SlideShare uma empresa Scribd logo
DANIEL GOMES’ diary
1° AULA – 19/05/2017
ATÉ TER VISTO O EMAIL. ESPERAVA QUE SERIA UMA AULA CONVENCIONAL. TODAVIA, QUANDO EU LI QUE TERIAMOS QUE
LEVAR ROUPAS PARA SUJAR, RASGAR E ETC, ENTÃO PERCEBI QUE SERIA BEM DIFERENTE.
A AULA FOI LEGAL, GOSTEI DOS EXERCÍCIOS, PORÉM GOSTARIA DE SABER QUAIS OS SIGNIFICADOS POR TRÁS DELES. ELES
SERVEM PARA QUE? POR EXEMPLO, NA ACADÊMIA DIZEM PARA QUE TAL EXERCÍCIO SERVE. É SOBRE ISSO QUE ME REFIRO.
O DEBATE FOI INTERESSANTE, POIS LEVANTOU A QUESTÃO DA PARTICIPAÇÃO DO HOMEM NO MOVIMENTO FEMINISTA, O
MACHISMO ATACANDO OS HOMENS QUE FOGEM DO PADRÃO, E A QUESTÃO DO RESPEITO À OPINIÃO DO PRÓXIMO.
QUIS PARTICIPAR. ATÉ LEVANTEI A MÃO, MAS DEMOROU MUITO PARA CHEGAR A MINHA VEZ, LOGO O MOMENTO DA MINHA
FALA NÃO CABIA MAIS, ENTÃO PREFIRI NÃO ME PRONUNCIAR.
22/05/2017
O VÍDEO INTITULADO DE “A MULHER ‘MAIS FEIA DO MUNDO’ E A SUA LIÇÃO DE VIDA” CHAMOU- ME A ATENÇÃO. ENQUANTO EU
FREQUENTAVA UMA DETERMINADA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA, CONHECI UM HOMEM QUE TINHA A FACE DEFORMADA, E O ANDAR
COMPROMETIDO. APESAR DISSO ELE SE ESFORÇAVA BASTANTE E ESTUDAVA MUITO. INCLUSIVE, ELE CONSEGUIU PASSAR NA UFBA, NO
CURSO DE LETRAS.
2° AULA – 26/05/2017
A AULA FOI BASTANTE INTERESSANTE, INCLUSIVE O CONCEITO DE HIBRIDISMO DISCUTIDO EM UM DOS TEXTOS
APRESENTADOS. ESSE HIBRIDISMO É VISTO NA UFBA. NÃO HÁ UM GRUPO, OU UMA COAÇÃO PARA A ADESAM DE UM DETERMINADO
PENSAMENTO. ALGUÉM QUE FREQUENTA A UFBA TEM A OPORTUNIDADE DE CONHECER DE TUDO, LITERALMENTE.
PARTICULAMENTE, EU ACHO ISSO BOM, POIS POSSIBILITA O INDIVIDUO A CONHECER GRUPOS DIFERENTE, E INCLUSIVE A SE
IDENTIFICAR COM UM ESPECÍFICO. A PESSOA TEM PELOS MENOS A CHANCE DE CONHECER ESSES GRUPOS, ENQUANTO QUE EM ALGUNS
LUGARES, ESSA VARIAÇÃO É MAL VISTA, E INCLUSIVE TENTA PERSUADIR O INDIVÍDUO A SEGUIR UMA DETERMINADA IDEIA.
ANTES DA SEGUNDA AULA, EU LI UMA PARTE DO LIVRO DE RENÉ DESCARTES, O DISCURSO SOBRE O MÉTODO, O QUAL TINHA
RELAÇÃO COM PARTE DO TEMA DISCUTIDO. A PARTE RELACIONADO A CULTURA.
SEGUNDO DESCARTES “É CONVENIENTE QUE SE SAIBA ALGUMA COISA DOS COSTUMES DE DIFERENTES POVOS PARA QUE
MELHOR JULGUEMOS OS NOSSOS E NÃO ACHAR QUE TUDO O QUE CONTRARIA OS NOSSOS HÁBITOS SEJA RIDÍCULO E CONTRÁRIO À
RAZÃO”. AO LER ESSE TRECHO, PENSEI SOBRE O PROCESSO DE ACULTURAÇÃO QUE MUITOS POVOS SOFRERAM DURANTE A COLONIZAÇÃO.
PENSEI TAMBÉM QUE ESSE TEXTO FOI ESCRITO NUM PERÍODO PRÓXIMO AO DAS GRANDES NAVEGAÇÕES, 1637.
27/05/2017
ENTÃO, COMO JUSTIFICAR A ACULTURAÇÃO OCORRIDA SE UM GRANDE PENSADOR JÁ TINHA DISCUTIDO SOBRE O RESPEITO À
CULTURA DOS OUTROS? PENSEI NA GANÂNCIA HUMANA. ELES UTILIZAVAM A JUSTIFICATIVA DOS OUTROS POVOS SEREM INFERIORES PARA
CONSEGUIR ABUSAR DELES. PENSEI, PORÉM, QUE ISSO TAMBÉM FOI UM PROCESSO DE IGNORÂNCIA POR PARTS DE MUITOS. MUITOS, POR
SUA IGNORÂNCIA, FORAM ILUDIDOS POR AQUELES QUE QUERIAM ABUSAR DOS OUTROS POVOS.
ISSO ME FAZ RECORDAR UM QUESTIONAMENTO MEU. AS PESSOAS QUE SÃO INDUZIDAS A FAZEREM ALGO ERRADO DEVEM SER
CONDEANADAS AO INFERNO? O DEUS QUE MUITOS PREGAM, PARECE QUE NÃO OLHA PARA A QUESTÃO SOCIO CULTURAL DO HOMEM.
PARECE QUE ELE NÃO ANÁLISA O CONTEXTO HISTÓRICO NO QUAL O HOMEM VIVE. PARECE QUE O SEU CRITÉRIO DE CONDENAÇÃO É: FEZ,
ARRENPENDEU OU NÃO? SE NÃO SE ARREPENDEU, CONDENADO.
MAS, SE UM MENINO, NASCIDO NO FIM DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL, CRIADO NA ALEMANHA NO PERÍODO DO
ENTREGUERRAS, SOBRE INFLUÊNCIA NAZIFASCISTA, E MORTO DURANTE COMBATE NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, DEVERIA SER
CONDENADO AO INFERNO? EU ARGUMENTO QUE ELE FOI PROGRAMADO A PENSAR DE MANEIRA PRECONCEITUOSA, POR ISSO NÃO
DEVE SER CONDENADO.
MAS VOCÊ ARGUMENTA: ELE TEM SENSO CRÍTICO. MAS EU QUESTIONO: E OS QUE FORAM PASSIVOS? OS QUE SE DEIXARAM
SEREM LEVADOS PELA “ONDA”? SERÁ QUE ELES DEVERIAM? EU ACHO QUE NÃO. PODE FICAR CHATIADO, MAS ACHO QUE NÃO. E NISSO
VEJO AMOR, CAPACIDADE DE PERDÃO.
SOU AGNOSTICO, E UM DOS MOTIVOS QUE ME FIZERAM DEIXAR O CRISTIANISMO FOI QUE O DEUS QUE É PREGADO NÃO
PARECE OLHAR O CONTEXTO HISTÓRICO E SOCIO-CULTURAL.
CREIO QUE SE ELES PREGASSEM ISSO, NINGUÉM MAIS IRIA AS INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS. PORQUE PARA ESSAS PESSOAS, DEUS
COMPREENDERIAM A SITUAÇÃO DELA. ENTÃO NÃO PRECISARIAM MAIS ESTÁ SE SUBMENTENDO A UM OUTRO HOMEM. NÃO PRECISARIAM
DAR DIZIMO OU OFERTA. TODA A ESTRUTURA CAIRIA, SE DEUS PASSASE A OLHAR O CONTEXTO HISTÓRICO E SOCIO-CULTURAL DO
HOMEM.
30/05/2017
ASSISTIR UMA PARTE DO VÍDEO CORPO E INTENSIDADE. ELE CHAMOU A MINHA ATENÇÃO PORQUE ME RECORDOU MINHA MÃE.
ELA CONSTANTEMENTE RECLAMA PORQUE É “CHEINHA”. COMO NOSSA CULTURA IMPLANTA NA MENTE DA MULHER QUE ELA DEVE SER
MAGRA, E “BELA”, MINHA MÃE SE ACHA FEIA. EU, PARTICULARMENTE, NÃO ACHO ELA GORDA, MAS ELA SE ACHA.
PENSEI EM MOSTRAR O VÍDEO PARA ELA, MAS FIQUEI PENSANDO EM DOIS PONTOS: O VÍDEO É EXTENSO, E A ORADORA UTILIZA
TERMOS TÉCNICOS, LOGO ELA NÃO ENTENDERIA UMA PARTE E NÃO ASSIMILARIA O CONTEÚDO, ALÉM DE PENSAR QUE É CHATO.
PORÉM, IREI TENTAR.
31/05/2017
ELA NÃO ASSISTIU O VÍDEO. CREIO QUE NÃO ASSISTIU PORQUE ELA TEM UM PRECONCEITO PARA COM A FILOSOFIA. COMO ELA
É UMA PESSOA RELIGIOSA, ELA PREFERE SE ABSTER DE CONHECER ESSAS TEORIAS.
EU PENSO QUE ISSO É UM REFLEXO DO MEDO QUE ELA TEM DE SUA FÉ SER CONFRONTADA. SABEMOS QUE A MAIORIA DAS
PESSOAS ACREDITAM PORQUE ACREDITAM, NÃO TÊM UM FUNDAMENTO. ENTÃO, QUANDO LEEM OU OUVEM UM ARGUMENTO CONTRÁRIO,
NÃO TÊM CONTRA-ARGUMENTO, LOGO SE SENTEM INTIMIDADAS.
ALÉM DISSO, QUANDO EU AQUESTIONO SOBRE A BIBLIA, ELA PEDE PARA QUE EU CALE A BOCA, SIMPLISMENTE ELA NÃO QUER
OUVIR A MINHA OPINIÃO, A QUAL É CONTRÁRIA A DELA
QUANDO EU ERA CRISTÃO, EU COSTUMAVA ESTUDAR FILOSOFIA E SOCIOLOGIA, POIS QUERIA PREGAR O EVANGELHO PARA
FILÓSOFOS, DOUTORES E ETC. EU SABIA QUE PARA DISCUTIR COM ELES, ERA NECESSÁRIO CONHECER AQUILO QUE ELES DEFENDEM. EU,
PORÉM, RECONHECI QUE ALGUNS PONTOS DEFENDIDOS POR ELES SÃO COERENTES. ENTÃO, AOS POUCOS MINHA MENTE FOI SE
DISTANCIANDO DO PROPÓSITO CRISTÃO. QUANDO PERCEBI ISSO, DECIDE ME DESVINCULAR.
3° AULA – 02/06/2017
DESSA AULA NÃO CONSEGUI ASSIMILAR MUITO CONHECIMENTO. NA VERDADE NEM ESTOU ESCREVENDO LOGO APÓS A AULA,
ESTOU ESCREVENDO NO DIA 08/06/17. ENTÃO,NEM TEM COMO ME LEMBRAR DO QUE FOI DISCUTIDO.
PORÉM, ALGO QUE ME ENCOMODOU BASTANTE FOI QUANDO O PROFESSOR FALOU SOBRE AS NOTAS. SEGUNDO ELE DEVEMOS
SER CINSEROS NAS NOTAS E QUE ELE ESTÁ VENDO QUEM ESTÁ FAZENDO E QUEM NÃO ESTÁ PARTICIPANDO DAS AULAS.
EU ACREDITO QUE TENHO SIDO CINSERO,POIS ESTOU PARTICIPANDO, NÃO ME PONHO CONTRA O EXERCÍCIO – MAS
GOSTARIA DE SABER PARA QUE SERVE – E PARTICIPO DOS GRUPOS DE APRESENTAÇÕES DANDO IDEIAS, DISCUTINDO OS TEMAS
PROPOSTOS E ETC. ENTÃO, ACHO SIM QUE MEREÇO AS NOTAS QUE EU ESTOU ME DANDO.
AGORA, COMO EU TIMIDO VOU FALAR TUDO ISSO PARA ELE DE FORMA CLARA, NÃO SEI.
06/06/2017
ENTENDI O PORQUE DO PROFESSOR UTILIZAR EXERCÍCIOS EM SUAS AULAS. ENTENDI APÓS VER O VÍDEO ENTITULADO CORPO E
INTENSIDADE. ELE ACREDITA QUE O CORPO ESTÁ LIGADO À PSIQUE, LOGO TENTA DESENVOLVER ESSE LADO NOS SEUS ESTUDANTES.
UMA PARTE DO VÍDEO CORPO E INTENSIDADE CHAMOU-ME A ATENÇÃO. QUANDO HÉLIA DECLARA QUE O SISTEMA
CAPITALISTA QUER DESTRUIR O NOSSO CORPO. PENSEI EM APLIAR ESSE CONCEITO. A SOCIEDADE QUER DESTRUIR O NOSSO CORPO. CADA
GRUPO QUE A COMPÕE DESEJA COAGIR O INDIVÍDUO A SEGUIR O QUE AQUELE GRUPO PENSA.
SIM. ENQUANTO ESTIVE NA IGREJA SOFRI ISSO. EU ERA DIFERENTE. NÃO ME MISTURAVA NEM ME COMPORTAVA COMO OS
OUTROS RAPAZES. SEMPRE FUI DE FICAR NA MINHA. EU PENSAVA, COMO PENSO ATE O MOMENTO, QUE ESSE MEU COMPORTAMENTO ERA O
QUE FAZIA SER EU. SE EU MUDASSE, SURGIRIA UM OUTRO DANIEL, NÃO SERIA MAIS AQUELE. LOGO, SEMPRE RESISTIR A ESSA PRESSÃO, A
ESSA TENTATIVA DE COAÇÃO QUE EXISTIA NESSE MEIO.
08/06/2017
ASSISTIR UMA PREGAÇÃO NA IGREJA DE UM COLEGA E O REVERENDO AFIRMAVA QUE O MUNDO QUER NOS MASSIFICAR.
ENQUANTO ELE PREGAVA EU ME QUETIONEI: MAS A IGREJA NÃO PROMOVE TAMBÉM UMA MASSIFICAÇÃO? ELA TAMBÉM NÃO É RESPÓNSÁVEL
POR TENTAR MOLDAR A MULHER A UM DETERMINADO COMPORTAMENTO?
MUDANDO COMPLETAMENTE DE TEMA. RESOLVI EXPLICAR PARA VOCÊ, LEITOR,O PORQUÊ DE TER UTILIZADO O TERMO
MULHER NO SLIDE ANTERIOR. COMUMENTE, EU ESCREVO “O HOMEM”, COM H MAIÚSCULO NO SENTIDO DE HUMANIDADE. PORÉM, DIANTE
DE TANTOS QUESTIONAMENTOS ME PUS A REFLETIR E CONCLUIR QUE ISSO TEM RELAÇÃO COM OS PRODUTORES DE NOSSO
CONHECIMENTO, OS QUAIS EM GRANDE MAIORIA SÃO HOMENS. ESSES PRODUTORES SE AUTO ENTITULARAM REPRESENTANTES DA
HUMANIDADE, POR ISSO UTILIZARAM DA PALAVRA HOMEM NESSE SENTIDO.
DECIDE ENTÃO PROSSEGUIR UTILIZANDO A PALAVRA HOMEM NO MESMO SENTIDO, PORÉM UTILIZANDO TAMBÉM A PALAVRA
MULHER – COM M MAIÚSCULO – NO MESMO SENTIDO QUE A PALAVRA HOMEM. ACHO QUE ISSO É UMA FORMA DE SER DEMOCRATICO. OS
DOIS COM O MESMO SENTIDO, OS DOIS COMO SINÔNIMOS.
15/06/2017
ESTOU TRISTE. O DIÁRIO É UM ESPAÇO PARA SE DISCUTIR QUALQUER COISA. TODAVIA, ESSE DIÁRIO TEM UM PROPÓSITO
EXPECIFICO, VINCULAR OS CONTEÚDOS DAS AULAS. MESMO ASSIM, O MEU ESTÁ TRISTE TEM RELAÇÃO COM UM DOS ASSUNTOS
ABORDADOS.
ESTOU TRISTE PORQUE NÃO TOMEI O REMÉDIO. NÃO FOI PORQUE NÃO TOMEI O REMÉDIO, MAS A FALTA DELE NO MEU CORPO
ACARRETOU NESSA TRISTEZA.
ISSO LEMBRA UM ASSUNTO TRABALHO NO VÍDEO CORPO E INTENSIDADE. HÉLIA BORGES DISCUTE O CONCEITO DE CORPO
INTESIVO. ESSE CORPO INTENSIVO CORRESPONDE AO INDIVÍDUO, A JUNÇÃO DO BIOLOGICO COM O PSICOLÓGICO. O BILOGICO
INTERFERE NO PSICOLÓGICO E VICE VERSA.
MAS, AFINAL, O QUE ISSO TEM A VER COM A MINHA TRISTEZA? O MEU BIOLÓGICO ESTÁ INTERFERINDO NO MEU PSICOLOGICO.
NA VERDADE, EM QUALQUER INDIVIDUO, O BIOLÓGICO INTERFERE NO PSICOLOGICO, E O INVERSO É VERDADEIRO.
22/06/2017
UM DIA, PENSEI EM UTILIZAR A EXPRESSÃO POPULAR “MINHA NEGA” COM UMA DETERMINADA PESSOA. PORÉM, FIQUEI
INQUIETO COM A PALAVRA “NEGA”. COMECEI A ME PERGUNTAR: “POR QUE NEGA?” ENTÃO, PENSEI NO PERÍODO COLONIAL. NESSE
PERÍODO, ERA COMUM OS SENHORES DE ESCRAVO ABUSAREM SEXUALMENTE DAS ESCRAVAS. ENTÃO, CHEGUEI A CONCLUSÃO DE QUE
QUEM USAVA ESSA EXPRESSÃO, OU SIMILARES, NESSE PERÍODO, ERA ESSA CLASSE. PORTANTO, É BOM EVITAR.
29/06/2017
ESTAVA PENSANDO SOBRE UM FATO QUE OCORREU COMIGO E COM MINHA MÃE.
UM DIA, MINHA MÃE PEDIU PARA QUE EU PARAFUSASSE UMA ASTE NO QUARDA ROUPA.
EU FIQUEI PENSANDO O PORQUÊ DELA NÃO FAZER ISSO, JÁ QUE ERA ALGO TÃO SIMPLE. ENTÃO ME RECORDEI DO PAPEL DO HOMEM NA
SOCIEDADE BRASILEIRA. ESSE PAPEL ESTÁ LIGADO A TAIS TIPOS DE ATIVIDADES, COMO CONCERTAR UM MÓVEL QUEBRADO, PINTAR A CASA
OU ALGO SEMELHANTE, ENQUANTO A MULHER APENAS CUIDA DA CASA LAVANDO OS PRATOS, COZINHANDO E ETC.
ESSE PAPEL DO HOMEM TAMBÉM É VISTO EM FILMES. NA MINHA INFÂNCIA (2000 – 2007) ERA COMUM ASSISTIR FILMES EM QUE
NUMA FAMÍLIA O PAPEL DO HOMEM ERA REALIZAR ATIVIDADES COMO CONCERTAR OBJETOS QUEBRADOS DA CASA, LAVAR O CARRO, OU SER
A PESSOA QUE TRABALHA NUMA EMPRESA.
SEMPRE O HOMEM TENDO O PAPEL DE CHEFE DA FAMÍLIA.
MAS, VOCÊ PENSA QUE ISSO É COISA DA MINHA CABEÇA, E QUE AQUELE FATO NÃO REPRESENTA O PATRIACALISMO PRESENTE EM
NOSSA SOCIEDADE. TODAVIA, VOCÊ LEITOR NÃO SABIA QUE MUITAS VEZES MINHA MÃE DIZ EU SOU O HOMEM DA CASA, ISSO QUANDO O
MEU PAI ESTÁ FORA DE CASA. ESSA IDEIA DE “HOMEM DA CASA” É UMA IDEIA PATRIARCAL. ELA INDICA QUE O HOMEM É O REPONSÁVEL PELA
CASA E TODA A FAMÍLIA.
POR QUE UMA MULHER NÃO PODE ASSUMIR ESSE PAPEL MESMO ESTANDO UM HOMEM EM CASA? ISSO É ALGO A SER PENSADO.
29/06/2017
ASSISTI O VÍDEO DE BUNKER ROY, FALANDO SOBRE A UNIVERSIDADE DOS PÉS DESCALÇOS. A ATITUDE DESSE HOMEM SE
ASSEMELHA A DE UM PASTOR, EZRA MÁ. ELE É FORMADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA, E CHEGOU A TRABALHAR NA NASA. CONTUDO ELE
DEIXOU SEU EMPREGO PARA TRABALHAR NUMA IGREJA.
AS ATITUDES DELES FORAM EM PROL DE UMA IDEIA, DE AUXILIAR O PRÓXIMO, UM ATRAVÉS DA UNIVERSIDADE E OUTRO ATRAVÉS
DE UMA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA.
APESAR DISSO FICO COM INVEJA DELES. INVEJA PORQUE ELES TIVERAM UMA OPORTUNIDADE QUE EU NÃO TIVE, E TANTO QUERIA
NO ENTANTO, ENTRO EM CONFLITO, PORQUE ACHO QUE EU ME PERDERIA NESSE MUNDO SE TIVESSE TIDO AS MESMAS OPORTUNIDADES QUE
ELES TIVERAM.
EU ESTUDEI NUMA BOA ESCOLA ATRAVÉS DE UM PROGRAMA CHAMADO EDUCA MAIS BRASIL. SE NÃO FOSSE ISSO, EU TERIA
ENTRADO NO ENSINO PÚBLICO. NAQUELA INSTITUIÇÃO, EU CONVIVI COM PESSOAS QUE TINHAM UMA CONDIÇÃO FINANCEIRA MUITO BOA,
JUSTAMENTE POR
CAUSA DISSO, ELES DESPREZAVAM O CONHECIMENTO. NÃO LIGAVAM PARA AS AULAS E NEM PARA OS PROFESSORES. MUITOS DIZIAM “MEU
PAI PAGA A UNIVERSIDADE”, EU NÃO TINHA CONDIÇÕES DE DIZER ISSO.
PORÉM, O QUE MAIS ME SURPREENDIA, ERA O DESPREZO POR PARTE DE ALGUNS PELO CONHECIMENTO, ALGO QUE ESTAVA PARA
ELES MAIS PRÓXIMO DO QUE PARA MIM.
POR ISSO, SEMPRE QUE EU PENSO “E SE EU TIVESSE NASCIDO NUMA FAMÍLIA COM CONDIÇÃO ECONÔMICA MAIOR, O QUE TERIA
OCORRIDO?” EU FICO COM MEDO, MEDO DE TER ME TORNAR ALGUÉM QUE DESPREZA O CONHECIMENTO.
POR ISSO, CHEGO A COCNLUSÃO QUE POR MAIS QUE EU NÃO TENHA MUITO DINHEIRO, EU TENHO ALGO QUE VALE MAIS, O
AMOR AO CONHECIMENTO.
13/07/2017
HOJE EU ESTAVA ANSIOSO E POR ISSO ESTAVA NERVOSO. A CAUSA DA MINHA ANSIEDADE ERA A FALTA DO REMÉDIO. TINHA
FICADO DOIS DIAS SEM TOMA-LO. PORÉM, ISSO FOI PROPOSITAL.
O REMÉDIO ESTÁ CABANDO E A CONSULTA É APENAS NO DIA PRIMEIRO DE AGOSTO. TENHO APENAS SEIS COMPRIMIDOS, SENDO QUE TENHO
QUE O TOMAR DIARIAMENTE.
PARA ABAIXAR ESSA ANSIEDADE, RESOLVI FAZER OS EXERCÍCIOS PROPOSTOS EM SALA. PARA O LEITO QUE NUNCA FOI À UMA
AULA DE SEBIANE, SAIBA QUE OS EXERCÍCIOS OS QUAIS ME REFIRO SÃO EXERCÍCIOS FÍSICOS.
FIZ A POSIÇÃO DA COBRA, DO CACHORRO, APOSIÇÃO DE DESCANSO ( A MINHA PREFERIDA), REPRESENTEI O CORPO-LÍNGUA E O
CORPO-DENTE, E BATI NO MEU ROSTO UM POUCO. ALCAMEI-ME POR UM TEMPO.
ASSITIR ALGUNS DOS VÍDEOS QUE O PROFESSOR PASSOU. ALGUNS DELES FALAVAM SOBRE A DISCRIMINAÇÃO RACIAL NO
MÉXICO. UMA DAS ENTREVISTADAS FALA SOBRE O SETOR ARTÍSTICO. FUI PESQUISAR E PERCEBI QUE ISSO REALMENTE OCORRE. OS
HOMENS TEM UM ROSTO QUADRADO E SÃO BASTANTE MUSCULOSOS E GERALMENTE BRANCO. NÃO VI UM TOTALMENTE PARDO, NEM
NEGRO. AS MULHERES TAMBÉM, BRANCAS DE CABELO LISO, OU MORENAS BEM CLARO.
EU VEJO ISSO MUITO NAS NOVELAS DO SBT. É QUASE TODO MUNDO BRANCO. TEM ALGUNS NEGROS, PARECENDO QUE SERVEM
PARA DIZER QUE INCLUI TODAS AS RAÇAS. OS PROTAGONISTAS SÃO BRANCOS, TENDO ALGUMAS EXCEÇÕES.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

28 páginas - Morte e um dia que vale a pena viver
28 páginas - Morte e um dia que vale a pena viver28 páginas - Morte e um dia que vale a pena viver
28 páginas - Morte e um dia que vale a pena viver
Larissa Campos
 
A minha participação no x – ejc santana macapá – parte ii
A minha participação no x – ejc santana macapá – parte iiA minha participação no x – ejc santana macapá – parte ii
A minha participação no x – ejc santana macapá – parte ii
Jonas Lima
 
O Segredo do Amor Eterno - John Powell
O Segredo do Amor Eterno - John PowellO Segredo do Amor Eterno - John Powell
O Segredo do Amor Eterno - John Powell
Carlos Junior
 
A covardia moral
A covardia moralA covardia moral
A covardia moral
Helio Cruz
 
As ilusões do movimento gay
As ilusões do movimento gayAs ilusões do movimento gay
As ilusões do movimento gay
www.osEXgays.com
 
Suicidio na visão espirita
Suicidio  na visão espiritaSuicidio  na visão espirita
Suicidio na visão espirita
Lisete B.
 
PRÁTICAS DE ACONSELHAMENTO PARA ADULTOS ENLUTADOS: A importância da relação d...
PRÁTICAS DE ACONSELHAMENTO PARA ADULTOS ENLUTADOS: A importância da relação d...PRÁTICAS DE ACONSELHAMENTO PARA ADULTOS ENLUTADOS: A importância da relação d...
PRÁTICAS DE ACONSELHAMENTO PARA ADULTOS ENLUTADOS: A importância da relação d...
Mary Kay do Brasil
 
Carta 6
Carta 6Carta 6
Home cartasde_public_html_downloads_45167_26
 Home cartasde_public_html_downloads_45167_26 Home cartasde_public_html_downloads_45167_26
Home cartasde_public_html_downloads_45167_26
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Introduo bsicaa umcursoemmilagreskennethwapnick
Introduo bsicaa umcursoemmilagreskennethwapnickIntroduo bsicaa umcursoemmilagreskennethwapnick
Introduo bsicaa umcursoemmilagreskennethwapnick
Angela Venancio
 
John powell porque tenho medo de lhe dizer quem sou
John powell   porque tenho medo de lhe dizer quem souJohn powell   porque tenho medo de lhe dizer quem sou
John powell porque tenho medo de lhe dizer quem sou
danibateras
 
Salvifici Doloris
Salvifici DolorisSalvifici Doloris
Salvifici Doloris
Carlinhos Pregador
 
Caio fábio confissões do pastor
Caio fábio   confissões do pastorCaio fábio   confissões do pastor
Caio fábio confissões do pastor
Carlos Alberto Monteiro da Silva
 
2 cartas de uma morta (chico xavier - maria joão de deus)
2   cartas de uma morta (chico xavier - maria joão de deus)2   cartas de uma morta (chico xavier - maria joão de deus)
2 cartas de uma morta (chico xavier - maria joão de deus)
luisbramao
 
Nascimento e morte_ok
Nascimento e morte_okNascimento e morte_ok
Nascimento e morte_ok
eduardoujo
 
A resposta cristã para a dor
A resposta cristã para a dorA resposta cristã para a dor
A resposta cristã para a dor
Jean Francesco
 
O movimento homossexual júlio severo
O movimento homossexual   júlio severoO movimento homossexual   júlio severo
O movimento homossexual júlio severo
www.osEXgays.com
 

Mais procurados (17)

28 páginas - Morte e um dia que vale a pena viver
28 páginas - Morte e um dia que vale a pena viver28 páginas - Morte e um dia que vale a pena viver
28 páginas - Morte e um dia que vale a pena viver
 
A minha participação no x – ejc santana macapá – parte ii
A minha participação no x – ejc santana macapá – parte iiA minha participação no x – ejc santana macapá – parte ii
A minha participação no x – ejc santana macapá – parte ii
 
O Segredo do Amor Eterno - John Powell
O Segredo do Amor Eterno - John PowellO Segredo do Amor Eterno - John Powell
O Segredo do Amor Eterno - John Powell
 
A covardia moral
A covardia moralA covardia moral
A covardia moral
 
As ilusões do movimento gay
As ilusões do movimento gayAs ilusões do movimento gay
As ilusões do movimento gay
 
Suicidio na visão espirita
Suicidio  na visão espiritaSuicidio  na visão espirita
Suicidio na visão espirita
 
PRÁTICAS DE ACONSELHAMENTO PARA ADULTOS ENLUTADOS: A importância da relação d...
PRÁTICAS DE ACONSELHAMENTO PARA ADULTOS ENLUTADOS: A importância da relação d...PRÁTICAS DE ACONSELHAMENTO PARA ADULTOS ENLUTADOS: A importância da relação d...
PRÁTICAS DE ACONSELHAMENTO PARA ADULTOS ENLUTADOS: A importância da relação d...
 
Carta 6
Carta 6Carta 6
Carta 6
 
Home cartasde_public_html_downloads_45167_26
 Home cartasde_public_html_downloads_45167_26 Home cartasde_public_html_downloads_45167_26
Home cartasde_public_html_downloads_45167_26
 
Introduo bsicaa umcursoemmilagreskennethwapnick
Introduo bsicaa umcursoemmilagreskennethwapnickIntroduo bsicaa umcursoemmilagreskennethwapnick
Introduo bsicaa umcursoemmilagreskennethwapnick
 
John powell porque tenho medo de lhe dizer quem sou
John powell   porque tenho medo de lhe dizer quem souJohn powell   porque tenho medo de lhe dizer quem sou
John powell porque tenho medo de lhe dizer quem sou
 
Salvifici Doloris
Salvifici DolorisSalvifici Doloris
Salvifici Doloris
 
Caio fábio confissões do pastor
Caio fábio   confissões do pastorCaio fábio   confissões do pastor
Caio fábio confissões do pastor
 
2 cartas de uma morta (chico xavier - maria joão de deus)
2   cartas de uma morta (chico xavier - maria joão de deus)2   cartas de uma morta (chico xavier - maria joão de deus)
2 cartas de uma morta (chico xavier - maria joão de deus)
 
Nascimento e morte_ok
Nascimento e morte_okNascimento e morte_ok
Nascimento e morte_ok
 
A resposta cristã para a dor
A resposta cristã para a dorA resposta cristã para a dor
A resposta cristã para a dor
 
O movimento homossexual júlio severo
O movimento homossexual   júlio severoO movimento homossexual   júlio severo
O movimento homossexual júlio severo
 

Semelhante a Daniel gomes’ diary

Texto sociologia, beata e bar
Texto sociologia, beata e barTexto sociologia, beata e bar
Texto sociologia, beata e bar
Alexandre Quadrado
 
Revista bem estar-20140112 sentimento humano
Revista bem estar-20140112 sentimento humanoRevista bem estar-20140112 sentimento humano
Revista bem estar-20140112 sentimento humano
Fernanda Caprio
 
Ninguem cruza seu caminho por acaso
Ninguem cruza seu caminho por acasoNinguem cruza seu caminho por acaso
Ninguem cruza seu caminho por acaso
Lucio Guimarães
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Jaciara Souza
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por Acaso Ninguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Glaucia Menezes
 
Ninguemsecruzanavidaporacaso
NinguemsecruzanavidaporacasoNinguemsecruzanavidaporacaso
Ninguemsecruzanavidaporacaso
osmabel
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
VVCX
 
N I N G U E M S E C R U Z A P O R A C A S O 1
N I N G U E M  S E  C R U Z A  P O R  A C A S O 1N I N G U E M  S E  C R U Z A  P O R  A C A S O 1
N I N G U E M S E C R U Z A P O R A C A S O 1
QSEJAETERNO
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por AcasoNinguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Pvvitinho
 
Ninguem se cruza_por_acaso_1_
Ninguem se cruza_por_acaso_1_Ninguem se cruza_por_acaso_1_
Ninguem se cruza_por_acaso_1_
silvaetg
 
Ninguém se cruza por acaso
Ninguém se cruza por acasoNinguém se cruza por acaso
Ninguém se cruza por acaso
Izabel Cristina Fonseca
 
Verdade absoluta
Verdade absolutaVerdade absoluta
Verdade absoluta
Mensagens Virtuais
 
Ninguem se cruza por acaso
Ninguem se cruza por acasoNinguem se cruza por acaso
Ninguem se cruza por acaso
Gabriel Abreu
 
N I N G U E M S E C R U Z A N A V I D A P O R A C A S O
N I N G U E M S E C R U Z A N A V I D A P O R A C A S ON I N G U E M S E C R U Z A N A V I D A P O R A C A S O
N I N G U E M S E C R U Z A N A V I D A P O R A C A S O
QSEJAETERNO
 
Verdade Absoluta
Verdade AbsolutaVerdade Absoluta
Verdade Absoluta
Andre Lenz
 
Verdade absoluta
Verdade absolutaVerdade absoluta
Verdade absoluta
guestba2987c1
 
Ninguem se Cruza por Acaso
Ninguem se Cruza por AcasoNinguem se Cruza por Acaso
Ninguem se Cruza por Acaso
Andre Lenz
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso 1
Ninguem Se Cruza Por Acaso 1Ninguem Se Cruza Por Acaso 1
Ninguem Se Cruza Por Acaso 1
FabioKratos
 
NinguéM Se Cruza Por Acaso
NinguéM Se Cruza Por AcasoNinguéM Se Cruza Por Acaso
NinguéM Se Cruza Por Acaso
Márcia Kandratavicius
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por AcasoNinguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Patrícia Zahar
 

Semelhante a Daniel gomes’ diary (20)

Texto sociologia, beata e bar
Texto sociologia, beata e barTexto sociologia, beata e bar
Texto sociologia, beata e bar
 
Revista bem estar-20140112 sentimento humano
Revista bem estar-20140112 sentimento humanoRevista bem estar-20140112 sentimento humano
Revista bem estar-20140112 sentimento humano
 
Ninguem cruza seu caminho por acaso
Ninguem cruza seu caminho por acasoNinguem cruza seu caminho por acaso
Ninguem cruza seu caminho por acaso
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por Acaso Ninguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por Acaso
 
Ninguemsecruzanavidaporacaso
NinguemsecruzanavidaporacasoNinguemsecruzanavidaporacaso
Ninguemsecruzanavidaporacaso
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
Ninguem Se Cruza Por Acaso[1]
 
N I N G U E M S E C R U Z A P O R A C A S O 1
N I N G U E M  S E  C R U Z A  P O R  A C A S O 1N I N G U E M  S E  C R U Z A  P O R  A C A S O 1
N I N G U E M S E C R U Z A P O R A C A S O 1
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por AcasoNinguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por Acaso
 
Ninguem se cruza_por_acaso_1_
Ninguem se cruza_por_acaso_1_Ninguem se cruza_por_acaso_1_
Ninguem se cruza_por_acaso_1_
 
Ninguém se cruza por acaso
Ninguém se cruza por acasoNinguém se cruza por acaso
Ninguém se cruza por acaso
 
Verdade absoluta
Verdade absolutaVerdade absoluta
Verdade absoluta
 
Ninguem se cruza por acaso
Ninguem se cruza por acasoNinguem se cruza por acaso
Ninguem se cruza por acaso
 
N I N G U E M S E C R U Z A N A V I D A P O R A C A S O
N I N G U E M S E C R U Z A N A V I D A P O R A C A S ON I N G U E M S E C R U Z A N A V I D A P O R A C A S O
N I N G U E M S E C R U Z A N A V I D A P O R A C A S O
 
Verdade Absoluta
Verdade AbsolutaVerdade Absoluta
Verdade Absoluta
 
Verdade absoluta
Verdade absolutaVerdade absoluta
Verdade absoluta
 
Ninguem se Cruza por Acaso
Ninguem se Cruza por AcasoNinguem se Cruza por Acaso
Ninguem se Cruza por Acaso
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso 1
Ninguem Se Cruza Por Acaso 1Ninguem Se Cruza Por Acaso 1
Ninguem Se Cruza Por Acaso 1
 
NinguéM Se Cruza Por Acaso
NinguéM Se Cruza Por AcasoNinguéM Se Cruza Por Acaso
NinguéM Se Cruza Por Acaso
 
Ninguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por AcasoNinguem Se Cruza Por Acaso
Ninguem Se Cruza Por Acaso
 

Mais de DanielGJF

Eu te bendirei
Eu te bendireiEu te bendirei
Eu te bendirei
DanielGJF
 
Poder pra salvar
Poder pra salvarPoder pra salvar
Poder pra salvar
DanielGJF
 
Filho do homem
Filho do homemFilho do homem
Filho do homem
DanielGJF
 
Me rendo a ti the sthand
Me rendo a ti   the sthandMe rendo a ti   the sthand
Me rendo a ti the sthand
DanielGJF
 
Elevo os meus olhos
Elevo os meus olhosElevo os meus olhos
Elevo os meus olhos
DanielGJF
 
Pra sempre reinarás
Pra sempre reinarásPra sempre reinarás
Pra sempre reinarás
DanielGJF
 
Vento impetuoso
Vento impetuosoVento impetuoso
Vento impetuoso
DanielGJF
 

Mais de DanielGJF (7)

Eu te bendirei
Eu te bendireiEu te bendirei
Eu te bendirei
 
Poder pra salvar
Poder pra salvarPoder pra salvar
Poder pra salvar
 
Filho do homem
Filho do homemFilho do homem
Filho do homem
 
Me rendo a ti the sthand
Me rendo a ti   the sthandMe rendo a ti   the sthand
Me rendo a ti the sthand
 
Elevo os meus olhos
Elevo os meus olhosElevo os meus olhos
Elevo os meus olhos
 
Pra sempre reinarás
Pra sempre reinarásPra sempre reinarás
Pra sempre reinarás
 
Vento impetuoso
Vento impetuosoVento impetuoso
Vento impetuoso
 

Último

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 

Último (20)

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 

Daniel gomes’ diary

  • 2. 1° AULA – 19/05/2017 ATÉ TER VISTO O EMAIL. ESPERAVA QUE SERIA UMA AULA CONVENCIONAL. TODAVIA, QUANDO EU LI QUE TERIAMOS QUE LEVAR ROUPAS PARA SUJAR, RASGAR E ETC, ENTÃO PERCEBI QUE SERIA BEM DIFERENTE. A AULA FOI LEGAL, GOSTEI DOS EXERCÍCIOS, PORÉM GOSTARIA DE SABER QUAIS OS SIGNIFICADOS POR TRÁS DELES. ELES SERVEM PARA QUE? POR EXEMPLO, NA ACADÊMIA DIZEM PARA QUE TAL EXERCÍCIO SERVE. É SOBRE ISSO QUE ME REFIRO. O DEBATE FOI INTERESSANTE, POIS LEVANTOU A QUESTÃO DA PARTICIPAÇÃO DO HOMEM NO MOVIMENTO FEMINISTA, O MACHISMO ATACANDO OS HOMENS QUE FOGEM DO PADRÃO, E A QUESTÃO DO RESPEITO À OPINIÃO DO PRÓXIMO. QUIS PARTICIPAR. ATÉ LEVANTEI A MÃO, MAS DEMOROU MUITO PARA CHEGAR A MINHA VEZ, LOGO O MOMENTO DA MINHA FALA NÃO CABIA MAIS, ENTÃO PREFIRI NÃO ME PRONUNCIAR.
  • 3. 22/05/2017 O VÍDEO INTITULADO DE “A MULHER ‘MAIS FEIA DO MUNDO’ E A SUA LIÇÃO DE VIDA” CHAMOU- ME A ATENÇÃO. ENQUANTO EU FREQUENTAVA UMA DETERMINADA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA, CONHECI UM HOMEM QUE TINHA A FACE DEFORMADA, E O ANDAR COMPROMETIDO. APESAR DISSO ELE SE ESFORÇAVA BASTANTE E ESTUDAVA MUITO. INCLUSIVE, ELE CONSEGUIU PASSAR NA UFBA, NO CURSO DE LETRAS.
  • 4. 2° AULA – 26/05/2017 A AULA FOI BASTANTE INTERESSANTE, INCLUSIVE O CONCEITO DE HIBRIDISMO DISCUTIDO EM UM DOS TEXTOS APRESENTADOS. ESSE HIBRIDISMO É VISTO NA UFBA. NÃO HÁ UM GRUPO, OU UMA COAÇÃO PARA A ADESAM DE UM DETERMINADO PENSAMENTO. ALGUÉM QUE FREQUENTA A UFBA TEM A OPORTUNIDADE DE CONHECER DE TUDO, LITERALMENTE. PARTICULAMENTE, EU ACHO ISSO BOM, POIS POSSIBILITA O INDIVIDUO A CONHECER GRUPOS DIFERENTE, E INCLUSIVE A SE IDENTIFICAR COM UM ESPECÍFICO. A PESSOA TEM PELOS MENOS A CHANCE DE CONHECER ESSES GRUPOS, ENQUANTO QUE EM ALGUNS LUGARES, ESSA VARIAÇÃO É MAL VISTA, E INCLUSIVE TENTA PERSUADIR O INDIVÍDUO A SEGUIR UMA DETERMINADA IDEIA.
  • 5. ANTES DA SEGUNDA AULA, EU LI UMA PARTE DO LIVRO DE RENÉ DESCARTES, O DISCURSO SOBRE O MÉTODO, O QUAL TINHA RELAÇÃO COM PARTE DO TEMA DISCUTIDO. A PARTE RELACIONADO A CULTURA. SEGUNDO DESCARTES “É CONVENIENTE QUE SE SAIBA ALGUMA COISA DOS COSTUMES DE DIFERENTES POVOS PARA QUE MELHOR JULGUEMOS OS NOSSOS E NÃO ACHAR QUE TUDO O QUE CONTRARIA OS NOSSOS HÁBITOS SEJA RIDÍCULO E CONTRÁRIO À RAZÃO”. AO LER ESSE TRECHO, PENSEI SOBRE O PROCESSO DE ACULTURAÇÃO QUE MUITOS POVOS SOFRERAM DURANTE A COLONIZAÇÃO. PENSEI TAMBÉM QUE ESSE TEXTO FOI ESCRITO NUM PERÍODO PRÓXIMO AO DAS GRANDES NAVEGAÇÕES, 1637. 27/05/2017
  • 6. ENTÃO, COMO JUSTIFICAR A ACULTURAÇÃO OCORRIDA SE UM GRANDE PENSADOR JÁ TINHA DISCUTIDO SOBRE O RESPEITO À CULTURA DOS OUTROS? PENSEI NA GANÂNCIA HUMANA. ELES UTILIZAVAM A JUSTIFICATIVA DOS OUTROS POVOS SEREM INFERIORES PARA CONSEGUIR ABUSAR DELES. PENSEI, PORÉM, QUE ISSO TAMBÉM FOI UM PROCESSO DE IGNORÂNCIA POR PARTS DE MUITOS. MUITOS, POR SUA IGNORÂNCIA, FORAM ILUDIDOS POR AQUELES QUE QUERIAM ABUSAR DOS OUTROS POVOS. ISSO ME FAZ RECORDAR UM QUESTIONAMENTO MEU. AS PESSOAS QUE SÃO INDUZIDAS A FAZEREM ALGO ERRADO DEVEM SER CONDEANADAS AO INFERNO? O DEUS QUE MUITOS PREGAM, PARECE QUE NÃO OLHA PARA A QUESTÃO SOCIO CULTURAL DO HOMEM. PARECE QUE ELE NÃO ANÁLISA O CONTEXTO HISTÓRICO NO QUAL O HOMEM VIVE. PARECE QUE O SEU CRITÉRIO DE CONDENAÇÃO É: FEZ, ARRENPENDEU OU NÃO? SE NÃO SE ARREPENDEU, CONDENADO.
  • 7. MAS, SE UM MENINO, NASCIDO NO FIM DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL, CRIADO NA ALEMANHA NO PERÍODO DO ENTREGUERRAS, SOBRE INFLUÊNCIA NAZIFASCISTA, E MORTO DURANTE COMBATE NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, DEVERIA SER CONDENADO AO INFERNO? EU ARGUMENTO QUE ELE FOI PROGRAMADO A PENSAR DE MANEIRA PRECONCEITUOSA, POR ISSO NÃO DEVE SER CONDENADO. MAS VOCÊ ARGUMENTA: ELE TEM SENSO CRÍTICO. MAS EU QUESTIONO: E OS QUE FORAM PASSIVOS? OS QUE SE DEIXARAM SEREM LEVADOS PELA “ONDA”? SERÁ QUE ELES DEVERIAM? EU ACHO QUE NÃO. PODE FICAR CHATIADO, MAS ACHO QUE NÃO. E NISSO VEJO AMOR, CAPACIDADE DE PERDÃO.
  • 8. SOU AGNOSTICO, E UM DOS MOTIVOS QUE ME FIZERAM DEIXAR O CRISTIANISMO FOI QUE O DEUS QUE É PREGADO NÃO PARECE OLHAR O CONTEXTO HISTÓRICO E SOCIO-CULTURAL. CREIO QUE SE ELES PREGASSEM ISSO, NINGUÉM MAIS IRIA AS INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS. PORQUE PARA ESSAS PESSOAS, DEUS COMPREENDERIAM A SITUAÇÃO DELA. ENTÃO NÃO PRECISARIAM MAIS ESTÁ SE SUBMENTENDO A UM OUTRO HOMEM. NÃO PRECISARIAM DAR DIZIMO OU OFERTA. TODA A ESTRUTURA CAIRIA, SE DEUS PASSASE A OLHAR O CONTEXTO HISTÓRICO E SOCIO-CULTURAL DO HOMEM.
  • 9. 30/05/2017 ASSISTIR UMA PARTE DO VÍDEO CORPO E INTENSIDADE. ELE CHAMOU A MINHA ATENÇÃO PORQUE ME RECORDOU MINHA MÃE. ELA CONSTANTEMENTE RECLAMA PORQUE É “CHEINHA”. COMO NOSSA CULTURA IMPLANTA NA MENTE DA MULHER QUE ELA DEVE SER MAGRA, E “BELA”, MINHA MÃE SE ACHA FEIA. EU, PARTICULARMENTE, NÃO ACHO ELA GORDA, MAS ELA SE ACHA. PENSEI EM MOSTRAR O VÍDEO PARA ELA, MAS FIQUEI PENSANDO EM DOIS PONTOS: O VÍDEO É EXTENSO, E A ORADORA UTILIZA TERMOS TÉCNICOS, LOGO ELA NÃO ENTENDERIA UMA PARTE E NÃO ASSIMILARIA O CONTEÚDO, ALÉM DE PENSAR QUE É CHATO. PORÉM, IREI TENTAR.
  • 10. 31/05/2017 ELA NÃO ASSISTIU O VÍDEO. CREIO QUE NÃO ASSISTIU PORQUE ELA TEM UM PRECONCEITO PARA COM A FILOSOFIA. COMO ELA É UMA PESSOA RELIGIOSA, ELA PREFERE SE ABSTER DE CONHECER ESSAS TEORIAS. EU PENSO QUE ISSO É UM REFLEXO DO MEDO QUE ELA TEM DE SUA FÉ SER CONFRONTADA. SABEMOS QUE A MAIORIA DAS PESSOAS ACREDITAM PORQUE ACREDITAM, NÃO TÊM UM FUNDAMENTO. ENTÃO, QUANDO LEEM OU OUVEM UM ARGUMENTO CONTRÁRIO, NÃO TÊM CONTRA-ARGUMENTO, LOGO SE SENTEM INTIMIDADAS. ALÉM DISSO, QUANDO EU AQUESTIONO SOBRE A BIBLIA, ELA PEDE PARA QUE EU CALE A BOCA, SIMPLISMENTE ELA NÃO QUER OUVIR A MINHA OPINIÃO, A QUAL É CONTRÁRIA A DELA
  • 11. QUANDO EU ERA CRISTÃO, EU COSTUMAVA ESTUDAR FILOSOFIA E SOCIOLOGIA, POIS QUERIA PREGAR O EVANGELHO PARA FILÓSOFOS, DOUTORES E ETC. EU SABIA QUE PARA DISCUTIR COM ELES, ERA NECESSÁRIO CONHECER AQUILO QUE ELES DEFENDEM. EU, PORÉM, RECONHECI QUE ALGUNS PONTOS DEFENDIDOS POR ELES SÃO COERENTES. ENTÃO, AOS POUCOS MINHA MENTE FOI SE DISTANCIANDO DO PROPÓSITO CRISTÃO. QUANDO PERCEBI ISSO, DECIDE ME DESVINCULAR.
  • 12. 3° AULA – 02/06/2017 DESSA AULA NÃO CONSEGUI ASSIMILAR MUITO CONHECIMENTO. NA VERDADE NEM ESTOU ESCREVENDO LOGO APÓS A AULA, ESTOU ESCREVENDO NO DIA 08/06/17. ENTÃO,NEM TEM COMO ME LEMBRAR DO QUE FOI DISCUTIDO. PORÉM, ALGO QUE ME ENCOMODOU BASTANTE FOI QUANDO O PROFESSOR FALOU SOBRE AS NOTAS. SEGUNDO ELE DEVEMOS SER CINSEROS NAS NOTAS E QUE ELE ESTÁ VENDO QUEM ESTÁ FAZENDO E QUEM NÃO ESTÁ PARTICIPANDO DAS AULAS. EU ACREDITO QUE TENHO SIDO CINSERO,POIS ESTOU PARTICIPANDO, NÃO ME PONHO CONTRA O EXERCÍCIO – MAS GOSTARIA DE SABER PARA QUE SERVE – E PARTICIPO DOS GRUPOS DE APRESENTAÇÕES DANDO IDEIAS, DISCUTINDO OS TEMAS PROPOSTOS E ETC. ENTÃO, ACHO SIM QUE MEREÇO AS NOTAS QUE EU ESTOU ME DANDO. AGORA, COMO EU TIMIDO VOU FALAR TUDO ISSO PARA ELE DE FORMA CLARA, NÃO SEI.
  • 13. 06/06/2017 ENTENDI O PORQUE DO PROFESSOR UTILIZAR EXERCÍCIOS EM SUAS AULAS. ENTENDI APÓS VER O VÍDEO ENTITULADO CORPO E INTENSIDADE. ELE ACREDITA QUE O CORPO ESTÁ LIGADO À PSIQUE, LOGO TENTA DESENVOLVER ESSE LADO NOS SEUS ESTUDANTES.
  • 14. UMA PARTE DO VÍDEO CORPO E INTENSIDADE CHAMOU-ME A ATENÇÃO. QUANDO HÉLIA DECLARA QUE O SISTEMA CAPITALISTA QUER DESTRUIR O NOSSO CORPO. PENSEI EM APLIAR ESSE CONCEITO. A SOCIEDADE QUER DESTRUIR O NOSSO CORPO. CADA GRUPO QUE A COMPÕE DESEJA COAGIR O INDIVÍDUO A SEGUIR O QUE AQUELE GRUPO PENSA. SIM. ENQUANTO ESTIVE NA IGREJA SOFRI ISSO. EU ERA DIFERENTE. NÃO ME MISTURAVA NEM ME COMPORTAVA COMO OS OUTROS RAPAZES. SEMPRE FUI DE FICAR NA MINHA. EU PENSAVA, COMO PENSO ATE O MOMENTO, QUE ESSE MEU COMPORTAMENTO ERA O QUE FAZIA SER EU. SE EU MUDASSE, SURGIRIA UM OUTRO DANIEL, NÃO SERIA MAIS AQUELE. LOGO, SEMPRE RESISTIR A ESSA PRESSÃO, A ESSA TENTATIVA DE COAÇÃO QUE EXISTIA NESSE MEIO. 08/06/2017 ASSISTIR UMA PREGAÇÃO NA IGREJA DE UM COLEGA E O REVERENDO AFIRMAVA QUE O MUNDO QUER NOS MASSIFICAR. ENQUANTO ELE PREGAVA EU ME QUETIONEI: MAS A IGREJA NÃO PROMOVE TAMBÉM UMA MASSIFICAÇÃO? ELA TAMBÉM NÃO É RESPÓNSÁVEL POR TENTAR MOLDAR A MULHER A UM DETERMINADO COMPORTAMENTO?
  • 15. MUDANDO COMPLETAMENTE DE TEMA. RESOLVI EXPLICAR PARA VOCÊ, LEITOR,O PORQUÊ DE TER UTILIZADO O TERMO MULHER NO SLIDE ANTERIOR. COMUMENTE, EU ESCREVO “O HOMEM”, COM H MAIÚSCULO NO SENTIDO DE HUMANIDADE. PORÉM, DIANTE DE TANTOS QUESTIONAMENTOS ME PUS A REFLETIR E CONCLUIR QUE ISSO TEM RELAÇÃO COM OS PRODUTORES DE NOSSO CONHECIMENTO, OS QUAIS EM GRANDE MAIORIA SÃO HOMENS. ESSES PRODUTORES SE AUTO ENTITULARAM REPRESENTANTES DA HUMANIDADE, POR ISSO UTILIZARAM DA PALAVRA HOMEM NESSE SENTIDO. DECIDE ENTÃO PROSSEGUIR UTILIZANDO A PALAVRA HOMEM NO MESMO SENTIDO, PORÉM UTILIZANDO TAMBÉM A PALAVRA MULHER – COM M MAIÚSCULO – NO MESMO SENTIDO QUE A PALAVRA HOMEM. ACHO QUE ISSO É UMA FORMA DE SER DEMOCRATICO. OS DOIS COM O MESMO SENTIDO, OS DOIS COMO SINÔNIMOS.
  • 16. 15/06/2017 ESTOU TRISTE. O DIÁRIO É UM ESPAÇO PARA SE DISCUTIR QUALQUER COISA. TODAVIA, ESSE DIÁRIO TEM UM PROPÓSITO EXPECIFICO, VINCULAR OS CONTEÚDOS DAS AULAS. MESMO ASSIM, O MEU ESTÁ TRISTE TEM RELAÇÃO COM UM DOS ASSUNTOS ABORDADOS. ESTOU TRISTE PORQUE NÃO TOMEI O REMÉDIO. NÃO FOI PORQUE NÃO TOMEI O REMÉDIO, MAS A FALTA DELE NO MEU CORPO ACARRETOU NESSA TRISTEZA. ISSO LEMBRA UM ASSUNTO TRABALHO NO VÍDEO CORPO E INTENSIDADE. HÉLIA BORGES DISCUTE O CONCEITO DE CORPO INTESIVO. ESSE CORPO INTENSIVO CORRESPONDE AO INDIVÍDUO, A JUNÇÃO DO BIOLOGICO COM O PSICOLÓGICO. O BILOGICO INTERFERE NO PSICOLÓGICO E VICE VERSA. MAS, AFINAL, O QUE ISSO TEM A VER COM A MINHA TRISTEZA? O MEU BIOLÓGICO ESTÁ INTERFERINDO NO MEU PSICOLOGICO. NA VERDADE, EM QUALQUER INDIVIDUO, O BIOLÓGICO INTERFERE NO PSICOLOGICO, E O INVERSO É VERDADEIRO.
  • 17. 22/06/2017 UM DIA, PENSEI EM UTILIZAR A EXPRESSÃO POPULAR “MINHA NEGA” COM UMA DETERMINADA PESSOA. PORÉM, FIQUEI INQUIETO COM A PALAVRA “NEGA”. COMECEI A ME PERGUNTAR: “POR QUE NEGA?” ENTÃO, PENSEI NO PERÍODO COLONIAL. NESSE PERÍODO, ERA COMUM OS SENHORES DE ESCRAVO ABUSAREM SEXUALMENTE DAS ESCRAVAS. ENTÃO, CHEGUEI A CONCLUSÃO DE QUE QUEM USAVA ESSA EXPRESSÃO, OU SIMILARES, NESSE PERÍODO, ERA ESSA CLASSE. PORTANTO, É BOM EVITAR.
  • 18. 29/06/2017 ESTAVA PENSANDO SOBRE UM FATO QUE OCORREU COMIGO E COM MINHA MÃE. UM DIA, MINHA MÃE PEDIU PARA QUE EU PARAFUSASSE UMA ASTE NO QUARDA ROUPA. EU FIQUEI PENSANDO O PORQUÊ DELA NÃO FAZER ISSO, JÁ QUE ERA ALGO TÃO SIMPLE. ENTÃO ME RECORDEI DO PAPEL DO HOMEM NA SOCIEDADE BRASILEIRA. ESSE PAPEL ESTÁ LIGADO A TAIS TIPOS DE ATIVIDADES, COMO CONCERTAR UM MÓVEL QUEBRADO, PINTAR A CASA OU ALGO SEMELHANTE, ENQUANTO A MULHER APENAS CUIDA DA CASA LAVANDO OS PRATOS, COZINHANDO E ETC. ESSE PAPEL DO HOMEM TAMBÉM É VISTO EM FILMES. NA MINHA INFÂNCIA (2000 – 2007) ERA COMUM ASSISTIR FILMES EM QUE NUMA FAMÍLIA O PAPEL DO HOMEM ERA REALIZAR ATIVIDADES COMO CONCERTAR OBJETOS QUEBRADOS DA CASA, LAVAR O CARRO, OU SER A PESSOA QUE TRABALHA NUMA EMPRESA.
  • 19. SEMPRE O HOMEM TENDO O PAPEL DE CHEFE DA FAMÍLIA. MAS, VOCÊ PENSA QUE ISSO É COISA DA MINHA CABEÇA, E QUE AQUELE FATO NÃO REPRESENTA O PATRIACALISMO PRESENTE EM NOSSA SOCIEDADE. TODAVIA, VOCÊ LEITOR NÃO SABIA QUE MUITAS VEZES MINHA MÃE DIZ EU SOU O HOMEM DA CASA, ISSO QUANDO O MEU PAI ESTÁ FORA DE CASA. ESSA IDEIA DE “HOMEM DA CASA” É UMA IDEIA PATRIARCAL. ELA INDICA QUE O HOMEM É O REPONSÁVEL PELA CASA E TODA A FAMÍLIA. POR QUE UMA MULHER NÃO PODE ASSUMIR ESSE PAPEL MESMO ESTANDO UM HOMEM EM CASA? ISSO É ALGO A SER PENSADO.
  • 20. 29/06/2017 ASSISTI O VÍDEO DE BUNKER ROY, FALANDO SOBRE A UNIVERSIDADE DOS PÉS DESCALÇOS. A ATITUDE DESSE HOMEM SE ASSEMELHA A DE UM PASTOR, EZRA MÁ. ELE É FORMADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA, E CHEGOU A TRABALHAR NA NASA. CONTUDO ELE DEIXOU SEU EMPREGO PARA TRABALHAR NUMA IGREJA. AS ATITUDES DELES FORAM EM PROL DE UMA IDEIA, DE AUXILIAR O PRÓXIMO, UM ATRAVÉS DA UNIVERSIDADE E OUTRO ATRAVÉS DE UMA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA. APESAR DISSO FICO COM INVEJA DELES. INVEJA PORQUE ELES TIVERAM UMA OPORTUNIDADE QUE EU NÃO TIVE, E TANTO QUERIA NO ENTANTO, ENTRO EM CONFLITO, PORQUE ACHO QUE EU ME PERDERIA NESSE MUNDO SE TIVESSE TIDO AS MESMAS OPORTUNIDADES QUE ELES TIVERAM. EU ESTUDEI NUMA BOA ESCOLA ATRAVÉS DE UM PROGRAMA CHAMADO EDUCA MAIS BRASIL. SE NÃO FOSSE ISSO, EU TERIA ENTRADO NO ENSINO PÚBLICO. NAQUELA INSTITUIÇÃO, EU CONVIVI COM PESSOAS QUE TINHAM UMA CONDIÇÃO FINANCEIRA MUITO BOA, JUSTAMENTE POR
  • 21. CAUSA DISSO, ELES DESPREZAVAM O CONHECIMENTO. NÃO LIGAVAM PARA AS AULAS E NEM PARA OS PROFESSORES. MUITOS DIZIAM “MEU PAI PAGA A UNIVERSIDADE”, EU NÃO TINHA CONDIÇÕES DE DIZER ISSO. PORÉM, O QUE MAIS ME SURPREENDIA, ERA O DESPREZO POR PARTE DE ALGUNS PELO CONHECIMENTO, ALGO QUE ESTAVA PARA ELES MAIS PRÓXIMO DO QUE PARA MIM. POR ISSO, SEMPRE QUE EU PENSO “E SE EU TIVESSE NASCIDO NUMA FAMÍLIA COM CONDIÇÃO ECONÔMICA MAIOR, O QUE TERIA OCORRIDO?” EU FICO COM MEDO, MEDO DE TER ME TORNAR ALGUÉM QUE DESPREZA O CONHECIMENTO. POR ISSO, CHEGO A COCNLUSÃO QUE POR MAIS QUE EU NÃO TENHA MUITO DINHEIRO, EU TENHO ALGO QUE VALE MAIS, O AMOR AO CONHECIMENTO.
  • 22. 13/07/2017 HOJE EU ESTAVA ANSIOSO E POR ISSO ESTAVA NERVOSO. A CAUSA DA MINHA ANSIEDADE ERA A FALTA DO REMÉDIO. TINHA FICADO DOIS DIAS SEM TOMA-LO. PORÉM, ISSO FOI PROPOSITAL. O REMÉDIO ESTÁ CABANDO E A CONSULTA É APENAS NO DIA PRIMEIRO DE AGOSTO. TENHO APENAS SEIS COMPRIMIDOS, SENDO QUE TENHO QUE O TOMAR DIARIAMENTE. PARA ABAIXAR ESSA ANSIEDADE, RESOLVI FAZER OS EXERCÍCIOS PROPOSTOS EM SALA. PARA O LEITO QUE NUNCA FOI À UMA AULA DE SEBIANE, SAIBA QUE OS EXERCÍCIOS OS QUAIS ME REFIRO SÃO EXERCÍCIOS FÍSICOS. FIZ A POSIÇÃO DA COBRA, DO CACHORRO, APOSIÇÃO DE DESCANSO ( A MINHA PREFERIDA), REPRESENTEI O CORPO-LÍNGUA E O CORPO-DENTE, E BATI NO MEU ROSTO UM POUCO. ALCAMEI-ME POR UM TEMPO.
  • 23. ASSITIR ALGUNS DOS VÍDEOS QUE O PROFESSOR PASSOU. ALGUNS DELES FALAVAM SOBRE A DISCRIMINAÇÃO RACIAL NO MÉXICO. UMA DAS ENTREVISTADAS FALA SOBRE O SETOR ARTÍSTICO. FUI PESQUISAR E PERCEBI QUE ISSO REALMENTE OCORRE. OS HOMENS TEM UM ROSTO QUADRADO E SÃO BASTANTE MUSCULOSOS E GERALMENTE BRANCO. NÃO VI UM TOTALMENTE PARDO, NEM NEGRO. AS MULHERES TAMBÉM, BRANCAS DE CABELO LISO, OU MORENAS BEM CLARO. EU VEJO ISSO MUITO NAS NOVELAS DO SBT. É QUASE TODO MUNDO BRANCO. TEM ALGUNS NEGROS, PARECENDO QUE SERVEM PARA DIZER QUE INCLUI TODAS AS RAÇAS. OS PROTAGONISTAS SÃO BRANCOS, TENDO ALGUMAS EXCEÇÕES.