SlideShare uma empresa Scribd logo
A Terra conta a sua história…
O que são fósseis? Os fósseis são restos, marcas ou vestígios da actividade de seres vivos, que ficaram preservados nas rochas ou noutros materiais naturais.
Paleontologia e Paleontólogos A ciência que estuda os fósseis chama-se Paleontologia. O Paleontólogo é o cientista que se dedica ao estudo dos fósseis. In:http://www.unerj.br/blogbiblioteca/wp-content/uploads/2009/04/escavacao.gif
Etapas de formação de  um fóssil
Etapas de formação de  um fóssil 1 - Morte do ser vivo 2 – Deposição de sedimentos sobre os seus restos mortais (como consequência estes deixam de estar em contacto com os agentes atmosféricos e com o oxigénio, decompondo-se, por isso, mais lentamente) 3 – Substituição da matéria orgânica(existente nos restos mortais) por matéria mineral 4 – Após milhões de anos, e através do desgaste das rochas, o fóssil fica exposto novamente à superfície.
Condições que influenciam o processo de fossilização Existência de partes duras (ossos, dentes, carapaças) na constituição dos seres vivos – as partes molessão rapidamente decompostas; Rapidez no soterramento dos restos mortais por sedimentos; Tipo de sedimentos que cobrem os restos mortais (devem ser finos e impermeáveis) Habitat (a fossilização ocorre mais frequentemente em ambientes aquáticos) – há maior protecção contra os agentes atmosféricos; Condições ambientais: temperaturas e humidadebaixas dificultam a decomposição;
Será que todos os fósseis se formaram através do mesmo processo?
Principais processos de fossilização 1 – Conservação (inclui Mumificação) Todo ou quase todo o ser vivo pode ficar conservado, se as condições ambientais forem favoráveis.  Após a morte, o ser vivo é envolvido por uma substância como, por exemplo, o gelo, o   que  permite a sua conservação. Exemplos de mumificação:    Insectos conservados em âmbar.    Mamutes conservados no gelo.
Conservação em âmbar
Mamute conservado no gelo Este animal encontrado na Sibéria é um Mamute, uma espécie de elefante pré-histórico.       O animal é do sexo masculino e encontra-se em bom estado de conservação, por isso os cientistas optaram por levar o exemplar para uma caverna localizada em Khatanga na Sibéria, onde a temperatura se mantém sempre abaixo de 0 ºC.
Principais processos de fossilização 2 - Moldagem Não se conservam quaisquer partes do organismo,      ficando  apenas  uma  reprodução  ou  molde  das  suas partes duras. Não se conservam quaisquer partes do organismo,      ficando  apenas  uma  reprodução  ou  molde  das  suas partes duras. Reprodução da estrutura interna  Molde interno. Reprodução da estrutura externa Molde externo. Contramolde
Molde Externo Molde Interno O interior do organismo enche-se de sedimentos que reproduzem os detalhes da sua estrutura interna O organismo, ao morrer, cai sobre os sedimentos, deixando impressas as suas características estruturais externas
Molde  Interno Molde Externo Molde Externo Molde Interno Moldagem
Principais processos de fossilização 3 - Mineralização Os sedimentos que envolvem o ser vivo sofrem compressão devido ao peso dos depósitos que estão por cima. A matéria que constitui o ser vivo (matéria orgânica) é substituída gradualmente por minerais, como a calciteou a sílica, ficando o ser vivo transformado em “pedra”.
Mineralização Trilobite    Amonite Cabeça de dinossauro mineralizada
Mineralização Troncos petrificados
Principais processos de fossilização Marcas de actividade Constituem o tipo de fossilização mais abundante. São vestígios da actividade dos seres vivos, impressos nas rochas. Fornecem informações importantes sobre o modo de vida dos seres vivos. Exemplos:    Pegadas de dinossáurios    Fezes fossilizadas    Ovos fossilizados
Pegadas de dinossáurios
Ovos fossilizados
Fezes fossilizadas - Coprólitos Dinossauro herbívoro       do período Jurássico Tartaruga do período Miocénico
Fósseis Vivos São seres vivos que existem desde há muitos milhões de anos.  Mantiveram as suas características ao longo do tempo,  pois  adaptaram-se  bem  aos  variados ambientes por que a Terra atravessou. Actualmente existem fósseis e exemplares vivos destes seres.
Fósseis vivos Celacanto Latimeria chalumnae
Fósseis vivos Gingko Gingko biloba L.
Fósseis vivos Nautilus sp.
Fósseis vivos Caranguejo-ferradura Limulus polyphemus L.
Coral 500 M.a. – Actualidade Vivem apenas em ambientes de águas calmas, límpidas, quentese pouco profundas Amonite 248 M.a. – 65 M.a. Importância dos Fósseis  Permitem estudar a evolução da vidana Terra Permitem datar as rochase determinar ambientes antigos. Fóssil de Idade Fóssil de Fácies
Importância dos Fósseis Fósseis de Idade ou Fósseis Estratigráficos: ,[object Object]
 Com grande área de dispersão.São importantes para estabelecer uma relação entre a idade dos terrenos em que se encontram, ajudando a datar as rochas, camadas ou estratos. Trilobite Paleozóico Amonite Mesozóico
Importância dos Fósseis Fósseis de Fácies ou Fósseis de Ambiente: ,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2 - Teorias evolucionistas
2 - Teorias evolucionistas2 - Teorias evolucionistas
2 - Teorias evolucionistas
Ana Castro
 
Deriva continental e tectónica de placas
Deriva continental e tectónica de placasDeriva continental e tectónica de placas
Deriva continental e tectónica de placas
Cláudia Moura
 
Tipos de rochas
Tipos de rochasTipos de rochas
Tipos de rochas
ANDRÉA FERREIRA
 
As rochas (Ciências 6º ano)
As rochas (Ciências 6º ano)As rochas (Ciências 6º ano)
As rochas (Ciências 6º ano)
Ewerton Marinho
 
Rochas Metamórficas
Rochas MetamórficasRochas Metamórficas
Rochas Metamórficas
Tânia Reis
 
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Bio
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
Ericaoo7feitosa
 
O tempo em geologia - datação relativa e absoluta
O tempo em geologia - datação relativa e absolutaO tempo em geologia - datação relativa e absoluta
O tempo em geologia - datação relativa e absoluta
Ana Castro
 
9 evolucionismo
9  evolucionismo9  evolucionismo
9 evolucionismo
margaridabt
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
Nelson Costa
 
Cadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresCadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentares
Gabriela de Lima
 
11 evolucionismo
11  evolucionismo11  evolucionismo
11 evolucionismo
margaridabt
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
Sérgio Luiz
 
Teoria Da Tectónica De Placas
Teoria Da Tectónica De  PlacasTeoria Da Tectónica De  Placas
Teoria Da Tectónica De Placas
Tânia Reis
 
Fixismo e Evolucionismo
 Fixismo e Evolucionismo Fixismo e Evolucionismo
Fixismo e Evolucionismo
elvira.sequeira
 
Os fósseis
Os fósseisOs fósseis
Os fósseis
catiacsantos
 
Evolução humana
Evolução humanaEvolução humana
Evolução humana
unesp
 
Biogênese e abiogênese
Biogênese e abiogêneseBiogênese e abiogênese
Biogênese e abiogênese
Lilian Larroca
 
Ciclos Biogeoquímicos
Ciclos BiogeoquímicosCiclos Biogeoquímicos
Ciclos Biogeoquímicos
profatatiana
 
Evolução Humana
Evolução HumanaEvolução Humana
Evolução Humana
Robson Oliveira
 

Mais procurados (20)

2 - Teorias evolucionistas
2 - Teorias evolucionistas2 - Teorias evolucionistas
2 - Teorias evolucionistas
 
Deriva continental e tectónica de placas
Deriva continental e tectónica de placasDeriva continental e tectónica de placas
Deriva continental e tectónica de placas
 
Tipos de rochas
Tipos de rochasTipos de rochas
Tipos de rochas
 
As rochas (Ciências 6º ano)
As rochas (Ciências 6º ano)As rochas (Ciências 6º ano)
As rochas (Ciências 6º ano)
 
Rochas Metamórficas
Rochas MetamórficasRochas Metamórficas
Rochas Metamórficas
 
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
 
O tempo em geologia - datação relativa e absoluta
O tempo em geologia - datação relativa e absolutaO tempo em geologia - datação relativa e absoluta
O tempo em geologia - datação relativa e absoluta
 
9 evolucionismo
9  evolucionismo9  evolucionismo
9 evolucionismo
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
 
Cadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresCadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentares
 
11 evolucionismo
11  evolucionismo11  evolucionismo
11 evolucionismo
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
 
Teoria Da Tectónica De Placas
Teoria Da Tectónica De  PlacasTeoria Da Tectónica De  Placas
Teoria Da Tectónica De Placas
 
Fixismo e Evolucionismo
 Fixismo e Evolucionismo Fixismo e Evolucionismo
Fixismo e Evolucionismo
 
Os fósseis
Os fósseisOs fósseis
Os fósseis
 
Evolução humana
Evolução humanaEvolução humana
Evolução humana
 
Biogênese e abiogênese
Biogênese e abiogêneseBiogênese e abiogênese
Biogênese e abiogênese
 
Ciclos Biogeoquímicos
Ciclos BiogeoquímicosCiclos Biogeoquímicos
Ciclos Biogeoquímicos
 
Evolução Humana
Evolução HumanaEvolução Humana
Evolução Humana
 

Destaque

Tipos De Fossilização
Tipos De FossilizaçãoTipos De Fossilização
Tipos De Fossilização
guest876707
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
cpfss
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
marco :)
 
fósseis - 7º ano
fósseis - 7º anofósseis - 7º ano
fósseis - 7º ano
olgacacao
 
Os fósseis
Os fósseisOs fósseis
Os fósseis
Catir
 
Formação de fósseis
Formação de fósseisFormação de fósseis
Formação de fósseis
alvesnuno
 
Fossilização
FossilizaçãoFossilização
Fossilização
Cristina966
 
Trabalho sobre Fósseis
Trabalho sobre FósseisTrabalho sobre Fósseis
Trabalho sobre Fósseis
Maria Freitas
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fósseis 3º ano
Fósseis 3º anoFósseis 3º ano
Fósseis 3º ano
Luciana Blum
 
Moldagem
MoldagemMoldagem
Moldagem
Teresa Monteiro
 
Os Fósseis e a História da Terra
Os Fósseis e a História da TerraOs Fósseis e a História da Terra
Os Fósseis e a História da Terra
Isabel Lopes
 
Fósseis de Fácies
Fósseis de FáciesFósseis de Fácies
Fósseis de Fácies
Teresa Monteiro
 
Princípios Estratigráficos
Princípios EstratigráficosPrincípios Estratigráficos
Princípios Estratigráficos
Gabriela Bruno
 
Os fósseis
Os fósseisOs fósseis
Os fósseis
MINEDU
 
Trabalho sobre fósseis 7ºano
Trabalho sobre fósseis 7ºanoTrabalho sobre fósseis 7ºano
Trabalho sobre fósseis 7ºano
HizqeelMajoka
 
Trilobites
TrilobitesTrilobites
Trilobites
Hegel Martínez
 
Trilobites BY YU, WELFREDO L.
Trilobites BY YU, WELFREDO L.Trilobites BY YU, WELFREDO L.
Trilobites BY YU, WELFREDO L.
Glee Cillo
 
7º ano 3º fósseis
7º ano 3º fósseis7º ano 3º fósseis
7º ano 3º fósseis
Isabel Guedes
 

Destaque (20)

Tipos De Fossilização
Tipos De FossilizaçãoTipos De Fossilização
Tipos De Fossilização
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
 
fósseis - 7º ano
fósseis - 7º anofósseis - 7º ano
fósseis - 7º ano
 
Os fósseis
Os fósseisOs fósseis
Os fósseis
 
Formação de fósseis
Formação de fósseisFormação de fósseis
Formação de fósseis
 
Fossilização
FossilizaçãoFossilização
Fossilização
 
Trabalho sobre Fósseis
Trabalho sobre FósseisTrabalho sobre Fósseis
Trabalho sobre Fósseis
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
 
Fósseis 3º ano
Fósseis 3º anoFósseis 3º ano
Fósseis 3º ano
 
Moldagem
MoldagemMoldagem
Moldagem
 
Os Fósseis e a História da Terra
Os Fósseis e a História da TerraOs Fósseis e a História da Terra
Os Fósseis e a História da Terra
 
Fósseis de Fácies
Fósseis de FáciesFósseis de Fácies
Fósseis de Fácies
 
Princípios Estratigráficos
Princípios EstratigráficosPrincípios Estratigráficos
Princípios Estratigráficos
 
Os fósseis
Os fósseisOs fósseis
Os fósseis
 
Trabalho sobre fósseis 7ºano
Trabalho sobre fósseis 7ºanoTrabalho sobre fósseis 7ºano
Trabalho sobre fósseis 7ºano
 
Trilobites
TrilobitesTrilobites
Trilobites
 
Trilobites BY YU, WELFREDO L.
Trilobites BY YU, WELFREDO L.Trilobites BY YU, WELFREDO L.
Trilobites BY YU, WELFREDO L.
 
7º ano 3º fósseis
7º ano 3º fósseis7º ano 3º fósseis
7º ano 3º fósseis
 

Semelhante a Fósseis....

Fósseis.def
Fósseis.defFósseis.def
Fósseis.def
giovannimusetti
 
Fósseis.def
Fósseis.defFósseis.def
Fósseis.def
Angela Boucinha
 
Fósseis.def
Fósseis.defFósseis.def
Fósseis.def
Angela Boucinha
 
A Terra conta a sua história
A Terra conta a sua históriaA Terra conta a sua história
A Terra conta a sua história
Gabriela Bruno
 
A Terra conta a sua História
A Terra conta a sua HistóriaA Terra conta a sua História
A Terra conta a sua História
Lucca
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
MariaClaraSilva
 
46164443 31517727-fosseis
46164443 31517727-fosseis46164443 31517727-fosseis
46164443 31517727-fosseis
Pelo Siro
 
P Pdo Jant..[1]
P Pdo Jant..[1]P Pdo Jant..[1]
P Pdo Jant..[1]
8ºC
 
P Pdo Jant..[1]
P Pdo Jant..[1]P Pdo Jant..[1]
P Pdo Jant..[1]
8ºC
 
Muitobompptiposdefossilizacaofosseis1 def-090319160828-phpapp02
Muitobompptiposdefossilizacaofosseis1 def-090319160828-phpapp02Muitobompptiposdefossilizacaofosseis1 def-090319160828-phpapp02
Muitobompptiposdefossilizacaofosseis1 def-090319160828-phpapp02
Bernardo Santos
 
7º 2.1.
7º 2.1.7º 2.1.
7º 2.1.
Nuno Coelho
 
9617456 fosseisdef
9617456 fosseisdef9617456 fosseisdef
9617456 fosseisdef
Pelo Siro
 
Apresentação powerpoint fósseis
Apresentação powerpoint fósseisApresentação powerpoint fósseis
Apresentação powerpoint fósseis
Colégio de São mamede
 
À Descoberta dos fósseis
À Descoberta dos fósseisÀ Descoberta dos fósseis
À Descoberta dos fósseis
Daniela Oliveira
 
CN7 - Fósseis
CN7 - FósseisCN7 - Fósseis
CN7 - Fósseis
Rita Rainho
 
A Terra conta a sua história
A Terra conta a sua históriaA Terra conta a sua história
A Terra conta a sua história
Leonardo Alves
 
CiêNcias Naturais
CiêNcias NaturaisCiêNcias Naturais
CiêNcias Naturais
8ºC
 
7 ppt-prof-7-fosseis
7 ppt-prof-7-fosseis7 ppt-prof-7-fosseis
7 ppt-prof-7-fosseis
Pelo Siro
 
01 Fosseis Tc 0910
01 Fosseis Tc 091001 Fosseis Tc 0910
01 Fosseis Tc 0910
Teresa Monteiro
 
P Pdo Jant..
P Pdo Jant..P Pdo Jant..
P Pdo Jant..
8ºC
 

Semelhante a Fósseis.... (20)

Fósseis.def
Fósseis.defFósseis.def
Fósseis.def
 
Fósseis.def
Fósseis.defFósseis.def
Fósseis.def
 
Fósseis.def
Fósseis.defFósseis.def
Fósseis.def
 
A Terra conta a sua história
A Terra conta a sua históriaA Terra conta a sua história
A Terra conta a sua história
 
A Terra conta a sua História
A Terra conta a sua HistóriaA Terra conta a sua História
A Terra conta a sua História
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
 
46164443 31517727-fosseis
46164443 31517727-fosseis46164443 31517727-fosseis
46164443 31517727-fosseis
 
P Pdo Jant..[1]
P Pdo Jant..[1]P Pdo Jant..[1]
P Pdo Jant..[1]
 
P Pdo Jant..[1]
P Pdo Jant..[1]P Pdo Jant..[1]
P Pdo Jant..[1]
 
Muitobompptiposdefossilizacaofosseis1 def-090319160828-phpapp02
Muitobompptiposdefossilizacaofosseis1 def-090319160828-phpapp02Muitobompptiposdefossilizacaofosseis1 def-090319160828-phpapp02
Muitobompptiposdefossilizacaofosseis1 def-090319160828-phpapp02
 
7º 2.1.
7º 2.1.7º 2.1.
7º 2.1.
 
9617456 fosseisdef
9617456 fosseisdef9617456 fosseisdef
9617456 fosseisdef
 
Apresentação powerpoint fósseis
Apresentação powerpoint fósseisApresentação powerpoint fósseis
Apresentação powerpoint fósseis
 
À Descoberta dos fósseis
À Descoberta dos fósseisÀ Descoberta dos fósseis
À Descoberta dos fósseis
 
CN7 - Fósseis
CN7 - FósseisCN7 - Fósseis
CN7 - Fósseis
 
A Terra conta a sua história
A Terra conta a sua históriaA Terra conta a sua história
A Terra conta a sua história
 
CiêNcias Naturais
CiêNcias NaturaisCiêNcias Naturais
CiêNcias Naturais
 
7 ppt-prof-7-fosseis
7 ppt-prof-7-fosseis7 ppt-prof-7-fosseis
7 ppt-prof-7-fosseis
 
01 Fosseis Tc 0910
01 Fosseis Tc 091001 Fosseis Tc 0910
01 Fosseis Tc 0910
 
P Pdo Jant..
P Pdo Jant..P Pdo Jant..
P Pdo Jant..
 

Mais de Gabriela Bruno

HSCG - Módulo 1 - Competências a desenvolver
HSCG - Módulo 1 - Competências a desenvolverHSCG - Módulo 1 - Competências a desenvolver
HSCG - Módulo 1 - Competências a desenvolver
Gabriela Bruno
 
HSCG- 10ºano
HSCG- 10ºanoHSCG- 10ºano
HSCG- 10ºano
Gabriela Bruno
 
A pobreza
A pobrezaA pobreza
A pobreza
Gabriela Bruno
 
Termorregulação e Osmorregulação
Termorregulação e OsmorregulaçãoTermorregulação e Osmorregulação
Termorregulação e Osmorregulação
Gabriela Bruno
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Gabriela Bruno
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Gabriela Bruno
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Gabriela Bruno
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Gabriela Bruno
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Gabriela Bruno
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de novembro
Dia Mundial da Diabetes - 14 de novembroDia Mundial da Diabetes - 14 de novembro
Dia Mundial da Diabetes - 14 de novembro
Gabriela Bruno
 
Ficha de trabalho - Saúde Individual e Comunitária
Ficha de trabalho - Saúde Individual e ComunitáriaFicha de trabalho - Saúde Individual e Comunitária
Ficha de trabalho - Saúde Individual e Comunitária
Gabriela Bruno
 
Saúde Individual e Comunitária
Saúde Individual e ComunitáriaSaúde Individual e Comunitária
Saúde Individual e Comunitária
Gabriela Bruno
 
Preservação da Biodiversidade
Preservação da BiodiversidadePreservação da Biodiversidade
Preservação da Biodiversidade
Gabriela Bruno
 
Preservação da Biodiversidade
Preservação da BiodiversidadePreservação da Biodiversidade
Preservação da Biodiversidade
Gabriela Bruno
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
Gabriela Bruno
 
Aranhas
AranhasAranhas
Abelhas
AbelhasAbelhas
Grilos
GrilosGrilos
Abelhas
AbelhasAbelhas
Louva-a-deus
Louva-a-deusLouva-a-deus
Louva-a-deus
Gabriela Bruno
 

Mais de Gabriela Bruno (20)

HSCG - Módulo 1 - Competências a desenvolver
HSCG - Módulo 1 - Competências a desenvolverHSCG - Módulo 1 - Competências a desenvolver
HSCG - Módulo 1 - Competências a desenvolver
 
HSCG- 10ºano
HSCG- 10ºanoHSCG- 10ºano
HSCG- 10ºano
 
A pobreza
A pobrezaA pobreza
A pobreza
 
Termorregulação e Osmorregulação
Termorregulação e OsmorregulaçãoTermorregulação e Osmorregulação
Termorregulação e Osmorregulação
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro....
 
Dia Mundial da Diabetes - 14 de novembro
Dia Mundial da Diabetes - 14 de novembroDia Mundial da Diabetes - 14 de novembro
Dia Mundial da Diabetes - 14 de novembro
 
Ficha de trabalho - Saúde Individual e Comunitária
Ficha de trabalho - Saúde Individual e ComunitáriaFicha de trabalho - Saúde Individual e Comunitária
Ficha de trabalho - Saúde Individual e Comunitária
 
Saúde Individual e Comunitária
Saúde Individual e ComunitáriaSaúde Individual e Comunitária
Saúde Individual e Comunitária
 
Preservação da Biodiversidade
Preservação da BiodiversidadePreservação da Biodiversidade
Preservação da Biodiversidade
 
Preservação da Biodiversidade
Preservação da BiodiversidadePreservação da Biodiversidade
Preservação da Biodiversidade
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Aranhas
AranhasAranhas
Aranhas
 
Abelhas
AbelhasAbelhas
Abelhas
 
Grilos
GrilosGrilos
Grilos
 
Abelhas
AbelhasAbelhas
Abelhas
 
Louva-a-deus
Louva-a-deusLouva-a-deus
Louva-a-deus
 

Último

CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 

Último (20)

CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 

Fósseis....

  • 1. A Terra conta a sua história…
  • 2. O que são fósseis? Os fósseis são restos, marcas ou vestígios da actividade de seres vivos, que ficaram preservados nas rochas ou noutros materiais naturais.
  • 3.
  • 4.
  • 5. Paleontologia e Paleontólogos A ciência que estuda os fósseis chama-se Paleontologia. O Paleontólogo é o cientista que se dedica ao estudo dos fósseis. In:http://www.unerj.br/blogbiblioteca/wp-content/uploads/2009/04/escavacao.gif
  • 6. Etapas de formação de um fóssil
  • 7. Etapas de formação de um fóssil 1 - Morte do ser vivo 2 – Deposição de sedimentos sobre os seus restos mortais (como consequência estes deixam de estar em contacto com os agentes atmosféricos e com o oxigénio, decompondo-se, por isso, mais lentamente) 3 – Substituição da matéria orgânica(existente nos restos mortais) por matéria mineral 4 – Após milhões de anos, e através do desgaste das rochas, o fóssil fica exposto novamente à superfície.
  • 8. Condições que influenciam o processo de fossilização Existência de partes duras (ossos, dentes, carapaças) na constituição dos seres vivos – as partes molessão rapidamente decompostas; Rapidez no soterramento dos restos mortais por sedimentos; Tipo de sedimentos que cobrem os restos mortais (devem ser finos e impermeáveis) Habitat (a fossilização ocorre mais frequentemente em ambientes aquáticos) – há maior protecção contra os agentes atmosféricos; Condições ambientais: temperaturas e humidadebaixas dificultam a decomposição;
  • 9. Será que todos os fósseis se formaram através do mesmo processo?
  • 10. Principais processos de fossilização 1 – Conservação (inclui Mumificação) Todo ou quase todo o ser vivo pode ficar conservado, se as condições ambientais forem favoráveis. Após a morte, o ser vivo é envolvido por uma substância como, por exemplo, o gelo, o que permite a sua conservação. Exemplos de mumificação:  Insectos conservados em âmbar.  Mamutes conservados no gelo.
  • 12. Mamute conservado no gelo Este animal encontrado na Sibéria é um Mamute, uma espécie de elefante pré-histórico. O animal é do sexo masculino e encontra-se em bom estado de conservação, por isso os cientistas optaram por levar o exemplar para uma caverna localizada em Khatanga na Sibéria, onde a temperatura se mantém sempre abaixo de 0 ºC.
  • 13. Principais processos de fossilização 2 - Moldagem Não se conservam quaisquer partes do organismo, ficando apenas uma reprodução ou molde das suas partes duras. Não se conservam quaisquer partes do organismo, ficando apenas uma reprodução ou molde das suas partes duras. Reprodução da estrutura interna  Molde interno. Reprodução da estrutura externa Molde externo. Contramolde
  • 14. Molde Externo Molde Interno O interior do organismo enche-se de sedimentos que reproduzem os detalhes da sua estrutura interna O organismo, ao morrer, cai sobre os sedimentos, deixando impressas as suas características estruturais externas
  • 15. Molde Interno Molde Externo Molde Externo Molde Interno Moldagem
  • 16. Principais processos de fossilização 3 - Mineralização Os sedimentos que envolvem o ser vivo sofrem compressão devido ao peso dos depósitos que estão por cima. A matéria que constitui o ser vivo (matéria orgânica) é substituída gradualmente por minerais, como a calciteou a sílica, ficando o ser vivo transformado em “pedra”.
  • 17. Mineralização Trilobite Amonite Cabeça de dinossauro mineralizada
  • 19. Principais processos de fossilização Marcas de actividade Constituem o tipo de fossilização mais abundante. São vestígios da actividade dos seres vivos, impressos nas rochas. Fornecem informações importantes sobre o modo de vida dos seres vivos. Exemplos:  Pegadas de dinossáurios  Fezes fossilizadas  Ovos fossilizados
  • 22. Fezes fossilizadas - Coprólitos Dinossauro herbívoro do período Jurássico Tartaruga do período Miocénico
  • 23. Fósseis Vivos São seres vivos que existem desde há muitos milhões de anos. Mantiveram as suas características ao longo do tempo, pois adaptaram-se bem aos variados ambientes por que a Terra atravessou. Actualmente existem fósseis e exemplares vivos destes seres.
  • 24. Fósseis vivos Celacanto Latimeria chalumnae
  • 25. Fósseis vivos Gingko Gingko biloba L.
  • 27. Fósseis vivos Caranguejo-ferradura Limulus polyphemus L.
  • 28. Coral 500 M.a. – Actualidade Vivem apenas em ambientes de águas calmas, límpidas, quentese pouco profundas Amonite 248 M.a. – 65 M.a. Importância dos Fósseis  Permitem estudar a evolução da vidana Terra Permitem datar as rochase determinar ambientes antigos. Fóssil de Idade Fóssil de Fácies
  • 29.
  • 30. Com grande área de dispersão.São importantes para estabelecer uma relação entre a idade dos terrenos em que se encontram, ajudando a datar as rochas, camadas ou estratos. Trilobite Paleozóico Amonite Mesozóico
  • 31.
  • 32. Com área de dispersão reduzida.São importantes porque fornecem informações sobre o ambiente que existia aquando da sua formação.
  • 33. FIM