Sustentabilidade nodesenvolvimento urbano –   aplicações na academia   Prof. Dra. Giselle Dziura   19/05/2011
Documentos resultantes:Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e  DesenvolvimentoPrincípios para a Administração  Sustentáve...
Agenda 21 globalDimensões Econômicas e Sociais: relações entre meio ambiente e pobreza,saúde, comércio, dívida externa, re...
Agenda 21 brasileira        avaliação das potencialidades e vulnerabilidades“A sustentabilidade do desenvolvimento urbano ...
2001- Estatuto da Cidade                                                      161. .Cidades sustentáveis e garantias à cid...
Comunidade                                Economia bioregional. Preservação cultural                     . Comércio justo....
Sustentabilidade Urbana –                                   princípios e critérios1. Capacidade Ambiental – as cidades dev...
Sustentabilidade Urbana –                                 princípios e critérios5. Igualdade – igualar o acesso às ativida...
Sustentabilidade Urbana –                                      princípios e critérios7. Densidade urbana adequada – ocupaç...
Sustentabilidade Urbana –                             princípios e critérios                                              ...
Sustentabilidade Urbana –                                 princípios e critérios           10. Otimização das redes de aba...
Sustentabilidade Urbana –                                    princípios e critérios12. Minimização de impactos ambientais ...
Sustentabilidade Urbana –           princípios e critérios14. Gestão   ambiental e inovação
Programa de Pós-Graduação em      Gestão Ambiental           PGAMBMestradoDoutoradoIMAThttp://pgamb.up.edu.brCoordenação: ...
Linhas de Pesquisa    Avaliação e Modelagem Socioambientais   (Avaliação da influência antrópica na qualidade ambiental ...
Números> 70 mestres formadosTempo médio de conclusão = 23,8 mesesÚnico MP com MB em produtividade
Projetos Monitoramento Modelagem Análises Químicas
Destaques lab´s Espectrofotometria de  absorção atômica Cromatografia líquida e gasosa Espectroscopia vibracional na  r...
Projetos Indicadores de Sustentabilidade Empresarial Sistema de Avaliação Ambiental de Edifícios MDL, Créditos de carbono
Projetos Ferramentas de Auditoria Ambiental Educação Ambiental Avaliação de Passivos Ambientais
Projetos Remediação de Áreas Degradadas Gerenciamento de Resíduos Planejamento Ambiental
Projetos Perícias Ambientais Gerenciamento da Qualidade do Ar Estudos de Impacto Ambiental
Análise de Ciclo de Vida
Inventário GEE
Compensação de Emissões           Conservação            RecuperaçãoUP – gerenciamento do projeto e     desenvolvimento de...
Gestão do Fluxo de Materiais(Ecologia Industrial)
Dupla Certificação             MFMTrier University of Applied SciencesIfaS Environmental CampusBirkenfeld www.imat-master....
Pós-Graduação emSustentabilidade em Arquitetura  e Desenvolvimento Urbano Coordenação: Prof. Giselle Dziura dziura@up.edu.br
Competênciasobjetivo   Aplicar a sustentabilidade em arquitetura e urbanismo, de maneira orientada à              minimiza...
Estrutura1. A escala abordada envolve a visão macro -   espaços urbanos e a visão meso - arquitetura.2. Abrange as etapas ...
DISCIPLINA                                                                                         C/HConceitos e abordage...
EmpresaSociedade            Desenvolvimento              sustentável               Inovação                               ...
O que nós podemos fazer para  utilizar e ocupar as nossas cidades da melhor maneira?
Obrigada!        Prof. Dra. Giselle Dziura        dziura@up.com.br
A CAMINHO da Agenda 21 brasileira: princípios e ações 1992/97. Brasília: MMA, Secretaria Executiva, 1997.BECKER, B.; MIRAN...
Imagens•   http://duckman.pettho.com/characters/ludwig.jpg•   http://www.curtharlow.com/art/announcer.jpg•   http://www.tr...
Imagens•   http://www.imat-master.com/index.php?id=637•   http://www.medicina.ufmg.br/nupad/imagens/triagemneonatal/doenca...
Imagens•   http://www.sylvansource.com/images/hydrologic-cycle.gif•   http://www.pollutionissues.com/images/paz_01_img0129...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a arquitetura e ao urbanismo_ CICI2011

3.974 visualizações

Publicada em

Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a arquitetura e ao urbanismo_CICI2011
Palestrante: Gisele Dziura

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.974
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
181
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
135
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a arquitetura e ao urbanismo_ CICI2011

  1. 1. Sustentabilidade nodesenvolvimento urbano – aplicações na academia Prof. Dra. Giselle Dziura 19/05/2011
  2. 2. Documentos resultantes:Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e DesenvolvimentoPrincípios para a Administração Sustentável das FlorestasConvenção da BiodiversidadeConvenção sobre Mudança do ClimaAgenda 21 (1996 Brasil)Estatuto da Cidade 2001 – Brasil 2004 - Curitiba
  3. 3. Agenda 21 globalDimensões Econômicas e Sociais: relações entre meio ambiente e pobreza,saúde, comércio, dívida externa, redução do consumo e população; interrelaçõesentre sustentabilidade e dinâmica demográfica; qualidade de vida dosassentamentos humanos; políticas internacionais que podem ajudar a viabilizar odesenvolvimento sustentável nos países em desenvolvimentoConservação e Administração de Recursos: maneiras de gerenciar recursosnaturais (incluindo solos, água, mares e energia) e de resíduos e substânciastóxicas;Fortalecimento dos Grupos Sociais: formas de apoio a grupos sociaisorganizados e minoritários que colaboram para a sustentabilidade;Meios de Implementação: mecanismo financeiros e instrumentos jurídicosnacionais e internacionais existentes e a serem criados, com vistas à implementaçãode programas e projetos orientados para a sustentabilidade.
  4. 4. Agenda 21 brasileira avaliação das potencialidades e vulnerabilidades“A sustentabilidade do desenvolvimento urbano é definida pormuitos parâmetros relativos à disponibilidade de suprimento deágua, qualidade do ar e existência de uma infra-estruturaambiental de saneamento e manejo dos resíduos. Comoresultado da densidade dos usuários, a urbanização, casoadequadamente gerenciada, oferece oportunidades únicas para acriação de uma infra-estrutura ambiental sustentável por meio deuma política adequada de preços, programas educativos emecanismos eqüitativos de acesso, saudáveis tanto do ponto devista econômico como ambiental.“ http://www.mma.gov.br/sitio/index.php?ido=conteudo.monta&idEstrutura=18&idConteudo=57 5Ações prioritárias da Agenda 21 Brasileira –programas de inclusão social (com o acesso de toda a população àeducação, saúde e distribuição de renda), a sustentabilidade urbanae rural, a preservação dos recursos naturais e minerais e a éticapolítica.
  5. 5. 2001- Estatuto da Cidade 161. .Cidades sustentáveis e garantias à cidadania; diretrizes básicas2. Obrigatoriedade na Gestão Democrática da Cidade;3. Cooperação entre atores e agentes;4. Planejamento para Ambiente Equilibrado;5. Oferta de serviços em Equipamentos Coletivos;6. Controle Urbano em sete subitens;7. Integração com o entorno rural;8. Padrões “ambientais” de Ocupação;9. Justa divisão no Direito à Cidade, em ônus e benefícios decorrentes;10. Ação Pública a favor do desenvolvimento urbano;11. Recuperação pública de investimentos públicos valorizadores;12. Proteção do patrimônio cultural e ambiental;13. Controle social em Ocupações de Impacto;14. Obrigatoriedade na Regularização Fundiária para Baixa Renda;15. Simplificação das Normas para mais oferta;16. Isonomia entre público e privado.
  6. 6. Comunidade Economia bioregional. Preservação cultural . Comércio justo. Senso de lugar . Rotulagem de produtos. Diversidade cultural Economia local. Segurança Economia doméstica. Lazer Edifícios sustentáveis. Igualdade social . Energias renováveis. Sociedade civil Economia . Ciclo de vida de materiais. Saúde . Produto como serviço. Educação . Resíduos como recursos. Direto à subsistência . Benefícios à comunidade. Habitação para todos . Contratos públicos ecológicos . Eficiência dos recursos Sociedade . Rentabilidade longo prazo Uso ecológico do solo Reservas ecológicas Cidades compactas Ecoturismo Bairros com escala humana Áreas rurais produtivas Ecossistema dos serviços . Bacias hidrográfica . Solo . Clima . Biodiversidade Impacto urbanoAbordagens Meio ambiente . Acessibilidade e mobilidade . Crescimento periférico urbano . Infra estrutura ecológica
  7. 7. Sustentabilidade Urbana – princípios e critérios1. Capacidade Ambiental – as cidades devem ser projetadas e gerenciadas dentro dos limites impostos pelo seu ambiente natural.2. Reversibilidade – as intervenções planejadas no ambiente urbano devem serreversíveis tanto quanto possível de forma a não por em risco a capacidade da cidadede se adaptar a novas demandas por mudanças nas atividades econômicas e dapopulação sem prejudicar a capacidade ambiental.4. Eficiência – obter o máximo de benefício econômico por cada unidade de recursoutilizado (eficiência ambiental) e o maior benefício humano em cada atividadeeconômica (eficiência social)
  8. 8. Sustentabilidade Urbana – princípios e critérios5. Igualdade – igualar o acesso às atividades e serviços para todos os habitantes,isto é importante para modificar o insustentável modelo de vida devido a desigualdadesocial.6. Valorização ambiental do solo – contribuem para o controle da expansãourbana, como redutor da pegada ecológica e como espaço conector da cidade;
  9. 9. Sustentabilidade Urbana – princípios e critérios7. Densidade urbana adequada – ocupação do solo, uso do transporte públicoeficaz, consumo de energia per capita, cidades compactas, rede urbanaintegrada, policentralidade, comunidades em torno de áreas de vizinhança ...8. Diversidade de tipologias – implica na variedade de formas arquitetônicas,tipologia de usos habitacionais, variedade de classes sociais e culturais,...
  10. 10. Sustentabilidade Urbana – princípios e critérios "The key components of a mixed-use and integrated urban neighborhood", according to Lord Rogers of Riverside -9. Uso misto – contribui para a diversidade social e estimula o uso dos espaçospúblicos, contribui para a segurança,... illustration by Andrew Wright Associates
  11. 11. Sustentabilidade Urbana – princípios e critérios 10. Otimização das redes de abastecimento de infra-estrutura urbanas – estudo da localização e serviços seguindo critérios de eficiência; 11. Utilização de metabolismo circular – maximizar a redução e reutilização de resíduos sólidos urbanos e outros resíduos como insumos, tratamento de esgoto, compostagem, incentivar a criação de bolsas de resíduos, reduzir o consumo de recursos (energia, água, materiais), minimizar as cargas ambientais (efluentes, emissões atmosféricas, resíduos, ruídos, poluição ilumino-técnica)...http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/05.059/472
  12. 12. Sustentabilidade Urbana – princípios e critérios12. Minimização de impactos ambientais e espaços livres – sistema deáreas verdes, contribuem para a minimização de impactos negativos e qualidade dosrequisitos sociais e ambientais e vida urbana (qualidade do ar, conforto, iluminação,ecossistemas , paisagem patrimônio), utilizar equipamentos integrados;13. Acessibilidade e mobilidade urbana - utilizar diversidade de tipologias,zonas preferenciais para pedestres e ciclistas, sistema de transporte público eficiente ediversificado; Gestão do tráfego urbano; Velib em Pari
  13. 13. Sustentabilidade Urbana – princípios e critérios14. Gestão ambiental e inovação
  14. 14. Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental PGAMBMestradoDoutoradoIMAThttp://pgamb.up.edu.brCoordenação: Prof. Maurício Dziedzicdziedzic@up.edu.br
  15. 15. Linhas de Pesquisa Avaliação e Modelagem Socioambientais (Avaliação da influência antrópica na qualidade ambiental e vice-versa. Caracterização quantitativa e qualitativa dos sistemas e processos socioambientais. Análise e representação dos processos socioambientais através de modelos cognitivos e matemáticos.) Planejamento, Conservação e Desenvolvimento Socioambiental (Planejamento e desenvolvimento de sistemas de gestão ambiental visando ao desenvolvimento sustentável. Planejamento e implementação de estratégias de conservação dos recursos naturais e da diversidade) socioambiental.
  16. 16. Números> 70 mestres formadosTempo médio de conclusão = 23,8 mesesÚnico MP com MB em produtividade
  17. 17. Projetos Monitoramento Modelagem Análises Químicas
  18. 18. Destaques lab´s Espectrofotometria de absorção atômica Cromatografia líquida e gasosa Espectroscopia vibracional na região do infravermelho Técnicas termoanalíticas
  19. 19. Projetos Indicadores de Sustentabilidade Empresarial Sistema de Avaliação Ambiental de Edifícios MDL, Créditos de carbono
  20. 20. Projetos Ferramentas de Auditoria Ambiental Educação Ambiental Avaliação de Passivos Ambientais
  21. 21. Projetos Remediação de Áreas Degradadas Gerenciamento de Resíduos Planejamento Ambiental
  22. 22. Projetos Perícias Ambientais Gerenciamento da Qualidade do Ar Estudos de Impacto Ambiental
  23. 23. Análise de Ciclo de Vida
  24. 24. Inventário GEE
  25. 25. Compensação de Emissões Conservação RecuperaçãoUP – gerenciamento do projeto e desenvolvimento de pesquisas
  26. 26. Gestão do Fluxo de Materiais(Ecologia Industrial)
  27. 27. Dupla Certificação MFMTrier University of Applied SciencesIfaS Environmental CampusBirkenfeld www.imat-master.com
  28. 28. Pós-Graduação emSustentabilidade em Arquitetura e Desenvolvimento Urbano Coordenação: Prof. Giselle Dziura dziura@up.edu.br
  29. 29. Competênciasobjetivo Aplicar a sustentabilidade em arquitetura e urbanismo, de maneira orientada à minimização de impactos negativos, à otimização de recursos naturais e construídos e à maximização da eficiência energética , considerando as dimensões ecológica, econômica, social e cultural. Técnicas e estratégias projetuais de projetos Conhecimentos de arquitetura inseridos e espaços urbanos sustentáveis. Habilidades Criatividade, visão sistêmica, raciocínio lógico e espacial, preocupação ambiental, comunicação inter-pessoal Trabalho em equipe, flexibilidade, pró-atividade, Atitudes responsabilidade, disciplina, ética, comprometimento
  30. 30. Estrutura1. A escala abordada envolve a visão macro - espaços urbanos e a visão meso - arquitetura.2. Abrange as etapas de concepção, projeto, obras e ocupação de edifícios e seu contexto urbano3. Caráter multidisciplinar entre as áreas do conhecimento que envolvem a relação entre espaço, sociedade e natureza - arquitetura, urbanismo, geografia, biologia, engenharias ambiental e civil, sociologia, economia, entre outras.
  31. 31. DISCIPLINA C/HConceitos e abordagens da sustentabilidade 30 Desenvolvimento urbano sustentável Sustentabilidade em arquitetura e urbanismo Ética, cultura e responsabilidade socioambiental em projetos e obras sustentáveisConforto e eficiência energética 60 Conforto ambiental (higrotérmico, acústico, visual, olfativo, sócio- psicológico) Sofwares aplicadosMateriais, Tecnologias e Sistemas 30 Materiais e Ciclo de vida Tecnologia e sistemas construtivosEstudo de viabilidade econômico-financeira 30 Retorno do investimento; custo x benefício; garantias; parâmetros para tomada de decisãoEstratégias e práticas projetuais sustentáveis 60 Relação do edifício com o meio ambiente e paisagem Retrofit com foco na sustentabilidade Acessibilidade e mobilidade na integração socioespacial Estratégias projetuais internacionais e nacionais Alternativas sustentáveis para arquitetura de interiores Prática de ateliê de projetos arquitetônicos sustentáveis.Desenvolvimento Urbano Sustentável e Direito Ambiental 35 Estudos de impactos ambientais Planejamento urbano e desenvolvimento sustentável Direito AmbientalGestão da água e resíduos 30 Conservação e reaproveitamento de águas pluviais e cinzas. Estratégias sustentáveis para suprimento de água potável Sistemas de gerenciamento de resíduosSistemas de certificação 85 Certificações. Indicadores de sustentabilidade. Metodologia de avaliação da sustentabilidade de edifícios Seminários Fundamentos de gestão ambientalProjeto Aplicativo 60
  32. 32. EmpresaSociedade Desenvolvimento sustentável Inovação Ensino Universidade Pesquisa aplicada Extensão
  33. 33. O que nós podemos fazer para utilizar e ocupar as nossas cidades da melhor maneira?
  34. 34. Obrigada! Prof. Dra. Giselle Dziura dziura@up.com.br
  35. 35. A CAMINHO da Agenda 21 brasileira: princípios e ações 1992/97. Brasília: MMA, Secretaria Executiva, 1997.BECKER, B.; MIRANDA, M. A geografia política do desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1997.BUARQUE, S.C. Metodologia de planejamento do desenvolvimento local e municipal sustentável. 2.ed. Recife: IICA, 1999.CMMAD - Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Nosso futuro comum. 2. ed. Rio de Janeiro: FundaçãoGetúlio Vargas, 1991.COMISSÃO MUNDIAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO. Nosso futuro comum. 2.ed. Rio de Janeiro: FGV, 1991.CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE ASSENTAMENTOS HUMANOS - HABITAT II (1996, Istambul). Relatório NacionalBrasileiro. Brasília, 1996.DINIZ, Nilo; SILVA, Mariana; VIANA, Gilney. O desafio da sustentabilidade: um debate sócio ambiental no Brasil. São Paulo:Fundação Perseu Abramo, 2001.MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Agenda 21 brasileira: bases para discussão. Brasíla: MMA/PNUD, 2000.SACHS, I. Estratégias de transição para o século XXI: desenvolvimento e meio ambiente. São Paulo: Studio Nobel Fundap, 1993.ACIOLY, Jr. Claudio . Densidade Urbana e Gestão Urbana”. Mauad Editora, Rio de Janeiro, Brazil, 1998. 58 pp.VARGAS, Júlio Celso. Densidade, paisagem urbana e vida da cidade: jogando um pouco de luz sobre o debate porto- alegrense. ISSN 1809-6298 . Texto Especial 195 – agosto 2003. http://wwhhttp://www.vitruvius.com.br/arquitextos/arq000/esp195.aspttp . consultado em 06.0.08.THORPE, Ann. The Designers Atlas of Sustainability: Charting the Conceptual Landscape through Economy, Ecology, and Culture.Washington DC: Island Press, 2007.VEIGA, José Eli. Desenvolvimento Sustentável – O Desafio do Século XXI. Rio de Janeiro: Garamond, 005.UNFA. State of World Population 2007: Unleashing the Potential of Human Growth. UNFPA. 2007.UNCED. The Global Partnership for Environment and Development: A Guide to Agenda 21. UNCED, Geneva, 1992.UN-HABITAT. “The United Nations Perspective on Reinventing Planning.”WALKER, Stuart. Sustainable by Design. Explorations in Theory and Practice.Imagens:http://sustainablecitiescollective.com/chuck-wolfe/24197/reading-evolution-placeshttp://200.144.189.36/phd/ambiental/engenheiro_ambiental.htmlhttp://urbanomnibus.net/2011/03/teaching-urban-design-2/http://ecoflash.tripod.com/id20.htmlhttp://www.reliableprosperity.net/explore.htmlhttp://www.cidades.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=684:planejamento-urbano&catid=76&Itemid=153http://theurbanearth.wordpress.com/category/cidades-sustentaveis/http://www.sxc.hu/photo/1339765
  36. 36. Imagens• http://duckman.pettho.com/characters/ludwig.jpg• http://www.curtharlow.com/art/announcer.jpg• http://www.trollhattansaab.net/wp-content/uploads/2008/06/celtics_snoopy-300x300.jpg• http://www.odt.co.nz/files/story/2008/11/students_line_up_outside_the_captain_cook_tavern_f_ 1627850497.JPG• http://graduation.jiu.edu/media/images/faculty_award.jpg• http://professoradecfq.files.wordpress.com/2009/09/laboratorio1.png• http://www.shimadzu.com.br/analitica/produtos/espectrofotometros/uv- vis/images/uvmini1241.jpg• http://www.shimadzu.com.br/analitica/produtos/espectrofotometros/aa/images/aa-7000-1-2.jpg• http://certificadoverde.net/ise_logo.jpg• http://www.construaverde.com.br/cv/wp-content/uploads/2010/01/GBCBrasil.JPG• http://4.bp.blogspot.com/_qEyew0gVMFA/TSShZW8BjbI/AAAAAAAAATo/S3cAY_qitWA/s1600/18c4c _kyoto_protocol.jpg• http://www.praiasdoparana.com.br/wp-content/upload/2009/05/logo_iap.jpg• http://www.spvs.org.br/parceria/img/posigraf.gif• http://www.quimicaederivados.com.br/revista/qd404/images/ambiente_1.gif• http://www.all-about-forensic-science.com/images/environmental-forensics.jpg• http://farm4.static.flickr.com/3224/2699426341_8eca4aa391.jpg• http://www.nilu.no/airquis/aq_images/airquis_system2.jpg• http://www.pollutionissues.com/images/paz_01_img0129.jpg• http://philebersole.files.wordpress.com/2010/06/deming.jpg
  37. 37. Imagens• http://www.imat-master.com/index.php?id=637• http://www.medicina.ufmg.br/nupad/imagens/triagemneonatal/doenca_falci_diagnostico_hplc_min.jpg• http://www.energyanswers.com/images/rr-based-eco-park.jpg• http://unitedfamiliesinternational.files.wordpress.com/2009/11/brain-763982-11.jpg• http://www.stoffstrom.org/typo3temp/pics/e27af6bfe4.jpg• http://www.blogcdn.com/www.cinematical.com/media/2009/07/cine-favorite-movie-professors-small.jpg• http://api.ning.com/files/WA7dI9PkWcWpzxR*0CuvZ1AiuIKoTlik9IpN2axl0RAbeB7gcFGUCpfcQuGc6k1293dR Yo0xwTea5G7sFmlUuCHhJAIHyFXa/Panel6SolarSystem.jpg• http://pgamb.up.edu.br/index.asp?secao_tipo=4&id_menu=2412• http://www.stoffstrom.org/typo3temp/pics/1cfe4d2d1b.png• http://www.stoffstrom.org/institut/das-team/mitarbeiter/• http://www.apl-sw- cwb.org.br/tempimg/SISTEMA%20FIEP%5B0_50_25_mauros_42F46507E19A9A6FFB765CB4F46C865B%5D.J PG• http://www.amcham.com.br/update/2006/update2006-05-05b_dtml_materia.jpg• http://faculty.southwest.tn.edu/rburkett/ES%20%20we32.jpg• http://vincejtremante.tripod.com/images/phosphorus.jpg• http://justinblanton.com/photos/images/sumofparts.jpg
  38. 38. Imagens• http://www.sylvansource.com/images/hydrologic-cycle.gif• http://www.pollutionissues.com/images/paz_01_img0129.jpg• http://inlinethumb59.webshots.com/44282/2818029880104448238S600x600Q85.jpg• http://www.geus.dk/program-areas/energy/denmark/co2/asnaes_1.jpg• http://static.panoramio.com/photos/original/1773366.jpg• http://www.kalmus.dk/grafik2/thorsoehus.jpg• http://architecture.mit.edu/class/nature/student_projects/2006/terway/urbannature/Images/kalundborg_0 6.jpg• http://library.thinkquest.org/J0113170/forest/images/foodweb.jpg• http://www.hickerphoto.com/data/media/65/waterfall.jpg• http://watchmojo.com/blogs/images/handshake.jpg• http://image1.masterfile.com/getImage/NjAwLTAwMDMyMjE4bi4wMDAwMDAwMA=AHeFLw/600- 00032218n.jpg• http://www.novonordisk.com/images/jobs/sites/300_x_199_ka_2005.jpg• http://www.pfg.dtu.dk/inline/ekkl-vej.jpg• http://iquotemyself.files.wordpress.com/2009/01/money-pile.jpg• http://blogs.seattleweekly.com/dailyweekly/prison_wall_reverse.jpg• http://naturescrusaders.files.wordpress.com/2009/01/delta-old-growth-grove1.jpg• http://www.tropicalforesttrust.com/media/uploaded/bolivia_canopy.JPG• http://blog.nau.com/wp-content/uploads/2007/04/JanineBenyus1.jpg• http://www.energyfreedompioneers.com/images/finalaerialviewSM.jpg• http://environment.research.yale.edu/documents/images/h-n/JIE-Nanomaterials.gif• http://www.geekwithlaptop.com/wp-content/uploads/2009/07/Electric-Shock.gif• http://wiki.sla.org/download/attachments/32112862/asce.jpg

×