SlideShare uma empresa Scribd logo
O SEGURO D&O APÓS A CIRCULAR 553/2017
MARCIA CICARELLI BARBOSA DE OLIVEIRA
JUNHO 2017
www.demarest.com.br Todos osDireitos Reservados
AGENDA
1. Histórico das Circulares sobre D&O
2. Perda Indenizável
3. Reclamação
4. Ato Danoso X Fato Gerador
5. Conceitos de Segurado X Tomador
6. Custos de Defesa
7. Cobertura Básica X Extensões de Cobertura
8. Cobertura para Multas
1. HISTÓRICO DAS CIRCULARES SOBRE D&O
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
HISTÓRICO DAS CIRCULARES SOBRE D&O
Consulta Pública nº 26/2013, de 09/01/2014: Disponibilização de Circular sobre
o seguro D&O para manifestação, sugestão e/ou críticas dos interessados;
Circular SUSEP nº 541/2016, de 14/10/2016: Regulamentação inicial do seguro
D&O, estabelecendo prazo para submissão do plano adaptado até 28/02/17 e
arquivamento dos planos existentes em 01/06/17;
Circular SUSEP nº 546/2017, de 23/02/2017: suspensão dos efeitos da Circular
SUSEP nº 541/2016 por 90 dias;
Circular SUSEP 553, de 23/05/2017: Nova regulamentação do seguro D&O,
alterando pontos criticados pelo mercado e discutidos pelas entidades de classe
com a SUSEP. Adaptação dos produtos deve ser feita em 180 dias da publicação da
circular (até 20/11/17).
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CIRCULAR SUSEP 541/16 X CIRCULAR SUSEP 553/17
Circular SUSEP 541/16 Circular SUSEP 553/17
Custos de Defesa como
cobertura adicional.
Custos de Defesa inseridos na
cobertura básica.
Sem previsão da possibilidade
de contratação por pessoa
física.
Admitida a contratação por
pessoa física.
Cobertura para multas
administrativas e contratuais.
Cobertura para multas cíveis e
administrativas.
Vedação de referências a
qualquer tipo de legislação
estrangeira.
Possibilidade de referências a
legislação estrangeira, caso o
âmbito de cobertura da apólice
não seja restrito ao Brasil.
Sem previsão da possibilidade
de contratação de cobertura
para o Tomador.
Possibilidade de contratação de
cobertura para o Tomador,
decorrente de atos ilícitos
culposos praticados pelos D&Os
(Side C ?).
2. PERDA INDENIZÁVEL
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CIRCULAR 553: INCLUSÃO DO CONCEITO DE PERDA INDENIZÁVEL
Perda Indenizável
Custos de Defesa Indenização
Acordos previamente
autorizados pela
Seguradora
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
PERDAS E DANOS: CONCEITOS MANTIDOS X APÓLICE ALL RISKS
Dano
Dano
Patrimonial
Dano
Material
Dano
Corporal
Dano Físico à
Pessoa
Dano Moral
Prejuízo
Prejuízo
Financeiro
Perda
Perda
Financeira
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
FLEXIBILIZAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DOS CONCEITOS
“Art. 7º. I - As condições gerais reúnem as disposições comuns aplicáveis a
todas as coberturas básicas incluídas no plano, sendo obrigatória a
presença de:
a) disposições previstas em normativos específicos, inclusive aqueles que
regulamentam as apólices à base de reclamações; em particular os termos
relacionados no artigo 3º desta circular devem constar no glossário,
desde que utilizados nas condições contratuais, admitindo-se o uso de
definições equivalentes àquelas formuladas no referido artigo;”
 Não obrigatoriedade de inserção de todas as definições no clausulado;
 Possibilidade de utilização de conceitos equivalentes;
 Em geral, o conceito de Perdas Indenizáveis será suficiente e os danos
não cobertos deverão constar como exclusões.
3. RECLAMAÇÃO
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CONCEITO DE RECLAMAÇÃO
Art. 3º [...] XXX – reclamação: denominação genérica dada às notificações
(judiciais ou extrajudiciais) que comunicam a instauração de processo
administrativo formal, ação cível e/ou ação penal, contra um segurado,
pleiteando reparação (pecuniária ou não) e/ou a sua responsabilização civil e/ou
penal, em decorrência de ato, pretensamente danoso, por ele praticado quando
no exercício de suas funções no tomador do seguro; são também consideradas
reclamações as notificações relativas ao início de procedimentos de arbitragem
que visem avaliar atos praticados pelo segurado no exercício de suas funções;
 Ausência de previsão de ações trabalhistas, fiscais, tampouco de notificações
extrajudiciais imputando responsabilidade aos D&Os, que não se caracterizem
como processos formais;
 Possibilidade de adaptação do conceito de Reclamação para abarcar outros
tipos de processos ou notificações (custos de defesa + indenização);
4. ATO DANOSO X FATO GERADOR
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
GATILHO DE COBERTURA - CIRCULAR 553/17
Art. 5º No seguro de RC D & O, a sociedade seguradora garante aos segurados,
quando responsabilizados por danos causados a terceiros, em consequência de
atos ilícitos culposos praticados no exercício das funções para as quais
tenham sido nomeados, eleitos e/ou contratados, o reembolso das
indenizações que forem obrigados a pagar, a título de reparação, por sentença
judicial transitada em julgado, ou em decorrência de juízo arbitral, ou por
acordo com os terceiros prejudicados, com a anuência da sociedade
seguradora.
V - ato (ilícito) culposo: ações ou omissões involuntárias, que violem direito e
causem dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, decorrentes de
negligência, imperícia ou imprudência do responsável, pessoa física ou
jurídica;
XVII – fato gerador: [...] são os atos ilícitos culposos praticados por um
segurado, no exercício de suas funções, e que causem danos a terceiros,
resultando em processo administrativo formal e/ou judicial contra o
segurado, bem como em procedimento arbitral, com o objetivo de obriga-lo a
indenizar os terceiros prejudicados [...]
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
Esferas de Responsabilidade do Administrador:
• Cível
• Societária
• Consumerista
• Penal
• Tributária
• Ambiental
• Trabalhista
ATO DANOSO E FATO GERADOR
5. CONCEITOS DE SEGURADO E TOMADOR
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CONCEITO DE SEGURADO
Segurado (por extensão de
cobertura)
Pessoa física que ocupe, passe a ocupar
ou tenha ocupado os cargos de Diretor,
Administrador ou Conselheiro em
subsidiárias ou coligadas do Tomador;
Pessoa física que ocupe cargo de gestão
no Tomador e/ou nas suas subsidiárias
e/ou coligadas, tais como auditores,
depositários, liquidantes e/ou
interventores;
Pessoa física contratada pelo Tomador,
suas subsidiárias ou coligadas para darem
assessoria aos segurados (advogados,
consultores, contadores, secretários
particulares, técnicos, entre outros); e
Tomador (Side B).
Segurado
Pessoa física que ocupe durante período
de vigência ou durante período de
retroatividade, passem a ocupar ou
tenham ocupado cargo de Diretor,
Administrador ou Conselheiro, ou
qualquer outro cargo executivo para o
qual tenha sido eleita ou nomeada; e
Pessoa física que ocupe cargo de gestão,
se o Tomador for legalmente solidário em
relação a atos e decisões praticados por
tais pessoas.
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CONCEITO DE SEGURADO
 Conceito de Tomador: pode incluir as subsidiárias e coligadas. Nessa
hipótese, os D&Os de tais empresas já estarão automaticamente
cobertos;
 Side B: SUSEP indica o Tomador como Segurado, visto ser o responsável
pelo pagamento dos valores cobertos. No entanto, o risco continua a
recair sobre o D&O e não sobre o Tomador;
 Assessores dos D&Os: algumas Apólices já incluem como segurados os
empregados do Tomador, que sejam responsabilizados por atos no
exercício de suas funções.
6. CUSTOS DE DEFESA
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CUSTOS DE DEFESA
Art. 3º [...]
IX – custos de defesa: compreendem as custas judiciais, os honorários
advocatícios e periciais, e as despesas necessárias para apresentar,
junto aos órgãos competentes, as defesas e/ou recursos dos Segurados
relativos a reclamações contempladas pelo seguro;
 Possibilidade de os Custos de Defesa integrarem a Cobertura Básica do
seguro;
 Resolve a contratação das Apólices de D&O por Entidades Fechadas de
Previdência Complementar (EFPC) – Art. 22 da Resolução CGPC nº
13/2004;
 Em muitos sinistros, é a principal cobertura da Apólice;
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CUSTOS DE DEFESA: ADIANTAMENTO
E os crimes tipicamente dolosos?
1. Riscos excluídos:
Atos dolosos e fraudulentos [...]
2. Crimes cujo elemento subjetivo é o dolo, isto é, não admitem a forma
culposa. P. ex. Corrupção ativa, lavagem de dinheiro, receptação,
estelionato etc.
Adiantamento de
Custos de Defesa
Devolução ou
Reembolso
Sentença Trans.
em Julgado
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CUSTOS DE DEFESA: ADIANTAMENTO
ADCs 43 e 44 - Supremo Tribunal Federal - Possibilidade de Execução de
Pena a partir de condenação em segunda instância
CF. Art. 5º. LVII - ninguém será considerado culpado até o trânsito em
julgado de sentença penal condenatória;
CPP. Art. 283. Ninguém poderá ser preso senão em flagrante delito ou por
ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente, em
decorrência de sentença condenatória transitada em julgado [...]
• Execução Antecipada de Pena;
• Mérito - culpabilidade v. execução antecipada;
• Relativização da necessidade do trânsito em julgado;
• Previsão expressa x Posicionamento SUSEP.
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CUSTOS DE DEFESA
Art. 5º [...]
§ 4º Quando da concessão da garantia prevista no § 3º acima, deve haver
menção expressa ao direito de regresso da seguradora nos casos em que
os danos causados a terceiros decorram de atos ilícitos dolosos, ou em que
o segurado reconheça sua responsabilidade.
 Impropriedade da expressão “direito de regresso” = Reembolso;
 Reconhecimento de responsabilidade = não necessariamente excluirá a
cobertura, por exemplo em caso de assunção de responsabilidade por
ato ilícito culposo ou celebração de acordo, com prévia anuência da
seguradora.
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CUSTOS DE DEFESA: O QUE INCLUI?
Comparecimento
a Audiências
Depósito Recursal
Fiança
Honorários de
Advogado
Honorários de
Perito
Garantia Judicial
Multas
Processuais
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CUSTOS DE DEFESA: HONORÁRIOS DE ADVOGADO
• O que é razoável?
• Possibilidade de apresentação de mais uma proposta x escritório já
contratado
• Proposta de Honorários em Fases:
CEOAB. Art. 37. Em face da imprevisibilidade do prazo de tramitação da
demanda, devem ser delimitados os serviços profissionais a se prestarem
nos procedimentos preliminares, judiciais ou conciliatórios, a fim de
que outras medidas, solicitadas ou necessárias, incidentais ou não, diretas
ou indiretas, decorrentes da causa, possam ter novos honorários
estimados, e da mesma forma receber do constituinte ou cliente a
concordância hábil.
7. COBERTURA BÁSICA X EXTENSÕES DE COBERTURA
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
COBERTURA BÁSICA X EXTENSÕES DE COBERTURA
Cobertura global da Apólice
Coberturas Adicionais
Cobertura Básica
8. COBERTURA PARA MULTAS
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
Art. 5º [...] § 5º A garantia poderá abranger cobertura de multas e
penalidades cíveis e administrativas impostas aos segurados quando no
exercício de suas funções, no tomador, e/ou em suas subsidiárias, e/ou
em suas coligadas.
 Adequada exclusão de multas contratuais: Apólice de RC, em regra,
não abarca cobertura para verbas de natureza contratual. É genérica,
não se refere a um contrato específico.
Poderá abranger:
 Multas impostas por agências reguladoras e similares;
 Multas tributárias; e
 Multas ambientais na esfera administrativa etc.
COBERTURA PARA MULTAS
QUESTÕES E DESAFIOS
www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados
CONCLUSÕES E DESAFIOS
 Diálogo positivo entre mercado e órgão regulador, resultando em
modificações importantes na norma;
 Custos de Defesa como Cobertura Básica: atende às expectativas do
mercado e propósito do produto;
 SUSEP x Melhores Práticas de Mercado (ex. Glossário);
 Conceito de Ato Danoso/Fato Gerador a ser utilizado e quais processos
serão enquadrados como Reclamação;
 Compatibilização entre escopo da cobertura básica e alargamento da
garantia nas Extensões de cobertura;
 Cobertura para multas cíveis e administrativas: especificação sobre
inclusão na cobertura básica ou contratação de cobertura específica –
exclusão de modalidades específicas de acordo com a subscrição.
MARCIA CICARELLI BARBOSA DE OLIVEIRA
mcicarelli@demarest.com.br
11 3356-1825
OBRIGADA!
D&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceitos do contrato de seguros
Conceitos do contrato de segurosConceitos do contrato de seguros
Conceitos do contrato de seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Pp prestação de serviços 112010
Pp prestação de serviços 112010Pp prestação de serviços 112010
Pp prestação de serviços 112010
Espaço Allianz
 
Facility rc exposicao e feira de amostra
Facility rc   exposicao e feira de amostraFacility rc   exposicao e feira de amostra
Facility rc exposicao e feira de amostra
Espaço Allianz
 
O contrato de seguro no direito brasileiro
O contrato de seguro no direito brasileiroO contrato de seguro no direito brasileiro
O contrato de seguro no direito brasileiro
Universidade Federal Fluminense
 
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Escola Nacional de Seguros
 
Apostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade segurosApostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade seguros
admcontabil
 
Procedimentos e Particularidades Contratuais
Procedimentos e Particularidades ContratuaisProcedimentos e Particularidades Contratuais
Procedimentos e Particularidades Contratuais
Escola Nacional de Seguros
 
Manual Prestamista_Mod_AZ_2008
 Manual Prestamista_Mod_AZ_2008 Manual Prestamista_Mod_AZ_2008
Manual Prestamista_Mod_AZ_2008
Espaço Allianz
 
Proposta de Adesao Acidentes Pessoais Coletivo
 Proposta de Adesao Acidentes Pessoais Coletivo Proposta de Adesao Acidentes Pessoais Coletivo
Proposta de Adesao Acidentes Pessoais Coletivo
Espaço Allianz
 
Minze apresentação institucional private insurance
Minze apresentação institucional private insuranceMinze apresentação institucional private insurance
Minze apresentação institucional private insurance
Rafael Campos, CFA, CAIA
 
Palestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Palestra RC e Circular 127/2009 - FilomenaPalestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Palestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Sincor-ES
 
Condição geral rc profissional 2012
Condição geral rc profissional 2012Condição geral rc profissional 2012
Condição geral rc profissional 2012
Espaço Allianz
 
Apresentação direito seguro oab sp
Apresentação direito seguro oab spApresentação direito seguro oab sp
Apresentação direito seguro oab sp
DeSordi
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
Escola Nacional de Seguros
 
Minze apresentação institucional corporate
Minze apresentação institucional corporateMinze apresentação institucional corporate
Minze apresentação institucional corporate
Rafael Campos, CFA, CAIA
 
Condiçoes gerais rcg
 Condiçoes gerais rcg Condiçoes gerais rcg
Condiçoes gerais rcg
Espaço Allianz
 
Informativo da Confederação Nacional dos Vigilantes CNTV
Informativo da Confederação Nacional dos Vigilantes CNTVInformativo da Confederação Nacional dos Vigilantes CNTV
Informativo da Confederação Nacional dos Vigilantes CNTV
Elieljneto
 
Microsoft word -_cond._gerais_acidentes_pessoais_contrat_individual_-_final_-...
Microsoft word -_cond._gerais_acidentes_pessoais_contrat_individual_-_final_-...Microsoft word -_cond._gerais_acidentes_pessoais_contrat_individual_-_final_-...
Microsoft word -_cond._gerais_acidentes_pessoais_contrat_individual_-_final_-...
Sirlei de Fatima Barreiro Jabali
 
Circular SUSEP 317 - dispõe sobre regras para planos coletivos de pessoas
Circular SUSEP 317 - dispõe sobre regras para planos coletivos de pessoasCircular SUSEP 317 - dispõe sobre regras para planos coletivos de pessoas
Circular SUSEP 317 - dispõe sobre regras para planos coletivos de pessoas
Universidade Federal Fluminense
 
Resolução CNPC 17 de 2015 - Uma nova visão sobre compartilhamento de riscos -...
Resolução CNPC 17 de 2015 - Uma nova visão sobre compartilhamento de riscos -...Resolução CNPC 17 de 2015 - Uma nova visão sobre compartilhamento de riscos -...
Resolução CNPC 17 de 2015 - Uma nova visão sobre compartilhamento de riscos -...
Editora Roncarati
 

Mais procurados (20)

Conceitos do contrato de seguros
Conceitos do contrato de segurosConceitos do contrato de seguros
Conceitos do contrato de seguros
 
Pp prestação de serviços 112010
Pp prestação de serviços 112010Pp prestação de serviços 112010
Pp prestação de serviços 112010
 
Facility rc exposicao e feira de amostra
Facility rc   exposicao e feira de amostraFacility rc   exposicao e feira de amostra
Facility rc exposicao e feira de amostra
 
O contrato de seguro no direito brasileiro
O contrato de seguro no direito brasileiroO contrato de seguro no direito brasileiro
O contrato de seguro no direito brasileiro
 
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
 
Apostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade segurosApostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade seguros
 
Procedimentos e Particularidades Contratuais
Procedimentos e Particularidades ContratuaisProcedimentos e Particularidades Contratuais
Procedimentos e Particularidades Contratuais
 
Manual Prestamista_Mod_AZ_2008
 Manual Prestamista_Mod_AZ_2008 Manual Prestamista_Mod_AZ_2008
Manual Prestamista_Mod_AZ_2008
 
Proposta de Adesao Acidentes Pessoais Coletivo
 Proposta de Adesao Acidentes Pessoais Coletivo Proposta de Adesao Acidentes Pessoais Coletivo
Proposta de Adesao Acidentes Pessoais Coletivo
 
Minze apresentação institucional private insurance
Minze apresentação institucional private insuranceMinze apresentação institucional private insurance
Minze apresentação institucional private insurance
 
Palestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Palestra RC e Circular 127/2009 - FilomenaPalestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Palestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
 
Condição geral rc profissional 2012
Condição geral rc profissional 2012Condição geral rc profissional 2012
Condição geral rc profissional 2012
 
Apresentação direito seguro oab sp
Apresentação direito seguro oab spApresentação direito seguro oab sp
Apresentação direito seguro oab sp
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
 
Minze apresentação institucional corporate
Minze apresentação institucional corporateMinze apresentação institucional corporate
Minze apresentação institucional corporate
 
Condiçoes gerais rcg
 Condiçoes gerais rcg Condiçoes gerais rcg
Condiçoes gerais rcg
 
Informativo da Confederação Nacional dos Vigilantes CNTV
Informativo da Confederação Nacional dos Vigilantes CNTVInformativo da Confederação Nacional dos Vigilantes CNTV
Informativo da Confederação Nacional dos Vigilantes CNTV
 
Microsoft word -_cond._gerais_acidentes_pessoais_contrat_individual_-_final_-...
Microsoft word -_cond._gerais_acidentes_pessoais_contrat_individual_-_final_-...Microsoft word -_cond._gerais_acidentes_pessoais_contrat_individual_-_final_-...
Microsoft word -_cond._gerais_acidentes_pessoais_contrat_individual_-_final_-...
 
Circular SUSEP 317 - dispõe sobre regras para planos coletivos de pessoas
Circular SUSEP 317 - dispõe sobre regras para planos coletivos de pessoasCircular SUSEP 317 - dispõe sobre regras para planos coletivos de pessoas
Circular SUSEP 317 - dispõe sobre regras para planos coletivos de pessoas
 
Resolução CNPC 17 de 2015 - Uma nova visão sobre compartilhamento de riscos -...
Resolução CNPC 17 de 2015 - Uma nova visão sobre compartilhamento de riscos -...Resolução CNPC 17 de 2015 - Uma nova visão sobre compartilhamento de riscos -...
Resolução CNPC 17 de 2015 - Uma nova visão sobre compartilhamento de riscos -...
 

Semelhante a D&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli

Reflexões sobre o seguro D&O - Márcia Cicarel
Reflexões sobre o seguro D&O -  Márcia CicarelReflexões sobre o seguro D&O -  Márcia Cicarel
Reflexões sobre o seguro D&O - Márcia Cicarel
oficinadotexto
 
Debate sobre seguro D&O reúne executivos em Belo Horizonte
Debate sobre seguro D&O reúne executivos em Belo HorizonteDebate sobre seguro D&O reúne executivos em Belo Horizonte
Debate sobre seguro D&O reúne executivos em Belo Horizonte
oficinadotexto
 
Pp obras civis instalacao montagens 112010
Pp obras civis instalacao montagens 112010Pp obras civis instalacao montagens 112010
Pp obras civis instalacao montagens 112010
Espaço Allianz
 
Responsabilidade - Por Danilo Sobreira
Responsabilidade - Por Danilo SobreiraResponsabilidade - Por Danilo Sobreira
Responsabilidade - Por Danilo Sobreira
Sincor-ES
 
Susep
SusepSusep
Susep
Alex Lins
 
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
camilavergueirocatunda
 
Dicas sobre seguros
Dicas sobre segurosDicas sobre seguros
Dicas sobre seguros
anadias93
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Especiais de Sinistros
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Especiais de SinistrosA Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Especiais de Sinistros
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Especiais de Sinistros
Escola Nacional de Seguros
 
Cláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de segurosCláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Cláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de segurosCláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Condições gerais produção de filmes
Condições gerais   produção de filmesCondições gerais   produção de filmes
Condições gerais produção de filmes
Espaço Allianz
 
Facility rc hospedagem
Facility rc   hospedagemFacility rc   hospedagem
Facility rc hospedagem
Espaço Allianz
 
Direito dos contratos
Direito dos contratosDireito dos contratos
Direito dos contratos
INSTITUTO MVC
 
35926403 apostila-contabilidade-seguros
35926403 apostila-contabilidade-seguros35926403 apostila-contabilidade-seguros
35926403 apostila-contabilidade-seguros
Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ)
 
Contabilidade de seguros
Contabilidade de segurosContabilidade de seguros
Contabilidade de seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Apostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade segurosApostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Facility rc estabelecimento de ensino
Facility rc   estabelecimento de ensinoFacility rc   estabelecimento de ensino
Facility rc estabelecimento de ensino
Espaço Allianz
 
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. PolidoContrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Editora Roncarati
 
Facility rc bares, restautantes e padarias
Facility rc   bares, restautantes e padariasFacility rc   bares, restautantes e padarias
Facility rc bares, restautantes e padarias
Espaço Allianz
 
Seguro garantia judicial
Seguro garantia judicialSeguro garantia judicial
Seguro garantia judicial
Kellf_Corretora_de_Seguros
 

Semelhante a D&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli (20)

Reflexões sobre o seguro D&O - Márcia Cicarel
Reflexões sobre o seguro D&O -  Márcia CicarelReflexões sobre o seguro D&O -  Márcia Cicarel
Reflexões sobre o seguro D&O - Márcia Cicarel
 
Debate sobre seguro D&O reúne executivos em Belo Horizonte
Debate sobre seguro D&O reúne executivos em Belo HorizonteDebate sobre seguro D&O reúne executivos em Belo Horizonte
Debate sobre seguro D&O reúne executivos em Belo Horizonte
 
Pp obras civis instalacao montagens 112010
Pp obras civis instalacao montagens 112010Pp obras civis instalacao montagens 112010
Pp obras civis instalacao montagens 112010
 
Responsabilidade - Por Danilo Sobreira
Responsabilidade - Por Danilo SobreiraResponsabilidade - Por Danilo Sobreira
Responsabilidade - Por Danilo Sobreira
 
Susep
SusepSusep
Susep
 
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
 
Dicas sobre seguros
Dicas sobre segurosDicas sobre seguros
Dicas sobre seguros
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Especiais de Sinistros
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Especiais de SinistrosA Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Especiais de Sinistros
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Especiais de Sinistros
 
Cláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de segurosCláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de seguros
 
Cláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de segurosCláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de seguros
 
Condições gerais produção de filmes
Condições gerais   produção de filmesCondições gerais   produção de filmes
Condições gerais produção de filmes
 
Facility rc hospedagem
Facility rc   hospedagemFacility rc   hospedagem
Facility rc hospedagem
 
Direito dos contratos
Direito dos contratosDireito dos contratos
Direito dos contratos
 
35926403 apostila-contabilidade-seguros
35926403 apostila-contabilidade-seguros35926403 apostila-contabilidade-seguros
35926403 apostila-contabilidade-seguros
 
Contabilidade de seguros
Contabilidade de segurosContabilidade de seguros
Contabilidade de seguros
 
Apostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade segurosApostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade seguros
 
Facility rc estabelecimento de ensino
Facility rc   estabelecimento de ensinoFacility rc   estabelecimento de ensino
Facility rc estabelecimento de ensino
 
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. PolidoContrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
 
Facility rc bares, restautantes e padarias
Facility rc   bares, restautantes e padariasFacility rc   bares, restautantes e padarias
Facility rc bares, restautantes e padarias
 
Seguro garantia judicial
Seguro garantia judicialSeguro garantia judicial
Seguro garantia judicial
 

Mais de Oficina do Texto Assessoria de Comunicação

Manual de registro de corretor versao 16 07-2020
Manual de registro de corretor   versao 16 07-2020Manual de registro de corretor   versao 16 07-2020
Manual de registro de corretor versao 16 07-2020
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Corretor Som.us
Corretor Som.us Corretor Som.us
Edson Fecher
Edson FecherEdson Fecher
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali ZellerSeguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos SantosSeguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
D&O - Circular 553 - Dinir salvador
D&O - Circular 553 - Dinir salvadorD&O - Circular 553 - Dinir salvador
D&O - Circular 553 - Dinir salvador
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Café com Seguro - Gamificação - Porto AlegreCafé com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Café com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli  Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio  Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Aida Europe pProgramme Vienna - web
Aida Europe pProgramme Vienna - webAida Europe pProgramme Vienna - web
Aida Europe pProgramme Vienna - web
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 

Mais de Oficina do Texto Assessoria de Comunicação (20)

Manual de registro de corretor versao 16 07-2020
Manual de registro de corretor   versao 16 07-2020Manual de registro de corretor   versao 16 07-2020
Manual de registro de corretor versao 16 07-2020
 
Corretor Som.us
Corretor Som.us Corretor Som.us
Corretor Som.us
 
Edson Fecher
Edson FecherEdson Fecher
Edson Fecher
 
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
 
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali ZellerSeguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
 
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos SantosSeguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
 
D&O - Circular 553 - Dinir salvador
D&O - Circular 553 - Dinir salvadorD&O - Circular 553 - Dinir salvador
D&O - Circular 553 - Dinir salvador
 
Café com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Café com Seguro - Gamificação - Porto AlegreCafé com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Café com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
 
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli  Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
 
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio  Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
 
Aida Europe pProgramme Vienna - web
Aida Europe pProgramme Vienna - webAida Europe pProgramme Vienna - web
Aida Europe pProgramme Vienna - web
 

Último

Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
E-Commerce Brasil
 
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
polianasenaces
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
MartesonCasteloBranc1
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
E-Commerce Brasil
 

Último (6)

Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
 
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
 

D&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli

  • 1.
  • 2. O SEGURO D&O APÓS A CIRCULAR 553/2017 MARCIA CICARELLI BARBOSA DE OLIVEIRA JUNHO 2017
  • 3. www.demarest.com.br Todos osDireitos Reservados AGENDA 1. Histórico das Circulares sobre D&O 2. Perda Indenizável 3. Reclamação 4. Ato Danoso X Fato Gerador 5. Conceitos de Segurado X Tomador 6. Custos de Defesa 7. Cobertura Básica X Extensões de Cobertura 8. Cobertura para Multas
  • 4. 1. HISTÓRICO DAS CIRCULARES SOBRE D&O
  • 5. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados HISTÓRICO DAS CIRCULARES SOBRE D&O Consulta Pública nº 26/2013, de 09/01/2014: Disponibilização de Circular sobre o seguro D&O para manifestação, sugestão e/ou críticas dos interessados; Circular SUSEP nº 541/2016, de 14/10/2016: Regulamentação inicial do seguro D&O, estabelecendo prazo para submissão do plano adaptado até 28/02/17 e arquivamento dos planos existentes em 01/06/17; Circular SUSEP nº 546/2017, de 23/02/2017: suspensão dos efeitos da Circular SUSEP nº 541/2016 por 90 dias; Circular SUSEP 553, de 23/05/2017: Nova regulamentação do seguro D&O, alterando pontos criticados pelo mercado e discutidos pelas entidades de classe com a SUSEP. Adaptação dos produtos deve ser feita em 180 dias da publicação da circular (até 20/11/17).
  • 6. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CIRCULAR SUSEP 541/16 X CIRCULAR SUSEP 553/17 Circular SUSEP 541/16 Circular SUSEP 553/17 Custos de Defesa como cobertura adicional. Custos de Defesa inseridos na cobertura básica. Sem previsão da possibilidade de contratação por pessoa física. Admitida a contratação por pessoa física. Cobertura para multas administrativas e contratuais. Cobertura para multas cíveis e administrativas. Vedação de referências a qualquer tipo de legislação estrangeira. Possibilidade de referências a legislação estrangeira, caso o âmbito de cobertura da apólice não seja restrito ao Brasil. Sem previsão da possibilidade de contratação de cobertura para o Tomador. Possibilidade de contratação de cobertura para o Tomador, decorrente de atos ilícitos culposos praticados pelos D&Os (Side C ?).
  • 8. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CIRCULAR 553: INCLUSÃO DO CONCEITO DE PERDA INDENIZÁVEL Perda Indenizável Custos de Defesa Indenização Acordos previamente autorizados pela Seguradora
  • 9. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados PERDAS E DANOS: CONCEITOS MANTIDOS X APÓLICE ALL RISKS Dano Dano Patrimonial Dano Material Dano Corporal Dano Físico à Pessoa Dano Moral Prejuízo Prejuízo Financeiro Perda Perda Financeira
  • 10. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados FLEXIBILIZAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DOS CONCEITOS “Art. 7º. I - As condições gerais reúnem as disposições comuns aplicáveis a todas as coberturas básicas incluídas no plano, sendo obrigatória a presença de: a) disposições previstas em normativos específicos, inclusive aqueles que regulamentam as apólices à base de reclamações; em particular os termos relacionados no artigo 3º desta circular devem constar no glossário, desde que utilizados nas condições contratuais, admitindo-se o uso de definições equivalentes àquelas formuladas no referido artigo;”  Não obrigatoriedade de inserção de todas as definições no clausulado;  Possibilidade de utilização de conceitos equivalentes;  Em geral, o conceito de Perdas Indenizáveis será suficiente e os danos não cobertos deverão constar como exclusões.
  • 12. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CONCEITO DE RECLAMAÇÃO Art. 3º [...] XXX – reclamação: denominação genérica dada às notificações (judiciais ou extrajudiciais) que comunicam a instauração de processo administrativo formal, ação cível e/ou ação penal, contra um segurado, pleiteando reparação (pecuniária ou não) e/ou a sua responsabilização civil e/ou penal, em decorrência de ato, pretensamente danoso, por ele praticado quando no exercício de suas funções no tomador do seguro; são também consideradas reclamações as notificações relativas ao início de procedimentos de arbitragem que visem avaliar atos praticados pelo segurado no exercício de suas funções;  Ausência de previsão de ações trabalhistas, fiscais, tampouco de notificações extrajudiciais imputando responsabilidade aos D&Os, que não se caracterizem como processos formais;  Possibilidade de adaptação do conceito de Reclamação para abarcar outros tipos de processos ou notificações (custos de defesa + indenização);
  • 13. 4. ATO DANOSO X FATO GERADOR
  • 14. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados GATILHO DE COBERTURA - CIRCULAR 553/17 Art. 5º No seguro de RC D & O, a sociedade seguradora garante aos segurados, quando responsabilizados por danos causados a terceiros, em consequência de atos ilícitos culposos praticados no exercício das funções para as quais tenham sido nomeados, eleitos e/ou contratados, o reembolso das indenizações que forem obrigados a pagar, a título de reparação, por sentença judicial transitada em julgado, ou em decorrência de juízo arbitral, ou por acordo com os terceiros prejudicados, com a anuência da sociedade seguradora. V - ato (ilícito) culposo: ações ou omissões involuntárias, que violem direito e causem dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, decorrentes de negligência, imperícia ou imprudência do responsável, pessoa física ou jurídica; XVII – fato gerador: [...] são os atos ilícitos culposos praticados por um segurado, no exercício de suas funções, e que causem danos a terceiros, resultando em processo administrativo formal e/ou judicial contra o segurado, bem como em procedimento arbitral, com o objetivo de obriga-lo a indenizar os terceiros prejudicados [...]
  • 15. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados Esferas de Responsabilidade do Administrador: • Cível • Societária • Consumerista • Penal • Tributária • Ambiental • Trabalhista ATO DANOSO E FATO GERADOR
  • 16. 5. CONCEITOS DE SEGURADO E TOMADOR
  • 17. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CONCEITO DE SEGURADO Segurado (por extensão de cobertura) Pessoa física que ocupe, passe a ocupar ou tenha ocupado os cargos de Diretor, Administrador ou Conselheiro em subsidiárias ou coligadas do Tomador; Pessoa física que ocupe cargo de gestão no Tomador e/ou nas suas subsidiárias e/ou coligadas, tais como auditores, depositários, liquidantes e/ou interventores; Pessoa física contratada pelo Tomador, suas subsidiárias ou coligadas para darem assessoria aos segurados (advogados, consultores, contadores, secretários particulares, técnicos, entre outros); e Tomador (Side B). Segurado Pessoa física que ocupe durante período de vigência ou durante período de retroatividade, passem a ocupar ou tenham ocupado cargo de Diretor, Administrador ou Conselheiro, ou qualquer outro cargo executivo para o qual tenha sido eleita ou nomeada; e Pessoa física que ocupe cargo de gestão, se o Tomador for legalmente solidário em relação a atos e decisões praticados por tais pessoas.
  • 18. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CONCEITO DE SEGURADO  Conceito de Tomador: pode incluir as subsidiárias e coligadas. Nessa hipótese, os D&Os de tais empresas já estarão automaticamente cobertos;  Side B: SUSEP indica o Tomador como Segurado, visto ser o responsável pelo pagamento dos valores cobertos. No entanto, o risco continua a recair sobre o D&O e não sobre o Tomador;  Assessores dos D&Os: algumas Apólices já incluem como segurados os empregados do Tomador, que sejam responsabilizados por atos no exercício de suas funções.
  • 19. 6. CUSTOS DE DEFESA
  • 20. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CUSTOS DE DEFESA Art. 3º [...] IX – custos de defesa: compreendem as custas judiciais, os honorários advocatícios e periciais, e as despesas necessárias para apresentar, junto aos órgãos competentes, as defesas e/ou recursos dos Segurados relativos a reclamações contempladas pelo seguro;  Possibilidade de os Custos de Defesa integrarem a Cobertura Básica do seguro;  Resolve a contratação das Apólices de D&O por Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC) – Art. 22 da Resolução CGPC nº 13/2004;  Em muitos sinistros, é a principal cobertura da Apólice;
  • 21. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CUSTOS DE DEFESA: ADIANTAMENTO E os crimes tipicamente dolosos? 1. Riscos excluídos: Atos dolosos e fraudulentos [...] 2. Crimes cujo elemento subjetivo é o dolo, isto é, não admitem a forma culposa. P. ex. Corrupção ativa, lavagem de dinheiro, receptação, estelionato etc. Adiantamento de Custos de Defesa Devolução ou Reembolso Sentença Trans. em Julgado
  • 22. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CUSTOS DE DEFESA: ADIANTAMENTO ADCs 43 e 44 - Supremo Tribunal Federal - Possibilidade de Execução de Pena a partir de condenação em segunda instância CF. Art. 5º. LVII - ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória; CPP. Art. 283. Ninguém poderá ser preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente, em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado [...] • Execução Antecipada de Pena; • Mérito - culpabilidade v. execução antecipada; • Relativização da necessidade do trânsito em julgado; • Previsão expressa x Posicionamento SUSEP.
  • 23. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CUSTOS DE DEFESA Art. 5º [...] § 4º Quando da concessão da garantia prevista no § 3º acima, deve haver menção expressa ao direito de regresso da seguradora nos casos em que os danos causados a terceiros decorram de atos ilícitos dolosos, ou em que o segurado reconheça sua responsabilidade.  Impropriedade da expressão “direito de regresso” = Reembolso;  Reconhecimento de responsabilidade = não necessariamente excluirá a cobertura, por exemplo em caso de assunção de responsabilidade por ato ilícito culposo ou celebração de acordo, com prévia anuência da seguradora.
  • 24. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CUSTOS DE DEFESA: O QUE INCLUI? Comparecimento a Audiências Depósito Recursal Fiança Honorários de Advogado Honorários de Perito Garantia Judicial Multas Processuais
  • 25. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CUSTOS DE DEFESA: HONORÁRIOS DE ADVOGADO • O que é razoável? • Possibilidade de apresentação de mais uma proposta x escritório já contratado • Proposta de Honorários em Fases: CEOAB. Art. 37. Em face da imprevisibilidade do prazo de tramitação da demanda, devem ser delimitados os serviços profissionais a se prestarem nos procedimentos preliminares, judiciais ou conciliatórios, a fim de que outras medidas, solicitadas ou necessárias, incidentais ou não, diretas ou indiretas, decorrentes da causa, possam ter novos honorários estimados, e da mesma forma receber do constituinte ou cliente a concordância hábil.
  • 26. 7. COBERTURA BÁSICA X EXTENSÕES DE COBERTURA
  • 27. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados COBERTURA BÁSICA X EXTENSÕES DE COBERTURA Cobertura global da Apólice Coberturas Adicionais Cobertura Básica
  • 29. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados Art. 5º [...] § 5º A garantia poderá abranger cobertura de multas e penalidades cíveis e administrativas impostas aos segurados quando no exercício de suas funções, no tomador, e/ou em suas subsidiárias, e/ou em suas coligadas.  Adequada exclusão de multas contratuais: Apólice de RC, em regra, não abarca cobertura para verbas de natureza contratual. É genérica, não se refere a um contrato específico. Poderá abranger:  Multas impostas por agências reguladoras e similares;  Multas tributárias; e  Multas ambientais na esfera administrativa etc. COBERTURA PARA MULTAS
  • 31. www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados CONCLUSÕES E DESAFIOS  Diálogo positivo entre mercado e órgão regulador, resultando em modificações importantes na norma;  Custos de Defesa como Cobertura Básica: atende às expectativas do mercado e propósito do produto;  SUSEP x Melhores Práticas de Mercado (ex. Glossário);  Conceito de Ato Danoso/Fato Gerador a ser utilizado e quais processos serão enquadrados como Reclamação;  Compatibilização entre escopo da cobertura básica e alargamento da garantia nas Extensões de cobertura;  Cobertura para multas cíveis e administrativas: especificação sobre inclusão na cobertura básica ou contratação de cobertura específica – exclusão de modalidades específicas de acordo com a subscrição.
  • 32. MARCIA CICARELLI BARBOSA DE OLIVEIRA mcicarelli@demarest.com.br 11 3356-1825 OBRIGADA!