup Weekend Education - 2018
Marlos Carmo
 
180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação
Guilherme Sarkis
 
empreendedorismo pelo IES
empreendedorismo pelo IESempreendedorismo pelo IES
Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf
Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdfMundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf
Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf
arletequeiros
 
TiB - Together is Better - Juntos é Melhor - Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
TiB - Together is Better - Juntos é Melhor - Palestra Vanessa Aguiar de JeusTiB - Together is Better - Juntos é Melhor - Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
TiB - Together is Better - Juntos é Melhor - Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
Vanessa Aguiar
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
INSTITUTO VOZ POPULAR
 
LATEC - UFF. Entendendo o “novo poder”
LATEC - UFF. Entendendo o “novo poder”LATEC - UFF. Entendendo o “novo poder”
LATEC - UFF. Entendendo o “novo poder”
LATEC - UFF
 
Organizações que aprendem
Organizações que aprendemOrganizações que aprendem
Organizações que aprendem
Celia Carvalho
 
Responsabilidade Social
Responsabilidade SocialResponsabilidade Social
Responsabilidade Social
Patricia Melero
 
Comunicação e Transparência no Agronegócio
Comunicação e Transparência no AgronegócioComunicação e Transparência no Agronegócio
Comunicação e Transparência no Agronegócio
Instituto Brasileiro de Ética nos Negocios
 
O diferencial nos empreendimentos para as pessoas com deficiência 14 nov 2011
O diferencial nos empreendimentos para as pessoas com deficiência 14 nov 2011O diferencial nos empreendimentos para as pessoas com deficiência 14 nov 2011
O diferencial nos empreendimentos para as pessoas com deficiência 14 nov 2011
Isabel Santos
 
Painel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
Painel de Negócios Sociais - Feira do EmpreendedorPainel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
Painel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis
 

Semelhante a MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL (20)

Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
 
Diálogo natal curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
Diálogo natal   curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014Diálogo natal   curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
Diálogo natal curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
 
Rethink Business 2014
Rethink Business 2014 Rethink Business 2014
Rethink Business 2014
 
Rethink Business 2014
Rethink Business 2014Rethink Business 2014
Rethink Business 2014
 
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
 
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
Rethink Business - Empresas não funcionam sem pessoas e elas estão sempre mud...
 
Apresentação Projecto CAERUS 16.02.2011
Apresentação Projecto CAERUS 16.02.2011Apresentação Projecto CAERUS 16.02.2011
Apresentação Projecto CAERUS 16.02.2011
 
Agile Bee Experience 2021: Team Building Potencialize seu Negócio com ativida...
Agile Bee Experience 2021: Team Building Potencialize seu Negócio com ativida...Agile Bee Experience 2021: Team Building Potencialize seu Negócio com ativida...
Agile Bee Experience 2021: Team Building Potencialize seu Negócio com ativida...
 
Startup Weekend Education - 2018
Startup Weekend Education - 2018Startup Weekend Education - 2018
Startup Weekend Education - 2018
 
180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação
 
empreendedorismo pelo IES
empreendedorismo pelo IESempreendedorismo pelo IES
empreendedorismo pelo IES
 
Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf
Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdfMundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf
Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf
 
TiB - Together is Better - Juntos é Melhor - Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
TiB - Together is Better - Juntos é Melhor - Palestra Vanessa Aguiar de JeusTiB - Together is Better - Juntos é Melhor - Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
TiB - Together is Better - Juntos é Melhor - Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
 
LATEC - UFF. Entendendo o “novo poder”
LATEC - UFF. Entendendo o “novo poder”LATEC - UFF. Entendendo o “novo poder”
LATEC - UFF. Entendendo o “novo poder”
 
Organizações que aprendem
Organizações que aprendemOrganizações que aprendem
Organizações que aprendem
 
Responsabilidade Social
Responsabilidade SocialResponsabilidade Social
Responsabilidade Social
 
Comunicação e Transparência no Agronegócio
Comunicação e Transparência no AgronegócioComunicação e Transparência no Agronegócio
Comunicação e Transparência no Agronegócio
 
O diferencial nos empreendimentos para as pessoas com deficiência 14 nov 2011
O diferencial nos empreendimentos para as pessoas com deficiência 14 nov 2011O diferencial nos empreendimentos para as pessoas com deficiência 14 nov 2011
O diferencial nos empreendimentos para as pessoas com deficiência 14 nov 2011
 
Painel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
Painel de Negócios Sociais - Feira do EmpreendedorPainel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
Painel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
 

Mais de fellowsocialgoodbrasil

Hack the City
Hack the CityHack the City
Hack the City
fellowsocialgoodbrasil
 
As oportunidades da Economia Compartilhada
As oportunidades da Economia CompartilhadaAs oportunidades da Economia Compartilhada
As oportunidades da Economia Compartilhada
fellowsocialgoodbrasil
 
Negócios de impacto
Negócios de impactoNegócios de impacto
Negócios de impacto
fellowsocialgoodbrasil
 
Carta de-principios-negócios-de-impacto-no-brasil
Carta de-principios-negócios-de-impacto-no-brasilCarta de-principios-negócios-de-impacto-no-brasil
Carta de-principios-negócios-de-impacto-no-brasil
fellowsocialgoodbrasil
 
Guia do Fellow SGB
Guia do Fellow SGBGuia do Fellow SGB
Guia do Fellow SGB
fellowsocialgoodbrasil
 
Treinamento Fellows SGB
Treinamento Fellows SGBTreinamento Fellows SGB
Treinamento Fellows SGB
fellowsocialgoodbrasil
 
Infographic
InfographicInfographic
Tool kit Amani
Tool kit Amani Tool kit Amani
Tool kit Amani
fellowsocialgoodbrasil
 
Kick off fellows sgb
Kick off fellows sgbKick off fellows sgb
Kick off fellows sgb
fellowsocialgoodbrasil
 

Mais de fellowsocialgoodbrasil (9)

Hack the City
Hack the CityHack the City
Hack the City
 
As oportunidades da Economia Compartilhada
As oportunidades da Economia CompartilhadaAs oportunidades da Economia Compartilhada
As oportunidades da Economia Compartilhada
 
Negócios de impacto
Negócios de impactoNegócios de impacto
Negócios de impacto
 
Carta de-principios-negócios-de-impacto-no-brasil
Carta de-principios-negócios-de-impacto-no-brasilCarta de-principios-negócios-de-impacto-no-brasil
Carta de-principios-negócios-de-impacto-no-brasil
 
Guia do Fellow SGB
Guia do Fellow SGBGuia do Fellow SGB
Guia do Fellow SGB
 
Treinamento Fellows SGB
Treinamento Fellows SGBTreinamento Fellows SGB
Treinamento Fellows SGB
 
Infographic
InfographicInfographic
Infographic
 
Tool kit Amani
Tool kit Amani Tool kit Amani
Tool kit Amani
 
Kick off fellows sgb
Kick off fellows sgbKick off fellows sgb
Kick off fellows sgb
 

MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL

  • 2. Fonte: Schumpeter O QUE É INOVAÇÃO? 2 Inovação é quando uma invenção é implementada e é incorporada na sociedade. Em cada um desses tipos a inovação pode ser radical ou incremental.
  • 3. Fonte: Stanford University Center for Social Innovation O QUE É INOVAÇÃO SOCIAL? 3 É uma nova solução para um problema social, uma solução mais efetiva, eficiente, sustentável ou justa que as soluções já existentes, e que, prioritariamente, gere valor para a sociedade como um todo ao invés de beneficiar apenas alguns indivíduos.
  • 4. Fonte: Stanford University Center for Social Innovation QUAL A DIFERENÇA DE EMPREENDEDORISMO SOCIAL E INOVAÇÃO SOCIAL? Empreendedorismo Social é uma faceta de inovação social, pois esta pode emergir em lugares e pessoas que estão fora do escopo do empreendedorismo e do empreendimento social. A Inovação Social tem uma abordagem mais de ecossistema e colaboração entre setores. Partindo de organizações sem fins lucrativos, negócios, e mesmo governos.
  • 5. Fonte: Stanford University Center for Social Innovation ESTÁGIOS DA INOVAÇÃO SOCIAL 5 Definição do problema ou oportunidade Piloto e prototipagem Difusão e escala Geração de ideias
  • 6. SOCIAL GOOD = TECNOLOGIA + COMPORTAMENTO INOVADOR + CONTRIBUIÇÃO COM A SOLUÇÃO DE PROBLEMAS DA SOCIEDADE
  • 7. TECNOLOGIAS TECNOLOGIAS DE USO LIVRE • White label, novas mídias e redes sociais • Baixo nível de expertise em tecnologia • Desenvolvimento rápido TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO (P&D) • Criação ou adaptação de uma tecnologia existente • Expertise em tecnologia • Avaliação do tempo necessário de desenvolvimento
  • 9. TECNOLOGIAS: HARDWARE Tecnologias físicas high-tech: • Robótica, computadores, aparelhos móveis, elementos eletrônicos como arduínos Tecnologias físicas low-tech: • Elementos físicos de baixo custo como materiais reciclados e outros que são utilizados para outras funções
  • 10. TECNOLOGIAS: SOFTWARE Programas que comandam as tecnologias físicas, fornecendo instruções ao hardware: • Sistemas operacionais, programas de computador, aplicativos, games
  • 11. Fontes: Tom Kelley & David Kelley (Confiança Criativa); Christensen, Dyer e Gregersen (The Innovator’s DNA); IntoActions NOVOS MODELOS MENTAIS • Nova postura em relação a fracassos e medos • Curiosidade, observação e questionamentos ativos apesar de vasta expertise • Atitude de criar, fazer e experimentar • Paixão, coragem e provocação do status quo • Associação de campos e áreas inusitadas • Networking com pessoas que desafiam meu ponto de vista • Foco no ser humano e empatia • Cultivo de ambientes inspiradores COMPORTAMENTO INOVADOR
  • 12. Fonte: Amartya Sen (Desenvolvimento como liberdade) CONCEITO DAPOBREZAMULTIDIMENSIONAL Pobreza não é definida apenas pelo poder econômico e renda, mas pelo acesso a serviços básicos de educação, saúde, saneamento e moradia de qualidade.
  • 13. CONTRIBUIÇÃO COMASOLUÇÃO DE PROBLEMAS DA SOCIEDADE Acesse em globalgoals.org
  • 14. SOCIAL GOOD = TECNOLOGIA + COMPORTAMENTO INOVADOR + CONTRIBUIÇÃO COM A SOLUÇÃO DE PROBLEMAS DA SOCIEDADE
  • 15. 4 CATEGORIAS DE INICIATIVAS SOCIALGOOD ACESSO AUTONOMIA TRANSPARÊNCIA ESCALA
  • 16. • Reduzir assimetria de informação • Facilitar acesso a serviços básicos como educação, saúde, saneamento e moradia ACESSO
  • 17. • Além do acesso a serviços básicos • Alavanca uma nova classe de “makers” ou “prossumidores” que produzem o que consomem, não apenas produtos mas serviços e informação • Facilita autonomia pela acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida e deficiências visuais e auditivas AUTONOMIA
  • 18. TRANSPARÊNCIA • Informações e dados abertos e disponíveis capazes de melhorar nossa tomada de decisão • Transparência principalmente no setor público sobre candidatos políticos, gestão pública e “big data” transformada em “good data”
  • 19. ESCALA • Solução para cada vez mais pessoas, tanto pela replicabilidade como pela abrangência • Mobilização de milhares de pessoas usando redes sociais • Desenvolvimento de um processo de produção escalável
  • 20.
  • 21.
  • 22. Fonte: Heimans e Timms (Entendendo o novo poder) NOVOS FORMATOS E MODELOS DE GOVERNANÇA EM REDE: NOVO PODER Governança em rede Colaboração Cultura Maker Transparência Filiação Rápida Mentalidade de movimento
  • 23. Fonte: Heimans e Timms (Entendendo o novo poder) UM MUNDO DE DIFERENÇA Cada vez mais, os atores do “novo poder”esperam moldar ou criar ativamente muitos aspectos de suas vidas. Essas expectativas estão dando origem a um novo conjunto de valores, centrados na participação.
  • 24. Fonte: Heimans e Timms (Entendendo o novo poder) A ESCALA DE PARTICIPAÇÃO O novo poder ganha força com a crescente capacidade - e o crescente desejo - das pessoas de ir muito além do consumo passivo de ideias e bens.
  • 25. Organizações que têm mentalidade de Movimento, Meu Rio e Nossas Cidades
  • 26. Negócios sociais Referênciaglobalem negóciossociais,Yunuslança livro “Ummundosem pobreza”em 2007 e defende2 tiposde negóciossociaisapenas Foco em oferecer benefícios sociais do que maximizar lucro Empresas que maximizam lucro geridas pelos pobres ou em desvantagem
  • 27. No ano seguinte, 2008, o sistema B é criado no mundo AEmpresaB combinao lucrocom impactosocioambientalpositivo aspirandosera melhorempresaPARA o mundo. SistemaB certifica empresasa partirde um “B ImpactAssessment”que inclui critériosde: – Meio ambiente – Pessoas – Comunidade – Governança – Modelo de negócios
  • 28. Negócios de impacto, primeira força-tarefa no Brasil “Negóciosdeimpactosãoempreendimentosquetêmamissãoexplícitadegerarimpactosocioambientalaomesmotempo emqueproduzemresultadofinanceiropositivodeformasustentável” Dentrodesteconceitoforamincluídos: – OSCs com geração de receita – OSCs com negócio social – Cooperativas – Negócio com missão social ou Ambiental com restrição na distribuição de dividendos – Negócio com missão social ou Ambiental sem restrição na distribuição de dividendos Ficaramdeforadesteconceito: – OSCs sem geração de receita – Empresas puramente comerciais
  • 29. Carta de princípios para negócios de impacto no Brasil Princípio 1. Compromisso com a missão social e ambiental Princípio 2. Compromisso com o impacto social e ambiental monitorado Princípio 3. Compromisso com a lógica econômica (deve gerar pelo menos 50% de receitas oriundas de produtos ou serviços) Princípio 4. Compromisso com a governança efetiva (transparência e participação)
  • 30. Geekie, um negócio de impacto Fundadaem 2012 Ofereceferramentasdigitaisque se adequamas necessidadesde cada aluno,potencializandoo aprendizado permitindoum ganhomédio de 30% + 3 milhõesde alunos + 650 escolas + 320 educadores
  • 31. Economia colaborativa são inovações que usam tecnologias digitais para permitir o compartilhamento, empréstimo, troca de habilidades, recursos, dinheiro e ativos em formas, e escala, nunca antes possível Fonte: Nesta
  • 32. Colaboração é a nova revolução, caso do bliive.com
  • 33. Inovação social só faz sentido quando tem um olhar DE dentro e PARA fora • Só de dentro perde a oportunidade de surfar-de-graça no novo e pode se tornar obsoleto rapidamente • Só para fora corre o risco de ficar vazio, sem originalidade e sem alma
  • 36. Organizações: Social Good Brasil Singularity University IntoActions Stanford University Center for Social Innovation Sistema B Força-tarefa de finanças sociais Livros: Tom Kelley & David Kelley (Confiança Criativa) Christensen, Dyer e Gregersen (The Innovator’s DNA) Amartya Sen (Desenvolvimento como liberdade) Tidd e Bessant (Managing Innovation) Christensen (O Dilema da Inovação) Simon Mainwairing (We First) Salim Ismail (Organizações Exponenciais) Yunus (Um mundo sem pobreza) Pesquisas, publicações ou artigos: Heimans e Timms (Entendendo o novo poder) Fundação Telefônica Vivo (Pesquisa Visões de Futuro) Reinaldo Normand (Innovation 2) The Global Goals Carolina de Andrade (Negócios sociais como Disruptive Innovation) Fernanda Bournhausen Sá (Empresas plataforma – Por que elas mudam tudo no negócio?) Referências