SlideShare uma empresa Scribd logo
HUMILDADEHUMILDADE
A primeira virtude!
Humildade, a primeira virtude!
A humildade é uma virtude bem
esquecida, entre vós.
Os grandes exemplos que vos foram
dados são tão poucos seguidos.
E, no entanto, sem humildade,
podeis ser caridosos para o
vosso próximo?
Capítulo VII – Orgulho e Humildade, O Evangelho Segundo o
Espiritismo, Espírito Lacordaire
O que é Humildade?
A Humildade vem do latim “Humus”, que
significa o “solo sob nós” ou “filhos da terra”.
A mesma origem das palavras Humano e
Humanidade.
Significa que estamos todosSignifica que estamos todos
na mesma altura!na mesma altura!
Em termos de dignidade, em termos de
importância e em termos de
possibilidade.
Adaptado de “O que é Humildade”, Mário Sérgio Cortella,
Youtube.
3
O que é Humildade?
“Gente que é Grande de
Verdade sabe que é pequena e por
isto cresce...
Gente que éGente que é muito pequenamuito pequena achaacha
que já é grande e a única maneiraque já é grande e a única maneira
dela crescer édela crescer é diminuindodiminuindo
outras pessoasoutras pessoas!”!”
Vídeo “O que é Humildade?”, Mário Sérgio Cortella, Youtube.
4
Gente pequena, diminui os outros!
5
O poder na Terra garante
Humildade?
275. O poder e a consideração de que um
homem gozou na Terra lhe dão supremacia
no mundo dos Espíritos?
Não; pois que os pequenos serão
elevados e os grandes
rebaixados. Lê o Salmos?”
O Livro dos Espíritos,
Allan Kardec.
Como devemos entender essa
elevação e esse rebaixamento?
a) ...“Não sabes que os Espíritos são de
diferentes ordens, conforme seus
méritos? Pois bem! O maior da Terra pode
pertencer à última categoria entre os
Espíritos, ao passo que o seu servo pode
estar na primeira. Compreendes isto? Não
disse Jesus: aquele que se humilhar será
exaltado e aquele que se exaltar
será humilhado?”
O Livro dos Espíritos,
Allan Kardec.
“Pobres de espírito” são humildes?
1. Bem-aventurados os pobres de espírito,
pois que deles é o reino dos céus. (S. MATEUS,
cap. V, v. 3.)
2. A incredulidade zombou desta máxima: Bem-
aventurados os pobres de espírito, como tem
zombado de muitas outras coisas que não
compreende. Por pobres de espírito Jesus não
entende os baldos de inteligência, mas os
humildes, tanto que diz ser para estes o
reino dos céus e não para os orgulhosos.
O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capitulo VII – Bem-
aventurados os Pobres de Espírito, Allan Kardec.
O que é ser Humilde?
“O humilde evita de qualquer maneira, a
ostentação ou a espera de reconhecimento,
por outrem, das boas obras que estejam
fazendo. Sabe que o bem deve ser feito sem
alarde e em silêncio, destruindo, assim, os
altares erguidos à sua vaidade.
Ser humilde é reconhecer a nossa
pequenez diante da grandeza do
universo e ter consciência plena
de que tudo pertence a Deus.”
Diretrizes para uma Vida Feliz, A Humildade,
Sergito de Souza Cavalcanti
O que não é Humildade?
“Há quem entenda por humildade, o pobre
ou o pedinte, ou seja, aqueles que possuem
poucos bens materiais. Puro engano, pois
homens ricos existem que apesar do muito
dinheiro que possuem, são verdadeiramente
muito humildes. (…)
Há muitos pobres egoístas e
orgulhosos e muitos
ricos humildes.“
Diretrizes para uma Vida Feliz, A Humildade,
Sergito de Souza Cavalcanti
0
O que não é Humildade?
Subserviência
Servidão
Submissão
Medo
Fraqueza
Omissão
Adulação
1
“Dizendo que o reino dos céus é dos
simples, quis Jesus significar que a ninguém
é concedida entrada nesse reino, sem a
simplicidade de coração e humildade de
espírito; que o ignorante possuidor dessas
qualidades será preferido ao sábio que
mais crê em si do que em Deus.“
O Evangelho Segundo o Espiritismo,
Capitulo VII – Bem-Aventurados os Pobres
de Espírito, Allan Kardec.
2
O “reino dos céus” é dos simples!
“Em todas as circunstâncias, Jesus põe a
humildade na categoria das virtudes que
aproximam de Deus e o orgulho entre os vícios
que dele afastam a criatura, e isso por uma razão
muito natural: a de ser a humildade um ato de
submissão a Deus, ao passo que o orgulho é a
revolta contra ele. Mais vale, pois, que o homem,
para felicidade do seu futuro, seja pobre em
espírito, conforme o entende o mundo, e rico em
qualidades morais.”
O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capitulo VII – Bem-
aventurados os Pobres de Espírito, Allan Kardec.
3
O “reino dos céus” é dos simples!
O Orgulho se
preocupa com
quem está certo.
A Humildade se
preocupa com o
que está certo.
(Anônimo)
14
Se a Humildade é a virtude,
qual é o vício que ela combate?
O Orgulho
5
Filho primeiro
do Egoísmo!
Egoísmo e Orgulho
“Com efeito, se observam os resultados
de todos os vícios e, mesmo, dos
simples defeitos, reconhecer-se-á
nenhum haver que não altere mais ou
menos o sentimento da caridade,
porque todos têm seu princípio no
egoísmo e no orgulho, que lhes são a
negação; ...”
Capítulo XVII – Sede Perfeitos, O Evangelho Segundo o
Espiritismo, Allan Kardec
6
Qual o maior obstáculo ao
Progresso?
785. ”O orgulho e o egoísmo. Refiro--me
ao progresso moral, porquanto o
intelectual se efetua sempre. À primeira
vista, parece mesmo que o progresso
intelectual reduplica a atividade daqueles
vícios, desenvolvendo a ambição e o gosto
das riquezas, que, a seu turno, incitam o
homem a empreender pesquisas
que lhe esclarecem o Espírito. ...”
O Livro dos Espíritos,
Allan Kardec.
7
18
Saulo compreendia Deus senão como um senhor
poderoso e inflexível (orgulhoso)
Saulo: Perseguidor dos Cristãos
19
Precisou fechar os
olhos materiais
para abrir os olhos
espirituais
A Conversão a caminho de
Damasco
20
Três anos no
deserto para
vencer o orgulho
e conquistar a
humildade.
Após 3 anos no Deserto: Paulo
O nome Paulo tem origem
no latim Paullus. Significa
“pequeno”, “de baixa
estatura”.
0
21
Muitas vezes A VIDA nos “coloca de
joelhos” para desapegarmos dos
nossos vícios e conquistarmos
virtudes, começando pela
Humildade!
A Vida nos pede Humildade!
Cientistas costumam ter uma relação conturbada
com a religião. Como você lida com a fé?
Não tenho ligação com a religião. Tenho em casa
algumas bíblias que ganhei. São livros bonitos, mas
com os quais eu não tenho
qualquer relação. Não sei como
religião e ciência se aproximam.
Como um Deus onipotente deixa
acontecer um maremoto que mata
centenas de milhares de pessoas?
Artigo: Prêmio Nobel: Foi quase, Revista Superinteressante
22/38
Cesar Lattes, 1924 a
2005
Cientista brasileiro que mais perto
chegou do Prêmio Nobel
2
3
29 títulos de Doutor Honoris Causa de
universidades da Europa e América.
Qual o Brasileiro com mais títulos
de Doutorado?
Paulo
Freire,
1921 a
1997
Grandes exemplos que se fizeram
pequenos!
4
5
O nosso maior modelo: Jesus
O nosso maior modelo: Jesus
“Depois de lavar os pés dos seus discípulos,
inclusive Pedro, que a princípio se opusera a
isso, o Mestre afirmou-lhes que, na verdade,
o servo não é maior do que o seu senhor,
nem o enviado maior do que aquele que o
enviou.”
(O Evangelho
Segundo João, 13:16
a 13:20.)
6
Grandes na Humildade:
Emmanuel e Chico Xavier
7
Emmanuel, Jornal Espírita Nova Luz,
julho/2000
Não apenas pregava e explicava as
virtudes; vivia-as.
“Conhece-te a ti mesmo.”
“Só sei que nada sei.”
Valorizava a razão bem orientada
na busca do bem e da verdade.
28
Grandes na Humildade:
Sócrates, o Filósofo
 Educador, mestre de Allan Kardec e
necessariamente precursor da doutrina espírita.
 Educação integral: educação da cabeça,
educação das mãos e educação do coração.
 Educação pela natureza.
 A criança
aprende
observando e
fazendo e
não apenas
escutando.
Grandes na Humildade:
Pestalozzi
Como podemos praticar a
Humildade?
658. Agrada a Deus a prece?
“A prece é sempre agradável a Deus, quando
ditada pelo coração, pois, para ele, a intenção é
tudo. Assim, preferível lhe é a prece do íntimo à
prece lida, por muito bela que seja, se for lida mais
com os lábios do que com o coração. Agrada- lhe a
prece, quando dita com fé, com fervor e since-
ridade. Mas, não creiais que o toque a do homem
fútil, orgulhoso e egoísta, a menos que
signifique, de sua parte, um ato de sincero
arrependimento e de verdadeira humildade.”
O Livro dos Espíritos, Allan Kardec.
Por quê devemos ser Humildes?
“Lembra­­te de que os Bons Espíritos só
dispensam assistência aos que servem a Deus
com humildade e desinteresse e que
repudiam a todo aquele que busca na senda do
Céu um degrau para conquistar as coisas da Terra;
que se afastam do orgulhoso e do ambicioso.
O orgulho e a ambição serão sempre uma
barreira erguida entre o homem e Deus. São um
véu lançado sobre as claridades celestes, e
Deus não pode servir--se do cego para fazer
perceptível a luz.”
O Livro dos Espíritos, Prolegômenos, Allan Kardec.
A Virtude está entre nós
“[...] a virtude não está inteiramente banida da
Terra, como pensam certos pessimistas. Sem
dúvida nela o mal ainda domina, mas quando
se procura na sombra, percebe­se que, sob a
erva daninha, há mais violetas, isto é, maior
número de almas boas do que se pensa. Se
elas surgem a intervalos tão espaçados, é que a
verdadeira virtude não se põe em
evidência, porque é humilde; ...”
Revista Espírita: Jornal de Estudos Psicológicos. Vol.6., Allan Kardec
“… contenta­se com os prazeres do coração e
a aprovação da consciência, ao passo que o
vício se manifesta afrontosamente, em plena
luz; faz barulho, porque é orgulhoso. O orgulho
e a humildade são os dois polos do coração
humano: um atrai todo o bem; o outro, todo o
mal; um tem calma; o outro, tempestade; a
consciência é a bússola que indica a
rota conducente a cada um deles. [...]”
3
A Virtude está entre nós
Revista Espírita: Jornal de Estudos Psicológicos. Vol.6., Allan Kardec
Para concluir, vamos ouvir
novamente Jesus...
Sermão da
Montanha
Jesus, pois, vendo as multidões, subiu ao monte; e, tendo
se assentado, aproximaram­se os seus discípulos, e ele se
pôs a ensiná­los, dizendo:
Bem-aventurados os humildes de espírito, porque
deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os que choram, porque eles serão
consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a
terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça
porque eles serão fartos.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles
alcançarão misericórdia. 35
As Bem-aventuranças de Jesus
Mateus, 5, 1 a 12
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles
verão a Deus.
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão
chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os que são perseguidos por causa
da justiça, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e
perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós
por minha causa.
Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão
nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que
foram antes de vós.
Mateus, 5, 1 a 12 36
As Bem-aventuranças de Jesus
A Pergunta que Fica...
Como posso “servir de
escada” para que meus
irmãos cresçam mais do
que eu e façam a sua luz
brilhar?
https://www.slideshare.net/ricardoazevedo9216/humildade­a­primeira­virtude
Referências BibliográficasReferências Bibliográficas
 Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec.
 O Livro dos Espíritos, Allan Kardec.
 Diretrizes para uma Vida Feliz, A Humildade, Sergito de Souza
Cavalcanti
 O que é Humildade?, Mário Sérgio Cortella,
https://www.youtube.com/watch?v=IWZY9­6K4M4
 As relações no além-túmulo, questão 275. Grupo Espírita Cristão
Despertar,
https://pt.slideshare.net/patriciafarias32/livro­dos­espiritos­q­275­e­apresen
 Revista Espírita: Jornal de Estudos Psicológicos. Vol.6., Allan
Kardec
 Por quê Primeiro a Humildade, http://www.oconsolador.com.br/
 Artigo: Prêmio Nobel: Foi quase, Revista Superinteressante
38

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espíritoCuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espírito
Izabel Cristina Fonseca
 
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Divulgador do Espiritismo
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
Candice Gunther
 
Cuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do Espírito
CEENA_SS
 
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptxA QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
BrunoSimoes23
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
Clair Bianchini
 
Palestra espirita escolha das provas
Palestra espirita escolha das provasPalestra espirita escolha das provas
Palestra espirita escolha das provas
Felipe Guedes
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
Ricardo Azevedo
 
Finalidade Da EncarnaçãO
Finalidade Da EncarnaçãOFinalidade Da EncarnaçãO
Finalidade Da EncarnaçãO
Grupo Espírita Cristão
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
Unesp
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
Jorge Luiz dos Santos
 
Deixai brilhar a vossa luz
Deixai brilhar a vossa luzDeixai brilhar a vossa luz
Deixai brilhar a vossa luz
Ricardo Azevedo
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Antonino Silva
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvação
Anderson Dias
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
Fatoze
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
Leonardo Pereira
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
Izabel Cristina Fonseca
 
O DUELO
O DUELOO DUELO
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Motivos de Resignação
Motivos de ResignaçãoMotivos de Resignação
Motivos de Resignação
Ponte de Luz ASEC
 

Mais procurados (20)

Cuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espíritoCuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espírito
 
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
 
Cuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do Espírito
 
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptxA QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 
Palestra espirita escolha das provas
Palestra espirita escolha das provasPalestra espirita escolha das provas
Palestra espirita escolha das provas
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
 
Finalidade Da EncarnaçãO
Finalidade Da EncarnaçãOFinalidade Da EncarnaçãO
Finalidade Da EncarnaçãO
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
Deixai brilhar a vossa luz
Deixai brilhar a vossa luzDeixai brilhar a vossa luz
Deixai brilhar a vossa luz
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvação
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
O DUELO
O DUELOO DUELO
O DUELO
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
 
Motivos de Resignação
Motivos de ResignaçãoMotivos de Resignação
Motivos de Resignação
 

Destaque

JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola DominicalJESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
yosseph2013
 
Jesus, o modelo ideal de humildade
Jesus, o modelo ideal de humildadeJesus, o modelo ideal de humildade
Jesus, o modelo ideal de humildade
Moisés Sampaio
 
Humildade
HumildadeHumildade
Lição 11-Jesus ensina Humildade
Lição 11-Jesus ensina HumildadeLição 11-Jesus ensina Humildade
Lição 11-Jesus ensina Humildade
Márcio Pereira
 
Humildade A Beleza Da Santidade
Humildade   A Beleza Da SantidadeHumildade   A Beleza Da Santidade
Humildade A Beleza Da Santidade
guestf162c0
 
Humildade
Humildade   Humildade
Humildade
Telma Cerqueira
 
A verdadeira humildade
A verdadeira humildadeA verdadeira humildade
A verdadeira humildade
Amadeu Wolff
 
Humildade x orgulho
Humildade x orgulhoHumildade x orgulho
Humildade x orgulho
Fer Nanda
 
Orgulho: Pai de todos os vÍcios
Orgulho: Pai de todos os vÍciosOrgulho: Pai de todos os vÍcios
Orgulho: Pai de todos os vÍcios
Graça Maciel
 
Contrapondo a arrogância com a humildade
Contrapondo a arrogância com a humildadeContrapondo a arrogância com a humildade
Contrapondo a arrogância com a humildade
Moisés Sampaio
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro Espírita
Ricardo Azevedo
 
Joanna de ângelis convite à humildade
Joanna de ângelis convite à humildadeJoanna de ângelis convite à humildade
Joanna de ângelis convite à humildade
Fatima Carvalho
 
Jesus sonda os corações
Jesus sonda os coraçõesJesus sonda os corações
Jesus sonda os corações
Tiago Silveira
 
Parábola dos Talentos - Propósito
Parábola dos Talentos - PropósitoParábola dos Talentos - Propósito
Parábola dos Talentos - Propósito
Ricardo Azevedo
 
Ovasochines
OvasochinesOvasochines
Ovasochines
Luciano Soares
 
A verdadeira humildade
A verdadeira humildadeA verdadeira humildade
A verdadeira humildade
Mensagens Virtuais
 
Amor, immbativel amor
Amor, immbativel amorAmor, immbativel amor
Amor, immbativel amor
Prof. Paulo Ratki
 
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia ProfundaJesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Prof. Paulo Ratki
 
Lição 7- Contrapondo a Arrogância com a Humildade
Lição 7- Contrapondo a Arrogância com a HumildadeLição 7- Contrapondo a Arrogância com a Humildade
Lição 7- Contrapondo a Arrogância com a Humildade
Natalino das Neves Neves
 
Regole grammatica
Regole grammaticaRegole grammatica
Regole grammatica
ADCasalvelino
 

Destaque (20)

JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola DominicalJESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
 
Jesus, o modelo ideal de humildade
Jesus, o modelo ideal de humildadeJesus, o modelo ideal de humildade
Jesus, o modelo ideal de humildade
 
Humildade
HumildadeHumildade
Humildade
 
Lição 11-Jesus ensina Humildade
Lição 11-Jesus ensina HumildadeLição 11-Jesus ensina Humildade
Lição 11-Jesus ensina Humildade
 
Humildade A Beleza Da Santidade
Humildade   A Beleza Da SantidadeHumildade   A Beleza Da Santidade
Humildade A Beleza Da Santidade
 
Humildade
Humildade   Humildade
Humildade
 
A verdadeira humildade
A verdadeira humildadeA verdadeira humildade
A verdadeira humildade
 
Humildade x orgulho
Humildade x orgulhoHumildade x orgulho
Humildade x orgulho
 
Orgulho: Pai de todos os vÍcios
Orgulho: Pai de todos os vÍciosOrgulho: Pai de todos os vÍcios
Orgulho: Pai de todos os vÍcios
 
Contrapondo a arrogância com a humildade
Contrapondo a arrogância com a humildadeContrapondo a arrogância com a humildade
Contrapondo a arrogância com a humildade
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro Espírita
 
Joanna de ângelis convite à humildade
Joanna de ângelis convite à humildadeJoanna de ângelis convite à humildade
Joanna de ângelis convite à humildade
 
Jesus sonda os corações
Jesus sonda os coraçõesJesus sonda os corações
Jesus sonda os corações
 
Parábola dos Talentos - Propósito
Parábola dos Talentos - PropósitoParábola dos Talentos - Propósito
Parábola dos Talentos - Propósito
 
Ovasochines
OvasochinesOvasochines
Ovasochines
 
A verdadeira humildade
A verdadeira humildadeA verdadeira humildade
A verdadeira humildade
 
Amor, immbativel amor
Amor, immbativel amorAmor, immbativel amor
Amor, immbativel amor
 
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia ProfundaJesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
 
Lição 7- Contrapondo a Arrogância com a Humildade
Lição 7- Contrapondo a Arrogância com a HumildadeLição 7- Contrapondo a Arrogância com a Humildade
Lição 7- Contrapondo a Arrogância com a Humildade
 
Regole grammatica
Regole grammaticaRegole grammatica
Regole grammatica
 

Semelhante a Humildade - A primeira virtude

Humildade, a primeira virtude - 2a. edição
Humildade, a primeira virtude - 2a. ediçãoHumildade, a primeira virtude - 2a. edição
Humildade, a primeira virtude - 2a. edição
Ricardo Azevedo
 
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VIIBem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
NatyMadeira
 
Missão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terraMissão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terra
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Capítulo 7 do evangelho segundo o espiritismo - Bem-aventurados os pobres de ...
Capítulo 7 do evangelho segundo o espiritismo - Bem-aventurados os pobres de ...Capítulo 7 do evangelho segundo o espiritismo - Bem-aventurados os pobres de ...
Capítulo 7 do evangelho segundo o espiritismo - Bem-aventurados os pobres de ...
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Cristo é a_nossa_suficiencia.
Cristo é a_nossa_suficiencia.Cristo é a_nossa_suficiencia.
Cristo é a_nossa_suficiencia.
levibanez
 
Pobres de espírito
Pobres de espíritoPobres de espírito
Pobres de espírito
Fatoze
 
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos PrudentesMistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
Grupo Espírita Cristão
 
LE 893 ESE_cap13_item11
LE 893 ESE_cap13_item11LE 893 ESE_cap13_item11
LE 893 ESE_cap13_item11
Patricia Farias
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
Sergio Menezes
 
Reflexões awmergin o bardo
Reflexões   awmergin o bardoReflexões   awmergin o bardo
Reflexões awmergin o bardo
Awmergin O Bardo
 
Estudos do evangelho 13
Estudos do evangelho 13Estudos do evangelho 13
Estudos do evangelho 13
Leonardo Pereira
 
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
Estudos do evangelho 12
Estudos do evangelho 12Estudos do evangelho 12
Estudos do evangelho 12
Leonardo Pereira
 
Livro dos Espiritos Q183 Evangelho -13- 9
Livro dos Espiritos Q183 Evangelho -13- 9Livro dos Espiritos Q183 Evangelho -13- 9
Livro dos Espiritos Q183 Evangelho -13- 9
Patricia Farias
 
Estudos do evangelho11
Estudos do evangelho11Estudos do evangelho11
Estudos do evangelho11
Leonardo Pereira
 
LE - 186 Evangelho cap13 item 12
LE - 186 Evangelho cap13 item 12LE - 186 Evangelho cap13 item 12
LE - 186 Evangelho cap13 item 12
Patricia Farias
 
Rosana De Rosa Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa  Bem Aventurados os Pobres de Espirito Rosana De Rosa  Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa
 
Mistérios ocultos aos sábios e prudentes
Mistérios ocultos aos sábios e prudentesMistérios ocultos aos sábios e prudentes
Mistérios ocultos aos sábios e prudentes
Fatoze
 
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Antonio Braga
 
Livro dos espiritos Q225 Evangelho16 12
Livro dos espiritos Q225 Evangelho16 12Livro dos espiritos Q225 Evangelho16 12
Livro dos espiritos Q225 Evangelho16 12
Patricia Farias
 

Semelhante a Humildade - A primeira virtude (20)

Humildade, a primeira virtude - 2a. edição
Humildade, a primeira virtude - 2a. ediçãoHumildade, a primeira virtude - 2a. edição
Humildade, a primeira virtude - 2a. edição
 
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VIIBem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
 
Missão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terraMissão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terra
 
Capítulo 7 do evangelho segundo o espiritismo - Bem-aventurados os pobres de ...
Capítulo 7 do evangelho segundo o espiritismo - Bem-aventurados os pobres de ...Capítulo 7 do evangelho segundo o espiritismo - Bem-aventurados os pobres de ...
Capítulo 7 do evangelho segundo o espiritismo - Bem-aventurados os pobres de ...
 
Cristo é a_nossa_suficiencia.
Cristo é a_nossa_suficiencia.Cristo é a_nossa_suficiencia.
Cristo é a_nossa_suficiencia.
 
Pobres de espírito
Pobres de espíritoPobres de espírito
Pobres de espírito
 
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos PrudentesMistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
 
LE 893 ESE_cap13_item11
LE 893 ESE_cap13_item11LE 893 ESE_cap13_item11
LE 893 ESE_cap13_item11
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
 
Reflexões awmergin o bardo
Reflexões   awmergin o bardoReflexões   awmergin o bardo
Reflexões awmergin o bardo
 
Estudos do evangelho 13
Estudos do evangelho 13Estudos do evangelho 13
Estudos do evangelho 13
 
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
 
Estudos do evangelho 12
Estudos do evangelho 12Estudos do evangelho 12
Estudos do evangelho 12
 
Livro dos Espiritos Q183 Evangelho -13- 9
Livro dos Espiritos Q183 Evangelho -13- 9Livro dos Espiritos Q183 Evangelho -13- 9
Livro dos Espiritos Q183 Evangelho -13- 9
 
Estudos do evangelho11
Estudos do evangelho11Estudos do evangelho11
Estudos do evangelho11
 
LE - 186 Evangelho cap13 item 12
LE - 186 Evangelho cap13 item 12LE - 186 Evangelho cap13 item 12
LE - 186 Evangelho cap13 item 12
 
Rosana De Rosa Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa  Bem Aventurados os Pobres de Espirito Rosana De Rosa  Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa Bem Aventurados os Pobres de Espirito
 
Mistérios ocultos aos sábios e prudentes
Mistérios ocultos aos sábios e prudentesMistérios ocultos aos sábios e prudentes
Mistérios ocultos aos sábios e prudentes
 
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
 
Livro dos espiritos Q225 Evangelho16 12
Livro dos espiritos Q225 Evangelho16 12Livro dos espiritos Q225 Evangelho16 12
Livro dos espiritos Q225 Evangelho16 12
 

Mais de Ricardo Azevedo

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor FraternalSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos RelembrarSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - OferendasSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos IssoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Ricardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - InimigosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - ConflitoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição EspiritualSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a CrençaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoramSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Ricardo Azevedo
 
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de RetornoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Ricardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - EspinhosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Ricardo Azevedo
 
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e ElevaçãoSintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Ricardo Azevedo
 

Mais de Ricardo Azevedo (20)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor FraternalSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos RelembrarSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - OferendasSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos IssoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - InimigosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - ConflitoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição EspiritualSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a CrençaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoramSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
 
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de RetornoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - EspinhosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
 
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e ElevaçãoSintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
 

Último

Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 

Último (13)

Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 

Humildade - A primeira virtude

  • 2. Humildade, a primeira virtude! A humildade é uma virtude bem esquecida, entre vós. Os grandes exemplos que vos foram dados são tão poucos seguidos. E, no entanto, sem humildade, podeis ser caridosos para o vosso próximo? Capítulo VII – Orgulho e Humildade, O Evangelho Segundo o Espiritismo, Espírito Lacordaire
  • 3. O que é Humildade? A Humildade vem do latim “Humus”, que significa o “solo sob nós” ou “filhos da terra”. A mesma origem das palavras Humano e Humanidade. Significa que estamos todosSignifica que estamos todos na mesma altura!na mesma altura! Em termos de dignidade, em termos de importância e em termos de possibilidade. Adaptado de “O que é Humildade”, Mário Sérgio Cortella, Youtube. 3
  • 4. O que é Humildade? “Gente que é Grande de Verdade sabe que é pequena e por isto cresce... Gente que éGente que é muito pequenamuito pequena achaacha que já é grande e a única maneiraque já é grande e a única maneira dela crescer édela crescer é diminuindodiminuindo outras pessoasoutras pessoas!”!” Vídeo “O que é Humildade?”, Mário Sérgio Cortella, Youtube. 4
  • 5. Gente pequena, diminui os outros! 5
  • 6. O poder na Terra garante Humildade? 275. O poder e a consideração de que um homem gozou na Terra lhe dão supremacia no mundo dos Espíritos? Não; pois que os pequenos serão elevados e os grandes rebaixados. Lê o Salmos?” O Livro dos Espíritos, Allan Kardec.
  • 7. Como devemos entender essa elevação e esse rebaixamento? a) ...“Não sabes que os Espíritos são de diferentes ordens, conforme seus méritos? Pois bem! O maior da Terra pode pertencer à última categoria entre os Espíritos, ao passo que o seu servo pode estar na primeira. Compreendes isto? Não disse Jesus: aquele que se humilhar será exaltado e aquele que se exaltar será humilhado?” O Livro dos Espíritos, Allan Kardec.
  • 8. “Pobres de espírito” são humildes? 1. Bem-aventurados os pobres de espírito, pois que deles é o reino dos céus. (S. MATEUS, cap. V, v. 3.) 2. A incredulidade zombou desta máxima: Bem- aventurados os pobres de espírito, como tem zombado de muitas outras coisas que não compreende. Por pobres de espírito Jesus não entende os baldos de inteligência, mas os humildes, tanto que diz ser para estes o reino dos céus e não para os orgulhosos. O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capitulo VII – Bem- aventurados os Pobres de Espírito, Allan Kardec.
  • 9. O que é ser Humilde? “O humilde evita de qualquer maneira, a ostentação ou a espera de reconhecimento, por outrem, das boas obras que estejam fazendo. Sabe que o bem deve ser feito sem alarde e em silêncio, destruindo, assim, os altares erguidos à sua vaidade. Ser humilde é reconhecer a nossa pequenez diante da grandeza do universo e ter consciência plena de que tudo pertence a Deus.” Diretrizes para uma Vida Feliz, A Humildade, Sergito de Souza Cavalcanti
  • 10. O que não é Humildade? “Há quem entenda por humildade, o pobre ou o pedinte, ou seja, aqueles que possuem poucos bens materiais. Puro engano, pois homens ricos existem que apesar do muito dinheiro que possuem, são verdadeiramente muito humildes. (…) Há muitos pobres egoístas e orgulhosos e muitos ricos humildes.“ Diretrizes para uma Vida Feliz, A Humildade, Sergito de Souza Cavalcanti 0
  • 11. O que não é Humildade? Subserviência Servidão Submissão Medo Fraqueza Omissão Adulação 1
  • 12. “Dizendo que o reino dos céus é dos simples, quis Jesus significar que a ninguém é concedida entrada nesse reino, sem a simplicidade de coração e humildade de espírito; que o ignorante possuidor dessas qualidades será preferido ao sábio que mais crê em si do que em Deus.“ O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capitulo VII – Bem-Aventurados os Pobres de Espírito, Allan Kardec. 2 O “reino dos céus” é dos simples!
  • 13. “Em todas as circunstâncias, Jesus põe a humildade na categoria das virtudes que aproximam de Deus e o orgulho entre os vícios que dele afastam a criatura, e isso por uma razão muito natural: a de ser a humildade um ato de submissão a Deus, ao passo que o orgulho é a revolta contra ele. Mais vale, pois, que o homem, para felicidade do seu futuro, seja pobre em espírito, conforme o entende o mundo, e rico em qualidades morais.” O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capitulo VII – Bem- aventurados os Pobres de Espírito, Allan Kardec. 3 O “reino dos céus” é dos simples!
  • 14. O Orgulho se preocupa com quem está certo. A Humildade se preocupa com o que está certo. (Anônimo) 14 Se a Humildade é a virtude, qual é o vício que ela combate?
  • 16. Egoísmo e Orgulho “Com efeito, se observam os resultados de todos os vícios e, mesmo, dos simples defeitos, reconhecer-se-á nenhum haver que não altere mais ou menos o sentimento da caridade, porque todos têm seu princípio no egoísmo e no orgulho, que lhes são a negação; ...” Capítulo XVII – Sede Perfeitos, O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec 6
  • 17. Qual o maior obstáculo ao Progresso? 785. ”O orgulho e o egoísmo. Refiro--me ao progresso moral, porquanto o intelectual se efetua sempre. À primeira vista, parece mesmo que o progresso intelectual reduplica a atividade daqueles vícios, desenvolvendo a ambição e o gosto das riquezas, que, a seu turno, incitam o homem a empreender pesquisas que lhe esclarecem o Espírito. ...” O Livro dos Espíritos, Allan Kardec. 7
  • 18. 18 Saulo compreendia Deus senão como um senhor poderoso e inflexível (orgulhoso) Saulo: Perseguidor dos Cristãos
  • 19. 19 Precisou fechar os olhos materiais para abrir os olhos espirituais A Conversão a caminho de Damasco
  • 20. 20 Três anos no deserto para vencer o orgulho e conquistar a humildade. Após 3 anos no Deserto: Paulo O nome Paulo tem origem no latim Paullus. Significa “pequeno”, “de baixa estatura”. 0
  • 21. 21 Muitas vezes A VIDA nos “coloca de joelhos” para desapegarmos dos nossos vícios e conquistarmos virtudes, começando pela Humildade! A Vida nos pede Humildade!
  • 22. Cientistas costumam ter uma relação conturbada com a religião. Como você lida com a fé? Não tenho ligação com a religião. Tenho em casa algumas bíblias que ganhei. São livros bonitos, mas com os quais eu não tenho qualquer relação. Não sei como religião e ciência se aproximam. Como um Deus onipotente deixa acontecer um maremoto que mata centenas de milhares de pessoas? Artigo: Prêmio Nobel: Foi quase, Revista Superinteressante 22/38 Cesar Lattes, 1924 a 2005 Cientista brasileiro que mais perto chegou do Prêmio Nobel 2
  • 23. 3 29 títulos de Doutor Honoris Causa de universidades da Europa e América. Qual o Brasileiro com mais títulos de Doutorado? Paulo Freire, 1921 a 1997
  • 24. Grandes exemplos que se fizeram pequenos! 4
  • 25. 5 O nosso maior modelo: Jesus
  • 26. O nosso maior modelo: Jesus “Depois de lavar os pés dos seus discípulos, inclusive Pedro, que a princípio se opusera a isso, o Mestre afirmou-lhes que, na verdade, o servo não é maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou.” (O Evangelho Segundo João, 13:16 a 13:20.) 6
  • 27. Grandes na Humildade: Emmanuel e Chico Xavier 7 Emmanuel, Jornal Espírita Nova Luz, julho/2000
  • 28. Não apenas pregava e explicava as virtudes; vivia-as. “Conhece-te a ti mesmo.” “Só sei que nada sei.” Valorizava a razão bem orientada na busca do bem e da verdade. 28 Grandes na Humildade: Sócrates, o Filósofo
  • 29.  Educador, mestre de Allan Kardec e necessariamente precursor da doutrina espírita.  Educação integral: educação da cabeça, educação das mãos e educação do coração.  Educação pela natureza.  A criança aprende observando e fazendo e não apenas escutando. Grandes na Humildade: Pestalozzi
  • 30. Como podemos praticar a Humildade? 658. Agrada a Deus a prece? “A prece é sempre agradável a Deus, quando ditada pelo coração, pois, para ele, a intenção é tudo. Assim, preferível lhe é a prece do íntimo à prece lida, por muito bela que seja, se for lida mais com os lábios do que com o coração. Agrada- lhe a prece, quando dita com fé, com fervor e since- ridade. Mas, não creiais que o toque a do homem fútil, orgulhoso e egoísta, a menos que signifique, de sua parte, um ato de sincero arrependimento e de verdadeira humildade.” O Livro dos Espíritos, Allan Kardec.
  • 31. Por quê devemos ser Humildes? “Lembra­­te de que os Bons Espíritos só dispensam assistência aos que servem a Deus com humildade e desinteresse e que repudiam a todo aquele que busca na senda do Céu um degrau para conquistar as coisas da Terra; que se afastam do orgulhoso e do ambicioso. O orgulho e a ambição serão sempre uma barreira erguida entre o homem e Deus. São um véu lançado sobre as claridades celestes, e Deus não pode servir--se do cego para fazer perceptível a luz.” O Livro dos Espíritos, Prolegômenos, Allan Kardec.
  • 32. A Virtude está entre nós “[...] a virtude não está inteiramente banida da Terra, como pensam certos pessimistas. Sem dúvida nela o mal ainda domina, mas quando se procura na sombra, percebe­se que, sob a erva daninha, há mais violetas, isto é, maior número de almas boas do que se pensa. Se elas surgem a intervalos tão espaçados, é que a verdadeira virtude não se põe em evidência, porque é humilde; ...” Revista Espírita: Jornal de Estudos Psicológicos. Vol.6., Allan Kardec
  • 33. “… contenta­se com os prazeres do coração e a aprovação da consciência, ao passo que o vício se manifesta afrontosamente, em plena luz; faz barulho, porque é orgulhoso. O orgulho e a humildade são os dois polos do coração humano: um atrai todo o bem; o outro, todo o mal; um tem calma; o outro, tempestade; a consciência é a bússola que indica a rota conducente a cada um deles. [...]” 3 A Virtude está entre nós Revista Espírita: Jornal de Estudos Psicológicos. Vol.6., Allan Kardec
  • 34. Para concluir, vamos ouvir novamente Jesus... Sermão da Montanha
  • 35. Jesus, pois, vendo as multidões, subiu ao monte; e, tendo se assentado, aproximaram­se os seus discípulos, e ele se pôs a ensiná­los, dizendo: Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus. Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados. Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque eles serão fartos. Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia. 35 As Bem-aventuranças de Jesus Mateus, 5, 1 a 12
  • 36. Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus. Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus. Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós. Mateus, 5, 1 a 12 36 As Bem-aventuranças de Jesus
  • 37. A Pergunta que Fica... Como posso “servir de escada” para que meus irmãos cresçam mais do que eu e façam a sua luz brilhar? https://www.slideshare.net/ricardoazevedo9216/humildade­a­primeira­virtude
  • 38. Referências BibliográficasReferências Bibliográficas  Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec.  O Livro dos Espíritos, Allan Kardec.  Diretrizes para uma Vida Feliz, A Humildade, Sergito de Souza Cavalcanti  O que é Humildade?, Mário Sérgio Cortella, https://www.youtube.com/watch?v=IWZY9­6K4M4  As relações no além-túmulo, questão 275. Grupo Espírita Cristão Despertar, https://pt.slideshare.net/patriciafarias32/livro­dos­espiritos­q­275­e­apresen  Revista Espírita: Jornal de Estudos Psicológicos. Vol.6., Allan Kardec  Por quê Primeiro a Humildade, http://www.oconsolador.com.br/  Artigo: Prêmio Nobel: Foi quase, Revista Superinteressante 38

Notas do Editor

  1. Jean-Baptiste-Henri Lacordaire (1802/1861) foi um sacerdote e católico dominicano, membro da Academia Francesa. Veja mensagem sua, ditada em 1863, em Constantina, Argélia
  2. 276. Aquele que foi grande na Terra e que, como Espírito, vem a achar-­se entre os de ordem inferior, experimenta com isso alguma humilhação? “Às vezes bem grande, mormente se era orgulhoso e invejoso.”
  3. A Lei de Reencarnação ajuda a explicar por que um pobre pode ser orgulhoso e um rico humilde. A Humildade é uma virtude essencialmente espiritual
  4.           Saulo adquiriu todo o estilo do perfeito fariseu apegado a lei e a tradição. Rígido e cheio de zelo.           Tomado de feroz ódio contra Jesus e seus seguidores, pois considerava-os blasfemadores.           Em sua fisionomia cheia de virilidade e máscula beleza, os traços israelitas, fixavam-se particularmente nos olhos profundos próprios dos temperamentos apaixonados e indomáveis, ricos de agudeza e resolução.
  5. Em dado instante todavia, quando despertava de suas cogitações, sente-se envolvido por luzes.
  6. Muitas vezes a sensação de “fundo do poço” ou de estar “sem eira, nem beira” é libertador e o começo de nossa renovação.
  7. Paulo Freire foi um educador, pedagogista e filósofo brasileiro. É Patrono da Educação Brasileira. É considerado um dos pensadores mais notáveis na história da Pedagogia mundial, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica.
  8. Exemplos de Jesus Cristo, Chico Xavier, O Filósofo Sócrates, Zilda Arns, Madre Tereza de Calcutá, Allan Kardec, Gandhi, Pestalozzi, Nelson Mandela, Emmanuel, Joanna de Angelis, Bezerra de Menezes e tantos outros missionários. “Mais inspirador do que a teoria é o exemplo existencial.” A Educação Segundo o Espiritismo, Dora Incontri.
  9. Viveu em 469 AC.
  10. Os maus são barulhentos e aparecem mais. Os bons são discretos, humildes e trabalham mais.
  11. Trecho de uma música Esperando Na Janela de Cogumelo Plutã, “Você é a escada da minha subida, você é o amor da minha vida”.