SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Conservação da Biodiversidade
em Espaço Urbano
MCAP
Sara Lima Nº1501551
Biodiversidade Urbana
Segundo Muller (2010) entende-se a biodiversidade urbana como sendo a riqueza
específica dos organismos, incluindo a variação genética e a diversidade de habitats
dentro das áreas urbanas e nas zonas limítrofes.
As cidades possuem um grande número de habitats naturais, sendo estes
caracterizados por uma elevada complexidade e diversidade biológica.
Tanto a cultura, como os comportamentos e atividades humanas influenciam a
biodiversidade urbana, além de que os habitats urbanos são variados.
Áreas Urbanas
• Área urbana pode-se definir como o conjunto de diferentes usos da terra
justapostos entre si;
• Apenas 3% do uso do solo é ocupado por áreas urbanos, contudo o impacto na
biodiversidade, no clima e nos recursos naturais é notório.
• Os consumos de recursos naturais e o aumento da emissão de gases com efeito de
estufa, está a aumentar drasticamente nas cidades.
• Mais de metade da população mundial vive em cidades e espera-se que até 2050,
mais de dois terços da população passe a viver em espaços urbanos;
• É notório o aumento de conflitos entre as populações e os habitats naturais.
Consequências do Processo de
Urbanização
• Alteração, destruição e fragmentação de habitats naturais, provocando a perda de
biodiversidade nativa que estava associada a esses habitats naturais e provocando
uma homogeneização do componente biótico devido à introdução de espécies
exóticas.
• Os efeitos da urbanização na biodiversidade variam com o grupo taxonómico e com
as condições ambientais e socioeconómicas afetando as comunidades vegetais, as
comunidades de aves, as comunidades de anfíbios, as comunidades de artrópodes e
a diversidade de bactérias e fungos existentes no solo.
Consequências do Processo de
Urbanização
• A perda de biodiversidade tem como consequências, o empobrecimento dos
solos, a sua erosão e desertificação e ainda a alteração climática.
• É também responsável pela alteração da estrutura e dinâmica das redes tróficas e
dos ecossistemas afetando a sustentabilidade dos serviços ecossistémicos, que
são fundamentais em espaço urbano pois são responsáveis pela saúde e bem-
estar do ser humano, sendo deste modo essenciais também para a resiliência e
para a sustentabilidade das zonas urbanas e das cidades.
A Importância dos Serviços Ecossistémicos
• Regulação do ciclo da água;
• Regulação climática;
• A diminuição da poluição sonora;
• Remoção do dióxido de carbono;
• Purificação do ar;
• Provimento de alimento;
• Lazer e recriação.
Tendo em conta o valor imensurável da biodiversidade, torna-se imperioso protege-la e
conserva-la, pois só assim o Homem conseguirá viver com qualidade, pois a biodiversidade
urbana, nomeadamente em espaços verdes e azuis é essencial para a saúde física e
psicológica da população humana.
É notória a urgência de se conservar a biodiversidade Urbana, pelos seus inúmeros
benefícios. Mas tal tarefa, não é assim tão simples, requer esforço e trabalho de
todos. Sendo assim torna-se necessário:
 Construir equipas de trabalho multidisciplinares, envolvendo as ciências sociais e
naturais;
 Planeamento Urbano;
 Elucidação das populações sobre esta temática, alertando-a para as
consequências da perda de biodiversidade;
 Apoio financeiro.
Como Conservar a Biodiversidade Urbana
Índice da Biodiversidade Urbana
O CBI (City Biodiversity Index) é uma ferramenta para ajudar as cidades a avaliar e a aferir
os seus esforços na conservação da biodiversidade. Tem como objetivos:
• medir a biodiversidade urbana;
• apoiar os governos nacionais e as autoridades locais na criação de pontos de referência
nos esforços de conservação da biodiversidade;
• auxiliar na avaliação do progresso na redução da taxa de perda de biodiversidade em
ecossistemas urbanos;
• ajudar a medir a pegada ecológica das cidades;
• ajudar a desenvolver diretrizes para preparar um Plano de Ação para a biodiversidade
das cidades.
Plano de Ação para a biodiversidade das
cidades
Este plano pretende alcançar três objetivos:
• a conservação da diversidade biológica;
• a utilização sustentável dos seus componentes;
• a partilha justa e equitativa dos benefícios provenientes da utilização dos
recursos genéticos.
Contudo, associado aos índices que estudam a biodiversidade urbana existem algumas
dificuldades, como o acesso a propriedades privadas, o apoio politico e financeiro por
parte das autoridades locais, e o custo elevado da componente mais prática dos
estudos em avaliação da Biodiversidade
Conclusão
O valor da biodiversidade é incalculável, e cada vez mais se verifica uma crescente
preocupação com a sua preservação e conservação.
Para isso, muito tem contribuído o aumento de estudos/investigação no sentido da
valorização dos espaços verdes, azuis e de todas as espécies que têm como habitat natural as
zonas urbanas no bem estar físico e mental dos seres humanos.
É notório o crescente número de programas/planos/estratégias que têm como finalidade
colmatar a perda da biodiversidade em ambiente urbano. Contudo é claro o papel decisivo
que o Homem desempenha nos mesmos, pois só se atingirá o sucesso pretendido se os
mesmos forem colocados em prática e para tal é necessário muito trabalho, força de vontade
e colaboração entre investigadores, decisores políticos e sociedade civil no geral.
Referências Bibliográficas
Gomez-Baggethun, E. & Barton, D.N. (2013) "Classifying and valuing ecosystem
services for urban planning", Ecological economics, 86: 235-245.
Farinha-Marques, P. et al. (2011) "Urban biodiversity: a review of current concepts
and concepts and contributions to multidisciplinary approaches", Innovation-The
European Journal of Social Science Research, 24 (3): 247-271.
TEEB – A Economia dos Ecossistemas e da Biodiversidade para Formuladores de
Políticas Locais e Regionais (2010).
Machado L. (2014). Aplicação do Índice de Biodiversidade Urbana na cidade do
Porto. Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.
Bacelar-Nicolau, P (2015) "Biodiversidade em espaço urbano"[Vídeo] Uab.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Rosa azevedo conservação_da_biodiversidade_em_espaço_urbano
Rosa azevedo conservação_da_biodiversidade_em_espaço_urbanoRosa azevedo conservação_da_biodiversidade_em_espaço_urbano
Rosa azevedo conservação_da_biodiversidade_em_espaço_urbanoRosa Azevedo
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisVitor Vieira Vasconcelos
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalVitor Vieira Vasconcelos
 
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópioPolíticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópioVictor Ha-Kã Azevedo
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisVitor Vieira Vasconcelos
 
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...CICI2011
 
Recursos Naturais, Serviços Ecossistêmicos e sua Valoração
Recursos Naturais, Serviços Ecossistêmicos e sua ValoraçãoRecursos Naturais, Serviços Ecossistêmicos e sua Valoração
Recursos Naturais, Serviços Ecossistêmicos e sua ValoraçãoVitor Vieira Vasconcelos
 
Avaliação de geografia territorialidade e paisagem
Avaliação de geografia territorialidade e paisagemAvaliação de geografia territorialidade e paisagem
Avaliação de geografia territorialidade e paisagemAtividades Diversas Cláudia
 
Serviços Ambientais Prestados Por Propriedades Rurais - Artigo
Serviços Ambientais Prestados Por Propriedades Rurais - ArtigoServiços Ambientais Prestados Por Propriedades Rurais - Artigo
Serviços Ambientais Prestados Por Propriedades Rurais - ArtigoElisane Almeida Pires
 
Modelo apresentação ciclo MAUI 2016
Modelo apresentação ciclo MAUI 2016Modelo apresentação ciclo MAUI 2016
Modelo apresentação ciclo MAUI 2016malanger
 
Biodiversidade em ambiente urbano a cidade de alcácer do sal
Biodiversidade em ambiente urbano   a cidade de alcácer do salBiodiversidade em ambiente urbano   a cidade de alcácer do sal
Biodiversidade em ambiente urbano a cidade de alcácer do salGaspar Pato
 
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...norivalfp
 
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013Reicla Larissa Villela
 
Resgate Cambui/Avaliação econômica das árvores viárias
Resgate Cambui/Avaliação econômica das árvores viárias Resgate Cambui/Avaliação econômica das árvores viárias
Resgate Cambui/Avaliação econômica das árvores viárias resgate cambui ong
 
111115103834 7b meio_ambiente_henry
111115103834 7b meio_ambiente_henry111115103834 7b meio_ambiente_henry
111115103834 7b meio_ambiente_henrycidadaoalerta
 
Ciências do Ambiente - Cap 1.1 - Conceitos básicos
Ciências do Ambiente - Cap 1.1 - Conceitos básicosCiências do Ambiente - Cap 1.1 - Conceitos básicos
Ciências do Ambiente - Cap 1.1 - Conceitos básicoselonvila
 
Artigo arborizacao urbana importancia e beneficios no planejamento ambienta...
Artigo   arborizacao urbana importancia e beneficios no planejamento ambienta...Artigo   arborizacao urbana importancia e beneficios no planejamento ambienta...
Artigo arborizacao urbana importancia e beneficios no planejamento ambienta...Emerson Regis Maciel
 
Conteúdo complementar de geografia 2º ano ensino médio
Conteúdo complementar de geografia 2º  ano ensino médioConteúdo complementar de geografia 2º  ano ensino médio
Conteúdo complementar de geografia 2º ano ensino médioAtividades Diversas Cláudia
 
Introduçao a ciência do ambiente 2014
Introduçao a ciência do ambiente 2014Introduçao a ciência do ambiente 2014
Introduçao a ciência do ambiente 2014Clovis Gurski
 

Mais procurados (20)

Rosa azevedo conservação_da_biodiversidade_em_espaço_urbano
Rosa azevedo conservação_da_biodiversidade_em_espaço_urbanoRosa azevedo conservação_da_biodiversidade_em_espaço_urbano
Rosa azevedo conservação_da_biodiversidade_em_espaço_urbano
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
 
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópioPolíticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
 
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
 
Recursos Naturais, Serviços Ecossistêmicos e sua Valoração
Recursos Naturais, Serviços Ecossistêmicos e sua ValoraçãoRecursos Naturais, Serviços Ecossistêmicos e sua Valoração
Recursos Naturais, Serviços Ecossistêmicos e sua Valoração
 
Avaliação de geografia territorialidade e paisagem
Avaliação de geografia territorialidade e paisagemAvaliação de geografia territorialidade e paisagem
Avaliação de geografia territorialidade e paisagem
 
Serviços Ambientais Prestados Por Propriedades Rurais - Artigo
Serviços Ambientais Prestados Por Propriedades Rurais - ArtigoServiços Ambientais Prestados Por Propriedades Rurais - Artigo
Serviços Ambientais Prestados Por Propriedades Rurais - Artigo
 
Modelo apresentação ciclo MAUI 2016
Modelo apresentação ciclo MAUI 2016Modelo apresentação ciclo MAUI 2016
Modelo apresentação ciclo MAUI 2016
 
Biodiversidade em ambiente urbano a cidade de alcácer do sal
Biodiversidade em ambiente urbano   a cidade de alcácer do salBiodiversidade em ambiente urbano   a cidade de alcácer do sal
Biodiversidade em ambiente urbano a cidade de alcácer do sal
 
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
 
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
 
Resgate Cambui/Avaliação econômica das árvores viárias
Resgate Cambui/Avaliação econômica das árvores viárias Resgate Cambui/Avaliação econômica das árvores viárias
Resgate Cambui/Avaliação econômica das árvores viárias
 
111115103834 7b meio_ambiente_henry
111115103834 7b meio_ambiente_henry111115103834 7b meio_ambiente_henry
111115103834 7b meio_ambiente_henry
 
Ciências do Ambiente - Cap 1.1 - Conceitos básicos
Ciências do Ambiente - Cap 1.1 - Conceitos básicosCiências do Ambiente - Cap 1.1 - Conceitos básicos
Ciências do Ambiente - Cap 1.1 - Conceitos básicos
 
Artigo arborizacao urbana importancia e beneficios no planejamento ambienta...
Artigo   arborizacao urbana importancia e beneficios no planejamento ambienta...Artigo   arborizacao urbana importancia e beneficios no planejamento ambienta...
Artigo arborizacao urbana importancia e beneficios no planejamento ambienta...
 
Apres workshop aterro 2010
Apres workshop aterro 2010Apres workshop aterro 2010
Apres workshop aterro 2010
 
Conteúdo complementar de geografia 2º ano ensino médio
Conteúdo complementar de geografia 2º  ano ensino médioConteúdo complementar de geografia 2º  ano ensino médio
Conteúdo complementar de geografia 2º ano ensino médio
 
Introduçao a ciência do ambiente 2014
Introduçao a ciência do ambiente 2014Introduçao a ciência do ambiente 2014
Introduçao a ciência do ambiente 2014
 

Semelhante a Conservação da biodiversidade em espaço urbano

Nuno Oliveira SPESYS - Strategic Planning for Managing Urban Ecosystem
Nuno Oliveira SPESYS - Strategic Planning for Managing Urban Ecosystem Nuno Oliveira SPESYS - Strategic Planning for Managing Urban Ecosystem
Nuno Oliveira SPESYS - Strategic Planning for Managing Urban Ecosystem Nuno Gaspar de Oliveira
 
Plano de arborização urbana do município de aguaí sp 09.12.2010
Plano de arborização urbana do município de aguaí sp 09.12.2010Plano de arborização urbana do município de aguaí sp 09.12.2010
Plano de arborização urbana do município de aguaí sp 09.12.2010Wilson Martucci
 
Apresentação PAISAGISMO E MATA ATLÂNTICA + Manifesto-Paisagismo e M A 2019
Apresentação PAISAGISMO E MATA ATLÂNTICA + Manifesto-Paisagismo e M A 2019Apresentação PAISAGISMO E MATA ATLÂNTICA + Manifesto-Paisagismo e M A 2019
Apresentação PAISAGISMO E MATA ATLÂNTICA + Manifesto-Paisagismo e M A 2019ReservadaBiosferadaM
 
EDITAL PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAIS
EDITAL PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAIS EDITAL PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAIS
EDITAL PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAIS Agência Peixe Vivo
 
Cidades sustentáveis exigência do século xxi
Cidades sustentáveis  exigência do século xxiCidades sustentáveis  exigência do século xxi
Cidades sustentáveis exigência do século xxiFernando Alcoforado
 
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...Fernando Alcoforado
 
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICADESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICATobias Vier Schwambach
 
Assentamentos urbanos
Assentamentos urbanosAssentamentos urbanos
Assentamentos urbanosabokaiuka
 
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricosImpactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricosJoão Vitor Soares Ramos
 
Questao Urbana Joselia Alves
Questao Urbana   Joselia AlvesQuestao Urbana   Joselia Alves
Questao Urbana Joselia AlvesMyris Silva
 
Natureza e sociedade como espaço de cidadania
Natureza e sociedade como espaço de cidadaniaNatureza e sociedade como espaço de cidadania
Natureza e sociedade como espaço de cidadaniaFelipe Rocha
 
Pap012919 tecnologias vivas aplicadas ao saneamento rural - xx sbrh
Pap012919   tecnologias vivas aplicadas ao saneamento rural - xx sbrhPap012919   tecnologias vivas aplicadas ao saneamento rural - xx sbrh
Pap012919 tecnologias vivas aplicadas ao saneamento rural - xx sbrhEvandro Sanguinetto
 
Educação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
Educação Ambiental - Repensando Espaços e CidadaniaEducação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
Educação Ambiental - Repensando Espaços e CidadaniaDeputada Ana Lucia
 
densidade urbana-desafio
densidade urbana-desafiodensidade urbana-desafio
densidade urbana-desafioElvis Enhard
 
A expansão urbana e as áreas verdes do municipio de juazeiro do norte ce
A expansão urbana e as áreas verdes do municipio de juazeiro do norte   ceA expansão urbana e as áreas verdes do municipio de juazeiro do norte   ce
A expansão urbana e as áreas verdes do municipio de juazeiro do norte ceFATEC Cariri
 

Semelhante a Conservação da biodiversidade em espaço urbano (20)

Biodiversidade na Cidade de Lisboa. Uma Estratégia para 2020
Biodiversidade na Cidade de Lisboa. Uma Estratégia para 2020 Biodiversidade na Cidade de Lisboa. Uma Estratégia para 2020
Biodiversidade na Cidade de Lisboa. Uma Estratégia para 2020
 
Nuno Oliveira SPESYS - Strategic Planning for Managing Urban Ecosystem
Nuno Oliveira SPESYS - Strategic Planning for Managing Urban Ecosystem Nuno Oliveira SPESYS - Strategic Planning for Managing Urban Ecosystem
Nuno Oliveira SPESYS - Strategic Planning for Managing Urban Ecosystem
 
Plano de arborização urbana do município de aguaí sp 09.12.2010
Plano de arborização urbana do município de aguaí sp 09.12.2010Plano de arborização urbana do município de aguaí sp 09.12.2010
Plano de arborização urbana do município de aguaí sp 09.12.2010
 
Apresentação PAISAGISMO E MATA ATLÂNTICA + Manifesto-Paisagismo e M A 2019
Apresentação PAISAGISMO E MATA ATLÂNTICA + Manifesto-Paisagismo e M A 2019Apresentação PAISAGISMO E MATA ATLÂNTICA + Manifesto-Paisagismo e M A 2019
Apresentação PAISAGISMO E MATA ATLÂNTICA + Manifesto-Paisagismo e M A 2019
 
EDITAL PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAIS
EDITAL PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAIS EDITAL PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAIS
EDITAL PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAIS
 
Aula 1 - Violêta Kubrusly
Aula 1 - Violêta KubruslyAula 1 - Violêta Kubrusly
Aula 1 - Violêta Kubrusly
 
Cidades sustentáveis exigência do século xxi
Cidades sustentáveis  exigência do século xxiCidades sustentáveis  exigência do século xxi
Cidades sustentáveis exigência do século xxi
 
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
 
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
 
Sustentabilidade Urbana
Sustentabilidade UrbanaSustentabilidade Urbana
Sustentabilidade Urbana
 
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICADESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
 
Assentamentos urbanos
Assentamentos urbanosAssentamentos urbanos
Assentamentos urbanos
 
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricosImpactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
 
Questao Urbana Joselia Alves
Questao Urbana   Joselia AlvesQuestao Urbana   Joselia Alves
Questao Urbana Joselia Alves
 
Agricultura Urbana no Mundo
Agricultura Urbana no MundoAgricultura Urbana no Mundo
Agricultura Urbana no Mundo
 
Natureza e sociedade como espaço de cidadania
Natureza e sociedade como espaço de cidadaniaNatureza e sociedade como espaço de cidadania
Natureza e sociedade como espaço de cidadania
 
Pap012919 tecnologias vivas aplicadas ao saneamento rural - xx sbrh
Pap012919   tecnologias vivas aplicadas ao saneamento rural - xx sbrhPap012919   tecnologias vivas aplicadas ao saneamento rural - xx sbrh
Pap012919 tecnologias vivas aplicadas ao saneamento rural - xx sbrh
 
Educação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
Educação Ambiental - Repensando Espaços e CidadaniaEducação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
Educação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
 
densidade urbana-desafio
densidade urbana-desafiodensidade urbana-desafio
densidade urbana-desafio
 
A expansão urbana e as áreas verdes do municipio de juazeiro do norte ce
A expansão urbana e as áreas verdes do municipio de juazeiro do norte   ceA expansão urbana e as áreas verdes do municipio de juazeiro do norte   ce
A expansão urbana e as áreas verdes do municipio de juazeiro do norte ce
 

Último

avaliação pratica .pdf
avaliação pratica                      .pdfavaliação pratica                      .pdf
avaliação pratica .pdfHELLEN CRISTINA
 
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdf
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdfFazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdf
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdfReservadaBiosferadaM
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfHELLEN CRISTINA
 
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_ReservadaBiosferadaM
 
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...atendimento93
 
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptx
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptxCEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptx
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptxReservadaBiosferadaM
 
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptx
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptxapresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptx
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptxReservadaBiosferadaM
 
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdfHELLEN CRISTINA
 
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdf
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdfApresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdf
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdfReservadaBiosferadaM
 
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptxReservadaBiosferadaM
 
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMP
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMPSEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMP
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMPReservadaBiosferadaM
 
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta RBMA.pdf
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta  RBMA.pdfAruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta  RBMA.pdf
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta RBMA.pdfReservadaBiosferadaM
 
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMA
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMAÁrea de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMA
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMAReservadaBiosferadaM
 

Último (13)

avaliação pratica .pdf
avaliação pratica                      .pdfavaliação pratica                      .pdf
avaliação pratica .pdf
 
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdf
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdfFazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdf
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdf
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
 
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
 
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...
 
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptx
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptxCEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptx
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptx
 
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptx
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptxapresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptx
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptx
 
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
 
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdf
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdfApresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdf
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdf
 
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx
 
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMP
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMPSEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMP
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMP
 
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta RBMA.pdf
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta  RBMA.pdfAruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta  RBMA.pdf
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta RBMA.pdf
 
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMA
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMAÁrea de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMA
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMA
 

Conservação da biodiversidade em espaço urbano

  • 1. Conservação da Biodiversidade em Espaço Urbano MCAP Sara Lima Nº1501551
  • 2. Biodiversidade Urbana Segundo Muller (2010) entende-se a biodiversidade urbana como sendo a riqueza específica dos organismos, incluindo a variação genética e a diversidade de habitats dentro das áreas urbanas e nas zonas limítrofes. As cidades possuem um grande número de habitats naturais, sendo estes caracterizados por uma elevada complexidade e diversidade biológica. Tanto a cultura, como os comportamentos e atividades humanas influenciam a biodiversidade urbana, além de que os habitats urbanos são variados.
  • 3. Áreas Urbanas • Área urbana pode-se definir como o conjunto de diferentes usos da terra justapostos entre si; • Apenas 3% do uso do solo é ocupado por áreas urbanos, contudo o impacto na biodiversidade, no clima e nos recursos naturais é notório. • Os consumos de recursos naturais e o aumento da emissão de gases com efeito de estufa, está a aumentar drasticamente nas cidades. • Mais de metade da população mundial vive em cidades e espera-se que até 2050, mais de dois terços da população passe a viver em espaços urbanos; • É notório o aumento de conflitos entre as populações e os habitats naturais.
  • 4. Consequências do Processo de Urbanização • Alteração, destruição e fragmentação de habitats naturais, provocando a perda de biodiversidade nativa que estava associada a esses habitats naturais e provocando uma homogeneização do componente biótico devido à introdução de espécies exóticas. • Os efeitos da urbanização na biodiversidade variam com o grupo taxonómico e com as condições ambientais e socioeconómicas afetando as comunidades vegetais, as comunidades de aves, as comunidades de anfíbios, as comunidades de artrópodes e a diversidade de bactérias e fungos existentes no solo.
  • 5. Consequências do Processo de Urbanização • A perda de biodiversidade tem como consequências, o empobrecimento dos solos, a sua erosão e desertificação e ainda a alteração climática. • É também responsável pela alteração da estrutura e dinâmica das redes tróficas e dos ecossistemas afetando a sustentabilidade dos serviços ecossistémicos, que são fundamentais em espaço urbano pois são responsáveis pela saúde e bem- estar do ser humano, sendo deste modo essenciais também para a resiliência e para a sustentabilidade das zonas urbanas e das cidades.
  • 6. A Importância dos Serviços Ecossistémicos • Regulação do ciclo da água; • Regulação climática; • A diminuição da poluição sonora; • Remoção do dióxido de carbono; • Purificação do ar; • Provimento de alimento; • Lazer e recriação. Tendo em conta o valor imensurável da biodiversidade, torna-se imperioso protege-la e conserva-la, pois só assim o Homem conseguirá viver com qualidade, pois a biodiversidade urbana, nomeadamente em espaços verdes e azuis é essencial para a saúde física e psicológica da população humana.
  • 7. É notória a urgência de se conservar a biodiversidade Urbana, pelos seus inúmeros benefícios. Mas tal tarefa, não é assim tão simples, requer esforço e trabalho de todos. Sendo assim torna-se necessário:  Construir equipas de trabalho multidisciplinares, envolvendo as ciências sociais e naturais;  Planeamento Urbano;  Elucidação das populações sobre esta temática, alertando-a para as consequências da perda de biodiversidade;  Apoio financeiro. Como Conservar a Biodiversidade Urbana
  • 8. Índice da Biodiversidade Urbana O CBI (City Biodiversity Index) é uma ferramenta para ajudar as cidades a avaliar e a aferir os seus esforços na conservação da biodiversidade. Tem como objetivos: • medir a biodiversidade urbana; • apoiar os governos nacionais e as autoridades locais na criação de pontos de referência nos esforços de conservação da biodiversidade; • auxiliar na avaliação do progresso na redução da taxa de perda de biodiversidade em ecossistemas urbanos; • ajudar a medir a pegada ecológica das cidades; • ajudar a desenvolver diretrizes para preparar um Plano de Ação para a biodiversidade das cidades.
  • 9. Plano de Ação para a biodiversidade das cidades Este plano pretende alcançar três objetivos: • a conservação da diversidade biológica; • a utilização sustentável dos seus componentes; • a partilha justa e equitativa dos benefícios provenientes da utilização dos recursos genéticos. Contudo, associado aos índices que estudam a biodiversidade urbana existem algumas dificuldades, como o acesso a propriedades privadas, o apoio politico e financeiro por parte das autoridades locais, e o custo elevado da componente mais prática dos estudos em avaliação da Biodiversidade
  • 10. Conclusão O valor da biodiversidade é incalculável, e cada vez mais se verifica uma crescente preocupação com a sua preservação e conservação. Para isso, muito tem contribuído o aumento de estudos/investigação no sentido da valorização dos espaços verdes, azuis e de todas as espécies que têm como habitat natural as zonas urbanas no bem estar físico e mental dos seres humanos. É notório o crescente número de programas/planos/estratégias que têm como finalidade colmatar a perda da biodiversidade em ambiente urbano. Contudo é claro o papel decisivo que o Homem desempenha nos mesmos, pois só se atingirá o sucesso pretendido se os mesmos forem colocados em prática e para tal é necessário muito trabalho, força de vontade e colaboração entre investigadores, decisores políticos e sociedade civil no geral.
  • 11. Referências Bibliográficas Gomez-Baggethun, E. & Barton, D.N. (2013) "Classifying and valuing ecosystem services for urban planning", Ecological economics, 86: 235-245. Farinha-Marques, P. et al. (2011) "Urban biodiversity: a review of current concepts and concepts and contributions to multidisciplinary approaches", Innovation-The European Journal of Social Science Research, 24 (3): 247-271. TEEB – A Economia dos Ecossistemas e da Biodiversidade para Formuladores de Políticas Locais e Regionais (2010). Machado L. (2014). Aplicação do Índice de Biodiversidade Urbana na cidade do Porto. Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Bacelar-Nicolau, P (2015) "Biodiversidade em espaço urbano"[Vídeo] Uab.