SlideShare uma empresa Scribd logo
S 
niversidade gostinho eto 
Faculdade de Engenharia 
Departamento de Engenharia Informática 
Campus do Camama, Outubro de 
2014
Tópicos 
S Engenharia Informática 
S Actuações do Engenheiro 
S TI, TIC, SI 
S Questões éticas fruto dos avanços da Tecnologia 
S APP, APIs 
S Integração de sistemas, oportunidade de empregos 
S Dimensões Morais na era da Informação
Engenharia Informática 
A ENGENHARIA INFORMÁTICA é o ramo da engenharia 
que recorre a métodos, técnicas e ferramentas 
S de processamento automático, conservação, 
comunicação e pesquisa de informação 
S de análise, projeto e instalação e manutenção de 
sistemas de informação 
S e de concepção e exploração de redes de dados e seus 
serviços tendo em vista a resolução de problemas de 
natureza económica ou social. 
Origem: Dias Figueiredo
Actuações do Engenheiro 
Informático 
Análise de Negócio e Engenharia de 
Requisitos 
Concepção e Construção de Soluções 
Informáticas 
Teste e validação de Soluções 
Informáticas 
Gestão de Projetos de Sistemas de 
Informação 
Gestão de Serviços de Tecnologias de 
Informação 
Gestão e Auditoria de Sistemas de 
Informação
"Tecnologia da Informação"- 
TI 
S Refere-se a qualquer coisa relacionada à 
tecnologia de computação, tais como redes, 
hardware, software, internet, ou as pessoas que 
trabalham com essas tecnologias. 
S Muitas empresas já têm departamentos de TI para 
gerenciar os computadores, redes e outras áreas 
técnicas de seus negócios.
"Tecnologias de Informação e 
Comunicação"- 
TIC 
S refere-se a tecnologias que permitem o acesso à 
informação através das telecomunicações. É semelhante 
à Tecnologia da Informação (TI), mas concentra-se 
principalmente em tecnologias de 
comunicação. 
S Isto inclui a Internet, redes sem fio, telefones celulares e 
outros meios de comunicação.
"Tecnologias de Informação e 
Comunicação"- 
TIC 
S Nas últimas décadas, as tecnologias de informação e 
comunicação têm proporcionado a sociedade com uma vasta 
gama de novas capacidades de comunicação. Por exemplo, as 
pessoas podem se comunicar em tempo real com outras 
pessoas em diferentes países, utilizando tecnologias tais como 
mensagens instantâneas, voz sobre IP (VoIP) e vídeo-conferência. 
S Sites de redes sociais como o Facebook permite que os 
usuários de todo o mundo permanecer em contato e comunicar 
em uma base regular.
“Sistemas de Informação”- 
SI 
S sistema de informação pode ser definido 
como um conjunto de componentes inter-relacionados 
trabalhando juntos para coletar, 
recuperar, processar, armazenar e distribuir 
informações, com a finalidade de facilitar o 
planejamento, o controle, a coordenação, a 
análise e o processo decisório em 
organizações.
Um modelo de raciocínio para 
questões éticas, sociais e 
políticas 
Imagine a sociedade como um lago de águas 
relativamente calmas em um dia de verão, como um 
delicado ecossistema em equilíbrio parcial entre 
indivíduos e instituições sociais e políticas. 
Agora, atire uma pedra no centro do lago. O que 
acontece?
Um aplicativo móvel ou aplicação móvel , 
conhecido normalmente por seu nome abreviado app, é 
um software desenvolvido para ser instalado em um dispositivo 
eletrônico móvel, como um PDA, um telefone celular, 
um smartphone, um tablet ou um Leitor de MP3. Este aplicativo 
pode ser instalado no dispositivo, logo que os respectivos 
modelos ou, se o aparelho permite que ele, baixado pelo usuário 
através de uma loja on-line, tais como Google Play ou App Store.
APIs 
S API significa Application Programming Interface (Interface 
de Programação de Aplicativos) e nada mais é do que uma 
interface simplificada e padronizada que é 
desenvolvida com o intuito de tornar a sua aplicação mais 
comunicável. 
S O foco principal das APIs é fornecer a outros 
programadores um método simples para que eles 
possam construir aplicações que se comuniquem com a sua. O 
que facilita e muito a integração entre sistemas.
Responsável pela 
popularização de vários 
sistemas e App 
Um bom exemplo de API é o Google Maps, página do 
Google utilizada por diversos outros sites para mostrar 
localizações e mapas de acordo com a 
necessidade de cada página, através do uso do 
código original adaptado da maneira mais adequada para 
cada aplicação.
Responsável por empregar 
muitos Engenheiros 
Informáticos 
S Ao mesmo tempo em que vêm recebendo bastante atenção do 
mercado de tecnologia, as APIs também tem gerado trabalho 
demasiado nas grandes empresas e seus 
departamentos de TI. 
S Isso porque, atualmente, a cada demanda por APIs, uma equipe de 
desenvolvedores é contratada. Assim, existem diversas 
equipes diferentes desenvolvendo APIs para sistemas 
de ERP, de e-commerce e de CRM, por exemplo, entre 
outros, 
S o que dificulta a integração e manutenção desses 
sistemas, reduzindo sua robustez, sua escalabilidade e sua 
confiabilidade.
As cinco dimensões morais 
da era da informação 
S Entre as mais importantes questões éticas, sociais e políticas 
suscitadas pelos sistemas de informação, podemos destacar 
as seguintes dimensões morais: 
S Direitos e deveres sobre a informação. Que direitos sobre a 
informação relativa a si próprios os indivíduos e as 
organizações possuem? O que tais direitos podem proteger? 
Que deveres indivíduos e organizações têm sobre essa 
informação? 
S Direitos sobre a propriedade. Como os tradicionais direitos 
sobre a propriedade intelectual serão protegidos em uma 
sociedade digital na qual identificar e prestar contas da 
propriedade é difícil, mas ignorar os direitos sobre ela é tão 
fácil?
As cinco dimensões morais 
da era da informação 
S Prestação de contas e controle. Quem deverá prestar 
contas e ser responsabilizado por danos causados aos 
direitos individuais e coletivos sobre a informação e a 
propriedade? 
S Qualidade do sistema. Que padrões de qualidade de 
dados e sistemas devemos exigir para proteger os 
direitos individuais e a segurança da sociedade? 
S Qualidade de vida. Que valores devem ser preservados 
em uma sociedade baseada na informação e no 
conhecimento? Quais instituições devemos proteger 
contra a violação? Que valores e práticas culturais são 
apoiados pela nova tecnologia de informação?
Referências Bibiográficas 
S Kenneth C. Laudon & Jane P. Laudon, Sistemas de informação gerenciais 
7ª edição 
S Kenneth C. Laudon & Jane P. Laudon, Sistemas de informação gerenciais 
9ª edição 
S http://www.techterms.com/definition/ict 
S http://pt.wikipedia.org/wiki/Aplicativo_m%C3%B3vel 
S http://www.ordemengenheiros.pt/fotos/dossier_artigo/31122012_lpauperio_152 
86483644fd5d60ea11ba.pdf 
S http://www.programmableweb.com/apis/directory?order=created&sort=desc 
S http://www.programmableweb.com/api/freshmail 
S http://stefanini.com/br/2014/01/apis-plataformas-integracao/ 
S http://www.macoratti.net/10/03/net_twt1.htm
alexandreomedio@gmail.com 
S

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Memorial
MemorialMemorial
Fundamentos de Sistemas Operacionais - Aula 1 - Introdução à disciplina
Fundamentos de Sistemas Operacionais - Aula 1 - Introdução à disciplinaFundamentos de Sistemas Operacionais - Aula 1 - Introdução à disciplina
Fundamentos de Sistemas Operacionais - Aula 1 - Introdução à disciplina
Helder Lopes
 
Tipos de Sistemas Operacionais
Tipos de Sistemas OperacionaisTipos de Sistemas Operacionais
Tipos de Sistemas Operacionais
Luciano Crecente
 
Osmanlıda Eğitim.pptx
Osmanlıda Eğitim.pptxOsmanlıda Eğitim.pptx
Osmanlıda Eğitim.pptx
Ahmetoguz55
 
Windows vs Linux
Windows vs LinuxWindows vs Linux
Windows vs Linux
Pepe Rocker
 
Sistemas Operativos
Sistemas OperativosSistemas Operativos
Agro-informática
Agro-informáticaAgro-informática
Agro-informática
Rebeka Santos
 
Microcontroladores PIC - Introdução
Microcontroladores PIC - IntroduçãoMicrocontroladores PIC - Introdução
Microcontroladores PIC - Introdução
Fabio Souza
 
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de SistemasAula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Gustavo Gonzalez
 
Introdução aos Sistemas operacionais
Introdução aos Sistemas operacionaisIntrodução aos Sistemas operacionais
Introdução aos Sistemas operacionais
Nécio de Lima Veras
 
Perifericos de entrada e saida
Perifericos de entrada e saidaPerifericos de entrada e saida
Perifericos de entrada e saida
Bhrayan Azevedo Sampaio
 
Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis módulo i - aula 1
Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis   módulo i - aula 1Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis   módulo i - aula 1
Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis módulo i - aula 1
Carlos Eugenio Torres
 

Mais procurados (12)

Memorial
MemorialMemorial
Memorial
 
Fundamentos de Sistemas Operacionais - Aula 1 - Introdução à disciplina
Fundamentos de Sistemas Operacionais - Aula 1 - Introdução à disciplinaFundamentos de Sistemas Operacionais - Aula 1 - Introdução à disciplina
Fundamentos de Sistemas Operacionais - Aula 1 - Introdução à disciplina
 
Tipos de Sistemas Operacionais
Tipos de Sistemas OperacionaisTipos de Sistemas Operacionais
Tipos de Sistemas Operacionais
 
Osmanlıda Eğitim.pptx
Osmanlıda Eğitim.pptxOsmanlıda Eğitim.pptx
Osmanlıda Eğitim.pptx
 
Windows vs Linux
Windows vs LinuxWindows vs Linux
Windows vs Linux
 
Sistemas Operativos
Sistemas OperativosSistemas Operativos
Sistemas Operativos
 
Agro-informática
Agro-informáticaAgro-informática
Agro-informática
 
Microcontroladores PIC - Introdução
Microcontroladores PIC - IntroduçãoMicrocontroladores PIC - Introdução
Microcontroladores PIC - Introdução
 
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de SistemasAula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
 
Introdução aos Sistemas operacionais
Introdução aos Sistemas operacionaisIntrodução aos Sistemas operacionais
Introdução aos Sistemas operacionais
 
Perifericos de entrada e saida
Perifericos de entrada e saidaPerifericos de entrada e saida
Perifericos de entrada e saida
 
Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis módulo i - aula 1
Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis   módulo i - aula 1Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis   módulo i - aula 1
Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis módulo i - aula 1
 

Destaque

Engenharia informatica
Engenharia informaticaEngenharia informatica
Engenharia informatica
Turma9bejsm
 
Apresentacao DEI - FCTUC
Apresentacao DEI - FCTUCApresentacao DEI - FCTUC
Apresentacao DEI - FCTUC
DEI - FCTUC
 
Codasp 82 anos
Codasp 82 anosCodasp 82 anos
Codasp 82 anos
Agricultura Sao Paulo
 
Engenharia de Software - Introdução à Ciências da Computação - Engenharia Civil
Engenharia de Software - Introdução à Ciências da Computação - Engenharia CivilEngenharia de Software - Introdução à Ciências da Computação - Engenharia Civil
Engenharia de Software - Introdução à Ciências da Computação - Engenharia Civil
Ana Carolline Pereira
 
Aula Magna Sobre BI & BigData na UNIA, Luanda - Angola
Aula Magna Sobre BI & BigData na UNIA, Luanda - AngolaAula Magna Sobre BI & BigData na UNIA, Luanda - Angola
Aula Magna Sobre BI & BigData na UNIA, Luanda - Angola
alexculpado
 
Introduçao a engenharia agricola trabalho(1)
Introduçao a engenharia agricola   trabalho(1)Introduçao a engenharia agricola   trabalho(1)
Introduçao a engenharia agricola trabalho(1)
Rômulo Alexandrino Silva
 
ENGENHARIA AGRICOLA E AMBIENTAL UFV 2003
ENGENHARIA AGRICOLA  E AMBIENTAL UFV 2003ENGENHARIA AGRICOLA  E AMBIENTAL UFV 2003
ENGENHARIA AGRICOLA E AMBIENTAL UFV 2003Gustavo Petra
 
engenharia da computação
engenharia da computaçãoengenharia da computação
engenharia da computação
Arthur Vinícius
 
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
Waldemar Roberti
 
Engenharia de Software
Engenharia de SoftwareEngenharia de Software
Engenharia de Software
Aline Werner
 
Engenharia de software
Engenharia de softwareEngenharia de software
Engenharia de software
Tiago Pinhão
 
Semana 0: Computadores, linguagens e linguagens de programação, Noções de al...
Semana  0: Computadores, linguagens e linguagens de programação, Noções de al...Semana  0: Computadores, linguagens e linguagens de programação, Noções de al...
Semana 0: Computadores, linguagens e linguagens de programação, Noções de al...
Manuel Menezes de Sequeira
 
Engenharia Mecânica FMU
Engenharia Mecânica FMUEngenharia Mecânica FMU
Engenharia Mecânica FMU
FMU - Oficial
 
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEEApresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
alexculpado
 
Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre o Futuro da Engenharia Informática (M...
Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre o Futuro da Engenharia Informática (M...Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre o Futuro da Engenharia Informática (M...
Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre o Futuro da Engenharia Informática (M...
Antonio Dias de Figueiredo
 
Afinal, o que é Engenharia Mecânica - profissaoengenheiro.com.br
Afinal, o que é Engenharia Mecânica - profissaoengenheiro.com.brAfinal, o que é Engenharia Mecânica - profissaoengenheiro.com.br
Afinal, o que é Engenharia Mecânica - profissaoengenheiro.com.br
Carolina Tomazetti
 
Engenharia mecanica
Engenharia mecanicaEngenharia mecanica
Engenharia mecanica
Agregacao
 
.Didatica organizacao do_trabalho_pedagogico-1
.Didatica organizacao do_trabalho_pedagogico-1.Didatica organizacao do_trabalho_pedagogico-1
.Didatica organizacao do_trabalho_pedagogico-1
Rômulo Rodrigues
 
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Ciência da Computação
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Ciência da Computação Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Ciência da Computação
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Ciência da Computação
Thiago Marinho
 
Introdução à Engenharia de Produção - 01
Introdução à Engenharia de Produção - 01Introdução à Engenharia de Produção - 01
Introdução à Engenharia de Produção - 01
Universidade Federal de Alfenas - Campus Varginha
 

Destaque (20)

Engenharia informatica
Engenharia informaticaEngenharia informatica
Engenharia informatica
 
Apresentacao DEI - FCTUC
Apresentacao DEI - FCTUCApresentacao DEI - FCTUC
Apresentacao DEI - FCTUC
 
Codasp 82 anos
Codasp 82 anosCodasp 82 anos
Codasp 82 anos
 
Engenharia de Software - Introdução à Ciências da Computação - Engenharia Civil
Engenharia de Software - Introdução à Ciências da Computação - Engenharia CivilEngenharia de Software - Introdução à Ciências da Computação - Engenharia Civil
Engenharia de Software - Introdução à Ciências da Computação - Engenharia Civil
 
Aula Magna Sobre BI & BigData na UNIA, Luanda - Angola
Aula Magna Sobre BI & BigData na UNIA, Luanda - AngolaAula Magna Sobre BI & BigData na UNIA, Luanda - Angola
Aula Magna Sobre BI & BigData na UNIA, Luanda - Angola
 
Introduçao a engenharia agricola trabalho(1)
Introduçao a engenharia agricola   trabalho(1)Introduçao a engenharia agricola   trabalho(1)
Introduçao a engenharia agricola trabalho(1)
 
ENGENHARIA AGRICOLA E AMBIENTAL UFV 2003
ENGENHARIA AGRICOLA  E AMBIENTAL UFV 2003ENGENHARIA AGRICOLA  E AMBIENTAL UFV 2003
ENGENHARIA AGRICOLA E AMBIENTAL UFV 2003
 
engenharia da computação
engenharia da computaçãoengenharia da computação
engenharia da computação
 
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
 
Engenharia de Software
Engenharia de SoftwareEngenharia de Software
Engenharia de Software
 
Engenharia de software
Engenharia de softwareEngenharia de software
Engenharia de software
 
Semana 0: Computadores, linguagens e linguagens de programação, Noções de al...
Semana  0: Computadores, linguagens e linguagens de programação, Noções de al...Semana  0: Computadores, linguagens e linguagens de programação, Noções de al...
Semana 0: Computadores, linguagens e linguagens de programação, Noções de al...
 
Engenharia Mecânica FMU
Engenharia Mecânica FMUEngenharia Mecânica FMU
Engenharia Mecânica FMU
 
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEEApresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
 
Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre o Futuro da Engenharia Informática (M...
Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre o Futuro da Engenharia Informática (M...Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre o Futuro da Engenharia Informática (M...
Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre o Futuro da Engenharia Informática (M...
 
Afinal, o que é Engenharia Mecânica - profissaoengenheiro.com.br
Afinal, o que é Engenharia Mecânica - profissaoengenheiro.com.brAfinal, o que é Engenharia Mecânica - profissaoengenheiro.com.br
Afinal, o que é Engenharia Mecânica - profissaoengenheiro.com.br
 
Engenharia mecanica
Engenharia mecanicaEngenharia mecanica
Engenharia mecanica
 
.Didatica organizacao do_trabalho_pedagogico-1
.Didatica organizacao do_trabalho_pedagogico-1.Didatica organizacao do_trabalho_pedagogico-1
.Didatica organizacao do_trabalho_pedagogico-1
 
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Ciência da Computação
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Ciência da Computação Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Ciência da Computação
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Ciência da Computação
 
Introdução à Engenharia de Produção - 01
Introdução à Engenharia de Produção - 01Introdução à Engenharia de Produção - 01
Introdução à Engenharia de Produção - 01
 

Semelhante a Engenharia Informática vs Sistemas de Informação-II seminario do DEI-UAN-alexandre-2014

Slide 1.pdf
Slide 1.pdfSlide 1.pdf
Slide 1.pdf
CleberCosta45
 
TDC2017 | São Paulo - Trilha Finitech How we figured out we had a SRE team at...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Finitech How we figured out we had a SRE team at...TDC2017 | São Paulo - Trilha Finitech How we figured out we had a SRE team at...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Finitech How we figured out we had a SRE team at...
tdc-globalcode
 
Workshop sebrae 18-01-2011
Workshop sebrae 18-01-2011Workshop sebrae 18-01-2011
Workshop sebrae 18-01-2011
Silvia Fugihara
 
Dayana222
Dayana222Dayana222
Dayana222
Dayana Gomes
 
CHQAO - GTI Unid 01.pdf
CHQAO - GTI Unid 01.pdfCHQAO - GTI Unid 01.pdf
CHQAO - GTI Unid 01.pdf
ViniciusAlmeida137
 
A evolucao da TI e seus Impactos na Administracao
A evolucao da TI e seus Impactos na AdministracaoA evolucao da TI e seus Impactos na Administracao
A evolucao da TI e seus Impactos na Administracao
Rafael Ramos
 
Cidades Inteligentes: Interdisciplinaridade, Software Livre, Dados Abertos e ...
Cidades Inteligentes: Interdisciplinaridade, Software Livre, Dados Abertos e ...Cidades Inteligentes: Interdisciplinaridade, Software Livre, Dados Abertos e ...
Cidades Inteligentes: Interdisciplinaridade, Software Livre, Dados Abertos e ...
Fabio Kon
 
Planejamento de Projetos em Mídias Móveis
Planejamento de Projetos em Mídias MóveisPlanejamento de Projetos em Mídias Móveis
Planejamento de Projetos em Mídias Móveis
Christian Marra
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
Andrea Alves
 
Gartners top-10-strategic-technology-trends-for-2018-brazil-v2
Gartners top-10-strategic-technology-trends-for-2018-brazil-v2Gartners top-10-strategic-technology-trends-for-2018-brazil-v2
Gartners top-10-strategic-technology-trends-for-2018-brazil-v2
João Rufino de Sales
 
I Seminário Big Data Brasil
I Seminário Big Data BrasilI Seminário Big Data Brasil
I Seminário Big Data Brasil
Marcos CAVALCANTI
 
Wida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Wida - Pós Graduação em Big Data EstratégicoWida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Wida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Marcos CAVALCANTI
 
O profissional e Carreiras de TI
O profissional e Carreiras de TIO profissional e Carreiras de TI
O profissional e Carreiras de TI
Washington Grimas - MBA ITIL PMI TOGAF
 
Big Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados MassivosBig Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados Massivos
Francisco Oliveira
 
Tudo e todos conectados - Vem aí a revolução!
Tudo e todos conectados - Vem aí a revolução!Tudo e todos conectados - Vem aí a revolução!
Tudo e todos conectados - Vem aí a revolução!
Poliana Godinho Pires
 
ICPD_2011_2012
ICPD_2011_2012ICPD_2011_2012
ICPD_2011_2012
Rui Raposo
 
Princípios de Sistemas de Informação Unidade III Unip
 Princípios de Sistemas de Informação Unidade III Unip  Princípios de Sistemas de Informação Unidade III Unip
Princípios de Sistemas de Informação Unidade III Unip
Heber Gutenberg
 
Webinar Governo na Palma da Mão
Webinar Governo na Palma da MãoWebinar Governo na Palma da Mão
Webinar Governo na Palma da Mão
Rubens Souza
 
Npa810 Inteligencia De Negocios
Npa810 Inteligencia De NegociosNpa810 Inteligencia De Negocios
Npa810 Inteligencia De Negocios
rafadsn
 
Desenhando Experiências para IoT
Desenhando Experiências para IoT Desenhando Experiências para IoT
Desenhando Experiências para IoT
César Rodríguez Guevara
 

Semelhante a Engenharia Informática vs Sistemas de Informação-II seminario do DEI-UAN-alexandre-2014 (20)

Slide 1.pdf
Slide 1.pdfSlide 1.pdf
Slide 1.pdf
 
TDC2017 | São Paulo - Trilha Finitech How we figured out we had a SRE team at...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Finitech How we figured out we had a SRE team at...TDC2017 | São Paulo - Trilha Finitech How we figured out we had a SRE team at...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Finitech How we figured out we had a SRE team at...
 
Workshop sebrae 18-01-2011
Workshop sebrae 18-01-2011Workshop sebrae 18-01-2011
Workshop sebrae 18-01-2011
 
Dayana222
Dayana222Dayana222
Dayana222
 
CHQAO - GTI Unid 01.pdf
CHQAO - GTI Unid 01.pdfCHQAO - GTI Unid 01.pdf
CHQAO - GTI Unid 01.pdf
 
A evolucao da TI e seus Impactos na Administracao
A evolucao da TI e seus Impactos na AdministracaoA evolucao da TI e seus Impactos na Administracao
A evolucao da TI e seus Impactos na Administracao
 
Cidades Inteligentes: Interdisciplinaridade, Software Livre, Dados Abertos e ...
Cidades Inteligentes: Interdisciplinaridade, Software Livre, Dados Abertos e ...Cidades Inteligentes: Interdisciplinaridade, Software Livre, Dados Abertos e ...
Cidades Inteligentes: Interdisciplinaridade, Software Livre, Dados Abertos e ...
 
Planejamento de Projetos em Mídias Móveis
Planejamento de Projetos em Mídias MóveisPlanejamento de Projetos em Mídias Móveis
Planejamento de Projetos em Mídias Móveis
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Gartners top-10-strategic-technology-trends-for-2018-brazil-v2
Gartners top-10-strategic-technology-trends-for-2018-brazil-v2Gartners top-10-strategic-technology-trends-for-2018-brazil-v2
Gartners top-10-strategic-technology-trends-for-2018-brazil-v2
 
I Seminário Big Data Brasil
I Seminário Big Data BrasilI Seminário Big Data Brasil
I Seminário Big Data Brasil
 
Wida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Wida - Pós Graduação em Big Data EstratégicoWida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Wida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
 
O profissional e Carreiras de TI
O profissional e Carreiras de TIO profissional e Carreiras de TI
O profissional e Carreiras de TI
 
Big Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados MassivosBig Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados Massivos
 
Tudo e todos conectados - Vem aí a revolução!
Tudo e todos conectados - Vem aí a revolução!Tudo e todos conectados - Vem aí a revolução!
Tudo e todos conectados - Vem aí a revolução!
 
ICPD_2011_2012
ICPD_2011_2012ICPD_2011_2012
ICPD_2011_2012
 
Princípios de Sistemas de Informação Unidade III Unip
 Princípios de Sistemas de Informação Unidade III Unip  Princípios de Sistemas de Informação Unidade III Unip
Princípios de Sistemas de Informação Unidade III Unip
 
Webinar Governo na Palma da Mão
Webinar Governo na Palma da MãoWebinar Governo na Palma da Mão
Webinar Governo na Palma da Mão
 
Npa810 Inteligencia De Negocios
Npa810 Inteligencia De NegociosNpa810 Inteligencia De Negocios
Npa810 Inteligencia De Negocios
 
Desenhando Experiências para IoT
Desenhando Experiências para IoT Desenhando Experiências para IoT
Desenhando Experiências para IoT
 

Engenharia Informática vs Sistemas de Informação-II seminario do DEI-UAN-alexandre-2014

  • 1. S niversidade gostinho eto Faculdade de Engenharia Departamento de Engenharia Informática Campus do Camama, Outubro de 2014
  • 2. Tópicos S Engenharia Informática S Actuações do Engenheiro S TI, TIC, SI S Questões éticas fruto dos avanços da Tecnologia S APP, APIs S Integração de sistemas, oportunidade de empregos S Dimensões Morais na era da Informação
  • 3. Engenharia Informática A ENGENHARIA INFORMÁTICA é o ramo da engenharia que recorre a métodos, técnicas e ferramentas S de processamento automático, conservação, comunicação e pesquisa de informação S de análise, projeto e instalação e manutenção de sistemas de informação S e de concepção e exploração de redes de dados e seus serviços tendo em vista a resolução de problemas de natureza económica ou social. Origem: Dias Figueiredo
  • 4. Actuações do Engenheiro Informático Análise de Negócio e Engenharia de Requisitos Concepção e Construção de Soluções Informáticas Teste e validação de Soluções Informáticas Gestão de Projetos de Sistemas de Informação Gestão de Serviços de Tecnologias de Informação Gestão e Auditoria de Sistemas de Informação
  • 5. "Tecnologia da Informação"- TI S Refere-se a qualquer coisa relacionada à tecnologia de computação, tais como redes, hardware, software, internet, ou as pessoas que trabalham com essas tecnologias. S Muitas empresas já têm departamentos de TI para gerenciar os computadores, redes e outras áreas técnicas de seus negócios.
  • 6. "Tecnologias de Informação e Comunicação"- TIC S refere-se a tecnologias que permitem o acesso à informação através das telecomunicações. É semelhante à Tecnologia da Informação (TI), mas concentra-se principalmente em tecnologias de comunicação. S Isto inclui a Internet, redes sem fio, telefones celulares e outros meios de comunicação.
  • 7. "Tecnologias de Informação e Comunicação"- TIC S Nas últimas décadas, as tecnologias de informação e comunicação têm proporcionado a sociedade com uma vasta gama de novas capacidades de comunicação. Por exemplo, as pessoas podem se comunicar em tempo real com outras pessoas em diferentes países, utilizando tecnologias tais como mensagens instantâneas, voz sobre IP (VoIP) e vídeo-conferência. S Sites de redes sociais como o Facebook permite que os usuários de todo o mundo permanecer em contato e comunicar em uma base regular.
  • 8. “Sistemas de Informação”- SI S sistema de informação pode ser definido como um conjunto de componentes inter-relacionados trabalhando juntos para coletar, recuperar, processar, armazenar e distribuir informações, com a finalidade de facilitar o planejamento, o controle, a coordenação, a análise e o processo decisório em organizações.
  • 9.
  • 10. Um modelo de raciocínio para questões éticas, sociais e políticas Imagine a sociedade como um lago de águas relativamente calmas em um dia de verão, como um delicado ecossistema em equilíbrio parcial entre indivíduos e instituições sociais e políticas. Agora, atire uma pedra no centro do lago. O que acontece?
  • 11.
  • 12. Um aplicativo móvel ou aplicação móvel , conhecido normalmente por seu nome abreviado app, é um software desenvolvido para ser instalado em um dispositivo eletrônico móvel, como um PDA, um telefone celular, um smartphone, um tablet ou um Leitor de MP3. Este aplicativo pode ser instalado no dispositivo, logo que os respectivos modelos ou, se o aparelho permite que ele, baixado pelo usuário através de uma loja on-line, tais como Google Play ou App Store.
  • 13.
  • 14. APIs S API significa Application Programming Interface (Interface de Programação de Aplicativos) e nada mais é do que uma interface simplificada e padronizada que é desenvolvida com o intuito de tornar a sua aplicação mais comunicável. S O foco principal das APIs é fornecer a outros programadores um método simples para que eles possam construir aplicações que se comuniquem com a sua. O que facilita e muito a integração entre sistemas.
  • 15. Responsável pela popularização de vários sistemas e App Um bom exemplo de API é o Google Maps, página do Google utilizada por diversos outros sites para mostrar localizações e mapas de acordo com a necessidade de cada página, através do uso do código original adaptado da maneira mais adequada para cada aplicação.
  • 16. Responsável por empregar muitos Engenheiros Informáticos S Ao mesmo tempo em que vêm recebendo bastante atenção do mercado de tecnologia, as APIs também tem gerado trabalho demasiado nas grandes empresas e seus departamentos de TI. S Isso porque, atualmente, a cada demanda por APIs, uma equipe de desenvolvedores é contratada. Assim, existem diversas equipes diferentes desenvolvendo APIs para sistemas de ERP, de e-commerce e de CRM, por exemplo, entre outros, S o que dificulta a integração e manutenção desses sistemas, reduzindo sua robustez, sua escalabilidade e sua confiabilidade.
  • 17.
  • 18.
  • 19. As cinco dimensões morais da era da informação S Entre as mais importantes questões éticas, sociais e políticas suscitadas pelos sistemas de informação, podemos destacar as seguintes dimensões morais: S Direitos e deveres sobre a informação. Que direitos sobre a informação relativa a si próprios os indivíduos e as organizações possuem? O que tais direitos podem proteger? Que deveres indivíduos e organizações têm sobre essa informação? S Direitos sobre a propriedade. Como os tradicionais direitos sobre a propriedade intelectual serão protegidos em uma sociedade digital na qual identificar e prestar contas da propriedade é difícil, mas ignorar os direitos sobre ela é tão fácil?
  • 20. As cinco dimensões morais da era da informação S Prestação de contas e controle. Quem deverá prestar contas e ser responsabilizado por danos causados aos direitos individuais e coletivos sobre a informação e a propriedade? S Qualidade do sistema. Que padrões de qualidade de dados e sistemas devemos exigir para proteger os direitos individuais e a segurança da sociedade? S Qualidade de vida. Que valores devem ser preservados em uma sociedade baseada na informação e no conhecimento? Quais instituições devemos proteger contra a violação? Que valores e práticas culturais são apoiados pela nova tecnologia de informação?
  • 21. Referências Bibiográficas S Kenneth C. Laudon & Jane P. Laudon, Sistemas de informação gerenciais 7ª edição S Kenneth C. Laudon & Jane P. Laudon, Sistemas de informação gerenciais 9ª edição S http://www.techterms.com/definition/ict S http://pt.wikipedia.org/wiki/Aplicativo_m%C3%B3vel S http://www.ordemengenheiros.pt/fotos/dossier_artigo/31122012_lpauperio_152 86483644fd5d60ea11ba.pdf S http://www.programmableweb.com/apis/directory?order=created&sort=desc S http://www.programmableweb.com/api/freshmail S http://stefanini.com/br/2014/01/apis-plataformas-integracao/ S http://www.macoratti.net/10/03/net_twt1.htm