SlideShare uma empresa Scribd logo
Permanecei Comigo
Programa de Catequese
com Adultos
Catecumenato Roteiro para encontros catequéticos
Iniciação Cristã de AdultosIniciação Cristã de Adultos
III - A verdade sobre a Igreja
8
A missão da Igreja
A RAZÃO DE SER DA IGREJA É A EVANGELIZAÇÃO:
Catequista: A Igreja existe para anunciar e ensinar, para
ser a testemunha da graça, para reconciliar a
humanidade com o Pai misericordioso e perpetuar
o sacrifício de Cristo na Celebração da Eucaristia,
memorial de sua morte e gloriosa ressurreição.
Todos: A origem da missão da Igreja está na missão
do Filho e do Espírito Santo, enviados pelo Pai
ao mundo.
Catequizando 1: A atividade missionária da Igreja iniciou-
se na madrugada do domingo de Páscoa, quando
Maria Madalena e outras mulheres foram ao túmulo
de Jesus e o encontraram vazio. Logo ouviram a
alegre notícia:
Catequizando 2: “Não tenhais medo; buscais Jesus de
Nazaré, que foi crucificado; ressuscitou, não está
aqui; eis o lugar onde o depositaram. Mas ide, dizei
a seus discípulos e a Pedro que ele vos precede na
Galiléia; lá o vereis como vos disse” (Mc 16,6-7).
ACOLHIDA:
Apresentar aos participantes imagens e
gravuras da ação missionária da Igreja
(congregações, santos missionários,
anunciadores do Evangelho, celebrações
etc.) e de situações que pedem da Igreja
uma ação missionária (pobres, doentes,
presidiários, vítimas da violência etc.).
Pedir que comentem sobre as imagens
e concluir a partilha com as seguintes
palavras ou outras semelhantes:
Evangelizar constitui a missão da Igreja, sua
identidade e sua própria razão de ser. O
Senhor Jesus dá aos seus discípulos, à
Igreja nascente, o mandato desta missão:
“Ide, pois, fazer discípulos entre todas as
nações, e batizai-os em nome do Pai, do
filho e do espírito Santo. Ensinai-lhes a
observar tudo o que vos tenho ordenado.
Eis que estou convosco todos os dias, até
o fim dos tempos” (Mt 28,19-20).
Música:
CD O Espírito da Missão - Faixa nº 1
“Venham trabalhar na minha vinha”,
Dilatar meu reino entre as nações.
Convidar meu povo ao banquete.
Quero habitar nos corações.
Unidos pela força da oração,
Ungidos pelo espírito da missão,
Vamos juntos construir
uma Igreja em ação.
“Venham trabalhar na minha vinha,
Espalhar na terra o meu amor.
Muitos não conhecem a Boa Nova,
Vivem como ovelhas sem pastor.
“Venham trabalhar na minha vinha”,
Com fervor meu nome proclamar.
Que ninguém se queixe ao fim do dia:
“Ninguém me chamou a trabalhar”
JESUS É O MISSIONÁRIO DO PAI:
Catequizando 1: Jesus é o missionário do Pai. A missão que Ele confia
a seus discípulos é a sua mesma missão. É nele, pois, que o
discípulo tem a fonte permanente do seu ardor missionário e
sabedoria profética para anunciar o Evangelho da vida.
Catequizando 2: O encontro com Cristo Vivo, missionário do Pai,
como experiência pessoal na comunidade de fé, sustenta o
missionário e reaviva sempre o seu ardor.
Catequista: A experiência do encontro com Cristo muda radicalmente
a vida, como aconteceu com a Samaritana, com Zaqueu, com
Bartimeu e com Paulo. É uma experiência única que precisa ser
comunicada, compartilhada.
Catequizando 1: Maria Madalena foi ao encontro dos
discípulos e lhes anunciou a notícia da
ressurreição de Jesus. Em Pentecostes,
começou a missão da Igreja: anunciar o Reino
de Deus a todos os povos da terra, missão que
permanece até hoje.
Catequizando 2: Através da ação da Igreja, a Palavra
de Deus se difunde no mundo. O livro dos Atos
dos Apóstolos narra a história das primeiras
comunidades e a ação dos apóstolos,
principalmente de São Pedro e São Paulo.
Todos: A Palavra de Deus crescia e se multiplicava
e eram muitos os que acolhiam-na e se
tornavam discípulos de Jesus, ou cristãos.
Catequista: Após vinte séculos, existem ainda povos
que não ouviram o anuncio do Evangelho. Bem
perto de nós existem pessoas que não conhecem
Jesus Cristo. Diante desta realidade, o que
decidimos? (Fazer a partilha.)
O catequista pode apresentar de modo
simples e rápido o relato das experiências
de encontro com Jesus Cristo, conforme
os textos bíblicos: Jo 4,1-38; Lc 19,1-10;
Mc 10,46-52; At 9,1-9. Encerrar o relato
cantando:
CD Mantras – Frei Luiz Turra – Faixa nº 10
Ó luz do Senhor que vem sobre a terra
Inunda meu ser permanece em nós. (bis)
Para aprofundamento e reflexão pessoal:
TESTEMUNHO DE JOÃO BATISTA:
(Jo 1,19-34 – Ler o texto)
O motivo central da figura de João Batista é o
testemunho. Jesus não revela abertamente a sua
origem, é preciso acolhê-la na própria vida. E quem
tem o dom de acolhê-la – como João Batista que foi
iluminado enquanto batizava Jesus – tem o dever
de tornar-se testemunho. Testemunha-se um Deus
que já está aqui. O Cordeiro de Deus é Jesus Cristo.
ENCONTRO COM OS PRIMEIROS DISCÍPULOS:
(Jo 1,35-51 – Ler o texto)
O primeiro encontro dos discípulos com o Senhor é
narrado como uma descoberta do mistério de
Jesus. Discípulo é aquele que aceita o testemunho,
procura, segue, vem, permanece, e se torna
também, testemunho. A narração nos apresenta
dois quadros: 1º (35-42) - dois discípulos passam
de João Batista para Jesus: é um modo concreto
para dizer que Jesus é maior que João; 2º (43-51) -
vemos dois discípulos chamados pelo mesmo Jesus.
Nos dois casos um discípulo, fascinado por Jesus e
feliz por tê-lo encontrado, torna-se testemunho e
ocasião para que outros se tornem discípulos
também.
COMPROMISSO MISSIONÁRIO:
Catequizando 1: Na Eucaristia, nós nos encontramos com Cristo de modo muito especial. Sendo a missão alimentada
pela Eucaristia, ela mantém sua identidade.
Catequizando 2: A Eucaristia é também o objetivo fundamental da missão: fazer com que todos se tornem discípulos
de Jesus, realizando o encontro pessoal com Ele e vivendo a experiência de um amor sincero e profundo.
Catequista: A missão é, para a Igreja, o primeiro e mais importante serviço que ela presta ao ser humano. Todos
são chamados à missão: pais, jovens, educadores, operários... Todos, sem exceção, são missionários!
Sobretudo as dioceses e as paróquias devem desenvolver uma ação planejada e preparar bem seus
missionários.
Todos: Para atingir a todos, há de se criar comunidades de envio, de acolhida e de compromisso com a
defesa da dignidade humana, a preservação da vida e a salvação de todos.
Catequista: De que forma nós podemos participar da ação missionária da Igreja? Quais são os lugares em que a
Palavra de Deus deve ser anunciada com maior ousadia e ardor missionário? (Fazer a partilha.)
PAUSA PARA ORAÇÃO:
Catequista: Vamos rezar o Salmo 22 descobrindo a rica mensagem da
missão de Jesus:
Todos: “Dou a minha vida pelas minhas ovelhas!” (Jo 10,15).
1. O Senhor é meu pastor, nada me faltará, em verdes
prados ele me faz repousar.
2. Conduz-me junto às águas refrescantes, restaura as forças
de minha alma.
3. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome.
4. Ainda que eu atravesse o vale escuro, nada temerei, pois
estás comigo.
5. Vosso bordão e vosso cajado são o meu amparo.
6. Preparais para mim a mesa à vista de meus inimigos.
7. Derramais o perfume sobre minha cabeça, transborda a
minha taça.
8. A vossa bondade e misericórdia hão de seguir-me por
todos os dias da minha vida.
9. E habitarei na casa do Senhor por todos os tempos.
Todos: “Dou a minha vida pelas minhas ovelhas!” (Jo 10,15).
Catequista: Com a certeza de que Jesus “está conosco, todos os dias,
até os fins dos tempos,” rezemos: Pai nosso ...
Música:
CD O Espírito da Missão – Faixa nº 09
Ao Espírito de amor canto agora uma
canção, Que é tão simples como a
flor, mas brotou do coração.
Vou ser sangue novo, vou ser
comunhão. Vou chamar o povo e
fazer louvação!
O Espírito de Deus me ungiu me
enviou; Renovou meu coração, e
profeta agora eu sou.
Eu agora sei quem sou, eu agora sei
amar. Vou levar ao mundo inteiro a
lição do teu altar!
AGENTES DE COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO:
A missão específica de cada membro da Igreja chama-se
ministério, que quer dizer “serviço”. Chamamos
“agentes de comunhão e de participação” todos os
membros da Igreja com diferentes ministérios ou serviços:
a) Leigos e leigas: são todos os membros da Igreja,
consagrados pelo Batismo e pela Confirmação. Sua
primeira e mais específica missão é no mundo: na
família; na escola; no ambiente de trabalho; no
sindicato; na política; no bairro etc. Os leigos podem e
devem assumir também muitos ministérios concretos
dentro de sua comunidade cristã, como coordenadores
de CEBs, catequistas, ministros do “culto sem padre”,
agentes de pastoral etc.
b) Religiosos: são leigos e leigas, e também sacerdotes,
que consagraram sua vida a serviço do reino e da
Igreja, fazendo parte de uma “Congregação”, ou
“Ordem” ou “Instituto religioso”. Cada congregação
religiosa realiza uma missão específica, conforme o
carisma de seu fundador.
c) Sacerdotes: alguns leigos e religiosos são chamados
e consagrados para servir o Povo de Deus, como
dirigentes e principais responsáveis da Igreja. São os
bispos, presbíteros (padres) e diáconos (estes,
geralmente, são homens casados).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cat04
Cat04Cat04
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Erberson Pinheiro
 
Eucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola VivencialEucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola Vivencial
José Vieira Dos Santos
 
Lição 05 - A evangelização de grupos específicos
Lição 05 - A evangelização de grupos específicosLição 05 - A evangelização de grupos específicos
Lição 05 - A evangelização de grupos específicos
Éder Tomé
 
Santo livro
Santo livroSanto livro
Santo livro
pr_afsalbergaria
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus CristoLição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Éder Tomé
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Catequese Anjos dos Céus
 
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
Catequese Anjos dos Céus
 
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo IILição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Erberson Pinheiro
 
Cat02
Cat02Cat02
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
Helio Diniz
 
P1308 pentecostes
P1308 pentecostesP1308 pentecostes
P1308 pentecostes
José Luiz Silva Pinto
 
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amorEntregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Fábio Vasconcelos
 
Novena de sâo Joâo Eudes
Novena de sâo Joâo EudesNovena de sâo Joâo Eudes
Novena de sâo Joâo Eudes
Unidad de Espiritualidad Eudista
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
Catequista Josivaldo
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Éder Tomé
 
C1229 partilha tua_fe
C1229 partilha tua_feC1229 partilha tua_fe
C1229 partilha tua_fe
José Luiz Silva Pinto
 
Lição 8 - Jesus, o Missionário Excelente.
Lição 8 - Jesus, o Missionário Excelente.Lição 8 - Jesus, o Missionário Excelente.
Lição 8 - Jesus, o Missionário Excelente.
Éder Tomé
 
Eucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unirEucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unir
Paroquia Cucujaes
 
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo IILição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

Cat04
Cat04Cat04
Cat04
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
 
Eucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola VivencialEucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola Vivencial
 
Lição 05 - A evangelização de grupos específicos
Lição 05 - A evangelização de grupos específicosLição 05 - A evangelização de grupos específicos
Lição 05 - A evangelização de grupos específicos
 
Santo livro
Santo livroSanto livro
Santo livro
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus CristoLição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
 
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
 
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo IILição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
 
Cat02
Cat02Cat02
Cat02
 
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
 
P1308 pentecostes
P1308 pentecostesP1308 pentecostes
P1308 pentecostes
 
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amorEntregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
 
Novena de sâo Joâo Eudes
Novena de sâo Joâo EudesNovena de sâo Joâo Eudes
Novena de sâo Joâo Eudes
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
 
C1229 partilha tua_fe
C1229 partilha tua_feC1229 partilha tua_fe
C1229 partilha tua_fe
 
Lição 8 - Jesus, o Missionário Excelente.
Lição 8 - Jesus, o Missionário Excelente.Lição 8 - Jesus, o Missionário Excelente.
Lição 8 - Jesus, o Missionário Excelente.
 
Eucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unirEucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unir
 
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo IILição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
 

Destaque

Cat06
Cat06Cat06
Cat07
Cat07Cat07
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
Nunes
 
Cat05
Cat05Cat05
Cat09
Cat09Cat09
7º, 8º, 9º e 10º mandamentos (1)
7º,  8º, 9º e 10º mandamentos (1)7º,  8º, 9º e 10º mandamentos (1)
7º, 8º, 9º e 10º mandamentos (1)
catecumenatosaodimas
 
Cat03
Cat03Cat03
Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012
Maria Dourisete Araujo
 
Catecumenato
CatecumenatoCatecumenato
Catecumenato
paroquiasaojose
 
Historia da catequese
Historia da catequese Historia da catequese
Historia da catequese
Ramon Gimenez
 
Apresentação a iniciação da vida cristã
Apresentação a iniciação da vida cristãApresentação a iniciação da vida cristã
Apresentação a iniciação da vida cristã
eusouaimaculada
 
Material de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristãMaterial de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristã
Catequese Anjos dos Céus
 

Destaque (12)

Cat06
Cat06Cat06
Cat06
 
Cat07
Cat07Cat07
Cat07
 
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
 
Cat05
Cat05Cat05
Cat05
 
Cat09
Cat09Cat09
Cat09
 
7º, 8º, 9º e 10º mandamentos (1)
7º,  8º, 9º e 10º mandamentos (1)7º,  8º, 9º e 10º mandamentos (1)
7º, 8º, 9º e 10º mandamentos (1)
 
Cat03
Cat03Cat03
Cat03
 
Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012
 
Catecumenato
CatecumenatoCatecumenato
Catecumenato
 
Historia da catequese
Historia da catequese Historia da catequese
Historia da catequese
 
Apresentação a iniciação da vida cristã
Apresentação a iniciação da vida cristãApresentação a iniciação da vida cristã
Apresentação a iniciação da vida cristã
 
Material de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristãMaterial de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristã
 

Semelhante a Cat08

LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
Andrew Guimarães
 
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptxCAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
Paulo David
 
Setor 22 missões. Missões - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Setor 22 missões. Missões - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJCSetor 22 missões. Missões - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Setor 22 missões. Missões - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Bernadetecebs .
 
Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
 Oração das Missões no Setor 26 das CEBs Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
Bernadetecebs .
 
Oração da missões nº 24 - setor 10 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus
Oração da missões nº 24  - setor 10 das CEBs - Paróquia Coração de JesusOração da missões nº 24  - setor 10 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus
Oração da missões nº 24 - setor 10 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus
Bernadetecebs .
 
Ecovida set-out 2108
Ecovida   set-out 2108Ecovida   set-out 2108
Ecovida set-out 2108
Lada vitorino
 
Eucaristia e Missão, Pedreira
Eucaristia e Missão, PedreiraEucaristia e Missão, Pedreira
Eucaristia e Missão, Pedreira
Andreia Mello
 
Eucarístia e Missão, Pedreira
Eucarístia e Missão, PedreiraEucarístia e Missão, Pedreira
Eucarístia e Missão, Pedreira
Andreia Mello
 
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
Pr. Andre Luiz
 
6º Encontro ano da fé documento de aparecida
6º Encontro ano da fé   documento de aparecida6º Encontro ano da fé   documento de aparecida
6º Encontro ano da fé documento de aparecida
Comunidade Católica NS Candelária Indaiatuba
 
Ano Vocacional 2023.pptx
Ano Vocacional 2023.pptxAno Vocacional 2023.pptx
Ano Vocacional 2023.pptx
DELSOCORREIA
 
Ascensao
AscensaoAscensao
Lição 8 ministerio de evangelista
Lição 8 ministerio de evangelistaLição 8 ministerio de evangelista
Lição 8 ministerio de evangelista
pralucianaevangelista
 
8ºencontro
8ºencontro8ºencontro
8ºencontro
jucrismm
 
ASCENÇÃO
ASCENÇÃOASCENÇÃO
ASCENÇÃO
Isaura Miike
 
Lição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é EvangelizaçãoLição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é Evangelização
I.A.D.F.J - SAMAMABAIA SUL
 
A MISSÃO DA IGREJA, PRESSUPOSTO DA MISSÃO DO FIEL CRISTÃO E DA MISSÃO LAICAL
A MISSÃO DA IGREJA, PRESSUPOSTO DA MISSÃO DO FIEL CRISTÃO E DA MISSÃO LAICALA MISSÃO DA IGREJA, PRESSUPOSTO DA MISSÃO DO FIEL CRISTÃO E DA MISSÃO LAICAL
A MISSÃO DA IGREJA, PRESSUPOSTO DA MISSÃO DO FIEL CRISTÃO E DA MISSÃO LAICAL
Pedro Francisco Moraes De
 
C1229 partilha tua_fe
C1229 partilha tua_feC1229 partilha tua_fe
C1229 partilha tua_fe
José Luiz Silva Pinto
 
Identidade Da C Atequese Em Pdf
Identidade Da C Atequese Em PdfIdentidade Da C Atequese Em Pdf
Identidade Da C Atequese Em Pdf
Alexandre
 
Cristianismo
CristianismoCristianismo
Cristianismo
Leonardo Prediger
 

Semelhante a Cat08 (20)

LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
 
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptxCAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
 
Setor 22 missões. Missões - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Setor 22 missões. Missões - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJCSetor 22 missões. Missões - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Setor 22 missões. Missões - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
 
Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
 Oração das Missões no Setor 26 das CEBs Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
 
Oração da missões nº 24 - setor 10 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus
Oração da missões nº 24  - setor 10 das CEBs - Paróquia Coração de JesusOração da missões nº 24  - setor 10 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus
Oração da missões nº 24 - setor 10 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus
 
Ecovida set-out 2108
Ecovida   set-out 2108Ecovida   set-out 2108
Ecovida set-out 2108
 
Eucaristia e Missão, Pedreira
Eucaristia e Missão, PedreiraEucaristia e Missão, Pedreira
Eucaristia e Missão, Pedreira
 
Eucarístia e Missão, Pedreira
Eucarístia e Missão, PedreiraEucarístia e Missão, Pedreira
Eucarístia e Missão, Pedreira
 
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
 
6º Encontro ano da fé documento de aparecida
6º Encontro ano da fé   documento de aparecida6º Encontro ano da fé   documento de aparecida
6º Encontro ano da fé documento de aparecida
 
Ano Vocacional 2023.pptx
Ano Vocacional 2023.pptxAno Vocacional 2023.pptx
Ano Vocacional 2023.pptx
 
Ascensao
AscensaoAscensao
Ascensao
 
Lição 8 ministerio de evangelista
Lição 8 ministerio de evangelistaLição 8 ministerio de evangelista
Lição 8 ministerio de evangelista
 
8ºencontro
8ºencontro8ºencontro
8ºencontro
 
ASCENÇÃO
ASCENÇÃOASCENÇÃO
ASCENÇÃO
 
Lição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é EvangelizaçãoLição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é Evangelização
 
A MISSÃO DA IGREJA, PRESSUPOSTO DA MISSÃO DO FIEL CRISTÃO E DA MISSÃO LAICAL
A MISSÃO DA IGREJA, PRESSUPOSTO DA MISSÃO DO FIEL CRISTÃO E DA MISSÃO LAICALA MISSÃO DA IGREJA, PRESSUPOSTO DA MISSÃO DO FIEL CRISTÃO E DA MISSÃO LAICAL
A MISSÃO DA IGREJA, PRESSUPOSTO DA MISSÃO DO FIEL CRISTÃO E DA MISSÃO LAICAL
 
C1229 partilha tua_fe
C1229 partilha tua_feC1229 partilha tua_fe
C1229 partilha tua_fe
 
Identidade Da C Atequese Em Pdf
Identidade Da C Atequese Em PdfIdentidade Da C Atequese Em Pdf
Identidade Da C Atequese Em Pdf
 
Cristianismo
CristianismoCristianismo
Cristianismo
 

Cat08

  • 1. Permanecei Comigo Programa de Catequese com Adultos Catecumenato Roteiro para encontros catequéticos Iniciação Cristã de AdultosIniciação Cristã de Adultos III - A verdade sobre a Igreja 8 A missão da Igreja A RAZÃO DE SER DA IGREJA É A EVANGELIZAÇÃO: Catequista: A Igreja existe para anunciar e ensinar, para ser a testemunha da graça, para reconciliar a humanidade com o Pai misericordioso e perpetuar o sacrifício de Cristo na Celebração da Eucaristia, memorial de sua morte e gloriosa ressurreição. Todos: A origem da missão da Igreja está na missão do Filho e do Espírito Santo, enviados pelo Pai ao mundo. Catequizando 1: A atividade missionária da Igreja iniciou- se na madrugada do domingo de Páscoa, quando Maria Madalena e outras mulheres foram ao túmulo de Jesus e o encontraram vazio. Logo ouviram a alegre notícia: Catequizando 2: “Não tenhais medo; buscais Jesus de Nazaré, que foi crucificado; ressuscitou, não está aqui; eis o lugar onde o depositaram. Mas ide, dizei a seus discípulos e a Pedro que ele vos precede na Galiléia; lá o vereis como vos disse” (Mc 16,6-7). ACOLHIDA: Apresentar aos participantes imagens e gravuras da ação missionária da Igreja (congregações, santos missionários, anunciadores do Evangelho, celebrações etc.) e de situações que pedem da Igreja uma ação missionária (pobres, doentes, presidiários, vítimas da violência etc.). Pedir que comentem sobre as imagens e concluir a partilha com as seguintes palavras ou outras semelhantes: Evangelizar constitui a missão da Igreja, sua identidade e sua própria razão de ser. O Senhor Jesus dá aos seus discípulos, à Igreja nascente, o mandato desta missão: “Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, e batizai-os em nome do Pai, do filho e do espírito Santo. Ensinai-lhes a observar tudo o que vos tenho ordenado. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos” (Mt 28,19-20). Música: CD O Espírito da Missão - Faixa nº 1 “Venham trabalhar na minha vinha”, Dilatar meu reino entre as nações. Convidar meu povo ao banquete. Quero habitar nos corações. Unidos pela força da oração, Ungidos pelo espírito da missão, Vamos juntos construir uma Igreja em ação. “Venham trabalhar na minha vinha, Espalhar na terra o meu amor. Muitos não conhecem a Boa Nova, Vivem como ovelhas sem pastor. “Venham trabalhar na minha vinha”, Com fervor meu nome proclamar. Que ninguém se queixe ao fim do dia: “Ninguém me chamou a trabalhar” JESUS É O MISSIONÁRIO DO PAI: Catequizando 1: Jesus é o missionário do Pai. A missão que Ele confia a seus discípulos é a sua mesma missão. É nele, pois, que o discípulo tem a fonte permanente do seu ardor missionário e sabedoria profética para anunciar o Evangelho da vida. Catequizando 2: O encontro com Cristo Vivo, missionário do Pai, como experiência pessoal na comunidade de fé, sustenta o missionário e reaviva sempre o seu ardor. Catequista: A experiência do encontro com Cristo muda radicalmente a vida, como aconteceu com a Samaritana, com Zaqueu, com Bartimeu e com Paulo. É uma experiência única que precisa ser comunicada, compartilhada. Catequizando 1: Maria Madalena foi ao encontro dos discípulos e lhes anunciou a notícia da ressurreição de Jesus. Em Pentecostes, começou a missão da Igreja: anunciar o Reino de Deus a todos os povos da terra, missão que permanece até hoje. Catequizando 2: Através da ação da Igreja, a Palavra de Deus se difunde no mundo. O livro dos Atos dos Apóstolos narra a história das primeiras comunidades e a ação dos apóstolos, principalmente de São Pedro e São Paulo. Todos: A Palavra de Deus crescia e se multiplicava e eram muitos os que acolhiam-na e se tornavam discípulos de Jesus, ou cristãos. Catequista: Após vinte séculos, existem ainda povos que não ouviram o anuncio do Evangelho. Bem perto de nós existem pessoas que não conhecem Jesus Cristo. Diante desta realidade, o que decidimos? (Fazer a partilha.) O catequista pode apresentar de modo simples e rápido o relato das experiências de encontro com Jesus Cristo, conforme os textos bíblicos: Jo 4,1-38; Lc 19,1-10; Mc 10,46-52; At 9,1-9. Encerrar o relato cantando: CD Mantras – Frei Luiz Turra – Faixa nº 10 Ó luz do Senhor que vem sobre a terra Inunda meu ser permanece em nós. (bis)
  • 2. Para aprofundamento e reflexão pessoal: TESTEMUNHO DE JOÃO BATISTA: (Jo 1,19-34 – Ler o texto) O motivo central da figura de João Batista é o testemunho. Jesus não revela abertamente a sua origem, é preciso acolhê-la na própria vida. E quem tem o dom de acolhê-la – como João Batista que foi iluminado enquanto batizava Jesus – tem o dever de tornar-se testemunho. Testemunha-se um Deus que já está aqui. O Cordeiro de Deus é Jesus Cristo. ENCONTRO COM OS PRIMEIROS DISCÍPULOS: (Jo 1,35-51 – Ler o texto) O primeiro encontro dos discípulos com o Senhor é narrado como uma descoberta do mistério de Jesus. Discípulo é aquele que aceita o testemunho, procura, segue, vem, permanece, e se torna também, testemunho. A narração nos apresenta dois quadros: 1º (35-42) - dois discípulos passam de João Batista para Jesus: é um modo concreto para dizer que Jesus é maior que João; 2º (43-51) - vemos dois discípulos chamados pelo mesmo Jesus. Nos dois casos um discípulo, fascinado por Jesus e feliz por tê-lo encontrado, torna-se testemunho e ocasião para que outros se tornem discípulos também. COMPROMISSO MISSIONÁRIO: Catequizando 1: Na Eucaristia, nós nos encontramos com Cristo de modo muito especial. Sendo a missão alimentada pela Eucaristia, ela mantém sua identidade. Catequizando 2: A Eucaristia é também o objetivo fundamental da missão: fazer com que todos se tornem discípulos de Jesus, realizando o encontro pessoal com Ele e vivendo a experiência de um amor sincero e profundo. Catequista: A missão é, para a Igreja, o primeiro e mais importante serviço que ela presta ao ser humano. Todos são chamados à missão: pais, jovens, educadores, operários... Todos, sem exceção, são missionários! Sobretudo as dioceses e as paróquias devem desenvolver uma ação planejada e preparar bem seus missionários. Todos: Para atingir a todos, há de se criar comunidades de envio, de acolhida e de compromisso com a defesa da dignidade humana, a preservação da vida e a salvação de todos. Catequista: De que forma nós podemos participar da ação missionária da Igreja? Quais são os lugares em que a Palavra de Deus deve ser anunciada com maior ousadia e ardor missionário? (Fazer a partilha.) PAUSA PARA ORAÇÃO: Catequista: Vamos rezar o Salmo 22 descobrindo a rica mensagem da missão de Jesus: Todos: “Dou a minha vida pelas minhas ovelhas!” (Jo 10,15). 1. O Senhor é meu pastor, nada me faltará, em verdes prados ele me faz repousar. 2. Conduz-me junto às águas refrescantes, restaura as forças de minha alma. 3. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome. 4. Ainda que eu atravesse o vale escuro, nada temerei, pois estás comigo. 5. Vosso bordão e vosso cajado são o meu amparo. 6. Preparais para mim a mesa à vista de meus inimigos. 7. Derramais o perfume sobre minha cabeça, transborda a minha taça. 8. A vossa bondade e misericórdia hão de seguir-me por todos os dias da minha vida. 9. E habitarei na casa do Senhor por todos os tempos. Todos: “Dou a minha vida pelas minhas ovelhas!” (Jo 10,15). Catequista: Com a certeza de que Jesus “está conosco, todos os dias, até os fins dos tempos,” rezemos: Pai nosso ... Música: CD O Espírito da Missão – Faixa nº 09 Ao Espírito de amor canto agora uma canção, Que é tão simples como a flor, mas brotou do coração. Vou ser sangue novo, vou ser comunhão. Vou chamar o povo e fazer louvação! O Espírito de Deus me ungiu me enviou; Renovou meu coração, e profeta agora eu sou. Eu agora sei quem sou, eu agora sei amar. Vou levar ao mundo inteiro a lição do teu altar! AGENTES DE COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO: A missão específica de cada membro da Igreja chama-se ministério, que quer dizer “serviço”. Chamamos “agentes de comunhão e de participação” todos os membros da Igreja com diferentes ministérios ou serviços: a) Leigos e leigas: são todos os membros da Igreja, consagrados pelo Batismo e pela Confirmação. Sua primeira e mais específica missão é no mundo: na família; na escola; no ambiente de trabalho; no sindicato; na política; no bairro etc. Os leigos podem e devem assumir também muitos ministérios concretos dentro de sua comunidade cristã, como coordenadores de CEBs, catequistas, ministros do “culto sem padre”, agentes de pastoral etc. b) Religiosos: são leigos e leigas, e também sacerdotes, que consagraram sua vida a serviço do reino e da Igreja, fazendo parte de uma “Congregação”, ou “Ordem” ou “Instituto religioso”. Cada congregação religiosa realiza uma missão específica, conforme o carisma de seu fundador. c) Sacerdotes: alguns leigos e religiosos são chamados e consagrados para servir o Povo de Deus, como dirigentes e principais responsáveis da Igreja. São os bispos, presbíteros (padres) e diáconos (estes, geralmente, são homens casados).