SlideShare uma empresa Scribd logo
CCOONNJJUUNNCCÕÕEESS 
>>Ligando oracões<<
Conceito 
Conjunção é a palavra 
invariável que liga duas 
orações ou dois termos que 
exercem a mesma função 
sintática dentro de uma 
oração.
Classificacão: 
>>Coordenativas<< 
Coordenativas: Ligam termos 
que exercem a mesma função 
sintática, ou orações 
independentes (coordenadas).
Aditivas 
>>Adição 
>>Conjunções: e, nem, mas também, 
mas ainda. 
>>Exemplos 
*Josafá trabalha mas também estuda. 
*Não veio nem telefonou. 
*Viviane não só compareceu à reunião 
como trouxe ótimas propostas.
Adversativas 
>>Oposição 
>>Conjunções: mas, porém, todavia, 
contudo, entretanto, no entanto. 
>>Exemplos: 
*Não vi meu filho crescer, no entanto está 
um homem. 
*A peca foi boa, contudo não agradou aos 
espectadores.
Alternativas 
>>Escolha 
>>Conjunções: ou, ou..ou, ora..ora, 
quer...quer. 
>>Exemplos: 
*Sem metrô, sairia bem mais cedo ou 
poderia a hora no serviço. 
*A vida é sempre a mesma, quer faca sol, 
quer faca chuva.
Explicativas 
>>Explicação 
>>Conjuncoes: pois (anteposto ao 
verbo), porque, que. 
>>Exemplos: 
*Corra que vai chover logo. 
*É bom agasalhar-se, porque está frio lá 
fora.
Conclusivas 
>>Conclusão 
>>Conjuncoes: pois (posposto ao verbo), 
logo, portanto, então. 
>>Exemplos: 
*O tempo ajudou portanto a safra de 
arroz será boa. 
*Está muito frio; logo sairei agasalhado.
>>Subordinativas<< 
Ligam duas orações 
sintaticamente 
dependentes.
Causais 
>>Motivo 
>>Conjunções: porque, visto que, já que, 
uma vez que, como. 
>>Exemplos: 
*A energia elétrica acabou porque houve 
um curto-circuito. 
*Não pôde comprar o carro, já que o 
produto estava em falha.
Condicionais 
>>Condição 
>>Conjunções: se, caso, contanto que, 
desde que, a menos que. 
>>Exemplos: 
*Se não houver nenhum problema, 
voltarei cedo. 
*Estarei lá no horário combinado, a menos 
que aconteça algum imprevisto.
Consecutivas 
>>Conseqüência 
>>Conjunções: que (precedido de tão, 
tal, tanto), de modo que, de maneira 
que, sem que. 
>>Exemplos: 
*Tamanho foi o calor, que o asfalto 
amoleceu. 
*Não pode ver uma novidade sem que não 
levasse uma recordação.
Comparativas 
>>Comparação 
>>Conjunções: como, que (precedido de 
mais ou menos), tal como, tal qual. 
>>Exemplos: 
*Ela é tal como (ou qual) me disseram. 
*A filha fala tal qual a mãe: tem uma voz 
fina e alta.
Conformativas 
>>Conformidade 
>>Conjunções: como, conforme, segundo 
etc. 
>>Exemplos: 
*Fizemos o trabalho conforme o professor 
pediu. 
*Segundo fui informado, ele não virá.
Concessivas 
>>Concessão 
>>Conjunções: embora, se bem que, 
ainda que, mesmo que, conquanto, por 
mais que. 
>>Exemplos: 
*Ainda que estivesse cansado, foi à 
reunião. 
*Não aprende, por mais que lhe ensinem.
Temporais 
>>Tempo 
>>Conjunções: quando, enquanto, logo 
que, desde que, assim que. 
>>Exemplos: 
*Quando ele chegou, eu saí. 
*Desde que ele partiu sinto saudades.
Finais 
>>Finalidade 
>>Conjunções: a fim de que, para que, 
que. 
>>Exemplos: 
*Correu para que não fosse apanhado. 
*Coloquei o livro em lugar bem visível, a 
fim de que possa encontra-lo facilmente.
Proporcionais 
>>Proporção 
>>Conjunções:à proporção que, à 
medida que, quanto mais, quanto 
menos. 
>>Exemplos: 
*Nossas dúvidas aumentam à medida que 
estudamos. 
*Quanto mais distante o objeto, menor ele 
parece.
Integrantes 
>>Introduzem orações que equivalem a 
substantivos: que, se (quando iniciam 
oração subordinada substantiva). 
>>Exemplos: 
*Espero que você volte. (Espero sua 
volta) 
*Não sei se ele voltará. (Não sei da sua 
volta)
Observações 
As conjunções e, antes, agora, quando 
são adversativas quando equivalem a 
mas: 
*Paulo fala, e não faz. 
*O bom educador não proíbe, antes 
orienta. 
Senão é conjunção adversativa quando 
equivale a mas sim: 
*Conseguimos cargo não por 
protecionismo, senão (mas sim) por 
capacidade)
Observações 
Mal e apenas são conjunções 
subordinativas temporais quando 
equivalem a logo que. 
*Mal apareci na porta, todos se 
levantaram. 
*Apenas cheguei ao banco, já me 
forneceram o talão de cheques.
Grupo 
 Bárbara Professor 
 Bianca Josafá 
 Murillo 1o ano 
 Igor E.M. 
 Samara 
 Stalin 
‘’Todas as coisas cooperam pra o 
bem daqueles que amam a Deus’’

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
PaolaLins
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
Fábio Guimarães
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
Rita Cunha
 
Aula Figuras de Linguagem
Aula    Figuras de Linguagem Aula    Figuras de Linguagem
Aula Figuras de Linguagem
paula nery
 
Orações reduzidas
Orações reduzidasOrações reduzidas
Orações reduzidas
sandra
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
Flávio Ferreira
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
Sadrak Silva
 
Classes gramaticais
Classes gramaticais Classes gramaticais
Classes gramaticais
iamraphael
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
Leisiane Jesus
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
Rebeca Kaus
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
Blog Estudo
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
Andriane Cursino
 
Pressuposto e subentendido
Pressuposto e subentendidoPressuposto e subentendido
Pressuposto e subentendido
Marília Magalhães
 
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
Angélica Manenti
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
Alice Silva
 
Artigo aula 8
Artigo   aula 8Artigo   aula 8
Artigo aula 8
Alice Silva
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
bubble13
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
Rita Tramonte
 
17 divisão silábica
17   divisão silábica17   divisão silábica
17 divisão silábica
marcelocaxias
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
Isabel Sousa
 

Mais procurados (20)

Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
 
Aula Figuras de Linguagem
Aula    Figuras de Linguagem Aula    Figuras de Linguagem
Aula Figuras de Linguagem
 
Orações reduzidas
Orações reduzidasOrações reduzidas
Orações reduzidas
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Classes gramaticais
Classes gramaticais Classes gramaticais
Classes gramaticais
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Pressuposto e subentendido
Pressuposto e subentendidoPressuposto e subentendido
Pressuposto e subentendido
 
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Artigo aula 8
Artigo   aula 8Artigo   aula 8
Artigo aula 8
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
17 divisão silábica
17   divisão silábica17   divisão silábica
17 divisão silábica
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 

Mais de Bianca Pollyanna Swaggart

Guggenheim Bilbão - Sistema Estrutural
Guggenheim Bilbão - Sistema EstruturalGuggenheim Bilbão - Sistema Estrutural
Guggenheim Bilbão - Sistema Estrutural
Bianca Pollyanna Swaggart
 
Casa em bom Jesus 2
Casa em bom Jesus 2Casa em bom Jesus 2
Casa em bom Jesus 2
Bianca Pollyanna Swaggart
 
Pirates of the caribean - análise
Pirates of the caribean - análisePirates of the caribean - análise
Pirates of the caribean - análise
Bianca Pollyanna Swaggart
 
Jovem guarda
Jovem guardaJovem guarda
Exploração Colonial
Exploração ColonialExploração Colonial
Exploração Colonial
Bianca Pollyanna Swaggart
 
Heresias - império bizantino
Heresias - império bizantinoHeresias - império bizantino
Heresias - império bizantino
Bianca Pollyanna Swaggart
 
Apócope - Español
Apócope - EspañolApócope - Español
Apócope - Español
Bianca Pollyanna Swaggart
 
Diego velásquez - Las Meninas
Diego velásquez - Las MeninasDiego velásquez - Las Meninas
Diego velásquez - Las Meninas
Bianca Pollyanna Swaggart
 
Cigarro
CigarroCigarro
Arte na pré história
Arte na pré históriaArte na pré história
Arte na pré história
Bianca Pollyanna Swaggart
 
Frio extremo
Frio extremoFrio extremo

Mais de Bianca Pollyanna Swaggart (11)

Guggenheim Bilbão - Sistema Estrutural
Guggenheim Bilbão - Sistema EstruturalGuggenheim Bilbão - Sistema Estrutural
Guggenheim Bilbão - Sistema Estrutural
 
Casa em bom Jesus 2
Casa em bom Jesus 2Casa em bom Jesus 2
Casa em bom Jesus 2
 
Pirates of the caribean - análise
Pirates of the caribean - análisePirates of the caribean - análise
Pirates of the caribean - análise
 
Jovem guarda
Jovem guardaJovem guarda
Jovem guarda
 
Exploração Colonial
Exploração ColonialExploração Colonial
Exploração Colonial
 
Heresias - império bizantino
Heresias - império bizantinoHeresias - império bizantino
Heresias - império bizantino
 
Apócope - Español
Apócope - EspañolApócope - Español
Apócope - Español
 
Diego velásquez - Las Meninas
Diego velásquez - Las MeninasDiego velásquez - Las Meninas
Diego velásquez - Las Meninas
 
Cigarro
CigarroCigarro
Cigarro
 
Arte na pré história
Arte na pré históriaArte na pré história
Arte na pré história
 
Frio extremo
Frio extremoFrio extremo
Frio extremo
 

Último

apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 

Último (20)

apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 

Conjuncões

  • 2. Conceito Conjunção é a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos que exercem a mesma função sintática dentro de uma oração.
  • 3. Classificacão: >>Coordenativas<< Coordenativas: Ligam termos que exercem a mesma função sintática, ou orações independentes (coordenadas).
  • 4. Aditivas >>Adição >>Conjunções: e, nem, mas também, mas ainda. >>Exemplos *Josafá trabalha mas também estuda. *Não veio nem telefonou. *Viviane não só compareceu à reunião como trouxe ótimas propostas.
  • 5. Adversativas >>Oposição >>Conjunções: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto. >>Exemplos: *Não vi meu filho crescer, no entanto está um homem. *A peca foi boa, contudo não agradou aos espectadores.
  • 6. Alternativas >>Escolha >>Conjunções: ou, ou..ou, ora..ora, quer...quer. >>Exemplos: *Sem metrô, sairia bem mais cedo ou poderia a hora no serviço. *A vida é sempre a mesma, quer faca sol, quer faca chuva.
  • 7. Explicativas >>Explicação >>Conjuncoes: pois (anteposto ao verbo), porque, que. >>Exemplos: *Corra que vai chover logo. *É bom agasalhar-se, porque está frio lá fora.
  • 8. Conclusivas >>Conclusão >>Conjuncoes: pois (posposto ao verbo), logo, portanto, então. >>Exemplos: *O tempo ajudou portanto a safra de arroz será boa. *Está muito frio; logo sairei agasalhado.
  • 9. >>Subordinativas<< Ligam duas orações sintaticamente dependentes.
  • 10. Causais >>Motivo >>Conjunções: porque, visto que, já que, uma vez que, como. >>Exemplos: *A energia elétrica acabou porque houve um curto-circuito. *Não pôde comprar o carro, já que o produto estava em falha.
  • 11. Condicionais >>Condição >>Conjunções: se, caso, contanto que, desde que, a menos que. >>Exemplos: *Se não houver nenhum problema, voltarei cedo. *Estarei lá no horário combinado, a menos que aconteça algum imprevisto.
  • 12. Consecutivas >>Conseqüência >>Conjunções: que (precedido de tão, tal, tanto), de modo que, de maneira que, sem que. >>Exemplos: *Tamanho foi o calor, que o asfalto amoleceu. *Não pode ver uma novidade sem que não levasse uma recordação.
  • 13. Comparativas >>Comparação >>Conjunções: como, que (precedido de mais ou menos), tal como, tal qual. >>Exemplos: *Ela é tal como (ou qual) me disseram. *A filha fala tal qual a mãe: tem uma voz fina e alta.
  • 14. Conformativas >>Conformidade >>Conjunções: como, conforme, segundo etc. >>Exemplos: *Fizemos o trabalho conforme o professor pediu. *Segundo fui informado, ele não virá.
  • 15. Concessivas >>Concessão >>Conjunções: embora, se bem que, ainda que, mesmo que, conquanto, por mais que. >>Exemplos: *Ainda que estivesse cansado, foi à reunião. *Não aprende, por mais que lhe ensinem.
  • 16. Temporais >>Tempo >>Conjunções: quando, enquanto, logo que, desde que, assim que. >>Exemplos: *Quando ele chegou, eu saí. *Desde que ele partiu sinto saudades.
  • 17. Finais >>Finalidade >>Conjunções: a fim de que, para que, que. >>Exemplos: *Correu para que não fosse apanhado. *Coloquei o livro em lugar bem visível, a fim de que possa encontra-lo facilmente.
  • 18. Proporcionais >>Proporção >>Conjunções:à proporção que, à medida que, quanto mais, quanto menos. >>Exemplos: *Nossas dúvidas aumentam à medida que estudamos. *Quanto mais distante o objeto, menor ele parece.
  • 19. Integrantes >>Introduzem orações que equivalem a substantivos: que, se (quando iniciam oração subordinada substantiva). >>Exemplos: *Espero que você volte. (Espero sua volta) *Não sei se ele voltará. (Não sei da sua volta)
  • 20. Observações As conjunções e, antes, agora, quando são adversativas quando equivalem a mas: *Paulo fala, e não faz. *O bom educador não proíbe, antes orienta. Senão é conjunção adversativa quando equivale a mas sim: *Conseguimos cargo não por protecionismo, senão (mas sim) por capacidade)
  • 21. Observações Mal e apenas são conjunções subordinativas temporais quando equivalem a logo que. *Mal apareci na porta, todos se levantaram. *Apenas cheguei ao banco, já me forneceram o talão de cheques.
  • 22. Grupo  Bárbara Professor  Bianca Josafá  Murillo 1o ano  Igor E.M.  Samara  Stalin ‘’Todas as coisas cooperam pra o bem daqueles que amam a Deus’’