SlideShare uma empresa Scribd logo
Historia da Dança
A história da dançacênica representa uma mudança de significação dos propósitos artísticos através do tempo. Com o Balé Clássico, as narrativas e ambientes ilusórios é que guiavam a cena. Com as transformações sociais da época moderna, começou-se a questionar certos virtuosismos presentes no balé e começaram a aparecer diferentes movimentos de Dança Moderna. É importante notar que nesse momento, o contexto social inferia muito nas realizações artísticas, fazendo com que então a Dança Moderna Americana acabasse por se tornar bem diferente da Dança Moderna Européia, mesmo que tendo alguns elementos em comum. A dança contemporânea surgiu como nova manifestação artística, sofrendo influências tanto de todos os movimentos passados, como das novas possibilidades tecnológicas (vídeo, instalações). Foi essa também muito influenciada pelas novas condições sociais - individualismo crescente, urbanização, propagação e importâncias da mídia, fazendo surgir novas propostas de arte, provocando também fusões com outras áreas artísticas como o teatro por exemplo.
Dança e educaçao Verderi (2000) considera a educação como evolução e transformação do indivíduo, considerando a dança como um contínuo da Educação Física, expressão da corporeidade e considerando o movimento um meio para se visualizar a corporeidade dos nossos alunos, a dança na escola deve proporcionar oportunidades para que o aluno possa desenvolver todos os seus domínios do comportamento humano e, através de diversificações e complexidades, o professor possa contribuir para a formação de estruturas corporais mais complexas. Mas é preciso deixar claro que apesar de alguns cursos da área da saúde como educação física se utilizarem da dança como instrumento, para obter condicionamento físico por exemplo, estes cursos não formam ou qualificam este profissional, seja o artista bailarino, dançarino ou coreógrafo, muito menos professor destas atividadesartisticas. Épreciso que os profissionais de educação física tenham este respeito ético, pois não são artistas muito menos professores de qualquer atividade artística inclusive de dança.
Classificação e gêneros Quanto ao modo de dançar:  dança solo (ex.: coreografia de solista no balé, sapateado);  dança em dupla (ex.: tango, salsa, valsa, forróetc);  dança em grupo (ex.: danças de roda).  Quanto a origem:  dança folclórica (ex.: catira, carimbó, reisadoetc);  dança histórica (ex.: sarabanda, bourré, gavotaetc);  dança cerimonial (ex.: danças rituais indianas);  dança étnica (ex.: danças tradicionais de países ou regiões).  Quanto a finalidade:  dança erótica (ex.: cancan, striptease, poledancing);  dança cênica ou performática (ex.: balé, dança do ventre, sapateado);  dança social (ex.: dança de salão, axé);  dança religiosa/dança profética (ex.: dança sufi).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História do Teatro
História do TeatroHistória do Teatro
História do Teatro
Experiências Português
 
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
VIVIAN TROMBINI
 
História da música 1
História da música 1História da música 1
História da música 1
Deborah Oliver
 
Dança ,corpo em acção
Dança ,corpo em acçãoDança ,corpo em acção
Dança ,corpo em acção
Carla Silva
 
Linguagem do Corpo
Linguagem do CorpoLinguagem do Corpo
Danças folclóricas
Danças folclóricasDanças folclóricas
Danças folclóricas
Rosely Modesto
 
A dança através dos tempos
A dança através dos temposA dança através dos tempos
A dança através dos tempos
José Marques
 
Musica
MusicaMusica
Musica
Anitaguedes
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 
Danças nacionais populares joana
Danças nacionais populares joanaDanças nacionais populares joana
Danças nacionais populares joana
Jorge Luiz Queiroz
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
Cristiane Seibt
 
Dança
DançaDança
Dança
Joel Barbosa
 
Dança
DançaDança
Slide dança
Slide dançaSlide dança
Slide dança
danmetallord
 
Danças brasileiras
Danças brasileirasDanças brasileiras
Danças brasileiras
VALDIR CONCEICAO
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
Turmasthera
 
O que é a dança contemporânea
O que é a dança contemporâneaO que é a dança contemporânea
O que é a dança contemporânea
Francisco Barão
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
dpport
 
A História da Música
A História da MúsicaA História da Música
A História da Música
Meire Falco
 

Mais procurados (20)

História do Teatro
História do TeatroHistória do Teatro
História do Teatro
 
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
 
História da música 1
História da música 1História da música 1
História da música 1
 
Dança ,corpo em acção
Dança ,corpo em acçãoDança ,corpo em acção
Dança ,corpo em acção
 
Linguagem do Corpo
Linguagem do CorpoLinguagem do Corpo
Linguagem do Corpo
 
Danças folclóricas
Danças folclóricasDanças folclóricas
Danças folclóricas
 
A dança através dos tempos
A dança através dos temposA dança através dos tempos
A dança através dos tempos
 
Musica
MusicaMusica
Musica
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
Danças nacionais populares joana
Danças nacionais populares joanaDanças nacionais populares joana
Danças nacionais populares joana
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Slide dança
Slide dançaSlide dança
Slide dança
 
Danças brasileiras
Danças brasileirasDanças brasileiras
Danças brasileiras
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
O que é a dança contemporânea
O que é a dança contemporâneaO que é a dança contemporânea
O que é a dança contemporânea
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
 
A História da Música
A História da MúsicaA História da Música
A História da Música
 

Destaque

A origem da dança
A origem da dançaA origem da dança
A origem da dança
Hiderson Marciano
 
Dança
DançaDança
Tipos de dança
Tipos de dançaTipos de dança
Tipos de dança
Elisabete Freitas
 
Dança
DançaDança
Dança
DançaDança
Tipos de danças
Tipos de dançasTipos de danças
Tipos de danças
iedaromao
 
A dança na escola
A dança na escolaA dança na escola
A dança na escola
Natália Pimenta
 
Dança na pré-história
Dança na pré-história Dança na pré-história
Dança na pré-história
Geanny Francyele
 
Estilos de dança
Estilos de dançaEstilos de dança
Estilos de dança
Paola Oniesko
 
Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
Projeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cestProjeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cest
Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
SimoneHelenDrumond
 
Luz camera educação 1
Luz camera educação 1Luz camera educação 1
Luz camera educação 1
Edson Mamprin
 
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
ntecaxambu
 
Texto sobre dança classica
Texto sobre dança classicaTexto sobre dança classica
Texto sobre dança classica
lululimavidal
 
Vitral
VitralVitral
Vitral
Inesa Mel
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
Pedui
 
A dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artesA dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artes
CATEUS
 
Vitral artístico
Vitral artísticoVitral artístico
Vitral artístico
Luis Manuel Ponte
 
Tabaco
TabacoTabaco
Tabaco
Pedui
 
Vitral
VitralVitral
Negros maria clara e beatriz manno
Negros maria clara e beatriz mannoNegros maria clara e beatriz manno
Negros maria clara e beatriz manno
Argos Santos
 

Destaque (20)

A origem da dança
A origem da dançaA origem da dança
A origem da dança
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Tipos de dança
Tipos de dançaTipos de dança
Tipos de dança
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Tipos de danças
Tipos de dançasTipos de danças
Tipos de danças
 
A dança na escola
A dança na escolaA dança na escola
A dança na escola
 
Dança na pré-história
Dança na pré-história Dança na pré-história
Dança na pré-história
 
Estilos de dança
Estilos de dançaEstilos de dança
Estilos de dança
 
Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
Projeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cestProjeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cest
Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
 
Luz camera educação 1
Luz camera educação 1Luz camera educação 1
Luz camera educação 1
 
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
 
Texto sobre dança classica
Texto sobre dança classicaTexto sobre dança classica
Texto sobre dança classica
 
Vitral
VitralVitral
Vitral
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
A dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artesA dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artes
 
Vitral artístico
Vitral artísticoVitral artístico
Vitral artístico
 
Tabaco
TabacoTabaco
Tabaco
 
Vitral
VitralVitral
Vitral
 
Negros maria clara e beatriz manno
Negros maria clara e beatriz mannoNegros maria clara e beatriz manno
Negros maria clara e beatriz manno
 

Semelhante a Historia da dança

Historia da arte
Historia da arteHistoria da arte
Historia da arte
lklkijlj
 
Word 9 b_12
Word 9 b_12Word 9 b_12
Word 9 b_12
pedrofranciscotic
 
Danças Sociais
Danças SociaisDanças Sociais
Danças Sociais
Diogo Silva
 
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFCProjeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Safira Oril
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
coletivoddois
 
Atividades Rítmicas e Dança conceitos iniciais
Atividades Rítmicas e Dança conceitos iniciaisAtividades Rítmicas e Dança conceitos iniciais
Atividades Rítmicas e Dança conceitos iniciais
coletivoddois
 
Complexo de dança Guarulhos
Complexo de dança GuarulhosComplexo de dança Guarulhos
Complexo de dança Guarulhos
Nathéssia Marques
 
Trançados Musculares - Aula 03 - Valeria Vicente
Trançados Musculares - Aula 03 - Valeria VicenteTrançados Musculares - Aula 03 - Valeria Vicente
Trançados Musculares - Aula 03 - Valeria Vicente
Kiran Gorki Queiroz
 
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
ClariceLuizaGomesDeF
 
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptxApresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
thomazamorim1
 
Portfólio michele borges 1 semestre 2015
Portfólio michele borges   1 semestre 2015Portfólio michele borges   1 semestre 2015
Portfólio michele borges 1 semestre 2015
Portfolio2015
 
Dança Jazz e a Sua Evolução
Dança Jazz e a Sua EvoluçãoDança Jazz e a Sua Evolução
Dança Jazz e a Sua Evolução
Mike Rs
 
Ed. física e arte circenses
Ed. física e arte circensesEd. física e arte circenses
Ed. física e arte circenses
analuciabicudo
 
Projeto de apresentacao do TATÁ para as escolas 2012
Projeto de apresentacao do TATÁ para as escolas  2012Projeto de apresentacao do TATÁ para as escolas  2012
Projeto de apresentacao do TATÁ para as escolas 2012
Monique Carvalho
 
Danca e pintura
Danca e pinturaDanca e pintura
Danca e pintura
Jose Santos
 
Adancaatravesdapintura
AdancaatravesdapinturaAdancaatravesdapintura
Adancaatravesdapintura
Beatris Lopes
 
Danca A Traves Da Pintura
Danca A Traves Da PinturaDanca A Traves Da Pintura
Danca A Traves Da Pintura
adam eva
 
D A N Ç A R
D A N Ç A RD A N Ç A R
D A N Ç A R
Gui Vieira
 
A dança através da pintura
A dança através da pinturaA dança através da pintura
A dança através da pintura
Luiz Carlos Dias
 
A Danca Atraves Da Pintura
A Danca Atraves Da PinturaA Danca Atraves Da Pintura
A Danca Atraves Da Pintura
Joaquim Almeida
 

Semelhante a Historia da dança (20)

Historia da arte
Historia da arteHistoria da arte
Historia da arte
 
Word 9 b_12
Word 9 b_12Word 9 b_12
Word 9 b_12
 
Danças Sociais
Danças SociaisDanças Sociais
Danças Sociais
 
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFCProjeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Atividades Rítmicas e Dança conceitos iniciais
Atividades Rítmicas e Dança conceitos iniciaisAtividades Rítmicas e Dança conceitos iniciais
Atividades Rítmicas e Dança conceitos iniciais
 
Complexo de dança Guarulhos
Complexo de dança GuarulhosComplexo de dança Guarulhos
Complexo de dança Guarulhos
 
Trançados Musculares - Aula 03 - Valeria Vicente
Trançados Musculares - Aula 03 - Valeria VicenteTrançados Musculares - Aula 03 - Valeria Vicente
Trançados Musculares - Aula 03 - Valeria Vicente
 
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
 
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptxApresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
 
Portfólio michele borges 1 semestre 2015
Portfólio michele borges   1 semestre 2015Portfólio michele borges   1 semestre 2015
Portfólio michele borges 1 semestre 2015
 
Dança Jazz e a Sua Evolução
Dança Jazz e a Sua EvoluçãoDança Jazz e a Sua Evolução
Dança Jazz e a Sua Evolução
 
Ed. física e arte circenses
Ed. física e arte circensesEd. física e arte circenses
Ed. física e arte circenses
 
Projeto de apresentacao do TATÁ para as escolas 2012
Projeto de apresentacao do TATÁ para as escolas  2012Projeto de apresentacao do TATÁ para as escolas  2012
Projeto de apresentacao do TATÁ para as escolas 2012
 
Danca e pintura
Danca e pinturaDanca e pintura
Danca e pintura
 
Adancaatravesdapintura
AdancaatravesdapinturaAdancaatravesdapintura
Adancaatravesdapintura
 
Danca A Traves Da Pintura
Danca A Traves Da PinturaDanca A Traves Da Pintura
Danca A Traves Da Pintura
 
D A N Ç A R
D A N Ç A RD A N Ç A R
D A N Ç A R
 
A dança através da pintura
A dança através da pinturaA dança através da pintura
A dança através da pintura
 
A Danca Atraves Da Pintura
A Danca Atraves Da PinturaA Danca Atraves Da Pintura
A Danca Atraves Da Pintura
 

Mais de Rui

Sexualmente transmissíveis
Sexualmente transmissíveisSexualmente transmissíveis
Sexualmente transmissíveis
Rui
 
Historia da dança
Historia da dançaHistoria da dança
Historia da dança
Rui
 
Prevençao rodoviaria
Prevençao rodoviariaPrevençao rodoviaria
Prevençao rodoviaria
Rui
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
Rui
 
Prevençao rodoviaria
Prevençao rodoviariaPrevençao rodoviaria
Prevençao rodoviaria
Rui
 
Sexualmente transmissíveis
Sexualmente transmissíveisSexualmente transmissíveis
Sexualmente transmissíveis
Rui
 

Mais de Rui (6)

Sexualmente transmissíveis
Sexualmente transmissíveisSexualmente transmissíveis
Sexualmente transmissíveis
 
Historia da dança
Historia da dançaHistoria da dança
Historia da dança
 
Prevençao rodoviaria
Prevençao rodoviariaPrevençao rodoviaria
Prevençao rodoviaria
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Prevençao rodoviaria
Prevençao rodoviariaPrevençao rodoviaria
Prevençao rodoviaria
 
Sexualmente transmissíveis
Sexualmente transmissíveisSexualmente transmissíveis
Sexualmente transmissíveis
 

Último

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
JohnnyLima16
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 

Último (20)

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 

Historia da dança

  • 2. A história da dançacênica representa uma mudança de significação dos propósitos artísticos através do tempo. Com o Balé Clássico, as narrativas e ambientes ilusórios é que guiavam a cena. Com as transformações sociais da época moderna, começou-se a questionar certos virtuosismos presentes no balé e começaram a aparecer diferentes movimentos de Dança Moderna. É importante notar que nesse momento, o contexto social inferia muito nas realizações artísticas, fazendo com que então a Dança Moderna Americana acabasse por se tornar bem diferente da Dança Moderna Européia, mesmo que tendo alguns elementos em comum. A dança contemporânea surgiu como nova manifestação artística, sofrendo influências tanto de todos os movimentos passados, como das novas possibilidades tecnológicas (vídeo, instalações). Foi essa também muito influenciada pelas novas condições sociais - individualismo crescente, urbanização, propagação e importâncias da mídia, fazendo surgir novas propostas de arte, provocando também fusões com outras áreas artísticas como o teatro por exemplo.
  • 3. Dança e educaçao Verderi (2000) considera a educação como evolução e transformação do indivíduo, considerando a dança como um contínuo da Educação Física, expressão da corporeidade e considerando o movimento um meio para se visualizar a corporeidade dos nossos alunos, a dança na escola deve proporcionar oportunidades para que o aluno possa desenvolver todos os seus domínios do comportamento humano e, através de diversificações e complexidades, o professor possa contribuir para a formação de estruturas corporais mais complexas. Mas é preciso deixar claro que apesar de alguns cursos da área da saúde como educação física se utilizarem da dança como instrumento, para obter condicionamento físico por exemplo, estes cursos não formam ou qualificam este profissional, seja o artista bailarino, dançarino ou coreógrafo, muito menos professor destas atividadesartisticas. Épreciso que os profissionais de educação física tenham este respeito ético, pois não são artistas muito menos professores de qualquer atividade artística inclusive de dança.
  • 4. Classificação e gêneros Quanto ao modo de dançar: dança solo (ex.: coreografia de solista no balé, sapateado); dança em dupla (ex.: tango, salsa, valsa, forróetc); dança em grupo (ex.: danças de roda). Quanto a origem: dança folclórica (ex.: catira, carimbó, reisadoetc); dança histórica (ex.: sarabanda, bourré, gavotaetc); dança cerimonial (ex.: danças rituais indianas); dança étnica (ex.: danças tradicionais de países ou regiões). Quanto a finalidade: dança erótica (ex.: cancan, striptease, poledancing); dança cênica ou performática (ex.: balé, dança do ventre, sapateado); dança social (ex.: dança de salão, axé); dança religiosa/dança profética (ex.: dança sufi).