SlideShare uma empresa Scribd logo
Guia De Estudo Para
Inclusão Digital
Informática e sociedade em parceria
com a educação.
Prof.Sergio Gurgel
Guia de Inclusão Digital
1
1
2
Índice
● A importância da inclusão digital no mundo
contemporâneo.
● Familiarizando-se com os equipamentos.
○ Hardware.
○ Dispositivos de Entrada.
○ Dispositivos de saída.
○ Unidades de Armazenamento.
○ Notebooks.
○ Unidades de Medidas.
○ Software.
○ Sistema Operacional.
○ Smartphones.
○ Vírus de computador.
● Internet.
○ O que é internet.
○ Importância da Internet.
○ Quem controla a internet.
2
3
○ Formas de Conexão.
○ Alguns recursos.
○ Os endereços eletrônicos.
○ Pesquisando na internet.
○ E-mail.
● Softwares Office.
○ Principais sistemas office.
○ Texto.
○ Slide.
○ Planilha.
3
4
4
5
A importância da inclusão digital no
mundo contemporâneo.
A tecnologia nunca esteve tão em destaque na sociedade, com isso a inclusão digital é uma das
metas a serem alcançadas no atual cenário brasileiro e desempenha um papel fundamental no
desenvolvimento do país. Proporcionando assim, um adentramento da população nos padrões
necessários para o atual mercado de trabalho. Como professor de informática e cursos de
qualificação profissional, vi a oportunidade de juntar nesse pequeno módulo, um compilado de
informações, presentes em sua maioria em sites abertos na internet que podem ajudar no
direcionamento do estudo e letramento em informática.
(https://support.microsoft.com/pt-br/office) foi a principal fonte externa das informações aqui presentes.
5
6
Familiarizando-se com os
equipamentos.
● O COMPUTADOR
O computador tem como função a manipulação de informações, não importando o seu tipo. O
computador é uma máquina que permite que o usuário faça cálculos matemáticos, pesquisas,
trabalhos gerais e etc., utilizando programas específicos.
O computador trabalha com duas partes distintas:
HARDWARE = A PARTE FÍSICA DA MÁQUINA (AS PEÇAS)
SOFTWARE = A PARTE LÓGICA DA MÁQUINA (OS PROGRAMAS)
6
7
● Hardware
Os Componentes Essenciais de um Computador
Componente Essencial é aquele que não pode faltar na
montagem de um computador, pois, sem ele, a máquina não
funciona. Os principais componentes de um computador são:
Placa mãe, Processador (CPU), Memória principal (RAM),
Dispositivos de entrada, Dispositivos de saída.
Existem outros componentes importantes para a conservação e
boa aparência de um computador, porém, não são essenciais
para seu funcionamento. Por exemplo, o gabinete é muito
importante, pois é a estrutura onde são acoplados e fixados os
demais componentes do PC, porém, podemos montar uma máquina e fazê-la funcionar fora de
um gabinete.
● Placa mãe
A placa mãe é a plataforma que permite as conexões físicas e
elétricas, diretas e indiretas, de todos os dispositivos de um
computador. Possuem determinadas controladoras integradas
(como por exemplo, vídeo e som), que chamamos de
controladoras on-board. Elas funcionam em sincronia com a
capacidade do processador e da memória RAM (fazendo uso
desta). Já determinadas controladoras podem ser adicionadas,
pois são independentes, separadas da placa mãe. Essas,
chamamos de controladoras off-board.
7
8
● Processador
O processador (UCP - Unidade Central de Processamento ou CPU -
Central Processing Unit) é o responsável pelo processamento e
tratamento de todos os dados que entram e saem do
computador. O processador determina o modelo do
microcomputador em uso e sua velocidade (clock) é medida em
GigaHertz (GHz).
● Memória principal (RAM)
A RAM é uma memória de acesso aleatório (do inglês Random
Access Memory) que permite a leitura e a escrita de um dado,
sendo utilizada como a memória primária em sistemas
eletrônicos digitais. A RAM é um componente essencial em
qualquer tipo de computador, pois é nela que são carregados os
programas em execução e os respectivos dados ativos do usuário.
Porém, a RAM é uma memória volátil, ou seja, os seus dados são
perdidos quando o computador é desligado. Para evitar perdas
de dados, é necessário salvá-los em uma memória secundária
não volátil, como por exemplo, no disco rígido (HD).
Os chips de memória são vendidos na forma de pentes e com capacidades variadas. A
capacidade de uma memória é medida em Bytes e sua velocidade de funcionamento em
Hz. Este valor está relacionado com a quantidade de pacotes de dados que podem ser
transferidos durante um segundo.
8
9
Observação: Diferentemente da RAM, temos a Memória ROM (Read Only Memory ou Memória
Somente de Leitura).
A ROM é um tipo de memória que permite apenas a leitura, ou seja, as suas informações são
gravadas pelo fabricante uma única vez e após isso não podem ser alteradas ou apagadas,
somente são acessadas. São memórias cujo conteúdo é gravado permanentemente. A ROM
armazena os códigos básicos de operação do equipamento, suas rotinas de inicialização e
auto-teste que formam o sistema de saída de informações da máquina (o BIOS).
● Dispositivos de Entrada
São os dispositivos que possibilitam a inserção de dados no computador. Por exemplo:
● Teclado (keyboard)
O teclado possui quatro conjuntos de teclas: as alfanuméricas, e
numéricas, as de movimentação / navegação e as de função.
Quando uma tecla é pressionada, o teclado envia um código
eletrônico ao processador que, por sua vez, interpreta e envia um
sinal para outro periférico, mostrando na tela o caractere
correspondente.
● Mouse
O mouse é utilizado para ativar e apontar comandos na tela do
computador. À medida que você movimenta o mouse sobre a mesa, o
ponteiro repete o movimento no monitor de seu computador.
9
10
● Scanner
O scanner captura imagens, fotos ou desenhos, transferindo-os
para a tela, onde podem ser trabalhados (editados) e depois
impressos ou armazenados.
● Dispositivos de saída
São os dispositivos que apresentam os resultados finais do processamento. Por exemplo:
● Monitor
O monitor tem como função transmitir informação ao utilizador
através da imagem, estimulando assim a nossa visão. Ou seja, ele
possibilita ao usuário a visualização dos resultados e ações
executadas na máquina. Os monitores são classificados de
acordo com a tecnologia de amostragem de vídeo utilizada na
formação da imagem. Antigamente o modelo mais utilizado era o
CRT. Atualmente os modelos mais utilizados são o LCD, o Plasma
e o LED. À superfície do monitor sobre a qual se projeta a imagem
chamamos tela e sua qualidade é medida por PIXELS (ou pontos).
Quanto maior for a densidade dos pixels (quanto menor a
distância entre eles), mais precisa será a imagem.
10
11
● Impressora
O papel da impressora é imprimir no papel o resultado de um
trabalho desenvolvido no computador (como textos, relatórios,
gráficos). Para diferentes tipos de impressão existem diferentes
modelos de impressoras:
Matricial: é a mais simples do mercado, bem rápida, com
qualidade de impressão regular, indicada para impressão de
documento com várias vias (carbono). O seu sistema de
impressão é por impacto de agulhas (9 ou 24) contra uma fita
sobre um papel. O custo de impressão é baixo e sua velocidade é medida em CPS (Caracter Por
Segundo).
Jato de Tinta (Deskjet): funciona com borrifamento de jatos de tinta, formando minúsculos
pontos sobre o papel. São silenciosas, relativamente lentas, coloridas ou não, e possuem uma
ótima qualidade de impressão.
Laser: produz cópias de alta qualidade, sendo colorida ou não, silenciosa com velocidade medida
em PPM (Páginas Por Minuto). São muito difundidas, porém, possuem um custo elevado, tanto
em equipamento quanto em seu material de consumo.··.
● Unidades de Armazenamento
O disco rígido, também chamado de HD (derivação de HDD do inglês hard disk drive) ou
winchester (termo em desuso), é uma memória secundária, não volátil, onde são armazenados
“permanentemente” os dados em um computador. Ele nos permite acesso rápido e
armazenamento de grande quantidade de informações.
11
12
Existem vários tipos de discos rígidos diferentes, como por exemplo, o IDE/ATA, ou Serial ATA e o
SCSI, e sua capacidade é medida em Bytes.
O HD, apesar de grande, é um periférico delicado, que não pode sofrer nenhum tipo de impacto
para manter a integridade de seu disco. Porém, devido aos desgastes naturais durante o seu
funcionamento, é inevitável que ocorra alguma avaria algum dia. Sendo assim, é importante
prevenir-se quanto à perda das informações realizando periodicamente “Cópias de Segurança”
dos Arquivos (o backup).
Além do HD, existem outros dispositivos muito utilizados para armazenamento e para backup
dos dados:
CD-R - utilizado principalmente para gravar músicas ou dados. Permite ser gravado apenas uma
única vez.
CD-RW - também utilizado para gravar músicas ou dados. Porém, esta mídia, introduzida no
mercado em 1997, é um disco óptico regravável, permitindo ser gravado várias vezes.
DVD - foi criado no ano de 1995. Ele tem uma maior capacidade de armazenamento que o CD,
devido a uma tecnologia óptica superior, além de padrões melhorados de compressão de dados.
O DVD permite a gravação de dados, músicas e filmes.
DVD-RW – assim como o DVD, também é utilizado para gravar dados, músicas e filmes. Porém,
esta mídia é um disco óptico regravável, permitindo ser gravado várias vezes.
SSD - Unidade de estado sólido é um tipo de dispositivo, sem partes móveis, para
armazenamento não volátil de dados digitais. São, tipicamente, construídos em torno de um
circuito integrado semicondutor, responsável por armazenamento, diferindo de sistemas
magnéticos ou óticos. Os dispositivos utilizam memória flash.
Pen Drive - é um dispositivo de armazenamento, com conexão USB, constituído por uma
memória flash.
12
13
Blu-Ray - obteve o seu nome a partir da cor azul do raio laser ("blue ray" em inglês significa "raio
azul"). A letra "e" da palavra original "blue" foi eliminada porque, em alguns países, não se pode
registrar, para um nome comercial, uma palavra comum. O Blu-Ray é um disco similar à mídia de
DVD, porém, possui capacidade de armazenamento muito superior às demais mídias.
Tecnologia Móvel (Iphone / Iped / Ipod / Smartphone / Palm / netbook)
Toda tecnologia que permite seu uso durante a movimentação do usuário é uma tecnologia
móvel.
A tecnologia móvel não é apenas uma invenção, ela pode ser considerada uma revolução, pois foi
capaz de atingir o quotidiano das pessoas e fazer parte da vida delas, modificando suas rotinas e
formas de tomar decisões. Muitas pessoas não vivem sem celular, outras estão 24 horas
disponíveis e as encontramos em qualquer lugar, algumas não abrem mão de estarem com seu
palm conectado na Internet e ao mesmo tempo se deslocando pela casa. Tudo isso só foi possível
através da evolução da tecnologia, que nos dispôs diversos dispositivos móveis. Como exemplo
podemos citar os SmartPhones, os Palmtops e os Netbooks. Ainda temos as tecnologias Wireless,
Wi-Fi e Bluetooth.
A mobilidade iniciou-se como uma facilidade, mas hoje em dia tornou-se uma necessidade. Mas
porque a evolução deste segmento foi tão rápida? Simples. Porque este tipo de tecnologia
permite o acesso a dados e informações em qualquer momento e em qualquer lugar. Isto se torna
um poderoso atrativo.··.
13
14
● Notebook e Netbook
Um notebook, também chamado de laptop (expressão derivada da junção dos termos em inglês
lap = colo, e top = em cima, significando computador portátil, em contrapartida aos desktop = em
cima da mesa), é um computador portátil, leve, designado de
modo a fazer com que sua bateria seja capaz de abastecê-lo por
um longo período de horas para poder ser transportado e
utilizado em diferentes lugares com facilidade. Um notebook é
uma estrutura única composta por uma tela 14” de LCD (cristal
líquido), teclado, mouse (geralmente um touchpad, área onde se
desliza o dedo), conexões USB e PS2, portas para conectividade
via rede local ou fax/modem, rede wireless (para acesso a rede
sem fio), gravadores de CD/DVD, placa mãe, memória RAM,
processador e disco rígido.
O netbook é uma nova versão do notebook, sendo menor (com uma tela de mais ou menos 9
polegadas) e mais leve. Também possui internet móvel e sua bateria dura em média 4 horas,
porém, o netbook ainda não possui suporte para leitores ou gravadores de CD/DVD.
● SmartPhone
SmartPhone (telefone inteligente, numa tradução livre do inglês)
é um telefone celular que possui alguns dos recursos avançados
que normalmente são utilizados em um computador. Como por
exemplo, além das funções básicas de telefone,
inserir/remover/organizar contatos, receber e enviar mensagens
de texto e jogar, em um SmartPhone você ainda pode acessar e
navegar na Internet, receber e enviar email, tirar fotos e postar
imediatamente em seu face ou ouvir músicas.
14
15
● Computadores de mão
Os computadores de mão, também chamados PDAs (assistentes digitais pessoais), são
computadores movidos à bateria, pequenos o suficiente para serem carregados para
praticamente qualquer lugar. Embora não tão potentes quanto os desktops ou os laptops, os
computadores de mão são úteis, por exemplo, para os vendedores externos de uma empresa que
precisam constantemente efetuar pedidos, agendar compromissos e armazenar contatos
(endereços e telefones).
● Tablet
O Tablet é um dispositivo móvel que combina os recursos dos
laptops e dos computadores de mão. O Tablet não é tão potente,
mas, nos permite fazer anotações, navegar na internet, acessar
email e converter um manuscrito em texto digitado.
● Unidades de Medidas
O computador trabalha com uma linguagem bastante simples. Como se trata de um sistema
eletroeletrônico, uma das formas mais simples de comunicação é através de
pulsos elétricos. Assim, o computador trabalha com duas variáveis, 1 e 0, que significam
respectivamente ligado (1) e desligado (0).
15
16
Este sistema é conhecido como Sistema Binário (base 2), ou seja, são apenas dois dígitos que
compõem os dados. O menor fragmento de dados usado é o Bit (b), que vem do inglês Binary
Digit. Logo, um Bit significa ou ligado ou desligado (0 ou 1).
Entretanto, 1 Bit não constitui um dado, tampouco um Arquivo. A menor unidade de dado
armazenável é o Byte (B). Um Byte representa um caractere (letra, número, pontuação, etc.)
armazenado no computador.
Então qual a diferença entre Bit e Byte?
Para representar um conjunto completo de caracteres e algumas teclas de comando, como o
Enter e o Esc, são necessários um conjunto de 256 caracteres. Ou seja, para representar todas as
letras (a,b,c,d…), números (1,2,3,4…), símbolos (%,¨,*,$…) e teclas de comando (Esc, Enter…)
essenciais, é necessário um espaço para 256 caracteres.
Como representar através de 2 dígitos cada um dos 256 caracteres?
Para que com apenas 2 dígitos consigamos representar unicamente um caractere, precisamos de
no mínimo 8 dígitos combinados. Sendo assim, um Byte possui 8 Bits.
A partir do Byte, a unidade de medida muda a cada 1.024 vezes. Veja a tabela a seguir:
16
17
● Software
O termo software indica a parte lógica de um computador, os programas. Podemos dividir os
Softwares em:
Básico: Sistema Operacional
Windows, Linux, Unix, etc.
Aplicativos: são os programas instalados no computador, exceto o sistema operacional, e
possuem função específica.
Editores de Texto (Ex.: Word, WordPad, Bloco de Notas, Writer, etc.)
Planilhas Eletrônicas ou Planilhas de Cálculo (Ex.: Excel, Calc, Lotus, etc)
17
18
Editores Gráficos (CorelDraw, Photoshop, etc)
Utilitários: são programas utilizados para suprir deficiências do sistema operacional. O programa
utilitário contrasta com o programa de aplicação, pois, ao invés de prover funcionalidades para o
usuário, ele normalmente
está relacionado ao modo de funcionamento de uma infraestrutura computacional.
Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados (Ex.: Access, MySQL, etc)
Antivírus (Ex.: Norton Antivírus, AVG, McAffee, Panda, Avira, etc)
Linguagem de Programação: é um método padronizado para expressar instruções para um
computador. É uma linguagem que permite que um programador especifique precisamente
sobre quais dados um computador vai atuar, como estes dados serão armazenados ou
transmitidos e quais ações devem ser tomadas sob várias circunstâncias.
Visual Basic, Delphi, C, C++, Pascal, etc.
● Sistema Operacional
O sistema operacional é o programa que controla e coordena todas
as operações básicas do seu computador, além de fornecer a
interface entre a máquina e o usuário.
O computador precisa ter um Sistema Operacional para poder ser
utilizado.
Somente após sua instalação é que os demais softwares são instalados.
18
19
● Arquivo
É um conjunto de caracteres relacionados entre si, que ficam armazenados em um dispositivo
(disco ou mídia, por exemplo), representando um software (programa) ou um documento (dados
do usuário, como texto, imagem, vídeo, etc) e podem ter extensões e tamanhos diferentes.
Portanto, tudo no computador é armazenado sob a forma de Arquivo, sejam programas, textos,
imagens, planilhas, músicas, vídeos, etc.
Os nomes dos Arquivos são divididos em duas partes:
Antes do ponto: quem cria o Arquivo lhe dá um nome, que aparece antes do ponto. Essa parte do
nome pode ser renomeada a qualquer momento.
Depois do ponto: define o seu formato. Ou seja, informa ao sistema operacional qual programa
gerou e irá abrir aquele Arquivo. Essa informação pode ser chamada de tipo ou extensão.
Exemplo: receita.doc; tabela de carros.xls; álbum de família.ppt; explorer.exe; control.ini; dentre
outros.
● Pasta
É o local onde guardamos e organizamos os arquivos. As Pastas são como “gavetas” no HD, é um
modo de armazenamento fornecido pelo Windows Explorer. Uma Pasta pode conter Arquivos e
outras Pastas dentro dela e o usuário pode manipulá-las.
19
20
● VÍRUS ELETRÔNICO DE COMPUTADOR
Um vírus eletrônico é um programa ou fragmento de programa
que se instala no computador, sem que o usuário perceba. Em
geral, atuam apagando o conteúdo dos discos, misturando
Arquivos e enviando e-mails para os contatos do usuário.
As formas de "contágio" mais comum são a execução de programas piratas, principalmente
jogos, e a abertura de Arquivos anexados ao email.
Para detectar e eliminar os vírus utilizamos um software chamado Antivírus (Norton, AVG,
McAffee, Panda, Avira, etc). Para evitar os vírus e manter sua máquina protegida, mantenha seu
antivírus atualizado.
Dicas:
Não utilize programas piratas (que são ilegais);
Sempre que for instalar um programa novo, pesquise antes a existência de vírus para poder
removê-lo, se for o caso;
Faça sempre cópias de segurança (backup) de seus Arquivos para ter como recuperá-los em caso
de ataque de vírus ou de danos ao disco;
Controle seu sistema quanto ao uso por pessoas estranhas ou não autorizadas;
20
21
Sempre verifique seu sistema logo após terem sido efetuadas apresentações de novos softwares,
ou após um intervenção de alguma assistência técnica;
Muito cuidado ao abrir Arquivos anexos aos e-mails. Quando o remetente for desconhecido, evite
abrir o email.
Internet.
Noções básicas sobre Internet
O que é a Internet?
A Internet é uma gigantesca rede mundial de computadores, que inclui desde grandes
computadores até micros de pequeno porte, como Pcs, Notebooks e Celulares. Esses
equipamentos são interligados por meio de linhas comuns de telefone (modem), linhas de
comunicação privada, cabos submarinos, cabos ópticos, canais de satélite e diversos outros
meios de telecomunicação. Os computadores que compõem a Internet podem estar localizados,
por exemplo, em universidades, empresas, cooperativas, prefeituras, e nas próprias residências.
A Internet funciona como uma rodovia pela qual a informação contida em textos, som e imagem
pode trafegar em alta velocidade entre qualquer computador conectado a essa rede. E por essa
razão que a Internet é muitas vezes chamada da "super rodovia da informação".
Por que a Internet é importante?
A Internet é considerada por muitos como um dos mais importantes e revolucionários
desenvolvimentos da história da humanidade. Pela primeira vez no mundo um cidadão comum
ou uma pequena empresa pode não só ter acesso a informações localizadas nos mais distantes
pontos do globo como também - e é isso que torna a coisa revolucionária - criar, gerenciar e
distribuir informações em larga escala. Essa perspectiva abre um enorme mercado para
profissionais e empresas interessados em oferecer serviços de informação específicos.
Quem controla a Internet?
A Internet surpreendentemente não é controlada de forma central por nenhuma pessoa ou
organização. Não há, por exemplo, um presidente ou um escritório central da Internet no mundo.
A organização do sistema é desenvolvida a partir dos administradores das redes que a compõe e
21
22
dos próprios usuários.
Formas de conexão à internet
Basicamente existem três formas de acesso à internet:
Acesso discado: Acesso através da linha telefônica convencional, produzindo uma velocidade de
acesso muito baixa e um custo elevado.
Acesso banda larga (ADSL): Acesso por meio de modernos equipamentos (modens) utilizando o
cabo do telefone e não a linha em si, isto proporciona uma velocidade de acesso muito boa e um
custo baixo.
Acesso por Rede Privada ou Corporativa: Acesso realizado por meio de uma rede já existente
(intranet).
Alguns dos recursos da Internet
Se sob o ponto de vista físico a Internet é uma conexão entre redes, para o usuário ela aparece
como um grupo de serviços disponíveis para a troca de informações entre computadores ou
indivíduos conectados à Internet. Resumidamente são os seguintes:
● WWW: A World Wide Web é um conjunto de documentos espalhados pela Internet. Existem muitos
navegadores de diversos fabricantes à disposição, distribuídos gratuitamente pela Internet. Através da
WWW o usuário tem acesso a uma imensa quantidade de informações, espalhadas por toda a Internet, de
forma prática e amigável.
● Correio Eletrônico: correio eletrônico é um dos serviços mais elementares e mais importantes
disponíveis na Internet. Basicamente, o correio eletrônico é a troca de mensagens que o usuário da
Internet pode mandar para outro usuário.
● FTP: File Transfer Protocol. É o protocolo utilizado para a transferência de arquivos entre duas
máquinas ligadas à Internet.
● Listas: São comumente usadas como meio de comunicação entre pessoas interessas em discutir
assuntos específicos através do correio eletrônico
22
23
Browser (navegadores de www)
Um browser ou navegador, é um programa que permite usuários interagirem com documentos
virtuais conhecidos como páginas da web. “Mozilla Firefox”, “Google Chrome” e “Internet
Explorer” são exemplos de navegadores.
23
24
Como pesquisar na Internet?
A internet possui uma infinidade de sites dos mais variados assuntos e finalidades, nesse
sentido, uma simples busca acaba sendo um grande “desafio”. Desafio no sentido de
encontrar o que deseja entre milhares de opções e ainda em um tempo razoável de busca.
Para minimizar esse “desafio” existem técnicas e sites especializados na procura de conteúdo
na internet de maneira eficaz e rápida.
Onde procurar?
O Internet Explorer possui um recurso muito interessante e útil, para a busca de
palavras-chave. Entretanto, a procura junto a sites de busca propriamente ditos em suas
devidas páginas é mais eficiente.
Principais sites de pesquisa na Internet.
Como as páginas na internet se modificam muito rapidamente e a cada dia surgem novos
sites, determinar quais são os melhores sites de busca torna-se uma tarefa muito difícil.
Entretanto, alguns sites de busca se destacam dos demais, seja pela rapidez, pelos resultados
retornados na procura, ou quanto à tradição conquistada ao longo de anos. Nesse sentido, na
tabela abaixo é apresentada uma pequena lista de alguns sites de procura.
Site Tipo de busca
Google
(http://www.google.com.br)
O melhor site de busca na atualidade, faz
procura por praticamente qualquer tipo de
assunto, procura também imagens e vídeos.
24
25
Yahoo
(http://www.yahoo.com.br/)
Site voltado a buscas diversas, procura também
imagens e vídeos.
Cadê
(http://www.cade.com.br/)
Site voltado a buscas diversas, mas muito bom
para pesquisas escolares.
Altavista
(http://www.altavista.com)
Site fora do Brasil, voltado a buscas diversas.
Buscapé
(http://www.buscape.com.br/)
Site voltado a busca de produtos na internet,
onde pode-se realizar compras.
Mercado Livre
(http://www.mercadolivre.com
.br)
Site voltado a busca de produtos na internet,
onde pode-se realizar compras.
Submarino
(http://www.submarino.com.br
)
Site voltado a busca de produtos na internet,
onde pode-se realizar compras.
Superdownloads
(http://superdownloads.com.br
)
Site voltado a busca de softwares na internet,
onde pode-se fazer os downloads dos mesmos.
Pode-se encontrar desde softwares gratuitos até
os mais renomados softwares pagos.
Baixa Aqui
(http://www.baixaki.com.br/)
Site voltado a busca de softwares na internet.
Telelistas
(http://www.telelistas.net)
Site de busca de telefone de empresas,
profissionais e pessoas de todo o Brasil.
Uol
(http://www.uol.com.br)
Site de noticias.
25
26
Site Tipo de busca
Globo Site de noticias.
(http://www.globo.com.br)
Terra Site de noticias.
(http://www.terra.com.br)
Como procurar?
Cada site de busca na internet tem um campo (caixa) apropriada para a digitação do que se
deseja procurar e alguns sites também se pode escolher o tipo de busca a ser realizada (sites,
imagens, vídeos etc.).
Para a procura na Internet, utilize palavras que exprimam sentido geral do assunto a ser
procurado.
Para procurar na Internet é preciso saber algumas regras que são básicas para que haja
sucesso em suas buscas e que sejam objetivas.
Caso queira procurar por uma palavra-chave simples como Futebol , não há nada mais a fazer
além de digitar a palavra e mandar procurar.
Caso queira procurar por palavras-chaves
compostas a procura se torna diferente pois faz-se
necessário o uso de aspas nos extremos da palavra
tal como matemática financeira. A palavra
matemática financeira por ser uma palavra- chave
composta deverá estar entre “ ”. Pois dessa forma o
site de busca irá procurar pela palavra matemática
financeira e não mais que isso.
Exemplo: “matemática financeira”, “Imposto de
renda”, “Guarda-chuva” etc.
Caso você tenha procurado por matemática financeira sem a utilização das “ ”, o site de busca
irá procurar por matemática e financeira tornando assim uma procura por assuntos
diferentes, devido à falta das aspas.
OBS.: Portanto preste atenção quando for efetuar a sua procura.
26
27
● Como criar um Gmail
Passo 1: acesse o site gmail.com e clique em "Criar conta" para começar a criar seu e-mail.
Passo 2: insira informações como seu nome completo, nome de usuário (que será o seu
endereço de email) e uma senha válida (com oito ou mais caracteres e uma combinação de
letras, números e símbolos).
27
28
Passo 3: agora, insira um número de telefone e um email para a recuperação de sua conta. Vale
lembrar que os dados para recuperação são opcionais, mas podem ajudar bastante caso você
esqueça a sua senha. Em seguida, informe sua data de nascimento e seu gênero.
Passo 4: leia os termos de serviço do Gmail e clique em "Concordo" para prosseguir com a
criação de seu email.
Passo 5: pronto! Sua conta de email no Gmail já foi criada com sucesso. Agora você já pode
escolher um layout para sua caixa de entrada.
28
29
Passo 6: feito isso, você já pode começar a receber emails e usar a sua conta para outros
serviços do Google. Não se esqueça de abrir o email enviado pela equipe do Gmail para
concluir suas configurações.
29
30
Como criar um email no Outlook
Já, caso o site escolhido por você seja o Outlook, siga os passos abaixo:
Passo 1: acesse o site do Outlook e clique em "Criar conta gratuita".
Passo 2: insira seu nome de usuário e clique em "Próximo".
30
31
Passo 3: crie uma senha válida e segura. Depois, selecione ou não a opção de receber dicas do
Outlook. Em seguida, clique em "Próximo novamente".
Passo 4: insira seu nome e sobrenome.
Passo 5: agora, informe sua região e data de nascimento para prosseguir com a criação do
email.
31
32
Passo 6: por fim, insira as letras contidas no captcha para confirmar que o email não será
utilizado para envio de spam.
Passo 7: assim que concluir a etapa anterior, você será redirecionado à caixa de entrada de sua
conta de email Outlook. Agora você já pode enviar, receber e responder emails.
32
33
Agora você já está pronto para utilizar seu email para enviar mensagens e compartilhar
arquivos em ambiente profissional ou pessoal.
33
34
.
Softwares Office.
Sempre verifique seu sistema logo após terem sido efetuadas apresentações de novos softwares,
ou após um intervenção de alguma assistência técnica;
● WORD
Clique o botão de início Botão Iniciar do Windows ou pressione a tecla Windows no
teclado para exibir o menu Iniciar .
Na lista de aplicativos, localize o Word e clique nele. Aparece a tela de inicialização e
inicia o Word.
34
35
Dica: Na primeira vez que iniciar o Word, o Contrato de licença de Software do Microsoft
podem aparecer.
Para sair do Word, clique no botão de x Fechar no canto superior direito da tela.
Se você tiver feito alterações desde a última gravação do documento, uma caixa de mensagem
foi exibida perguntando se você deseja salvar as alterações. Para salvar as alterações, clique em
Sim. Para sair sem salvar as alterações, clique em não. Se você clicar no botão x por engano,
clique em Cancelar.
● Interface de usuário.
35
36
Barra de título 1: exibe o nome do arquivo do documento que está sendo editado e o nome do
software que você está usando. Ele também inclui minimizar padrão, restauração, botões e
fechar.
Ferramentas de acesso rápido 2: comandos que costumam ser usados, como Salvar, Desfazer, e
Refazer estão localizados aqui. No final da barra de ferramentas de acesso rápido é um menu
suspenso onde você pode adicionar outros comumente usados ou necessários comumente
comandos.
Guia de arquivo de 3 : clique neste botão para localizar comandos que atuam no documento, em
vez do conteúdo do documento, como o novo, Abrir, Salvar como, Imprimir e Fechar.
A faixa de opções de 4: comandos necessários para o seu trabalho estão localizados aqui. A
aparência da faixa de opções será alterada dependendo do tamanho do seu monitor. O Word irá
compactar a faixa de opções alterando a organização dos controles para acomodar monitores
menores.
Janela de editar 5: mostra o conteúdo do documento que você está editando.
Barra de rolagem de 6: permite a você alterar a posição de exibição do documento que você está
editando.
Barra de status de 7: exibe informações sobre o documento que você está editando.
Controle de slide de zoom de 8 : permite que você alterar as configurações de zoom do
documento que você está editando.
● Salvando um documento
No Word, você deve salvar seu documento para que você pode sair do programa sem perder seu
trabalho. Quando você salva o documento, ele é armazenado como um arquivo no seu
computador ou em um local de rede. Posteriormente, você pode abrir o arquivo, alterá-lo e
imprimi-lo.
Para salvar um documento, faça o seguinte:
36
37
Clique no botão Salvar na barra de ferramentas de acesso rápido. A janela Salvar como é
exibida.
Escolha um local onde você deseja salvar o documento e insira um nome de arquivo na
caixa nome do arquivo. Para alterar o nome do arquivo, digite um novo nome de arquivo.
Clique em Salvar.
Você pode abrir um documento do Word para continuar seu trabalho. Para abrir um documento,
faça o seguinte:
Abra o Explorador de arquivos e clique em documentos. Uma lista dos documentos é
exibida.
Se o documento que você deseja trabalhar estiver na lista, clique no nome do arquivo
para abrir o documento. Se o documento não estiver na lista, navegue até o local onde você
armazena o arquivo e clique duas vezes no arquivo. Aparece a tela de inicialização do Word e, em
seguida, o documento é exibido.
Dica: Você também pode abrir um documento a partir do Word clicando na guia arquivo e, em
seguida, clicando em Abrir. Para abrir um documento que salvo recentemente, clique em
recentes.
● Formatação de texto
Antes de editar ou formatar texto, você deve primeiro selecionar o texto. Siga as etapas abaixo
para selecionar o texto.
37
38
1. Coloque o cursor no início do texto que você gostaria de editar ou formatar e, em seguida,
pressione o botão esquerdo do mouse.
2. Ao manter pressionado o botão esquerdo do mouse, movê-la para a direita (chamada de
"arrastar") para selecionar o texto. Uma cor de plano de fundo é adicionada no local do
texto selecionado para indicar que o intervalo de seleção.
Você pode encontrar a maioria das ferramentas de formatação de texto clicando na guia página
inicial e, em seguida, escolhendo no grupo fonte.
1 esta é a guia página inicial.
2 este é o grupo fonte na guia página inicial.
3 este é o botão negrito. Consulte a tabela abaixo para os nomes e funções de todos os
botões no grupo fonte.
Botão Nome Função
Fonte Altera a fonte.
Tamanho da fonte Altera o tamanho do texto.
Aumentar fonte Aumenta o tamanho do texto.
38
39
Diminuir fonte Diminui o tamanho do texto.
Maiúsculas e Minúsculas Altere todo o texto selecionado para maiusculas,
minúsculas ou maiusculas outras comuns.
Imagem do Botão Limpa todas a formatação do texto selecionado,
deixando somente o texto sem formatação.
Negrito Faz com que o texto selecionado em negrito.
Itálico Coloca em itálico o texto selecionado.
Sublinhado Desenha uma linha sob o texto selecionado.
Clique na seta suspensa para selecionar o tipo de
sublinhado.
Tachado Desenha uma linha no meio do texto selecionado.
Subscrito Cria caracteres subscritos.
Sobrescrito Cria caracteres sobrescritos.
Efeitos de Texto Aplica um efeito visual ao texto selecionado,
como sombra, brilho ou reflexo.
Mostra o link para configurações
de acesso POP ou IMAP
Faz com que o texto pareça que ele foi marcado
com uma caneta marca-texto.
Cor da Fonte Altera a cor do texto.
● Estilos
Estilos permitem formatar rapidamente os principais elementos em seu documento, como
títulos, títulos e legendas. Siga as etapas abaixo para aplicar estilos ao texto no seu documento.
39
40
1. Realce o texto que você deseja alterar.
2. Na guia início no grupo estilos, pause o ponteiro sobre qualquer estilo para ver uma
visualização ao vivo diretamente no seu documento. Para ver a lista completa de estilos,
clique na seta mais para abrir o painel de estilos.
3. Para aplicar o estilo que é mais apropriado para o seu texto, basta clicar nele.
Quando terminar de aplicar estilos para os elementos individuais, o Word permite que você use
um estilo definido para alterar a aparência de todo o documento ao mesmo tempo.
1. Na guia Design, no grupo Formatação do documento, escolha um dos conjuntos de estilo
predefinido, como básica ou Casual. Pause o ponteiro sobre qualquer estilo definido para
ver uma visualização ao vivo diretamente no seu documento. Para ver mais conjuntos de
estilos predefinidos, clique na seta para baixo no lado direito do grupo de Formatação do
documento.
2. Para aplicar o conjunto de estilos que é mais apropriado para o seu texto, basta clicar
nele.
Com o Word, você pode alterar facilmente o espaçamento entre linhas e parágrafos em seu
documento.
1. Na guia Design, clique em Espaçamento entre parágrafos para ver uma lista suspensa de
opções de espaçamento de parágrafo. Pause o ponteiro sobre qualquer estilo de
espaçamento de parágrafo para ver uma visualização ao vivo diretamente no seu
documento.
2. Quando você encontrar a aparência desejada, clique nele.
Dica: Para definir seu próprio espaçamento de parágrafo, escolha o espaçamento de parágrafo
personalizado.
● Imprimir
É fácil visualizar qual será a aparência do layout do seu documento quando impresso sem
realmente imprimir.
40
41
1. Clique na guia Arquivo.
2. Clique em Imprimir para ver uma visualização do seu documento.
3. Examine as configurações para quaisquer propriedades que deseja alterar.
4. Quando as propriedades de sua impressora e documento apareçam da maneira que você
deseja que eles, clique em Imprimir.
5.
● PowePoint
Escolha um tema
Ao abrir o PowerPoint, você verá alguns modelos e temas internos. Um tema é um design de slide
que contém correspondências de cores, fontes e efeitos especiais como sombras, reflexos, dentre
outros recursos.
1. Na guia Arquivos da Faixa de opções, selecione Novoe, em seguida, escolha um tema.
PowerPoint exibe uma visualização do tema, com quatro variações de cor para escolher
no lado direito.
2. Clique em Criar ou selecione uma variação de cor e clique em Criar.
41
42
Leia mais em: Usar ou criar temas no PowerPoint
Inserir um novo slide
● Na guia Página Inicial, clique na metade inferior do Novo Slide e escolha um layout de
slide.
Leia mais em: Adicionar, reorganizar e excluir slides.
Salvar a sua apresentação
1. Na guia Arquivo, escolha Salvar.
42
43
2. Selecionar ou navegar até uma pasta.
3. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para a apresentação e escolha Salvar.
Observação: Se você salvar arquivos com frequência em uma determinada pasta, você pode
‘fixar’ o caminho para que ele fique sempre disponível (conforme mostrado abaixo).
Dica: Salve o trabalho à medida que o fizer. Pressione Ctrl+S com frequência.
Leia mais em: Salvar o arquivo da apresentação
Adicionar texto
Selecione um espaço reservado para texto e comece a digitar.
43
44
Formatar seu texto
1. Selecione o texto.
2. Em Ferramentas de desenho, escolha Formatar.
3. Siga um destes procedimentos:
○ Para alterar a cor de seu texto, escolha Preenchimento de Texto e escolha uma cor.
○ Para alterar a cor do contorno de seu texto, escolha o contorno do texto e, em
seguida, escolha uma cor.
44
45
○ Para aplicar uma sombra, reflexo, brilho, bisel, rotação 3D, uma transformação,
escolha Efeitos de Texto e, em seguida, escolha o efeito desejado.
Adicionar imagens
Na guia Inserir, siga um destes procedimentos:
● Para inserir uma imagem que está salva em sua unidade local ou em um servidor interno,
escolha Imagens, procure a imagem e escolha Inserir.
● Para inserir uma imagem da Web, clique em Imagens Online e use a caixa de pesquisa
para localizar uma imagem.
Escolha uma imagem e clique em Inserir.
Adicionar formas
Você pode adicionar formas para ilustrar o slide.
1. Na guia Inserir, selecione Formas e em seguida, selecione uma forma no menu que
aparece.
45
46
2. Na área do slide, clique e arraste para desenhar a forma.
3. Selecione a guia Formatar ou Formato da forma na faixa de opções. Abra a galeria Estilos
de forma para adicionar rapidamente uma cor e estilo (incluindo sombreamento) à forma
selecionada.
Adicionar anotações do orador
Os slides ficam melhores quando você não insere informações em excesso. Você pode colocar
fatos úteis e anotações nas anotações do orador e consultá-los durante a apresentação.
1. Para abrir o painel de anotações, na parte inferior da janela, clique em Anotações
.
2. Clique no painel de Anotações abaixo do slide e comece a digitar suas anotações.
46
47
Fazer sua apresentação
Na guia Apresentação de Slides, siga um destes procedimentos:
● Para iniciar a apresentação no primeiro slide, no grupo Iniciar Apresentação de Slides,
clique em Do Começo.
47
48
● Se você não estiver no primeiro slide e desejar começar do ponto onde está, clique em Do
Slide Atual.
● Se você precisar fazer uma apresentação para pessoas que não estão no local onde você
está, clique em Apresentar Online para configurar uma apresentação pela Web e escolher
uma das seguintes opções:
○ Transmitir sua apresentação online do PowerPoint para um público remoto
○ Exibir suas anotações do orador durante a apresentação de slides.
Sair da exibição Apresentação de Slides
Para sair da exibição de apresentação de Slides a qualquer momento, pressione a tecla Esc do
teclado.
Dicas para criar uma apresentação eficiente
Considere as dicas a seguir para manter seu público interessado.
Minimize o número de slides
Para manter uma mensagem clara e manter o seu público atento e interessado, mantenha um
número mínimo de slides em sua apresentação.
Escolha um tamanho de fonte adequado para o público
O público deve conseguir ler seus slides de um pouco longe. Geralmente, uma fonte menor que
30 pode ser muito difícil para o público enxergar.
Mantenha o texto do slide simples
Você quer que seu público ouça suas informações, em vez de ler a tela. Use marcadores ou frases
curtas e tente manter cada item em uma linha.
Alguns projetos cortam as bordas dos slides, então frases longas podem não ser exibidas.
Use elementos visuais para ajudar a externar sua mensagem
48
49
Imagens, gráficos e elementos gráficos SmartArt oferecem indicações visuais para o seu público
se lembrar. Adicione uma arte significativa para complementar o texto e as mensagens nos seus
slides.
Já com o texto, evite incluir muitos recursos visuais em seu slide.
Crie etiquetas aos gráficos e elementos gráficos
Use somente o texto suficiente para criar elementos de etiquetas em um gráfico compreensível.
Escolha planos de fundo de slide sutis e consistentes
Escolha modelo ou tema agradável e consistente que não seja muito chamativo. Você não quer
que o plano de fundo ou design desvie a atenção da sua mensagem.
No entanto, você também quer oferecer um contraste entre a cor do plano de fundo e a cor do
texto. Os temas integrados no PowerPoint definem o contraste entre um plano de fundo claro
com texto escuro ou plano de fundo escuro com texto claro.
Para obter mais informações sobre como usar temas, confira Aplicar um tema para adicionar cor
e estilo à sua apresentação.
Verifique a ortografia e a gramática
Para obter e manter o respeito do seu público, sempre verifique a ortografia e a gramática da sua
apresentação
● Excel
O Excel é uma ferramenta incrivelmente poderosa para tornar significativa uma vasta
quantidade de dados. Mas ele também funciona muito bem para cálculos simples e para rastrear
de quase todos os tipos de informações. A chave para desbloquear todo esse potencial é a grade
de células. As células podem conter números, texto ou fórmulas. Você insere dados nas células e
as agrupa em linhas e colunas. Isso permite que você adicione seus dados, classifique-os e
filtre-os, insira-os em tabelas e crie gráficos incríveis. Vejamos as etapas básicas para você
começar.
49
50
Os documentos do Excel são chamados de pastas de trabalho. Cada pasta de trabalho contém
folhas que, normalmente, são chamadas de planilhas. Você pode adicionar quantas planilhas
desejar a uma pasta de trabalho ou pode criar novas pastas de trabalho para guardar seus dados
separadamente.
1. Clique em Arquivo e em Novo.
2. Em Novo, que em Pasta de trabalho em branco
3. Clique em um célula vazia.
Por exemplo, a célula A1 em uma nova planilha. As células são referenciadas por sua
localização na linha e na coluna da planilha, portanto, a célula A1 fica na primeira linha da
coluna A.
4. Inserir texto ou números na célula.
5. Pressione Enter ou Tab para se mover para a célula seguinte.
Aplicar bordas de célula
1. Selecione a célula ou o intervalo de células ao qual você deseja adicionar uma borda.
2. Na guia página inicial , no grupo fonte, clique na seta ao lado de bordas e, em seguida,
clique no estilo de borda desejado.
50
51
Aplicar sombreamento de célula
1. Selecione a célula ou o intervalo de células ao qual você deseja aplicar o sombreamento
de célula.
2. Na guia página inicial , no grupo fonte , escolha a seta ao lado de cor de preenchimento
e, em cores do tema ou cores padrão, selecione a cor desejada.
Ao inserir números em sua planilha, talvez deseje somá-los. Um modo rápido de fazer isso é usar
o AutoSoma.
1. Selecione a célula à direita ou abaixo dos números que você deseja adicionar.
2. Clique na guia Página Inicial e, em seguida, clique em AutoSoma no grupo Edição.
A AutoSoma soma os números e mostra o resultado na célula selecionada.
Somar números é uma das coisas que você poderá fazer, mas o Excel também pode executar
outras operações matemáticas. Experimente algumas fórmulas simples para adicionar, subtrair,
multiplicar ou dividir seus valores.
1. Escolha uma célula e digite um sinal de igual (=).
51
52
Isso informa ao Excel que essa célula conterá uma fórmula.
2. Digite uma combinação de números e operadores de cálculos, como o sinal de mais (+)
para adição, o sinal de menos (-) para subtração, o asterisco (*) para multiplicação ou a
barra (/) para divisão.
Por exemplo, insira =2+4, =4-2, =2*4 ou =4/2.
3. Pressione Enter.
Isso executa o cálculo.
Você também pode pressionar Ctrl+Enter (se você deseja que o cursor permaneça na
célula ativa).
Aplicar um formato de número
Para distinguir entre os diferentes tipos de números, adicione um formato, como moeda,
porcentagens ou datas.
1. Selecione as células que contêm números que você deseja formatar.
2. Clique na guia Página Inicial e, em seguida, clique na seta na caixa Geral.
52
53
3. Selecione um formato de número
Um modo simples de acessar grande parte dos recursos do Excel é colocar os dados em uma
tabela. Isso permite que você filtre ou classifique rapidamente os dados.
1. Selecione os dados clicando na primeira célula e arrastar a última célula em seus dados.
Para usar o teclado, mantenha a tecla Shift pressionada ao mesmo tempo em que
pressiona as teclas de direção para selecionar os dados.
2. Clique no botão análise rápida no canto inferior direito da seleção.
53
54
3. Clique em Tabelas, mova o cursor para o botão Tabela para visualizar seus dados e, em
seguida, clique no botão Tabela.
4. Clique na seta no cabeçalho da tabela de uma coluna.
5. Para filtrar os dados, desmarque a caixa de seleção Selecionar tudo e, em seguida,
selecione os dados que você deseja mostrar na tabela.
54
55
6. Para classificar os dados, clique em Classificar de A a Z ou Classificar de Z a A.
55
56
7. Clique em OK.
A ferramenta análise rápida (disponível somente em Excel 2016 e Excel 2013 ) permite que você
faça o total dos seus números rapidamente. Se for uma soma, média ou contagem que você
deseja, o Excel mostra os resultados do cálculo logo abaixo ou ao lado dos números.
1. Selecione as células que contêm os números que você somar ou contar.
2. Clique no botão análise rápida no canto inferior direito da seleção.
3. Clique em Totais, mova o cursos entre os botões para ver os resultados dos cálculos dos
dados e clique no botão para aplicar os totais.
56
57
A formatação condicional ou minigráficos podem destacar os dados mais importantes ou mostrar
tendências de dados. Use a ferramenta análise rápida (disponível somente em Excel 2016 e Excel
2013 ) para uma visualização ao vivo experimentar.
1. Selecione os dados que você deseja examinar mais detalhadamente.
2. Clique no botão análise rápida no canto inferior direito da seleção.
3. Explore as opções nas guias Formatação e Minigráficos para ver como elas afetam os
dados.
Por exemplo, selecione uma escala de cores na galeria Formatação para diferenciar as
temperaturas alta, média e baixa.
4. Quando gostar da opção, clique nela.
57
58
A ferramenta análise rápida (disponível somente em Excel 2016 e Excel 2013 ) recomenda o
gráfico certo para os seus dados e oferece uma apresentação visual com apenas alguns cliques.
1. Selecione as células contendo os dados que você quer mostrar em um gráfico.
2. Clique no botão análise rápida no canto inferior direito da seleção.
3. Clique na guia Gráficos, mova entre os gráficos recomendados para ver qual tem a melhor
aparência para seus dados e clique no que desejar.
Observação: O Excel mostra diferentes gráficos nesta galeria, dependendo do que for
recomendado para seus dados.
Para classificar rapidamente seus dados
1. Selecione um intervalo de dados, como A1:L5 (várias linhas e colunas) ou C1:C80 (uma
única coluna). O intervalo pode incluir títulos que você criou para identificar colunas ou
linhas.
2. Selecione uma única célula na coluna que você deseja classificar.
3. Clique em para executar uma classificação crescente (a a Z ou do número menor para
o maior).
4. Clique em para executar uma classificação decrescente (Z a A ou do número maior
para o menor).
58
59
Para classificar por critérios específicos
1. Selecione uma única célula em qualquer lugar do intervalo que você deseja classificar.
2. Na guia dados , no grupo classificar & filtro , escolha classificar.
3. A caixa de diálogo Classificar é exibida.
4. Na lista Classificar por, selecione a primeira coluna que você deseja classificar.
5. Na lista Classificar em, selecione Valores, Cor da Célula, Cor da Fonte ou Ícone de Célula.
6. Na lista Ordem, selecione a ordem que deseja aplicar à operação de classificação:
crescente ou decrescente, alfabética ou numericamente (isto é, A a Z ou Z a A para texto
ou menor para maior ou maior para menor para números).
7. Selecione os dados que você deseja filtrar.
8. Na guia Dados, no grupo Classificar e Filtrar, clique em Filtrar.
9. Clique na seta no cabeçalho da coluna para exibir uma lista na qual você pode fazer
escolhas de filtro.
10. Para selecionar por valores, na lista, desmarque a caixa de seleção (Selecionar Tudo). Isso
remove as marcas de seleção de todas as caixas de seleção. Em seguida, selecione apenas
os valores que você deseja ver e clique em OK para ver os resultados.
11. Clique no botão Salvar na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido ou pressione Ctrl+S.
Se você salvou seu trabalho antes, está pronto.
59
60
12. Se esta for a primeira vez que você salva este arquivo:
a. Em Salvar Como, escolha onde salvar sua pasta de trabalho e navegue até uma
pasta.
b. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para a pasta de trabalho.
c. Clique em Salvar.
13. Clique em Arquivo e, em seguida, clique em Imprimir ou pressione Ctrl+P.
14. Visualize as páginas clicando nas setas Próxima Página e Página Anterior.
A janela de visualização exibe as páginas em preto e branco ou colorida, dependendo das
configurações de sua impressora.
Se você não gostar de como suas páginas serão impressas, você poderá mudar as
margens da página ou adicionar quebras de página.
15. Clique em Imprimir.
16. Na guia arquivo , escolha Opçõese, em seguida, escolha a categoria suplementos .
17. Próximo à parte inferior da caixa de diálogo Opções do Excel , verifique se a opção
suplementos do Excel está selecionada na caixa gerenciar e clique em ir.
18. Na caixa de diálogo suplementos , marque as caixas de seleção dos suplementos que você
deseja usar e clique em OK.
Se o Excel exibir uma mensagem afirmando que não pode executar este suplemento e
solicitar que você o instale, clique em Sim para instalar os suplementos.
O Excel permite que você aplique modelos internos, para aplicar seus próprios modelos
personalizados e para Pesquisar de vários modelos no Office.com. Office.com oferece uma ampla
seleção de modelos do Excel populares, incluindo orçamentos.
60
61
61

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estrutura e funcionamento de um sistema informático
Estrutura e funcionamento de um sistema informáticoEstrutura e funcionamento de um sistema informático
Estrutura e funcionamento de um sistema informático
Susana Oliveira
 
Componentes Do Computador
Componentes Do ComputadorComponentes Do Computador
Componentes Do Computador
Cidadania e Profissionalidade
 
Conceitos básicos de Hardware & Software-Dayse Santos e Natalia Florencio
Conceitos básicos de Hardware & Software-Dayse Santos e Natalia FlorencioConceitos básicos de Hardware & Software-Dayse Santos e Natalia Florencio
Conceitos básicos de Hardware & Software-Dayse Santos e Natalia Florencio
Dayse Santos
 
Introdução a Microinformática
Introdução a MicroinformáticaIntrodução a Microinformática
Introdução a Microinformática
Faustinho006br
 
Evolução, hardware e software isaias
Evolução, hardware e software isaiasEvolução, hardware e software isaias
Evolução, hardware e software isaias
Isaias_Bass
 
Itic estrutura do sistema informático
Itic estrutura do sistema informáticoItic estrutura do sistema informático
Itic estrutura do sistema informático
Katy Castanho
 
Sistema Informático
Sistema InformáticoSistema Informático
Sistema Informático
crbmonteiro
 
Aula 02 introdução a computação - hardware e software
Aula 02  introdução a computação - hardware e softwareAula 02  introdução a computação - hardware e software
Aula 02 introdução a computação - hardware e software
Everton Rodrigues
 
Módulo 1 - Hardware e Software
Módulo 1 - Hardware e SoftwareMódulo 1 - Hardware e Software
Módulo 1 - Hardware e Software
Paulo Guimarães
 
Trabalho hardware
Trabalho hardwareTrabalho hardware
Trabalho hardware
zeneto gomescamargos
 
Informática - Aula 1
Informática - Aula 1Informática - Aula 1
Informática - Aula 1
IBEST ESCOLA
 
Estrutura e funcionamento de um sistema informático.
Estrutura e funcionamento de um sistema informático.Estrutura e funcionamento de um sistema informático.
Estrutura e funcionamento de um sistema informático.
Andreia Gonçalves
 
Trabalho De Hardware
Trabalho De HardwareTrabalho De Hardware
Trabalho De Hardware
Natércia Dias
 
Evolução, Hardware e Software
Evolução, Hardware e SoftwareEvolução, Hardware e Software
Evolução, Hardware e Software
TntNitro
 
Hardware e software
Hardware e softwareHardware e software
Hardware e software
Gilson Deretti
 
Informatica aplicada
Informatica aplicadaInformatica aplicada
Informatica aplicada
Cycyro Soares
 
Componentes de um computador
Componentes de um computadorComponentes de um computador
Componentes de um computador
David Simões
 
Os componentes do hardware do computador
Os componentes do hardware do computadorOs componentes do hardware do computador
Os componentes do hardware do computador
guest1a77ff
 
Aula 2 hardware e software
Aula 2  hardware e softwareAula 2  hardware e software
Aula 2 hardware e software
brito sambo
 
IPD - Introdução ao processamento de Dados
IPD - Introdução ao processamento de DadosIPD - Introdução ao processamento de Dados
IPD - Introdução ao processamento de Dados
camposdesign
 

Mais procurados (20)

Estrutura e funcionamento de um sistema informático
Estrutura e funcionamento de um sistema informáticoEstrutura e funcionamento de um sistema informático
Estrutura e funcionamento de um sistema informático
 
Componentes Do Computador
Componentes Do ComputadorComponentes Do Computador
Componentes Do Computador
 
Conceitos básicos de Hardware & Software-Dayse Santos e Natalia Florencio
Conceitos básicos de Hardware & Software-Dayse Santos e Natalia FlorencioConceitos básicos de Hardware & Software-Dayse Santos e Natalia Florencio
Conceitos básicos de Hardware & Software-Dayse Santos e Natalia Florencio
 
Introdução a Microinformática
Introdução a MicroinformáticaIntrodução a Microinformática
Introdução a Microinformática
 
Evolução, hardware e software isaias
Evolução, hardware e software isaiasEvolução, hardware e software isaias
Evolução, hardware e software isaias
 
Itic estrutura do sistema informático
Itic estrutura do sistema informáticoItic estrutura do sistema informático
Itic estrutura do sistema informático
 
Sistema Informático
Sistema InformáticoSistema Informático
Sistema Informático
 
Aula 02 introdução a computação - hardware e software
Aula 02  introdução a computação - hardware e softwareAula 02  introdução a computação - hardware e software
Aula 02 introdução a computação - hardware e software
 
Módulo 1 - Hardware e Software
Módulo 1 - Hardware e SoftwareMódulo 1 - Hardware e Software
Módulo 1 - Hardware e Software
 
Trabalho hardware
Trabalho hardwareTrabalho hardware
Trabalho hardware
 
Informática - Aula 1
Informática - Aula 1Informática - Aula 1
Informática - Aula 1
 
Estrutura e funcionamento de um sistema informático.
Estrutura e funcionamento de um sistema informático.Estrutura e funcionamento de um sistema informático.
Estrutura e funcionamento de um sistema informático.
 
Trabalho De Hardware
Trabalho De HardwareTrabalho De Hardware
Trabalho De Hardware
 
Evolução, Hardware e Software
Evolução, Hardware e SoftwareEvolução, Hardware e Software
Evolução, Hardware e Software
 
Hardware e software
Hardware e softwareHardware e software
Hardware e software
 
Informatica aplicada
Informatica aplicadaInformatica aplicada
Informatica aplicada
 
Componentes de um computador
Componentes de um computadorComponentes de um computador
Componentes de um computador
 
Os componentes do hardware do computador
Os componentes do hardware do computadorOs componentes do hardware do computador
Os componentes do hardware do computador
 
Aula 2 hardware e software
Aula 2  hardware e softwareAula 2  hardware e software
Aula 2 hardware e software
 
IPD - Introdução ao processamento de Dados
IPD - Introdução ao processamento de DadosIPD - Introdução ao processamento de Dados
IPD - Introdução ao processamento de Dados
 

Semelhante a Guia de Estudo De Inclusão

Manual Informática Básica.pdf
Manual Informática Básica.pdfManual Informática Básica.pdf
Manual Informática Básica.pdf
jose312400
 
Apostila Informática Básica - Completa.pdf
Apostila Informática  Básica - Completa.pdfApostila Informática  Básica - Completa.pdf
Apostila Informática Básica - Completa.pdf
JonalvoAbsairLopesLo
 
CapíTulo 2 Hardware
CapíTulo 2   HardwareCapíTulo 2   Hardware
CapíTulo 2 Hardware
guest45c85f
 
HARDWARE curso tecnico de intoformaticaBÁSICO.pptx
HARDWARE curso tecnico de intoformaticaBÁSICO.pptxHARDWARE curso tecnico de intoformaticaBÁSICO.pptx
HARDWARE curso tecnico de intoformaticaBÁSICO.pptx
italoalves49
 
Harware e sofware
Harware e sofwareHarware e sofware
Harware e sofware
rui_ribeiro20
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
SOL RIBEIRO
 
Aula02- Informática Básica
Aula02- Informática BásicaAula02- Informática Básica
Aula02- Informática Básica
Jorge Ávila Miranda
 
3 introdução ao funcionamento de um sistema informático
3   introdução ao funcionamento de um sistema informático3   introdução ao funcionamento de um sistema informático
3 introdução ao funcionamento de um sistema informático
Lucky Fox
 
Construção do computador
Construção do computadorConstrução do computador
Construção do computador
Victor Martins
 
INTRODUÇÃO A HARDWARE E SOFTWARE (2).pptx.pptx
INTRODUÇÃO A HARDWARE  E  SOFTWARE (2).pptx.pptxINTRODUÇÃO A HARDWARE  E  SOFTWARE (2).pptx.pptx
INTRODUÇÃO A HARDWARE E SOFTWARE (2).pptx.pptx
lucas491697
 
2 visão geral do hardware
2 visão geral do hardware2 visão geral do hardware
2 visão geral do hardware
Sandra Minhós
 
3 info 2_hardware_apresentacao
3 info 2_hardware_apresentacao3 info 2_hardware_apresentacao
3 info 2_hardware_apresentacao
alforreca567
 
Aula 01 aplicativos informatizados para modelagem (tarde e noite)
Aula 01   aplicativos  informatizados para modelagem (tarde e noite)Aula 01   aplicativos  informatizados para modelagem (tarde e noite)
Aula 01 aplicativos informatizados para modelagem (tarde e noite)
Elisângela X. P. dos Santos
 
Tipos de computador hardwares - softwares
Tipos de computador   hardwares - softwaresTipos de computador   hardwares - softwares
Tipos de computador hardwares - softwares
jlv08
 
Montagem e configuração 4(1)
Montagem e configuração 4(1)Montagem e configuração 4(1)
Montagem e configuração 4(1)
Andre Santos
 
apostila_infor_basic_ WINDOWS.pdf
apostila_infor_basic_ WINDOWS.pdfapostila_infor_basic_ WINDOWS.pdf
apostila_infor_basic_ WINDOWS.pdf
MARCOS TARDELLY DE CASTRO
 
Apostila infor basic_16
Apostila infor basic_16Apostila infor basic_16
Apostila infor basic_16
Abelardo Solombe
 
Noções de hardware
Noções de hardwareNoções de hardware
Noções de hardware
Janice Ferreira Ferreira
 
1aulaintroduoainformtica 100929151413-phpapp01
1aulaintroduoainformtica 100929151413-phpapp011aulaintroduoainformtica 100929151413-phpapp01
1aulaintroduoainformtica 100929151413-phpapp01
Kisley Dawlen
 
1aulaintroduoainformtica-100929151413-phpapp01.pdf
1aulaintroduoainformtica-100929151413-phpapp01.pdf1aulaintroduoainformtica-100929151413-phpapp01.pdf
1aulaintroduoainformtica-100929151413-phpapp01.pdf
MaicksinhoTeclas
 

Semelhante a Guia de Estudo De Inclusão (20)

Manual Informática Básica.pdf
Manual Informática Básica.pdfManual Informática Básica.pdf
Manual Informática Básica.pdf
 
Apostila Informática Básica - Completa.pdf
Apostila Informática  Básica - Completa.pdfApostila Informática  Básica - Completa.pdf
Apostila Informática Básica - Completa.pdf
 
CapíTulo 2 Hardware
CapíTulo 2   HardwareCapíTulo 2   Hardware
CapíTulo 2 Hardware
 
HARDWARE curso tecnico de intoformaticaBÁSICO.pptx
HARDWARE curso tecnico de intoformaticaBÁSICO.pptxHARDWARE curso tecnico de intoformaticaBÁSICO.pptx
HARDWARE curso tecnico de intoformaticaBÁSICO.pptx
 
Harware e sofware
Harware e sofwareHarware e sofware
Harware e sofware
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Aula02- Informática Básica
Aula02- Informática BásicaAula02- Informática Básica
Aula02- Informática Básica
 
3 introdução ao funcionamento de um sistema informático
3   introdução ao funcionamento de um sistema informático3   introdução ao funcionamento de um sistema informático
3 introdução ao funcionamento de um sistema informático
 
Construção do computador
Construção do computadorConstrução do computador
Construção do computador
 
INTRODUÇÃO A HARDWARE E SOFTWARE (2).pptx.pptx
INTRODUÇÃO A HARDWARE  E  SOFTWARE (2).pptx.pptxINTRODUÇÃO A HARDWARE  E  SOFTWARE (2).pptx.pptx
INTRODUÇÃO A HARDWARE E SOFTWARE (2).pptx.pptx
 
2 visão geral do hardware
2 visão geral do hardware2 visão geral do hardware
2 visão geral do hardware
 
3 info 2_hardware_apresentacao
3 info 2_hardware_apresentacao3 info 2_hardware_apresentacao
3 info 2_hardware_apresentacao
 
Aula 01 aplicativos informatizados para modelagem (tarde e noite)
Aula 01   aplicativos  informatizados para modelagem (tarde e noite)Aula 01   aplicativos  informatizados para modelagem (tarde e noite)
Aula 01 aplicativos informatizados para modelagem (tarde e noite)
 
Tipos de computador hardwares - softwares
Tipos de computador   hardwares - softwaresTipos de computador   hardwares - softwares
Tipos de computador hardwares - softwares
 
Montagem e configuração 4(1)
Montagem e configuração 4(1)Montagem e configuração 4(1)
Montagem e configuração 4(1)
 
apostila_infor_basic_ WINDOWS.pdf
apostila_infor_basic_ WINDOWS.pdfapostila_infor_basic_ WINDOWS.pdf
apostila_infor_basic_ WINDOWS.pdf
 
Apostila infor basic_16
Apostila infor basic_16Apostila infor basic_16
Apostila infor basic_16
 
Noções de hardware
Noções de hardwareNoções de hardware
Noções de hardware
 
1aulaintroduoainformtica 100929151413-phpapp01
1aulaintroduoainformtica 100929151413-phpapp011aulaintroduoainformtica 100929151413-phpapp01
1aulaintroduoainformtica 100929151413-phpapp01
 
1aulaintroduoainformtica-100929151413-phpapp01.pdf
1aulaintroduoainformtica-100929151413-phpapp01.pdf1aulaintroduoainformtica-100929151413-phpapp01.pdf
1aulaintroduoainformtica-100929151413-phpapp01.pdf
 

Último

Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 

Último (20)

Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 

Guia de Estudo De Inclusão

  • 1. Guia De Estudo Para Inclusão Digital Informática e sociedade em parceria com a educação. Prof.Sergio Gurgel Guia de Inclusão Digital
  • 2. 1 1
  • 3. 2 Índice ● A importância da inclusão digital no mundo contemporâneo. ● Familiarizando-se com os equipamentos. ○ Hardware. ○ Dispositivos de Entrada. ○ Dispositivos de saída. ○ Unidades de Armazenamento. ○ Notebooks. ○ Unidades de Medidas. ○ Software. ○ Sistema Operacional. ○ Smartphones. ○ Vírus de computador. ● Internet. ○ O que é internet. ○ Importância da Internet. ○ Quem controla a internet. 2
  • 4. 3 ○ Formas de Conexão. ○ Alguns recursos. ○ Os endereços eletrônicos. ○ Pesquisando na internet. ○ E-mail. ● Softwares Office. ○ Principais sistemas office. ○ Texto. ○ Slide. ○ Planilha. 3
  • 5. 4 4
  • 6. 5 A importância da inclusão digital no mundo contemporâneo. A tecnologia nunca esteve tão em destaque na sociedade, com isso a inclusão digital é uma das metas a serem alcançadas no atual cenário brasileiro e desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do país. Proporcionando assim, um adentramento da população nos padrões necessários para o atual mercado de trabalho. Como professor de informática e cursos de qualificação profissional, vi a oportunidade de juntar nesse pequeno módulo, um compilado de informações, presentes em sua maioria em sites abertos na internet que podem ajudar no direcionamento do estudo e letramento em informática. (https://support.microsoft.com/pt-br/office) foi a principal fonte externa das informações aqui presentes. 5
  • 7. 6 Familiarizando-se com os equipamentos. ● O COMPUTADOR O computador tem como função a manipulação de informações, não importando o seu tipo. O computador é uma máquina que permite que o usuário faça cálculos matemáticos, pesquisas, trabalhos gerais e etc., utilizando programas específicos. O computador trabalha com duas partes distintas: HARDWARE = A PARTE FÍSICA DA MÁQUINA (AS PEÇAS) SOFTWARE = A PARTE LÓGICA DA MÁQUINA (OS PROGRAMAS) 6
  • 8. 7 ● Hardware Os Componentes Essenciais de um Computador Componente Essencial é aquele que não pode faltar na montagem de um computador, pois, sem ele, a máquina não funciona. Os principais componentes de um computador são: Placa mãe, Processador (CPU), Memória principal (RAM), Dispositivos de entrada, Dispositivos de saída. Existem outros componentes importantes para a conservação e boa aparência de um computador, porém, não são essenciais para seu funcionamento. Por exemplo, o gabinete é muito importante, pois é a estrutura onde são acoplados e fixados os demais componentes do PC, porém, podemos montar uma máquina e fazê-la funcionar fora de um gabinete. ● Placa mãe A placa mãe é a plataforma que permite as conexões físicas e elétricas, diretas e indiretas, de todos os dispositivos de um computador. Possuem determinadas controladoras integradas (como por exemplo, vídeo e som), que chamamos de controladoras on-board. Elas funcionam em sincronia com a capacidade do processador e da memória RAM (fazendo uso desta). Já determinadas controladoras podem ser adicionadas, pois são independentes, separadas da placa mãe. Essas, chamamos de controladoras off-board. 7
  • 9. 8 ● Processador O processador (UCP - Unidade Central de Processamento ou CPU - Central Processing Unit) é o responsável pelo processamento e tratamento de todos os dados que entram e saem do computador. O processador determina o modelo do microcomputador em uso e sua velocidade (clock) é medida em GigaHertz (GHz). ● Memória principal (RAM) A RAM é uma memória de acesso aleatório (do inglês Random Access Memory) que permite a leitura e a escrita de um dado, sendo utilizada como a memória primária em sistemas eletrônicos digitais. A RAM é um componente essencial em qualquer tipo de computador, pois é nela que são carregados os programas em execução e os respectivos dados ativos do usuário. Porém, a RAM é uma memória volátil, ou seja, os seus dados são perdidos quando o computador é desligado. Para evitar perdas de dados, é necessário salvá-los em uma memória secundária não volátil, como por exemplo, no disco rígido (HD). Os chips de memória são vendidos na forma de pentes e com capacidades variadas. A capacidade de uma memória é medida em Bytes e sua velocidade de funcionamento em Hz. Este valor está relacionado com a quantidade de pacotes de dados que podem ser transferidos durante um segundo. 8
  • 10. 9 Observação: Diferentemente da RAM, temos a Memória ROM (Read Only Memory ou Memória Somente de Leitura). A ROM é um tipo de memória que permite apenas a leitura, ou seja, as suas informações são gravadas pelo fabricante uma única vez e após isso não podem ser alteradas ou apagadas, somente são acessadas. São memórias cujo conteúdo é gravado permanentemente. A ROM armazena os códigos básicos de operação do equipamento, suas rotinas de inicialização e auto-teste que formam o sistema de saída de informações da máquina (o BIOS). ● Dispositivos de Entrada São os dispositivos que possibilitam a inserção de dados no computador. Por exemplo: ● Teclado (keyboard) O teclado possui quatro conjuntos de teclas: as alfanuméricas, e numéricas, as de movimentação / navegação e as de função. Quando uma tecla é pressionada, o teclado envia um código eletrônico ao processador que, por sua vez, interpreta e envia um sinal para outro periférico, mostrando na tela o caractere correspondente. ● Mouse O mouse é utilizado para ativar e apontar comandos na tela do computador. À medida que você movimenta o mouse sobre a mesa, o ponteiro repete o movimento no monitor de seu computador. 9
  • 11. 10 ● Scanner O scanner captura imagens, fotos ou desenhos, transferindo-os para a tela, onde podem ser trabalhados (editados) e depois impressos ou armazenados. ● Dispositivos de saída São os dispositivos que apresentam os resultados finais do processamento. Por exemplo: ● Monitor O monitor tem como função transmitir informação ao utilizador através da imagem, estimulando assim a nossa visão. Ou seja, ele possibilita ao usuário a visualização dos resultados e ações executadas na máquina. Os monitores são classificados de acordo com a tecnologia de amostragem de vídeo utilizada na formação da imagem. Antigamente o modelo mais utilizado era o CRT. Atualmente os modelos mais utilizados são o LCD, o Plasma e o LED. À superfície do monitor sobre a qual se projeta a imagem chamamos tela e sua qualidade é medida por PIXELS (ou pontos). Quanto maior for a densidade dos pixels (quanto menor a distância entre eles), mais precisa será a imagem. 10
  • 12. 11 ● Impressora O papel da impressora é imprimir no papel o resultado de um trabalho desenvolvido no computador (como textos, relatórios, gráficos). Para diferentes tipos de impressão existem diferentes modelos de impressoras: Matricial: é a mais simples do mercado, bem rápida, com qualidade de impressão regular, indicada para impressão de documento com várias vias (carbono). O seu sistema de impressão é por impacto de agulhas (9 ou 24) contra uma fita sobre um papel. O custo de impressão é baixo e sua velocidade é medida em CPS (Caracter Por Segundo). Jato de Tinta (Deskjet): funciona com borrifamento de jatos de tinta, formando minúsculos pontos sobre o papel. São silenciosas, relativamente lentas, coloridas ou não, e possuem uma ótima qualidade de impressão. Laser: produz cópias de alta qualidade, sendo colorida ou não, silenciosa com velocidade medida em PPM (Páginas Por Minuto). São muito difundidas, porém, possuem um custo elevado, tanto em equipamento quanto em seu material de consumo.··. ● Unidades de Armazenamento O disco rígido, também chamado de HD (derivação de HDD do inglês hard disk drive) ou winchester (termo em desuso), é uma memória secundária, não volátil, onde são armazenados “permanentemente” os dados em um computador. Ele nos permite acesso rápido e armazenamento de grande quantidade de informações. 11
  • 13. 12 Existem vários tipos de discos rígidos diferentes, como por exemplo, o IDE/ATA, ou Serial ATA e o SCSI, e sua capacidade é medida em Bytes. O HD, apesar de grande, é um periférico delicado, que não pode sofrer nenhum tipo de impacto para manter a integridade de seu disco. Porém, devido aos desgastes naturais durante o seu funcionamento, é inevitável que ocorra alguma avaria algum dia. Sendo assim, é importante prevenir-se quanto à perda das informações realizando periodicamente “Cópias de Segurança” dos Arquivos (o backup). Além do HD, existem outros dispositivos muito utilizados para armazenamento e para backup dos dados: CD-R - utilizado principalmente para gravar músicas ou dados. Permite ser gravado apenas uma única vez. CD-RW - também utilizado para gravar músicas ou dados. Porém, esta mídia, introduzida no mercado em 1997, é um disco óptico regravável, permitindo ser gravado várias vezes. DVD - foi criado no ano de 1995. Ele tem uma maior capacidade de armazenamento que o CD, devido a uma tecnologia óptica superior, além de padrões melhorados de compressão de dados. O DVD permite a gravação de dados, músicas e filmes. DVD-RW – assim como o DVD, também é utilizado para gravar dados, músicas e filmes. Porém, esta mídia é um disco óptico regravável, permitindo ser gravado várias vezes. SSD - Unidade de estado sólido é um tipo de dispositivo, sem partes móveis, para armazenamento não volátil de dados digitais. São, tipicamente, construídos em torno de um circuito integrado semicondutor, responsável por armazenamento, diferindo de sistemas magnéticos ou óticos. Os dispositivos utilizam memória flash. Pen Drive - é um dispositivo de armazenamento, com conexão USB, constituído por uma memória flash. 12
  • 14. 13 Blu-Ray - obteve o seu nome a partir da cor azul do raio laser ("blue ray" em inglês significa "raio azul"). A letra "e" da palavra original "blue" foi eliminada porque, em alguns países, não se pode registrar, para um nome comercial, uma palavra comum. O Blu-Ray é um disco similar à mídia de DVD, porém, possui capacidade de armazenamento muito superior às demais mídias. Tecnologia Móvel (Iphone / Iped / Ipod / Smartphone / Palm / netbook) Toda tecnologia que permite seu uso durante a movimentação do usuário é uma tecnologia móvel. A tecnologia móvel não é apenas uma invenção, ela pode ser considerada uma revolução, pois foi capaz de atingir o quotidiano das pessoas e fazer parte da vida delas, modificando suas rotinas e formas de tomar decisões. Muitas pessoas não vivem sem celular, outras estão 24 horas disponíveis e as encontramos em qualquer lugar, algumas não abrem mão de estarem com seu palm conectado na Internet e ao mesmo tempo se deslocando pela casa. Tudo isso só foi possível através da evolução da tecnologia, que nos dispôs diversos dispositivos móveis. Como exemplo podemos citar os SmartPhones, os Palmtops e os Netbooks. Ainda temos as tecnologias Wireless, Wi-Fi e Bluetooth. A mobilidade iniciou-se como uma facilidade, mas hoje em dia tornou-se uma necessidade. Mas porque a evolução deste segmento foi tão rápida? Simples. Porque este tipo de tecnologia permite o acesso a dados e informações em qualquer momento e em qualquer lugar. Isto se torna um poderoso atrativo.··. 13
  • 15. 14 ● Notebook e Netbook Um notebook, também chamado de laptop (expressão derivada da junção dos termos em inglês lap = colo, e top = em cima, significando computador portátil, em contrapartida aos desktop = em cima da mesa), é um computador portátil, leve, designado de modo a fazer com que sua bateria seja capaz de abastecê-lo por um longo período de horas para poder ser transportado e utilizado em diferentes lugares com facilidade. Um notebook é uma estrutura única composta por uma tela 14” de LCD (cristal líquido), teclado, mouse (geralmente um touchpad, área onde se desliza o dedo), conexões USB e PS2, portas para conectividade via rede local ou fax/modem, rede wireless (para acesso a rede sem fio), gravadores de CD/DVD, placa mãe, memória RAM, processador e disco rígido. O netbook é uma nova versão do notebook, sendo menor (com uma tela de mais ou menos 9 polegadas) e mais leve. Também possui internet móvel e sua bateria dura em média 4 horas, porém, o netbook ainda não possui suporte para leitores ou gravadores de CD/DVD. ● SmartPhone SmartPhone (telefone inteligente, numa tradução livre do inglês) é um telefone celular que possui alguns dos recursos avançados que normalmente são utilizados em um computador. Como por exemplo, além das funções básicas de telefone, inserir/remover/organizar contatos, receber e enviar mensagens de texto e jogar, em um SmartPhone você ainda pode acessar e navegar na Internet, receber e enviar email, tirar fotos e postar imediatamente em seu face ou ouvir músicas. 14
  • 16. 15 ● Computadores de mão Os computadores de mão, também chamados PDAs (assistentes digitais pessoais), são computadores movidos à bateria, pequenos o suficiente para serem carregados para praticamente qualquer lugar. Embora não tão potentes quanto os desktops ou os laptops, os computadores de mão são úteis, por exemplo, para os vendedores externos de uma empresa que precisam constantemente efetuar pedidos, agendar compromissos e armazenar contatos (endereços e telefones). ● Tablet O Tablet é um dispositivo móvel que combina os recursos dos laptops e dos computadores de mão. O Tablet não é tão potente, mas, nos permite fazer anotações, navegar na internet, acessar email e converter um manuscrito em texto digitado. ● Unidades de Medidas O computador trabalha com uma linguagem bastante simples. Como se trata de um sistema eletroeletrônico, uma das formas mais simples de comunicação é através de pulsos elétricos. Assim, o computador trabalha com duas variáveis, 1 e 0, que significam respectivamente ligado (1) e desligado (0). 15
  • 17. 16 Este sistema é conhecido como Sistema Binário (base 2), ou seja, são apenas dois dígitos que compõem os dados. O menor fragmento de dados usado é o Bit (b), que vem do inglês Binary Digit. Logo, um Bit significa ou ligado ou desligado (0 ou 1). Entretanto, 1 Bit não constitui um dado, tampouco um Arquivo. A menor unidade de dado armazenável é o Byte (B). Um Byte representa um caractere (letra, número, pontuação, etc.) armazenado no computador. Então qual a diferença entre Bit e Byte? Para representar um conjunto completo de caracteres e algumas teclas de comando, como o Enter e o Esc, são necessários um conjunto de 256 caracteres. Ou seja, para representar todas as letras (a,b,c,d…), números (1,2,3,4…), símbolos (%,¨,*,$…) e teclas de comando (Esc, Enter…) essenciais, é necessário um espaço para 256 caracteres. Como representar através de 2 dígitos cada um dos 256 caracteres? Para que com apenas 2 dígitos consigamos representar unicamente um caractere, precisamos de no mínimo 8 dígitos combinados. Sendo assim, um Byte possui 8 Bits. A partir do Byte, a unidade de medida muda a cada 1.024 vezes. Veja a tabela a seguir: 16
  • 18. 17 ● Software O termo software indica a parte lógica de um computador, os programas. Podemos dividir os Softwares em: Básico: Sistema Operacional Windows, Linux, Unix, etc. Aplicativos: são os programas instalados no computador, exceto o sistema operacional, e possuem função específica. Editores de Texto (Ex.: Word, WordPad, Bloco de Notas, Writer, etc.) Planilhas Eletrônicas ou Planilhas de Cálculo (Ex.: Excel, Calc, Lotus, etc) 17
  • 19. 18 Editores Gráficos (CorelDraw, Photoshop, etc) Utilitários: são programas utilizados para suprir deficiências do sistema operacional. O programa utilitário contrasta com o programa de aplicação, pois, ao invés de prover funcionalidades para o usuário, ele normalmente está relacionado ao modo de funcionamento de uma infraestrutura computacional. Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados (Ex.: Access, MySQL, etc) Antivírus (Ex.: Norton Antivírus, AVG, McAffee, Panda, Avira, etc) Linguagem de Programação: é um método padronizado para expressar instruções para um computador. É uma linguagem que permite que um programador especifique precisamente sobre quais dados um computador vai atuar, como estes dados serão armazenados ou transmitidos e quais ações devem ser tomadas sob várias circunstâncias. Visual Basic, Delphi, C, C++, Pascal, etc. ● Sistema Operacional O sistema operacional é o programa que controla e coordena todas as operações básicas do seu computador, além de fornecer a interface entre a máquina e o usuário. O computador precisa ter um Sistema Operacional para poder ser utilizado. Somente após sua instalação é que os demais softwares são instalados. 18
  • 20. 19 ● Arquivo É um conjunto de caracteres relacionados entre si, que ficam armazenados em um dispositivo (disco ou mídia, por exemplo), representando um software (programa) ou um documento (dados do usuário, como texto, imagem, vídeo, etc) e podem ter extensões e tamanhos diferentes. Portanto, tudo no computador é armazenado sob a forma de Arquivo, sejam programas, textos, imagens, planilhas, músicas, vídeos, etc. Os nomes dos Arquivos são divididos em duas partes: Antes do ponto: quem cria o Arquivo lhe dá um nome, que aparece antes do ponto. Essa parte do nome pode ser renomeada a qualquer momento. Depois do ponto: define o seu formato. Ou seja, informa ao sistema operacional qual programa gerou e irá abrir aquele Arquivo. Essa informação pode ser chamada de tipo ou extensão. Exemplo: receita.doc; tabela de carros.xls; álbum de família.ppt; explorer.exe; control.ini; dentre outros. ● Pasta É o local onde guardamos e organizamos os arquivos. As Pastas são como “gavetas” no HD, é um modo de armazenamento fornecido pelo Windows Explorer. Uma Pasta pode conter Arquivos e outras Pastas dentro dela e o usuário pode manipulá-las. 19
  • 21. 20 ● VÍRUS ELETRÔNICO DE COMPUTADOR Um vírus eletrônico é um programa ou fragmento de programa que se instala no computador, sem que o usuário perceba. Em geral, atuam apagando o conteúdo dos discos, misturando Arquivos e enviando e-mails para os contatos do usuário. As formas de "contágio" mais comum são a execução de programas piratas, principalmente jogos, e a abertura de Arquivos anexados ao email. Para detectar e eliminar os vírus utilizamos um software chamado Antivírus (Norton, AVG, McAffee, Panda, Avira, etc). Para evitar os vírus e manter sua máquina protegida, mantenha seu antivírus atualizado. Dicas: Não utilize programas piratas (que são ilegais); Sempre que for instalar um programa novo, pesquise antes a existência de vírus para poder removê-lo, se for o caso; Faça sempre cópias de segurança (backup) de seus Arquivos para ter como recuperá-los em caso de ataque de vírus ou de danos ao disco; Controle seu sistema quanto ao uso por pessoas estranhas ou não autorizadas; 20
  • 22. 21 Sempre verifique seu sistema logo após terem sido efetuadas apresentações de novos softwares, ou após um intervenção de alguma assistência técnica; Muito cuidado ao abrir Arquivos anexos aos e-mails. Quando o remetente for desconhecido, evite abrir o email. Internet. Noções básicas sobre Internet O que é a Internet? A Internet é uma gigantesca rede mundial de computadores, que inclui desde grandes computadores até micros de pequeno porte, como Pcs, Notebooks e Celulares. Esses equipamentos são interligados por meio de linhas comuns de telefone (modem), linhas de comunicação privada, cabos submarinos, cabos ópticos, canais de satélite e diversos outros meios de telecomunicação. Os computadores que compõem a Internet podem estar localizados, por exemplo, em universidades, empresas, cooperativas, prefeituras, e nas próprias residências. A Internet funciona como uma rodovia pela qual a informação contida em textos, som e imagem pode trafegar em alta velocidade entre qualquer computador conectado a essa rede. E por essa razão que a Internet é muitas vezes chamada da "super rodovia da informação". Por que a Internet é importante? A Internet é considerada por muitos como um dos mais importantes e revolucionários desenvolvimentos da história da humanidade. Pela primeira vez no mundo um cidadão comum ou uma pequena empresa pode não só ter acesso a informações localizadas nos mais distantes pontos do globo como também - e é isso que torna a coisa revolucionária - criar, gerenciar e distribuir informações em larga escala. Essa perspectiva abre um enorme mercado para profissionais e empresas interessados em oferecer serviços de informação específicos. Quem controla a Internet? A Internet surpreendentemente não é controlada de forma central por nenhuma pessoa ou organização. Não há, por exemplo, um presidente ou um escritório central da Internet no mundo. A organização do sistema é desenvolvida a partir dos administradores das redes que a compõe e 21
  • 23. 22 dos próprios usuários. Formas de conexão à internet Basicamente existem três formas de acesso à internet: Acesso discado: Acesso através da linha telefônica convencional, produzindo uma velocidade de acesso muito baixa e um custo elevado. Acesso banda larga (ADSL): Acesso por meio de modernos equipamentos (modens) utilizando o cabo do telefone e não a linha em si, isto proporciona uma velocidade de acesso muito boa e um custo baixo. Acesso por Rede Privada ou Corporativa: Acesso realizado por meio de uma rede já existente (intranet). Alguns dos recursos da Internet Se sob o ponto de vista físico a Internet é uma conexão entre redes, para o usuário ela aparece como um grupo de serviços disponíveis para a troca de informações entre computadores ou indivíduos conectados à Internet. Resumidamente são os seguintes: ● WWW: A World Wide Web é um conjunto de documentos espalhados pela Internet. Existem muitos navegadores de diversos fabricantes à disposição, distribuídos gratuitamente pela Internet. Através da WWW o usuário tem acesso a uma imensa quantidade de informações, espalhadas por toda a Internet, de forma prática e amigável. ● Correio Eletrônico: correio eletrônico é um dos serviços mais elementares e mais importantes disponíveis na Internet. Basicamente, o correio eletrônico é a troca de mensagens que o usuário da Internet pode mandar para outro usuário. ● FTP: File Transfer Protocol. É o protocolo utilizado para a transferência de arquivos entre duas máquinas ligadas à Internet. ● Listas: São comumente usadas como meio de comunicação entre pessoas interessas em discutir assuntos específicos através do correio eletrônico 22
  • 24. 23 Browser (navegadores de www) Um browser ou navegador, é um programa que permite usuários interagirem com documentos virtuais conhecidos como páginas da web. “Mozilla Firefox”, “Google Chrome” e “Internet Explorer” são exemplos de navegadores. 23
  • 25. 24 Como pesquisar na Internet? A internet possui uma infinidade de sites dos mais variados assuntos e finalidades, nesse sentido, uma simples busca acaba sendo um grande “desafio”. Desafio no sentido de encontrar o que deseja entre milhares de opções e ainda em um tempo razoável de busca. Para minimizar esse “desafio” existem técnicas e sites especializados na procura de conteúdo na internet de maneira eficaz e rápida. Onde procurar? O Internet Explorer possui um recurso muito interessante e útil, para a busca de palavras-chave. Entretanto, a procura junto a sites de busca propriamente ditos em suas devidas páginas é mais eficiente. Principais sites de pesquisa na Internet. Como as páginas na internet se modificam muito rapidamente e a cada dia surgem novos sites, determinar quais são os melhores sites de busca torna-se uma tarefa muito difícil. Entretanto, alguns sites de busca se destacam dos demais, seja pela rapidez, pelos resultados retornados na procura, ou quanto à tradição conquistada ao longo de anos. Nesse sentido, na tabela abaixo é apresentada uma pequena lista de alguns sites de procura. Site Tipo de busca Google (http://www.google.com.br) O melhor site de busca na atualidade, faz procura por praticamente qualquer tipo de assunto, procura também imagens e vídeos. 24
  • 26. 25 Yahoo (http://www.yahoo.com.br/) Site voltado a buscas diversas, procura também imagens e vídeos. Cadê (http://www.cade.com.br/) Site voltado a buscas diversas, mas muito bom para pesquisas escolares. Altavista (http://www.altavista.com) Site fora do Brasil, voltado a buscas diversas. Buscapé (http://www.buscape.com.br/) Site voltado a busca de produtos na internet, onde pode-se realizar compras. Mercado Livre (http://www.mercadolivre.com .br) Site voltado a busca de produtos na internet, onde pode-se realizar compras. Submarino (http://www.submarino.com.br ) Site voltado a busca de produtos na internet, onde pode-se realizar compras. Superdownloads (http://superdownloads.com.br ) Site voltado a busca de softwares na internet, onde pode-se fazer os downloads dos mesmos. Pode-se encontrar desde softwares gratuitos até os mais renomados softwares pagos. Baixa Aqui (http://www.baixaki.com.br/) Site voltado a busca de softwares na internet. Telelistas (http://www.telelistas.net) Site de busca de telefone de empresas, profissionais e pessoas de todo o Brasil. Uol (http://www.uol.com.br) Site de noticias. 25
  • 27. 26 Site Tipo de busca Globo Site de noticias. (http://www.globo.com.br) Terra Site de noticias. (http://www.terra.com.br) Como procurar? Cada site de busca na internet tem um campo (caixa) apropriada para a digitação do que se deseja procurar e alguns sites também se pode escolher o tipo de busca a ser realizada (sites, imagens, vídeos etc.). Para a procura na Internet, utilize palavras que exprimam sentido geral do assunto a ser procurado. Para procurar na Internet é preciso saber algumas regras que são básicas para que haja sucesso em suas buscas e que sejam objetivas. Caso queira procurar por uma palavra-chave simples como Futebol , não há nada mais a fazer além de digitar a palavra e mandar procurar. Caso queira procurar por palavras-chaves compostas a procura se torna diferente pois faz-se necessário o uso de aspas nos extremos da palavra tal como matemática financeira. A palavra matemática financeira por ser uma palavra- chave composta deverá estar entre “ ”. Pois dessa forma o site de busca irá procurar pela palavra matemática financeira e não mais que isso. Exemplo: “matemática financeira”, “Imposto de renda”, “Guarda-chuva” etc. Caso você tenha procurado por matemática financeira sem a utilização das “ ”, o site de busca irá procurar por matemática e financeira tornando assim uma procura por assuntos diferentes, devido à falta das aspas. OBS.: Portanto preste atenção quando for efetuar a sua procura. 26
  • 28. 27 ● Como criar um Gmail Passo 1: acesse o site gmail.com e clique em "Criar conta" para começar a criar seu e-mail. Passo 2: insira informações como seu nome completo, nome de usuário (que será o seu endereço de email) e uma senha válida (com oito ou mais caracteres e uma combinação de letras, números e símbolos). 27
  • 29. 28 Passo 3: agora, insira um número de telefone e um email para a recuperação de sua conta. Vale lembrar que os dados para recuperação são opcionais, mas podem ajudar bastante caso você esqueça a sua senha. Em seguida, informe sua data de nascimento e seu gênero. Passo 4: leia os termos de serviço do Gmail e clique em "Concordo" para prosseguir com a criação de seu email. Passo 5: pronto! Sua conta de email no Gmail já foi criada com sucesso. Agora você já pode escolher um layout para sua caixa de entrada. 28
  • 30. 29 Passo 6: feito isso, você já pode começar a receber emails e usar a sua conta para outros serviços do Google. Não se esqueça de abrir o email enviado pela equipe do Gmail para concluir suas configurações. 29
  • 31. 30 Como criar um email no Outlook Já, caso o site escolhido por você seja o Outlook, siga os passos abaixo: Passo 1: acesse o site do Outlook e clique em "Criar conta gratuita". Passo 2: insira seu nome de usuário e clique em "Próximo". 30
  • 32. 31 Passo 3: crie uma senha válida e segura. Depois, selecione ou não a opção de receber dicas do Outlook. Em seguida, clique em "Próximo novamente". Passo 4: insira seu nome e sobrenome. Passo 5: agora, informe sua região e data de nascimento para prosseguir com a criação do email. 31
  • 33. 32 Passo 6: por fim, insira as letras contidas no captcha para confirmar que o email não será utilizado para envio de spam. Passo 7: assim que concluir a etapa anterior, você será redirecionado à caixa de entrada de sua conta de email Outlook. Agora você já pode enviar, receber e responder emails. 32
  • 34. 33 Agora você já está pronto para utilizar seu email para enviar mensagens e compartilhar arquivos em ambiente profissional ou pessoal. 33
  • 35. 34 . Softwares Office. Sempre verifique seu sistema logo após terem sido efetuadas apresentações de novos softwares, ou após um intervenção de alguma assistência técnica; ● WORD Clique o botão de início Botão Iniciar do Windows ou pressione a tecla Windows no teclado para exibir o menu Iniciar . Na lista de aplicativos, localize o Word e clique nele. Aparece a tela de inicialização e inicia o Word. 34
  • 36. 35 Dica: Na primeira vez que iniciar o Word, o Contrato de licença de Software do Microsoft podem aparecer. Para sair do Word, clique no botão de x Fechar no canto superior direito da tela. Se você tiver feito alterações desde a última gravação do documento, uma caixa de mensagem foi exibida perguntando se você deseja salvar as alterações. Para salvar as alterações, clique em Sim. Para sair sem salvar as alterações, clique em não. Se você clicar no botão x por engano, clique em Cancelar. ● Interface de usuário. 35
  • 37. 36 Barra de título 1: exibe o nome do arquivo do documento que está sendo editado e o nome do software que você está usando. Ele também inclui minimizar padrão, restauração, botões e fechar. Ferramentas de acesso rápido 2: comandos que costumam ser usados, como Salvar, Desfazer, e Refazer estão localizados aqui. No final da barra de ferramentas de acesso rápido é um menu suspenso onde você pode adicionar outros comumente usados ou necessários comumente comandos. Guia de arquivo de 3 : clique neste botão para localizar comandos que atuam no documento, em vez do conteúdo do documento, como o novo, Abrir, Salvar como, Imprimir e Fechar. A faixa de opções de 4: comandos necessários para o seu trabalho estão localizados aqui. A aparência da faixa de opções será alterada dependendo do tamanho do seu monitor. O Word irá compactar a faixa de opções alterando a organização dos controles para acomodar monitores menores. Janela de editar 5: mostra o conteúdo do documento que você está editando. Barra de rolagem de 6: permite a você alterar a posição de exibição do documento que você está editando. Barra de status de 7: exibe informações sobre o documento que você está editando. Controle de slide de zoom de 8 : permite que você alterar as configurações de zoom do documento que você está editando. ● Salvando um documento No Word, você deve salvar seu documento para que você pode sair do programa sem perder seu trabalho. Quando você salva o documento, ele é armazenado como um arquivo no seu computador ou em um local de rede. Posteriormente, você pode abrir o arquivo, alterá-lo e imprimi-lo. Para salvar um documento, faça o seguinte: 36
  • 38. 37 Clique no botão Salvar na barra de ferramentas de acesso rápido. A janela Salvar como é exibida. Escolha um local onde você deseja salvar o documento e insira um nome de arquivo na caixa nome do arquivo. Para alterar o nome do arquivo, digite um novo nome de arquivo. Clique em Salvar. Você pode abrir um documento do Word para continuar seu trabalho. Para abrir um documento, faça o seguinte: Abra o Explorador de arquivos e clique em documentos. Uma lista dos documentos é exibida. Se o documento que você deseja trabalhar estiver na lista, clique no nome do arquivo para abrir o documento. Se o documento não estiver na lista, navegue até o local onde você armazena o arquivo e clique duas vezes no arquivo. Aparece a tela de inicialização do Word e, em seguida, o documento é exibido. Dica: Você também pode abrir um documento a partir do Word clicando na guia arquivo e, em seguida, clicando em Abrir. Para abrir um documento que salvo recentemente, clique em recentes. ● Formatação de texto Antes de editar ou formatar texto, você deve primeiro selecionar o texto. Siga as etapas abaixo para selecionar o texto. 37
  • 39. 38 1. Coloque o cursor no início do texto que você gostaria de editar ou formatar e, em seguida, pressione o botão esquerdo do mouse. 2. Ao manter pressionado o botão esquerdo do mouse, movê-la para a direita (chamada de "arrastar") para selecionar o texto. Uma cor de plano de fundo é adicionada no local do texto selecionado para indicar que o intervalo de seleção. Você pode encontrar a maioria das ferramentas de formatação de texto clicando na guia página inicial e, em seguida, escolhendo no grupo fonte. 1 esta é a guia página inicial. 2 este é o grupo fonte na guia página inicial. 3 este é o botão negrito. Consulte a tabela abaixo para os nomes e funções de todos os botões no grupo fonte. Botão Nome Função Fonte Altera a fonte. Tamanho da fonte Altera o tamanho do texto. Aumentar fonte Aumenta o tamanho do texto. 38
  • 40. 39 Diminuir fonte Diminui o tamanho do texto. Maiúsculas e Minúsculas Altere todo o texto selecionado para maiusculas, minúsculas ou maiusculas outras comuns. Imagem do Botão Limpa todas a formatação do texto selecionado, deixando somente o texto sem formatação. Negrito Faz com que o texto selecionado em negrito. Itálico Coloca em itálico o texto selecionado. Sublinhado Desenha uma linha sob o texto selecionado. Clique na seta suspensa para selecionar o tipo de sublinhado. Tachado Desenha uma linha no meio do texto selecionado. Subscrito Cria caracteres subscritos. Sobrescrito Cria caracteres sobrescritos. Efeitos de Texto Aplica um efeito visual ao texto selecionado, como sombra, brilho ou reflexo. Mostra o link para configurações de acesso POP ou IMAP Faz com que o texto pareça que ele foi marcado com uma caneta marca-texto. Cor da Fonte Altera a cor do texto. ● Estilos Estilos permitem formatar rapidamente os principais elementos em seu documento, como títulos, títulos e legendas. Siga as etapas abaixo para aplicar estilos ao texto no seu documento. 39
  • 41. 40 1. Realce o texto que você deseja alterar. 2. Na guia início no grupo estilos, pause o ponteiro sobre qualquer estilo para ver uma visualização ao vivo diretamente no seu documento. Para ver a lista completa de estilos, clique na seta mais para abrir o painel de estilos. 3. Para aplicar o estilo que é mais apropriado para o seu texto, basta clicar nele. Quando terminar de aplicar estilos para os elementos individuais, o Word permite que você use um estilo definido para alterar a aparência de todo o documento ao mesmo tempo. 1. Na guia Design, no grupo Formatação do documento, escolha um dos conjuntos de estilo predefinido, como básica ou Casual. Pause o ponteiro sobre qualquer estilo definido para ver uma visualização ao vivo diretamente no seu documento. Para ver mais conjuntos de estilos predefinidos, clique na seta para baixo no lado direito do grupo de Formatação do documento. 2. Para aplicar o conjunto de estilos que é mais apropriado para o seu texto, basta clicar nele. Com o Word, você pode alterar facilmente o espaçamento entre linhas e parágrafos em seu documento. 1. Na guia Design, clique em Espaçamento entre parágrafos para ver uma lista suspensa de opções de espaçamento de parágrafo. Pause o ponteiro sobre qualquer estilo de espaçamento de parágrafo para ver uma visualização ao vivo diretamente no seu documento. 2. Quando você encontrar a aparência desejada, clique nele. Dica: Para definir seu próprio espaçamento de parágrafo, escolha o espaçamento de parágrafo personalizado. ● Imprimir É fácil visualizar qual será a aparência do layout do seu documento quando impresso sem realmente imprimir. 40
  • 42. 41 1. Clique na guia Arquivo. 2. Clique em Imprimir para ver uma visualização do seu documento. 3. Examine as configurações para quaisquer propriedades que deseja alterar. 4. Quando as propriedades de sua impressora e documento apareçam da maneira que você deseja que eles, clique em Imprimir. 5. ● PowePoint Escolha um tema Ao abrir o PowerPoint, você verá alguns modelos e temas internos. Um tema é um design de slide que contém correspondências de cores, fontes e efeitos especiais como sombras, reflexos, dentre outros recursos. 1. Na guia Arquivos da Faixa de opções, selecione Novoe, em seguida, escolha um tema. PowerPoint exibe uma visualização do tema, com quatro variações de cor para escolher no lado direito. 2. Clique em Criar ou selecione uma variação de cor e clique em Criar. 41
  • 43. 42 Leia mais em: Usar ou criar temas no PowerPoint Inserir um novo slide ● Na guia Página Inicial, clique na metade inferior do Novo Slide e escolha um layout de slide. Leia mais em: Adicionar, reorganizar e excluir slides. Salvar a sua apresentação 1. Na guia Arquivo, escolha Salvar. 42
  • 44. 43 2. Selecionar ou navegar até uma pasta. 3. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para a apresentação e escolha Salvar. Observação: Se você salvar arquivos com frequência em uma determinada pasta, você pode ‘fixar’ o caminho para que ele fique sempre disponível (conforme mostrado abaixo). Dica: Salve o trabalho à medida que o fizer. Pressione Ctrl+S com frequência. Leia mais em: Salvar o arquivo da apresentação Adicionar texto Selecione um espaço reservado para texto e comece a digitar. 43
  • 45. 44 Formatar seu texto 1. Selecione o texto. 2. Em Ferramentas de desenho, escolha Formatar. 3. Siga um destes procedimentos: ○ Para alterar a cor de seu texto, escolha Preenchimento de Texto e escolha uma cor. ○ Para alterar a cor do contorno de seu texto, escolha o contorno do texto e, em seguida, escolha uma cor. 44
  • 46. 45 ○ Para aplicar uma sombra, reflexo, brilho, bisel, rotação 3D, uma transformação, escolha Efeitos de Texto e, em seguida, escolha o efeito desejado. Adicionar imagens Na guia Inserir, siga um destes procedimentos: ● Para inserir uma imagem que está salva em sua unidade local ou em um servidor interno, escolha Imagens, procure a imagem e escolha Inserir. ● Para inserir uma imagem da Web, clique em Imagens Online e use a caixa de pesquisa para localizar uma imagem. Escolha uma imagem e clique em Inserir. Adicionar formas Você pode adicionar formas para ilustrar o slide. 1. Na guia Inserir, selecione Formas e em seguida, selecione uma forma no menu que aparece. 45
  • 47. 46 2. Na área do slide, clique e arraste para desenhar a forma. 3. Selecione a guia Formatar ou Formato da forma na faixa de opções. Abra a galeria Estilos de forma para adicionar rapidamente uma cor e estilo (incluindo sombreamento) à forma selecionada. Adicionar anotações do orador Os slides ficam melhores quando você não insere informações em excesso. Você pode colocar fatos úteis e anotações nas anotações do orador e consultá-los durante a apresentação. 1. Para abrir o painel de anotações, na parte inferior da janela, clique em Anotações . 2. Clique no painel de Anotações abaixo do slide e comece a digitar suas anotações. 46
  • 48. 47 Fazer sua apresentação Na guia Apresentação de Slides, siga um destes procedimentos: ● Para iniciar a apresentação no primeiro slide, no grupo Iniciar Apresentação de Slides, clique em Do Começo. 47
  • 49. 48 ● Se você não estiver no primeiro slide e desejar começar do ponto onde está, clique em Do Slide Atual. ● Se você precisar fazer uma apresentação para pessoas que não estão no local onde você está, clique em Apresentar Online para configurar uma apresentação pela Web e escolher uma das seguintes opções: ○ Transmitir sua apresentação online do PowerPoint para um público remoto ○ Exibir suas anotações do orador durante a apresentação de slides. Sair da exibição Apresentação de Slides Para sair da exibição de apresentação de Slides a qualquer momento, pressione a tecla Esc do teclado. Dicas para criar uma apresentação eficiente Considere as dicas a seguir para manter seu público interessado. Minimize o número de slides Para manter uma mensagem clara e manter o seu público atento e interessado, mantenha um número mínimo de slides em sua apresentação. Escolha um tamanho de fonte adequado para o público O público deve conseguir ler seus slides de um pouco longe. Geralmente, uma fonte menor que 30 pode ser muito difícil para o público enxergar. Mantenha o texto do slide simples Você quer que seu público ouça suas informações, em vez de ler a tela. Use marcadores ou frases curtas e tente manter cada item em uma linha. Alguns projetos cortam as bordas dos slides, então frases longas podem não ser exibidas. Use elementos visuais para ajudar a externar sua mensagem 48
  • 50. 49 Imagens, gráficos e elementos gráficos SmartArt oferecem indicações visuais para o seu público se lembrar. Adicione uma arte significativa para complementar o texto e as mensagens nos seus slides. Já com o texto, evite incluir muitos recursos visuais em seu slide. Crie etiquetas aos gráficos e elementos gráficos Use somente o texto suficiente para criar elementos de etiquetas em um gráfico compreensível. Escolha planos de fundo de slide sutis e consistentes Escolha modelo ou tema agradável e consistente que não seja muito chamativo. Você não quer que o plano de fundo ou design desvie a atenção da sua mensagem. No entanto, você também quer oferecer um contraste entre a cor do plano de fundo e a cor do texto. Os temas integrados no PowerPoint definem o contraste entre um plano de fundo claro com texto escuro ou plano de fundo escuro com texto claro. Para obter mais informações sobre como usar temas, confira Aplicar um tema para adicionar cor e estilo à sua apresentação. Verifique a ortografia e a gramática Para obter e manter o respeito do seu público, sempre verifique a ortografia e a gramática da sua apresentação ● Excel O Excel é uma ferramenta incrivelmente poderosa para tornar significativa uma vasta quantidade de dados. Mas ele também funciona muito bem para cálculos simples e para rastrear de quase todos os tipos de informações. A chave para desbloquear todo esse potencial é a grade de células. As células podem conter números, texto ou fórmulas. Você insere dados nas células e as agrupa em linhas e colunas. Isso permite que você adicione seus dados, classifique-os e filtre-os, insira-os em tabelas e crie gráficos incríveis. Vejamos as etapas básicas para você começar. 49
  • 51. 50 Os documentos do Excel são chamados de pastas de trabalho. Cada pasta de trabalho contém folhas que, normalmente, são chamadas de planilhas. Você pode adicionar quantas planilhas desejar a uma pasta de trabalho ou pode criar novas pastas de trabalho para guardar seus dados separadamente. 1. Clique em Arquivo e em Novo. 2. Em Novo, que em Pasta de trabalho em branco 3. Clique em um célula vazia. Por exemplo, a célula A1 em uma nova planilha. As células são referenciadas por sua localização na linha e na coluna da planilha, portanto, a célula A1 fica na primeira linha da coluna A. 4. Inserir texto ou números na célula. 5. Pressione Enter ou Tab para se mover para a célula seguinte. Aplicar bordas de célula 1. Selecione a célula ou o intervalo de células ao qual você deseja adicionar uma borda. 2. Na guia página inicial , no grupo fonte, clique na seta ao lado de bordas e, em seguida, clique no estilo de borda desejado. 50
  • 52. 51 Aplicar sombreamento de célula 1. Selecione a célula ou o intervalo de células ao qual você deseja aplicar o sombreamento de célula. 2. Na guia página inicial , no grupo fonte , escolha a seta ao lado de cor de preenchimento e, em cores do tema ou cores padrão, selecione a cor desejada. Ao inserir números em sua planilha, talvez deseje somá-los. Um modo rápido de fazer isso é usar o AutoSoma. 1. Selecione a célula à direita ou abaixo dos números que você deseja adicionar. 2. Clique na guia Página Inicial e, em seguida, clique em AutoSoma no grupo Edição. A AutoSoma soma os números e mostra o resultado na célula selecionada. Somar números é uma das coisas que você poderá fazer, mas o Excel também pode executar outras operações matemáticas. Experimente algumas fórmulas simples para adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir seus valores. 1. Escolha uma célula e digite um sinal de igual (=). 51
  • 53. 52 Isso informa ao Excel que essa célula conterá uma fórmula. 2. Digite uma combinação de números e operadores de cálculos, como o sinal de mais (+) para adição, o sinal de menos (-) para subtração, o asterisco (*) para multiplicação ou a barra (/) para divisão. Por exemplo, insira =2+4, =4-2, =2*4 ou =4/2. 3. Pressione Enter. Isso executa o cálculo. Você também pode pressionar Ctrl+Enter (se você deseja que o cursor permaneça na célula ativa). Aplicar um formato de número Para distinguir entre os diferentes tipos de números, adicione um formato, como moeda, porcentagens ou datas. 1. Selecione as células que contêm números que você deseja formatar. 2. Clique na guia Página Inicial e, em seguida, clique na seta na caixa Geral. 52
  • 54. 53 3. Selecione um formato de número Um modo simples de acessar grande parte dos recursos do Excel é colocar os dados em uma tabela. Isso permite que você filtre ou classifique rapidamente os dados. 1. Selecione os dados clicando na primeira célula e arrastar a última célula em seus dados. Para usar o teclado, mantenha a tecla Shift pressionada ao mesmo tempo em que pressiona as teclas de direção para selecionar os dados. 2. Clique no botão análise rápida no canto inferior direito da seleção. 53
  • 55. 54 3. Clique em Tabelas, mova o cursor para o botão Tabela para visualizar seus dados e, em seguida, clique no botão Tabela. 4. Clique na seta no cabeçalho da tabela de uma coluna. 5. Para filtrar os dados, desmarque a caixa de seleção Selecionar tudo e, em seguida, selecione os dados que você deseja mostrar na tabela. 54
  • 56. 55 6. Para classificar os dados, clique em Classificar de A a Z ou Classificar de Z a A. 55
  • 57. 56 7. Clique em OK. A ferramenta análise rápida (disponível somente em Excel 2016 e Excel 2013 ) permite que você faça o total dos seus números rapidamente. Se for uma soma, média ou contagem que você deseja, o Excel mostra os resultados do cálculo logo abaixo ou ao lado dos números. 1. Selecione as células que contêm os números que você somar ou contar. 2. Clique no botão análise rápida no canto inferior direito da seleção. 3. Clique em Totais, mova o cursos entre os botões para ver os resultados dos cálculos dos dados e clique no botão para aplicar os totais. 56
  • 58. 57 A formatação condicional ou minigráficos podem destacar os dados mais importantes ou mostrar tendências de dados. Use a ferramenta análise rápida (disponível somente em Excel 2016 e Excel 2013 ) para uma visualização ao vivo experimentar. 1. Selecione os dados que você deseja examinar mais detalhadamente. 2. Clique no botão análise rápida no canto inferior direito da seleção. 3. Explore as opções nas guias Formatação e Minigráficos para ver como elas afetam os dados. Por exemplo, selecione uma escala de cores na galeria Formatação para diferenciar as temperaturas alta, média e baixa. 4. Quando gostar da opção, clique nela. 57
  • 59. 58 A ferramenta análise rápida (disponível somente em Excel 2016 e Excel 2013 ) recomenda o gráfico certo para os seus dados e oferece uma apresentação visual com apenas alguns cliques. 1. Selecione as células contendo os dados que você quer mostrar em um gráfico. 2. Clique no botão análise rápida no canto inferior direito da seleção. 3. Clique na guia Gráficos, mova entre os gráficos recomendados para ver qual tem a melhor aparência para seus dados e clique no que desejar. Observação: O Excel mostra diferentes gráficos nesta galeria, dependendo do que for recomendado para seus dados. Para classificar rapidamente seus dados 1. Selecione um intervalo de dados, como A1:L5 (várias linhas e colunas) ou C1:C80 (uma única coluna). O intervalo pode incluir títulos que você criou para identificar colunas ou linhas. 2. Selecione uma única célula na coluna que você deseja classificar. 3. Clique em para executar uma classificação crescente (a a Z ou do número menor para o maior). 4. Clique em para executar uma classificação decrescente (Z a A ou do número maior para o menor). 58
  • 60. 59 Para classificar por critérios específicos 1. Selecione uma única célula em qualquer lugar do intervalo que você deseja classificar. 2. Na guia dados , no grupo classificar & filtro , escolha classificar. 3. A caixa de diálogo Classificar é exibida. 4. Na lista Classificar por, selecione a primeira coluna que você deseja classificar. 5. Na lista Classificar em, selecione Valores, Cor da Célula, Cor da Fonte ou Ícone de Célula. 6. Na lista Ordem, selecione a ordem que deseja aplicar à operação de classificação: crescente ou decrescente, alfabética ou numericamente (isto é, A a Z ou Z a A para texto ou menor para maior ou maior para menor para números). 7. Selecione os dados que você deseja filtrar. 8. Na guia Dados, no grupo Classificar e Filtrar, clique em Filtrar. 9. Clique na seta no cabeçalho da coluna para exibir uma lista na qual você pode fazer escolhas de filtro. 10. Para selecionar por valores, na lista, desmarque a caixa de seleção (Selecionar Tudo). Isso remove as marcas de seleção de todas as caixas de seleção. Em seguida, selecione apenas os valores que você deseja ver e clique em OK para ver os resultados. 11. Clique no botão Salvar na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido ou pressione Ctrl+S. Se você salvou seu trabalho antes, está pronto. 59
  • 61. 60 12. Se esta for a primeira vez que você salva este arquivo: a. Em Salvar Como, escolha onde salvar sua pasta de trabalho e navegue até uma pasta. b. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para a pasta de trabalho. c. Clique em Salvar. 13. Clique em Arquivo e, em seguida, clique em Imprimir ou pressione Ctrl+P. 14. Visualize as páginas clicando nas setas Próxima Página e Página Anterior. A janela de visualização exibe as páginas em preto e branco ou colorida, dependendo das configurações de sua impressora. Se você não gostar de como suas páginas serão impressas, você poderá mudar as margens da página ou adicionar quebras de página. 15. Clique em Imprimir. 16. Na guia arquivo , escolha Opçõese, em seguida, escolha a categoria suplementos . 17. Próximo à parte inferior da caixa de diálogo Opções do Excel , verifique se a opção suplementos do Excel está selecionada na caixa gerenciar e clique em ir. 18. Na caixa de diálogo suplementos , marque as caixas de seleção dos suplementos que você deseja usar e clique em OK. Se o Excel exibir uma mensagem afirmando que não pode executar este suplemento e solicitar que você o instale, clique em Sim para instalar os suplementos. O Excel permite que você aplique modelos internos, para aplicar seus próprios modelos personalizados e para Pesquisar de vários modelos no Office.com. Office.com oferece uma ampla seleção de modelos do Excel populares, incluindo orçamentos. 60
  • 62. 61 61