Tentação e provação

4.094 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.094
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
225
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
141
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tentação e provação

  1. 1. Tentação e Provação Mt 26.41; Lc 22.46
  2. 2. O significado da palavra Tentação O sentido positivo: Provação Eirasmon – É usada para descrever várias situações de acordo com o contexto. Pode significar: Prova , tribulação, teste ou experiência para conduzir o crente ao crescimento espiritual, e uma maior intimidade com Deus – Gn 22.1; 2 Cr 32.31; 1 Pe 1.5 – 7
  3. 3. O sentido negativo da palavra Tentação: Mt 26.36 – 41 Peirosmon – É a tentação no sentido de sedução para cometer pecado. Denota um poder, argumento, operação ou sedução para com o pecar. Neste sentido, Deus não prova ninguém.
  4. 4. Tentação Tg 1.13, 14 “Ninguém ao ser tentado, diga: sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e Ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um é tentado pela própria cobiça, quando esta o atrai e seduz”
  5. 5. “Tentação, então, em geral é qualquer coisa – estado, caminho ou condição – que sob certa circunstância, tem a força e eficácia de seduzir, apartar a mente e o coração de um homem de sua obediência, que Deus requer dele, para qualquer pecado, em qualquer grau dele” (Brian
  6. 6. Tentações Externas As atrações do mundo – 1 Jo 2.15 - 17 As enganosas propostas de Satanás – 1 Jo 5.19; At 8.17 – 25 O amor ao dinheiro – 1 Tm 6.9, 10 Os argumentos e seduções dos não regenerados – Sl 1.1; 1 Tm 1.19; 4.7; 6.3 – 8
  7. 7. Tentações Internas Brotam dos desejos pecaminosos que permanecem em nós: Invejas, Luxúrias, Imaginações impuras, cobiça, pensamentos de vingança injusta, e.t.c. – Mt 15. 19, 20; Gl 5.16 – 21
  8. 8.  A tentação vem dos desejos existentes em nós – Tg 1:12-16  A tentação almeja afastar – nos do padrão de vida moral estabelecido por Deus – Rm 7.7 – 25  As tentações podem ser usadas pelo inimigo para estimular o que há de pior em nós – Judas: Mt 22.3 – 6  A tentação nos leva a uma estado de escravidão aos nossos próprios desejos – 2 Tm 2.24 - 26
  9. 9. O que é Provação? A provação vem do Senhor e tem um propósito específico a cumprir – 2 Co 3.18 – Cristo em nós! A provação é uma situação permitida por Deus. Faz parte da Pedagogia de Deus. As provações são usadas pelo Espírito Santo para extrair o que há de melhor em nós – Jó 1.20 – 22; 19.25 – 27; 42.1 – 6; Fl 4.10 – 14
  10. 10. As provações são ilógicas – o sacrifício de Isaque – Gn 22.1 A provação é um teste, e quando entramos em nosso campo de prova, não vamos encontrar ninguém, a não ser, nós mesmos – e Deus – Sl 119.67 - 75
  11. 11. Ao final da provação devemos ouvir do Senhor: “muito bem servo bom e fiel entra no gozo do teu Senhor” – Mt 25.11 O objetivo da provação é fazer-nos pessoas com forte convicção moral e espiritual. As crises e as situações difíceis criadas pela provação fortalecerão a nossa intimidade com Deus, porque Deus não deseja destruir-nos, mas sim, fortalecer a nossa confiança nEle – Rm 5.3 – 5
  12. 12. As provas de Deus são feitas sob medida para cada um de Seus filhos e a experiência de cada um é singular. Não devemos esquecer-nos que não seremos provados além das nossas forças – 1 Co 10.11 – 13
  13. 13. Conclusão Rm 8.28 – “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”

×