SlideShare uma empresa Scribd logo
Ecologia Níveis de Organização da Vida e Cadeia Alimentar Professora: Andréa Barreto M. da Poça
Nos seres vivos Pluricelulares
População e Comunidade ,[object Object],[object Object]
Ecossistema e Biosfera ,[object Object],[object Object]
Então…
Habitat e Nicho Ecológico O habitat  é o lugar na natureza  onde uma espécie vive . Por exemplo, o habitat da planta vitória régia são os lagos e as matas alagadas da Amazônia, enquanto o habitat do panda são as florestas de bambu das regiões montanhosas na China e no Vietnã. O nicho ecológico  é um conjunto de condições em que o indivíduo (ou uma população) vive e se reproduz. Pode se dizer ainda que o nicho é o  "modo de vida"  de um organismo na natureza. E esse modo de vida inclui tanto os fatores físicos - como a umidade, a temperatura, etc - quanto os fatores biológicos - como o alimento e os seres que se alimentam desse indivíduo.
Cadeia alimentar O fluxo de energia começa no produtor e vai em direção ao decompositor, passando por vários  níveis tróficos . Os decompositores reciclam a matéria orgânica, recomeçando o ciclo.  A transferência desta energia, desde o produtor (organismo autótrofo) até o decompositor, passando por uma série de consumidores é chamada de  cadeia alimentar  ou  cadeia trófica .
 
Produtores Produtores  - São sempre seres autótrofos (que produzem seu próprio alimento), produzem alimento que será usado na cadeia e são obrigatoriamente a base de qualquer cadeia alimentar.  A energia transformada a partir da luz solar e do gás carbônico  (fotossíntese) será repassada a todos os outros componentes restantes da cadeia ecológica. Os principais produtores conhecidos são as plantas e algas microscópicas (fitoplâncton). Bactérias quimiossintetizantes também são consideradas produtores .
Quimiossíntese e Fotossíntese
Consumidores ,[object Object],Tipos de consumidores Do que se Nutrem Exemplos herbívoros plantas gafanhoto, vaca carnívoros animais onça, leão, gavião onívoros plantas e animais homem e lobo guará insetívoros insetos sapo hematófagos sangue mosquitos
Fluxo de Energia
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ecologia
Ecologia Ecologia
Ecologia
DeaaSouza
 
Especialidade de Ecologia - Aula PPT
Especialidade de Ecologia - Aula PPTEspecialidade de Ecologia - Aula PPT
Especialidade de Ecologia - Aula PPT
Pedro Henrique Araújo
 
Aula de ecologia curso completo
Aula de ecologia   curso completoAula de ecologia   curso completo
Aula de ecologia curso completo
Marcionedes De Souza
 
Ecologia geral
Ecologia geralEcologia geral
Ecologia geral
Adrianne Mendonça
 
1 conceitos básicos de ecologia e relações ecológicas
1   conceitos básicos de ecologia e relações ecológicas1   conceitos básicos de ecologia e relações ecológicas
1 conceitos básicos de ecologia e relações ecológicas
Nataliana Cabral
 
Ecologia geral
Ecologia geralEcologia geral
Ecologia geral
terceirob
 
Aula de ecologia
Aula de ecologiaAula de ecologia
Aula de ecologia
Ilsoflavio
 
Aula de ecologia curso completo
Aula de ecologia   curso completoAula de ecologia   curso completo
Aula de ecologia curso completo
Nelson Costa
 
Ecologia – Conceitos BáSicos
Ecologia – Conceitos BáSicosEcologia – Conceitos BáSicos
Ecologia – Conceitos BáSicos
Diego Yamazaki Bolano
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
Cleonice Lima
 
Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01
Ilsoflavio
 
Meio ambiente e ecologia: conceitos.
Meio ambiente e ecologia: conceitos.Meio ambiente e ecologia: conceitos.
Meio ambiente e ecologia: conceitos.
Roney Gusmão
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
BIOGERALDO
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
margaridabt
 
Ecologia
Ecologia Ecologia
6 ano a b -c
6 ano a   b -c6 ano a   b -c
6 ano a b -c
profluiza
 
Ecologia
Ecologia Ecologia
Ecossistemas
EcossistemasEcossistemas
Ecossistemas
Patrícia Silva
 
Ecologia 2012 1.0
Ecologia 2012 1.0Ecologia 2012 1.0
Ecologia 2012 1.0
rnogueira
 
Fundamentos em Ecologia
Fundamentos em EcologiaFundamentos em Ecologia
Fundamentos em Ecologia
Estude Mais
 

Mais procurados (20)

Ecologia
Ecologia Ecologia
Ecologia
 
Especialidade de Ecologia - Aula PPT
Especialidade de Ecologia - Aula PPTEspecialidade de Ecologia - Aula PPT
Especialidade de Ecologia - Aula PPT
 
Aula de ecologia curso completo
Aula de ecologia   curso completoAula de ecologia   curso completo
Aula de ecologia curso completo
 
Ecologia geral
Ecologia geralEcologia geral
Ecologia geral
 
1 conceitos básicos de ecologia e relações ecológicas
1   conceitos básicos de ecologia e relações ecológicas1   conceitos básicos de ecologia e relações ecológicas
1 conceitos básicos de ecologia e relações ecológicas
 
Ecologia geral
Ecologia geralEcologia geral
Ecologia geral
 
Aula de ecologia
Aula de ecologiaAula de ecologia
Aula de ecologia
 
Aula de ecologia curso completo
Aula de ecologia   curso completoAula de ecologia   curso completo
Aula de ecologia curso completo
 
Ecologia – Conceitos BáSicos
Ecologia – Conceitos BáSicosEcologia – Conceitos BáSicos
Ecologia – Conceitos BáSicos
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01
 
Meio ambiente e ecologia: conceitos.
Meio ambiente e ecologia: conceitos.Meio ambiente e ecologia: conceitos.
Meio ambiente e ecologia: conceitos.
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
 
Ecologia
Ecologia Ecologia
Ecologia
 
6 ano a b -c
6 ano a   b -c6 ano a   b -c
6 ano a b -c
 
Ecologia
Ecologia Ecologia
Ecologia
 
Ecossistemas
EcossistemasEcossistemas
Ecossistemas
 
Ecologia 2012 1.0
Ecologia 2012 1.0Ecologia 2012 1.0
Ecologia 2012 1.0
 
Fundamentos em Ecologia
Fundamentos em EcologiaFundamentos em Ecologia
Fundamentos em Ecologia
 

Semelhante a Ecologia - Introdução

Cadeia alimentar
Cadeia alimentar Cadeia alimentar
Cadeia alimentar
Lucilo Campos
 
Ecologia é uma ciência
Ecologia é uma ciênciaEcologia é uma ciência
Ecologia é uma ciência
Ivan Santana
 
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemasFluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Tia Fátima Assis Lepesqueur
 
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemasFluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Tia Fátima Assis Lepesqueur
 
Ecologia power point
Ecologia   power pointEcologia   power point
Ecologia power point
Suely namaste
 
1 biodiversidade
1   biodiversidade1   biodiversidade
1 biodiversidade
margaridabt
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
margaridabt
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia
Rita Galrito
 
Ecossistemas
EcossistemasEcossistemas
Ecossistemas
Altair Hoepers
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Carla Brites
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Carla Brites
 
Fluxos de energia e ciclo de matéria ii
Fluxos de energia e ciclo de matéria iiFluxos de energia e ciclo de matéria ii
Fluxos de energia e ciclo de matéria ii
Cristina Vitória
 
Apostila de ecologia
Apostila de ecologiaApostila de ecologia
Apostila de ecologia
Paulo Lobo
 
Ecologia - conceitos básicos
Ecologia - conceitos básicosEcologia - conceitos básicos
Ecologia - conceitos básicos
SESI 422 - Americana
 
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Leonardo Alves
 
Fluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaFluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matéria
adelinacgomes
 
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
helder raposo
 
Apostila de ecologia 1
Apostila de ecologia 1Apostila de ecologia 1
Apostila de ecologia 1
Juh Rodrigues
 
Vida e composição dos seres vivos
Vida e composição dos seres vivosVida e composição dos seres vivos
Vida e composição dos seres vivos
Jolealpp
 
ecossistema 1 ano.pptx
ecossistema 1 ano.pptxecossistema 1 ano.pptx
ecossistema 1 ano.pptx
rafaelbrandao22
 

Semelhante a Ecologia - Introdução (20)

Cadeia alimentar
Cadeia alimentar Cadeia alimentar
Cadeia alimentar
 
Ecologia é uma ciência
Ecologia é uma ciênciaEcologia é uma ciência
Ecologia é uma ciência
 
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemasFluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
 
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemasFluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
 
Ecologia power point
Ecologia   power pointEcologia   power point
Ecologia power point
 
1 biodiversidade
1   biodiversidade1   biodiversidade
1 biodiversidade
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia
 
Ecossistemas
EcossistemasEcossistemas
Ecossistemas
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéra
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéra
 
Fluxos de energia e ciclo de matéria ii
Fluxos de energia e ciclo de matéria iiFluxos de energia e ciclo de matéria ii
Fluxos de energia e ciclo de matéria ii
 
Apostila de ecologia
Apostila de ecologiaApostila de ecologia
Apostila de ecologia
 
Ecologia - conceitos básicos
Ecologia - conceitos básicosEcologia - conceitos básicos
Ecologia - conceitos básicos
 
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
 
Fluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaFluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matéria
 
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
 
Apostila de ecologia 1
Apostila de ecologia 1Apostila de ecologia 1
Apostila de ecologia 1
 
Vida e composição dos seres vivos
Vida e composição dos seres vivosVida e composição dos seres vivos
Vida e composição dos seres vivos
 
ecossistema 1 ano.pptx
ecossistema 1 ano.pptxecossistema 1 ano.pptx
ecossistema 1 ano.pptx
 

Mais de Andrea Barreto

Termos Científicos
Termos CientíficosTermos Científicos
Termos Científicos
Andrea Barreto
 
Dúvida Genética
Dúvida GenéticaDúvida Genética
Dúvida Genética
Andrea Barreto
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
Andrea Barreto
 
Seres vivos e o meio ambiente
Seres vivos e o meio ambienteSeres vivos e o meio ambiente
Seres vivos e o meio ambiente
Andrea Barreto
 
Grupos vegetais
Grupos vegetaisGrupos vegetais
Grupos vegetais
Andrea Barreto
 
Termorregulação
TermorregulaçãoTermorregulação
Termorregulação
Andrea Barreto
 
Adaptações dos seres vivos
Adaptações dos seres vivosAdaptações dos seres vivos
Adaptações dos seres vivos
Andrea Barreto
 
Evolução das plantas
Evolução das plantasEvolução das plantas
Evolução das plantas
Andrea Barreto
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
Andrea Barreto
 
MRU & MRUV
MRU & MRUVMRU & MRUV
MRU & MRUV
Andrea Barreto
 
Substâncias
Substâncias Substâncias
Substâncias
Andrea Barreto
 
Flores angiospermas
Flores angiospermasFlores angiospermas
Flores angiospermas
Andrea Barreto
 
Terrário
TerrárioTerrário
Terrário
Andrea Barreto
 
Orgãos análogos e homólogos
Orgãos análogos e homólogosOrgãos análogos e homólogos
Orgãos análogos e homólogos
Andrea Barreto
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
Andrea Barreto
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Andrea Barreto
 
Origem da Célula Eucarionte
Origem da Célula EucarionteOrigem da Célula Eucarionte
Origem da Célula Eucarionte
Andrea Barreto
 
Exercícios de Célula
Exercícios de CélulaExercícios de Célula
Exercícios de Célula
Andrea Barreto
 
Recursos digitais
Recursos digitaisRecursos digitais
Recursos digitais
Andrea Barreto
 
Fatores abio limitantes
Fatores abio limitantesFatores abio limitantes
Fatores abio limitantes
Andrea Barreto
 

Mais de Andrea Barreto (20)

Termos Científicos
Termos CientíficosTermos Científicos
Termos Científicos
 
Dúvida Genética
Dúvida GenéticaDúvida Genética
Dúvida Genética
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
 
Seres vivos e o meio ambiente
Seres vivos e o meio ambienteSeres vivos e o meio ambiente
Seres vivos e o meio ambiente
 
Grupos vegetais
Grupos vegetaisGrupos vegetais
Grupos vegetais
 
Termorregulação
TermorregulaçãoTermorregulação
Termorregulação
 
Adaptações dos seres vivos
Adaptações dos seres vivosAdaptações dos seres vivos
Adaptações dos seres vivos
 
Evolução das plantas
Evolução das plantasEvolução das plantas
Evolução das plantas
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
MRU & MRUV
MRU & MRUVMRU & MRUV
MRU & MRUV
 
Substâncias
Substâncias Substâncias
Substâncias
 
Flores angiospermas
Flores angiospermasFlores angiospermas
Flores angiospermas
 
Terrário
TerrárioTerrário
Terrário
 
Orgãos análogos e homólogos
Orgãos análogos e homólogosOrgãos análogos e homólogos
Orgãos análogos e homólogos
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Origem da Célula Eucarionte
Origem da Célula EucarionteOrigem da Célula Eucarionte
Origem da Célula Eucarionte
 
Exercícios de Célula
Exercícios de CélulaExercícios de Célula
Exercícios de Célula
 
Recursos digitais
Recursos digitaisRecursos digitais
Recursos digitais
 
Fatores abio limitantes
Fatores abio limitantesFatores abio limitantes
Fatores abio limitantes
 

Último

Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 

Último (20)

Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 

Ecologia - Introdução

  • 1. Ecologia Níveis de Organização da Vida e Cadeia Alimentar Professora: Andréa Barreto M. da Poça
  • 2. Nos seres vivos Pluricelulares
  • 3.
  • 4.
  • 6. Habitat e Nicho Ecológico O habitat é o lugar na natureza onde uma espécie vive . Por exemplo, o habitat da planta vitória régia são os lagos e as matas alagadas da Amazônia, enquanto o habitat do panda são as florestas de bambu das regiões montanhosas na China e no Vietnã. O nicho ecológico é um conjunto de condições em que o indivíduo (ou uma população) vive e se reproduz. Pode se dizer ainda que o nicho é o "modo de vida" de um organismo na natureza. E esse modo de vida inclui tanto os fatores físicos - como a umidade, a temperatura, etc - quanto os fatores biológicos - como o alimento e os seres que se alimentam desse indivíduo.
  • 7. Cadeia alimentar O fluxo de energia começa no produtor e vai em direção ao decompositor, passando por vários níveis tróficos . Os decompositores reciclam a matéria orgânica, recomeçando o ciclo. A transferência desta energia, desde o produtor (organismo autótrofo) até o decompositor, passando por uma série de consumidores é chamada de cadeia alimentar ou cadeia trófica .
  • 8.  
  • 9. Produtores Produtores - São sempre seres autótrofos (que produzem seu próprio alimento), produzem alimento que será usado na cadeia e são obrigatoriamente a base de qualquer cadeia alimentar. A energia transformada a partir da luz solar e do gás carbônico  (fotossíntese) será repassada a todos os outros componentes restantes da cadeia ecológica. Os principais produtores conhecidos são as plantas e algas microscópicas (fitoplâncton). Bactérias quimiossintetizantes também são consideradas produtores .
  • 11.
  • 13.