SlideShare uma empresa Scribd logo
TEORIA DO AUTOCUIDADO
Discentes: Gabriel dos Santos da Silva;
Igor das Virgens Santana
João Paulo Silva dos Santos.
Componente Curricular: Enfermagem e Saúde
Docente: Ângela Goes
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA VIDA – CAMPUS I
• Dorothea E. Orem nasceu em Baltimore,
Maryland-EUA , 1914.
• Providence Hospital School of Nursing.
• Doutora em Ciências Georgetown University
em 1976. Doutora em Ciências da Incamat
Word College em 1980.
• Em 1992 foi nomeada membro honorário da
Academia Americana de Enfermagem.
• Trabalhos profissionais.
• Publicação Nursing: Concepts of
practice.
• Orem faleceu em 22 de junho de
2007.
1959 1971,1980,1985 e 1991 1991
• “Que condição existe na pessoa quando essa pessoa ou
outros determinam que ela deva estar sob cuidados de
enfermagem?”
“A condição que valida a existência de uma exigência
de enfermagem em um adulto é a ausência da
capacidade de manter continuamente a quantidade e
a qualidade do autocuidado que são terapêuticas na
sustentação da vida e da saúde, da recuperação da
doença ou da lesão ou no enfrentamento dos seus
efeitos. Nas crianças, a condição é a incapacidade
dos pais ou responsáveis em manter continuamente,
para a criança, a quantidade e a qualidade do
cuidado terapêutico.”
TEORIA DO DÉFICIT DO AUTOCUIDADO
• Composta por três teorias inter-relacionadas:
1. Teoria do autocuidado;
2. Teoria do déficit do autocuidado;
3. Teoria dos sistemas de enfermagem.
• Orem vincula o autocuidado a três categorias de
requisitos, que são:
- Universal;
- Desenvolvimento;
- Desvio de saúde.
1. TEORIA DO AUTOCUIDADO
• Orem explica o autocuidado e relaciona os vários fatores que afetam
sua provisão, especificando quando a Enfermagem é necessária para
auxiliar o indivíduo a administrar o autocuidado.
Os métodos utilizados para o autocuidado são:
- Agir /fazer para outra pessoa; - Ensinar;
- Guiar e orientar; - Proporcionar apoio físico e psicológico;
- Proporcionar e manter ambiente de apoio ao desenvolvimento pessoal.
2. TEORIA DO DÉFICIT DO AUTOCUIDADO
Classifica em três situações, sendo:
- Totalmente compensatório
- Parcialmente compensatório;
- Sistema de apoio-educação.
3.TEORIA DOS SISTEMAS DE ENFERMAGEM
“Se houver um déficit de autocuidado, isto é, se existir um déficit
entre o que o individuo pode fazer e o que precisa ser feito para o
funcionamento ideal, a enfermagem é exigida.”
3. TEORIA DOS SISTEMAS DE ENFERMAGEM
O Ser humano: “São diferenciados das outras coisas
vivas por sua capacidade de refletir sobre si mesmo e
seu ambiente, simbolizar o que eles experimentam e
usar as criações simbólicas para pensar, comunicar-se
e orientar os esforços para fazer coisas que são
benéficas para si e para os outros.”
Orem, 1991, P.180.
Saúde: Ela constata que “os aspectos físico,
psicológico, interpessoal e social são inseparáveis no
individuo.”
Sociedade integrada a enfermagem: “Na sociedade
moderna, espera-se que os adultos sejam auto
confiáveis e responsáveis por eles mesmos e pelo bem-
estar de seus dependentes [...] a enfermagem como um
tipo específico de ação humana.”
 Enfermagem em seu trabalho: “Uma ação humana
diferenciada das outras ações humanas por ser enfoque
sobre as pessoas incapacitadas, visando manter a
provisão contínua de cuidados de saúde.”
 A arte; a prudência da enfermagem e a enfermagem
como ação.
Segundo Orem: “O processo de enfermagem é um
termo usado pelas enfermeiras ao referirem-se às
operações profissionais-tecnológicas da prática da
enfermagem e ao planejamentos e às operações
avaliatórias associadas.”
 Diagnostico de enfermagem e prescrição
 Esboços para a operação regulatória
 Produção e controle dos sistemas de
enfermagem
Introdução Aplicabilidade Conclusão
Aplicar a Teoria do
Autocuidado de Orem
na assistência a paciente
portadora de estomia.
Estudo clínico realizado com
paciente portadora de estomia
intestinal, secundária à doença
de Chagas. A coleta de dados
foi obtida mediante cuidado
domiciliar, usando
formulário com questões
referentes aos pressupostos de
Orem. Para análise do discurso
os dados foram apresentados de
acordo com os fatores
determinantes no
desenvolvimento do
autocuidado.
A Teoria do
Autocuidado
possibilitou o
cuidado e a
comunicação
terapêutica
adequando-se à
situação da
paciente.
Assistência de enfermagem a paciente com colostomia:
Aplicação da teoria de Orem
• ARTIGO POR COLUNISTA PORTAL - EDUCAÇÃO (Campo Grande -
Ms). Teoria de Dorothea E. Orem. 2012. Disponível em:
http://www.portaleducacao.com.br/enfermagem/artigos/25162/teoria-de-dorothea-
e-orem#!1. Acesso em: 03 jun. 2016.
• DOROTHEA ELIZABETH OREM. [2009]. Disponível em:
http://www.eewb.br/pesquisa/autocuidado/. Acesso em: 04 jun. 2016.
• GEORGE, JÚlia B.; FOSTER, Peggy Coldwell; BENNETT, Agnes M.. Teorias
da Enfermagem: Os fundamentos à Prática Profissional. 4. ed. Porto Alegre:
Artmed, 2000. TRADUÇÃO POR: ANA MARIA VASCONCELOS THORELL.
• DOROTHEA Orem A Teoria do Déficit do Auto Cuidado. [s.l]: Youtube, 2013. (2
min.), son., color. Legendado. Disponível em:
https://www.youtube.com/watch?v=8pbgU0eoycg. Acesso em: 04 jun. 2016.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Dorothea E Orem(pronto).pptx

Teorias do cuidado de Enfermagem - Slide
Teorias do cuidado de Enfermagem - SlideTeorias do cuidado de Enfermagem - Slide
Teorias do cuidado de Enfermagem - Slide
kassyannymenedy
 
Aula 1 teorias de enfermagem.pptx
Aula 1 teorias de enfermagem.pptxAula 1 teorias de enfermagem.pptx
Aula 1 teorias de enfermagem.pptx
PolianaPaiva9
 
Sistematização de enfermagem
Sistematização de enfermagemSistematização de enfermagem
Sistematização de enfermagem
Simone Lima
 
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Izabelle Figueiró
 
Teorias de Enfermagem
Teorias de EnfermagemTeorias de Enfermagem
Teorias de Enfermagem
Enf.Savana das G.
 
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
LACES1
 
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
LACES1
 
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminalPrincípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Associação Viva e Deixe Viver
 
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Izabelle Figueiró
 
Teoria do autocuidado orem
Teoria do autocuidado  oremTeoria do autocuidado  orem
Teoria do autocuidado orem
Anhanguera Enfermagem A/B
 
Intervention in particularly vulnerable groups
Intervention in particularly vulnerable groupsIntervention in particularly vulnerable groups
Intervention in particularly vulnerable groups
António José Lopes de Almeida
 
Wanda horta e o cuidado.pptx
Wanda horta e o cuidado.pptxWanda horta e o cuidado.pptx
Wanda horta e o cuidado.pptx
JessiellyGuimares
 
1702201605295700000099
17022016052957000000991702201605295700000099
1702201605295700000099
jakemarques
 
FUNDAMENTOS E TEORAS DA ENFERMAGEM PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO
FUNDAMENTOS E TEORAS DA ENFERMAGEM PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICOFUNDAMENTOS E TEORAS DA ENFERMAGEM PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO
FUNDAMENTOS E TEORAS DA ENFERMAGEM PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO
JessicaAngelo5
 
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIATEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
Letícia Spina Tapia
 
Sae aula .. (1)
Sae aula .. (1)Sae aula .. (1)
Sae aula .. (1)
Katia Pontes Remijo
 
Assistência de enfermagem
Assistência de enfermagem Assistência de enfermagem
Assistência de enfermagem
Chris Siqueira
 
Aula 2- Fundamentos de Enfermagem.pptx
Aula 2- Fundamentos de Enfermagem.pptxAula 2- Fundamentos de Enfermagem.pptx
Aula 2- Fundamentos de Enfermagem.pptx
DheniseMikaelly
 
Teorias de enfermagem
Teorias de enfermagemTeorias de enfermagem
Teorias de enfermagem
Anhanguera Enfermagem A/B
 
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIASBIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
José Carlos Nascimento
 

Semelhante a Dorothea E Orem(pronto).pptx (20)

Teorias do cuidado de Enfermagem - Slide
Teorias do cuidado de Enfermagem - SlideTeorias do cuidado de Enfermagem - Slide
Teorias do cuidado de Enfermagem - Slide
 
Aula 1 teorias de enfermagem.pptx
Aula 1 teorias de enfermagem.pptxAula 1 teorias de enfermagem.pptx
Aula 1 teorias de enfermagem.pptx
 
Sistematização de enfermagem
Sistematização de enfermagemSistematização de enfermagem
Sistematização de enfermagem
 
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
 
Teorias de Enfermagem
Teorias de EnfermagemTeorias de Enfermagem
Teorias de Enfermagem
 
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
 
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
Tese de Doutorado sobre Cuidado Espiritual (Prof. Michell Ângelo)
 
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminalPrincípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
 
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
Teoria de enfermagem (Martha Rogers)
 
Teoria do autocuidado orem
Teoria do autocuidado  oremTeoria do autocuidado  orem
Teoria do autocuidado orem
 
Intervention in particularly vulnerable groups
Intervention in particularly vulnerable groupsIntervention in particularly vulnerable groups
Intervention in particularly vulnerable groups
 
Wanda horta e o cuidado.pptx
Wanda horta e o cuidado.pptxWanda horta e o cuidado.pptx
Wanda horta e o cuidado.pptx
 
1702201605295700000099
17022016052957000000991702201605295700000099
1702201605295700000099
 
FUNDAMENTOS E TEORAS DA ENFERMAGEM PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO
FUNDAMENTOS E TEORAS DA ENFERMAGEM PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICOFUNDAMENTOS E TEORAS DA ENFERMAGEM PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO
FUNDAMENTOS E TEORAS DA ENFERMAGEM PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO
 
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIATEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
 
Sae aula .. (1)
Sae aula .. (1)Sae aula .. (1)
Sae aula .. (1)
 
Assistência de enfermagem
Assistência de enfermagem Assistência de enfermagem
Assistência de enfermagem
 
Aula 2- Fundamentos de Enfermagem.pptx
Aula 2- Fundamentos de Enfermagem.pptxAula 2- Fundamentos de Enfermagem.pptx
Aula 2- Fundamentos de Enfermagem.pptx
 
Teorias de enfermagem
Teorias de enfermagemTeorias de enfermagem
Teorias de enfermagem
 
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIASBIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
 

Último

doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptxdoenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
ccursog
 
Pompoarismo - uma abordagem para a saúde
Pompoarismo - uma abordagem para a saúdePompoarismo - uma abordagem para a saúde
Pompoarismo - uma abordagem para a saúde
FernandaCastro768379
 
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptxAULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
DiegoFernandes857616
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
jhordana1
 
Principios do treinamento desportivo. Ed Física
Principios do treinamento desportivo. Ed FísicaPrincipios do treinamento desportivo. Ed Física
Principios do treinamento desportivo. Ed Física
AllanNovais4
 
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdfCartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Camila Lorranna
 
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
SusanaMatos22
 
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagemHistoria de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
sidneyjmg
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptxBioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
BeatrizLittig1
 
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na EnfermagemMICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
sidneyjmg
 
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdfTeoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
jhordana1
 

Último (12)

doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptxdoenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
 
Pompoarismo - uma abordagem para a saúde
Pompoarismo - uma abordagem para a saúdePompoarismo - uma abordagem para a saúde
Pompoarismo - uma abordagem para a saúde
 
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptxAULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
 
Principios do treinamento desportivo. Ed Física
Principios do treinamento desportivo. Ed FísicaPrincipios do treinamento desportivo. Ed Física
Principios do treinamento desportivo. Ed Física
 
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdfCartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
 
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
 
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagemHistoria de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptxBioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
 
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na EnfermagemMICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
 
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdfTeoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
 

Dorothea E Orem(pronto).pptx

  • 2. Discentes: Gabriel dos Santos da Silva; Igor das Virgens Santana João Paulo Silva dos Santos. Componente Curricular: Enfermagem e Saúde Docente: Ângela Goes UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA VIDA – CAMPUS I
  • 3. • Dorothea E. Orem nasceu em Baltimore, Maryland-EUA , 1914. • Providence Hospital School of Nursing. • Doutora em Ciências Georgetown University em 1976. Doutora em Ciências da Incamat Word College em 1980. • Em 1992 foi nomeada membro honorário da Academia Americana de Enfermagem.
  • 4. • Trabalhos profissionais. • Publicação Nursing: Concepts of practice. • Orem faleceu em 22 de junho de 2007.
  • 5. 1959 1971,1980,1985 e 1991 1991 • “Que condição existe na pessoa quando essa pessoa ou outros determinam que ela deva estar sob cuidados de enfermagem?”
  • 6. “A condição que valida a existência de uma exigência de enfermagem em um adulto é a ausência da capacidade de manter continuamente a quantidade e a qualidade do autocuidado que são terapêuticas na sustentação da vida e da saúde, da recuperação da doença ou da lesão ou no enfrentamento dos seus efeitos. Nas crianças, a condição é a incapacidade dos pais ou responsáveis em manter continuamente, para a criança, a quantidade e a qualidade do cuidado terapêutico.”
  • 7. TEORIA DO DÉFICIT DO AUTOCUIDADO • Composta por três teorias inter-relacionadas: 1. Teoria do autocuidado; 2. Teoria do déficit do autocuidado; 3. Teoria dos sistemas de enfermagem.
  • 8. • Orem vincula o autocuidado a três categorias de requisitos, que são: - Universal; - Desenvolvimento; - Desvio de saúde. 1. TEORIA DO AUTOCUIDADO
  • 9. • Orem explica o autocuidado e relaciona os vários fatores que afetam sua provisão, especificando quando a Enfermagem é necessária para auxiliar o indivíduo a administrar o autocuidado. Os métodos utilizados para o autocuidado são: - Agir /fazer para outra pessoa; - Ensinar; - Guiar e orientar; - Proporcionar apoio físico e psicológico; - Proporcionar e manter ambiente de apoio ao desenvolvimento pessoal. 2. TEORIA DO DÉFICIT DO AUTOCUIDADO
  • 10. Classifica em três situações, sendo: - Totalmente compensatório - Parcialmente compensatório; - Sistema de apoio-educação. 3.TEORIA DOS SISTEMAS DE ENFERMAGEM “Se houver um déficit de autocuidado, isto é, se existir um déficit entre o que o individuo pode fazer e o que precisa ser feito para o funcionamento ideal, a enfermagem é exigida.”
  • 11. 3. TEORIA DOS SISTEMAS DE ENFERMAGEM
  • 12. O Ser humano: “São diferenciados das outras coisas vivas por sua capacidade de refletir sobre si mesmo e seu ambiente, simbolizar o que eles experimentam e usar as criações simbólicas para pensar, comunicar-se e orientar os esforços para fazer coisas que são benéficas para si e para os outros.” Orem, 1991, P.180.
  • 13. Saúde: Ela constata que “os aspectos físico, psicológico, interpessoal e social são inseparáveis no individuo.”
  • 14. Sociedade integrada a enfermagem: “Na sociedade moderna, espera-se que os adultos sejam auto confiáveis e responsáveis por eles mesmos e pelo bem- estar de seus dependentes [...] a enfermagem como um tipo específico de ação humana.”
  • 15.  Enfermagem em seu trabalho: “Uma ação humana diferenciada das outras ações humanas por ser enfoque sobre as pessoas incapacitadas, visando manter a provisão contínua de cuidados de saúde.”  A arte; a prudência da enfermagem e a enfermagem como ação.
  • 16. Segundo Orem: “O processo de enfermagem é um termo usado pelas enfermeiras ao referirem-se às operações profissionais-tecnológicas da prática da enfermagem e ao planejamentos e às operações avaliatórias associadas.”  Diagnostico de enfermagem e prescrição  Esboços para a operação regulatória  Produção e controle dos sistemas de enfermagem
  • 17. Introdução Aplicabilidade Conclusão Aplicar a Teoria do Autocuidado de Orem na assistência a paciente portadora de estomia. Estudo clínico realizado com paciente portadora de estomia intestinal, secundária à doença de Chagas. A coleta de dados foi obtida mediante cuidado domiciliar, usando formulário com questões referentes aos pressupostos de Orem. Para análise do discurso os dados foram apresentados de acordo com os fatores determinantes no desenvolvimento do autocuidado. A Teoria do Autocuidado possibilitou o cuidado e a comunicação terapêutica adequando-se à situação da paciente. Assistência de enfermagem a paciente com colostomia: Aplicação da teoria de Orem
  • 18.
  • 19. • ARTIGO POR COLUNISTA PORTAL - EDUCAÇÃO (Campo Grande - Ms). Teoria de Dorothea E. Orem. 2012. Disponível em: http://www.portaleducacao.com.br/enfermagem/artigos/25162/teoria-de-dorothea- e-orem#!1. Acesso em: 03 jun. 2016. • DOROTHEA ELIZABETH OREM. [2009]. Disponível em: http://www.eewb.br/pesquisa/autocuidado/. Acesso em: 04 jun. 2016. • GEORGE, JÚlia B.; FOSTER, Peggy Coldwell; BENNETT, Agnes M.. Teorias da Enfermagem: Os fundamentos à Prática Profissional. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. TRADUÇÃO POR: ANA MARIA VASCONCELOS THORELL. • DOROTHEA Orem A Teoria do Déficit do Auto Cuidado. [s.l]: Youtube, 2013. (2 min.), son., color. Legendado. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=8pbgU0eoycg. Acesso em: 04 jun. 2016.