SlideShare uma empresa Scribd logo
E STA D O D E M I N A S             ●       Q U A R T A - F E I R A ,                    1 0      D E   M A R Ç O          D E      2 0 1 0



                                                                                                                              VEÍCULOS                                                                                                                                                                                                   13

Leia
                                                                       VERSÂO INTERMEDIÁRIA                                                                                     SAIBA COMO MELHORAR
                                                                       DO CIVIC EM CHEQUE                                                                                       CONFORTO E SEGURANÇA
                                                                        Avaliamos a opção do meio do sedã                                                                        Conheça algumas dicas para usar de



 também...
                                                                        médio da Honda, que ganhou itens                                                                         forma mais eficiente o ar-
                                                                        de aparência e conveniência                                                                              condicionado, evitando desperdício
                                                                                                     ● CADERNO 1                                                                                            ● CADERNO 1
                                                                                         MARLOS NEY VIDAL/EM/D.A PRESS                                                                          MARLOS NEY VIDAL/EM/D.A PRESS




                   MEGARRECALL

São nove relatos de aceleração repentina no Brasil e a Toyota nega-se a dar explicações.
Faltou à audiência na ALMG, mas será investigada pelo Ministério Público e pelo DPDC



Cerco se fecha
                                                                                                                                                                                                                                                                                                       RENATO WEIL/EM/D.A PRESS




              DANIEL CAMARGOS                        Defesa do Consumidor (DPDC) do Mi-                             ros dos consumidores. A Toyota ale-
                                                     nistério da Justiça.                                           gou, via fax enviado à comissão, que
    A Toyota recusou o convite da Co-                   Os consumidores são de Belo Hori-                           estava fechando o balanço trimestral
missão de Defesa do Consumidor e do                  zonte e já haviam relatado seus casos                          e que, por isso, o vice-presidente da
Contribuinte da Assembleia Legislati-                ao Estado de Minas, assim como ou-                             Toyota Mercosul, Luiz Carlos Andrade
va de Minas Gerais que realizou uma                  tras seis pessoas que também passa-                            Junior, não pôde comparecer e pediu
audiência, ontem, para discutir os ca-               ram pelo aperto de ter o carro partin-                         que marcasse outra audiência para o
sos de aceleração involuntária de Co-                do em disparada. O DPDC já abriu o                             início de abril.
rollas fabricados no Brasil. A ausência              processo, notificou a Toyota, e aguar-                             “Enquanto estamos aqui conver-
do fabricante, que está envolvido no                 da o relato dos casos para que possa                           sando, a Toyota ganha tempo e vidas
maior recall já feito na indústria auto-             atuar, inclusive forçando a fábrica a fa-                      podem estar sendo perdidas”, disse a               Maria do Carmo, proprietária de Corolla, reclama da falta de atitude do fabricante
mobilística (veja quadro), com quase                 zer o recall. O promotor do Ministério                         médica Maria do Carmo Barros de Me-
9 milhões de veículos convocados pa-                 Público Estadual, Amauri da Matta                              lo, que passou pelo problema da acele-
ra reparo, não impediu a realização. O               participou da audiência e, ao final, co-                       ração involuntária e entrou na Aveni-               10 casos de pessoas que já haviam pas-                         sar em tirar o carro da via pública pu-
deputado estadual Délio Malheiros,                   lheu o depoimento dos três consumi-                            da do Contorno em alta velocidade e,                sado pelo recall, mas que a aceleração                         xando o freio de mão com muita for-
que convocou a audiência, informou                   dores e abriu um procedimento in-                              depois de muito apuro, conseguiu pa-                repentina voltou a se manifestar. Ago-                         ça e me atirar junto com o carro de en-
que vai levar, nesta semana, o relato                vestigativo para verificar se é caso de                        rar o carro colocando o câmbio na po-               ra, o número de reclamações de pro-                            contro a uma caçamba, que se encon-
dos depoimentos de três consumido-                   recall. O deputado Malheiros disse                             sição “N” (neutro). Assim como Maria                prietários que fizeram o reforço no pe-                        trava a alguns metros à minha frente,
res, que compareceram à audiência,                   também que pretende solicitar uma                              do Carmo, os outros dois consumido-                 dal ou substituíram o tapete e volta-                          em uma rua que era entrada de favela,
para o Departamento de Proteção e                    perícia técnica independente nos car-                          res presentes, João Sena e Patrícia Cor-            ram a ter o problema subiu para 60, se-                        conseguindo, finalmente, parar o car-
                                                                                                                    rea, também não acreditam que o pro-                gundo o NHTSA. Some-se a isso o fato                           ro”, relata.
                                                                                                                    blema seja provocado pelo tapete que                do presidente da Toyota nos Estados                               Antes, porém, o carro já tinha pas-
                                     ENTENDA O CASO                                                                 prende o pedal do acelerador, como                  Unidos, James E. Lentz, ter afirmado                           sado por problemas semelhantes
                                                                                                                    afirmaram as concessionárias após                   que suspeita de que o recall feito não                         duas vezes. A primeira foi setembro
                                                                                                                    analisarem os carros. No caso de Patrí-             resolva, pois o problema pode ter ou-                          do ano passado: “Estava na BR-116 e
                                                                                                                    cia, o carro não foi avaliado, pois foi             tra origem. No dia seguinte a essa de-                         em uma ultrapassagem e precisei
       NO RESTO DO MUNDO                             ✔ NHTSA informa que cerca de 60 carros                         acidentado e teve perda total, indo pa-             claração, o presidente mundial da                              acelerar o carro. Quando terminei de
                                                     que passaram pelo recall voltaram a                            ra o pátio da seguradora, sendo que a               Toyota e neto do fundador da empre-                            fazer a manobra, percebi que o carro
       ✔ Nos EUA aconteceram acidentes, inclusive    apresentar defeitos.                                           Toyota não analisou o veículo.                      sa, Akio Toyoda, pediu desculpas pelas                         acelerava sozinho. Eu pisava no pe-
       vários com mortes, devido à aceleração                                                                           “O consumidor precisa ter certeza               falhas e atribuiu a culpa ao crescimen-                        dal freio e ele não obedecia meu co-
       involuntária.                                                                                                de que o carro dele não tem proble-                 to acelerado da empresa, que é líder                           mando. Fiquei muito nervosa e as-
       ✔ Primeiramente, a Toyota afirmou que o       NO BRASIL
                                                                                                                    ma e, se tiver algo, ele deve ter o mes-            mundial na venda de automóveis.                                sustada, tentando parar desespera-
       defeito era o tapete que prendia o pedal do
       acelerador e fez o recall do tapete.          ✔ A Toyota do Brasil nega a possibilidade de
                                                                                                                    mo tratamento que os consumidores                                                                                  damente e depois de alguns segun-
       ✔ Depois, fez recall alegando que o           aceleração involuntária.                                       de outros mercados, como Europa e                   MAIS UM CASO A empresária de Por-                              dos, consegui dominar o carro e
       problema também poderia ser motivado por      ✔ A empresa argumenta que o pedal                              EUA. Quando a empresa nega, atrai                   to Alegre, Marlene Lochs, relata que o                         frear. Minha sorte é que naquele mo-
       defeito mecânico no acelerador.               utilizado aqui (Denso) é diferente dos                         para si o ônus da prova”, afirma o de-              Toyota Corolla automático, ano 2008,                           mento não tinha automóvel próxi-
       ✔ As vendas de oito modelos chegaram a        problemáticos (CTS).                                           putado Délio Malheiros. Enquanto a                  também passou pelo problema da                                 mo”. A outra foi com o filho dela, o
       ser suspensas até encontrar uma solução.      ✔ Atribui o defeito em cinco dos nove casos                    Toyota não informa com clareza, os                  aceleração espontânea três vezes, sen-                         médico Vinícius da Lima Silva, tam-
       ✔ O recall estendeu-se para a Europa e        noticiados pelo Estado Minas a problemas                       consumidores permanecem com                         do que na última chegou a bater o car-                         bém em uma manobra de ultrapas-
       China. Outro problema, dessa vez no freio,    de fixação no tapete.                                          medo. Maria do Carmo disse que já                   ro. Na última sexta-feira, Marlene                             sagem, em que o pedal não retornou.
       atingiu os modelos híbridos da marca,         ✔ Nos outros quatro casos não explicou a                       aconteceu de oferecer carona a cole-                aguardava no semáforo. Assim que                               “Para diminuir a velocidade e soltar
       também gerando recall.                        origem do defeito, sendo que em um deles                       gas e eles recusarem.                               surgiu a luz verde, acelerou o Corolla                         o pedal preso, tive que pressioná-lo
       ✔ James Lentz, diretor de operações da        o carro teve perda total.
       Toyota nos EUA, admite que os recalls do      ✔ A Toyota também não convocou recall
                                                                                                                                                                        e o carro disparou por 200 metros.                             por meio de um leve chute, tendo a
       pedal do acelerador podem não ter sido        para o tapete que apresenta problema de                        DÚVIDA Inicialmente, o NHTSA, órgão                 “Não conseguia mais controlá-lo e en-                          manobra funcionado”, relata. Procu-
       suficientes e que o problema pode ter         fixação, apesar de reconhecer o defeito com                    do governo americano para seguran-                  trei em desespero consciente, pois,                            rada pela reportagem a Toyota não
       origem eletrônica.                            os consumidores.                                               ça no trânsito, divulgou que existiam               em fração de segundos, consegui pen-                           se manifestou sobre o caso.




                                                                                ALTA RODA       FERNANDO CALMON
                                                                                                     fernando@calmon.jor.br




Pensar no futuro
                                                                                                                                                                                                           OPEL/DIVULGAÇÃO
                                                                                                                                                                                                                                       para 1.2 litro, a diesel com turbo Garrett
                                                                                                                                                                                                                                       de geometria variável, apenas 87 g/km
                                                                                                                                                                                                                                       de CO2 ou 15% menos.
                                                                                                                                                                                                                                           O novo Opel Meriva, que não chega-
                                                                                                                                                                                                                                       rá ao Brasil e agora compartilha plata-
                                                                                                                                                                                                                                       forma com o irmão maior Zafira, des-
    O Salão do Automóvel de Genebra,                 e Volvo S80.                                                                                                                                                                      tacou-se pelas duas portas traseiras
que termina domingo, demonstrou, ao                     O Dacia Duster, a ser fabricado no                                                                                                                                             com abertura invertida independente,
comemorar 80 anos, algo adiante em                   Paraná em 2011 com a marca Renault,                                                                                                                                               único em grande série a dispor dessa
tendências e mais de 80 estreias mun-                em primeira aparição pública agradou                                                                                                                                              solução de acesso facilitado, só ofereci-
diais, dependendo dos critérios de clas-             pelo desenho robusto. Havia expecta-                                                                                                                                              da no Rolls-Royce Phantom. Mini Club-
sificação. Os organizadores se esforça-              tiva de que a Nissan fabricasse, no mes-                                                                                                                                          man (apenas um lado) e Mazda RX8
ram-se na organização de um grande                   mo local, o March, mas o México foi o                                                                                                                                             têm portas pequenas desse tipo, mas
fórum de Mobilidade do Futuro e até                  escolhido. Para o Brasil, pode estar des-                                                                                                                                         só funcionam com as portas dianteiras
criaram uma Pavilhão Verde para abri-                tinado uma versão superior do carro                                                                                                                                               também abertas.
gar elétricos e soluções alternativas. Es-           de entrada de baixíssimo custo que a                                                                                                                                                  Curioso, o Aston Martin Cygnet,
te tinha dimensões acanhadas e pouco                 aliança Renault/Nissan produzirá na                            Novo Meriva usa plataforma do Zafira e tem portas traseira com abertura invertida                                  versão bem incrementada do minús-
frequentado.                                         Índia, em colaboração com a Bajaj, para                                                                                                                                           culo Toyota iQ, visa rebaixar a média
    Entre as novidades, pelo menos 15                enfrentar o Tata Nano.                                                                                                                                                            de emissão de CO2 dos carros de alto
serão importadas nos próximos 12                        Genebra deu continuidade às pro-                            ção em atropelamentos que mudarão                  Fiat apresentou o Twin-Air, motor a ga-                         desempenho do fabricante inglês. E,
meses, desde o compacto Nissan Mar-                  postas conceituais que apenas anteci-                          o visual dos carros no continente.                 solina de dois cilindros, 900cm³, de sua                        pensando no futuro, a Daimler anun-
ch aos remodelados Porsche Cayenne                   pam como serão as gerações seguintes.                              A Porsche atraiu atenções pelo hí-             divisão FPT, a estrear no 500 em setem-                         ciou uma parceria com a BYD, produ-
e sua contraparte VW Touareg, passan-                Foi o caso do Mercedes F800, indicação                         brido 918 Spyder (motor a combustão                bro. De 65cv (aspirado) a 105cv (turbo)                         tor chinês de carros e baterias, a fim de
do por uma única unidade do sueco                    do novo CLS que lançou a moda se-                              e três elétricos), enquanto o cupê Ci-             emite 30% menos CO2, ou seja, opção                             desenvolver carros elétricos na China.
Koenigsegg CCXR (1.020 cv, R$ 6 mi-                  dã/cupê. E também do Peugeot 508 já                            troën Survolt, só elétrico, destacou o             de downsizing – redução de cilindrada                           A empresa alemã já havia comprado
lhões) e a nova geração do utilitário es-            exibindo a parte central do capô ligei-                        imenso aerofólio. O primeiro tem pos-              – a rivalizar com os a diesel de mesma                          10% das ações da Tesla, fabricante
porte Kia Sportage, além do BMW Série                ramente abaulada para atender às fu-                           sibilidade de ser produzido; o segundo,            potência. No momento, o Polo Blue-                              americano de carro esporte elétrico
5, Mercedes-Benz E Cabriolet, Audi A1                turas regras europeias (2013) de prote-                        um carro-show. No campo técnico, a                 motion é referência: downsizing de 1.4                          sob encomenda.


RODA VIVA

APESAR de menos dias úteis, fevereiro foi o          ABLA (de locadoras de veículos) aparecem                       compacto da Ford ganhou garantia de três anos,      (motores). Os italianos manteriam cerca de 50%
melhor segundo mês da história: 221 mil              pérolas do tipo: “Rode apenas com um                           preços, em média, 3% menores, pedal de              do controle da Fiat Automobiles.
unidades vendidas de carros e comerciais leves e     combustível; quem roda pouco deve usar                         embreagem mais leve e caixas de câmbio
pesados. Volume quase 11% acima de fevereiro de      gasolina; se misturar gasolina ao etanol, não                  manual e automática ajustadas.                      CONTRAN decidiu igualar o limite de velocidade
2008, antes da crise financeira mundial de           deixe o carro parado mais de quatro dias”. Só                                                                      de picapes e automóveis. Legislação deixava              BB Seguro Auto.
setembro daquele ano. Março está em bom              lendas urbanas repetidas como verdadeiras...                   RUMORES na Itália indicam que a Fiat                dúvidas e muitos motoristas foram multados em             Todo seu e do seu carro.
ritmo, mas abril e maio, primeiros meses sem                                                                        anunciaria, em abril, a separação da divisão de     estradas como a Rodovia Dutra, a mais
redução do IPI, podem fraquejar.                     FOCUS sedã e hatch terão, a partir de abril, motor             automóveis (spin-off, em inglês). Promoveria        importante do país. Iniciativa partiu da Polícia          Acesse bb.com.br                                                            Todo
                                                     de 2.0 flex, 148cv (etanol). Entre automóveis                  fusão com a Chrysler, sem contaminar o balanço      Rodoviária Federal. Textos mal redigidos dão              ou ligue 0800 729 0400                                                          seu
FEVEREIRO marcou a produção de 10 milhões de         produzidos no Mercosul praticamente não                        financeiro do grupo que abriga, entre outras,       margem a interpretações imprecisas. O atual             Um produto da Brasilveículos Cia. de Seguros, comercializado pela BB Corretora de Seguros e Administradora de Bens S.A.


carros com motores flex. Ainda assim, na revista     existem mais motores só a gasolina. O médio-                   Iveco (caminhões), CNH (tratores) e FPT             código de trânsito é de 1997 e ainda tem erros.
                                                                                                                                                                                                                                CNPJ: 01.356.570/0001-81 Susep VD/VM: 15414.002837/2004-31 Susep Mensal: 15414.002838/2004-85 Jan/2008.
                                                                                                                                                                                                                                O registro deste plano na SUSEP não implica, por parte da Autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização.

Mais conteúdo relacionado

Destaque (20)

Rolimã 109
Rolimã 109Rolimã 109
Rolimã 109
 
Eve0905p0002
Eve0905p0002Eve0905p0002
Eve0905p0002
 
Rolimã 108
Rolimã 108Rolimã 108
Rolimã 108
 
Eve0303p0009
Eve0303p0009Eve0303p0009
Eve0303p0009
 
Eve1609p01
Eve1609p01Eve1609p01
Eve1609p01
 
Eve1305p01
Eve1305p01Eve1305p01
Eve1305p01
 
Eve00302 P0009
Eve00302 P0009Eve00302 P0009
Eve00302 P0009
 
Eve2301p0012
Eve2301p0012Eve2301p0012
Eve2301p0012
 
Eve2605p01
Eve2605p01Eve2605p01
Eve2605p01
 
Rolimã 110
Rolimã 110Rolimã 110
Rolimã 110
 
Eve3001 P0009
Eve3001 P0009Eve3001 P0009
Eve3001 P0009
 
Eve0209p01
Eve0209p01Eve0209p01
Eve0209p01
 
Eve2803p0002
Eve2803p0002Eve2803p0002
Eve2803p0002
 
Eve2003p0012
Eve2003p0012Eve2003p0012
Eve2003p0012
 
Eve2701p0009
Eve2701p0009Eve2701p0009
Eve2701p0009
 
Rolima 01
Rolima 01Rolima 01
Rolima 01
 
Eve1002p0011
Eve1002p0011Eve1002p0011
Eve1002p0011
 
Eve0209p03
Eve0209p03Eve0209p03
Eve0209p03
 
Eve0608p01
Eve0608p01Eve0608p01
Eve0608p01
 
Rolimãxx
RolimãxxRolimãxx
Rolimãxx
 

Mais de Daniel Camargos (20)

Ept2506p0003
Ept2506p0003Ept2506p0003
Ept2506p0003
 
Efi2506p0001
Efi2506p0001Efi2506p0001
Efi2506p0001
 
Ept2406p0005
Ept2406p0005Ept2406p0005
Ept2406p0005
 
Ept2406p0004
Ept2406p0004Ept2406p0004
Ept2406p0004
 
Ept2406p0003
Ept2406p0003Ept2406p0003
Ept2406p0003
 
Efi2406p0001
Efi2406p0001Efi2406p0001
Efi2406p0001
 
Ept2306p0004
Ept2306p0004Ept2306p0004
Ept2306p0004
 
Ept2306p0003
Ept2306p0003Ept2306p0003
Ept2306p0003
 
Efi2306p0001 2ed
Efi2306p0001 2edEfi2306p0001 2ed
Efi2306p0001 2ed
 
Ept2206p0004
Ept2206p0004Ept2206p0004
Ept2206p0004
 
Ept2206p0003
Ept2206p0003Ept2206p0003
Ept2206p0003
 
Efi2206p0001 2ed
Efi2206p0001 2edEfi2206p0001 2ed
Efi2206p0001 2ed
 
Ept2206p0004
Ept2206p0004Ept2206p0004
Ept2206p0004
 
Ept2206p0003
Ept2206p0003Ept2206p0003
Ept2206p0003
 
Efi2206p0001 2ed
Efi2206p0001 2edEfi2206p0001 2ed
Efi2206p0001 2ed
 
Ept2106p0004
Ept2106p0004Ept2106p0004
Ept2106p0004
 
Ept2106p0003
Ept2106p0003Ept2106p0003
Ept2106p0003
 
Efi2106p0001 2ed
Efi2106p0001 2edEfi2106p0001 2ed
Efi2106p0001 2ed
 
Ept2006p0004
Ept2006p0004Ept2006p0004
Ept2006p0004
 
Ept2006p0003
Ept2006p0003Ept2006p0003
Ept2006p0003
 

Eve1003p0013

  • 1. E STA D O D E M I N A S ● Q U A R T A - F E I R A , 1 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 0 VEÍCULOS 13 Leia VERSÂO INTERMEDIÁRIA SAIBA COMO MELHORAR DO CIVIC EM CHEQUE CONFORTO E SEGURANÇA Avaliamos a opção do meio do sedã Conheça algumas dicas para usar de também... médio da Honda, que ganhou itens forma mais eficiente o ar- de aparência e conveniência condicionado, evitando desperdício ● CADERNO 1 ● CADERNO 1 MARLOS NEY VIDAL/EM/D.A PRESS MARLOS NEY VIDAL/EM/D.A PRESS MEGARRECALL São nove relatos de aceleração repentina no Brasil e a Toyota nega-se a dar explicações. Faltou à audiência na ALMG, mas será investigada pelo Ministério Público e pelo DPDC Cerco se fecha RENATO WEIL/EM/D.A PRESS DANIEL CAMARGOS Defesa do Consumidor (DPDC) do Mi- ros dos consumidores. A Toyota ale- nistério da Justiça. gou, via fax enviado à comissão, que A Toyota recusou o convite da Co- Os consumidores são de Belo Hori- estava fechando o balanço trimestral missão de Defesa do Consumidor e do zonte e já haviam relatado seus casos e que, por isso, o vice-presidente da Contribuinte da Assembleia Legislati- ao Estado de Minas, assim como ou- Toyota Mercosul, Luiz Carlos Andrade va de Minas Gerais que realizou uma tras seis pessoas que também passa- Junior, não pôde comparecer e pediu audiência, ontem, para discutir os ca- ram pelo aperto de ter o carro partin- que marcasse outra audiência para o sos de aceleração involuntária de Co- do em disparada. O DPDC já abriu o início de abril. rollas fabricados no Brasil. A ausência processo, notificou a Toyota, e aguar- “Enquanto estamos aqui conver- do fabricante, que está envolvido no da o relato dos casos para que possa sando, a Toyota ganha tempo e vidas maior recall já feito na indústria auto- atuar, inclusive forçando a fábrica a fa- podem estar sendo perdidas”, disse a Maria do Carmo, proprietária de Corolla, reclama da falta de atitude do fabricante mobilística (veja quadro), com quase zer o recall. O promotor do Ministério médica Maria do Carmo Barros de Me- 9 milhões de veículos convocados pa- Público Estadual, Amauri da Matta lo, que passou pelo problema da acele- ra reparo, não impediu a realização. O participou da audiência e, ao final, co- ração involuntária e entrou na Aveni- 10 casos de pessoas que já haviam pas- sar em tirar o carro da via pública pu- deputado estadual Délio Malheiros, lheu o depoimento dos três consumi- da do Contorno em alta velocidade e, sado pelo recall, mas que a aceleração xando o freio de mão com muita for- que convocou a audiência, informou dores e abriu um procedimento in- depois de muito apuro, conseguiu pa- repentina voltou a se manifestar. Ago- ça e me atirar junto com o carro de en- que vai levar, nesta semana, o relato vestigativo para verificar se é caso de rar o carro colocando o câmbio na po- ra, o número de reclamações de pro- contro a uma caçamba, que se encon- dos depoimentos de três consumido- recall. O deputado Malheiros disse sição “N” (neutro). Assim como Maria prietários que fizeram o reforço no pe- trava a alguns metros à minha frente, res, que compareceram à audiência, também que pretende solicitar uma do Carmo, os outros dois consumido- dal ou substituíram o tapete e volta- em uma rua que era entrada de favela, para o Departamento de Proteção e perícia técnica independente nos car- res presentes, João Sena e Patrícia Cor- ram a ter o problema subiu para 60, se- conseguindo, finalmente, parar o car- rea, também não acreditam que o pro- gundo o NHTSA. Some-se a isso o fato ro”, relata. blema seja provocado pelo tapete que do presidente da Toyota nos Estados Antes, porém, o carro já tinha pas- ENTENDA O CASO prende o pedal do acelerador, como Unidos, James E. Lentz, ter afirmado sado por problemas semelhantes afirmaram as concessionárias após que suspeita de que o recall feito não duas vezes. A primeira foi setembro analisarem os carros. No caso de Patrí- resolva, pois o problema pode ter ou- do ano passado: “Estava na BR-116 e cia, o carro não foi avaliado, pois foi tra origem. No dia seguinte a essa de- em uma ultrapassagem e precisei NO RESTO DO MUNDO ✔ NHTSA informa que cerca de 60 carros acidentado e teve perda total, indo pa- claração, o presidente mundial da acelerar o carro. Quando terminei de que passaram pelo recall voltaram a ra o pátio da seguradora, sendo que a Toyota e neto do fundador da empre- fazer a manobra, percebi que o carro ✔ Nos EUA aconteceram acidentes, inclusive apresentar defeitos. Toyota não analisou o veículo. sa, Akio Toyoda, pediu desculpas pelas acelerava sozinho. Eu pisava no pe- vários com mortes, devido à aceleração “O consumidor precisa ter certeza falhas e atribuiu a culpa ao crescimen- dal freio e ele não obedecia meu co- involuntária. de que o carro dele não tem proble- to acelerado da empresa, que é líder mando. Fiquei muito nervosa e as- ✔ Primeiramente, a Toyota afirmou que o NO BRASIL ma e, se tiver algo, ele deve ter o mes- mundial na venda de automóveis. sustada, tentando parar desespera- defeito era o tapete que prendia o pedal do acelerador e fez o recall do tapete. ✔ A Toyota do Brasil nega a possibilidade de mo tratamento que os consumidores damente e depois de alguns segun- ✔ Depois, fez recall alegando que o aceleração involuntária. de outros mercados, como Europa e MAIS UM CASO A empresária de Por- dos, consegui dominar o carro e problema também poderia ser motivado por ✔ A empresa argumenta que o pedal EUA. Quando a empresa nega, atrai to Alegre, Marlene Lochs, relata que o frear. Minha sorte é que naquele mo- defeito mecânico no acelerador. utilizado aqui (Denso) é diferente dos para si o ônus da prova”, afirma o de- Toyota Corolla automático, ano 2008, mento não tinha automóvel próxi- ✔ As vendas de oito modelos chegaram a problemáticos (CTS). putado Délio Malheiros. Enquanto a também passou pelo problema da mo”. A outra foi com o filho dela, o ser suspensas até encontrar uma solução. ✔ Atribui o defeito em cinco dos nove casos Toyota não informa com clareza, os aceleração espontânea três vezes, sen- médico Vinícius da Lima Silva, tam- ✔ O recall estendeu-se para a Europa e noticiados pelo Estado Minas a problemas consumidores permanecem com do que na última chegou a bater o car- bém em uma manobra de ultrapas- China. Outro problema, dessa vez no freio, de fixação no tapete. medo. Maria do Carmo disse que já ro. Na última sexta-feira, Marlene sagem, em que o pedal não retornou. atingiu os modelos híbridos da marca, ✔ Nos outros quatro casos não explicou a aconteceu de oferecer carona a cole- aguardava no semáforo. Assim que “Para diminuir a velocidade e soltar também gerando recall. origem do defeito, sendo que em um deles gas e eles recusarem. surgiu a luz verde, acelerou o Corolla o pedal preso, tive que pressioná-lo ✔ James Lentz, diretor de operações da o carro teve perda total. Toyota nos EUA, admite que os recalls do ✔ A Toyota também não convocou recall e o carro disparou por 200 metros. por meio de um leve chute, tendo a pedal do acelerador podem não ter sido para o tapete que apresenta problema de DÚVIDA Inicialmente, o NHTSA, órgão “Não conseguia mais controlá-lo e en- manobra funcionado”, relata. Procu- suficientes e que o problema pode ter fixação, apesar de reconhecer o defeito com do governo americano para seguran- trei em desespero consciente, pois, rada pela reportagem a Toyota não origem eletrônica. os consumidores. ça no trânsito, divulgou que existiam em fração de segundos, consegui pen- se manifestou sobre o caso. ALTA RODA FERNANDO CALMON fernando@calmon.jor.br Pensar no futuro OPEL/DIVULGAÇÃO para 1.2 litro, a diesel com turbo Garrett de geometria variável, apenas 87 g/km de CO2 ou 15% menos. O novo Opel Meriva, que não chega- rá ao Brasil e agora compartilha plata- forma com o irmão maior Zafira, des- O Salão do Automóvel de Genebra, e Volvo S80. tacou-se pelas duas portas traseiras que termina domingo, demonstrou, ao O Dacia Duster, a ser fabricado no com abertura invertida independente, comemorar 80 anos, algo adiante em Paraná em 2011 com a marca Renault, único em grande série a dispor dessa tendências e mais de 80 estreias mun- em primeira aparição pública agradou solução de acesso facilitado, só ofereci- diais, dependendo dos critérios de clas- pelo desenho robusto. Havia expecta- da no Rolls-Royce Phantom. Mini Club- sificação. Os organizadores se esforça- tiva de que a Nissan fabricasse, no mes- man (apenas um lado) e Mazda RX8 ram-se na organização de um grande mo local, o March, mas o México foi o têm portas pequenas desse tipo, mas fórum de Mobilidade do Futuro e até escolhido. Para o Brasil, pode estar des- só funcionam com as portas dianteiras criaram uma Pavilhão Verde para abri- tinado uma versão superior do carro também abertas. gar elétricos e soluções alternativas. Es- de entrada de baixíssimo custo que a Curioso, o Aston Martin Cygnet, te tinha dimensões acanhadas e pouco aliança Renault/Nissan produzirá na Novo Meriva usa plataforma do Zafira e tem portas traseira com abertura invertida versão bem incrementada do minús- frequentado. Índia, em colaboração com a Bajaj, para culo Toyota iQ, visa rebaixar a média Entre as novidades, pelo menos 15 enfrentar o Tata Nano. de emissão de CO2 dos carros de alto serão importadas nos próximos 12 Genebra deu continuidade às pro- ção em atropelamentos que mudarão Fiat apresentou o Twin-Air, motor a ga- desempenho do fabricante inglês. E, meses, desde o compacto Nissan Mar- postas conceituais que apenas anteci- o visual dos carros no continente. solina de dois cilindros, 900cm³, de sua pensando no futuro, a Daimler anun- ch aos remodelados Porsche Cayenne pam como serão as gerações seguintes. A Porsche atraiu atenções pelo hí- divisão FPT, a estrear no 500 em setem- ciou uma parceria com a BYD, produ- e sua contraparte VW Touareg, passan- Foi o caso do Mercedes F800, indicação brido 918 Spyder (motor a combustão bro. De 65cv (aspirado) a 105cv (turbo) tor chinês de carros e baterias, a fim de do por uma única unidade do sueco do novo CLS que lançou a moda se- e três elétricos), enquanto o cupê Ci- emite 30% menos CO2, ou seja, opção desenvolver carros elétricos na China. Koenigsegg CCXR (1.020 cv, R$ 6 mi- dã/cupê. E também do Peugeot 508 já troën Survolt, só elétrico, destacou o de downsizing – redução de cilindrada A empresa alemã já havia comprado lhões) e a nova geração do utilitário es- exibindo a parte central do capô ligei- imenso aerofólio. O primeiro tem pos- – a rivalizar com os a diesel de mesma 10% das ações da Tesla, fabricante porte Kia Sportage, além do BMW Série ramente abaulada para atender às fu- sibilidade de ser produzido; o segundo, potência. No momento, o Polo Blue- americano de carro esporte elétrico 5, Mercedes-Benz E Cabriolet, Audi A1 turas regras europeias (2013) de prote- um carro-show. No campo técnico, a motion é referência: downsizing de 1.4 sob encomenda. RODA VIVA APESAR de menos dias úteis, fevereiro foi o ABLA (de locadoras de veículos) aparecem compacto da Ford ganhou garantia de três anos, (motores). Os italianos manteriam cerca de 50% melhor segundo mês da história: 221 mil pérolas do tipo: “Rode apenas com um preços, em média, 3% menores, pedal de do controle da Fiat Automobiles. unidades vendidas de carros e comerciais leves e combustível; quem roda pouco deve usar embreagem mais leve e caixas de câmbio pesados. Volume quase 11% acima de fevereiro de gasolina; se misturar gasolina ao etanol, não manual e automática ajustadas. CONTRAN decidiu igualar o limite de velocidade 2008, antes da crise financeira mundial de deixe o carro parado mais de quatro dias”. Só de picapes e automóveis. Legislação deixava BB Seguro Auto. setembro daquele ano. Março está em bom lendas urbanas repetidas como verdadeiras... RUMORES na Itália indicam que a Fiat dúvidas e muitos motoristas foram multados em Todo seu e do seu carro. ritmo, mas abril e maio, primeiros meses sem anunciaria, em abril, a separação da divisão de estradas como a Rodovia Dutra, a mais redução do IPI, podem fraquejar. FOCUS sedã e hatch terão, a partir de abril, motor automóveis (spin-off, em inglês). Promoveria importante do país. Iniciativa partiu da Polícia Acesse bb.com.br Todo de 2.0 flex, 148cv (etanol). Entre automóveis fusão com a Chrysler, sem contaminar o balanço Rodoviária Federal. Textos mal redigidos dão ou ligue 0800 729 0400 seu FEVEREIRO marcou a produção de 10 milhões de produzidos no Mercosul praticamente não financeiro do grupo que abriga, entre outras, margem a interpretações imprecisas. O atual Um produto da Brasilveículos Cia. de Seguros, comercializado pela BB Corretora de Seguros e Administradora de Bens S.A. carros com motores flex. Ainda assim, na revista existem mais motores só a gasolina. O médio- Iveco (caminhões), CNH (tratores) e FPT código de trânsito é de 1997 e ainda tem erros. CNPJ: 01.356.570/0001-81 Susep VD/VM: 15414.002837/2004-31 Susep Mensal: 15414.002838/2004-85 Jan/2008. O registro deste plano na SUSEP não implica, por parte da Autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização.