SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Sales and Trade Marketing
Olá,
Um pouco sobre mim:
José Aparecido é formado em Marketing e Comunicação, um Profissional com conhecimento em
Vendas e Trade Marketing. Passou os últimos 16 anos na Empresa Bic, empresa com seu mix
entre Perfumaria, Papelaria e Armarinhos e ainda 3 anos de transição entre Grupo JBS e EBBA e
Doce Vida Alimentos, empresas que atuam no segmento de bebidas e alimentos. 18 anos de
experiência profissional em indústrias multinacionais, na área comercial , Vendas, e Trade
Marketing.
Período este que adquiriu pensamento estratégico com capacidade de gerar soluções criativas de
longo prazo, antecipar e reverter cenários, sendo persistente e disciplinado na busca de
resultados, expertise na estruturação e condução de negociações comerciais complexas.
Durante sua trajetória profissional, foi responsável pelo crescimento acima de dois dígitos nas
principais contas em que atuava, obtendo exclusividade em itens de Papelaria, Isqueiros e
Barbeadores em diversos canais de vendas.
Forte atuação na construção de relacionamento com distribuidores, atacadistas e
auto serviço, com foco em resultados e benefícios mútuos, com crescimento nas
contas de Auto Serviço em 25% e 20% no canal indireto (Distribuidores).
Expertise na elaboração Business Plan, estratégias comerciais e de inteligência de
mercado, com foco em desenvolvimento sustentável a médio e longo prazo.
Possui habilidades em negociação com uso de KPI's, possibilitando uma melhor
gestão de forecast, contratos maximizando recursos financeiros, vendas e
distribuição.
Elaborou e conduziu projetos importantes regionais e nacionais no varejo e B2B, que
tornou um diferencial competitivo para as Cias onde passou.
Estruturou sua área através de plano de negócios, pelo método CRM DASHBORD,
permitindo então reestruturar o mix em diversos canais, melhorando a distribuição
de novas categorias sem prejuízo ao Core Business.
Profissional com métodos, precisão e disciplinado, orientado por resultados.
Projeto de Go-To-Market, voltado ao varejo, distribuidores e consumidores, onde estes
recebem inteiramente grátis um pacote de vantagens, para organizar, expor, conhecer e
promover os produtos. Com este projeto foi possível suprir melhor as necessidades dos
consumidores, deixando o ponto de venda mais atrativo, convidativo e competitivo
gerando assim, mais negócios e aumento da lucratividade.
Uma consultoria especializada, onde os clientes recebiam: Treinamento técnico e Suporte
BIC para exposição de produtos, conforme os conceitos de Gerenciamento Por Categoria,
Ambientação da loja com material promocional “Aqui tem BIC”, através dos Agentes de
Serviços BIC, apresentação, direto nas lojas, das amostras dos lançamentos dos produtos,
antes da divulgação oficial, reorganização dos produtos de acordo com os conceitos de
Gerenciamento por Categorias, fornecimento de um manual de treinamento para os
balconistas da categoria de Papelarias, ambientação interna da loja e uniformes para os
balconistas, e muito mais...
Este Projeto foi o primeiro projeto de fidelização do Brasil para o segmento, recebeu
vários prêmios e foi referência para o setor.
Projeto Parceiro Bic
Projeto Bic Club | Programa de Relacionamento.
Programa de relacionamento voltado exclusivamente para clientes varejo, entre eles;
papelarias, bazares, armarinhos, loja de conveniência, padarias, banca de jornal Etc:, atendidos
diretamente pela Cia, através de agentes diretos e televendas.
Consiste na compra de mix, e cada item comprado do mix, gera pontos, denominados moeda
de troca, onde podem serem trocados por produtos eletrônicos e serviços, agregando valor ao
estabelecimento comercial.
O grande diferencial desse programa, além da troca dos pontos por produtos, podem ser
trocados também por serviços, muito requerido pelos clientes, e tem abrangência nacional.
Serviços como; Comunicação Visual, Sistema de Segurança, Consultoria de Negócios, "Ex:
Sebrae", Software de automatização, Uniformes para os funcionários, Treinamentos, Identidade
Visual e Brindes como a logo do cliente. Tudo isso para que ele possa promover melhor sua
marca, empresa e em contrapartida, distribuir melhor o mix da Cia representada.
Nesse programa, o cliente não precisa pagar nada, apenas adquirir o mix de produtos.
Programa este ganhador de prêmios pelo melhor programa de relacionamento para o
segmento, realmente um Club de vantagens.
Projetos de Go –To - Market |Distribuição - Broker.
Com o mercado cada vez mais exigente, as empresas buscam estarem mais alinhadas com seus clientes
e consumidores, com essa necessidade, nasce a estratégia de Go-To-Market. estratégia esta onde visa
entender, ouvir melhor e de forma mais eficiente, os consumidores e o mercado.
Dessa forma tronou-se importante que as organizações desenvolvam parcerias para ampliarem sua
representação comercial, envolvendo marcas e produtos. As grandes e pequenas empresas, vem
utilizando essa prática através de distribuidores ou canal indireto, dessa forma conseguem garantir
maior proximidade com seus clientes, maior competitividade e menores responsabilidades trabalhistas e
investimentos em novas instalações e logística.
A operação de vendas através do canal indireto tem efeitos positivo, desde que seja bem estruturado,
começando pelas políticas comerciais, escolha do distribuidor, capacitação da equipe de vendas, troca
de informações, cobertura geográfica, acompanhamento dos indicadores, importante enfatizar que deve
haver total sinergia, entre fabricantes, revendedores e distribuidores nomeados.
O canal indireto deve ser visto pelo cliente final como extensão da indústria, em proporcionar
comodidade, praticidade, disponibilidade e visibilidade aos produtos.
Apesar de parecer simples, esta operação para a cadeia de vendas é complexa, mas por se tratar de um
modelo exigido pelo mercado, necessita entre outras coisas, um profissional dedicado a atuação e
gerenciamento.
Contudo nasceu os projetos PED - programa de execução e distribuição e DEC - Distribuidor
especializado categorizado.
Um gestor de Vendas deve ter sobretudo coerência com a realidade do mercado e da empresa,
precisa ser ousado e desafiador, mas deve ser viável. O Plano de Vendas resulta no somatório de
vários planos menores construídos a partir de focos de mercado que desejamos atingir. O
principal desafio dos Executivos Comerciais é gerar um plano de vendas que contemple as
demandas da empresa e seja confiável e possível de ser implementado, mensurando os
resultados alcançados.
“Planejar é um ato de respeito com as pessoas que dependem de nós para atingir os seus
resultados”
Lembra a todo gestor de vendas qual é a sua responsabilidade sobre os resultados de vendas.
Se considerarmos que o desempenho de um vendedor está diretamente ligado a três condições
básicas quais sejam: saber o que fazer; saber como fazer e querer fazer, podemos verificar como o
planejamento é fundamental para que os resultados desejados sejam alcançados. Quando o
gerente de vendas define claramente o que espera dos seus vendedores está oportunizando que
as capacidades individuais sejam adequadas às demandas requeridas, que a motivação individual
seja identificada em cada tarefa e principalmente que o processo de avaliação do seu
desempenho esteja claro.
Resultados Alcançados
Incentivando e Motivando seu time.
Motivar vendedores é uma tarefa que envolve muito mais do que aquela famosa
palestra motivacional. Apesar de serem importantes e efetivas, por si só não
conseguirão os resultados esperados.
O trabalho de um gestor de vendas é justamente garantir que o time atinja os
melhores resultados possíveis. Essa inclusive é uma boa definição do papel do
líder: orientar as pessoas de forma a conseguir delas a sua melhor performance.
Existem vários estudos que determinam as principais forças motivadoras por trás
da performance de um vendedor: segurança, promoções, símbolos de status,
responsabilidades especiais, bom ambiente de trabalho e chances de
desenvolvimento pessoal e profissional. É inegável que um bom programa de
incentivos tem um grande poder de motivar a equipe a se superar e a aumentar
suas vendas.
“Mercado & Estratégia”
Até meados de 2014, estimava-se R$ 200 milhões de brasileiros e 1 milhão de varejos ativos, mas
existia muitas oportunidades para crescimento. Em estudo de mercado foi possível observar
outras formas de novos negócios, com o grande crescimento das redes sociais e tecnologia, surgiu
a necessidades de explorar melhor o E-Commerce dos clientes ou seja: ainda existe um mercador
pouco explorado que é o B2B, Corporativo, consumidores impotênciais como; Indústrias, Fábricas,
Escritórios, Transportadoras e ainda órgãos governamentais (Licitações).
Foi graças ao engajamento, trabalho em time com departamento de Marketing, Trade Marketing e
área comercial, que possibilitou a realização de vários trabalhos, onde houve aumento do mix,
melhor distribuição, divulgação das marcas, criação de novos departamentos, como grupo
multifuncional de vendas (Televendas) e departamento de novos negócios.
O mercado de B2B, gera por exemplo; parcerias com outras marcas e industrias, proporcionando
Cross Sampling, ou seja: experimentação dos produtos oferecidos, supri as necessidades da cadeia
de distribuição da nossa marca e agrega valor a outras marcas.
Com a lei de responsabilidade fiscal, sancionadas pelo governo, houve a abertura de um novo
mercado para as algumas industrias, no segmento de Personal Care, como de lâminas de barbear
e depilar, para serem usados no canal hospitalar para cirurgias, e o de material escolar, com a
utilização de canetas, lápis, lápis de cor, corretivos, marcadores, utilizados por milhões de alunos
por todo Brasil, além de atender as repartições públicas etc:.
B2B - Corporativo e Licitações
MERCHANDISING NO PONTO DE VENDA
Ter um bom produto, ótimo preço, boa distribuição e muita propaganda não será suficiente
para alavancar seus negócios se no “ponto de venda” seu concorrente atingir o consumidor
mais rápido e melhor que você.
As pesquisas mostram que 85% das compras são decididas dentro da loja na hora da compra,
o que tem levado muitas empresas a aumentar sua verba em merchandising para garantir
que todo seu esforço de meses em planejamento e divulgação não seja perdido naqueles
segundos finais no PDV em que o cliente leva para decidir se levará seu produto ou o do
concorrente.
É por isso que o merchandising no ponto de venda, continua sendo um poderoso aliado para
o marketing de qualquer marca. Ele permite algo que a internet ainda não foi capaz de
proporcionar: a experiência do cliente através dos seus cinco sentidos (visão, audição, tato,
paladar e olfato).
Algumas visões abordam que o cliente pesquisa e escolhe online para concretizar a compra
no espaço físico, mas quem lida com o PDV tem outra interpretação, bem mais positiva:
nenhuma decisão tomada no ambiente da internet é irreversível. Ela é passível de mudança e
o merchandising entra aí como a chave que permite a atração, conhecimento e conversão.
Merchandising no ponto de venda
Marcas e empresas, investem em merchandising no ponto de venda e estão em constante
competição a fim de conquistar e aumentar a sua fatia de mercado. Afinal, o que seria de
um negócio se não houvesse a vontade de vender mais — e melhor? É para isso que são
criadas inúmeros materiais de ponto de venda que façam com que o seu produto, a sua
marca, se destaque no ponto de venda frente às demais.
Quem lida com as estratégias e decisões para a exposição de marca entendem bem que não
adianta apenas chegar no PDV, entregar um display, sentar e esperar que as ações se façam
sozinhas. É um trabalho árduo. É preciso pensar, planejar e executar com muito cuidado,
com foco direto e constante no cliente e no seu produto, por isso a importância do
profissional de vendas sempre link com Trade.
A importância da participação em feiras e eventos para a empresa.
Todo profissional de vendas sabe que, para manter a sua empresa crescendo, é importante
expor a sua marca, buscar novos contatos e possibilidades de negócio, além de ficar de
olho na concorrência. Existem momentos em que é possível fazer tudo isso de uma vez só,
como em feiras e em eventos empresariais.
Em geral, feiras são eventos disputadíssimos e com um grande público rotativo. Ou seja,
são excelentes oportunidades para fazer com que mais pessoas, que ainda não conhecem
a sua empresa, fazê-lo.
Antes de tudo, feiras e eventos são momentos dedicados ao encontro. Nesses locais, você
tem a oportunidade de conhecer novos clientes, como falamos no tópico anterior.
Também tem a oportunidade de ter acesso direto a fornecedores e possíveis parceiros em
negócios e em investimentos. Por isso, é importante aproveitá-la para ir de encontro aos
seus colegas expositores, procurar aqueles que possam ter uma maior interação com você
e fazer contato.
Treinamentos
Treinamentos é de suma importância para o conhecimento dos produtos, e
de estratégia comercial para o desenvolvimento da Cia e do mercado em que
se atua.
Nossos parceiro e clientes, são nossa segunda força de vendas, precisam se
sentir como se fosse nossos funcionários, uma extensão da indústria
CONTATOS
https://br.linkedin.com/pub/josé-aparecido-silva/2b/b24/928
http://facebook.com/joseaparecido.silva.3194
Cell + 55 11 9 50394839
Email: jafilho365@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estratégia de um produto intangível
Estratégia de um produto intangívelEstratégia de um produto intangível
Estratégia de um produto intangível
Conceição Moraes
 
Manifesto do marketing_de_relacionamento
Manifesto do marketing_de_relacionamentoManifesto do marketing_de_relacionamento
Manifesto do marketing_de_relacionamento
Israel Degasperi
 
Apostila plano de marketingmkt001.v1.2
Apostila plano de marketingmkt001.v1.2Apostila plano de marketingmkt001.v1.2
Apostila plano de marketingmkt001.v1.2
webone
 
Campo de Marketing
Campo de MarketingCampo de Marketing
Campo de Marketing
RuanOliveira
 
Utilizando Marketing de Relacionamento e Customer Relationship Management (CR...
Utilizando Marketing de Relacionamento e Customer Relationship Management (CR...Utilizando Marketing de Relacionamento e Customer Relationship Management (CR...
Utilizando Marketing de Relacionamento e Customer Relationship Management (CR...
Universidade de São Paulo (EEL USP)
 

Mais procurados (20)

Do something - Guia Prático de Fidelização
Do something - Guia Prático de FidelizaçãoDo something - Guia Prático de Fidelização
Do something - Guia Prático de Fidelização
 
Campo de Marketing
Campo de MarketingCampo de Marketing
Campo de Marketing
 
Remuneração de agências
Remuneração de agênciasRemuneração de agências
Remuneração de agências
 
Pesquisa agências digitais
Pesquisa agências digitaisPesquisa agências digitais
Pesquisa agências digitais
 
Marketing relacionamento conteúdo cãndido mendes
Marketing relacionamento conteúdo cãndido mendesMarketing relacionamento conteúdo cãndido mendes
Marketing relacionamento conteúdo cãndido mendes
 
Introdução ao Marketing Relacional
Introdução ao Marketing RelacionalIntrodução ao Marketing Relacional
Introdução ao Marketing Relacional
 
Canais de distribuição e vendas k otler & kellner - canais
Canais de distribuição e vendas   k otler & kellner - canaisCanais de distribuição e vendas   k otler & kellner - canais
Canais de distribuição e vendas k otler & kellner - canais
 
Arq idvol 17-1339725441
Arq idvol 17-1339725441Arq idvol 17-1339725441
Arq idvol 17-1339725441
 
Aula 08 - CRM / Prof. Rodrigo Sávio
Aula 08 - CRM / Prof. Rodrigo SávioAula 08 - CRM / Prof. Rodrigo Sávio
Aula 08 - CRM / Prof. Rodrigo Sávio
 
Atps relacionamento com o consumidor
Atps relacionamento com o consumidorAtps relacionamento com o consumidor
Atps relacionamento com o consumidor
 
Estratégia de um produto intangível
Estratégia de um produto intangívelEstratégia de um produto intangível
Estratégia de um produto intangível
 
Marketing De Relacionamento
Marketing De RelacionamentoMarketing De Relacionamento
Marketing De Relacionamento
 
Manifesto do marketing_de_relacionamento
Manifesto do marketing_de_relacionamentoManifesto do marketing_de_relacionamento
Manifesto do marketing_de_relacionamento
 
Apostila plano de marketingmkt001.v1.2
Apostila plano de marketingmkt001.v1.2Apostila plano de marketingmkt001.v1.2
Apostila plano de marketingmkt001.v1.2
 
Marketeria Apresentação-Br
Marketeria Apresentação-BrMarketeria Apresentação-Br
Marketeria Apresentação-Br
 
Campo de Marketing
Campo de MarketingCampo de Marketing
Campo de Marketing
 
Utilizando Marketing de Relacionamento e Customer Relationship Management (CR...
Utilizando Marketing de Relacionamento e Customer Relationship Management (CR...Utilizando Marketing de Relacionamento e Customer Relationship Management (CR...
Utilizando Marketing de Relacionamento e Customer Relationship Management (CR...
 
Panorama das agncias_digitais
Panorama das agncias_digitaisPanorama das agncias_digitais
Panorama das agncias_digitais
 
marketing relacional
marketing relacionalmarketing relacional
marketing relacional
 
Publicdade e propaganda iv campanhas e tipos de remuneração
Publicdade e propaganda iv  campanhas e tipos de remuneraçãoPublicdade e propaganda iv  campanhas e tipos de remuneração
Publicdade e propaganda iv campanhas e tipos de remuneração
 

Semelhante a Currículo Aparecido portfólio 2017

Holding Up ApresentaçãO Do Grupo
Holding Up   ApresentaçãO Do GrupoHolding Up   ApresentaçãO Do Grupo
Holding Up ApresentaçãO Do Grupo
garcilio
 
apresentação AGAINSTIME
apresentação AGAINSTIMEapresentação AGAINSTIME
apresentação AGAINSTIME
Soraia Amorim
 
apresentação empres
apresentação empresapresentação empres
apresentação empres
Soraia Amorim
 
Marketing e Recursos Humanos
Marketing e Recursos HumanosMarketing e Recursos Humanos
Marketing e Recursos Humanos
Thiago Meira
 

Semelhante a Currículo Aparecido portfólio 2017 (20)

1 apresentação exito
1 apresentação exito1 apresentação exito
1 apresentação exito
 
Branding Trilhos Publicidade & Marketing
Branding Trilhos Publicidade & MarketingBranding Trilhos Publicidade & Marketing
Branding Trilhos Publicidade & Marketing
 
Marketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digitalMarketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digital
 
Template site
Template siteTemplate site
Template site
 
O guia-do-marketing-digital-para-iniciantes
O guia-do-marketing-digital-para-iniciantesO guia-do-marketing-digital-para-iniciantes
O guia-do-marketing-digital-para-iniciantes
 
Os desafios do Branding no mercado digital
Os desafios do Branding no mercado digitalOs desafios do Branding no mercado digital
Os desafios do Branding no mercado digital
 
[Marketplace Conference 2020| Live Edition] Planejamento de campanhas digitai...
[Marketplace Conference 2020| Live Edition] Planejamento de campanhas digitai...[Marketplace Conference 2020| Live Edition] Planejamento de campanhas digitai...
[Marketplace Conference 2020| Live Edition] Planejamento de campanhas digitai...
 
[Chebante Brand Strategy] Apresentação Institucional & Casos de sucesso.
[Chebante Brand Strategy] Apresentação Institucional & Casos de sucesso.[Chebante Brand Strategy] Apresentação Institucional & Casos de sucesso.
[Chebante Brand Strategy] Apresentação Institucional & Casos de sucesso.
 
Aula 03 empreendedorismo
Aula 03 empreendedorismoAula 03 empreendedorismo
Aula 03 empreendedorismo
 
Holding Up ApresentaçãO Do Grupo
Holding Up   ApresentaçãO Do GrupoHolding Up   ApresentaçãO Do Grupo
Holding Up ApresentaçãO Do Grupo
 
apresentação AGAINSTIME
apresentação AGAINSTIMEapresentação AGAINSTIME
apresentação AGAINSTIME
 
apresentação empres
apresentação empresapresentação empres
apresentação empres
 
Marketing pizzopack ebook
Marketing pizzopack ebookMarketing pizzopack ebook
Marketing pizzopack ebook
 
NWMídia Consultoria para a Economia Digital
NWMídia Consultoria para a Economia DigitalNWMídia Consultoria para a Economia Digital
NWMídia Consultoria para a Economia Digital
 
6 dicas pra você alavancar sua estratégia de Marketing digital
6 dicas pra você alavancar sua estratégia de Marketing digital6 dicas pra você alavancar sua estratégia de Marketing digital
6 dicas pra você alavancar sua estratégia de Marketing digital
 
Marketing e Recursos Humanos
Marketing e Recursos HumanosMarketing e Recursos Humanos
Marketing e Recursos Humanos
 
Marketing Empresarial
Marketing EmpresarialMarketing Empresarial
Marketing Empresarial
 
Marketing digital para e-commerce: como atrair mais clientes e alavancar seu ...
Marketing digital para e-commerce: como atrair mais clientes e alavancar seu ...Marketing digital para e-commerce: como atrair mais clientes e alavancar seu ...
Marketing digital para e-commerce: como atrair mais clientes e alavancar seu ...
 
Módulo 1- PEV- Programa de Excelência de Vendas
Módulo 1- PEV- Programa de Excelência de Vendas Módulo 1- PEV- Programa de Excelência de Vendas
Módulo 1- PEV- Programa de Excelência de Vendas
 
Marketing alternativo? Existe muito mais do que só Google...
Marketing alternativo? Existe muito mais do  que só Google...Marketing alternativo? Existe muito mais do  que só Google...
Marketing alternativo? Existe muito mais do que só Google...
 

Currículo Aparecido portfólio 2017

  • 1. Sales and Trade Marketing Olá, Um pouco sobre mim: José Aparecido é formado em Marketing e Comunicação, um Profissional com conhecimento em Vendas e Trade Marketing. Passou os últimos 16 anos na Empresa Bic, empresa com seu mix entre Perfumaria, Papelaria e Armarinhos e ainda 3 anos de transição entre Grupo JBS e EBBA e Doce Vida Alimentos, empresas que atuam no segmento de bebidas e alimentos. 18 anos de experiência profissional em indústrias multinacionais, na área comercial , Vendas, e Trade Marketing. Período este que adquiriu pensamento estratégico com capacidade de gerar soluções criativas de longo prazo, antecipar e reverter cenários, sendo persistente e disciplinado na busca de resultados, expertise na estruturação e condução de negociações comerciais complexas. Durante sua trajetória profissional, foi responsável pelo crescimento acima de dois dígitos nas principais contas em que atuava, obtendo exclusividade em itens de Papelaria, Isqueiros e Barbeadores em diversos canais de vendas.
  • 2. Forte atuação na construção de relacionamento com distribuidores, atacadistas e auto serviço, com foco em resultados e benefícios mútuos, com crescimento nas contas de Auto Serviço em 25% e 20% no canal indireto (Distribuidores). Expertise na elaboração Business Plan, estratégias comerciais e de inteligência de mercado, com foco em desenvolvimento sustentável a médio e longo prazo. Possui habilidades em negociação com uso de KPI's, possibilitando uma melhor gestão de forecast, contratos maximizando recursos financeiros, vendas e distribuição. Elaborou e conduziu projetos importantes regionais e nacionais no varejo e B2B, que tornou um diferencial competitivo para as Cias onde passou. Estruturou sua área através de plano de negócios, pelo método CRM DASHBORD, permitindo então reestruturar o mix em diversos canais, melhorando a distribuição de novas categorias sem prejuízo ao Core Business. Profissional com métodos, precisão e disciplinado, orientado por resultados.
  • 3. Projeto de Go-To-Market, voltado ao varejo, distribuidores e consumidores, onde estes recebem inteiramente grátis um pacote de vantagens, para organizar, expor, conhecer e promover os produtos. Com este projeto foi possível suprir melhor as necessidades dos consumidores, deixando o ponto de venda mais atrativo, convidativo e competitivo gerando assim, mais negócios e aumento da lucratividade. Uma consultoria especializada, onde os clientes recebiam: Treinamento técnico e Suporte BIC para exposição de produtos, conforme os conceitos de Gerenciamento Por Categoria, Ambientação da loja com material promocional “Aqui tem BIC”, através dos Agentes de Serviços BIC, apresentação, direto nas lojas, das amostras dos lançamentos dos produtos, antes da divulgação oficial, reorganização dos produtos de acordo com os conceitos de Gerenciamento por Categorias, fornecimento de um manual de treinamento para os balconistas da categoria de Papelarias, ambientação interna da loja e uniformes para os balconistas, e muito mais... Este Projeto foi o primeiro projeto de fidelização do Brasil para o segmento, recebeu vários prêmios e foi referência para o setor. Projeto Parceiro Bic
  • 4. Projeto Bic Club | Programa de Relacionamento. Programa de relacionamento voltado exclusivamente para clientes varejo, entre eles; papelarias, bazares, armarinhos, loja de conveniência, padarias, banca de jornal Etc:, atendidos diretamente pela Cia, através de agentes diretos e televendas. Consiste na compra de mix, e cada item comprado do mix, gera pontos, denominados moeda de troca, onde podem serem trocados por produtos eletrônicos e serviços, agregando valor ao estabelecimento comercial. O grande diferencial desse programa, além da troca dos pontos por produtos, podem ser trocados também por serviços, muito requerido pelos clientes, e tem abrangência nacional. Serviços como; Comunicação Visual, Sistema de Segurança, Consultoria de Negócios, "Ex: Sebrae", Software de automatização, Uniformes para os funcionários, Treinamentos, Identidade Visual e Brindes como a logo do cliente. Tudo isso para que ele possa promover melhor sua marca, empresa e em contrapartida, distribuir melhor o mix da Cia representada. Nesse programa, o cliente não precisa pagar nada, apenas adquirir o mix de produtos. Programa este ganhador de prêmios pelo melhor programa de relacionamento para o segmento, realmente um Club de vantagens.
  • 5. Projetos de Go –To - Market |Distribuição - Broker. Com o mercado cada vez mais exigente, as empresas buscam estarem mais alinhadas com seus clientes e consumidores, com essa necessidade, nasce a estratégia de Go-To-Market. estratégia esta onde visa entender, ouvir melhor e de forma mais eficiente, os consumidores e o mercado. Dessa forma tronou-se importante que as organizações desenvolvam parcerias para ampliarem sua representação comercial, envolvendo marcas e produtos. As grandes e pequenas empresas, vem utilizando essa prática através de distribuidores ou canal indireto, dessa forma conseguem garantir maior proximidade com seus clientes, maior competitividade e menores responsabilidades trabalhistas e investimentos em novas instalações e logística. A operação de vendas através do canal indireto tem efeitos positivo, desde que seja bem estruturado, começando pelas políticas comerciais, escolha do distribuidor, capacitação da equipe de vendas, troca de informações, cobertura geográfica, acompanhamento dos indicadores, importante enfatizar que deve haver total sinergia, entre fabricantes, revendedores e distribuidores nomeados. O canal indireto deve ser visto pelo cliente final como extensão da indústria, em proporcionar comodidade, praticidade, disponibilidade e visibilidade aos produtos. Apesar de parecer simples, esta operação para a cadeia de vendas é complexa, mas por se tratar de um modelo exigido pelo mercado, necessita entre outras coisas, um profissional dedicado a atuação e gerenciamento. Contudo nasceu os projetos PED - programa de execução e distribuição e DEC - Distribuidor especializado categorizado.
  • 6. Um gestor de Vendas deve ter sobretudo coerência com a realidade do mercado e da empresa, precisa ser ousado e desafiador, mas deve ser viável. O Plano de Vendas resulta no somatório de vários planos menores construídos a partir de focos de mercado que desejamos atingir. O principal desafio dos Executivos Comerciais é gerar um plano de vendas que contemple as demandas da empresa e seja confiável e possível de ser implementado, mensurando os resultados alcançados. “Planejar é um ato de respeito com as pessoas que dependem de nós para atingir os seus resultados” Lembra a todo gestor de vendas qual é a sua responsabilidade sobre os resultados de vendas. Se considerarmos que o desempenho de um vendedor está diretamente ligado a três condições básicas quais sejam: saber o que fazer; saber como fazer e querer fazer, podemos verificar como o planejamento é fundamental para que os resultados desejados sejam alcançados. Quando o gerente de vendas define claramente o que espera dos seus vendedores está oportunizando que as capacidades individuais sejam adequadas às demandas requeridas, que a motivação individual seja identificada em cada tarefa e principalmente que o processo de avaliação do seu desempenho esteja claro. Resultados Alcançados
  • 7. Incentivando e Motivando seu time. Motivar vendedores é uma tarefa que envolve muito mais do que aquela famosa palestra motivacional. Apesar de serem importantes e efetivas, por si só não conseguirão os resultados esperados. O trabalho de um gestor de vendas é justamente garantir que o time atinja os melhores resultados possíveis. Essa inclusive é uma boa definição do papel do líder: orientar as pessoas de forma a conseguir delas a sua melhor performance. Existem vários estudos que determinam as principais forças motivadoras por trás da performance de um vendedor: segurança, promoções, símbolos de status, responsabilidades especiais, bom ambiente de trabalho e chances de desenvolvimento pessoal e profissional. É inegável que um bom programa de incentivos tem um grande poder de motivar a equipe a se superar e a aumentar suas vendas.
  • 8. “Mercado & Estratégia” Até meados de 2014, estimava-se R$ 200 milhões de brasileiros e 1 milhão de varejos ativos, mas existia muitas oportunidades para crescimento. Em estudo de mercado foi possível observar outras formas de novos negócios, com o grande crescimento das redes sociais e tecnologia, surgiu a necessidades de explorar melhor o E-Commerce dos clientes ou seja: ainda existe um mercador pouco explorado que é o B2B, Corporativo, consumidores impotênciais como; Indústrias, Fábricas, Escritórios, Transportadoras e ainda órgãos governamentais (Licitações). Foi graças ao engajamento, trabalho em time com departamento de Marketing, Trade Marketing e área comercial, que possibilitou a realização de vários trabalhos, onde houve aumento do mix, melhor distribuição, divulgação das marcas, criação de novos departamentos, como grupo multifuncional de vendas (Televendas) e departamento de novos negócios. O mercado de B2B, gera por exemplo; parcerias com outras marcas e industrias, proporcionando Cross Sampling, ou seja: experimentação dos produtos oferecidos, supri as necessidades da cadeia de distribuição da nossa marca e agrega valor a outras marcas. Com a lei de responsabilidade fiscal, sancionadas pelo governo, houve a abertura de um novo mercado para as algumas industrias, no segmento de Personal Care, como de lâminas de barbear e depilar, para serem usados no canal hospitalar para cirurgias, e o de material escolar, com a utilização de canetas, lápis, lápis de cor, corretivos, marcadores, utilizados por milhões de alunos por todo Brasil, além de atender as repartições públicas etc:.
  • 9. B2B - Corporativo e Licitações
  • 10. MERCHANDISING NO PONTO DE VENDA Ter um bom produto, ótimo preço, boa distribuição e muita propaganda não será suficiente para alavancar seus negócios se no “ponto de venda” seu concorrente atingir o consumidor mais rápido e melhor que você. As pesquisas mostram que 85% das compras são decididas dentro da loja na hora da compra, o que tem levado muitas empresas a aumentar sua verba em merchandising para garantir que todo seu esforço de meses em planejamento e divulgação não seja perdido naqueles segundos finais no PDV em que o cliente leva para decidir se levará seu produto ou o do concorrente. É por isso que o merchandising no ponto de venda, continua sendo um poderoso aliado para o marketing de qualquer marca. Ele permite algo que a internet ainda não foi capaz de proporcionar: a experiência do cliente através dos seus cinco sentidos (visão, audição, tato, paladar e olfato). Algumas visões abordam que o cliente pesquisa e escolhe online para concretizar a compra no espaço físico, mas quem lida com o PDV tem outra interpretação, bem mais positiva: nenhuma decisão tomada no ambiente da internet é irreversível. Ela é passível de mudança e o merchandising entra aí como a chave que permite a atração, conhecimento e conversão.
  • 11. Merchandising no ponto de venda Marcas e empresas, investem em merchandising no ponto de venda e estão em constante competição a fim de conquistar e aumentar a sua fatia de mercado. Afinal, o que seria de um negócio se não houvesse a vontade de vender mais — e melhor? É para isso que são criadas inúmeros materiais de ponto de venda que façam com que o seu produto, a sua marca, se destaque no ponto de venda frente às demais. Quem lida com as estratégias e decisões para a exposição de marca entendem bem que não adianta apenas chegar no PDV, entregar um display, sentar e esperar que as ações se façam sozinhas. É um trabalho árduo. É preciso pensar, planejar e executar com muito cuidado, com foco direto e constante no cliente e no seu produto, por isso a importância do profissional de vendas sempre link com Trade.
  • 12. A importância da participação em feiras e eventos para a empresa. Todo profissional de vendas sabe que, para manter a sua empresa crescendo, é importante expor a sua marca, buscar novos contatos e possibilidades de negócio, além de ficar de olho na concorrência. Existem momentos em que é possível fazer tudo isso de uma vez só, como em feiras e em eventos empresariais. Em geral, feiras são eventos disputadíssimos e com um grande público rotativo. Ou seja, são excelentes oportunidades para fazer com que mais pessoas, que ainda não conhecem a sua empresa, fazê-lo. Antes de tudo, feiras e eventos são momentos dedicados ao encontro. Nesses locais, você tem a oportunidade de conhecer novos clientes, como falamos no tópico anterior. Também tem a oportunidade de ter acesso direto a fornecedores e possíveis parceiros em negócios e em investimentos. Por isso, é importante aproveitá-la para ir de encontro aos seus colegas expositores, procurar aqueles que possam ter uma maior interação com você e fazer contato.
  • 13. Treinamentos Treinamentos é de suma importância para o conhecimento dos produtos, e de estratégia comercial para o desenvolvimento da Cia e do mercado em que se atua. Nossos parceiro e clientes, são nossa segunda força de vendas, precisam se sentir como se fosse nossos funcionários, uma extensão da indústria