SlideShare uma empresa Scribd logo
INTRODUÇÃO AO MUNDO
DO TRABALHO
4° BIMESTRE
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade
Coletânea
PLANO DE
ESTUDOS
4° BIMESTRE INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO
*Empreendedorismo Social.
*Criatividade e inovação em ambientes laborais.
*Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho.
*Metodologias para estruturação e
prototipagem de idéias no ambiente de trabalho.
*Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo,
associativismo, economia circular).
*Curriculo vitae e entrevista de emprego.
*Padrão comportamental e sugestões de
testes profissões online.
20 AULAS
Os endereços dos links consultados estão em cada página
Empreendedorismo social é uma forma de
empreendedorismo que busca desenvolver
produtos e serviços que impactem a sociedade,
ajudando a solucionar os problemas enfrentados
por ela. Para isso, os empreendedores sociais usam
práticas que são comuns no meio corporativo,
como criatividade e inovação.
Aula 1 Empreendedorismo SOCIAL
O empreendedor social observa
injustiças e encontra nessas situações
inspiração para agir, usando sua coragem
e criatividade. Com suas ideias, pode
transformar significativamente a
sociedade.
Qual é a diferença entre o empreendedorismo
tradicional e o social?
O lucro é um dos pontos centrais para diferenciar o
empreendedorismo tradicional do empreendedorismo
social.
No primeiro modelo, a principal ideia é alcançar
retorno financeiro, vendendo para mercados que
podem pagar pelas ofertas.
A expectativa, desde o primeiro momento, é que os
empreendedores e investidores tenham ganho
financeiro. O lucro, nesses casos, é fundamental para
que esses negócios se sustentem.
O empreendedor social, por outro , não prioriza a
geração de lucros para os investidores — que são,
em geral, organiza para alcançar determinados merece
atenção, pois é uma ferramenta poderosa para
solucionar ou amenizar problemas enfrentados pela
sociedade e melhorar a qualidade de vida da
população.
O empreendedor social observa injustiças e encontra
e encontra nessas situações inspiração para agir,
usando sua coragem e criatividade. Com suas ideias,
pode transformar significativamente a sociedade.
O público-alvo das ações de
empreendedorismo social costumam ser
populações carentes, que não contam com
dinheiro ou influência política para alcançar
determinados benefícios.
https://resultadosdigitais.com.br/marketing/empreendedorismo-social/
Esse modelo ganha
força em cenários de
crise econômica, social
e ambiental. Nesses
contextos, o
empreendedorismo
social auxilia a
resolver situações
relacionadas à saúde,
emprego, educação,
meio ambiente,
moradia, direitos
humanos, entre
outras.
Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
aula 1 Quais são os três componentes do empreendedorismo social?
2 Identificação de
oportunidade
Depois do diagnóstico do
problema, é preciso transformá-
lo em uma oportunidade de
negócio, uma ideia de empresa
que ofereça uma solução para o
problema enfrentado pelo grupo
afetado.
Isso é feito a partir das
habilidades de criatividade,
motivação e inovação do
empreendedor. Ele desenvolve
uma proposta de valor social
que pode mudar a realidade.
Ser um empreendedor social é estar à frente de uma
iniciativa que agregue valor; é promover soluções para
problemas amplamente difundidos; e ajudar a resolver
situações que tenham a ver com moradia, saúde,
educação, emprego, meio ambiente e direitos humanos.
3 Criação de uma nova
realidade
Após a implementação do
negócio, a empresa consegue
criar um novo equilíbrio
estável, que resolve ou alivia as
dificuldades enfrentadas pelo
grupo. Com isso, a população
afetada tem mais qualidade de
vida. Os benefícios podem,
ainda, se refletir na sociedade
como um todo.
1 Diagnóstico
O primeiro passo para criar um
empreendimento social é identificar
a existência de uma realidade
injusta, que cause exclusão ou
sofrimento à sociedade como um
todo ou a uma parte dela — em
geral, pessoas que não contam com
meios financeiros ou influência
política para sair dessa situação.
Alguns exemplos são educação
precária, fome, falta de moradia,
desemprego, exclusão de
determinados grupos (como
mulheres, negros, pessoas com
deficiência, entre outros), violação dos
direitos humanos e problemas
ambientais (como desmatamento,
poluição e maus tratos aos animais).
https://resultadosdigitais.com.br/marketing/empreendedorismo-social/
Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
Aula 2 Empreendedorismo SOCIAL - Atividades
https://resultadosdigitais.com.br/marketing/empreendedorismo-social/
https://meusucesso.com/artigos/5-exemplos-de-empreendedorismo-social-no-brasil-173/
Em seu caderno:
1 Descreva resumidamente a principal
diferença entre empreendedorismo
tradicional e empreendedorismo social.
2 Cite em sua cidade se há alguma empresa
que se encaixa no quesito de
empreendedorismo social, descreva sua
forma de atuação.
3 Reflita e identifique com seus colegas e
professores necessidades da sua cidade que
precisam ser melhoradas e poderia ser feito
através de empreendedorismo social.
4 Suponha que você recebeu um capital de
R$300.000,00 (trezentos mil reais), para criar
uma empresa na área de empreendedorismo
social, qual seria a área de atuação da
empresa e como você usaria o dinheiro para
iniciar?
5 Sobre o conceito de empreendedorismo social
marque a alternativa Incorreta:
( ) iniciativa que agregua valor; é promove
soluções para problemas sociais; e ajudar a
resolver situações que tenham a ver com
moradia, saúde, educação, emprego, meio
ambiente e direitos humanos.
( ) pode ser aplicado na criação de um produto
inovador, e reverter todo o lucro para a causa
escolhida, empregar populações vulneráveis em
cooperativas ou mesmo desenvolver modelos de
economia colaborativa.
( ) a visão é voltada para o lucro e
competitividade no mercado, gerando o máximo
de dividendos para seus investidores abordagem
na utilização dos recursos.
( ) a empresa social lucra com algum tipo de
serviço, venda ou inovação, mas o objetivo não é,
somente, gerar mais receita para os empresários
e acionistas, mas sim maximizar a melhoria social
mantendo a operação lucrativa e ascendente.
https://institutolegado.org/blog/principais-caracteristicas-e-dna-do-empreendedor-social/#:~:text=%E2%80%9CO%20empreendedor%20social%20tem%20intencionalidade,abordagem%20na%20utiliza%C3%A7%C3%A3o%20dos%20recursos%E2%80%9D.
Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
Revitalização de
comunidades;
Saneamento e
distribuição de energia;
Atendimento popular de
advogados;
Consultas médicas,
psicológicas e
odontológicas
acessíveis;
Inclusão digital;
Espaço cultural;
Artesanato e centros de
distribuição;
Agricultura;
Reciclagem.
Uma empresa social pode
buscar em inúmeros setores
algo que está ruim, mas que
tenha resolução – e que
essa solução promova uma
melhora na qualidade de
vida das pessoas. Alguns
tipos de projetos em que o
empreendedorismo social
pode fazer ampla diferença:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
GRAACC
O Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer existe
desde 1991. Essa iniciativa do oncologista pediátrico Antonio
Sérgio Petrilli tem sido uma forte aliada no combate ao câncer
infantil no Brasil. A entidade já tratou mais de 5 mil pacientes,
apresentando uma taxa de cura que fica em torno de 70%. A
organização funciona com base em um rigoroso sistema de
gestão e atendimento que envolve pesquisadores de
universidades, iniciativa privada e sociedade.
Asid
Iniciada como trabalho de faculdade, a Ação Social para
Igualdade das Diferenças atua desde 2010 com um
compromisso central: auxiliar na gestão de escolas e
instituições que trabalham com pessoas especiais. Alexandre
Amorim, Luiz Ribas e Diego Moreira conduzem a organização,
que desenvolveu uma metodologia administrativa aplicada nas
entidades atendidas com o objetivo de melhorar a qualidade
do ensino gratuito oferecido a pessoas especiais.
Aula 2 Empreendedorismo SOCIAL - atividades
6 Pesquise mais uma empresa que se enquadra e
empreendedorismo social e descreva em seu caderno seu
nome, área de atuação e atividades aqui.
(tente encontrar uma empresa diferente da de seus colegas de
classe)
8 Analise as características abaixo risque as afirmações que
não condizem com o empreendedorismo social:
Exemplos de empresas empreendedoras sociais
https://meusucesso.com/artigos/5-exemplos-de-empreendedorismo-social-no-brasil-173/
Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
Sua medida de desmpenho
é o lucro
Visa o bem da coletividade
Sua medida de desempenho é
o impacto social positivo
Produz bens e serviços para a
comunidade
Produz bens e serviços para a
comunidade
Visa a lucratividade
máxima e individual da
empresa
Visa satisfazer as necessidades dos
clientes para mais lucro a
ampliação do negócio
Foco na solução de problemas
sociais antes de visar lucratividade
O empreendedorismo social já é uma
realidade e você pode fazer parte dessa
transformação. Pensar além do lucro e
investir em algo que impacta vidas
positivamente é uma forma de deixar a sua
marca no mundo.
Existem algumas características
que um empreendedor social
precisa ter.
A primeira é ser inconformado. Não
aceitar desigualdades sociais e
injustiças deve ser uma motivação
que dirige a sua vida pessoal e
profissional.
Identificar oportunidades,
gerenciar pessoas e aplicar soluções
para a resolução de problemas
também serão habilidades
essenciais no seu dia a dia. Além
disso, lembre-se de desenvolver sua
criatividade e pensamento
estratégico, pois vão ajudar muito
na definição e execução do seu
plano de negócio.
Empreendedores sociais abrem um
negócio cujo maior impacto são as
melhorias na sociedade e,
pretendendo algo além dos lucros,
buscam promover ações capazes de
mudar realidades. Seja na
comunidade, no bairro ou na cidade, o
papel do empreendedor social é
estabelecer estratégias que gerem um
retorno social.
Como iniciar um projeto de
empreendedorismo social?
1 - Encontre sua causa
2 - Combine suas causas a suas
habilidades
3 - Escolha um modelo de negócio
4 -Busque apoia para capital
inicial,
5 - Construa um negócio sustentável
e escalável
empreendedor social é estar à frente de uma iniciativa que agregue valor; é promover
soluções para problemas amplamente difundidos; e ajudar a resolver situações que tenham
a ver com moradia, saúde, educação, emprego, meio ambiente e direitos humanos.
É uma forma de empreendedorismo que busca desenvolver produtos e serviços que
impactem a sociedade. Para isso, os empreendedores sociais usam práticas que são comuns
no meio corporativo, como criatividade e inovação.
Pesquisem e
assistam vídeos
sobre o tema
Empreendedorismo social
aula 03 Empreendedorismo Social (1)
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
https://sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/o-papel-do-empreendedor-
social,235c77a4e7846710VgnVCM1000004c00210aRCRD#:~:text=Ser%20um%20empreendedor%20social%20%C3%A9,meio%20ambiente%20e%20direitos%20hum
anos.
Uma das principais referências do
empreendedorismo social é Muhammad Yunus,
economista e banqueiro que criou o Banco Grameen,
com sede em Bangladesh, cujo principal objetivo é
fornecer microcrédito para famílias pobres. Suas
ações o levaram a receber o Prêmio Nobel da Paz em
2006.
1º: ser inovadora;
2º: ser realizável;
3º: ser autossustentável;
4º: envolver várias pessoas e segmentos da
sociedade, principalmente a população
atendida;
5º: provocar impacto social e permitir que seus
resultados possam ser avaliados.
É uma forma de empreendedorismo que busca
desenvolver produtos e serviços que impactem a
sociedade, ajudando a solucionar os problemas
enfrentaSão necessários que alguns passos sejam
observadas antes da implementação de
empreendimento social. Antes de tudo, é
necessária uma ideia e ela deve apresentar
algumas características fundamentais, tais como:
Os passos seguintes são: colocar essa ideia em
prática, institucionalizar e gerar um momento de
maturação até que seja possível a sua
multiplicação por outras localidades
os por ela. Para isso, os empreendedores sociais
usam práticas que são comuns no meio
corporativo, como criatividade e inovação.
aula 03 Empreendedorismo Social (2)
Empreendedorismo Social
A inglesa Florence Nightingale, fundadora da primeira escola de enfermagem que
desenvolveu práticas de enfermagem modernas na Segunda Guerra Mundial através de
reformas profundas nos hospitais do exército inglês,
Michael Young, fundador do “Institute for Community Studies” em 1953 e da “School for
Social Entrepreneurs” (SSE) em 1997, no Reino Unido, apontado como tendo
desempenhado um papel central na promoção e legitimação do campo do
empreendedorismo social;
Maria Montessori, a primeira médica italiana que, nos anos 60 do século XX, criou um
método de educação revolucionário que consistia na defesa de que cada criança tinha
um desenvolvimento único. O sucesso do seu método conduziu à criação de diversas
Escolas Montessori;
Susan B. Anthony Lutou pelos Direitos das Mulheres nos Estados Unidos, incluindo o
direito de controlar os bens, e ajudou a liderar o processo de aprovação da 19ª emenda;
Vinoba Bhave foi fundador e líder do Land Gift Movement (Movimento de Doação de
Terras), levou à redistribuição de mais de 17.300.000 hectares de terra para ajudar os
intocáveis e os sem-terra da Índia;
Margaret Sanger foi a fundadora da Planned Parenthood Federation of America
(Federação Americana do Planeamento Familiar) nos Estados Unidos da América, e dirigiu
o movimento em prol do planeamento familiar em todo o mundo;
John Muir era defensor da natureza e conservador, fundou o Sistema Nacional de
Parques e ajudou a fundar o Sierra Club;
Jean Monnet foi o responsável pela reconstrução da economia francesa após a Segunda
Guerra Mundial, incluindo a criação da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA).
A CECA e o Mercado Comum Europeu foram precursores diretos da União Europeia.
Abaixo encontram-se alguns dos primeiros empreendedores sociais:
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
https://pt.wikipedia.org/wiki/Empreendedorismo_social
Leia com atenção
Pesquisem e
assistam vídeos
sobre o tema
Projeto Tamar, que tem como objetivo a preservar as espécies de
tartarugas marinhas;
Asid surgiu em 2010 com o objetivo de auxiliar na gestão de escolas
e instituições que trabalham com pessoas especiais;
Instituto Chapada é outro exemplo, cujo empreendimento tem
como objetivo ajudar a formação de professores e coordenadores
pedagógicos;
Enactus, que está presente em 36 países e tem como objetivo
inspirar alunos universitários a melhorar o mundo através da ação
empreendedora;
Parque Ibirapuera Conservação que empodera comunidades a
cuidar de espaços urbanos verdes, públicos e abertos.
Ashoka, que está presente no mundo todo e tem como objetivo
apoiar empreendedores sociais;
Grupo de Apoio ao Adolescente e Criança com Câncer, a GRAACC
tem como meta oferecer a crianças e adolescente com câncer um
atendimento de alto padrão e qualidade.
Artemisia, que tem seis diferentes vertentes para ajudar na gestão
de empreendimentos sociais: inspiração, educação, busca e seleção
de negócios, aceleração d
e empreendimentos, projetos institucionais
e conhecimento.
No Brasil, existem empreendimentos conhecidos e
de sucesso, como por exemplo:
aula 04 Empreendedorismo Social
Poder efetivo de mudança.
Geração de renda.
Qualidade de vida.
Soluções criativas.
Erradicação da pobreza.
Combate à fome e agricultura sustentável.
Saúde e bem-estar.
Educação de qualidade.
Igualdade de gênero.
Água potável e saneamento.
Energia acessível e limpa.
Trabalho decente.
Redução de desigualdades.
Consumo e produção responsáveis.
Conheça alguns dos benefícios de abrir uma empresa social:
Algumas áreas para desenvolvimento de negócios sociais:
O apoio de investidores que priorizam uma combinação equilibrada de
retorno financeiro e social é uma opção muito usada, porém existem
alternativas efetivas para quem deseja iniciar um negócio social. Veja
alguns exemplos práticos:
Tom’s Shoes
A empresa utiliza o modelo de compensação cruzada: quando um
sapato da empresa é vendido, outro par é doado a crianças que vivem
em países em desenvolvimento.
Solidarium
É o marketplace que conecta pequenos produtores artesanais a grandes
redes varejistas para a comercialização on-line e venda direta ao
consumidor. Gera renda para cerca de 1.450 cooperativas, que
empregam mais de 6.500 artesãos em todo o Brasil.
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Sebrae e Wikipédia
aula 05 Empreendedorismo Social
Negócios de impacto (Empreendedorismo social) não são o mesmo que organizações
não governamentais.
Além de possuírem legislações e obrigações fiscais distintas, a principal diferença é que as
ONGs não possuem fins lucrativos e funcionam por meio de doações e apoios.
Empreendimentos sociais, por sua vez, geram lucro a partir da comercialização de seus
produtos e serviços. Ou seja, são autossustentáveis!
Então, qual é a diferença entre uma empresa tradicional e um negócio de impacto?
https://www.aeconomiab.com/empreendedorismo-social-no-brasil-e-no-mundo/
De acordo com o que o professor(a)
propor:
Reuna- se com colegas ou faça
individualmente um projeto de
empreendedorismo social, defina(m) área
de atuação, monte(m) o passo a passo da
criaçao da empresa e descreva(m) em qual
área social pretende(m) atuar e impactar
positivamente, o que e como prentende(m)
vender ou prestar serviço, gerar receita
(lucro), buscar parcerias para a empresa se
autossustentar.
Apresentar a ideia para os colegas.
atividade de fixação
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Qual é o objetivo da criatividade?
O objetivo de identificar padrões que estejam
“escondidos”, estabelecer
novas conexões entre fenômenos que aparentemente
não se conectam e gerar soluções. criar, Modificar e
produzir novos conhecimentos
Aula 06 Criatividade e inovação em ambientes laborais
Criatividade
Inovação
é o ato de ser criativo, palavra que define a
capacidade de criar e de inventar. Também
indica a qualidade de quem possui ideias
originais ou se mostra capaz de propor novos
enunciados. Não é apenas um talento, mas
uma competência que, como tal, pode ser
desenvolvida e aperfeiçoada.
uma ideia implementada que agrega valor
para o negócio e atende a uma necessidade
real.
A inovação pode ocorrer pelo
desenvolvimento de algo novo
e também pela melhoria contínua de algo já
existente.
Qual é o objetivo da inovação?
O objetivo da inovação é melhorar ou mudar a forma
como as coisas são feitas, produzidas ou fornecidas,
com o objetivo de aumentar a eficiência, a eficácia, a
qualidade e a satisfação dos clientes. Além disso, a
inovação também é importante para manter a
competitividade de uma empresa ou organização.
Como desenvolver um perfil criativo e inovador?
Para desenvolver criatividade e inovação, podemos seguir modelos de
trabalho que estimulem essas habilidades. Assim, pela repetição das
práticas, pouco a pouco, começamos a pensar em soluções diferentes
com naturalidade. Confira algumas dicas.
Utilize o Design Thinking
O Design Thinking é uma metodologia dividida em etapas, que conduz a
pessoa do entendimento de um problema até a implementação de uma
solução viável.
No meio do caminho, a criatividade, a colaboração e a experimentação
são incentivadas como estratégias para a resolução de problemas. Por
isso, essa é uma boa forma de ter ideias criativas com mais frequência.
https://blog.unyleya.edu.br/especialize-se/criatividade-e-inovacao/
Crie o hábito da leitura complementar
A leitura também é uma ferramenta interessante para ser mais criativo. Nos livros, nosso pensamento é
conduzido pelo autor por caminhos frequentemente inesperados.
Uma boa prática é buscar, em outras áreas, leituras complementares. Assim, a partir da analogia entre os
problemas ou conflitos indicados pelo autor e os que vamos enfrentar, podemos encontrar soluções
diferentes da maioria das pessoas.
Tenha atenção ao entorno
Muitas vezes, ao analisar um problema, estamos tão centrados nele que nosso pensamento fica
excessivamente linear, sem enxergar o que está no entorno. Existem algumas técnicas que podem ajudar a
eliminar essa “cegueira”.
Uma delas é o mapa mental. Nele, o problema é colocado como tópico central em uma folha, sendo
conectado a subtópicos e informações. Assim, por exemplo, para lidar com um período de muitos pedidos
de demissão, os subtópicos poderiam ser “recrutamento”, “benefícios oferecidos”, “treinamentos”,
“liderança” e “satisfação”. Isto é, apontaremos as possíveis falhas que levaram à rotatividade, enxergando o
contexto do problema.
Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
Aula 07 Criatividade e inovação em ambientes laborais
Exemplos
EMPRESAS QUE INOVARAM DURANTE
A CRISE DO CORONAVÍRUS
https://www.gobacklog.com/blog/empresas-que-inovaram-na-crise-do-coronavirus/
Enquanto todas suas lojas físicas estavam
fechadas, a Nike impulsionou suas
operações on-line, ativando maneiras
digitais de estabelecer a conexão com
seus clientes. John Donahoe, CEO da Nike,
definiu:
O que estamos vendo [..] é que a
experiência digital/física contínua está
respondendo ao que os consumidores
querem.
Seu ecossistema de aplicativos digitais
foram aproveitados, assim como a rede de
treinadores especialistas da empresa, para
que os cadastros nos aplicativos fossem
acelerados, aumentando o engajamento
dos treinos no aplicativo Nike Training
Club.
Apenas na China, o número de usuários
ativos semanalmente em todos os
aplicativos de atividade da Nike subiu 80%,
gerando uma receita de US$ 10,1 bilhões
no final do primeiro trimestre, o que
estava totalmente fora do esperado.
O Magazine Luiza lançou uma plataforma
digital gratuita denominada de Parceiro
Magalu, o projeto que estava sendo
planejado para operar em cinco meses, após
as indicações de isolamento social, foi
executado em cinco dias.
Segundo Frederico Trajano, CEO do Magalu, a
crise acelerou o desenvolvimento do projeto,
e o fizeram em cinco dias mesmo sabendo
das instabilidades que poderiam enfrentar,
mas era um risco que acharam preciso
correr. Frederico Trajano ainda conta:
Digitalizar o varejo e os brasileiros faz parte da
nossa estratégia de negócio e do nosso
propósito como empresa — e ele nunca se
mostrou tão necessário quanto nesses tempos
que estamos vivendo.
A plataforma digital de vendas visa ajudar
autônomos, micro e pequenos varejistas a
continuarem a vender mesmo durante a
crise. Tendo acesso aos 20 milhões de
clientes do Magazine Luiza, os pequenos
comerciantes podem oferecer seus produtos
tanto no site, como no aplicativo da
companhia.
Em um momento onde foi preciso reinventar as maneiras de
convivência, a MRV lançou a campanha #FiqueEmCasa e preparou
seus canais digitais para que a busca pela compra dos apartamentos
e o processo de documentação fossem feitos de maneira totalmente
online.
O investimento na experiência do usuário foi possível através da
digitalização de seus processos, que ocorrem desde a escolha do
apartamento ao acompanhamento das obras.
Como resultado, mesmo com fechamento de seus stands de vendas
e adiamento de lançamentos previstos para o primeiro trimestre, a
companhia reportou um aumento de 28% em suas vendas, em
comparação aos três primeiros meses do ano passado.
A MRV, que se encontra entre as 10 empresas mais inovadoras do
Brasil, de acordo com a Forbes, conseguiu reduzir os impactos da
crise em seu negócio não só ao reinventar uma forma segura de
estar ao lado de seus clientes, como pelo fato de ter estabelecido a
inovação como um de seus valores, possuindo este atributo inerente
ao negócio.
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
Aula 07 Criatividade e inovação em ambientes laborais
Dicas para estimular a criatividade e a inovação
Prazos apertados, muitas demandas, falta de tempo. São inúmeras as razões que podem
impedir um indivíduo de ter a criatividade e a inovação como parte da rotina.
Essas duas características são essenciais para o sucesso de qualquer profissional. Com
mudanças simples é possível estimular a criatividade e a inovação todos os dias. Confira:
1 - Comece pelo pequeno
Muitas pessoas acreditam que ser criativo e inovador é ter ideias grandiosas que vão impactar a
vida de milhares de pessoas e trazer reconhecimento.
A criatividade e a inovação estão nos grandes feitos e descobertas da história da humanidade,
mas também estão nas coisas pequenas do dia a dia.
Trazer ideias que proponham mudanças positivas para sua rotina ou da sua empresa já são um
ótimo começo. Comece refletindo sobre as coisas pequenas que o cercam.
2 - Esteja atento ao seu redor
“Ideias todo mundo tem. Como é que entram na cabeça da gente? Entram porque a gente lê,
observa, conversa, vê espetáculos”, disse a escritora Ruth Rocha. Como explica Rocha, as boas
ideias não nascem do nada. É preciso estar atento ao que acontece no mundo, desde os
noticiários até os memes que circulam nas redes sociais. Os acontecimentos que nos cercam
são constante fonte de inspiração e podem apontar caminhos para propor algo inovador.
3 - Mexa seu corpo
Com o trabalho remoto, tendência que cresceu com a pandemia da Covid-19, muitos
profissionais têm passado ainda mais tempo sem se movimentar.
O estado físico do corpo também é importante para a criatividade. Praticar exercícios físicos
libera hormônios do bem-estar e ajuda na circulação sanguínea. Para a mente funcionar
corretamente, o corpo também deve estar em sintonia.
Dessa forma, manter o corpo em movimento também é uma maneira de estimular e
desenvolver a criatividade.
4 - Dê um tempo à sua mente
Quantas vezes você ficou insistindo horas em uma ideia que não levou a nada?
O processo de criação pode ser bem cansativo para a mente.
Por isso, dar um descanso à mente e se afastar por algumas horas do que deve ser
produzido pode ser uma boa saída. Dê um tempo para sua cabeça se recuperar e abra
caminho para novas ideias.
“O segredo da criatividade está em dormir bem e abrir a mente para as possibilidades
infinitas. O que é um homem sem sonhos?”, disse o grande físico Albert Einstein.
https://www.blogdoead.com.br/tag/carreira/criatividade-inovacao
O que é um outlier?
Na estatística, um outlier é um dado que se distancia radicalmente dos demais que compõem a
amostra analisada. O termo é traduzido para “valor atípico” ou “valor aberrante” em português.
Podemos dizer que é um “ponto fora da curva”, para usar uma expressão do dia a dia.
No mercado de trabalho, uma pessoa outlier é um profissional de alto desempenho, que
entrega bons resultados para a empresa ou para clientes, caso seja autônomo. Isso com uma
performance ágil e uma produção de qualidade.
O termo foi emprestado da estatística pelo jornalista e palestrante Malcolm Gladwell, que o
popularizou no meio corporativo com o livro “Fora de Série: outliers” de (2008).
O autor usou como exemplos o jogador de hockey Wayne Gretzky, o fundador da Microsoft Bill
Gates e a banda The Beatles para ilustrar a seguinte afirmação: existem pessoas mais bem
sucedidas que outras graças a uma combinação entre trabalho duro e oportunidade.
Em outras palavras, além de ser competente e dedicado, é preciso estar no lugar certo e na hora
certa para alcançar o sucesso.
Lembrando que a definição de “sucesso” varia de pessoa para pessoa, de acordo com os
objetivos para a vida pessoal e profissional. Não se trata simplesmente de ganhar muito
dinheiro ou ocupar cargos C-level em uma multinacional.
Realizam entregas mais rapidamente e com mais qualidade do que os pares;
Realizam mais funções do que os demais colegas que ocupam o mesmo cargo na organização;
São pontos de referência para a equipe, que as procura para tirar dúvidas e pedir ajuda para
resolver problemas;
São vistas como lideranças informais pelo time;
São mais exigentes consigo mesmas na qualidade das entregas;
Têm um nível elevado de produtividade durante o dia de trabalho;
Seguem uma ética profissional alinhada à cultura organizacional.
Como reconhecer uma pessoa outlier
É possível identificar um profissional outlier em todas as áreas de atuação e em diferentes níveis
hierárquicos de uma organização. Geralmente, as pessoas outliers demonstram as seguintes
características no dia a dia de trabalho:
Aula 08 Criatividade e inovação em ambientes laborais - atividades
1 Estão entre características de uma pessoa criativa, exceto:
( )Ser criativo é se apegar ao novo, a coisas que não se pensaram
anteriormente, ou que não foram executadas quando deveriam.
( ) Ser criativo é deixar de fazer as coisas quando algo dificulta a ação
por falta de instrumentos necessários.
( )Ser criativo é se arriscar, buscar melhorar, aprimorar técnicas e
desenvolver novas. Abertura a ideias e informações. Vontade de
mudar e se adaptar.
2 “Existem diversos aspectos tratados formalmente ou informalmente
nessas conversas, mas um com certeza se destaca, o que eu chamo de
Fatores de Sucesso da Inovação (FSI).”
A inovação depende de vários fatores, alguns citados abaixo,
exceto:
( ) softwares, hardwares e sistemas de informação e comunicação,
como também a gestão da informação, o business intelligence (BI), o
data science e o big data.
( ) Elemento importante em diversos processos, áreas e setores de
orgnização, que podem determinar o sucesso ou frustração de
uma inovação, sua criação, continuidade e evolução, portanto a
organização é dispensável.
( ) A qualidade de um produto e (ou) serviço inovador deve ser
monitorada, não só em seu período de nascimento, mas também
durante todo o processo de desenvolvimento evolutivo e inserção
de novos elementos.
Saiba como a criatividade impulsiva, aquela que não se
transforma em ação, pode ser um empecilho para a
produtividade. Criatividade e procrastinação não combinam!
3 Leia a afirmação abaixo e escreva sua interpretação:
https://endeavor.org.br/sem-categoria/a-arte-de-nao-ser-criativo/
4 Alguns fatores/características são necessários de serem
observados para se obter o sucesso de uma inovação nas
organizações. Pesquise e cite algumas.
https://jornaldebrasilia.com.br/arquivo-de-blogs/professor-m/dez-fatores-de-sucesso-da-inovacao-10-fsi/
5 O que é ser um outlier no trabalho? Como identificar um
outlier?
6 Pesquise histórias de pessoas conhecidas que são
consideradas outlier e escolha uma para contar em seu caderno.
Aula 09 Criatividade e inovação em ambientes laborais - atividades
Escolha uma das duas missões de criatividade e desenvolva sua ideia abaixo ou em uma folha:
Uma fábrica de chocolates vai pretende criar um novo tipo de
chocolate combinado com bolachas, tipo wafer, parecida com
os chocolates Kit Kat marca Nestlé, ou Bis da concorrência.
Mas precisa de algo diferente para o sabor, e uma
embalagem interessante.
Imagine como seria esse chocolate, no sabor e recheios e
pense também na embalagem, cores e nome chamativo e
slogan. Desenhe e descreva sua ideia.
Existe uma marca de perfumes que pretende lançar um
perfume para jovens na faixa etária média dos 12 aos 20 anos.
Para isso a empresa precisa de uma embalagem bonita e um
nome bonito, além de decidir se o perfume terá notas florais,
madeiradas, orientais, adocicadas, enfim...
Imagine como seria esse perfume, o nome, o cheio,
a embalagem e o vidro, assim como a frase que seria usada
como slogan para chamar atenção dos clientes.
Desenhe e escreva sua ideia.
Escreva sua ideia:
Desenhe (prototipagem)
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Aula 10 Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho.
Qualaestruturadeumprojetodeintervenção?
Segue a mesma base de trabalhos acadêmicos:
*Introdução, desenvolvimento e conclusão.
*Deve contar a capa, contracapa, resumo e outros;
os elementos textuais, que é onde se inicia o texto
propriamente com uma introdução, narrando o
contexto da situação, a problemática, bem como as
propostas de resolução dessa problemática, a
justificativa, objetivos indicando onde se pretende
chegar com o projeto e outros; por fim, temos a
conclusão, ou seja, a resposta a que se chegou com a
pesquisa.
https://mystudybay.com.br/projeto-de-intervencao/#:~:text=com%20seu%20projeto%3F-,O%20que%20%C3%A9%20um%20projeto%20de%20interven%C3%A7%C3%A3o%20pronto,de%20conviv%C3%AAncia%20com%20a%20realidade.
Comoapresentarumprojetodeintervenção?
Apesar de ter uma construção um pouco diferente
ele é apresentado da mesma forma que outros
trabalhos acadêmicos. Com um tempo
disponibilizado ao aluno para demonstrar sua
pesquisa, os resultados obtidos e a solução
encontrada. É possível utilizar slides, porém o slide
não deve ser prolixo, nem o estudante poderá ler o
texto, ele deverá conhecer sua pesquisa e resumi-la
de forma que consiga apresentar nos 10 ou 20
minutos disponibilizados, o tempo de apresentação
depende de cada instituição de ensino.
Qualaimportânciadoprojetodeintervençãopedagógica?
Apesar de ter uma construção um pouco diferente
ele é apresentado da mesma forma que outros
trabalhos acadêmicos. Com um tempo
disponibilizado ao aluno para demonstrar sua
pesquisa, os resultados obtidos e a solução
encontrada. É possível utilizar slides, porém o slide
não deve ser prolixo, nem o estudante poderá ler o
texto, ele deverá conhecer sua pesquisa e resumi-la
de forma que consiga apresentar nos 10 ou 20
minutos disponibilizados, o tempo de apresentação
depende de cada instituição de ensino.
exemplodeprojetodeintervençãopedagógica-Decidaqualénecessárionasuaescola
Entenda que:
-A qualidade do conteúdo está intrinsecamente ligada a
profundidade da pesquisa realizada;
-A coleta de dados é imprescindível para o diagnóstico
do problema e o suprimento da necessidade na
realidade social estudada;
-A estrutura do projeto de intervenção é formada por
introdução, desenvolvimento e conclusão;
-Através do planejamento interventivo é possível
observar as dificuldades e problemas enfrentados em
determinado meio, e a partir daí encontrar soluções e
métodos de solucionamento.
Esse tipo de projeto possui características bem singulares, como a presença de uma pesquisa-ação, bem como da inserção do
pesquisador no meio de convivência do problema ao qual irá abordar, além do envolvimento dos demais indivíduos da
realidade social na resolução do problema e as ações práticas para se chegar a resposta.
A evasão escolar dos indivíduos de baixa renda e práticas de intervenção;
Ações de violência doméstica e a dificuldade de aprendizagem no
desenvolvimento da criança;
Contato do idoso e família no caso de idosos asilados;
Como manter a saúde mental na escola em caso de violência infantil;
Proposta de intervenção psicopedagógica e orientações para a observação;
Ensino fundamental as dificuldades de interação com a leitura e escrita;
Proposta de intervenção na educação profissional: como melhorar a
atenção dos profissionais na identificação de fatores de risco.
Sugestões de porjeto de intervenção pedagógica:
Escolhaumadassugestõesao
lado,deacordocoma
necessidadedasuaescolana
suaopinião,
emonteumplanodeprojeto
emseucaderno.Individualou
emgrupo,comooprofessor
orientar.
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Aula 11 Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho.
Não confunda: Por intervenção ambiental, entende-se qualquer intervenção sobre a cobertura vegetal nativa ou sobre área de uso restrito, ainda que não
implique em supressão de vegetação.
O que seria INTERVENÇÃO sociocultural?
Reduzir o impacto ambiental.
Educar o público-alvo sobre tema específico.
Criar líderes ambientais.
Usar produtos naturais.
Ações de voluntariado.
Fazer doações para instituições sociais.
Por isso, trouxemos algumas formas de responsabilidade social
para você aplicar na sua organização hoje mesmo!
1.
2.
3.
4.
5.
6.
Resposta: Os projetos de intervenção social são
atividades realizadas em uma realidade social a partir
de um problema. A ação pode ser realizada nos campos
da educação, assistência social, saúde e diversas áreas
que têm como principal característica o envolvimento
dos sujeitos nos processos de intervenção.
Quais as ações de responsabilidade socioambiental?
https://www.childfundbrasil.org.br/blog/6-exemplos-de-responsabilidade-social-para-empresas/
Algumas formas de responsabilidade social para empresas ou você
mesmo aplicar em projetos:
1. Reduzir o impacto ambiental
Essa é uma estratégia muito utilizada por diversas empresas. A Amanco, por exemplo,
uma marca conhecida pela fabricação de tubos e conexões, vem optando por
matérias-primas menos poluentes. Por exemplo, ela parou de usar o solvente à base de
tolueno por outros menos poluentes.
2. Educar o público-alvo
Quem não precisa de educação financeira? Ela é essencial para qualquer empresa e
também para qualquer pessoa. Pensando nisso, o Bradesco resolveu levar educação
financeira para a população carente. Além disso, a empresa também atua em ações de
sustentabilidade socioambiental em parceria com a Fundação Amazônia Sustentável.
3. Criar líderes ambientais
Que tal promover a consciência ambiental dentro da sua empresa?
É exatamente isso que o HSBC está fazendo. Em busca de líderes ambientais, o banco
criou, há cerca de 3 anos, um programa para incentivar os funcionários chamado
Climate Parthership. A instituição treina os colaboradores que tenham interesse no
assunto.
4. Usar produtos naturais
Quanto menos os processos químicos utilizados em diversos produtos que utilizamos,
melhor para a nossa saúde e também para o meio ambiente.
Pensando nisso, a Natura, grande empresa de cosméticos, investe na capacitação dos
seus funcionários para que eles consigam extrair óleos naturais das plantas.
Por exemplo, existe um óleo chamado de Murumuru que é extraído de uma planta
nativa da região amazônica.
O grande problema é que isso é feito por meio de queimadas. As famílias que
forneciam a matéria prima usando esse método, passaram a ser orientadas pela
empresa a não utilizar mais essa forma de extração.
O que a Natura está fazendo é orientando essas famílias a fornecer a matéria prima
sem a utilização das queimadas. Apenas essa ação conseguiu preservar mais de 3 mil
palmeiras de onde o produto é extraído.
5. Ações de voluntariado
Que tal incentivar os funcionários a realizar trabalho voluntário? Um boa prática é
realizar visitas em casas de acolhimento de crianças e idosos. Apenas uma simples
visita pode fazer um bem enorme para as pessoas que moram nesses locais.
6. Fazer doações para instituições sociais:
Doar para ONGs que você pesquise e saiba que aplicam bem os recursos.
Faça um esquema em seu caderno explicando e dando exeplos de intervenção sociocultural
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Aula 12 Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho.
Ação prática> projetos de intervenção social são atividades realizadas em uma realidade social a partir
de um problema. “educar público alvo sobre tema específico”
Escolha com seu professor(a) e seus colegas um tema que julguem necessário para intervenção sociocultural/ambiental através de mini
palestra ou visita nas outras salas para conscientização e motivar engajamento social acerca de um tema, podendo usar um panfleto,
dinâmica, ou outro recurso que queiram para levar a mensagem aos alunos nas outras salas de aula.
Lembrem-se de escolher, delimitar, escolher recursos a serem utilizados, focar e levantar informações e dados para apresentar de forma
rápida e interessante, conseguindo assim engajamento do público alvo. Importante propor ação simples e prática. Sugestões:
Direitos dos Animais
EDUCAÇÃO AMBIENTAL E
MOBILIZAÇÃO SOCIAL
Campanha Antibullying
MOBILIZAÇÃO
VIRTUAL/SOCIAL
Pacto Antidrogas
MOBILIZAÇÃO
SOCIAL/VIRTUAL
Drogas lícitas e ilícitas tem sido um dos
grandes problemas enfrentados na sociedade
contemporânea.
Mensagens difundidas em campanhas e
programas educacionais devem ser baseadas
em evidências científicas, sendo claras e
atualizadas, respeitando as especificidades, a
vulnerabilidade e as diversidades culturais de
cada público-alvo.
Escolham uma abordagem informativa sobre o
tema e aplique na campanha.
Leia sobre o tema, defina as frentes de atuação,
Defina os responsáveis por cada ação,
calendário de atividades, atue em parceria com as
famílias se necessário, integre a campanha com
as disciplinas. Esclarecer, alertar e combater o
bullying e o cyberbullying, com o objetivo
principal de diminuir o índice de casos. O bullying
é uma triste realidade que atinge crianças e
adolescentes, podendo se estender por outras fases
da vida, que gera sérios prejuízos à saúde física e
mental.
https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/acervo/geral/audio/2020-
07/campanhas-de-prevencao-ao-uso-de-drogas-deverao-ser-baseadas-na-ciencia-
veja/#:~:text=Campanhas%20de%20preven%C3%A7%C3%A3o%20%C3%A0s%20d
rogas%20devem%20se%20basear%20na%20ci%C3%AAncia&text=A%20partir%20
de%20agora%2C%20as,culturais%20de%20cada%20p%C3%BAblico%2Dalvo.
https://freemind.com.br/blog/dicas-de-prevencao-as-drogas/
Os animais em geral sofrem vários tipos de
violências por parte dos seres humanos.
Delimite um tema, leve informações, procure
saber os direitos que as novas leis de proteção
animal no país e em seu Estado garantem.
Pode ser desde maus tratos e direitos dos animais
domésticos e em situação de rua, formas cruéis
de tratamento dispensado aos animais por
motivos culturais, declaração universal dos
direitos dos animais, observando que a forma
como os animais são tratados serve como
referência de evolução social.
https://totosdatete.org.br/colunistas-e-protetores/direitos-dos-animais-
quais-sao-e-importancia/?
gclid=EAIaIQobChMI1bm47cy3gQMVJTjUAR3BrgQDEAAYASAAEgKbLvD_
BwE
https://www.abp.org.br/contra-o-
bullying#:~:text=A%20iniciativa%20foi%20criada%20a,%C3%A0%20sa%C
3%BAde%20f%C3%ADsica%20e%20mental.
Aula 12 Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho.
Ação prática> projetos de intervenção social são atividades realizadas em uma realidade social a partir
de um problema. “educar público alvo sobre tema específico”
Aula para os alunos ou grupos de alunos se organizarem, fazerem na sala materiais, providenciar modelo de panfleto, xerox,
cartaz, ou quaisquer recursos que decidam usar na abordagem da educação do público algo e ensaio da apresentação, ensaiar a
apresentação com os outros colegas de sala com orientação do professor(a).
Tema escolhido:
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
Delimitação do tema:
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
Problemas a serem apresentados:
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
Argumentos de conscientização a serem utilizados:
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
Forma e local de apresentação ou das apresentações:
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
Público escolhido e duração de cada abordagem:
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
Recursos a serem utilizados e custos:
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
Os objetivos foram cumpridos? O que achou?
Testar a funcionalidade
Testar a usabilidade
Proporcionar feedbacks
Reduzir riscos
Diminuir investimento
Benefícios da prototipagem
Funciona? Precisa ser ajustado? De
que forma?
Com o protótipo, usuários testam a
ideia, Eese é o jeito mais eficiente de
entender os pontos que funcionam e
o que precisa ser melhorado para o
produto final.
Assim como é possível visualizar e
entender como as pessoas utilizam o
modelo (e como preferiam utilizar), o
protótipo permite que os usuários
deem feedbacks mais concretos
sobre o produto.
Com tudo que pode ser testado com
o protótipo, diminuem as chances de
lançar um produto falho, ou pelo
qual não exista demanda no
mercado.
Sai mais barato investir em
protótipos e investigar as falhas do
que aplicar muito dinheiro em um
produto final que não passou por
testes.
Aula 14 Metodologias para estruturação e prototipagem de idéias no ambiente de trabalho.
Mas o que é prototipagem?
Prototipar – ou ação de gerar um protótipo – é criar uma
representação que simula o funcionamento de uma invenção. Não
é necessário que a ideia esteja em um estágio avançado para isso.
Na verdade, é possível prototipar até um produto que até então só
tenha uma funcionalidade, ou um tipo de interação com o usuário.
A prototipação é uma forma de visualizar a sua ideia antes mesmo
de tirá-la do papel. Ela é de extrema importância para startups,
uma vez que evita maiores gastos no desenvolvimento.
Lançar um produto no mercado sem verificação é, na realidade,
muito arriscado. Pode ser que ele não funcione da forma desejada,
que os usuários não se identifiquem, ou até que simplesmente não
exista demanda. O melhor a se fazer é validar antes; e uma das
técnicas mais eficientes de validação é a prototipagem.
Em um projeto com várias fases, é interessante fabricar um modelo em
cada uma das etapas que surja algo a se testar. Não precisa ser
sofisticado; o ideal é que ele seja bem barato – sua função é apenas de
avaliação. É a partir dele que as melhorias no produto vão ser feitas.
Então há grandes chances de falha, mau funcionamento, ou até
reprovação de usuários.
https://www.napratica.org.br/
https://youtu.be/acHRiZZptSs?si=F3m1Shd3FpgVmVHL
https://inova.coop.br/blog/teste-suas-ideias-com-4-ferramentas-de-
prototipagem-3485b2a2e6d1
O que é design Thinking?
Design Thinking é uma metodologia de desenvolvimento de
produtos e serviços focados nas necessidades, desejos e
limitações dos usuários.
O grande objetivo do Design Thinking é converter
dificuldades e limitações em benefícios para o cliente e
valor de negócio para a sua empresa.
Um protótipo deve ser usado em diferentes etapas do
desenvolvimento de qualquer ideia, seja esta um produto,
serviço físico ou digital.
È possível fazer protótipo de inúmeras coisas, carros,
motos, aviões, prédios, máquinas diversas, aparelhos
tecnológicos, objetos em geral, e também de produtos
digitais como jogos, progrmas de edição de texto, etc.
https://sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/design-thinking-
inovacao-pela-criacao-de-valor-para-o-
cliente,c06e9889ce11a410VgnVCM1000003b74010aRCRD
https://www.youtube.com/watch?v=Bwjwb5aIcZ8&t=375s
Pesquise um jogo ou rede social que você usa e
observe a construção das telas. Cada uma foi
pensada por profissionais que
trabalham com Design com objetivo de prender sua
atenção o máximo de tempo na tela
Aula 15 Metodologias para estruturação e prototipagem de idéias no ambiente de trabalho.
Prototipagem
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Preencha o esquema com as principais informações que peaquisou e aprendeu sobre o que é, funções e vantagens da Prototipagem
Aula 16 plicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular).
https://www.unimed.coop.br/site/web/relatoriogestao2020-parana/cooperativismo
A história do cooperativismo teve início em 1844, no interior da Inglaterra, quando um
grupo de 28 trabalhadores se uniu para montar seu próprio armazém, após não
conseguir comprar o básico para sobreviver nos comércios na região conhecida como
Rochdale-Manchester.
A proposta dos envolvidos era comprar os alimentos necessários - farinha, aveia, açúcar e
manteiga - em grande quantidade, pois assim haveria uma negociação e,
consequentemente, os preços seriam melhores, e dividir toda a compra de forma igualitária
entre os participantes.
Dessa forma nasceu a “Sociedade dos Probos de Rochdale”, a primeira cooperativa
moderna, baseada em valores e princípios morais considerados até a atualidade como
a base do cooperativismo, como a transparência, equidade, solidariedade e
honestidade. A ideia dos 28 pioneiros prosperou. Quatro anos após sua criação, a
cooperativa já contava com 140 membros. Doze anos depois, em 1856, chegou a 3.450
sócios com um capital social que pulou de 28 libras para 152 mil libras.
Fonte: OCB - Organização das Cooperativas Brasileiras
O cooperativismo no Brasil
O cooperativismo é um modelo de negócio que alinha desenvolvimento econômico e social e
equilibra necessidades individuais e coletivas. Isso porque, além de gerar trabalho e renda para
milhões de pessoas, promove o desenvolvimento sustentável de comunidades e propicia educação e
formação para membros e trabalhadores.
Conforme o Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2020, lançado no dia 17 de dezembro pelo
Sistema OCB, em 2019, o país tinha 5.314 cooperativas, que alcançaram a marca de R$ 494 bilhões
em ativos e movimentaram mais de R$ 26 bilhões em tributos e despesas com pessoal. A pesquisa
mostra ainda que o país alcançou a marca de 15,5 milhões de cooperados e 427 mil empregados.
Até 2019, as cooperativas no Brasil atuavam em 13 ramos distintos. Em 2020, porém, alguns ramos
se uniram e outros foram ressignificados após um processo democrático e uma avaliação minuciosa
dos benefícios para as cooperativas. Atualmente, são sete as frentes do cooperativismo:
agropecuário; crédito; transporte; trabalho, produção de bens e serviços; saúde; consumo e
infraestrutura, entre outros.
UNIMED é um exemplo de cooperativa de médicos no setor da SAÚDE
COOPRATA é um exemplo de cooperativa no setor AGROPECUÁRIO
SICREDI primeira instituição financeira do Brasil, no setor CREDITO
Uma cooperativa serve para unir desenvolvimento econômico e desenvolvimento social,
produtividade e sustentabilidade.
Pesquise, se possível, exemplos de cooperativas nos outros setores e anote em seu caderno.
https://www.sicredi.com.br/site/blog/entenda-diferencas-entre-cooperativa-de-credito-e-os-bancos-comerciais/
O cooperativismo tem como característica principal contemplar os interesses coletivos
de um grupo de pessoas, contribuindo para o desenvolvimento sustentável, social e
econômico tanto dos seus membros, quanto da comunidade na qual a organização está
inserida.
sistema de cooperativismo caracteriza-se pelo agregamento de produtores autônomos
visando a exploração econômica de determinada atividade, sob a denominação de
Cooperativa, cujos resultados são distribuídos de acordo com a participação de cada
cooperado.
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
objetivo
1- Reunir esforços para desenvolver
atividades de interesse comum;
2- Fortalecer os laços de solidariedade do
grupo;
3- Defender os interesses de todos os
associados; 4- Melhorar a qualidade de
vida dos associados; 5- Promover o
desenvolvimento da região ou
comunidade onde a associação está
inserida.
Aula 17 Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular).
é uma iniciativa formal ou informal que consiste na
constituição de grupos de pessoas ou de organizações que se reúnem com o
objetivo de gerar soluções, bem como superar desafios e dificuldades nos mais
variados âmbitos — sociais, culturais, políticos, econômicos, científicos, entre
outros.
Associativismo:
Associativismo:
proporciona uma união
capaz de fazer os
empresários pensar
coletivamente e permite
a troca de experiências
que os faz crescer
conjuntamente.
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
https://www.febrafar.com.br/o-que-e-associativismo-e-quais-suas-vantagens/#:~:text=Vantagens%20do%20associativismo,se%20refere%20%C3%A0%20cultura%20empreendedora.
Compra Conjunta– a realização de compras conjuntas
proporciona aos empresários maior poder de barganha
e acesso a grandes fornecedores do mercado.
Parcerias– as parcerias com os fornecedores são
essenciais para a implementação de ações
promocionais nos estabelecimentos.
Competitividade– ao comprar bem e barato,
maximizar e diversificar o mix de produtos, entender as
reais necessidades dos clientes, superar suas
expectativas, capacitar-se gerencialmente, viabilizar
treinamentos para a equipe de colaboradores e
organizar melhor o estabelecimento como um todo, as
lojas tornam-se mais competitivas e ganham
visibilidade no mercado
Lucratividade – a
aplicação de
melhores margens de
comercialização faz
com que as empresas
apresentem um
aumento
considerável em seu
faturamento.
Aula 18 Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular).
Economia Circular
É um conceito que associa
desenvolvimento econômico a um melhor
uso de recursos naturais, por meio de novos
modelos de negócios e da otimização nos
processos de fabricação com menor
dependência de matéria-prima virgem,
priorizando insumos mais duráveis,
recicláveis e renováveis.
Redução de
extração
de matérias
primas
Produção mais
limpa
visando menos
gastos
diminuir
dependência
de recursos
Minimizar
resíduos
coleta ao
fim da vida
útil para
reciclagem
produtos mais
duráveis, sem
tóxicos, e/ou
recicláveis
produção mais
limpa, com
menos recursos
e resíduos
visar
durabilidade para
reduzir o lixo
Economia Circular
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Eliminar resíduos e poluição desde o
princípio.
Manter produtos e materiais em uso,
em seu mais alto valor.
Regenerar sistemas naturais.
Os três princípios da economia circular:
como ela se apoia na circularidade de
processos, produtos e negócios
Hoje, os modelos de
negócio circulares
podem ser classificados
em 5 tipos:
*produto como serviço,
compartilhamento
*
*recuperação de recursos,
* extensão da vida útil do
produto
*insumos circulares.
Pesquise sobre os
modelos de negócios
circulares acima e
deescreva-os em seu
caderno
Eliminar resíduos e poluição desde o princípio.
Manter produtos e materiais em uso, em seu mais alto valor.
Regenerar sistemas naturais.
Os três princípios da economia circular: como ela se apoia na
circularidade de processos, produtos e negócios
https://www.upcyclebrasil.com.br/os-modelos-de-negocio-para-a-economia-
circular/#:~:text=A%20economia%20circular%20e%20os,do%20produto%20e%20insumos%20circulares.
Aula 19 Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular).
1) Modelo econômico que preconiza a colaboração e a
associação de pessoas ou grupos com os mesmos
interesses, em uma mesma “empresa” a fim de obter
vantagens comuns em suas atividades econômicas:
a ) Cooperativismo
B ) Associativismo
c ) Economia Circular
2 São princípios do cooperativismo, exceto:
a ) Gestão democrática e livre
b ) Participação econômica dos membros
c ) Obrigatoriedade de adesão
3 Os membros de uma cooperativa destinam os
excedentes (sobras= valor das receitas maior que as
despesas) a uma ou mais das seguintes finalidades, exceto:
a ) para cobertura de eventuais prejuízos.
b ) beneficio do cooperado em dinheiro na proporção das suas
transações com a cooperativa;
c ) apoio a outras atividades aprovadas pelos membros.
d ) divisão do lucro igualitária entre todos os membros
4 ) Existe alguma Cooperativa em seu município? pesquise e
escreva sobre sua atuação e benefícios para os cooperados.
4 ) Trata-se de uma metodologia aplicada em empresas de
qualquer área de atuação, desde que todas tenham algo em
comum e se beneficiem se associando:
a ) Cooperativismo
B ) Associativismo
c ) Economia Circular
5 ) Sobre o associativismo é incorreto afirmar:
a ) Podem ser compostas por duas ou mais pessoas de direito
privado, que visam defender os objetivos comuns de um segmento
econômico ou comunidade.
b ) elevar o poder de negociação dos associados junto a
fornecedores e clientes.
c ) diminuir riscos e despesas;
d) bloquear parcerias comerciais
e ) a Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), o
G-8 (Grupo dos Países mais Industrializados do Mundo) são
baseados na prática do associativismo.
6) No meio empresarial existem vários temos diferentes
nomenclaturas para definir o agrupamento de empresas,
exceto:
a ) sindicatos empresariais
b )associações comerciais,
c )cooperativas,
d ) joint ventures,
e ) sindicatos de trabalhadores
7) Existe alguma Associação empresarial em seu município?
pesquise e descreva sua atuação e benefícios para os
associados.
,c
8) é um conceito estratégico que assenta na redução,
reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e
energia.
a ) Cooperativismo
B ) Associativismo
c ) Economia Circular
9 ) A economia circular é um contraponto a economia linear.
A melhor descrição para economia linear pode ser:
a ) começa pela extração da matéria prima, passa por sua
transformação e seu uso, e se encerra com o descarte de
resíduos, causando grandes impactos ambientais.
b ) o processo produtivo, embalagens, transporte,
reaproveitamento do que seria descarte, todo o ciclo é revisto
para não apenas preservar o meio ambiente, mas também para
criar um sistema de produção regenerativo.
c ) é uma mudança de paradigma, visando enfrentar os desafios
complexos das próximas décadas. Pensando não apenas no
sucesso do setor produtivo, mas também no futuro ambiental do
planeta Terra.
10 Na sua cidade existem empresas que consomem recursos
naturais (água, solo, minerais, vegetação, etc)? Essas
empresas tem aplicação de políticas de economia circular?
pesquise e dê exemplos.
https://taynaahreis.medium.com/50-quest%C3%B5es-sobre-o-cooperativismo-c2063931cd14
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
atividades:
https://blog.ailos.coop.br/cooperativismo/associativismo-e-cooperativismo/
a, c, d, b, d, e, c, a
Aula 20 Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular).
A poluição das águas
A produção de lixo sem projetos que efetivamente funcionem para a
destinação do mesmo faz com que a poluição ambiental, no caso em
foco das águas seja muito grande e nociva para o meio ambiente, tanto
prejudicando a vida animal e a saúde no ambiente marinho, lacustre e
fluvial como também contaminação de lençóis freáticos.
Além dos prejuízos visíveis, há ainda a contaminação das águas por
resíduos químicos tóxicos oriundos de processos industriais ou
agrícolas que envolvem poluentes químicos muitas vezes até
cancerígenos.
Há preocupação mundial com esse problema, sendo tratado em várias
reuniões internacionais para melhorias no meio ambiente, e também
leis sendo aprovadas nas últimas décadas para regulamentar o uso da
água e punir o mau uso.
1 ) Você conhece leis ambientais no seu país, estado ou
município sobre o uso da água? Pesquise e escreva o que
descobrir. Analise, converse com seus colegas e professor(a) se
é cumprido a risca ou se ainda falta fiscalização ou
conscientização sobre o tema para que seja efetivado o uso
consciente da água.
2 ) Uma empresa que produz peças de plástico e descarta
irresponsavelmente o restante e não tem projeto de coleta e
reciclagem recebeu uma multa de 1 milhão e suspensão das
atividades até que apresente um plano de gestão de resíduos.
Você é funcionário dessa empresa. Faça um projeto/esquema
com sugestões, desenhos e informações como se fosse para
ser seguido pela empresa a partir de agora.
(como é uma empresa imaginária você pode decidir qual tipo de
peças produz para fazer seu projeto dentro do que imaginar)
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Currículo
Curriculum vitae, também abreviado para
CV ou apenas currículo é um documento
usado para busca de emprego, um histórico
que relata a trajetória de experiências
profissionais e a formacao educacional de
uma pessoa, como forma de demonstrar
suas habilidades e competências.
Primeiro contato entre empregador e
candidato, o currículo é um dos mais
importantes documentos para quem procura
uma posição no mercado de trabalho.
Quando essa busca tem como objetivo uma
vaga de Jovem Aprendiz, surgem muitas
dúvidas a respeito de como o currículo deve
ser construído já que o rol de experiências
profissionais nesta idade é limitado. Nesse
caso, Basta colocar as informações básicas.
Coloque seus dados pessoais no
cabeçalho;
Escreva um objetivo profissional;
Descreva suas experiências de
trabalho;
Detalhe sua formação acadêmica;
Faça uma lista com suas
habilidades profissionais;
Adicione informações
complementares;
Formate seu CV de forma
organizada;
Se preciso edite o currículo para
adapta-lo melhor a vaga concorrida.
Não coloque informações
inverídicas somente para
impresisonar.
Entres os tópicos que não podem
faltar estão a escolaridade do
candidato, cursos complementares de
formação, indique as palestras que
participou, e fale sobre cursos on-line
se tiver.
Como fazer um um
curriculum vitae?
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
Atividade: Pesquise
tipos currículo e faça
um modelo para você
em seu caderno, ou
em folha sultfite,
como se estivesse
procrando emprego
em uma empresa
que você teria
interesse de
trabalhar
futuramente.
Introdução ao Mundo do Trabalho
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Aula 21 extra confecção de currículo
Diferença entre um currículo normal e
um currículo jovem aprendiz
A principal diferença de um currículo normal para o
currículo do Jovem Aprendiz está na experiência.
Em um currículo normal, é praticamente exigência falar
sobre antigos empregos, já no Aprendiz isso não existe, já que
este será o primeiro serviço do jovem.
Todavia, no restante, é tudo bastante igual, valorizando suas
habilidades e cursos realizados. Evite mentiras e exageros,
que podem ser facilmente descobertos na entrevista.
O que não colocar no currículo JA?
Não informe os números do CPF e do RG, já a colocação de
foto é opcional. Evite falar sobre gostos pessoais ou hobbies,
já que isso deve ser comentado na entrevista. Não coloque o
salário que deseja, apenas se isso for obrigatório.
https://modelodecurriculogratis.com.br/curriculo-jovem-aprendiz/
Como funciona o teste de perfil comportamental?
Os testes consistem em questionários que mapeiam as competências dos
colaboradores. A partir das respostas são identificados padrões comportamentais, que
servem para encaixar o funcionário em um determinado perfil profissional. São
avaliadas habilidades como tomada de decisões, estilo de liderança, nível de autoestima
e reação à pressão, entre outras.
Os perfis profissionais foram desenvolvidos com base em estudos de psicologia.
Por que fazer um teste de perfil?
As pessoas possuem habilidades em diferentes níveis. Algumas são mais criativas e
pouco organizadas, outras são muito analíticas e organizadas, mas não são muito
comunicativas.
Todos os perfis têm os seus valores. Não existe um jeito certo ou errado de ser, mas
as habilidades de cada um precisam ser aproveitadas na função correta e em um
ambiente de trabalho propício para alcançar a mais alta produtividade.
Daí a importância de um teste de perfil. Ao conhecer os profissionais para criar
equipes de trabalho produtivas e efetivas, o gestor garante um melhor
desenvolvimento do trabalho e um ambiente mais saudável e eficiente.
Aula 22 (extra) Padrão comportamental
Endereço eletrônico teste vocacional Universidade do Estado do Paraná
https://www3.uepa.br/testevocacional2/v1.0.1/index.cfm
Endereço eletrônico teste vocacional Santander
https://www.becas-santander.com/pt_br/blog/teste-vocacional.html
Teste vocacional G1
https://especiais.g1.globo.com/educacao/guia-de-carreiras/teste-vocacional/
Teste vocacional site Pra Valer
https://www.pravaler.com.br/testes/teste-vocacional-online-gratis/
Cerca de 82% dos estudantes afirmam ter dúvidas sobre qual trajetória profissional tomar. Por outro lado, pesquisas indicam que quase 90% dos profissionais não estão satisfeitos com a sua
situação de trabalho atual e gostariam de mudar de rumo. sddddddddddddddddxSe você quer descobrir do que realmente gosta e onde pode se dar bem, te apresentamos uma ferramenta para te
ajudar a se aprofundar nos seus valores, interesses, motivações e habilidades. Faça este breve teste vocacional de 20 perguntas de múltipla escolha. Escolha as opções que melhor te representam e
descubra o resultado!
https://www.gupy.io/blog/teste-de-perfil
Quais são os 4 perfis comportamentais?
Ao longo dos anos, muitos estudos traçaram diversos perfis de comportamento no
mercado de trabalho, estabelecendo vários tipos de analogias e nomenclaturas
diferentes. No entanto, é possível classificar a maioria dos profissionais em quatro
perfis básicos: comunicador, executor, idealizador e organizador.
Todo mundo tem características de todos os perfis, mas é comum que um dos quatro
seja predominante na personalidade. Veja ao lado uma explicação mais aprofundada de
cada padrão comportamental.
padrão comportamental
Em que situações os testes podem ser aplicados?
Os testes comportamentais podem ser extremamente úteis em diversas situações na rotina de uma
empresa, sobretudo para a equipe de RH. Confira a seguir algumas das aplicações mais comuns da
ferramenta.
1. Recrutamento e seleção
Aplicar testes comportamentais em processos seletivos vem se tornando uma prática cada vez mais
comum no mercado de trabalho. Ao fazer isso, o recrutador consegue avaliar as competências técnicas e
pessoais dos candidatos antes da contratação, verificando se aquele profissional é compatível com os
requisitos da vaga e com a cultura da organização.
2. Realocação e promoção de funcionários
Antes de promover ou realocar um colaborador, é recomendável fazer uma análise detalhada de seu
perfil profissional.
3. Orientação vocacional
Testes comportamentais são muito usados na orientação vocacional de jovens que ainda não sabem qual
profissão seguir, ou profissionais já experientes que pretendem mudar de carreira.
4. Planejamento estratégico
Conhecer o perfil dos funcionários é um grande diferencial na hora de traçar o planejamento estratégico
da empresa.
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
Padrão comportamental
1. Comunicador
Esse tipo de profissional adora trabalhar em
equipe. São pessoas que se dão muito bem em
ambientes colaborativos, promovem a harmonia
entre os colegas e compartilham de forma
natural a cultura da empresa. São extrovertidos,
se comunicam de forma aberta e têm uma
grande capacidade de persuasão.
Um ponto a ser melhorado é a dificuldade em
lidar com regras e processos muito fechados. E
só se sentem seguros quando são notados,
aceitos no grupo e têm seu trabalho
reconhecido por gestores e colegas.
2. Executor
São profissionais com altíssimo foco no
resultado. Eles adoram vencer desafios, têm
senso de urgência e não vêem problemas em
desempenhar várias atividades ao mesmo
tempo. Toda tarefa dada a um executor será
entregue com rapidez e qualidade, o que torna
esse tipo de talento extremamente necessário
em qualquer organização.
Autossuficientes, eles podem ter problemas
para se relacionar com os colegas e delegar
tarefas. Por terem o ímpeto de entregar
resultados rapidamente, também acabam
escolhendo atalhos que não seriam os mais
indicados em algumas situações. Fique atento
nesses pontos a desenvolver para extrair o
máximo da capacidade desse perfil profissional.
3. Idealizador
O lema desses profissionais é “fazer diferente”.
São pessoas que enxergam o mercado e o
negócio como um todo, têm foco no futuro,
intuitivos e visionários. Por estarem sempre um
passo à frente, são os primeiros a trazer
soluções criativas e inovadoras. Portanto, são
fundamentais para manter uma empresa
relevante e competitiva no mercado.
O maior ponto de atenção com esse tipo de
talento é a dificuldade de prestar atenção no
presente, por causa do turbilhão de ideias e
informações que passa por sua mente a cada
segundo. É preciso lembrá-lo sempre que a
execução das tarefas atuais é tão importante
quanto a implementação de ideias futuras.
4. Analista
São pessoas com alta capacidade de análise e
planejamento, que executam suas tarefas de
maneira metódica e organizada. Se dão melhor
em empresas com processos e regras bem
definidas, que combinam mais com essa
personalidade.
Costumam ser leais, conseguem viver o
presente, projetar o futuro e aprender com o
passado. Buscam o equilíbrio e valorizam suas
responsabilidades acima de tudo. No entanto,
podem sentir dificuldade em se adaptar a
mudanças, já que fazem tudo de maneira
planejada.
Pelo mesmo motivo, também podem se
incomodar quando precisarem assumir riscos.
https://www.gupy.io/blog/teste-de-perfil
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
SOU
SOU
EU
EU
Responsável
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
Faça um mapa mental de autoanalise citando suas qualidades, cursos, motivos pelos quais você é uma pessoa preparada para ser
contratada por uma empresa como adulto ou Jovem Aprendiz, de acordo com sua idade.:
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
---------------------------
Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
exemplo
aula 23 (extra) analisando suas qualidades
Liderança
Liderança consiste no manejo de pessoas e suas
motivações para atingir os resultados ou
objetivos de uma empresa. Envolver as pessoas
e saber como inspirá-las, influenciando em suas
ações, decisões e comportamentos
direcionando seus esforços a fim de alcançar os
resultados desejados.
Liderança
Comunicação
Pontualidade
Gerenciamento
Economia
Algumas qualidades que as empresas valorizam
e buscamem seus funcionários :
Introdução ao Mundo do Trabalho
Identifique as competências. Preste
atenção nas pessoas da equipe e no
desenvolvimento das tarefas.
Desenvolva empatia.
Aplique treinamentos.
Distribua responsabilidades.
Estimule a autogestão.
Tenha um processo eficiente de
feedback para que todos tenham voz.
6 dicas de como desenvolver liderança:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
Tarefa: identifique talentos em liderança
entre seus colegas de sala e/ou em você e escreva como
eles poderiam ou se usam isso para o bom
relacionamento na sala de aula e bom aproveitamento no
aprendizado, que é o principal objetivo de estudar.
Prof.ª: Pati Andrade - GEO
Aula extra 1 Gratuito
Comunicação
Um profissional pode até ser ótimo em sua área,
extremamente competente, ter boas ideias e executar
tarefas completas ou projetos.
Mas se não souber se comunicar no ambiente de
trabalho, tanto no entender o que é pedido, como
transmitir bem o que sabe, faz ou quer seus esforços,
habilidades e competências serão em vão.
Não é o que você diz que importa, mas o que o outro
“ouve” ou entende. Prpcure ser claro e objetivo.
Escolha o canal correto para se comunicar.
Uma imagem vale mais que mil palavras. Faça mais.
Não fale desnecessariamente.
Não se cale desnecessariamente. Peça a fala e
defenda suas ideias com calma e educação.
Nunca interrompa quem está falando. Fale depois.
Pratique escuta ativa: ouça o outro com atenção.
Evite reuniões longas e cansativas. Falem somente o
necessário.
Como melhorar a comunicação no ambiente de
trabalho?
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
Tarefa: O professor(a) vai passar uma informação qualquer
cochichando para um aluno certificando-se de que este
entendeu bem.
Em seguida o aluno vai a outros colegas cochichando a
mesma informação. O ultimo fala a informação em voz alta
para a turma ver e avaliar as distorções de entendimetos na
comunicação e a importância da mesma e os perigos de mal
entendidos.
Pontualidade
No trabalho, pontualidade seria o cumprimento de
horários e prazos por parte do funcionário.
Quando o colaborador entrega suas atividades dentro
do prazo combinado e cumpre seu horário de trabalho,
ele é considerado pontual. Pontalidade demonstra
capacidade de cumprir o que foi combinado, ajudando
a ganhar a confiança para os que depositarão nele
tarefas e objetivos atribuídos a você. Ser pontual
demonstra sua capacidade de gerenciar tempo, e
pssivelmentr a aptidão de gerenciar equipes e projetos.
.
Aula extra 2 Gratuito
Chegue um pouco mais cedo nos compromissos.
Tenha uma agenda e programe alarmes: é distraído?
anote tudo em sua agenda. Mas evite listar muitas
atividades em tempos impossíveis de se cumprir.
Descanse adequadamente: se permita dormir pelo as
8 horas de sono por dia, esse descanso te oferece a
disposição que você precisa para seguir sua rotina.
Saiba dizer não: busque entender que negar um favor
por estar completamente sobrecarregado não é um
sinal de arrogância. Entenda que escolher não ir ao
barzinho ou ficar no celular ate tarde pois terá
compromissos importantes na manhã seguinte.
1.
2.
3.
4.
Tarefa: 1- Você ou algum parente ou amigo já perdeu ou te
fez perder algum compromisso importante porque perdeu o
horario certo? Como foi?
2- Como você se sente quando as pessoas atrasam o horário
ou entrega de comprimissos feitos com você?
Prof.ª: Pati Andrade -
GEO
Gerenciamento Economia
Gerência designa o desempenho de tarefas de gestão
dos assuntos de um grupo. No contexto de
empreendimentos e grupos empresariais, a palavra
gerência pode ser a abreviação de diversos termos
relacionados à administração da empresa: Gerência de
cadeia de suprimentos Gerência de operações
Gerência de projetos.
Gerenciamento trata-se de planejar, dirigir e controlar
e aplicar acertos principais para utilizar e maximizar os
Recursos Humanos, informativos e financeiros de uma
organização. Em termos gerais, o gerenciamento se
refere à ação e ao efeito de administrar ou gerenciar
um negócio.
É importante adotar planos e atitudes sustentáveis
como reduzir os custos e o uso de alguns materiais,
administrar bem o tempo, os recursos e materiais
disponíveis para evitar desperdício ou gastos
desnecessários sao importantíssimos para o bom
andamento de um negócio.
Criar um clima de ansiedade e medo.
Delegar poucas tarefas e responsabilidades.
Dar um feedback pobre aos colaboradores.
Ser pouco claro sobre metas e expectativas.
Interromper momentos de concentração dos
colaboradores
Não compreender as necessidades dos colaboradores.
Não procurar se atualizar sobre novidades para
melhroar seu trabalho e dos outros.
Atitudes para um gerente evitar:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
Incentivar que as luzes não fiquem acesas e e
aparelhos não fiquem ligados sem necessidade para
reduzir consumo de energia.
Observar se as quantidades do uso de produtos em
geral, sejam de limpeza, escritório, alimentos e etc.
estão nas quantidades necessárias sem sobras pra
evitar desperdicios.
Fazer as contas sobre o uso de descartáveis quando
possível, considerando viável o que for mais
econômico e sustentável.
Cuidar da manutenção das coisas para evitar
desgaste ou que por falta de cuidado acabem
Dicas para economizar:
1.
2.
3.
4.
ficando mais caras para consertar ou substituir.
Tarefa:
Pesquise ações que devem fazer parte da atuação de um
bom gerente de pessoas e pontue em seu caderno.
Tarefa:
Observe em sua casa, trabalho ou escola algum tipo de
desperdício e descreva como é feito, e aponte soluções.
Aula extra 3 - gratuito
Prof.ª:
Pati
Andrade
-
GEO

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf

Tendências do Voluntariado Empresarial Estratégico
Tendências do Voluntariado Empresarial EstratégicoTendências do Voluntariado Empresarial Estratégico
Tendências do Voluntariado Empresarial Estratégico
Reinaldo Bulgarelli
 
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Caderno de Inovação | Organizações no séc. XXI - Número 20
Caderno de Inovação | Organizações no séc. XXI - Número 20Caderno de Inovação | Organizações no séc. XXI - Número 20
Caderno de Inovação | Organizações no séc. XXI - Número 20
FGV | Fundação Getulio Vargas
 
Case Dín4mo apresentado no Café com Investidores de Impacto Social
Case Dín4mo apresentado no Café com Investidores de Impacto SocialCase Dín4mo apresentado no Café com Investidores de Impacto Social
Case Dín4mo apresentado no Café com Investidores de Impacto Social
Instituto de Cidadania Empresarial do Maranhão
 
Painel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
Painel de Negócios Sociais - Feira do EmpreendedorPainel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
Painel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis
 
Inclusaosocial
InclusaosocialInclusaosocial
Inclusaosocial
Mari Zuza
 
Manual
ManualManual
Empreendedorismo e atitude empreendedora ok (2)
Empreendedorismo e atitude empreendedora ok (2)Empreendedorismo e atitude empreendedora ok (2)
Empreendedorismo e atitude empreendedora ok (2)
Andrea Carvalho
 
empreendedorismo social.pdf
empreendedorismo social.pdfempreendedorismo social.pdf
empreendedorismo social.pdf
Ricardo Pereira
 
Usina de Ideias - Artemisia Negócios Sociais
Usina de Ideias - Artemisia Negócios SociaisUsina de Ideias - Artemisia Negócios Sociais
Usina de Ideias - Artemisia Negócios Sociais
Startupi
 
Renata truzzi negocios sociais
Renata truzzi   negocios sociaisRenata truzzi   negocios sociais
Renata truzzi negocios sociais
SECONCI-RIO
 
Festival 2014 - Ampliando o impacto dos negócios sociais no Brasil
Festival 2014 - Ampliando o impacto dos negócios sociais no BrasilFestival 2014 - Ampliando o impacto dos negócios sociais no Brasil
Festival 2014 - Ampliando o impacto dos negócios sociais no Brasil
ABCR
 
JEPP EE08.pdf
JEPP EE08.pdfJEPP EE08.pdf
JEPP EE08.pdf
AntoniaVieiradeSouza
 
Inovação social
Inovação socialInovação social
Empreendedorismo e a WEB - Oportunidades e Desafios - Unicongres
Empreendedorismo e a WEB - Oportunidades e Desafios - Unicongres Empreendedorismo e a WEB - Oportunidades e Desafios - Unicongres
Empreendedorismo e a WEB - Oportunidades e Desafios - Unicongres
Fernanda Bornhausen Sá
 
Negocios com impacto social
Negocios com impacto socialNegocios com impacto social
Negocios com impacto social
Renato Antunes
 
Mude, Você, o Mundo: o poder dos negócios sociais!
Mude, Você, o Mundo: o poder dos negócios sociais!Mude, Você, o Mundo: o poder dos negócios sociais!
Mude, Você, o Mundo: o poder dos negócios sociais!
Gabriel Cardoso
 
Pipa na Revista Cidade Nova
Pipa na Revista Cidade NovaPipa na Revista Cidade Nova
Pipa na Revista Cidade Nova
Pipa_vc
 
Apresentação de TCC
Apresentação de TCCApresentação de TCC
Apresentação de TCC
lucas_adm
 
Empreendedorismo social
Empreendedorismo socialEmpreendedorismo social
Empreendedorismo social
Rogerio Terra
 

Semelhante a Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf (20)

Tendências do Voluntariado Empresarial Estratégico
Tendências do Voluntariado Empresarial EstratégicoTendências do Voluntariado Empresarial Estratégico
Tendências do Voluntariado Empresarial Estratégico
 
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
 
Caderno de Inovação | Organizações no séc. XXI - Número 20
Caderno de Inovação | Organizações no séc. XXI - Número 20Caderno de Inovação | Organizações no séc. XXI - Número 20
Caderno de Inovação | Organizações no séc. XXI - Número 20
 
Case Dín4mo apresentado no Café com Investidores de Impacto Social
Case Dín4mo apresentado no Café com Investidores de Impacto SocialCase Dín4mo apresentado no Café com Investidores de Impacto Social
Case Dín4mo apresentado no Café com Investidores de Impacto Social
 
Painel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
Painel de Negócios Sociais - Feira do EmpreendedorPainel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
Painel de Negócios Sociais - Feira do Empreendedor
 
Inclusaosocial
InclusaosocialInclusaosocial
Inclusaosocial
 
Manual
ManualManual
Manual
 
Empreendedorismo e atitude empreendedora ok (2)
Empreendedorismo e atitude empreendedora ok (2)Empreendedorismo e atitude empreendedora ok (2)
Empreendedorismo e atitude empreendedora ok (2)
 
empreendedorismo social.pdf
empreendedorismo social.pdfempreendedorismo social.pdf
empreendedorismo social.pdf
 
Usina de Ideias - Artemisia Negócios Sociais
Usina de Ideias - Artemisia Negócios SociaisUsina de Ideias - Artemisia Negócios Sociais
Usina de Ideias - Artemisia Negócios Sociais
 
Renata truzzi negocios sociais
Renata truzzi   negocios sociaisRenata truzzi   negocios sociais
Renata truzzi negocios sociais
 
Festival 2014 - Ampliando o impacto dos negócios sociais no Brasil
Festival 2014 - Ampliando o impacto dos negócios sociais no BrasilFestival 2014 - Ampliando o impacto dos negócios sociais no Brasil
Festival 2014 - Ampliando o impacto dos negócios sociais no Brasil
 
JEPP EE08.pdf
JEPP EE08.pdfJEPP EE08.pdf
JEPP EE08.pdf
 
Inovação social
Inovação socialInovação social
Inovação social
 
Empreendedorismo e a WEB - Oportunidades e Desafios - Unicongres
Empreendedorismo e a WEB - Oportunidades e Desafios - Unicongres Empreendedorismo e a WEB - Oportunidades e Desafios - Unicongres
Empreendedorismo e a WEB - Oportunidades e Desafios - Unicongres
 
Negocios com impacto social
Negocios com impacto socialNegocios com impacto social
Negocios com impacto social
 
Mude, Você, o Mundo: o poder dos negócios sociais!
Mude, Você, o Mundo: o poder dos negócios sociais!Mude, Você, o Mundo: o poder dos negócios sociais!
Mude, Você, o Mundo: o poder dos negócios sociais!
 
Pipa na Revista Cidade Nova
Pipa na Revista Cidade NovaPipa na Revista Cidade Nova
Pipa na Revista Cidade Nova
 
Apresentação de TCC
Apresentação de TCCApresentação de TCC
Apresentação de TCC
 
Empreendedorismo social
Empreendedorismo socialEmpreendedorismo social
Empreendedorismo social
 

Mundo do Trabalho 4º Bimestre_240201_191723.pdf

  • 1. INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 4° BIMESTRE Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade Coletânea
  • 2. PLANO DE ESTUDOS 4° BIMESTRE INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO *Empreendedorismo Social. *Criatividade e inovação em ambientes laborais. *Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho. *Metodologias para estruturação e prototipagem de idéias no ambiente de trabalho. *Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular). *Curriculo vitae e entrevista de emprego. *Padrão comportamental e sugestões de testes profissões online. 20 AULAS Os endereços dos links consultados estão em cada página
  • 3. Empreendedorismo social é uma forma de empreendedorismo que busca desenvolver produtos e serviços que impactem a sociedade, ajudando a solucionar os problemas enfrentados por ela. Para isso, os empreendedores sociais usam práticas que são comuns no meio corporativo, como criatividade e inovação. Aula 1 Empreendedorismo SOCIAL O empreendedor social observa injustiças e encontra nessas situações inspiração para agir, usando sua coragem e criatividade. Com suas ideias, pode transformar significativamente a sociedade. Qual é a diferença entre o empreendedorismo tradicional e o social? O lucro é um dos pontos centrais para diferenciar o empreendedorismo tradicional do empreendedorismo social. No primeiro modelo, a principal ideia é alcançar retorno financeiro, vendendo para mercados que podem pagar pelas ofertas. A expectativa, desde o primeiro momento, é que os empreendedores e investidores tenham ganho financeiro. O lucro, nesses casos, é fundamental para que esses negócios se sustentem. O empreendedor social, por outro , não prioriza a geração de lucros para os investidores — que são, em geral, organiza para alcançar determinados merece atenção, pois é uma ferramenta poderosa para solucionar ou amenizar problemas enfrentados pela sociedade e melhorar a qualidade de vida da população. O empreendedor social observa injustiças e encontra e encontra nessas situações inspiração para agir, usando sua coragem e criatividade. Com suas ideias, pode transformar significativamente a sociedade. O público-alvo das ações de empreendedorismo social costumam ser populações carentes, que não contam com dinheiro ou influência política para alcançar determinados benefícios. https://resultadosdigitais.com.br/marketing/empreendedorismo-social/ Esse modelo ganha força em cenários de crise econômica, social e ambiental. Nesses contextos, o empreendedorismo social auxilia a resolver situações relacionadas à saúde, emprego, educação, meio ambiente, moradia, direitos humanos, entre outras. Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
  • 4. aula 1 Quais são os três componentes do empreendedorismo social? 2 Identificação de oportunidade Depois do diagnóstico do problema, é preciso transformá- lo em uma oportunidade de negócio, uma ideia de empresa que ofereça uma solução para o problema enfrentado pelo grupo afetado. Isso é feito a partir das habilidades de criatividade, motivação e inovação do empreendedor. Ele desenvolve uma proposta de valor social que pode mudar a realidade. Ser um empreendedor social é estar à frente de uma iniciativa que agregue valor; é promover soluções para problemas amplamente difundidos; e ajudar a resolver situações que tenham a ver com moradia, saúde, educação, emprego, meio ambiente e direitos humanos. 3 Criação de uma nova realidade Após a implementação do negócio, a empresa consegue criar um novo equilíbrio estável, que resolve ou alivia as dificuldades enfrentadas pelo grupo. Com isso, a população afetada tem mais qualidade de vida. Os benefícios podem, ainda, se refletir na sociedade como um todo. 1 Diagnóstico O primeiro passo para criar um empreendimento social é identificar a existência de uma realidade injusta, que cause exclusão ou sofrimento à sociedade como um todo ou a uma parte dela — em geral, pessoas que não contam com meios financeiros ou influência política para sair dessa situação. Alguns exemplos são educação precária, fome, falta de moradia, desemprego, exclusão de determinados grupos (como mulheres, negros, pessoas com deficiência, entre outros), violação dos direitos humanos e problemas ambientais (como desmatamento, poluição e maus tratos aos animais). https://resultadosdigitais.com.br/marketing/empreendedorismo-social/ Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
  • 5. Aula 2 Empreendedorismo SOCIAL - Atividades https://resultadosdigitais.com.br/marketing/empreendedorismo-social/ https://meusucesso.com/artigos/5-exemplos-de-empreendedorismo-social-no-brasil-173/ Em seu caderno: 1 Descreva resumidamente a principal diferença entre empreendedorismo tradicional e empreendedorismo social. 2 Cite em sua cidade se há alguma empresa que se encaixa no quesito de empreendedorismo social, descreva sua forma de atuação. 3 Reflita e identifique com seus colegas e professores necessidades da sua cidade que precisam ser melhoradas e poderia ser feito através de empreendedorismo social. 4 Suponha que você recebeu um capital de R$300.000,00 (trezentos mil reais), para criar uma empresa na área de empreendedorismo social, qual seria a área de atuação da empresa e como você usaria o dinheiro para iniciar? 5 Sobre o conceito de empreendedorismo social marque a alternativa Incorreta: ( ) iniciativa que agregua valor; é promove soluções para problemas sociais; e ajudar a resolver situações que tenham a ver com moradia, saúde, educação, emprego, meio ambiente e direitos humanos. ( ) pode ser aplicado na criação de um produto inovador, e reverter todo o lucro para a causa escolhida, empregar populações vulneráveis em cooperativas ou mesmo desenvolver modelos de economia colaborativa. ( ) a visão é voltada para o lucro e competitividade no mercado, gerando o máximo de dividendos para seus investidores abordagem na utilização dos recursos. ( ) a empresa social lucra com algum tipo de serviço, venda ou inovação, mas o objetivo não é, somente, gerar mais receita para os empresários e acionistas, mas sim maximizar a melhoria social mantendo a operação lucrativa e ascendente. https://institutolegado.org/blog/principais-caracteristicas-e-dna-do-empreendedor-social/#:~:text=%E2%80%9CO%20empreendedor%20social%20tem%20intencionalidade,abordagem%20na%20utiliza%C3%A7%C3%A3o%20dos%20recursos%E2%80%9D. Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO Revitalização de comunidades; Saneamento e distribuição de energia; Atendimento popular de advogados; Consultas médicas, psicológicas e odontológicas acessíveis; Inclusão digital; Espaço cultural; Artesanato e centros de distribuição; Agricultura; Reciclagem. Uma empresa social pode buscar em inúmeros setores algo que está ruim, mas que tenha resolução – e que essa solução promova uma melhora na qualidade de vida das pessoas. Alguns tipos de projetos em que o empreendedorismo social pode fazer ampla diferença: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.
  • 6. GRAACC O Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer existe desde 1991. Essa iniciativa do oncologista pediátrico Antonio Sérgio Petrilli tem sido uma forte aliada no combate ao câncer infantil no Brasil. A entidade já tratou mais de 5 mil pacientes, apresentando uma taxa de cura que fica em torno de 70%. A organização funciona com base em um rigoroso sistema de gestão e atendimento que envolve pesquisadores de universidades, iniciativa privada e sociedade. Asid Iniciada como trabalho de faculdade, a Ação Social para Igualdade das Diferenças atua desde 2010 com um compromisso central: auxiliar na gestão de escolas e instituições que trabalham com pessoas especiais. Alexandre Amorim, Luiz Ribas e Diego Moreira conduzem a organização, que desenvolveu uma metodologia administrativa aplicada nas entidades atendidas com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino gratuito oferecido a pessoas especiais. Aula 2 Empreendedorismo SOCIAL - atividades 6 Pesquise mais uma empresa que se enquadra e empreendedorismo social e descreva em seu caderno seu nome, área de atuação e atividades aqui. (tente encontrar uma empresa diferente da de seus colegas de classe) 8 Analise as características abaixo risque as afirmações que não condizem com o empreendedorismo social: Exemplos de empresas empreendedoras sociais https://meusucesso.com/artigos/5-exemplos-de-empreendedorismo-social-no-brasil-173/ Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO Sua medida de desmpenho é o lucro Visa o bem da coletividade Sua medida de desempenho é o impacto social positivo Produz bens e serviços para a comunidade Produz bens e serviços para a comunidade Visa a lucratividade máxima e individual da empresa Visa satisfazer as necessidades dos clientes para mais lucro a ampliação do negócio Foco na solução de problemas sociais antes de visar lucratividade
  • 7. O empreendedorismo social já é uma realidade e você pode fazer parte dessa transformação. Pensar além do lucro e investir em algo que impacta vidas positivamente é uma forma de deixar a sua marca no mundo. Existem algumas características que um empreendedor social precisa ter. A primeira é ser inconformado. Não aceitar desigualdades sociais e injustiças deve ser uma motivação que dirige a sua vida pessoal e profissional. Identificar oportunidades, gerenciar pessoas e aplicar soluções para a resolução de problemas também serão habilidades essenciais no seu dia a dia. Além disso, lembre-se de desenvolver sua criatividade e pensamento estratégico, pois vão ajudar muito na definição e execução do seu plano de negócio. Empreendedores sociais abrem um negócio cujo maior impacto são as melhorias na sociedade e, pretendendo algo além dos lucros, buscam promover ações capazes de mudar realidades. Seja na comunidade, no bairro ou na cidade, o papel do empreendedor social é estabelecer estratégias que gerem um retorno social. Como iniciar um projeto de empreendedorismo social? 1 - Encontre sua causa 2 - Combine suas causas a suas habilidades 3 - Escolha um modelo de negócio 4 -Busque apoia para capital inicial, 5 - Construa um negócio sustentável e escalável empreendedor social é estar à frente de uma iniciativa que agregue valor; é promover soluções para problemas amplamente difundidos; e ajudar a resolver situações que tenham a ver com moradia, saúde, educação, emprego, meio ambiente e direitos humanos. É uma forma de empreendedorismo que busca desenvolver produtos e serviços que impactem a sociedade. Para isso, os empreendedores sociais usam práticas que são comuns no meio corporativo, como criatividade e inovação. Pesquisem e assistam vídeos sobre o tema Empreendedorismo social aula 03 Empreendedorismo Social (1) Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO https://sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/o-papel-do-empreendedor- social,235c77a4e7846710VgnVCM1000004c00210aRCRD#:~:text=Ser%20um%20empreendedor%20social%20%C3%A9,meio%20ambiente%20e%20direitos%20hum anos. Uma das principais referências do empreendedorismo social é Muhammad Yunus, economista e banqueiro que criou o Banco Grameen, com sede em Bangladesh, cujo principal objetivo é fornecer microcrédito para famílias pobres. Suas ações o levaram a receber o Prêmio Nobel da Paz em 2006.
  • 8. 1º: ser inovadora; 2º: ser realizável; 3º: ser autossustentável; 4º: envolver várias pessoas e segmentos da sociedade, principalmente a população atendida; 5º: provocar impacto social e permitir que seus resultados possam ser avaliados. É uma forma de empreendedorismo que busca desenvolver produtos e serviços que impactem a sociedade, ajudando a solucionar os problemas enfrentaSão necessários que alguns passos sejam observadas antes da implementação de empreendimento social. Antes de tudo, é necessária uma ideia e ela deve apresentar algumas características fundamentais, tais como: Os passos seguintes são: colocar essa ideia em prática, institucionalizar e gerar um momento de maturação até que seja possível a sua multiplicação por outras localidades os por ela. Para isso, os empreendedores sociais usam práticas que são comuns no meio corporativo, como criatividade e inovação. aula 03 Empreendedorismo Social (2) Empreendedorismo Social A inglesa Florence Nightingale, fundadora da primeira escola de enfermagem que desenvolveu práticas de enfermagem modernas na Segunda Guerra Mundial através de reformas profundas nos hospitais do exército inglês, Michael Young, fundador do “Institute for Community Studies” em 1953 e da “School for Social Entrepreneurs” (SSE) em 1997, no Reino Unido, apontado como tendo desempenhado um papel central na promoção e legitimação do campo do empreendedorismo social; Maria Montessori, a primeira médica italiana que, nos anos 60 do século XX, criou um método de educação revolucionário que consistia na defesa de que cada criança tinha um desenvolvimento único. O sucesso do seu método conduziu à criação de diversas Escolas Montessori; Susan B. Anthony Lutou pelos Direitos das Mulheres nos Estados Unidos, incluindo o direito de controlar os bens, e ajudou a liderar o processo de aprovação da 19ª emenda; Vinoba Bhave foi fundador e líder do Land Gift Movement (Movimento de Doação de Terras), levou à redistribuição de mais de 17.300.000 hectares de terra para ajudar os intocáveis e os sem-terra da Índia; Margaret Sanger foi a fundadora da Planned Parenthood Federation of America (Federação Americana do Planeamento Familiar) nos Estados Unidos da América, e dirigiu o movimento em prol do planeamento familiar em todo o mundo; John Muir era defensor da natureza e conservador, fundou o Sistema Nacional de Parques e ajudou a fundar o Sierra Club; Jean Monnet foi o responsável pela reconstrução da economia francesa após a Segunda Guerra Mundial, incluindo a criação da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA). A CECA e o Mercado Comum Europeu foram precursores diretos da União Europeia. Abaixo encontram-se alguns dos primeiros empreendedores sociais: Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO https://pt.wikipedia.org/wiki/Empreendedorismo_social Leia com atenção Pesquisem e assistam vídeos sobre o tema
  • 9. Projeto Tamar, que tem como objetivo a preservar as espécies de tartarugas marinhas; Asid surgiu em 2010 com o objetivo de auxiliar na gestão de escolas e instituições que trabalham com pessoas especiais; Instituto Chapada é outro exemplo, cujo empreendimento tem como objetivo ajudar a formação de professores e coordenadores pedagógicos; Enactus, que está presente em 36 países e tem como objetivo inspirar alunos universitários a melhorar o mundo através da ação empreendedora; Parque Ibirapuera Conservação que empodera comunidades a cuidar de espaços urbanos verdes, públicos e abertos. Ashoka, que está presente no mundo todo e tem como objetivo apoiar empreendedores sociais; Grupo de Apoio ao Adolescente e Criança com Câncer, a GRAACC tem como meta oferecer a crianças e adolescente com câncer um atendimento de alto padrão e qualidade. Artemisia, que tem seis diferentes vertentes para ajudar na gestão de empreendimentos sociais: inspiração, educação, busca e seleção de negócios, aceleração d e empreendimentos, projetos institucionais e conhecimento. No Brasil, existem empreendimentos conhecidos e de sucesso, como por exemplo: aula 04 Empreendedorismo Social Poder efetivo de mudança. Geração de renda. Qualidade de vida. Soluções criativas. Erradicação da pobreza. Combate à fome e agricultura sustentável. Saúde e bem-estar. Educação de qualidade. Igualdade de gênero. Água potável e saneamento. Energia acessível e limpa. Trabalho decente. Redução de desigualdades. Consumo e produção responsáveis. Conheça alguns dos benefícios de abrir uma empresa social: Algumas áreas para desenvolvimento de negócios sociais: O apoio de investidores que priorizam uma combinação equilibrada de retorno financeiro e social é uma opção muito usada, porém existem alternativas efetivas para quem deseja iniciar um negócio social. Veja alguns exemplos práticos: Tom’s Shoes A empresa utiliza o modelo de compensação cruzada: quando um sapato da empresa é vendido, outro par é doado a crianças que vivem em países em desenvolvimento. Solidarium É o marketplace que conecta pequenos produtores artesanais a grandes redes varejistas para a comercialização on-line e venda direta ao consumidor. Gera renda para cerca de 1.450 cooperativas, que empregam mais de 6.500 artesãos em todo o Brasil. Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO Sebrae e Wikipédia
  • 10. aula 05 Empreendedorismo Social Negócios de impacto (Empreendedorismo social) não são o mesmo que organizações não governamentais. Além de possuírem legislações e obrigações fiscais distintas, a principal diferença é que as ONGs não possuem fins lucrativos e funcionam por meio de doações e apoios. Empreendimentos sociais, por sua vez, geram lucro a partir da comercialização de seus produtos e serviços. Ou seja, são autossustentáveis! Então, qual é a diferença entre uma empresa tradicional e um negócio de impacto? https://www.aeconomiab.com/empreendedorismo-social-no-brasil-e-no-mundo/ De acordo com o que o professor(a) propor: Reuna- se com colegas ou faça individualmente um projeto de empreendedorismo social, defina(m) área de atuação, monte(m) o passo a passo da criaçao da empresa e descreva(m) em qual área social pretende(m) atuar e impactar positivamente, o que e como prentende(m) vender ou prestar serviço, gerar receita (lucro), buscar parcerias para a empresa se autossustentar. Apresentar a ideia para os colegas. atividade de fixação Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
  • 11. Qual é o objetivo da criatividade? O objetivo de identificar padrões que estejam “escondidos”, estabelecer novas conexões entre fenômenos que aparentemente não se conectam e gerar soluções. criar, Modificar e produzir novos conhecimentos Aula 06 Criatividade e inovação em ambientes laborais Criatividade Inovação é o ato de ser criativo, palavra que define a capacidade de criar e de inventar. Também indica a qualidade de quem possui ideias originais ou se mostra capaz de propor novos enunciados. Não é apenas um talento, mas uma competência que, como tal, pode ser desenvolvida e aperfeiçoada. uma ideia implementada que agrega valor para o negócio e atende a uma necessidade real. A inovação pode ocorrer pelo desenvolvimento de algo novo e também pela melhoria contínua de algo já existente. Qual é o objetivo da inovação? O objetivo da inovação é melhorar ou mudar a forma como as coisas são feitas, produzidas ou fornecidas, com o objetivo de aumentar a eficiência, a eficácia, a qualidade e a satisfação dos clientes. Além disso, a inovação também é importante para manter a competitividade de uma empresa ou organização. Como desenvolver um perfil criativo e inovador? Para desenvolver criatividade e inovação, podemos seguir modelos de trabalho que estimulem essas habilidades. Assim, pela repetição das práticas, pouco a pouco, começamos a pensar em soluções diferentes com naturalidade. Confira algumas dicas. Utilize o Design Thinking O Design Thinking é uma metodologia dividida em etapas, que conduz a pessoa do entendimento de um problema até a implementação de uma solução viável. No meio do caminho, a criatividade, a colaboração e a experimentação são incentivadas como estratégias para a resolução de problemas. Por isso, essa é uma boa forma de ter ideias criativas com mais frequência. https://blog.unyleya.edu.br/especialize-se/criatividade-e-inovacao/ Crie o hábito da leitura complementar A leitura também é uma ferramenta interessante para ser mais criativo. Nos livros, nosso pensamento é conduzido pelo autor por caminhos frequentemente inesperados. Uma boa prática é buscar, em outras áreas, leituras complementares. Assim, a partir da analogia entre os problemas ou conflitos indicados pelo autor e os que vamos enfrentar, podemos encontrar soluções diferentes da maioria das pessoas. Tenha atenção ao entorno Muitas vezes, ao analisar um problema, estamos tão centrados nele que nosso pensamento fica excessivamente linear, sem enxergar o que está no entorno. Existem algumas técnicas que podem ajudar a eliminar essa “cegueira”. Uma delas é o mapa mental. Nele, o problema é colocado como tópico central em uma folha, sendo conectado a subtópicos e informações. Assim, por exemplo, para lidar com um período de muitos pedidos de demissão, os subtópicos poderiam ser “recrutamento”, “benefícios oferecidos”, “treinamentos”, “liderança” e “satisfação”. Isto é, apontaremos as possíveis falhas que levaram à rotatividade, enxergando o contexto do problema. Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
  • 12. Aula 07 Criatividade e inovação em ambientes laborais Exemplos EMPRESAS QUE INOVARAM DURANTE A CRISE DO CORONAVÍRUS https://www.gobacklog.com/blog/empresas-que-inovaram-na-crise-do-coronavirus/ Enquanto todas suas lojas físicas estavam fechadas, a Nike impulsionou suas operações on-line, ativando maneiras digitais de estabelecer a conexão com seus clientes. John Donahoe, CEO da Nike, definiu: O que estamos vendo [..] é que a experiência digital/física contínua está respondendo ao que os consumidores querem. Seu ecossistema de aplicativos digitais foram aproveitados, assim como a rede de treinadores especialistas da empresa, para que os cadastros nos aplicativos fossem acelerados, aumentando o engajamento dos treinos no aplicativo Nike Training Club. Apenas na China, o número de usuários ativos semanalmente em todos os aplicativos de atividade da Nike subiu 80%, gerando uma receita de US$ 10,1 bilhões no final do primeiro trimestre, o que estava totalmente fora do esperado. O Magazine Luiza lançou uma plataforma digital gratuita denominada de Parceiro Magalu, o projeto que estava sendo planejado para operar em cinco meses, após as indicações de isolamento social, foi executado em cinco dias. Segundo Frederico Trajano, CEO do Magalu, a crise acelerou o desenvolvimento do projeto, e o fizeram em cinco dias mesmo sabendo das instabilidades que poderiam enfrentar, mas era um risco que acharam preciso correr. Frederico Trajano ainda conta: Digitalizar o varejo e os brasileiros faz parte da nossa estratégia de negócio e do nosso propósito como empresa — e ele nunca se mostrou tão necessário quanto nesses tempos que estamos vivendo. A plataforma digital de vendas visa ajudar autônomos, micro e pequenos varejistas a continuarem a vender mesmo durante a crise. Tendo acesso aos 20 milhões de clientes do Magazine Luiza, os pequenos comerciantes podem oferecer seus produtos tanto no site, como no aplicativo da companhia. Em um momento onde foi preciso reinventar as maneiras de convivência, a MRV lançou a campanha #FiqueEmCasa e preparou seus canais digitais para que a busca pela compra dos apartamentos e o processo de documentação fossem feitos de maneira totalmente online. O investimento na experiência do usuário foi possível através da digitalização de seus processos, que ocorrem desde a escolha do apartamento ao acompanhamento das obras. Como resultado, mesmo com fechamento de seus stands de vendas e adiamento de lançamentos previstos para o primeiro trimestre, a companhia reportou um aumento de 28% em suas vendas, em comparação aos três primeiros meses do ano passado. A MRV, que se encontra entre as 10 empresas mais inovadoras do Brasil, de acordo com a Forbes, conseguiu reduzir os impactos da crise em seu negócio não só ao reinventar uma forma segura de estar ao lado de seus clientes, como pelo fato de ter estabelecido a inovação como um de seus valores, possuindo este atributo inerente ao negócio. Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO Prof.ª: Patrícia Walessa - GEO
  • 13. Aula 07 Criatividade e inovação em ambientes laborais Dicas para estimular a criatividade e a inovação Prazos apertados, muitas demandas, falta de tempo. São inúmeras as razões que podem impedir um indivíduo de ter a criatividade e a inovação como parte da rotina. Essas duas características são essenciais para o sucesso de qualquer profissional. Com mudanças simples é possível estimular a criatividade e a inovação todos os dias. Confira: 1 - Comece pelo pequeno Muitas pessoas acreditam que ser criativo e inovador é ter ideias grandiosas que vão impactar a vida de milhares de pessoas e trazer reconhecimento. A criatividade e a inovação estão nos grandes feitos e descobertas da história da humanidade, mas também estão nas coisas pequenas do dia a dia. Trazer ideias que proponham mudanças positivas para sua rotina ou da sua empresa já são um ótimo começo. Comece refletindo sobre as coisas pequenas que o cercam. 2 - Esteja atento ao seu redor “Ideias todo mundo tem. Como é que entram na cabeça da gente? Entram porque a gente lê, observa, conversa, vê espetáculos”, disse a escritora Ruth Rocha. Como explica Rocha, as boas ideias não nascem do nada. É preciso estar atento ao que acontece no mundo, desde os noticiários até os memes que circulam nas redes sociais. Os acontecimentos que nos cercam são constante fonte de inspiração e podem apontar caminhos para propor algo inovador. 3 - Mexa seu corpo Com o trabalho remoto, tendência que cresceu com a pandemia da Covid-19, muitos profissionais têm passado ainda mais tempo sem se movimentar. O estado físico do corpo também é importante para a criatividade. Praticar exercícios físicos libera hormônios do bem-estar e ajuda na circulação sanguínea. Para a mente funcionar corretamente, o corpo também deve estar em sintonia. Dessa forma, manter o corpo em movimento também é uma maneira de estimular e desenvolver a criatividade. 4 - Dê um tempo à sua mente Quantas vezes você ficou insistindo horas em uma ideia que não levou a nada? O processo de criação pode ser bem cansativo para a mente. Por isso, dar um descanso à mente e se afastar por algumas horas do que deve ser produzido pode ser uma boa saída. Dê um tempo para sua cabeça se recuperar e abra caminho para novas ideias. “O segredo da criatividade está em dormir bem e abrir a mente para as possibilidades infinitas. O que é um homem sem sonhos?”, disse o grande físico Albert Einstein. https://www.blogdoead.com.br/tag/carreira/criatividade-inovacao O que é um outlier? Na estatística, um outlier é um dado que se distancia radicalmente dos demais que compõem a amostra analisada. O termo é traduzido para “valor atípico” ou “valor aberrante” em português. Podemos dizer que é um “ponto fora da curva”, para usar uma expressão do dia a dia. No mercado de trabalho, uma pessoa outlier é um profissional de alto desempenho, que entrega bons resultados para a empresa ou para clientes, caso seja autônomo. Isso com uma performance ágil e uma produção de qualidade. O termo foi emprestado da estatística pelo jornalista e palestrante Malcolm Gladwell, que o popularizou no meio corporativo com o livro “Fora de Série: outliers” de (2008). O autor usou como exemplos o jogador de hockey Wayne Gretzky, o fundador da Microsoft Bill Gates e a banda The Beatles para ilustrar a seguinte afirmação: existem pessoas mais bem sucedidas que outras graças a uma combinação entre trabalho duro e oportunidade. Em outras palavras, além de ser competente e dedicado, é preciso estar no lugar certo e na hora certa para alcançar o sucesso. Lembrando que a definição de “sucesso” varia de pessoa para pessoa, de acordo com os objetivos para a vida pessoal e profissional. Não se trata simplesmente de ganhar muito dinheiro ou ocupar cargos C-level em uma multinacional. Realizam entregas mais rapidamente e com mais qualidade do que os pares; Realizam mais funções do que os demais colegas que ocupam o mesmo cargo na organização; São pontos de referência para a equipe, que as procura para tirar dúvidas e pedir ajuda para resolver problemas; São vistas como lideranças informais pelo time; São mais exigentes consigo mesmas na qualidade das entregas; Têm um nível elevado de produtividade durante o dia de trabalho; Seguem uma ética profissional alinhada à cultura organizacional. Como reconhecer uma pessoa outlier É possível identificar um profissional outlier em todas as áreas de atuação e em diferentes níveis hierárquicos de uma organização. Geralmente, as pessoas outliers demonstram as seguintes características no dia a dia de trabalho:
  • 14. Aula 08 Criatividade e inovação em ambientes laborais - atividades 1 Estão entre características de uma pessoa criativa, exceto: ( )Ser criativo é se apegar ao novo, a coisas que não se pensaram anteriormente, ou que não foram executadas quando deveriam. ( ) Ser criativo é deixar de fazer as coisas quando algo dificulta a ação por falta de instrumentos necessários. ( )Ser criativo é se arriscar, buscar melhorar, aprimorar técnicas e desenvolver novas. Abertura a ideias e informações. Vontade de mudar e se adaptar. 2 “Existem diversos aspectos tratados formalmente ou informalmente nessas conversas, mas um com certeza se destaca, o que eu chamo de Fatores de Sucesso da Inovação (FSI).” A inovação depende de vários fatores, alguns citados abaixo, exceto: ( ) softwares, hardwares e sistemas de informação e comunicação, como também a gestão da informação, o business intelligence (BI), o data science e o big data. ( ) Elemento importante em diversos processos, áreas e setores de orgnização, que podem determinar o sucesso ou frustração de uma inovação, sua criação, continuidade e evolução, portanto a organização é dispensável. ( ) A qualidade de um produto e (ou) serviço inovador deve ser monitorada, não só em seu período de nascimento, mas também durante todo o processo de desenvolvimento evolutivo e inserção de novos elementos. Saiba como a criatividade impulsiva, aquela que não se transforma em ação, pode ser um empecilho para a produtividade. Criatividade e procrastinação não combinam! 3 Leia a afirmação abaixo e escreva sua interpretação: https://endeavor.org.br/sem-categoria/a-arte-de-nao-ser-criativo/ 4 Alguns fatores/características são necessários de serem observados para se obter o sucesso de uma inovação nas organizações. Pesquise e cite algumas. https://jornaldebrasilia.com.br/arquivo-de-blogs/professor-m/dez-fatores-de-sucesso-da-inovacao-10-fsi/ 5 O que é ser um outlier no trabalho? Como identificar um outlier? 6 Pesquise histórias de pessoas conhecidas que são consideradas outlier e escolha uma para contar em seu caderno.
  • 15. Aula 09 Criatividade e inovação em ambientes laborais - atividades Escolha uma das duas missões de criatividade e desenvolva sua ideia abaixo ou em uma folha: Uma fábrica de chocolates vai pretende criar um novo tipo de chocolate combinado com bolachas, tipo wafer, parecida com os chocolates Kit Kat marca Nestlé, ou Bis da concorrência. Mas precisa de algo diferente para o sabor, e uma embalagem interessante. Imagine como seria esse chocolate, no sabor e recheios e pense também na embalagem, cores e nome chamativo e slogan. Desenhe e descreva sua ideia. Existe uma marca de perfumes que pretende lançar um perfume para jovens na faixa etária média dos 12 aos 20 anos. Para isso a empresa precisa de uma embalagem bonita e um nome bonito, além de decidir se o perfume terá notas florais, madeiradas, orientais, adocicadas, enfim... Imagine como seria esse perfume, o nome, o cheio, a embalagem e o vidro, assim como a frase que seria usada como slogan para chamar atenção dos clientes. Desenhe e escreva sua ideia. Escreva sua ideia: Desenhe (prototipagem) Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
  • 16. Aula 10 Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho. Qualaestruturadeumprojetodeintervenção? Segue a mesma base de trabalhos acadêmicos: *Introdução, desenvolvimento e conclusão. *Deve contar a capa, contracapa, resumo e outros; os elementos textuais, que é onde se inicia o texto propriamente com uma introdução, narrando o contexto da situação, a problemática, bem como as propostas de resolução dessa problemática, a justificativa, objetivos indicando onde se pretende chegar com o projeto e outros; por fim, temos a conclusão, ou seja, a resposta a que se chegou com a pesquisa. https://mystudybay.com.br/projeto-de-intervencao/#:~:text=com%20seu%20projeto%3F-,O%20que%20%C3%A9%20um%20projeto%20de%20interven%C3%A7%C3%A3o%20pronto,de%20conviv%C3%AAncia%20com%20a%20realidade. Comoapresentarumprojetodeintervenção? Apesar de ter uma construção um pouco diferente ele é apresentado da mesma forma que outros trabalhos acadêmicos. Com um tempo disponibilizado ao aluno para demonstrar sua pesquisa, os resultados obtidos e a solução encontrada. É possível utilizar slides, porém o slide não deve ser prolixo, nem o estudante poderá ler o texto, ele deverá conhecer sua pesquisa e resumi-la de forma que consiga apresentar nos 10 ou 20 minutos disponibilizados, o tempo de apresentação depende de cada instituição de ensino. Qualaimportânciadoprojetodeintervençãopedagógica? Apesar de ter uma construção um pouco diferente ele é apresentado da mesma forma que outros trabalhos acadêmicos. Com um tempo disponibilizado ao aluno para demonstrar sua pesquisa, os resultados obtidos e a solução encontrada. É possível utilizar slides, porém o slide não deve ser prolixo, nem o estudante poderá ler o texto, ele deverá conhecer sua pesquisa e resumi-la de forma que consiga apresentar nos 10 ou 20 minutos disponibilizados, o tempo de apresentação depende de cada instituição de ensino. exemplodeprojetodeintervençãopedagógica-Decidaqualénecessárionasuaescola Entenda que: -A qualidade do conteúdo está intrinsecamente ligada a profundidade da pesquisa realizada; -A coleta de dados é imprescindível para o diagnóstico do problema e o suprimento da necessidade na realidade social estudada; -A estrutura do projeto de intervenção é formada por introdução, desenvolvimento e conclusão; -Através do planejamento interventivo é possível observar as dificuldades e problemas enfrentados em determinado meio, e a partir daí encontrar soluções e métodos de solucionamento. Esse tipo de projeto possui características bem singulares, como a presença de uma pesquisa-ação, bem como da inserção do pesquisador no meio de convivência do problema ao qual irá abordar, além do envolvimento dos demais indivíduos da realidade social na resolução do problema e as ações práticas para se chegar a resposta. A evasão escolar dos indivíduos de baixa renda e práticas de intervenção; Ações de violência doméstica e a dificuldade de aprendizagem no desenvolvimento da criança; Contato do idoso e família no caso de idosos asilados; Como manter a saúde mental na escola em caso de violência infantil; Proposta de intervenção psicopedagógica e orientações para a observação; Ensino fundamental as dificuldades de interação com a leitura e escrita; Proposta de intervenção na educação profissional: como melhorar a atenção dos profissionais na identificação de fatores de risco. Sugestões de porjeto de intervenção pedagógica: Escolhaumadassugestõesao lado,deacordocoma necessidadedasuaescolana suaopinião, emonteumplanodeprojeto emseucaderno.Individualou emgrupo,comooprofessor orientar. Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
  • 17. Aula 11 Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho. Não confunda: Por intervenção ambiental, entende-se qualquer intervenção sobre a cobertura vegetal nativa ou sobre área de uso restrito, ainda que não implique em supressão de vegetação. O que seria INTERVENÇÃO sociocultural? Reduzir o impacto ambiental. Educar o público-alvo sobre tema específico. Criar líderes ambientais. Usar produtos naturais. Ações de voluntariado. Fazer doações para instituições sociais. Por isso, trouxemos algumas formas de responsabilidade social para você aplicar na sua organização hoje mesmo! 1. 2. 3. 4. 5. 6. Resposta: Os projetos de intervenção social são atividades realizadas em uma realidade social a partir de um problema. A ação pode ser realizada nos campos da educação, assistência social, saúde e diversas áreas que têm como principal característica o envolvimento dos sujeitos nos processos de intervenção. Quais as ações de responsabilidade socioambiental? https://www.childfundbrasil.org.br/blog/6-exemplos-de-responsabilidade-social-para-empresas/ Algumas formas de responsabilidade social para empresas ou você mesmo aplicar em projetos: 1. Reduzir o impacto ambiental Essa é uma estratégia muito utilizada por diversas empresas. A Amanco, por exemplo, uma marca conhecida pela fabricação de tubos e conexões, vem optando por matérias-primas menos poluentes. Por exemplo, ela parou de usar o solvente à base de tolueno por outros menos poluentes. 2. Educar o público-alvo Quem não precisa de educação financeira? Ela é essencial para qualquer empresa e também para qualquer pessoa. Pensando nisso, o Bradesco resolveu levar educação financeira para a população carente. Além disso, a empresa também atua em ações de sustentabilidade socioambiental em parceria com a Fundação Amazônia Sustentável. 3. Criar líderes ambientais Que tal promover a consciência ambiental dentro da sua empresa? É exatamente isso que o HSBC está fazendo. Em busca de líderes ambientais, o banco criou, há cerca de 3 anos, um programa para incentivar os funcionários chamado Climate Parthership. A instituição treina os colaboradores que tenham interesse no assunto. 4. Usar produtos naturais Quanto menos os processos químicos utilizados em diversos produtos que utilizamos, melhor para a nossa saúde e também para o meio ambiente. Pensando nisso, a Natura, grande empresa de cosméticos, investe na capacitação dos seus funcionários para que eles consigam extrair óleos naturais das plantas. Por exemplo, existe um óleo chamado de Murumuru que é extraído de uma planta nativa da região amazônica. O grande problema é que isso é feito por meio de queimadas. As famílias que forneciam a matéria prima usando esse método, passaram a ser orientadas pela empresa a não utilizar mais essa forma de extração. O que a Natura está fazendo é orientando essas famílias a fornecer a matéria prima sem a utilização das queimadas. Apenas essa ação conseguiu preservar mais de 3 mil palmeiras de onde o produto é extraído. 5. Ações de voluntariado Que tal incentivar os funcionários a realizar trabalho voluntário? Um boa prática é realizar visitas em casas de acolhimento de crianças e idosos. Apenas uma simples visita pode fazer um bem enorme para as pessoas que moram nesses locais. 6. Fazer doações para instituições sociais: Doar para ONGs que você pesquise e saiba que aplicam bem os recursos. Faça um esquema em seu caderno explicando e dando exeplos de intervenção sociocultural Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
  • 18. Aula 12 Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho. Ação prática> projetos de intervenção social são atividades realizadas em uma realidade social a partir de um problema. “educar público alvo sobre tema específico” Escolha com seu professor(a) e seus colegas um tema que julguem necessário para intervenção sociocultural/ambiental através de mini palestra ou visita nas outras salas para conscientização e motivar engajamento social acerca de um tema, podendo usar um panfleto, dinâmica, ou outro recurso que queiram para levar a mensagem aos alunos nas outras salas de aula. Lembrem-se de escolher, delimitar, escolher recursos a serem utilizados, focar e levantar informações e dados para apresentar de forma rápida e interessante, conseguindo assim engajamento do público alvo. Importante propor ação simples e prática. Sugestões: Direitos dos Animais EDUCAÇÃO AMBIENTAL E MOBILIZAÇÃO SOCIAL Campanha Antibullying MOBILIZAÇÃO VIRTUAL/SOCIAL Pacto Antidrogas MOBILIZAÇÃO SOCIAL/VIRTUAL Drogas lícitas e ilícitas tem sido um dos grandes problemas enfrentados na sociedade contemporânea. Mensagens difundidas em campanhas e programas educacionais devem ser baseadas em evidências científicas, sendo claras e atualizadas, respeitando as especificidades, a vulnerabilidade e as diversidades culturais de cada público-alvo. Escolham uma abordagem informativa sobre o tema e aplique na campanha. Leia sobre o tema, defina as frentes de atuação, Defina os responsáveis por cada ação, calendário de atividades, atue em parceria com as famílias se necessário, integre a campanha com as disciplinas. Esclarecer, alertar e combater o bullying e o cyberbullying, com o objetivo principal de diminuir o índice de casos. O bullying é uma triste realidade que atinge crianças e adolescentes, podendo se estender por outras fases da vida, que gera sérios prejuízos à saúde física e mental. https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/acervo/geral/audio/2020- 07/campanhas-de-prevencao-ao-uso-de-drogas-deverao-ser-baseadas-na-ciencia- veja/#:~:text=Campanhas%20de%20preven%C3%A7%C3%A3o%20%C3%A0s%20d rogas%20devem%20se%20basear%20na%20ci%C3%AAncia&text=A%20partir%20 de%20agora%2C%20as,culturais%20de%20cada%20p%C3%BAblico%2Dalvo. https://freemind.com.br/blog/dicas-de-prevencao-as-drogas/ Os animais em geral sofrem vários tipos de violências por parte dos seres humanos. Delimite um tema, leve informações, procure saber os direitos que as novas leis de proteção animal no país e em seu Estado garantem. Pode ser desde maus tratos e direitos dos animais domésticos e em situação de rua, formas cruéis de tratamento dispensado aos animais por motivos culturais, declaração universal dos direitos dos animais, observando que a forma como os animais são tratados serve como referência de evolução social. https://totosdatete.org.br/colunistas-e-protetores/direitos-dos-animais- quais-sao-e-importancia/? gclid=EAIaIQobChMI1bm47cy3gQMVJTjUAR3BrgQDEAAYASAAEgKbLvD_ BwE https://www.abp.org.br/contra-o- bullying#:~:text=A%20iniciativa%20foi%20criada%20a,%C3%A0%20sa%C 3%BAde%20f%C3%ADsica%20e%20mental.
  • 19. Aula 12 Intervenção sociocultural e ambiental no mundo do trabalho. Ação prática> projetos de intervenção social são atividades realizadas em uma realidade social a partir de um problema. “educar público alvo sobre tema específico” Aula para os alunos ou grupos de alunos se organizarem, fazerem na sala materiais, providenciar modelo de panfleto, xerox, cartaz, ou quaisquer recursos que decidam usar na abordagem da educação do público algo e ensaio da apresentação, ensaiar a apresentação com os outros colegas de sala com orientação do professor(a). Tema escolhido: ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ Delimitação do tema: ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ Problemas a serem apresentados: ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ Argumentos de conscientização a serem utilizados: ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ Forma e local de apresentação ou das apresentações: ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ Público escolhido e duração de cada abordagem: ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ Recursos a serem utilizados e custos: ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ Os objetivos foram cumpridos? O que achou?
  • 20. Testar a funcionalidade Testar a usabilidade Proporcionar feedbacks Reduzir riscos Diminuir investimento Benefícios da prototipagem Funciona? Precisa ser ajustado? De que forma? Com o protótipo, usuários testam a ideia, Eese é o jeito mais eficiente de entender os pontos que funcionam e o que precisa ser melhorado para o produto final. Assim como é possível visualizar e entender como as pessoas utilizam o modelo (e como preferiam utilizar), o protótipo permite que os usuários deem feedbacks mais concretos sobre o produto. Com tudo que pode ser testado com o protótipo, diminuem as chances de lançar um produto falho, ou pelo qual não exista demanda no mercado. Sai mais barato investir em protótipos e investigar as falhas do que aplicar muito dinheiro em um produto final que não passou por testes. Aula 14 Metodologias para estruturação e prototipagem de idéias no ambiente de trabalho. Mas o que é prototipagem? Prototipar – ou ação de gerar um protótipo – é criar uma representação que simula o funcionamento de uma invenção. Não é necessário que a ideia esteja em um estágio avançado para isso. Na verdade, é possível prototipar até um produto que até então só tenha uma funcionalidade, ou um tipo de interação com o usuário. A prototipação é uma forma de visualizar a sua ideia antes mesmo de tirá-la do papel. Ela é de extrema importância para startups, uma vez que evita maiores gastos no desenvolvimento. Lançar um produto no mercado sem verificação é, na realidade, muito arriscado. Pode ser que ele não funcione da forma desejada, que os usuários não se identifiquem, ou até que simplesmente não exista demanda. O melhor a se fazer é validar antes; e uma das técnicas mais eficientes de validação é a prototipagem. Em um projeto com várias fases, é interessante fabricar um modelo em cada uma das etapas que surja algo a se testar. Não precisa ser sofisticado; o ideal é que ele seja bem barato – sua função é apenas de avaliação. É a partir dele que as melhorias no produto vão ser feitas. Então há grandes chances de falha, mau funcionamento, ou até reprovação de usuários. https://www.napratica.org.br/ https://youtu.be/acHRiZZptSs?si=F3m1Shd3FpgVmVHL https://inova.coop.br/blog/teste-suas-ideias-com-4-ferramentas-de- prototipagem-3485b2a2e6d1 O que é design Thinking? Design Thinking é uma metodologia de desenvolvimento de produtos e serviços focados nas necessidades, desejos e limitações dos usuários. O grande objetivo do Design Thinking é converter dificuldades e limitações em benefícios para o cliente e valor de negócio para a sua empresa. Um protótipo deve ser usado em diferentes etapas do desenvolvimento de qualquer ideia, seja esta um produto, serviço físico ou digital. È possível fazer protótipo de inúmeras coisas, carros, motos, aviões, prédios, máquinas diversas, aparelhos tecnológicos, objetos em geral, e também de produtos digitais como jogos, progrmas de edição de texto, etc. https://sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/design-thinking- inovacao-pela-criacao-de-valor-para-o- cliente,c06e9889ce11a410VgnVCM1000003b74010aRCRD https://www.youtube.com/watch?v=Bwjwb5aIcZ8&t=375s Pesquise um jogo ou rede social que você usa e observe a construção das telas. Cada uma foi pensada por profissionais que trabalham com Design com objetivo de prender sua atenção o máximo de tempo na tela
  • 21. Aula 15 Metodologias para estruturação e prototipagem de idéias no ambiente de trabalho. Prototipagem Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO Preencha o esquema com as principais informações que peaquisou e aprendeu sobre o que é, funções e vantagens da Prototipagem
  • 22. Aula 16 plicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular). https://www.unimed.coop.br/site/web/relatoriogestao2020-parana/cooperativismo A história do cooperativismo teve início em 1844, no interior da Inglaterra, quando um grupo de 28 trabalhadores se uniu para montar seu próprio armazém, após não conseguir comprar o básico para sobreviver nos comércios na região conhecida como Rochdale-Manchester. A proposta dos envolvidos era comprar os alimentos necessários - farinha, aveia, açúcar e manteiga - em grande quantidade, pois assim haveria uma negociação e, consequentemente, os preços seriam melhores, e dividir toda a compra de forma igualitária entre os participantes. Dessa forma nasceu a “Sociedade dos Probos de Rochdale”, a primeira cooperativa moderna, baseada em valores e princípios morais considerados até a atualidade como a base do cooperativismo, como a transparência, equidade, solidariedade e honestidade. A ideia dos 28 pioneiros prosperou. Quatro anos após sua criação, a cooperativa já contava com 140 membros. Doze anos depois, em 1856, chegou a 3.450 sócios com um capital social que pulou de 28 libras para 152 mil libras. Fonte: OCB - Organização das Cooperativas Brasileiras O cooperativismo no Brasil O cooperativismo é um modelo de negócio que alinha desenvolvimento econômico e social e equilibra necessidades individuais e coletivas. Isso porque, além de gerar trabalho e renda para milhões de pessoas, promove o desenvolvimento sustentável de comunidades e propicia educação e formação para membros e trabalhadores. Conforme o Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2020, lançado no dia 17 de dezembro pelo Sistema OCB, em 2019, o país tinha 5.314 cooperativas, que alcançaram a marca de R$ 494 bilhões em ativos e movimentaram mais de R$ 26 bilhões em tributos e despesas com pessoal. A pesquisa mostra ainda que o país alcançou a marca de 15,5 milhões de cooperados e 427 mil empregados. Até 2019, as cooperativas no Brasil atuavam em 13 ramos distintos. Em 2020, porém, alguns ramos se uniram e outros foram ressignificados após um processo democrático e uma avaliação minuciosa dos benefícios para as cooperativas. Atualmente, são sete as frentes do cooperativismo: agropecuário; crédito; transporte; trabalho, produção de bens e serviços; saúde; consumo e infraestrutura, entre outros. UNIMED é um exemplo de cooperativa de médicos no setor da SAÚDE COOPRATA é um exemplo de cooperativa no setor AGROPECUÁRIO SICREDI primeira instituição financeira do Brasil, no setor CREDITO Uma cooperativa serve para unir desenvolvimento econômico e desenvolvimento social, produtividade e sustentabilidade. Pesquise, se possível, exemplos de cooperativas nos outros setores e anote em seu caderno. https://www.sicredi.com.br/site/blog/entenda-diferencas-entre-cooperativa-de-credito-e-os-bancos-comerciais/ O cooperativismo tem como característica principal contemplar os interesses coletivos de um grupo de pessoas, contribuindo para o desenvolvimento sustentável, social e econômico tanto dos seus membros, quanto da comunidade na qual a organização está inserida. sistema de cooperativismo caracteriza-se pelo agregamento de produtores autônomos visando a exploração econômica de determinada atividade, sob a denominação de Cooperativa, cujos resultados são distribuídos de acordo com a participação de cada cooperado. Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
  • 23. objetivo 1- Reunir esforços para desenvolver atividades de interesse comum; 2- Fortalecer os laços de solidariedade do grupo; 3- Defender os interesses de todos os associados; 4- Melhorar a qualidade de vida dos associados; 5- Promover o desenvolvimento da região ou comunidade onde a associação está inserida. Aula 17 Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular). é uma iniciativa formal ou informal que consiste na constituição de grupos de pessoas ou de organizações que se reúnem com o objetivo de gerar soluções, bem como superar desafios e dificuldades nos mais variados âmbitos — sociais, culturais, políticos, econômicos, científicos, entre outros. Associativismo: Associativismo: proporciona uma união capaz de fazer os empresários pensar coletivamente e permite a troca de experiências que os faz crescer conjuntamente. Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO https://www.febrafar.com.br/o-que-e-associativismo-e-quais-suas-vantagens/#:~:text=Vantagens%20do%20associativismo,se%20refere%20%C3%A0%20cultura%20empreendedora. Compra Conjunta– a realização de compras conjuntas proporciona aos empresários maior poder de barganha e acesso a grandes fornecedores do mercado. Parcerias– as parcerias com os fornecedores são essenciais para a implementação de ações promocionais nos estabelecimentos. Competitividade– ao comprar bem e barato, maximizar e diversificar o mix de produtos, entender as reais necessidades dos clientes, superar suas expectativas, capacitar-se gerencialmente, viabilizar treinamentos para a equipe de colaboradores e organizar melhor o estabelecimento como um todo, as lojas tornam-se mais competitivas e ganham visibilidade no mercado Lucratividade – a aplicação de melhores margens de comercialização faz com que as empresas apresentem um aumento considerável em seu faturamento.
  • 24. Aula 18 Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular). Economia Circular É um conceito que associa desenvolvimento econômico a um melhor uso de recursos naturais, por meio de novos modelos de negócios e da otimização nos processos de fabricação com menor dependência de matéria-prima virgem, priorizando insumos mais duráveis, recicláveis e renováveis. Redução de extração de matérias primas Produção mais limpa visando menos gastos diminuir dependência de recursos Minimizar resíduos coleta ao fim da vida útil para reciclagem produtos mais duráveis, sem tóxicos, e/ou recicláveis produção mais limpa, com menos recursos e resíduos visar durabilidade para reduzir o lixo Economia Circular Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO Eliminar resíduos e poluição desde o princípio. Manter produtos e materiais em uso, em seu mais alto valor. Regenerar sistemas naturais. Os três princípios da economia circular: como ela se apoia na circularidade de processos, produtos e negócios Hoje, os modelos de negócio circulares podem ser classificados em 5 tipos: *produto como serviço, compartilhamento * *recuperação de recursos, * extensão da vida útil do produto *insumos circulares. Pesquise sobre os modelos de negócios circulares acima e deescreva-os em seu caderno Eliminar resíduos e poluição desde o princípio. Manter produtos e materiais em uso, em seu mais alto valor. Regenerar sistemas naturais. Os três princípios da economia circular: como ela se apoia na circularidade de processos, produtos e negócios https://www.upcyclebrasil.com.br/os-modelos-de-negocio-para-a-economia- circular/#:~:text=A%20economia%20circular%20e%20os,do%20produto%20e%20insumos%20circulares.
  • 25. Aula 19 Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular). 1) Modelo econômico que preconiza a colaboração e a associação de pessoas ou grupos com os mesmos interesses, em uma mesma “empresa” a fim de obter vantagens comuns em suas atividades econômicas: a ) Cooperativismo B ) Associativismo c ) Economia Circular 2 São princípios do cooperativismo, exceto: a ) Gestão democrática e livre b ) Participação econômica dos membros c ) Obrigatoriedade de adesão 3 Os membros de uma cooperativa destinam os excedentes (sobras= valor das receitas maior que as despesas) a uma ou mais das seguintes finalidades, exceto: a ) para cobertura de eventuais prejuízos. b ) beneficio do cooperado em dinheiro na proporção das suas transações com a cooperativa; c ) apoio a outras atividades aprovadas pelos membros. d ) divisão do lucro igualitária entre todos os membros 4 ) Existe alguma Cooperativa em seu município? pesquise e escreva sobre sua atuação e benefícios para os cooperados. 4 ) Trata-se de uma metodologia aplicada em empresas de qualquer área de atuação, desde que todas tenham algo em comum e se beneficiem se associando: a ) Cooperativismo B ) Associativismo c ) Economia Circular 5 ) Sobre o associativismo é incorreto afirmar: a ) Podem ser compostas por duas ou mais pessoas de direito privado, que visam defender os objetivos comuns de um segmento econômico ou comunidade. b ) elevar o poder de negociação dos associados junto a fornecedores e clientes. c ) diminuir riscos e despesas; d) bloquear parcerias comerciais e ) a Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), o G-8 (Grupo dos Países mais Industrializados do Mundo) são baseados na prática do associativismo. 6) No meio empresarial existem vários temos diferentes nomenclaturas para definir o agrupamento de empresas, exceto: a ) sindicatos empresariais b )associações comerciais, c )cooperativas, d ) joint ventures, e ) sindicatos de trabalhadores 7) Existe alguma Associação empresarial em seu município? pesquise e descreva sua atuação e benefícios para os associados. ,c 8) é um conceito estratégico que assenta na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia. a ) Cooperativismo B ) Associativismo c ) Economia Circular 9 ) A economia circular é um contraponto a economia linear. A melhor descrição para economia linear pode ser: a ) começa pela extração da matéria prima, passa por sua transformação e seu uso, e se encerra com o descarte de resíduos, causando grandes impactos ambientais. b ) o processo produtivo, embalagens, transporte, reaproveitamento do que seria descarte, todo o ciclo é revisto para não apenas preservar o meio ambiente, mas também para criar um sistema de produção regenerativo. c ) é uma mudança de paradigma, visando enfrentar os desafios complexos das próximas décadas. Pensando não apenas no sucesso do setor produtivo, mas também no futuro ambiental do planeta Terra. 10 Na sua cidade existem empresas que consomem recursos naturais (água, solo, minerais, vegetação, etc)? Essas empresas tem aplicação de políticas de economia circular? pesquise e dê exemplos. https://taynaahreis.medium.com/50-quest%C3%B5es-sobre-o-cooperativismo-c2063931cd14 Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO atividades: https://blog.ailos.coop.br/cooperativismo/associativismo-e-cooperativismo/ a, c, d, b, d, e, c, a
  • 26. Aula 20 Aplicação de outros modelos econômicos (cooperativismo, associativismo, economia circular). A poluição das águas A produção de lixo sem projetos que efetivamente funcionem para a destinação do mesmo faz com que a poluição ambiental, no caso em foco das águas seja muito grande e nociva para o meio ambiente, tanto prejudicando a vida animal e a saúde no ambiente marinho, lacustre e fluvial como também contaminação de lençóis freáticos. Além dos prejuízos visíveis, há ainda a contaminação das águas por resíduos químicos tóxicos oriundos de processos industriais ou agrícolas que envolvem poluentes químicos muitas vezes até cancerígenos. Há preocupação mundial com esse problema, sendo tratado em várias reuniões internacionais para melhorias no meio ambiente, e também leis sendo aprovadas nas últimas décadas para regulamentar o uso da água e punir o mau uso. 1 ) Você conhece leis ambientais no seu país, estado ou município sobre o uso da água? Pesquise e escreva o que descobrir. Analise, converse com seus colegas e professor(a) se é cumprido a risca ou se ainda falta fiscalização ou conscientização sobre o tema para que seja efetivado o uso consciente da água. 2 ) Uma empresa que produz peças de plástico e descarta irresponsavelmente o restante e não tem projeto de coleta e reciclagem recebeu uma multa de 1 milhão e suspensão das atividades até que apresente um plano de gestão de resíduos. Você é funcionário dessa empresa. Faça um projeto/esquema com sugestões, desenhos e informações como se fosse para ser seguido pela empresa a partir de agora. (como é uma empresa imaginária você pode decidir qual tipo de peças produz para fazer seu projeto dentro do que imaginar) Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
  • 27. Currículo Curriculum vitae, também abreviado para CV ou apenas currículo é um documento usado para busca de emprego, um histórico que relata a trajetória de experiências profissionais e a formacao educacional de uma pessoa, como forma de demonstrar suas habilidades e competências. Primeiro contato entre empregador e candidato, o currículo é um dos mais importantes documentos para quem procura uma posição no mercado de trabalho. Quando essa busca tem como objetivo uma vaga de Jovem Aprendiz, surgem muitas dúvidas a respeito de como o currículo deve ser construído já que o rol de experiências profissionais nesta idade é limitado. Nesse caso, Basta colocar as informações básicas. Coloque seus dados pessoais no cabeçalho; Escreva um objetivo profissional; Descreva suas experiências de trabalho; Detalhe sua formação acadêmica; Faça uma lista com suas habilidades profissionais; Adicione informações complementares; Formate seu CV de forma organizada; Se preciso edite o currículo para adapta-lo melhor a vaga concorrida. Não coloque informações inverídicas somente para impresisonar. Entres os tópicos que não podem faltar estão a escolaridade do candidato, cursos complementares de formação, indique as palestras que participou, e fale sobre cursos on-line se tiver. Como fazer um um curriculum vitae? 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. Atividade: Pesquise tipos currículo e faça um modelo para você em seu caderno, ou em folha sultfite, como se estivesse procrando emprego em uma empresa que você teria interesse de trabalhar futuramente. Introdução ao Mundo do Trabalho Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO Aula 21 extra confecção de currículo Diferença entre um currículo normal e um currículo jovem aprendiz A principal diferença de um currículo normal para o currículo do Jovem Aprendiz está na experiência. Em um currículo normal, é praticamente exigência falar sobre antigos empregos, já no Aprendiz isso não existe, já que este será o primeiro serviço do jovem. Todavia, no restante, é tudo bastante igual, valorizando suas habilidades e cursos realizados. Evite mentiras e exageros, que podem ser facilmente descobertos na entrevista. O que não colocar no currículo JA? Não informe os números do CPF e do RG, já a colocação de foto é opcional. Evite falar sobre gostos pessoais ou hobbies, já que isso deve ser comentado na entrevista. Não coloque o salário que deseja, apenas se isso for obrigatório. https://modelodecurriculogratis.com.br/curriculo-jovem-aprendiz/
  • 28. Como funciona o teste de perfil comportamental? Os testes consistem em questionários que mapeiam as competências dos colaboradores. A partir das respostas são identificados padrões comportamentais, que servem para encaixar o funcionário em um determinado perfil profissional. São avaliadas habilidades como tomada de decisões, estilo de liderança, nível de autoestima e reação à pressão, entre outras. Os perfis profissionais foram desenvolvidos com base em estudos de psicologia. Por que fazer um teste de perfil? As pessoas possuem habilidades em diferentes níveis. Algumas são mais criativas e pouco organizadas, outras são muito analíticas e organizadas, mas não são muito comunicativas. Todos os perfis têm os seus valores. Não existe um jeito certo ou errado de ser, mas as habilidades de cada um precisam ser aproveitadas na função correta e em um ambiente de trabalho propício para alcançar a mais alta produtividade. Daí a importância de um teste de perfil. Ao conhecer os profissionais para criar equipes de trabalho produtivas e efetivas, o gestor garante um melhor desenvolvimento do trabalho e um ambiente mais saudável e eficiente. Aula 22 (extra) Padrão comportamental Endereço eletrônico teste vocacional Universidade do Estado do Paraná https://www3.uepa.br/testevocacional2/v1.0.1/index.cfm Endereço eletrônico teste vocacional Santander https://www.becas-santander.com/pt_br/blog/teste-vocacional.html Teste vocacional G1 https://especiais.g1.globo.com/educacao/guia-de-carreiras/teste-vocacional/ Teste vocacional site Pra Valer https://www.pravaler.com.br/testes/teste-vocacional-online-gratis/ Cerca de 82% dos estudantes afirmam ter dúvidas sobre qual trajetória profissional tomar. Por outro lado, pesquisas indicam que quase 90% dos profissionais não estão satisfeitos com a sua situação de trabalho atual e gostariam de mudar de rumo. sddddddddddddddddxSe você quer descobrir do que realmente gosta e onde pode se dar bem, te apresentamos uma ferramenta para te ajudar a se aprofundar nos seus valores, interesses, motivações e habilidades. Faça este breve teste vocacional de 20 perguntas de múltipla escolha. Escolha as opções que melhor te representam e descubra o resultado! https://www.gupy.io/blog/teste-de-perfil Quais são os 4 perfis comportamentais? Ao longo dos anos, muitos estudos traçaram diversos perfis de comportamento no mercado de trabalho, estabelecendo vários tipos de analogias e nomenclaturas diferentes. No entanto, é possível classificar a maioria dos profissionais em quatro perfis básicos: comunicador, executor, idealizador e organizador. Todo mundo tem características de todos os perfis, mas é comum que um dos quatro seja predominante na personalidade. Veja ao lado uma explicação mais aprofundada de cada padrão comportamental. padrão comportamental Em que situações os testes podem ser aplicados? Os testes comportamentais podem ser extremamente úteis em diversas situações na rotina de uma empresa, sobretudo para a equipe de RH. Confira a seguir algumas das aplicações mais comuns da ferramenta. 1. Recrutamento e seleção Aplicar testes comportamentais em processos seletivos vem se tornando uma prática cada vez mais comum no mercado de trabalho. Ao fazer isso, o recrutador consegue avaliar as competências técnicas e pessoais dos candidatos antes da contratação, verificando se aquele profissional é compatível com os requisitos da vaga e com a cultura da organização. 2. Realocação e promoção de funcionários Antes de promover ou realocar um colaborador, é recomendável fazer uma análise detalhada de seu perfil profissional. 3. Orientação vocacional Testes comportamentais são muito usados na orientação vocacional de jovens que ainda não sabem qual profissão seguir, ou profissionais já experientes que pretendem mudar de carreira. 4. Planejamento estratégico Conhecer o perfil dos funcionários é um grande diferencial na hora de traçar o planejamento estratégico da empresa. Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
  • 29. Padrão comportamental 1. Comunicador Esse tipo de profissional adora trabalhar em equipe. São pessoas que se dão muito bem em ambientes colaborativos, promovem a harmonia entre os colegas e compartilham de forma natural a cultura da empresa. São extrovertidos, se comunicam de forma aberta e têm uma grande capacidade de persuasão. Um ponto a ser melhorado é a dificuldade em lidar com regras e processos muito fechados. E só se sentem seguros quando são notados, aceitos no grupo e têm seu trabalho reconhecido por gestores e colegas. 2. Executor São profissionais com altíssimo foco no resultado. Eles adoram vencer desafios, têm senso de urgência e não vêem problemas em desempenhar várias atividades ao mesmo tempo. Toda tarefa dada a um executor será entregue com rapidez e qualidade, o que torna esse tipo de talento extremamente necessário em qualquer organização. Autossuficientes, eles podem ter problemas para se relacionar com os colegas e delegar tarefas. Por terem o ímpeto de entregar resultados rapidamente, também acabam escolhendo atalhos que não seriam os mais indicados em algumas situações. Fique atento nesses pontos a desenvolver para extrair o máximo da capacidade desse perfil profissional. 3. Idealizador O lema desses profissionais é “fazer diferente”. São pessoas que enxergam o mercado e o negócio como um todo, têm foco no futuro, intuitivos e visionários. Por estarem sempre um passo à frente, são os primeiros a trazer soluções criativas e inovadoras. Portanto, são fundamentais para manter uma empresa relevante e competitiva no mercado. O maior ponto de atenção com esse tipo de talento é a dificuldade de prestar atenção no presente, por causa do turbilhão de ideias e informações que passa por sua mente a cada segundo. É preciso lembrá-lo sempre que a execução das tarefas atuais é tão importante quanto a implementação de ideias futuras. 4. Analista São pessoas com alta capacidade de análise e planejamento, que executam suas tarefas de maneira metódica e organizada. Se dão melhor em empresas com processos e regras bem definidas, que combinam mais com essa personalidade. Costumam ser leais, conseguem viver o presente, projetar o futuro e aprender com o passado. Buscam o equilíbrio e valorizam suas responsabilidades acima de tudo. No entanto, podem sentir dificuldade em se adaptar a mudanças, já que fazem tudo de maneira planejada. Pelo mesmo motivo, também podem se incomodar quando precisarem assumir riscos. https://www.gupy.io/blog/teste-de-perfil Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO
  • 30. SOU SOU EU EU Responsável --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- Faça um mapa mental de autoanalise citando suas qualidades, cursos, motivos pelos quais você é uma pessoa preparada para ser contratada por uma empresa como adulto ou Jovem Aprendiz, de acordo com sua idade.: --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- --------------------------- Prof.ª: Patrícia Walessa Andrade - GEO exemplo aula 23 (extra) analisando suas qualidades
  • 31. Liderança Liderança consiste no manejo de pessoas e suas motivações para atingir os resultados ou objetivos de uma empresa. Envolver as pessoas e saber como inspirá-las, influenciando em suas ações, decisões e comportamentos direcionando seus esforços a fim de alcançar os resultados desejados. Liderança Comunicação Pontualidade Gerenciamento Economia Algumas qualidades que as empresas valorizam e buscamem seus funcionários : Introdução ao Mundo do Trabalho Identifique as competências. Preste atenção nas pessoas da equipe e no desenvolvimento das tarefas. Desenvolva empatia. Aplique treinamentos. Distribua responsabilidades. Estimule a autogestão. Tenha um processo eficiente de feedback para que todos tenham voz. 6 dicas de como desenvolver liderança: 1. 2. 3. 4. 5. 6. Tarefa: identifique talentos em liderança entre seus colegas de sala e/ou em você e escreva como eles poderiam ou se usam isso para o bom relacionamento na sala de aula e bom aproveitamento no aprendizado, que é o principal objetivo de estudar. Prof.ª: Pati Andrade - GEO Aula extra 1 Gratuito
  • 32. Comunicação Um profissional pode até ser ótimo em sua área, extremamente competente, ter boas ideias e executar tarefas completas ou projetos. Mas se não souber se comunicar no ambiente de trabalho, tanto no entender o que é pedido, como transmitir bem o que sabe, faz ou quer seus esforços, habilidades e competências serão em vão. Não é o que você diz que importa, mas o que o outro “ouve” ou entende. Prpcure ser claro e objetivo. Escolha o canal correto para se comunicar. Uma imagem vale mais que mil palavras. Faça mais. Não fale desnecessariamente. Não se cale desnecessariamente. Peça a fala e defenda suas ideias com calma e educação. Nunca interrompa quem está falando. Fale depois. Pratique escuta ativa: ouça o outro com atenção. Evite reuniões longas e cansativas. Falem somente o necessário. Como melhorar a comunicação no ambiente de trabalho? 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. Tarefa: O professor(a) vai passar uma informação qualquer cochichando para um aluno certificando-se de que este entendeu bem. Em seguida o aluno vai a outros colegas cochichando a mesma informação. O ultimo fala a informação em voz alta para a turma ver e avaliar as distorções de entendimetos na comunicação e a importância da mesma e os perigos de mal entendidos. Pontualidade No trabalho, pontualidade seria o cumprimento de horários e prazos por parte do funcionário. Quando o colaborador entrega suas atividades dentro do prazo combinado e cumpre seu horário de trabalho, ele é considerado pontual. Pontalidade demonstra capacidade de cumprir o que foi combinado, ajudando a ganhar a confiança para os que depositarão nele tarefas e objetivos atribuídos a você. Ser pontual demonstra sua capacidade de gerenciar tempo, e pssivelmentr a aptidão de gerenciar equipes e projetos. . Aula extra 2 Gratuito Chegue um pouco mais cedo nos compromissos. Tenha uma agenda e programe alarmes: é distraído? anote tudo em sua agenda. Mas evite listar muitas atividades em tempos impossíveis de se cumprir. Descanse adequadamente: se permita dormir pelo as 8 horas de sono por dia, esse descanso te oferece a disposição que você precisa para seguir sua rotina. Saiba dizer não: busque entender que negar um favor por estar completamente sobrecarregado não é um sinal de arrogância. Entenda que escolher não ir ao barzinho ou ficar no celular ate tarde pois terá compromissos importantes na manhã seguinte. 1. 2. 3. 4. Tarefa: 1- Você ou algum parente ou amigo já perdeu ou te fez perder algum compromisso importante porque perdeu o horario certo? Como foi? 2- Como você se sente quando as pessoas atrasam o horário ou entrega de comprimissos feitos com você? Prof.ª: Pati Andrade - GEO
  • 33. Gerenciamento Economia Gerência designa o desempenho de tarefas de gestão dos assuntos de um grupo. No contexto de empreendimentos e grupos empresariais, a palavra gerência pode ser a abreviação de diversos termos relacionados à administração da empresa: Gerência de cadeia de suprimentos Gerência de operações Gerência de projetos. Gerenciamento trata-se de planejar, dirigir e controlar e aplicar acertos principais para utilizar e maximizar os Recursos Humanos, informativos e financeiros de uma organização. Em termos gerais, o gerenciamento se refere à ação e ao efeito de administrar ou gerenciar um negócio. É importante adotar planos e atitudes sustentáveis como reduzir os custos e o uso de alguns materiais, administrar bem o tempo, os recursos e materiais disponíveis para evitar desperdício ou gastos desnecessários sao importantíssimos para o bom andamento de um negócio. Criar um clima de ansiedade e medo. Delegar poucas tarefas e responsabilidades. Dar um feedback pobre aos colaboradores. Ser pouco claro sobre metas e expectativas. Interromper momentos de concentração dos colaboradores Não compreender as necessidades dos colaboradores. Não procurar se atualizar sobre novidades para melhroar seu trabalho e dos outros. Atitudes para um gerente evitar: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. Incentivar que as luzes não fiquem acesas e e aparelhos não fiquem ligados sem necessidade para reduzir consumo de energia. Observar se as quantidades do uso de produtos em geral, sejam de limpeza, escritório, alimentos e etc. estão nas quantidades necessárias sem sobras pra evitar desperdicios. Fazer as contas sobre o uso de descartáveis quando possível, considerando viável o que for mais econômico e sustentável. Cuidar da manutenção das coisas para evitar desgaste ou que por falta de cuidado acabem Dicas para economizar: 1. 2. 3. 4. ficando mais caras para consertar ou substituir. Tarefa: Pesquise ações que devem fazer parte da atuação de um bom gerente de pessoas e pontue em seu caderno. Tarefa: Observe em sua casa, trabalho ou escola algum tipo de desperdício e descreva como é feito, e aponte soluções. Aula extra 3 - gratuito Prof.ª: Pati Andrade - GEO