SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 41
LIVROS E
LEITORES NUM
MUNDO DIGITAL
JOSÉ BIDARRA | UNIVERSIDADE ABERTA | 2016
ANALÓGICO > DIGITAL
PORTABILIDADE DOS LIVROS…
NECESSIDADE DE ENERGIA ELÉTRICA…
O que mudou?
A LEITURA É (AINDA) UMA ATIVIDADE INDIVIDUAL
Filme O Leitor, 2008
ACESSO À INFORMAÇÃO E AO CONHECIMENTO
MUDOU O QUADRO DE
REFERÊNCIA
1. O ritmo a que evolui o
conhecimento é cada vez mais
rápido, surgem online
diariamente novas ideias e
práticas;
2. Existe a reversão da escassez de
informação para a
superabundância de informação
disponível;
3. Cada vez é mais difícil distinguir
entre realidade e virtualidade;
4. Verifica-se uma mudança da
primazia das entidades para a
primazia das interações;
5. As redes (sociais) geram um
processo de transformação do
UMA QUESTÃO IMPORTANTE
• O que significa ser humano num mundo hiperligado?
• A questão de estar Onlife em vez de Online
• “todos se exibem mas ninguém aparece; tudo se diz mas
ninguém conversa”
• A leitura transforma-se no browsing…
• The Onlife Manifesto (Luciano Floridi), uma referência
importante nos tempos atuais.
O QUE É A LEITURA DIGITAL?
• A leitura digital é um conceito vago e multidimensional.
Estamos a falar de livros e jornais, mas também de
pequenos textos escritos e partilhados nas redes sociais,
de mensagens no Twitter, que têm no máximo 140
caracteres, de emails e outros conteúdos textuais.
• Os utilizadores são simultaneamente consumidores e
produtores (RWP - Read-Write-Post) de conteúdos online.
• As "novas formas de leitura" criam "novos leitores", os
quais, embora não necessariamente lendo livros ou
jornais, chegam aos conteúdos destes através de outros
formatos de leitura: blogues, tweets, emails, posts do
Facebook, etc.
• O Livro, o Leitor e a Leitura Digital (Gustavo Cardoso,
STUDENTS, COMPUTERS AND LEARNING
(PISA, OECD REPORT, 2015)
“This analysis shows that the reality in our schools lags considerably
behind the promise of technology.”
“The results also show no appreciable improvements in student
achievement in reading, mathematics or science in the countries that had
invested heavily in ICT for education.”
“One interpretation of all this is that building deep, conceptual
understanding and higher-order thinking requires intensive teacher-
student interactions, and technology sometimes distracts from this
valuable human engagement.”
“The impact of technology on education delivery remains sub-optimal,
because we may overestimate the digital skills of both teachers and
students, because of naïve policy design and implementation strategies,
because of a poor understanding of pedagogy, or because of the
generally poor quality of educational software and courseware.”
Neste momento ler em
formato digital implica
continuar a ler em papel
ERA DIGITAL
“Desmaterialização”
do livro
convencional segue
uma tendência geral;
O ebook continua a
ser um objeto
económico e
cultural;
Passou a vender-se
em lojas online em
vez de lojas físicas;
Pode incluir
recursos multimédia
e capacidades
interativas únicas;
Ocupa pouco
O leitor da era digital
está constantemente
ligado em rede e em
interação com
outros;
O leitor dedica-se a
muitas atividades
online que entram
em competição
direta com a leitura;
Muitos dos
universos narrativos
de hoje preenchem a
atenção do leitor em
diversas
plataformas online.
A leitura tende a
ocorrer em qualquer
espaço e em
qualquer tempo, a
partir de
dispositivos
portáteis em rede;
As obras digitais
disponíveis estão
atualmente contidas
em vastos
repositórios e lojas
online (RCAAP,
Amazon, Apple,
Google);
Emergem novas
formas de ler e
O LIVRO O LEITOR A LEITURA
ACESSO AOS DIFERENTES TIPOS DE CONTEÚDOS
Nielsen, 2011
TECNOLOGIAS DE ACESSO DISPONÍVEIS
MERCADO DE EBOOKS TENDE A CRESCER...
LEITURA EM FORMATO DIGITAL 1 (PAÍSES)
Gustavo Cardoso, 2013
LEITURA EM FORMATO DIGITAL 2 (IDADE)
Gustavo Cardoso, 2013
LEITURA EM FORMATO DIGITAL 3 (ESCOLARIDADE)
Gustavo Cardoso, 2013
VALOR DO EBOOK COM ACESSO ONLINE (MAIS)
Gustavo Cardoso, 2013
VALOR DO EBOOK COM ACESSO ONLINE (MENOS)
Gustavo Cardoso, 2013
VANTAGENS DOS EBOOKS
Michael Rees, 2010
VANTAGENS DOS LIVROS IMPRESSOS
Michael Rees, 2010
A QUESTÃO DOS CUSTOS DE EDIÇÃO
A QUESTÃO DOS CUSTOS DE DISTRIBUIÇÃO
Experiências...
PROTÓTIPO PARA O IPAD
GAMEBOOK COM IMAGENS E TEXTO
GAMEBOOK COM ACESSO AO GOOGLE EARTH
GAMEBOOK COM VIDEOS E TESTES
GAMEBOOK COM PUZZLE
AUTORIA DE EBOOK CULTURAL (INTERATIVO)
AUTORIA COM FORMATO EPUB (LIVRE E ABERTO)
EBOOK COM MAPAS E IMAGENS DINÂMICAS
EBOOK COM JOGO DE MEMÓRIA (CARD.JS + CSS)
ADAPTAÇÃO E DESIGN MULTIPLATAFORMA
EBOOKS PARA E-LEARNING (INKLING)
CONVERGÊNCIA EBOOKS + VÍDEO
INTEGRAÇÃO MULTIMÉDIA PARA E-LEARNING
• Acompanhar uma nova sociedade:
interligada em rede,
em interacção constante,
rápida nas decisões,
globalmente informada,
baseada na integração de vários media digitais.
• Desenvolver modelos inclusivos:
devem ser onlife em vez de apenas online,
podem incluir o “eu digital” mas sem excluir o “eu real”!
QUE FUTURO?
OBRIGADO!
JOSÉ BIDARRA
BIDARRA@GMAIL.COM
JOSE.BIDARRA@UAB.PT
CIAC – UALG – UAB

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (7)

itanhaem proinfo aula3
itanhaem proinfo aula3itanhaem proinfo aula3
itanhaem proinfo aula3
 
Midias Sociais: Oportunidades de Negócios
Midias Sociais: Oportunidades de NegóciosMidias Sociais: Oportunidades de Negócios
Midias Sociais: Oportunidades de Negócios
 
CULTURA DIGITAL
CULTURA DIGITALCULTURA DIGITAL
CULTURA DIGITAL
 
Acessibilidade e Design Mobile - TablelessConf 2013 - SP
Acessibilidade e Design Mobile - TablelessConf 2013 - SPAcessibilidade e Design Mobile - TablelessConf 2013 - SP
Acessibilidade e Design Mobile - TablelessConf 2013 - SP
 
Bibliotecas de hoje e do futuro
Bibliotecas de hoje e do futuroBibliotecas de hoje e do futuro
Bibliotecas de hoje e do futuro
 
Interatividade
InteratividadeInteratividade
Interatividade
 
Cibercultura - Pierre LÉvy - Decupando e comentando o livro
Cibercultura -   Pierre LÉvy - Decupando e comentando o livroCibercultura -   Pierre LÉvy - Decupando e comentando o livro
Cibercultura - Pierre LÉvy - Decupando e comentando o livro
 

Semelhante a Livros e Leitores num Mundo Digital

Perfil Do Estudante Digital Revisto 7[1]
Perfil Do Estudante Digital Revisto 7[1]Perfil Do Estudante Digital Revisto 7[1]
Perfil Do Estudante Digital Revisto 7[1]
Julieta Silva
 
Cybercultura do conhecimento humano- Aula 2.pptx
Cybercultura  do conhecimento humano- Aula 2.pptxCybercultura  do conhecimento humano- Aula 2.pptx
Cybercultura do conhecimento humano- Aula 2.pptx
mauroschneider6
 
Redes e comunidades - ensino-aprendizagem pela internet
Redes e comunidades - ensino-aprendizagem pela internetRedes e comunidades - ensino-aprendizagem pela internet
Redes e comunidades - ensino-aprendizagem pela internet
Renata de Sousa
 
Isa - Apresentação aula inaugural - second
Isa  - Apresentação aula inaugural - secondIsa  - Apresentação aula inaugural - second
Isa - Apresentação aula inaugural - second
LetrasUnisinos
 
A leitura o_digital_e_o_currículo
A leitura o_digital_e_o_currículoA leitura o_digital_e_o_currículo
A leitura o_digital_e_o_currículo
Teresa Pombo
 
Apresentação Rogério Ap. Sá Ramalho
Apresentação Rogério Ap. Sá RamalhoApresentação Rogério Ap. Sá Ramalho
Apresentação Rogério Ap. Sá Ramalho
bcoufscar
 

Semelhante a Livros e Leitores num Mundo Digital (20)

Apresent_enc_bibliotecas sem fronteiras
Apresent_enc_bibliotecas sem fronteirasApresent_enc_bibliotecas sem fronteiras
Apresent_enc_bibliotecas sem fronteiras
 
Leitur@s_bibliotecas sem fronteiras
Leitur@s_bibliotecas sem fronteirasLeitur@s_bibliotecas sem fronteiras
Leitur@s_bibliotecas sem fronteiras
 
Artigo 2
Artigo 2Artigo 2
Artigo 2
 
2014 - Seminário pós-graduação UTFPR - Tecnologias, livro didático e a escola...
2014 - Seminário pós-graduação UTFPR - Tecnologias, livro didático e a escola...2014 - Seminário pós-graduação UTFPR - Tecnologias, livro didático e a escola...
2014 - Seminário pós-graduação UTFPR - Tecnologias, livro didático e a escola...
 
Perfil Do Estudante Digital Revisto 7[1]
Perfil Do Estudante Digital Revisto 7[1]Perfil Do Estudante Digital Revisto 7[1]
Perfil Do Estudante Digital Revisto 7[1]
 
PRÁTICAS INOVADORES NA LEITURA LITERÁRIA
PRÁTICAS INOVADORES NA LEITURA LITERÁRIA PRÁTICAS INOVADORES NA LEITURA LITERÁRIA
PRÁTICAS INOVADORES NA LEITURA LITERÁRIA
 
Tipos de leitura
Tipos de leituraTipos de leitura
Tipos de leitura
 
Of formação_be_web20_mod2_intro
Of formação_be_web20_mod2_introOf formação_be_web20_mod2_intro
Of formação_be_web20_mod2_intro
 
Promover a Leitura na Era Digital - Isabel Alçada
Promover a Leitura na Era Digital - Isabel AlçadaPromover a Leitura na Era Digital - Isabel Alçada
Promover a Leitura na Era Digital - Isabel Alçada
 
Geracao google
Geracao googleGeracao google
Geracao google
 
Política de acesso aberto para livros digitais e eletrônicos
Política de acesso aberto para livros digitais e eletrônicosPolítica de acesso aberto para livros digitais e eletrônicos
Política de acesso aberto para livros digitais e eletrônicos
 
Cybercultura do conhecimento humano- Aula 2.pptx
Cybercultura  do conhecimento humano- Aula 2.pptxCybercultura  do conhecimento humano- Aula 2.pptx
Cybercultura do conhecimento humano- Aula 2.pptx
 
Redes e comunidades - ensino-aprendizagem pela internet
Redes e comunidades - ensino-aprendizagem pela internetRedes e comunidades - ensino-aprendizagem pela internet
Redes e comunidades - ensino-aprendizagem pela internet
 
Isa - Apresentação aula inaugural - second
Isa  - Apresentação aula inaugural - secondIsa  - Apresentação aula inaugural - second
Isa - Apresentação aula inaugural - second
 
Tecnologias e recursos digitais para fomentar a paixão pela leitura
Tecnologias e recursos digitais para fomentar a paixão pela leitura Tecnologias e recursos digitais para fomentar a paixão pela leitura
Tecnologias e recursos digitais para fomentar a paixão pela leitura
 
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...
 
A leitura o_digital_e_o_currículo
A leitura o_digital_e_o_currículoA leitura o_digital_e_o_currículo
A leitura o_digital_e_o_currículo
 
Formação de leitores na cultura digital
Formação de leitores na cultura digital Formação de leitores na cultura digital
Formação de leitores na cultura digital
 
Apresentação Rogério Ap. Sá Ramalho
Apresentação Rogério Ap. Sá RamalhoApresentação Rogério Ap. Sá Ramalho
Apresentação Rogério Ap. Sá Ramalho
 
VI encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...
VI  encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...VI  encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...
VI encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...
 

Mais de José Bidarra

Mais de José Bidarra (20)

Hybrid Learning and Technology
Hybrid Learning and TechnologyHybrid Learning and Technology
Hybrid Learning and Technology
 
Inovação na Educação e Formação Online
Inovação na Educação e Formação OnlineInovação na Educação e Formação Online
Inovação na Educação e Formação Online
 
Community of Practice
Community of PracticeCommunity of Practice
Community of Practice
 
The legacy of remote emergency teaching and the way to innovative learning st...
The legacy of remote emergency teaching and the way to innovative learning st...The legacy of remote emergency teaching and the way to innovative learning st...
The legacy of remote emergency teaching and the way to innovative learning st...
 
Problemas e Perspetivas do Ensino Híbrido
Problemas e Perspetivas do Ensino HíbridoProblemas e Perspetivas do Ensino Híbrido
Problemas e Perspetivas do Ensino Híbrido
 
4ArtPreneur
4ArtPreneur4ArtPreneur
4ArtPreneur
 
Valorização e ampliação do livro impresso
Valorização e ampliação do livro impressoValorização e ampliação do livro impresso
Valorização e ampliação do livro impresso
 
Narrativas Digitais na Comunicação Educacional Híbrida
Narrativas Digitais na Comunicação Educacional HíbridaNarrativas Digitais na Comunicação Educacional Híbrida
Narrativas Digitais na Comunicação Educacional Híbrida
 
Média-Arte Digital e Ensino a Distância
Média-Arte Digital e Ensino a DistânciaMédia-Arte Digital e Ensino a Distância
Média-Arte Digital e Ensino a Distância
 
Narrativas híbridas e remix audiovisual
Narrativas híbridas e remix audiovisualNarrativas híbridas e remix audiovisual
Narrativas híbridas e remix audiovisual
 
Média-Arte Digital e EaD
Média-Arte Digital e EaDMédia-Arte Digital e EaD
Média-Arte Digital e EaD
 
Artificial Intelligence in Teaching (AIT): A road map for future developments
Artificial Intelligence in Teaching (AIT): A road map for future developmentsArtificial Intelligence in Teaching (AIT): A road map for future developments
Artificial Intelligence in Teaching (AIT): A road map for future developments
 
O uso do Facebook num Workshop sobre História do Cinema
O uso do Facebook num Workshop sobre História do Cinema O uso do Facebook num Workshop sobre História do Cinema
O uso do Facebook num Workshop sobre História do Cinema
 
Projeto AULA AbERTA
Projeto AULA AbERTAProjeto AULA AbERTA
Projeto AULA AbERTA
 
Exploring the use of Facebook in the classroom
Exploring the use of Facebook in the classroomExploring the use of Facebook in the classroom
Exploring the use of Facebook in the classroom
 
Narrativas e Jogos Digitais
Narrativas e Jogos DigitaisNarrativas e Jogos Digitais
Narrativas e Jogos Digitais
 
Digital Media Arts in Open and Distance Education
Digital Media Arts in Open and Distance EducationDigital Media Arts in Open and Distance Education
Digital Media Arts in Open and Distance Education
 
Changing patterns in interactive learning design
Changing patterns in interactive learning designChanging patterns in interactive learning design
Changing patterns in interactive learning design
 
Multimedia and interaction strategies for e-learning
Multimedia and interaction strategies for e-learningMultimedia and interaction strategies for e-learning
Multimedia and interaction strategies for e-learning
 
Novos Media e Aprendizagem Online
Novos Media e Aprendizagem OnlineNovos Media e Aprendizagem Online
Novos Media e Aprendizagem Online
 

Último

Último (20)

Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 

Livros e Leitores num Mundo Digital

  • 1. LIVROS E LEITORES NUM MUNDO DIGITAL JOSÉ BIDARRA | UNIVERSIDADE ABERTA | 2016
  • 4. NECESSIDADE DE ENERGIA ELÉTRICA…
  • 6. A LEITURA É (AINDA) UMA ATIVIDADE INDIVIDUAL Filme O Leitor, 2008
  • 7. ACESSO À INFORMAÇÃO E AO CONHECIMENTO
  • 8. MUDOU O QUADRO DE REFERÊNCIA 1. O ritmo a que evolui o conhecimento é cada vez mais rápido, surgem online diariamente novas ideias e práticas; 2. Existe a reversão da escassez de informação para a superabundância de informação disponível; 3. Cada vez é mais difícil distinguir entre realidade e virtualidade; 4. Verifica-se uma mudança da primazia das entidades para a primazia das interações; 5. As redes (sociais) geram um processo de transformação do
  • 9. UMA QUESTÃO IMPORTANTE • O que significa ser humano num mundo hiperligado? • A questão de estar Onlife em vez de Online • “todos se exibem mas ninguém aparece; tudo se diz mas ninguém conversa” • A leitura transforma-se no browsing… • The Onlife Manifesto (Luciano Floridi), uma referência importante nos tempos atuais.
  • 10. O QUE É A LEITURA DIGITAL? • A leitura digital é um conceito vago e multidimensional. Estamos a falar de livros e jornais, mas também de pequenos textos escritos e partilhados nas redes sociais, de mensagens no Twitter, que têm no máximo 140 caracteres, de emails e outros conteúdos textuais. • Os utilizadores são simultaneamente consumidores e produtores (RWP - Read-Write-Post) de conteúdos online. • As "novas formas de leitura" criam "novos leitores", os quais, embora não necessariamente lendo livros ou jornais, chegam aos conteúdos destes através de outros formatos de leitura: blogues, tweets, emails, posts do Facebook, etc. • O Livro, o Leitor e a Leitura Digital (Gustavo Cardoso,
  • 11. STUDENTS, COMPUTERS AND LEARNING (PISA, OECD REPORT, 2015) “This analysis shows that the reality in our schools lags considerably behind the promise of technology.” “The results also show no appreciable improvements in student achievement in reading, mathematics or science in the countries that had invested heavily in ICT for education.” “One interpretation of all this is that building deep, conceptual understanding and higher-order thinking requires intensive teacher- student interactions, and technology sometimes distracts from this valuable human engagement.” “The impact of technology on education delivery remains sub-optimal, because we may overestimate the digital skills of both teachers and students, because of naïve policy design and implementation strategies, because of a poor understanding of pedagogy, or because of the generally poor quality of educational software and courseware.”
  • 12. Neste momento ler em formato digital implica continuar a ler em papel ERA DIGITAL
  • 13. “Desmaterialização” do livro convencional segue uma tendência geral; O ebook continua a ser um objeto económico e cultural; Passou a vender-se em lojas online em vez de lojas físicas; Pode incluir recursos multimédia e capacidades interativas únicas; Ocupa pouco O leitor da era digital está constantemente ligado em rede e em interação com outros; O leitor dedica-se a muitas atividades online que entram em competição direta com a leitura; Muitos dos universos narrativos de hoje preenchem a atenção do leitor em diversas plataformas online. A leitura tende a ocorrer em qualquer espaço e em qualquer tempo, a partir de dispositivos portáteis em rede; As obras digitais disponíveis estão atualmente contidas em vastos repositórios e lojas online (RCAAP, Amazon, Apple, Google); Emergem novas formas de ler e O LIVRO O LEITOR A LEITURA
  • 14. ACESSO AOS DIFERENTES TIPOS DE CONTEÚDOS Nielsen, 2011
  • 15. TECNOLOGIAS DE ACESSO DISPONÍVEIS
  • 16. MERCADO DE EBOOKS TENDE A CRESCER...
  • 17. LEITURA EM FORMATO DIGITAL 1 (PAÍSES) Gustavo Cardoso, 2013
  • 18. LEITURA EM FORMATO DIGITAL 2 (IDADE) Gustavo Cardoso, 2013
  • 19. LEITURA EM FORMATO DIGITAL 3 (ESCOLARIDADE) Gustavo Cardoso, 2013
  • 20. VALOR DO EBOOK COM ACESSO ONLINE (MAIS) Gustavo Cardoso, 2013
  • 21. VALOR DO EBOOK COM ACESSO ONLINE (MENOS) Gustavo Cardoso, 2013
  • 23. VANTAGENS DOS LIVROS IMPRESSOS Michael Rees, 2010
  • 24. A QUESTÃO DOS CUSTOS DE EDIÇÃO
  • 25. A QUESTÃO DOS CUSTOS DE DISTRIBUIÇÃO
  • 29. GAMEBOOK COM ACESSO AO GOOGLE EARTH
  • 32. AUTORIA DE EBOOK CULTURAL (INTERATIVO)
  • 33. AUTORIA COM FORMATO EPUB (LIVRE E ABERTO)
  • 34. EBOOK COM MAPAS E IMAGENS DINÂMICAS
  • 35. EBOOK COM JOGO DE MEMÓRIA (CARD.JS + CSS)
  • 36. ADAPTAÇÃO E DESIGN MULTIPLATAFORMA
  • 40. • Acompanhar uma nova sociedade: interligada em rede, em interacção constante, rápida nas decisões, globalmente informada, baseada na integração de vários media digitais. • Desenvolver modelos inclusivos: devem ser onlife em vez de apenas online, podem incluir o “eu digital” mas sem excluir o “eu real”! QUE FUTURO?