SlideShare uma empresa Scribd logo
Onde Estão as Micro e
Pequenas Empresas
em São Paulo
Observatório das MPEs
SEBRAE-SP
2007 1
Características do estudo
2
OBJETIVO:
Elaborar um mapeamento das MPEs no Estado de São Paulo:
- por setores e segmentos de atividade
- por regiões do estado
- comparações com médias e grandes empresas
METODOLOGIA:
– Processamento da RAIS/MTE de 2000 e 2004
– Setor privado da economia
– Variável-chave: estabelecimentos
– Porte:
• Micro e Pequena Empresa:
» até 49 empregados COMÉRCIO e SERVIÇOS
» até 99 empregados INDÚSTRIA
• Média e Grande Empresa:
» 50 ou mais empregados COMÉRCIO e SERVIÇOS
» 100 ou mais empregados INDÚSTRIA
Principais resultados do estudo
(MPEs da Indústria, Comércio e Serviços)
3
• Entre 2000 e 2004, o número de MPEs saltou de
1,255 milhão para 1,544 milhão (aumento de 23%);
• Entre 2000 e 2004, foram abertos 293 mil NOVOS
estabelecimentos (criação líquida), no Estado de São
Paulo, dos quais 98% (ou quase 288 mil) são de
micro e pequeno porte.
• No mesmo período, houve a criação líquida de 872
mil NOVOS empregos com carteira assinada (CLT),
dos quais 55% (475 mil novos empregos) foram
criados por MPEs;
Evolução de MPEs e MGEs
As MPEs respondem por cerca de 98% dos
estabelecimentos no Estado (em 2000 e em 2004).
2000 2004 Taxa de
expansão
(2000/2004)
MPEs
1,255
milhão
1,544
milhões
23,0%
MGEs 25,6 mil 30,3 mil 18,5%
Total de
estabelecimentos
1,281
milhões
1,574
milhões
22,9%
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
Nota: MPEs = micro e pequenas empresas
MGEs= médias e grandes empresas
4
Principais características das MPEs
5
• Produtos e serviços de baixo preço unitário
• Predominam vendas ao consumidor final
• Atendem necessidades básicas da população
• Alimentos e bebidas
• Vestuário, calçados e móveis
• Moradia (construção e reforma)
• Escalas de produção muito baixas
• Capital, insumos, materiais, mão-de-obra, etc.
• Tecnologia de domínio público
• Alguns segmentos “mais sofisticados” vem
ganhando participação.
Segmentos com maior número de MPEs
Em 2004, cerca de 53% das MPEs estavam no
comércio, 34% em serviços e 13% na indústria.
COMÉRCIO
817 mil
SERVIÇOS
531 mil
INDÚSTRIA
194 mil
73 mil Varejo do
vestuário
178 mil Serviços às
empresas
44 mil Construção
(edificações)
60 mil Mat. construção 129 mil Lanchonetes e
restaurantes
26 mil Confecções
50 mil Mercearias e
minimercados
56 mil Serviços de
informática
16 mil Produtos de metal
41 mil Com. autopeças 52 mil Transportes
terrestres
15 mil Edição e gráfica
37 mil Artigos para
escritório e
informática
27 mil Atividades
recreativas e de
entretenimento
13 mil Alimentos e
bebidas
6Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
MPEs por setores de atividade
SETOR Taxa de expansão
de MPEs no
BRASIL
(2000/2004)
Taxa de expansão
de MPEs no Estado
de São Paulo
(2000/2004)
Serviços 28,4% 29,0%
Comércio 21,5% 22,6%
Indústria 12,9% 10,5%
TOTAL 22,1% 23,0%
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
7
Alguns dos segmentos com maiores taxas de expansão de
MPEs estão associados à: (i) modernização da sociedade;
(ii) maior sofisticação da demanda; e (iii) ao aumento da
renda originada no “boom” da agropecuária.
Segmentos com maiores taxas de
expansão de MPEs
SETOR Segmentos Expansão
2004/2000
Serviços
(expansão de 29%)
Aluguel de veículos, máquinas e objetos pessoais
Serviços de informática
Serviços de transporte terrestre
Atividades auxiliares da intermediação financeira
Agências de viagens
Atividades imobiliárias
Atividades recreativas, culturais e desportivas
68,9%
60,4%
44,4%
36,1%
31,7%
28,7%
27,9%
Comércio
(expansão de 22,6%)
Material e equipamentos para escritório e informática
Livrarias, papelarias e bancas de jornal
Comércio de autopeças
Varejo de materiais de construção
Varejo de móveis e artigos de iluminação
Farmácias e perfumarias
Edição e gráfica
Máquinas e equipamentos (implementos, ferramentas,
reparação)
Indústria
(expansão de 10,5%)
62,0%
41,8%
38,7%
34,3%
29,8%
29,0%
26,7%
24,4%
8Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
43 Regiões de Governo analisadas
Adamantina Caraguatatuba Jundiaí Santos
Andradina Catanduva Limeira São Carlos
Araçatuba Cruzeiro Lins São João da Boa Vista
Araraquara Dracena Marília São Joaquim da Barra
Assis Fernandópolis Ourinhos São José do Rio Preto
Avaré Franca Piracicaba São José dos Campos
Barretos Guaratinguetá Pres. Prudente Sorocaba
Bauru Itapetininga Registro Taubaté
Botucatu Itapeva Ribeirão Preto Tupã
Bragança Paulista Jales Rio Claro Votuporanga
Campinas Jaú RMSP
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
9
Escritórios Regionais e Regiões de Governo analisadas
Araçatuba
Andradina
Araçatuba
Campinas
Campinas
Ourinhos
Ourinhos
São João da Boa Vista
São João da Boa Vista
Araraquara
Araraquara
Franca
Franca
São Joaq. da Barra
Piracicaba
Limeira
Piracicaba
São José do Rio Preto
Catanduva
São José do Rio Preto
Baixada Santista
Santos
Guaratinguetá
Cruzeiro
Guaratinguetá
Pres. Prudente
Adamantina
Dracena
Pres. Prudente
São José dos Campos
Caraguatatuba
São José dos Campos
Taubaté
Barretos
Barretos
Itapeva
Itapeva
Ribeirão Preto
Ribeirão Preto
Sorocaba
Itapetininga
Sorocaba
Bauru
Bauru
Jaú
Lins
Jundiaí
Jundiaí
Bragança Paulista
São Carlos
Rio Claro
São Carlos
Vale do Ribeira
Registro
Botucatu
Botucatu
Avaré
Marília
Assis
Marília
Tupã
RMSP Votuporanga
Fernandópolis
Jales
Votuporanga
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
Nota: Na RMSP há mais de um Escritório Regional do SEBRAE-SP. 10
MPEs por regiões
Cerca de 75% das MPEs encontram-se nas dez regiões com maior
número de empresas.
Regiões MPEs %do total % acumulado
1 RMSP 759.137 49%
7%
3%
3%
3%
2%
2%
2%
2%
2%
49%
2 Campinas 107.633 56%
3 Ribeirão Preto 53.845 60%
4 Santos 50.072 63%
5 Sorocaba 45.376 66%
6 São José do Rio Preto 35.040 68%
7 São José dos Campos 30.414 70%
8 Jundiaí 26.172 72%
9 Franca 24.790 73%
10 Bauru 23.679 75%
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 11
MPEs por regiões
Cerca de 75% das MPEs encontram-se nas RGs com maior número
de empresas.
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 12
Regiões onde o crescimento de MPEs,
entre 2000 e 2004, foi maior
Regiões Taxa de
crescimento
Participação
em 2000 (*)
Participação
em 2004 (*)
1 Itapeva 38% 0,56%
0,68%
0,34%
2,11%
0,29%
0,99%
0,64%
0,60%
0,26%
0,99%
0,63%
2 Catanduva 35% 0,75%
3 São Joaquim da Barra 33% 0,37%
4 São José do Rio Preto 32% 2,27%
5 Fernandópolis 30% 0,30%
6 Barretos 30% 1,05%
7 Caraguatatuba 29% 0,67%
8 Assis 29% 0,63%
9 Dracena 28% 0,27%
10 Itapetininga 27% 1,03%
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
Nota: A taxa de crescimento de MPEs na média do Estado de São Paulo foi de 23%.
(*) Participação da região no total de MPEs do Estado de São Paulo, no respectivo ano.
13
RGs com maior crescimento
de MPEs
RGs com maior
crescimento de MPEs
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 14
Expansão do valor adicionado da agricultura
x MPEs de todos os setores (2000/2004)
0%
100%
200%
300%
15,0% 40,0%
Expansão de MPEs 2000-2004
Expansãodovaloradicionadoda
agricultura2000-2004
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 15
Expansão do valor adicionado do terciário x
MPEs de todos os setores (2000/2004)
0,0%
35,0%
70,0%
15,0% 40,0%
Expansão de MPEs 2000-2004
Expansãodovaloradicionadodo
terciário2000-2004
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 16
Regiões onde o crescimento de MPEs,
entre 2000 e 2004, foi menor
Regiões Taxa de
crescimento
Participação
em 2000 (*)
Participação
em 2004 (*)
1 Tupã 17% 0,37%
1,16%
0,25%
1,29%
0,48%
1,29%
1,57%
49,90%
0,50%
0,31%
0,35%
2 Taubaté 17% 1,11%
3 Cruzeiro 17% 0,24%
4 São João da Boa Vista 18% 1,24%
5 Registro 19% 0,47%
6 Piracicaba 20% 1,25%
7 Bauru 20% 1,53%
8 RMSP 21% 49,16%
9 Ourinhos 21% 0,49%
10 Adamantina 22% 0,31%
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
Nota: A taxa de crescimento de MPEs na média do Estado de São Paulo foi de 23%.
(*) Participação da região no total de MPEs do Estado de São Paulo, no respectivo ano.
17
RGs com menor crescimento
de MPEs
RGs com menor
crescimento de MPEs
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
18
Resumo
RGs com maior
crescimento de MPEs
RGs com menor
crescimento de MPEs
Regiões com maior
numero de MPEs
Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 19
Cenário Básico
20
• As MPEs respondem pela maior fatia das NOVAS
empresas (98%) e dos NOVOS empregos com
carteira assinada (55%)
• As dez maiores Regiões de Governo detêm 75%
do total de MPEs (os principais centros urbanos)
• As maiores taxas de expansão de MPEs estão
vinculadas a:
– Base inicial de empresas mais modesta;
– Crescimento da população maior que a média do Estado;
– Regiões com forte crescimento da agropecuária;
• Cana (quantidade e valor)
• Milho (quantidade e valor)
• Soja (quantidade e valor)
• Laranja (valor)
– Centros urbanos com crescimento do setor de serviços
(ex. informática e transporte)
Exemplo: RG Ribeirão Preto
Segmentos com maior número de MPEs (em 2004)
MPEs Comércio MPEs Serviços MPEs Indústria
3.301 vestuário 5.267 lanchon. e restaurantes 1.666 construção
2.428 mat. de construção 4.556 serviços às empresas 546 alimentos e bebidas
2.262 minim. e mercearias 2.650 transp. terrestre 483 produtos de metal
Segmentos com MAIOR taxa de expansão de MPEs (2000/2004)
prod. químicos23%informática57%autopeças49%
edição e gráfica32%transp. terrestre58%mat. de construção50%
máquinas e equip.45%alug. veíc., máq. & equip.99%mat. escrit./informática71%
IndústriaTaxa
Cresc.
ServiçosTaxa
Cresc.
ComércioTaxa
Cresc.
Segmentos com MENOR taxa de expansão de MPEs (2000/2004)
alimentos e bebidas9%serviços às empresas21%varejo de bebidas25%
móveis3%serviços pessoais3%repres. comerciais18%
prod. min. ñ-metálicos-2%ativ. aux. interm. financeira2%minim. e mercearias6%
IndústriaTaxa
Cresc.
ServiçosTaxa
Cresc.
ComércioTaxa
Cresc.
Nota: 22 municípios compõem a RG de Ribeirão Preto: Altinópolis, Barrinha, Brodowski, Cajuru, Cássia dos
Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Jaboticabal, Jardinópolis, Luiz Antônio, Monte Alto, Pitangueiras, Pontal,
Pradópolis, Ribeirão Preto, Santa Rosa de Viterbo, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana e
Sertãozinho
21
Onde Estão as Micro e
Pequenas Empresas
em São Paulo
O perfil das 43 regiões analisadas pode ser
encontrado no link:
http://mpesaopaulo.sp.sebrae.com.br/
Observatório das MPEs
SEBRAE-SP
2007 22

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Palestra bpo julio avelar
Palestra bpo   julio avelarPalestra bpo   julio avelar
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Fátima Lima
Café com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Fátima LimaCafé com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Fátima Lima
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Fátima Lima
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Livreto pgbl%20 prevcomplementar
Livreto pgbl%20 prevcomplementarLivreto pgbl%20 prevcomplementar
Livreto pgbl%20 prevcomplementar
Lhx Agente de Investimento XP.
 
10 insights para seguradoras alcançarem o mundo digital
10 insights para seguradoras alcançarem o mundo digital10 insights para seguradoras alcançarem o mundo digital
10 insights para seguradoras alcançarem o mundo digital
Ebix Latin America
 
5ª edição do prêmio antonio carlos de almeida braga de inovação em seguros se...
5ª edição do prêmio antonio carlos de almeida braga de inovação em seguros se...5ª edição do prêmio antonio carlos de almeida braga de inovação em seguros se...
5ª edição do prêmio antonio carlos de almeida braga de inovação em seguros se...
Editora Roncarati
 
Manual boas-praticas-em-seguros cnseg
Manual boas-praticas-em-seguros cnsegManual boas-praticas-em-seguros cnseg
Manual boas-praticas-em-seguros cnseg
Candido Roberto Assunção Junior
 
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio  Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli  Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Perfil do Profissional do Futuro
Perfil do Profissional do FuturoPerfil do Profissional do Futuro
Perfil do Profissional do Futuro
Cursos Profissionalizantes
 
The Causality Relationship between Hnx Index and Stock Trading Volume in Hano...
The Causality Relationship between Hnx Index and Stock Trading Volume in Hano...The Causality Relationship between Hnx Index and Stock Trading Volume in Hano...
The Causality Relationship between Hnx Index and Stock Trading Volume in Hano...
IJAEMSJORNAL
 
Effects of Parameters of Photonic Crystal Fibre on Dispersion and Confinement
Effects of Parameters of Photonic Crystal Fibre on Dispersion and ConfinementEffects of Parameters of Photonic Crystal Fibre on Dispersion and Confinement
Effects of Parameters of Photonic Crystal Fibre on Dispersion and Confinement
IJAEMSJORNAL
 
3Com SUPERSTACK II ENTRY
3Com SUPERSTACK II ENTRY3Com SUPERSTACK II ENTRY
3Com SUPERSTACK II ENTRY
savomir
 
Nonfiction2016
Nonfiction2016Nonfiction2016
Nonfiction2016
kmperry
 
Xinhua
Xinhua Xinhua
Xinhua
Jn Moncada
 
3Com 03-0108-000
3Com 03-0108-0003Com 03-0108-000
3Com 03-0108-000
savomir
 
A Review on Antiphishing Framework
A Review on Antiphishing FrameworkA Review on Antiphishing Framework
A Review on Antiphishing Framework
IJAEMSJORNAL
 
Presentación dia de la mujer
Presentación dia de la mujerPresentación dia de la mujer
Presentación dia de la mujer
Valeria Rodriguez Leotta
 
3Com 02-0104-001 I I I
3Com 02-0104-001 I I I3Com 02-0104-001 I I I
3Com 02-0104-001 I I I
savomir
 

Destaque (20)

Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
 
Palestra bpo julio avelar
Palestra bpo   julio avelarPalestra bpo   julio avelar
Palestra bpo julio avelar
 
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Fátima Lima
Café com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Fátima LimaCafé com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Fátima Lima
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Fátima Lima
 
Livreto pgbl%20 prevcomplementar
Livreto pgbl%20 prevcomplementarLivreto pgbl%20 prevcomplementar
Livreto pgbl%20 prevcomplementar
 
10 insights para seguradoras alcançarem o mundo digital
10 insights para seguradoras alcançarem o mundo digital10 insights para seguradoras alcançarem o mundo digital
10 insights para seguradoras alcançarem o mundo digital
 
5ª edição do prêmio antonio carlos de almeida braga de inovação em seguros se...
5ª edição do prêmio antonio carlos de almeida braga de inovação em seguros se...5ª edição do prêmio antonio carlos de almeida braga de inovação em seguros se...
5ª edição do prêmio antonio carlos de almeida braga de inovação em seguros se...
 
Manual boas-praticas-em-seguros cnseg
Manual boas-praticas-em-seguros cnsegManual boas-praticas-em-seguros cnseg
Manual boas-praticas-em-seguros cnseg
 
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio  Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Guilheme Procopio
 
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli  Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
Café com Seguro: Riscos Cibernéticos - Marcia Cicarelli
 
Perfil do Profissional do Futuro
Perfil do Profissional do FuturoPerfil do Profissional do Futuro
Perfil do Profissional do Futuro
 
The Causality Relationship between Hnx Index and Stock Trading Volume in Hano...
The Causality Relationship between Hnx Index and Stock Trading Volume in Hano...The Causality Relationship between Hnx Index and Stock Trading Volume in Hano...
The Causality Relationship between Hnx Index and Stock Trading Volume in Hano...
 
Effects of Parameters of Photonic Crystal Fibre on Dispersion and Confinement
Effects of Parameters of Photonic Crystal Fibre on Dispersion and ConfinementEffects of Parameters of Photonic Crystal Fibre on Dispersion and Confinement
Effects of Parameters of Photonic Crystal Fibre on Dispersion and Confinement
 
3Com SUPERSTACK II ENTRY
3Com SUPERSTACK II ENTRY3Com SUPERSTACK II ENTRY
3Com SUPERSTACK II ENTRY
 
Nonfiction2016
Nonfiction2016Nonfiction2016
Nonfiction2016
 
Xinhua
Xinhua Xinhua
Xinhua
 
3Com 03-0108-000
3Com 03-0108-0003Com 03-0108-000
3Com 03-0108-000
 
A Review on Antiphishing Framework
A Review on Antiphishing FrameworkA Review on Antiphishing Framework
A Review on Antiphishing Framework
 
Presentación dia de la mujer
Presentación dia de la mujerPresentación dia de la mujer
Presentación dia de la mujer
 
3Com 02-0104-001 I I I
3Com 02-0104-001 I I I3Com 02-0104-001 I I I
3Com 02-0104-001 I I I
 

Semelhante a Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017

Santos - vejamais Turismo
Santos - vejamais TurismoSantos - vejamais Turismo
Santos - vejamais Turismo
vejamais
 
Jayme.negociação
Jayme.negociaçãoJayme.negociação
Jayme.negociação
Sistema CNC
 
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
LilianMilena
 
PIB 4° trimestre e acumulado do ano de 2014
PIB 4° trimestre e acumulado do ano de 2014PIB 4° trimestre e acumulado do ano de 2014
PIB 4° trimestre e acumulado do ano de 2014
Fundação de Economia e Estatística
 
Sicomercio Norte MDIC - Apresentação Congresso Regional do Sicomércio 20...
Sicomercio Norte   MDIC - Apresentação Congresso Regional do Sicomércio 20...Sicomercio Norte   MDIC - Apresentação Congresso Regional do Sicomércio 20...
Sicomercio Norte MDIC - Apresentação Congresso Regional do Sicomércio 20...
Sistema CNC
 
Sicomercionorte midc-apresentacaocongressoregionaldosicomercio2013-regiaonort...
Sicomercionorte midc-apresentacaocongressoregionaldosicomercio2013-regiaonort...Sicomercionorte midc-apresentacaocongressoregionaldosicomercio2013-regiaonort...
Sicomercionorte midc-apresentacaocongressoregionaldosicomercio2013-regiaonort...
CNC
 
Cartilha cetesb 03
Cartilha cetesb 03Cartilha cetesb 03
Cartilha cetesb 03
Filipe Olivieri
 
Edição 107 maio 2015 - agrishow 2015 tem queda de 30% nas vendas
Edição 107   maio 2015 - agrishow 2015 tem queda de 30% nas vendasEdição 107   maio 2015 - agrishow 2015 tem queda de 30% nas vendas
Edição 107 maio 2015 - agrishow 2015 tem queda de 30% nas vendas
Rafael Mermejo
 
SEBRAE - Indicadores das MPES no Brasil
SEBRAE - Indicadores das MPES no BrasilSEBRAE - Indicadores das MPES no Brasil
SEBRAE - Indicadores das MPES no Brasil
Flavio Logullo
 
Analise_de_Competitividade_Agua_Mineral_2018.pdf
Analise_de_Competitividade_Agua_Mineral_2018.pdfAnalise_de_Competitividade_Agua_Mineral_2018.pdf
Analise_de_Competitividade_Agua_Mineral_2018.pdf
CelioNagao1
 
Mdic 131024092907-phpapp01
Mdic 131024092907-phpapp01Mdic 131024092907-phpapp01
Mdic 131024092907-phpapp01
CNC
 
Apresentação Sicomércio-Edição Centro-Oeste MDIC
Apresentação Sicomércio-Edição Centro-Oeste MDICApresentação Sicomércio-Edição Centro-Oeste MDIC
Apresentação Sicomércio-Edição Centro-Oeste MDIC
Sistema CNC
 
Proposta Inicial de Atuação na Capital
Proposta Inicial de Atuação na CapitalProposta Inicial de Atuação na Capital
Proposta Inicial de Atuação na Capital
NCB
 
Perfil estatistico do_municipio_de_maputo
Perfil estatistico do_municipio_de_maputoPerfil estatistico do_municipio_de_maputo
Perfil estatistico do_municipio_de_maputo
Iahaia Amisse
 
Defesa do jornal bom dia
Defesa do jornal bom diaDefesa do jornal bom dia
Defesa do jornal bom dia
Filipe Mello
 
Perfil sergipe bares e restaurantes
Perfil sergipe bares e restaurantesPerfil sergipe bares e restaurantes
Perfil sergipe bares e restaurantes
João Grilo
 
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e ResultadosDiagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Inovatec JF
 
Projeto 16 Doc
Projeto 16 DocProjeto 16 Doc
Projeto 16 Doc
Inova Gestão
 
Empreendedorismo e Segurança Pública
Empreendedorismo e Segurança PúblicaEmpreendedorismo e Segurança Pública
Empreendedorismo e Segurança Pública
Bruno Caetano
 
Apresentação Observatório Social do Brasil
Apresentação Observatório Social do BrasilApresentação Observatório Social do Brasil
Apresentação Observatório Social do Brasil
Observatório Social de Belém
 

Semelhante a Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017 (20)

Santos - vejamais Turismo
Santos - vejamais TurismoSantos - vejamais Turismo
Santos - vejamais Turismo
 
Jayme.negociação
Jayme.negociaçãoJayme.negociação
Jayme.negociação
 
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
 
PIB 4° trimestre e acumulado do ano de 2014
PIB 4° trimestre e acumulado do ano de 2014PIB 4° trimestre e acumulado do ano de 2014
PIB 4° trimestre e acumulado do ano de 2014
 
Sicomercio Norte MDIC - Apresentação Congresso Regional do Sicomércio 20...
Sicomercio Norte   MDIC - Apresentação Congresso Regional do Sicomércio 20...Sicomercio Norte   MDIC - Apresentação Congresso Regional do Sicomércio 20...
Sicomercio Norte MDIC - Apresentação Congresso Regional do Sicomércio 20...
 
Sicomercionorte midc-apresentacaocongressoregionaldosicomercio2013-regiaonort...
Sicomercionorte midc-apresentacaocongressoregionaldosicomercio2013-regiaonort...Sicomercionorte midc-apresentacaocongressoregionaldosicomercio2013-regiaonort...
Sicomercionorte midc-apresentacaocongressoregionaldosicomercio2013-regiaonort...
 
Cartilha cetesb 03
Cartilha cetesb 03Cartilha cetesb 03
Cartilha cetesb 03
 
Edição 107 maio 2015 - agrishow 2015 tem queda de 30% nas vendas
Edição 107   maio 2015 - agrishow 2015 tem queda de 30% nas vendasEdição 107   maio 2015 - agrishow 2015 tem queda de 30% nas vendas
Edição 107 maio 2015 - agrishow 2015 tem queda de 30% nas vendas
 
SEBRAE - Indicadores das MPES no Brasil
SEBRAE - Indicadores das MPES no BrasilSEBRAE - Indicadores das MPES no Brasil
SEBRAE - Indicadores das MPES no Brasil
 
Analise_de_Competitividade_Agua_Mineral_2018.pdf
Analise_de_Competitividade_Agua_Mineral_2018.pdfAnalise_de_Competitividade_Agua_Mineral_2018.pdf
Analise_de_Competitividade_Agua_Mineral_2018.pdf
 
Mdic 131024092907-phpapp01
Mdic 131024092907-phpapp01Mdic 131024092907-phpapp01
Mdic 131024092907-phpapp01
 
Apresentação Sicomércio-Edição Centro-Oeste MDIC
Apresentação Sicomércio-Edição Centro-Oeste MDICApresentação Sicomércio-Edição Centro-Oeste MDIC
Apresentação Sicomércio-Edição Centro-Oeste MDIC
 
Proposta Inicial de Atuação na Capital
Proposta Inicial de Atuação na CapitalProposta Inicial de Atuação na Capital
Proposta Inicial de Atuação na Capital
 
Perfil estatistico do_municipio_de_maputo
Perfil estatistico do_municipio_de_maputoPerfil estatistico do_municipio_de_maputo
Perfil estatistico do_municipio_de_maputo
 
Defesa do jornal bom dia
Defesa do jornal bom diaDefesa do jornal bom dia
Defesa do jornal bom dia
 
Perfil sergipe bares e restaurantes
Perfil sergipe bares e restaurantesPerfil sergipe bares e restaurantes
Perfil sergipe bares e restaurantes
 
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e ResultadosDiagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
 
Projeto 16 Doc
Projeto 16 DocProjeto 16 Doc
Projeto 16 Doc
 
Empreendedorismo e Segurança Pública
Empreendedorismo e Segurança PúblicaEmpreendedorismo e Segurança Pública
Empreendedorismo e Segurança Pública
 
Apresentação Observatório Social do Brasil
Apresentação Observatório Social do BrasilApresentação Observatório Social do Brasil
Apresentação Observatório Social do Brasil
 

Mais de Oficina do Texto Assessoria de Comunicação

Manual de registro de corretor versao 16 07-2020
Manual de registro de corretor   versao 16 07-2020Manual de registro de corretor   versao 16 07-2020
Manual de registro de corretor versao 16 07-2020
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Corretor Som.us
Corretor Som.us Corretor Som.us
Edson Fecher
Edson FecherEdson Fecher
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali ZellerSeguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos SantosSeguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
D&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli
D&O - Circular 553 - Marcia CicarelliD&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli
D&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
D&O - Circular 553 - Gustavo Galrão
D&O - Circular 553 - Gustavo GalrãoD&O - Circular 553 - Gustavo Galrão
D&O - Circular 553 - Gustavo Galrão
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
D&O - Circular 553 - Dinir salvador
D&O - Circular 553 - Dinir salvadorD&O - Circular 553 - Dinir salvador
D&O - Circular 553 - Dinir salvador
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Café com Seguro - Gamificação - Porto AlegreCafé com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Café com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Aida Europe pProgramme Vienna - web
Aida Europe pProgramme Vienna - webAida Europe pProgramme Vienna - web
Aida Europe pProgramme Vienna - web
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Marco Antônio Ferreira
 Café com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Marco Antônio Ferreira Café com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Marco Antônio Ferreira
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Marco Antônio Ferreira
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Maria Elena Bidino
Café com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Maria Elena BidinoCafé com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Maria Elena Bidino
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Maria Elena Bidino
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Parecer da PGR no sentido da anulação do ato de instituição e de todos os ato...
Parecer da PGR no sentido da anulação do ato de instituição e de todos os ato...Parecer da PGR no sentido da anulação do ato de instituição e de todos os ato...
Parecer da PGR no sentido da anulação do ato de instituição e de todos os ato...
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 

Mais de Oficina do Texto Assessoria de Comunicação (20)

Manual de registro de corretor versao 16 07-2020
Manual de registro de corretor   versao 16 07-2020Manual de registro de corretor   versao 16 07-2020
Manual de registro de corretor versao 16 07-2020
 
Corretor Som.us
Corretor Som.us Corretor Som.us
Corretor Som.us
 
Edson Fecher
Edson FecherEdson Fecher
Edson Fecher
 
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
Sergio Rangel l Seminário Internacional - Sistema de Pensões Chileno e a Refo...
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Sergio Rangel
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Luciano Timm
 
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
6ª Semana Nacional de Educação Financeira - ANSP - Bento Zanzini
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
 
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali ZellerSeguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Magali Zeller
 
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos SantosSeguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
Seguro Saúde - Cenário Atual e Desafios - Bruno Eduardo dos Santos
 
D&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli
D&O - Circular 553 - Marcia CicarelliD&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli
D&O - Circular 553 - Marcia Cicarelli
 
D&O - Circular 553 - Gustavo Galrão
D&O - Circular 553 - Gustavo GalrãoD&O - Circular 553 - Gustavo Galrão
D&O - Circular 553 - Gustavo Galrão
 
D&O - Circular 553 - Dinir salvador
D&O - Circular 553 - Dinir salvadorD&O - Circular 553 - Dinir salvador
D&O - Circular 553 - Dinir salvador
 
Café com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Café com Seguro - Gamificação - Porto AlegreCafé com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
Café com Seguro - Gamificação - Porto Alegre
 
Aida Europe pProgramme Vienna - web
Aida Europe pProgramme Vienna - webAida Europe pProgramme Vienna - web
Aida Europe pProgramme Vienna - web
 
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Marco Antônio Ferreira
 Café com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Marco Antônio Ferreira Café com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Marco Antônio Ferreira
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Marco Antônio Ferreira
 
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Maria Elena Bidino
Café com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Maria Elena BidinoCafé com Seguro  ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Maria Elena Bidino
Café com Seguro ANSP - Sustentabilidade em Seguros - Maria Elena Bidino
 
Parecer da PGR no sentido da anulação do ato de instituição e de todos os ato...
Parecer da PGR no sentido da anulação do ato de instituição e de todos os ato...Parecer da PGR no sentido da anulação do ato de instituição e de todos os ato...
Parecer da PGR no sentido da anulação do ato de instituição e de todos os ato...
 

Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017

  • 1. Onde Estão as Micro e Pequenas Empresas em São Paulo Observatório das MPEs SEBRAE-SP 2007 1
  • 2. Características do estudo 2 OBJETIVO: Elaborar um mapeamento das MPEs no Estado de São Paulo: - por setores e segmentos de atividade - por regiões do estado - comparações com médias e grandes empresas METODOLOGIA: – Processamento da RAIS/MTE de 2000 e 2004 – Setor privado da economia – Variável-chave: estabelecimentos – Porte: • Micro e Pequena Empresa: » até 49 empregados COMÉRCIO e SERVIÇOS » até 99 empregados INDÚSTRIA • Média e Grande Empresa: » 50 ou mais empregados COMÉRCIO e SERVIÇOS » 100 ou mais empregados INDÚSTRIA
  • 3. Principais resultados do estudo (MPEs da Indústria, Comércio e Serviços) 3 • Entre 2000 e 2004, o número de MPEs saltou de 1,255 milhão para 1,544 milhão (aumento de 23%); • Entre 2000 e 2004, foram abertos 293 mil NOVOS estabelecimentos (criação líquida), no Estado de São Paulo, dos quais 98% (ou quase 288 mil) são de micro e pequeno porte. • No mesmo período, houve a criação líquida de 872 mil NOVOS empregos com carteira assinada (CLT), dos quais 55% (475 mil novos empregos) foram criados por MPEs;
  • 4. Evolução de MPEs e MGEs As MPEs respondem por cerca de 98% dos estabelecimentos no Estado (em 2000 e em 2004). 2000 2004 Taxa de expansão (2000/2004) MPEs 1,255 milhão 1,544 milhões 23,0% MGEs 25,6 mil 30,3 mil 18,5% Total de estabelecimentos 1,281 milhões 1,574 milhões 22,9% Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP Nota: MPEs = micro e pequenas empresas MGEs= médias e grandes empresas 4
  • 5. Principais características das MPEs 5 • Produtos e serviços de baixo preço unitário • Predominam vendas ao consumidor final • Atendem necessidades básicas da população • Alimentos e bebidas • Vestuário, calçados e móveis • Moradia (construção e reforma) • Escalas de produção muito baixas • Capital, insumos, materiais, mão-de-obra, etc. • Tecnologia de domínio público • Alguns segmentos “mais sofisticados” vem ganhando participação.
  • 6. Segmentos com maior número de MPEs Em 2004, cerca de 53% das MPEs estavam no comércio, 34% em serviços e 13% na indústria. COMÉRCIO 817 mil SERVIÇOS 531 mil INDÚSTRIA 194 mil 73 mil Varejo do vestuário 178 mil Serviços às empresas 44 mil Construção (edificações) 60 mil Mat. construção 129 mil Lanchonetes e restaurantes 26 mil Confecções 50 mil Mercearias e minimercados 56 mil Serviços de informática 16 mil Produtos de metal 41 mil Com. autopeças 52 mil Transportes terrestres 15 mil Edição e gráfica 37 mil Artigos para escritório e informática 27 mil Atividades recreativas e de entretenimento 13 mil Alimentos e bebidas 6Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
  • 7. MPEs por setores de atividade SETOR Taxa de expansão de MPEs no BRASIL (2000/2004) Taxa de expansão de MPEs no Estado de São Paulo (2000/2004) Serviços 28,4% 29,0% Comércio 21,5% 22,6% Indústria 12,9% 10,5% TOTAL 22,1% 23,0% Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 7 Alguns dos segmentos com maiores taxas de expansão de MPEs estão associados à: (i) modernização da sociedade; (ii) maior sofisticação da demanda; e (iii) ao aumento da renda originada no “boom” da agropecuária.
  • 8. Segmentos com maiores taxas de expansão de MPEs SETOR Segmentos Expansão 2004/2000 Serviços (expansão de 29%) Aluguel de veículos, máquinas e objetos pessoais Serviços de informática Serviços de transporte terrestre Atividades auxiliares da intermediação financeira Agências de viagens Atividades imobiliárias Atividades recreativas, culturais e desportivas 68,9% 60,4% 44,4% 36,1% 31,7% 28,7% 27,9% Comércio (expansão de 22,6%) Material e equipamentos para escritório e informática Livrarias, papelarias e bancas de jornal Comércio de autopeças Varejo de materiais de construção Varejo de móveis e artigos de iluminação Farmácias e perfumarias Edição e gráfica Máquinas e equipamentos (implementos, ferramentas, reparação) Indústria (expansão de 10,5%) 62,0% 41,8% 38,7% 34,3% 29,8% 29,0% 26,7% 24,4% 8Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP
  • 9. 43 Regiões de Governo analisadas Adamantina Caraguatatuba Jundiaí Santos Andradina Catanduva Limeira São Carlos Araçatuba Cruzeiro Lins São João da Boa Vista Araraquara Dracena Marília São Joaquim da Barra Assis Fernandópolis Ourinhos São José do Rio Preto Avaré Franca Piracicaba São José dos Campos Barretos Guaratinguetá Pres. Prudente Sorocaba Bauru Itapetininga Registro Taubaté Botucatu Itapeva Ribeirão Preto Tupã Bragança Paulista Jales Rio Claro Votuporanga Campinas Jaú RMSP Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 9
  • 10. Escritórios Regionais e Regiões de Governo analisadas Araçatuba Andradina Araçatuba Campinas Campinas Ourinhos Ourinhos São João da Boa Vista São João da Boa Vista Araraquara Araraquara Franca Franca São Joaq. da Barra Piracicaba Limeira Piracicaba São José do Rio Preto Catanduva São José do Rio Preto Baixada Santista Santos Guaratinguetá Cruzeiro Guaratinguetá Pres. Prudente Adamantina Dracena Pres. Prudente São José dos Campos Caraguatatuba São José dos Campos Taubaté Barretos Barretos Itapeva Itapeva Ribeirão Preto Ribeirão Preto Sorocaba Itapetininga Sorocaba Bauru Bauru Jaú Lins Jundiaí Jundiaí Bragança Paulista São Carlos Rio Claro São Carlos Vale do Ribeira Registro Botucatu Botucatu Avaré Marília Assis Marília Tupã RMSP Votuporanga Fernandópolis Jales Votuporanga Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP Nota: Na RMSP há mais de um Escritório Regional do SEBRAE-SP. 10
  • 11. MPEs por regiões Cerca de 75% das MPEs encontram-se nas dez regiões com maior número de empresas. Regiões MPEs %do total % acumulado 1 RMSP 759.137 49% 7% 3% 3% 3% 2% 2% 2% 2% 2% 49% 2 Campinas 107.633 56% 3 Ribeirão Preto 53.845 60% 4 Santos 50.072 63% 5 Sorocaba 45.376 66% 6 São José do Rio Preto 35.040 68% 7 São José dos Campos 30.414 70% 8 Jundiaí 26.172 72% 9 Franca 24.790 73% 10 Bauru 23.679 75% Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 11
  • 12. MPEs por regiões Cerca de 75% das MPEs encontram-se nas RGs com maior número de empresas. Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 12
  • 13. Regiões onde o crescimento de MPEs, entre 2000 e 2004, foi maior Regiões Taxa de crescimento Participação em 2000 (*) Participação em 2004 (*) 1 Itapeva 38% 0,56% 0,68% 0,34% 2,11% 0,29% 0,99% 0,64% 0,60% 0,26% 0,99% 0,63% 2 Catanduva 35% 0,75% 3 São Joaquim da Barra 33% 0,37% 4 São José do Rio Preto 32% 2,27% 5 Fernandópolis 30% 0,30% 6 Barretos 30% 1,05% 7 Caraguatatuba 29% 0,67% 8 Assis 29% 0,63% 9 Dracena 28% 0,27% 10 Itapetininga 27% 1,03% Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP Nota: A taxa de crescimento de MPEs na média do Estado de São Paulo foi de 23%. (*) Participação da região no total de MPEs do Estado de São Paulo, no respectivo ano. 13
  • 14. RGs com maior crescimento de MPEs RGs com maior crescimento de MPEs Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 14
  • 15. Expansão do valor adicionado da agricultura x MPEs de todos os setores (2000/2004) 0% 100% 200% 300% 15,0% 40,0% Expansão de MPEs 2000-2004 Expansãodovaloradicionadoda agricultura2000-2004 Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 15
  • 16. Expansão do valor adicionado do terciário x MPEs de todos os setores (2000/2004) 0,0% 35,0% 70,0% 15,0% 40,0% Expansão de MPEs 2000-2004 Expansãodovaloradicionadodo terciário2000-2004 Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 16
  • 17. Regiões onde o crescimento de MPEs, entre 2000 e 2004, foi menor Regiões Taxa de crescimento Participação em 2000 (*) Participação em 2004 (*) 1 Tupã 17% 0,37% 1,16% 0,25% 1,29% 0,48% 1,29% 1,57% 49,90% 0,50% 0,31% 0,35% 2 Taubaté 17% 1,11% 3 Cruzeiro 17% 0,24% 4 São João da Boa Vista 18% 1,24% 5 Registro 19% 0,47% 6 Piracicaba 20% 1,25% 7 Bauru 20% 1,53% 8 RMSP 21% 49,16% 9 Ourinhos 21% 0,49% 10 Adamantina 22% 0,31% Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP Nota: A taxa de crescimento de MPEs na média do Estado de São Paulo foi de 23%. (*) Participação da região no total de MPEs do Estado de São Paulo, no respectivo ano. 17
  • 18. RGs com menor crescimento de MPEs RGs com menor crescimento de MPEs Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 18
  • 19. Resumo RGs com maior crescimento de MPEs RGs com menor crescimento de MPEs Regiões com maior numero de MPEs Fonte: Observatório das MPEs – SEBRAE-SP 19
  • 20. Cenário Básico 20 • As MPEs respondem pela maior fatia das NOVAS empresas (98%) e dos NOVOS empregos com carteira assinada (55%) • As dez maiores Regiões de Governo detêm 75% do total de MPEs (os principais centros urbanos) • As maiores taxas de expansão de MPEs estão vinculadas a: – Base inicial de empresas mais modesta; – Crescimento da população maior que a média do Estado; – Regiões com forte crescimento da agropecuária; • Cana (quantidade e valor) • Milho (quantidade e valor) • Soja (quantidade e valor) • Laranja (valor) – Centros urbanos com crescimento do setor de serviços (ex. informática e transporte)
  • 21. Exemplo: RG Ribeirão Preto Segmentos com maior número de MPEs (em 2004) MPEs Comércio MPEs Serviços MPEs Indústria 3.301 vestuário 5.267 lanchon. e restaurantes 1.666 construção 2.428 mat. de construção 4.556 serviços às empresas 546 alimentos e bebidas 2.262 minim. e mercearias 2.650 transp. terrestre 483 produtos de metal Segmentos com MAIOR taxa de expansão de MPEs (2000/2004) prod. químicos23%informática57%autopeças49% edição e gráfica32%transp. terrestre58%mat. de construção50% máquinas e equip.45%alug. veíc., máq. & equip.99%mat. escrit./informática71% IndústriaTaxa Cresc. ServiçosTaxa Cresc. ComércioTaxa Cresc. Segmentos com MENOR taxa de expansão de MPEs (2000/2004) alimentos e bebidas9%serviços às empresas21%varejo de bebidas25% móveis3%serviços pessoais3%repres. comerciais18% prod. min. ñ-metálicos-2%ativ. aux. interm. financeira2%minim. e mercearias6% IndústriaTaxa Cresc. ServiçosTaxa Cresc. ComércioTaxa Cresc. Nota: 22 municípios compõem a RG de Ribeirão Preto: Altinópolis, Barrinha, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Jaboticabal, Jardinópolis, Luiz Antônio, Monte Alto, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Santa Rosa de Viterbo, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana e Sertãozinho 21
  • 22. Onde Estão as Micro e Pequenas Empresas em São Paulo O perfil das 43 regiões analisadas pode ser encontrado no link: http://mpesaopaulo.sp.sebrae.com.br/ Observatório das MPEs SEBRAE-SP 2007 22