SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 55
Baixar para ler offline
Desenvolvimento e
Sustentabilidade
Sustentabilidade Urbana
Vitor Vieira Vasconcelos
São Bernardo do Campo - SP
Agosto de 2019
Livro de Referência
Acselrad, Henri.
A duração das cidades.
Ed. Lamparina, 2009.
Conteúdo
 Urbanização
 Impactos ambientais no meio urbano
 Metabolismo urbano
 Justiça socioambiental no meio urbano
 Infraestrutura verde
 Cidades e mudanças climáticas
Urbanização no Mundo
UNITED NATIONS. World Urbanization Prospects: The 2018 Revision. 2018.
http://image.guardian.co.uk/sys-files/Guardian/documents/2007/06/27/URBAN_WORLD_2806.pdf
http://www.tiberiogeo.com.br/AssuntoController/buscaAssunto/93?pg=simulado
Crescimento Urbano
ONU. World Urbanization Prospects: The 2018 Revision. United Nations, 2018.
ONU. World Urbanization Prospects: The 2018 Revision. United Nations, 2018.
População em áreas urbanas e rurais no Brasil
Urbano
Rural
População urbana e
rural no mundo
Proporçãodapopulaçãototal(%)
Conteúdo
 Urbanização
 Impactos ambientais no meio urbano
 Metabolismo urbano
 Justiça socioambiental no meio urbano
 Infraestrutura verde
 Cidades e mudanças climáticas
Impacto em cidades
 2% da superfície da terra
 80% do consumo de energia
 75% das emissões de CO2
 1,3 a 1,9 bilhões de toneladas de lixo anuais
 880 milhões de pessoas em favelas, com
saneamento básico precário
GIZ. 2019. Stocktaking urban support approaches – a directory of tools for
sustainable urban development
https://www.citiesalliance.org/sites/default/files/2019-07/2019_GIZ_Tools-Directory_SustainableUrbanDevelopment_CityRegion2030_0.pdf
http://datatopics.worldbank.org/sdgatlas/SDG-11-sustainable-cities-and-communities.html
Mortes atribuídas à poluição do ar no ambiente, 2012
(por 100.000 habitantes)
Perdas de renda de trabalho estimadas por mortes
devido à poluição do ar, por tipo, 2015 (% do PIB)
Total
Ambiental (PM2.5)
http://datatopics.worldbank.org/sdgatlas/SDG-11-sustainable-cities-and-communities.html
População exposta a níveis de poluição acima do
recomendado pela Organização Mundial de Saúde
http://www.oecd.org/greengrowth/green-growth-indicators/
População exposta a níveis de poluição acima das recomendações da OMS, %, 2015
http://datatopics.worldbank.org/sdgs/
Poluição do ar (PM2.5), população (%) exposta
a níveis acima das recomendações da OMS
Brasil
Países de renda baixa
Países de renda média
Países de renda alta
Efeitos da impermeabilização do solo
urbano no ciclo hidrológico
http://factsheets.okstate.edu/documents/bae-1758-understanding-stormwater-runoff-and-low-impact-development-lid/
40% evapotranspiração
10%
escoamento
25% infiltração
subsuperficial
25% infiltração
profunda
Vegetação nativa
75 a 100% de
impermeabilização
30% evapotranspiração
55% escoamento
10% infiltração
subsuperficial
5% infiltração
profunda
http://factsheets.okstate.edu/documents/bae-1758-understanding-stormwater-runoff-and-low-impact-development-lid/
Vazãodorio
Evento de
precipitação Tempo
Tempo entre os picos de
chuva e de vazão
Antes da urbanização
Depois da urbanização
Ocupação das planícies marginais
 Exemplos: “Marginal tietê”, “Marginal Pinheiros”, Av.
Lauro Gomes, etc. e edifícios ao longo das vias.
 Áreas planas -> construção facilitada
 Após impermeabilização da bacia hidrográfica, aumentam
problemas de inundação, com interrupção do tráfego
 Opções:
• Destruição da via -> gera caos no tráfego urbano
• Impedir crescimento urbano na bacia hidrográfica
-> barra o desenvolvimento econômico
• Aprofundamento dos canais e construção de diques
-> leva a inundação mais forte para adiante na bacia
• Obras de contenção (piscinões): alto custo financeiro
Reflexão
 Mas o impacto ambiental causado é por causa das
cidades, ou pelo estilo de vida dos habitantes?
Atividade
 Se as pessoas vivessem espalhadas pelas áreas rurais,
mas mantivessem o mesmo estilo de vida urbano
atual, o impacto ambiental seria maior ou menor?
 Considerando o mesmo padrão de vida e de
consumo, uma cidade toda de casas causaria mais
impacto ambiental ou menos impacto ambiental que
uma cidade toda de prédios?
Energia consumida em transporte
vs. Densidade urbana
Kirby, Alex. 2008. Kick
the Habit: A UN Guide to
Climate Neutrality.
Nairobi: United Nations
Environment Programme
Consumoportransporte(Gigajoulespercapita/ano)
Densidade urbana (habitantes por hectare)
Cidades
Norte-americanas
Australianas
Europeias
Asiáticas
Sustentabilidade como discurso
 Pontos de vista e interesses diversos sobre
sustentabilidade
 Como convencer os outros?
• Coerência
• Propaganda
• Autoridade
o Respeitabilidade pela legitimidade
o Elaboração de leis e acordos
o Direcionamento de recursos
• Educação
Lobby
Matrizes discursivas sobre a
sustentabilidade
 Eficiência
 Escala
 Equidade
 Autossuficiência
 Ética
Acselrad, Henry. Os sentidos da sustentabilidade urbana. Em: Acselrad, H. A duração
das cidades. Ed. Lamparina, 2009.
Matrizes discursivas sobre a
sustentabilidade urbana
 Representação técnico-material da cidade
• Modelo da racionalidade ecoenergética
• Modelo do equilíbrio metabólico
 A cidade como espaço da “qualidade de vida”
• Modelo da pureza
• Modelo da cidadania
• Modelo do patrimônio
 A reconstituição da legitimidade das políticas urbanas
• Modelo da eficiência
• Modelo da equidade
Acselrad, Henry. Os sentidos da sustentabilidade urbana. Em: Acselrad, H. A duração
das cidades. Ed. Lamparina, 2009.
Sustentabilidade das Políticas Públicas Urbanas
 Políticas são socialmente construídas
• Legitimidade social para continuidade
 Descentralização (expansão do foco) das políticas:
• Grupos marginalizados
• Gerações futuras
• Não humanos
 Restauração
• Ambiente sócio-técnico-ecológico
• Memória (material e cultural) e vínculo com o ambiente
 Interação
• Interação sociedade-ambiente
• Fluxos locais e globais
Conteúdo
 Urbanização
 Impactos ambientais no meio urbano
 Metabolismo urbano
 Justiça socioambiental no meio urbano
 Infraestrutura verde
 Cidades e mudanças climáticas
Metabolismo Urbano
http://www.bioazul.com/metabolismo-urbano-y-gestion-de-recursos/
ZHANG, Yan. Urban metabolism: A review of research methodologies. Environmental pollution, v. 178, p. 463-473, 2013.
Alimentos
Energia
Materiais
Entradas Cidade Saídas
Resíduos
orgânicos
Emissões
Resíduos
inorgânicos
Recursos
renováveis CidadeEntradas Saídas
reciclados Resíduos
orgânicos
Resíduos
inorgânicos
reciclados
Contaminação
e resíduos
reduzidos
Metabolismo
urbano de
Curitiba
CONKE, L. S.;
FERREIRA, T. L. Urban
metabolism: Measuring
the city's contribution to
sustainable
development.
Environmental
Pollution, v. 202, p.
146-152, 2015.
Metabolismo Urbano de Feliz - RS
KUHN, E. A. Metabolismo de um município brasileiro de pequeno porte: o caso de Feliz, RS. Tese de Doutrado. UFRGS 2014.
Reciclagem em cidades no mundo
Global City Indicators Facility (2015). Cities and Sustainable Infrastructure. Global
Cities Institute. Policy Snapshot n. 3.
%deresíduossólidosreciclados
% PIB per capita (dólares)
Colômbia
África do Sul
Argentina e Brasil
Canadá
Estados Unidos
Filipinas
Perdas de água por cidade no mundo
Global City Indicators Facility (2015). Cities and Sustainable Infrastructure. Global
Cities Institute. Policy Snapshot n. 3.
Orçamentopercapita(dólares)
% de perda de água
Orçamento de
capital per capita
Orçamento
operacional per
capita
Cidades de alta
renda
Cidades de
média e baixa
renda
Conteúdo
 Urbanização
 Impactos ambientais no meio urbano
 Metabolismo urbano
 Justiça socioambiental no meio urbano
 Infraestrutura verde
 Cidades e mudanças climáticas
Justiça Ambiental
 Articulação entre:
o Ativistas
o Academia
o Gestão pública
 Injustiça distributiva
o Populações mais pobres, ou etnicamente discriminadas são alocadas
em áreas com pior qualidade ambiental
 Poluição
 Riscos de desastres naturais
o Mensuração
 Amenidades e desamenidades ambientais
 Custos e Benefícios
 Distribuição dos Riscos
 Injustiça participativa
o Populações mais pobres ou etnicamente discriminadas tem menos
voz nos meios de discussão e tomada de decisão
PICKETT, Steward TA; BOONE, Christopher G.; CADENASSO, Mary L. Ecology and Environmental Justice: Understanding Disturbance Using Ecological
Theory. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 27-47.
BOONE, Christopher G.; FRAGKIAS, Michail. Connecting environmental justice, sustainability, and vulnerability. In: Urbanization and Sustainability.
Springer Netherlands, 2013. p. 49-59.
Justiça Ambiental em São Paulo
YOUNG, Andrea Ferraz. Urbanization, environmental justice, and social-environmental vulnerability in Brazil.
In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 95-116.
YOUNG, Andrea Ferraz. Urbanization, environmental justice, and social-environmental vulnerability in Brazil.
In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 95-116.
Periféricas e pobres
Classe média
Classe alta
Reservatórios de Água
Regiões
YOUNG, Andrea Ferraz. Urbanization, environmental justice, and social-environmental vulnerability in Brazil.
In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 95-116.
Risco de
Desastres
% da População por Regiões
Pobres Classe média Ricos
Áreas sem Risco 71,71 85,24 90,11
Áreas com Risco 28,29 14,76 9,89
Risco de
Desastres
Renda
Média (R$)
% de coleta de
Esgoto
% da
população em
Favelas
Áreas sem Risco 1.421,05 90,58 5,68
Áreas com Risco 888,24 71,94 21,60
Risco de
Desastres
Crescimento Populacional entre 1991 e 2000
(%)
Pobres Classe média Ricos
Áreas sem Risco 3,26 -0,41 -1,1
Áreas com Risco 4,81 0,56 -1,2
FISHER, Madeline. The urban forest and ecosystem services. Crops, Soils, Agronomy News, v. 61, n. 2, p. 4-8, 2016.
Arborização Urbana
Conforto térmico
de pedestres
Habitat para
biodiversidade
urbana
Economia de energia por
sombreamento de edifícios
Diminuição do
escoamento
superficial
Atividade
Como a arborização urbana poderia
ser estudada pela justiça ambiental?
Arborização Urbana e Justiça Ambiental
• Mais arborização em bairros ricos - injustiça?
• Causas sociais para essa distribuição desigual
• Políticas de saneamento incluem taxas de serviço
 Taxas para arborização ambiental?
 População não aceita bem a criação de taxas para o serviço ambiental de
arborização
• Sistema alternativo:
 Parcerias público-privadas
 Patrocinadores + ONGs + ProprietáriosMoradores Locais
 Como fazer esse sistema ser transparente e participativo?
• Bairros ricos abraçam melhor as iniciativas
• Bairros pobres são contrários ao plantio de árvore
 Custo de manutenção alto - outras prioridades
 Sombras abrigam ladrões - insegurança
PINCETL, Stephanie. Urban ecology and nature’s services infrastructure: Policy implications of the million trees initiative of the
city of Los Angeles. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 61-74.
Limitações comuns em estudos urbanos
de Justiça ambiental
 Foco nos problemas do aqui e agora
(para mobilização social)
 Pouco foco nas raízes sociais que geraram o problema
 Foco em resolução de curto prazo
 Pouco foco em processos regionais ou globais
 Foco nas pessoas
 Pouco foco em como poluição e desastres afetam os
processos ecológicos na área urbana
PICKETT, Steward TA; BOONE, Christopher G.; CADENASSO, Mary L. Ecology and Environmental Justice: Understanding Disturbance Using Ecological
Theory. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 27-47.
BOONE, Christopher G.; FRAGKIAS, Michail. Connecting environmental justice, sustainability, and vulnerability. In: Urbanization and Sustainability.
Springer Netherlands, 2013. p. 49-59.
Conteúdo
 Urbanização
 Impactos ambientais no meio urbano
 Metabolismo urbano
 Justiça socioambiental no meio urbano
 Infraestrutura verde
 Cidades e mudanças climáticas
Infraestrutura Verde
Telhados Verdes
Edifício Matarazzo, Viaduto do Chá - SP
http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/10/haddad-veta-obrigatoriedade-de-novos-predios-terem-telhado-verde.html
Infraestrutura Verde
Jardins Verticais
Minhocão - SP
http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,jardins-verticais-e-telhados-verdes-vao-servir-em-sp-como-compensacao-ambiental,1648993
Infraestrutura Verde
Agricultura Urbana
Shopping Eldorado - SP
http://www.condominiosverdes.com.br/shopping-em-sp-possui-telhado-verde-e-investe-em-compostagem/
Crítica pela Justiça Ambiental
 Infraestrutura verde e tecnologias sustentáveis
(painéis solares, reúso da água, etc.) vendida como
marketing ambiental dos edifícios
• Apenas os mais ricos conseguem pagar
 Aumentam ainda mais a desigualdade espacial dos
impactos ambientais
• Áreas pobres X Áreas ricas intra e inter cidades
 Tendência de consumo de recursos per capita urbano
continua aumentando
Oliveira, L.D. A Cidade e o Modelo de Desenvolvimento Sustentável. Rio de Janeiro: UERJ/CEDERJ. 2016
Edifício “Bosque Vertical” em Milão
Referência: BBC Brasil, 2014. http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/11/141114_predio_milao_ga
Serviços dos
“Bosques Verticais”
• Diminuicão da Temperatura
• Filtragem da Poluição
• Diminuição do CO2 na atmosfera
• Aumento da umidade do ar
Reflexão crítica
• Desigualdade da distribuição dos
benefícios
• Consumo de recursos naturais
• Custo-benefício em relação aos
serviços ambientais
Water Sensitive
Urban Design
Jardins de Chuva
Nova Iorque
http://www.nyc.gov/html/dep/html/stormwater/rain-gardens.shtml
Water Sensitive
Urban Design
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/regiao_sul/index.php?p=19415
Parque Linear Castelo - SP
Orla da Represa de Guarapiranga
Parque Linear
Várzeas do Tietê
http://www.daee.sp.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=370:parq
75km de extensão e área de 107km2
Conteúdo
 Urbanização
 Impactos ambientais no meio urbano
 Metabolismo urbano
 Justiça socioambiental no meio urbano
 Infraestrutura verde
 Cidades e mudanças climáticas
Impacto das Cidades no Aquecimento Global
 Consomem 75% da energia e emitem 80% dos gases do
efeito estufa (GEE)
 Principais atividades emissoras nas cidades
o Países desenvolvidos -> climatização de ambientes
o Países em desenvolvimento -> transporte
 Cidades mais densas emitem menos GEE per capita
o Climatização e transportes mais eficientes
CHURKINA, Galina. Modeling the carbon cycle of urban systems. Ecological modelling, v. 216, n. 2, p. 107-113, 2008.
HOORNWEG, Dan et al.. Cities and climate change: An urgent agenda. The world Bank, 2011.
Mitigação: padrões de construção
para isolamento térmico
Mitigação: transporte coletivo
Limites de resolução dos
modelos climáticos
Impacto do Aquecimento Global nas cidades
Projeções climáticas do modelo regional
Eta-CPTEC 40km para a RMSP
NOBRE, Carlos A. et al. Vulnerabilidades das megacidades brasileiras às mudanças climáticas: Região Metropolitana de São
Paulo. INPE, UNICAMP, USP, IPT, UNESP, 2010.
https://engtechmag.wordpress.com/2012/11/06/top-20-cities-vulnerable-to-climate-change-flooding-an-annotated-graphic/
As 20 cidades mais vulneráveis aos eventos extremos climáticos
Exposição estimada de cidades portuárias à inundação costeira para 2070
20 cidades com maior exposição em termos de bens em risco
População em risco Valor dos bens em risco
 Trocas de experiências entre governos municipais
 Projetos de parceria
https://iclei.org/
 Metas municipais de desenvolvimento
sustentável
 Indicadores de desenvolvimento sustentável
 Plataforma do Conhecimento:
• Troca de experiências
• Capacitação municipal
https://www.cidadessustentaveis.org.br/
Indicadores municipais de desenvolvimento sustentável
Mandala ODS
https://sidems.cnm.org.br/mandala/index/ano/2019
São Bernardo do Campo
Dúvidas?
Comentários?
Obrigado!
Vitor Vieira Vasconcelos
vitor.v.v@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relação sociedade natureza
Relação sociedade naturezaRelação sociedade natureza
Relação sociedade naturezawilson mousinho
 
Permacultura no Brasil
Permacultura no BrasilPermacultura no Brasil
Permacultura no BrasilLucash Martins
 
Questão agrária no brasil
Questão agrária no brasilQuestão agrária no brasil
Questão agrária no brasilArtur Lara
 
PRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
PRÁTICAS AGRÍCOLAS SustentávelPRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
PRÁTICAS AGRÍCOLAS SustentávelProfDamio
 
Origem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verdeOrigem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verdeigor-oliveira
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelRui Raul
 
A revolução técnico científico-informacional como base da globalização
A revolução técnico científico-informacional como base da globalizaçãoA revolução técnico científico-informacional como base da globalização
A revolução técnico científico-informacional como base da globalizaçãoAndersonSousa873016
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelMariana Cordeiro
 
Aula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentávelAula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentávelCarlos Priante
 
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileiraAs macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileiraLeonardo Kaplan
 
Urbanização, rede urbana e metrópoles
Urbanização, rede urbana e metrópolesUrbanização, rede urbana e metrópoles
Urbanização, rede urbana e metrópolesProfessor
 
causas e consequências da degradação ambiental
causas e consequências da degradação ambientalcausas e consequências da degradação ambiental
causas e consequências da degradação ambientalRoney Gusmão
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisVitor Vieira Vasconcelos
 
Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientaisVictor Ygor
 
Movimentos sociais ambientais
Movimentos sociais ambientaisMovimentos sociais ambientais
Movimentos sociais ambientaisAline Corso
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileiraSuely Takahashi
 

Mais procurados (20)

Relação sociedade natureza
Relação sociedade naturezaRelação sociedade natureza
Relação sociedade natureza
 
Permacultura no Brasil
Permacultura no BrasilPermacultura no Brasil
Permacultura no Brasil
 
Questão agrária no brasil
Questão agrária no brasilQuestão agrária no brasil
Questão agrária no brasil
 
PRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
PRÁTICAS AGRÍCOLAS SustentávelPRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
PRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
 
Origem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verdeOrigem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verde
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento Sustentavel
 
A revolução técnico científico-informacional como base da globalização
A revolução técnico científico-informacional como base da globalizaçãoA revolução técnico científico-informacional como base da globalização
A revolução técnico científico-informacional como base da globalização
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
As cidades sustentáveis
As cidades sustentáveisAs cidades sustentáveis
As cidades sustentáveis
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Aula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentávelAula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentável
 
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileiraAs macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
 
Urbanização, rede urbana e metrópoles
Urbanização, rede urbana e metrópolesUrbanização, rede urbana e metrópoles
Urbanização, rede urbana e metrópoles
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
causas e consequências da degradação ambiental
causas e consequências da degradação ambientalcausas e consequências da degradação ambiental
causas e consequências da degradação ambiental
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
 
Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientais
 
Movimentos sociais ambientais
Movimentos sociais ambientaisMovimentos sociais ambientais
Movimentos sociais ambientais
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
 

Semelhante a Desenv e Sust Urbana

Cidades sustentáveis exigência do século xxi
Cidades sustentáveis  exigência do século xxiCidades sustentáveis  exigência do século xxi
Cidades sustentáveis exigência do século xxiFernando Alcoforado
 
Livro urbanizacao vulnerabilidade
Livro urbanizacao vulnerabilidadeLivro urbanizacao vulnerabilidade
Livro urbanizacao vulnerabilidadeCynara França
 
Natureza e sociedade como espaço de cidadania
Natureza e sociedade como espaço de cidadaniaNatureza e sociedade como espaço de cidadania
Natureza e sociedade como espaço de cidadaniaFelipe Rocha
 
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...CICI2011
 
Cons. da biodiversidade em espaço urbano
Cons. da biodiversidade em espaço urbanoCons. da biodiversidade em espaço urbano
Cons. da biodiversidade em espaço urbanoMário Miranda
 
Como tornar as cidades sustentáveis
Como tornar as cidades sustentáveisComo tornar as cidades sustentáveis
Como tornar as cidades sustentáveisFernando Alcoforado
 
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...Fernando Alcoforado
 
Sustentabilidade no Grande Porto
Sustentabilidade no Grande PortoSustentabilidade no Grande Porto
Sustentabilidade no Grande PortoNuno Quental
 
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...norivalfp
 
Conservação da biodiversidade em espaço urbano
Conservação da biodiversidade em espaço urbanoConservação da biodiversidade em espaço urbano
Conservação da biodiversidade em espaço urbanoSara Lima
 
Ambiente sustentabilidade e cidade
Ambiente sustentabilidade e cidade Ambiente sustentabilidade e cidade
Ambiente sustentabilidade e cidade Rogerio Almeida
 
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICADESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICATobias Vier Schwambach
 
Assentamentos urbanos
Assentamentos urbanosAssentamentos urbanos
Assentamentos urbanosabokaiuka
 
Ecodesign - Desafia Ecológico das cidades
Ecodesign - Desafia Ecológico das cidadesEcodesign - Desafia Ecológico das cidades
Ecodesign - Desafia Ecológico das cidadesBia Magalhães
 
Educação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
Educação Ambiental - Repensando Espaços e CidadaniaEducação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
Educação Ambiental - Repensando Espaços e CidadaniaDeputada Ana Lucia
 
SIMPEP 2022 - Economia Circular.pdf
SIMPEP 2022 - Economia Circular.pdfSIMPEP 2022 - Economia Circular.pdf
SIMPEP 2022 - Economia Circular.pdfUEM
 

Semelhante a Desenv e Sust Urbana (20)

Urbanização e Meio Ambiente
Urbanização e Meio AmbienteUrbanização e Meio Ambiente
Urbanização e Meio Ambiente
 
Cidades sustentáveis exigência do século xxi
Cidades sustentáveis  exigência do século xxiCidades sustentáveis  exigência do século xxi
Cidades sustentáveis exigência do século xxi
 
Livro urbanizacao vulnerabilidade
Livro urbanizacao vulnerabilidadeLivro urbanizacao vulnerabilidade
Livro urbanizacao vulnerabilidade
 
7ª aula- Gestão ambiental urbana.
7ª aula- Gestão ambiental urbana. 7ª aula- Gestão ambiental urbana.
7ª aula- Gestão ambiental urbana.
 
Natureza e sociedade como espaço de cidadania
Natureza e sociedade como espaço de cidadaniaNatureza e sociedade como espaço de cidadania
Natureza e sociedade como espaço de cidadania
 
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
Giselle Dziura - Inovação das cidades a aprtir da sustentabilidade aplicada a...
 
Cons. da biodiversidade em espaço urbano
Cons. da biodiversidade em espaço urbanoCons. da biodiversidade em espaço urbano
Cons. da biodiversidade em espaço urbano
 
Como tornar as cidades sustentáveis
Como tornar as cidades sustentáveisComo tornar as cidades sustentáveis
Como tornar as cidades sustentáveis
 
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
O crescimento desordenado das cidades e o imperativo do desenvolvimento suste...
 
Sustentabilidade no Grande Porto
Sustentabilidade no Grande PortoSustentabilidade no Grande Porto
Sustentabilidade no Grande Porto
 
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
 
Politica Ambiental
Politica AmbientalPolitica Ambiental
Politica Ambiental
 
Conservação da biodiversidade em espaço urbano
Conservação da biodiversidade em espaço urbanoConservação da biodiversidade em espaço urbano
Conservação da biodiversidade em espaço urbano
 
Ambiente sustentabilidade e cidade
Ambiente sustentabilidade e cidade Ambiente sustentabilidade e cidade
Ambiente sustentabilidade e cidade
 
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICADESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
DESENHO DE ASSENTAMENTOS URBANOS SUSTENTÁVEIS: PROPOSTA METODOLÓGICA
 
Assentamentos urbanos
Assentamentos urbanosAssentamentos urbanos
Assentamentos urbanos
 
Espaço público
Espaço públicoEspaço público
Espaço público
 
Ecodesign - Desafia Ecológico das cidades
Ecodesign - Desafia Ecológico das cidadesEcodesign - Desafia Ecológico das cidades
Ecodesign - Desafia Ecológico das cidades
 
Educação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
Educação Ambiental - Repensando Espaços e CidadaniaEducação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
Educação Ambiental - Repensando Espaços e Cidadania
 
SIMPEP 2022 - Economia Circular.pdf
SIMPEP 2022 - Economia Circular.pdfSIMPEP 2022 - Economia Circular.pdf
SIMPEP 2022 - Economia Circular.pdf
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos

Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityRelationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityVitor Vieira Vasconcelos
 
Análise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisAnálise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisVitor Vieira Vasconcelos
 
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisFishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisVitor Vieira Vasconcelos
 
Relações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociaisRelações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociaisVitor Vieira Vasconcelos
 
Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Recursos Naturais e Serviços EcossistêmicosRecursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Recursos Naturais e Serviços EcossistêmicosVitor Vieira Vasconcelos
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalVitor Vieira Vasconcelos
 
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em ROperações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em RVitor Vieira Vasconcelos
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos (20)

Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityRelationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
 
Análise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisAnálise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveis
 
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisFishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
 
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos ComunsRecursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
 
Relações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociaisRelações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociais
 
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços EcossistêmicosValoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
 
Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Recursos Naturais e Serviços EcossistêmicosRecursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
 
Planejamento territorial
Planejamento territorialPlanejamento territorial
Planejamento territorial
 
Coremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento ParticipativoCoremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento Participativo
 
Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
 
MIgrações
MIgraçõesMIgrações
MIgrações
 
Conflitos fundiários
Conflitos fundiáriosConflitos fundiários
Conflitos fundiários
 
Conflitos Territoriais
Conflitos TerritoriaisConflitos Territoriais
Conflitos Territoriais
 
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São BernardoChácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
 
Governo e Território
Governo e TerritórioGoverno e Território
Governo e Território
 
Segregação e Interação Territorial
Segregação e Interação TerritorialSegregação e Interação Territorial
Segregação e Interação Territorial
 
Território e Poder
Território e PoderTerritório e Poder
Território e Poder
 
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em ROperações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
 
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e SentimentoLugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
 

Desenv e Sust Urbana

  • 1. Desenvolvimento e Sustentabilidade Sustentabilidade Urbana Vitor Vieira Vasconcelos São Bernardo do Campo - SP Agosto de 2019
  • 2. Livro de Referência Acselrad, Henri. A duração das cidades. Ed. Lamparina, 2009.
  • 3. Conteúdo  Urbanização  Impactos ambientais no meio urbano  Metabolismo urbano  Justiça socioambiental no meio urbano  Infraestrutura verde  Cidades e mudanças climáticas
  • 4. Urbanização no Mundo UNITED NATIONS. World Urbanization Prospects: The 2018 Revision. 2018.
  • 6. Crescimento Urbano ONU. World Urbanization Prospects: The 2018 Revision. United Nations, 2018.
  • 7. ONU. World Urbanization Prospects: The 2018 Revision. United Nations, 2018. População em áreas urbanas e rurais no Brasil Urbano Rural População urbana e rural no mundo Proporçãodapopulaçãototal(%)
  • 8. Conteúdo  Urbanização  Impactos ambientais no meio urbano  Metabolismo urbano  Justiça socioambiental no meio urbano  Infraestrutura verde  Cidades e mudanças climáticas
  • 9. Impacto em cidades  2% da superfície da terra  80% do consumo de energia  75% das emissões de CO2  1,3 a 1,9 bilhões de toneladas de lixo anuais  880 milhões de pessoas em favelas, com saneamento básico precário GIZ. 2019. Stocktaking urban support approaches – a directory of tools for sustainable urban development https://www.citiesalliance.org/sites/default/files/2019-07/2019_GIZ_Tools-Directory_SustainableUrbanDevelopment_CityRegion2030_0.pdf
  • 11. Perdas de renda de trabalho estimadas por mortes devido à poluição do ar, por tipo, 2015 (% do PIB) Total Ambiental (PM2.5) http://datatopics.worldbank.org/sdgatlas/SDG-11-sustainable-cities-and-communities.html
  • 12. População exposta a níveis de poluição acima do recomendado pela Organização Mundial de Saúde http://www.oecd.org/greengrowth/green-growth-indicators/ População exposta a níveis de poluição acima das recomendações da OMS, %, 2015
  • 13. http://datatopics.worldbank.org/sdgs/ Poluição do ar (PM2.5), população (%) exposta a níveis acima das recomendações da OMS Brasil Países de renda baixa Países de renda média Países de renda alta
  • 14. Efeitos da impermeabilização do solo urbano no ciclo hidrológico http://factsheets.okstate.edu/documents/bae-1758-understanding-stormwater-runoff-and-low-impact-development-lid/ 40% evapotranspiração 10% escoamento 25% infiltração subsuperficial 25% infiltração profunda Vegetação nativa 75 a 100% de impermeabilização 30% evapotranspiração 55% escoamento 10% infiltração subsuperficial 5% infiltração profunda
  • 16. Ocupação das planícies marginais  Exemplos: “Marginal tietê”, “Marginal Pinheiros”, Av. Lauro Gomes, etc. e edifícios ao longo das vias.  Áreas planas -> construção facilitada  Após impermeabilização da bacia hidrográfica, aumentam problemas de inundação, com interrupção do tráfego  Opções: • Destruição da via -> gera caos no tráfego urbano • Impedir crescimento urbano na bacia hidrográfica -> barra o desenvolvimento econômico • Aprofundamento dos canais e construção de diques -> leva a inundação mais forte para adiante na bacia • Obras de contenção (piscinões): alto custo financeiro
  • 17. Reflexão  Mas o impacto ambiental causado é por causa das cidades, ou pelo estilo de vida dos habitantes? Atividade  Se as pessoas vivessem espalhadas pelas áreas rurais, mas mantivessem o mesmo estilo de vida urbano atual, o impacto ambiental seria maior ou menor?  Considerando o mesmo padrão de vida e de consumo, uma cidade toda de casas causaria mais impacto ambiental ou menos impacto ambiental que uma cidade toda de prédios?
  • 18. Energia consumida em transporte vs. Densidade urbana Kirby, Alex. 2008. Kick the Habit: A UN Guide to Climate Neutrality. Nairobi: United Nations Environment Programme Consumoportransporte(Gigajoulespercapita/ano) Densidade urbana (habitantes por hectare) Cidades Norte-americanas Australianas Europeias Asiáticas
  • 19. Sustentabilidade como discurso  Pontos de vista e interesses diversos sobre sustentabilidade  Como convencer os outros? • Coerência • Propaganda • Autoridade o Respeitabilidade pela legitimidade o Elaboração de leis e acordos o Direcionamento de recursos • Educação Lobby
  • 20. Matrizes discursivas sobre a sustentabilidade  Eficiência  Escala  Equidade  Autossuficiência  Ética Acselrad, Henry. Os sentidos da sustentabilidade urbana. Em: Acselrad, H. A duração das cidades. Ed. Lamparina, 2009.
  • 21. Matrizes discursivas sobre a sustentabilidade urbana  Representação técnico-material da cidade • Modelo da racionalidade ecoenergética • Modelo do equilíbrio metabólico  A cidade como espaço da “qualidade de vida” • Modelo da pureza • Modelo da cidadania • Modelo do patrimônio  A reconstituição da legitimidade das políticas urbanas • Modelo da eficiência • Modelo da equidade Acselrad, Henry. Os sentidos da sustentabilidade urbana. Em: Acselrad, H. A duração das cidades. Ed. Lamparina, 2009.
  • 22. Sustentabilidade das Políticas Públicas Urbanas  Políticas são socialmente construídas • Legitimidade social para continuidade  Descentralização (expansão do foco) das políticas: • Grupos marginalizados • Gerações futuras • Não humanos  Restauração • Ambiente sócio-técnico-ecológico • Memória (material e cultural) e vínculo com o ambiente  Interação • Interação sociedade-ambiente • Fluxos locais e globais
  • 23. Conteúdo  Urbanização  Impactos ambientais no meio urbano  Metabolismo urbano  Justiça socioambiental no meio urbano  Infraestrutura verde  Cidades e mudanças climáticas
  • 24. Metabolismo Urbano http://www.bioazul.com/metabolismo-urbano-y-gestion-de-recursos/ ZHANG, Yan. Urban metabolism: A review of research methodologies. Environmental pollution, v. 178, p. 463-473, 2013. Alimentos Energia Materiais Entradas Cidade Saídas Resíduos orgânicos Emissões Resíduos inorgânicos Recursos renováveis CidadeEntradas Saídas reciclados Resíduos orgânicos Resíduos inorgânicos reciclados Contaminação e resíduos reduzidos
  • 25. Metabolismo urbano de Curitiba CONKE, L. S.; FERREIRA, T. L. Urban metabolism: Measuring the city's contribution to sustainable development. Environmental Pollution, v. 202, p. 146-152, 2015.
  • 26. Metabolismo Urbano de Feliz - RS KUHN, E. A. Metabolismo de um município brasileiro de pequeno porte: o caso de Feliz, RS. Tese de Doutrado. UFRGS 2014.
  • 27. Reciclagem em cidades no mundo Global City Indicators Facility (2015). Cities and Sustainable Infrastructure. Global Cities Institute. Policy Snapshot n. 3. %deresíduossólidosreciclados % PIB per capita (dólares) Colômbia África do Sul Argentina e Brasil Canadá Estados Unidos Filipinas
  • 28. Perdas de água por cidade no mundo Global City Indicators Facility (2015). Cities and Sustainable Infrastructure. Global Cities Institute. Policy Snapshot n. 3. Orçamentopercapita(dólares) % de perda de água Orçamento de capital per capita Orçamento operacional per capita Cidades de alta renda Cidades de média e baixa renda
  • 29. Conteúdo  Urbanização  Impactos ambientais no meio urbano  Metabolismo urbano  Justiça socioambiental no meio urbano  Infraestrutura verde  Cidades e mudanças climáticas
  • 30. Justiça Ambiental  Articulação entre: o Ativistas o Academia o Gestão pública  Injustiça distributiva o Populações mais pobres, ou etnicamente discriminadas são alocadas em áreas com pior qualidade ambiental  Poluição  Riscos de desastres naturais o Mensuração  Amenidades e desamenidades ambientais  Custos e Benefícios  Distribuição dos Riscos  Injustiça participativa o Populações mais pobres ou etnicamente discriminadas tem menos voz nos meios de discussão e tomada de decisão PICKETT, Steward TA; BOONE, Christopher G.; CADENASSO, Mary L. Ecology and Environmental Justice: Understanding Disturbance Using Ecological Theory. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 27-47. BOONE, Christopher G.; FRAGKIAS, Michail. Connecting environmental justice, sustainability, and vulnerability. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 49-59.
  • 31. Justiça Ambiental em São Paulo YOUNG, Andrea Ferraz. Urbanization, environmental justice, and social-environmental vulnerability in Brazil. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 95-116.
  • 32. YOUNG, Andrea Ferraz. Urbanization, environmental justice, and social-environmental vulnerability in Brazil. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 95-116. Periféricas e pobres Classe média Classe alta Reservatórios de Água Regiões
  • 33. YOUNG, Andrea Ferraz. Urbanization, environmental justice, and social-environmental vulnerability in Brazil. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 95-116. Risco de Desastres % da População por Regiões Pobres Classe média Ricos Áreas sem Risco 71,71 85,24 90,11 Áreas com Risco 28,29 14,76 9,89 Risco de Desastres Renda Média (R$) % de coleta de Esgoto % da população em Favelas Áreas sem Risco 1.421,05 90,58 5,68 Áreas com Risco 888,24 71,94 21,60 Risco de Desastres Crescimento Populacional entre 1991 e 2000 (%) Pobres Classe média Ricos Áreas sem Risco 3,26 -0,41 -1,1 Áreas com Risco 4,81 0,56 -1,2
  • 34. FISHER, Madeline. The urban forest and ecosystem services. Crops, Soils, Agronomy News, v. 61, n. 2, p. 4-8, 2016. Arborização Urbana Conforto térmico de pedestres Habitat para biodiversidade urbana Economia de energia por sombreamento de edifícios Diminuição do escoamento superficial
  • 35. Atividade Como a arborização urbana poderia ser estudada pela justiça ambiental?
  • 36. Arborização Urbana e Justiça Ambiental • Mais arborização em bairros ricos - injustiça? • Causas sociais para essa distribuição desigual • Políticas de saneamento incluem taxas de serviço  Taxas para arborização ambiental?  População não aceita bem a criação de taxas para o serviço ambiental de arborização • Sistema alternativo:  Parcerias público-privadas  Patrocinadores + ONGs + ProprietáriosMoradores Locais  Como fazer esse sistema ser transparente e participativo? • Bairros ricos abraçam melhor as iniciativas • Bairros pobres são contrários ao plantio de árvore  Custo de manutenção alto - outras prioridades  Sombras abrigam ladrões - insegurança PINCETL, Stephanie. Urban ecology and nature’s services infrastructure: Policy implications of the million trees initiative of the city of Los Angeles. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 61-74.
  • 37. Limitações comuns em estudos urbanos de Justiça ambiental  Foco nos problemas do aqui e agora (para mobilização social)  Pouco foco nas raízes sociais que geraram o problema  Foco em resolução de curto prazo  Pouco foco em processos regionais ou globais  Foco nas pessoas  Pouco foco em como poluição e desastres afetam os processos ecológicos na área urbana PICKETT, Steward TA; BOONE, Christopher G.; CADENASSO, Mary L. Ecology and Environmental Justice: Understanding Disturbance Using Ecological Theory. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 27-47. BOONE, Christopher G.; FRAGKIAS, Michail. Connecting environmental justice, sustainability, and vulnerability. In: Urbanization and Sustainability. Springer Netherlands, 2013. p. 49-59.
  • 38. Conteúdo  Urbanização  Impactos ambientais no meio urbano  Metabolismo urbano  Justiça socioambiental no meio urbano  Infraestrutura verde  Cidades e mudanças climáticas
  • 39. Infraestrutura Verde Telhados Verdes Edifício Matarazzo, Viaduto do Chá - SP http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/10/haddad-veta-obrigatoriedade-de-novos-predios-terem-telhado-verde.html
  • 40. Infraestrutura Verde Jardins Verticais Minhocão - SP http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,jardins-verticais-e-telhados-verdes-vao-servir-em-sp-como-compensacao-ambiental,1648993
  • 41. Infraestrutura Verde Agricultura Urbana Shopping Eldorado - SP http://www.condominiosverdes.com.br/shopping-em-sp-possui-telhado-verde-e-investe-em-compostagem/
  • 42. Crítica pela Justiça Ambiental  Infraestrutura verde e tecnologias sustentáveis (painéis solares, reúso da água, etc.) vendida como marketing ambiental dos edifícios • Apenas os mais ricos conseguem pagar  Aumentam ainda mais a desigualdade espacial dos impactos ambientais • Áreas pobres X Áreas ricas intra e inter cidades  Tendência de consumo de recursos per capita urbano continua aumentando Oliveira, L.D. A Cidade e o Modelo de Desenvolvimento Sustentável. Rio de Janeiro: UERJ/CEDERJ. 2016
  • 43. Edifício “Bosque Vertical” em Milão Referência: BBC Brasil, 2014. http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/11/141114_predio_milao_ga Serviços dos “Bosques Verticais” • Diminuicão da Temperatura • Filtragem da Poluição • Diminuição do CO2 na atmosfera • Aumento da umidade do ar Reflexão crítica • Desigualdade da distribuição dos benefícios • Consumo de recursos naturais • Custo-benefício em relação aos serviços ambientais
  • 44. Water Sensitive Urban Design Jardins de Chuva Nova Iorque http://www.nyc.gov/html/dep/html/stormwater/rain-gardens.shtml
  • 46. Parque Linear Várzeas do Tietê http://www.daee.sp.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=370:parq 75km de extensão e área de 107km2
  • 47. Conteúdo  Urbanização  Impactos ambientais no meio urbano  Metabolismo urbano  Justiça socioambiental no meio urbano  Infraestrutura verde  Cidades e mudanças climáticas
  • 48. Impacto das Cidades no Aquecimento Global  Consomem 75% da energia e emitem 80% dos gases do efeito estufa (GEE)  Principais atividades emissoras nas cidades o Países desenvolvidos -> climatização de ambientes o Países em desenvolvimento -> transporte  Cidades mais densas emitem menos GEE per capita o Climatização e transportes mais eficientes CHURKINA, Galina. Modeling the carbon cycle of urban systems. Ecological modelling, v. 216, n. 2, p. 107-113, 2008. HOORNWEG, Dan et al.. Cities and climate change: An urgent agenda. The world Bank, 2011. Mitigação: padrões de construção para isolamento térmico Mitigação: transporte coletivo
  • 49. Limites de resolução dos modelos climáticos Impacto do Aquecimento Global nas cidades
  • 50. Projeções climáticas do modelo regional Eta-CPTEC 40km para a RMSP NOBRE, Carlos A. et al. Vulnerabilidades das megacidades brasileiras às mudanças climáticas: Região Metropolitana de São Paulo. INPE, UNICAMP, USP, IPT, UNESP, 2010.
  • 51. https://engtechmag.wordpress.com/2012/11/06/top-20-cities-vulnerable-to-climate-change-flooding-an-annotated-graphic/ As 20 cidades mais vulneráveis aos eventos extremos climáticos Exposição estimada de cidades portuárias à inundação costeira para 2070 20 cidades com maior exposição em termos de bens em risco População em risco Valor dos bens em risco
  • 52.  Trocas de experiências entre governos municipais  Projetos de parceria https://iclei.org/
  • 53.  Metas municipais de desenvolvimento sustentável  Indicadores de desenvolvimento sustentável  Plataforma do Conhecimento: • Troca de experiências • Capacitação municipal https://www.cidadessustentaveis.org.br/
  • 54. Indicadores municipais de desenvolvimento sustentável Mandala ODS https://sidems.cnm.org.br/mandala/index/ano/2019 São Bernardo do Campo