Estudo em 1 coríntios

3.397 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.397
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
440
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
151
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo em 1 coríntios

  1. 1. 1ª Coríntios Te x t o : 1 C o 1 . 1 - 3 1
  2. 2. Templo de Afrodite em Corinto
  3. 3. Cidade Antiga de Corinto
  4. 4. Templo de Apolo em Corinto
  5. 5. Golfo de Corinto
  6. 6. Ístmo de Corinto
  7. 7. Visão Aérea da Atual Corinto
  8. 8. Acrópole de Corinto
  9. 9. Dados da Cidade Antiga de Corinto As três principais cidades da Grécia Atenas, capital e centro intelectual; Esparta, centro militar; Corinto, centro comercial e a mais importante!
  10. 10. As grandes cidades da Roma Antiga Roma – Capital do império e a maior e principal cidade; Alexandria – Maior e mais importante cidade da África; Corinto – Grande centro comercial portuário da Grécia. População com cerca de 400 mil habitantes;
  11. 11. Geografia de Corinto: 80 Km de Atenas; Banhada por 2 mares: Egeu e o Jônico; 2 grandes portos; Cidade Cosmopolita; Cerca de 400 mil habitantes; Um dos maiores fluxos de pessoas do mundo antigo
  12. 12. Portos de Corinto
  13. 13. Social de Corinto Um dos maiores centros comerciais do mundo; A maior parte do comércio entre o Oriente e o Ocidente passava por Corinto; Culturalmente tinha um auditório para 18 mil pessoas sentadas;
  14. 14. Esportivamente só era superada pelos jogos Olímpicos de Atenas; Corinto era aberta para um mundo de novas idéias; Se ouvia nas praças regularmente os filósofos e pensadores;
  15. 15. Moralidade de Corinto Profundamente imoral e depravada; Trabalho, esporte, diversão, conhecimento, bebedeira e promiscuidade; A cidade antiga mais depravada depois de Sodoma e Gomorra;
  16. 16. Prostituição Cúltica: Templo de Afrodite – deusa do amor; Homossexualismo: Templo de Apolo – deus da beleza masculina; Carnalidade: “corintianizar” – se entregar aos desejos carnais sem limites! A cidade dos excessos! Da volúpia!
  17. 17. Cristianismo em Corinto At 18.1 – 11 Data: cerca de 49/50 d. C. Durante a 2ª viagem missionária de Paulo – 49/50 a 54 d. C.
  18. 18. Dificuldades e Bênçãos: Financeira – At 18.3 Judeus – At 18.6 O Cristianismo floresceu – At 18.8 O Chamado de Paulo para pregar em Corinto – At 18.9 11
  19. 19. A Responsabilidade de Paulo em Pregar a Palavra 1 Co 9.16 “Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho”
  20. 20. 1 Co 9.27 “Mas esmurro o meu próprio corpo, e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado”. At 20.24 – 28 2 Co 2.14 – 17 1 Co 4.1, 2
  21. 21. Alguns Problemas na Igreja em Corinto Divisões na Igreja – 1 Co 1-4 Frouxidão na disciplina – 5.1 Irmão levando outro irmão em tribunal secular – 6.1
  22. 22. Imoralidade – 6.5 Casamento e celibato – 7.1 -40 Comida sacrificada aos ídolos – 8 – 10 Heresia sobre a ressurreição de Cristo – 15.12 Como resolver estes problemas? Pregação, Doutrina e Ensino da Palavra!
  23. 23. Pregação: Doutrina em Ação! David Martin Lloyde Jones: “É a lógica em fogo! É a teologia em chamas! É raciocínio eloquente”. “A pregação é a tarefa mais importante do mundo. A maior necessidade da igreja e a maior necessidade do mundo”.
  24. 24. Edward Mckendree Bounds: “Homens mortos, tiram de si sermões mortos e sermões mortos, matam”. Charles Haddon Spurgeon: “Em nenhuma parte das Escrituras se diz que prover entretenimento às pessoas é uma função da Igreja”.
  25. 25. Charles Haddon Spurgeon: “Preguem o evangelho tendo em vista unicamente a glória de Deus, ou então, segurem suas línguas”. “A Bíblia, toda a Bíblia e nada mais do que a Bíblia, é a religião da igreja de Cristo”.
  26. 26. OS INIMIGOS DOS APÓSTOLOS AO PREGAREM A PALAVRA?  O Maligno – 1 Jo 2.13, 14; 2 Tm 4.18  Os Anticristos – 1 Jo 2.18,22
  27. 27.  Os falsos profetas – 1 Jo 4.1,4;  Os mercenários – 1 Jo 4.5; 2 Pe 2.3; 2 Co 2.17; 2 Tm 4.10  O J o i o – 1 Jo 2.19; 4.6; 1 Co 5.13; 2 Tm 2.24-25
  28. 28. QUAL O PRINCIPAL OBJETIVO DA PREGAÇÃO DA PALAVRA?  A glória de Deus 1 Pe 4.11: “Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus... para que em todas as coisas seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos . Amém”.
  29. 29. QUAL O PRINCIPAL OBJETIVO DA PREGAÇÃO DA PALAVRA?  A glória de Deus na salvação dos pecadores. Regeneração era a doutrina pregada pelos apóstolos – 1 Jo 2.29; 3.9; 4.7; 5.1, 4, 18; Jo 3.5, 8; At 2.38; 3.19; 1 Co 2.2
  30. 30.  A glória de Deus na edificação da Igreja. Vida no Espírito era a doutrina pregada pelos apóstolos – 1 Jo 2.6; 4.2; 5. 6-8; 1 Co 2.1 – 5  A glória de Deus na consumação dos séculos. A redenção final era a doutrina pregada pelos apóstolos – 1 Co 15.1 – 58; 1 Jo 3.1 – 3.
  31. 31. C O N C LU S Ã O 1 Co 2.2: “Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado”. Rm 11.36: “Porque Dele, e por meio Dele, e para Ele são todas as coisas. A Ele, pois a Glória eternamente”.

×