SlideShare uma empresa Scribd logo
Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant’Iago
Biblioteca Tem origem na palavra grega: “Bibliothéke” — significa o lugar onde se guardam livros. Em latim, “Bibliotheca” significa estante.
Mês Internacional das Bibliotecas Escolares Outubro 2010 Comemoração "Diversidade, Desafio, Resiliência: As Bibliotecas Escolares têm de tudo" Mês Internacional das Bibliotecas Escolares Outubro
1 das maiores bibliotecas do mundo foi construída em Alexandria no Egipto e tinha mais de  60 mil volumes, manuscritos em folhas de papiro ou em pergaminhos (peles de carneiro especialmente preparadas para servir como material de escrita). Foi destruída quando os árabes conquistaram  Alexandria.
foi erguida em Nínive, a cidade mais importante da Assíria (actual Iraque), pelo rei Assurbanipal II, por volta do século 7 a.C.  Nela, foram armazenadas milhares de tabuletas escritas com caracteres cuneiformes, a mais antiga forma de escrita que se conhece. Escrita Cuneiforme
Biblioteca mais antiga em Nínive
A 1ª biblioteca do mundo com menos livros, ou quase. Pertence à Faculdade de Engenharia da  Universidade  de Stanford nos EUA no estado da Califórnia.
Biblioteca instalada numa carrinha que visita meios mais isolados, onde os utentes podem ler e requisitar livros, ler jornais e revistas.
Antigamente em Lisboa - Carrinha da Gulbenkian
Actualmente estas bibliotecas já disponibilizam computadores com Internet.
 
No Brasil - uma biblioteca móvel instalada num autocarro. Na índia – a camioneta  que serve de biblioteca  também serve de escola.
Na Colômbia
No Quénia
Biblioteca em carro de mão No Brasil
Biblioteca no comboio  em    Shinkansen no Japão http://www.youtube.com/watch?v=Fosh2tC6ToQ
Barco Biblioteca Itinerante Lagoa da Conceição na Ilha de Stª Catarina Brasil
Navio biblioteca
 
É a biblioteca mais completa do país, pois tem exemplares de tudo o que é publicado em Portugal, assim como dos livros escritos na Língua Portuguesa noutros locais do Mundo. Situada no Campo Grande em Lisboa. Criada em 1798 .
Servem a população de uma zona – cidade, vila… Espaço  de leitura de periódicos , dedicado aos  adultos. Em Setúbal
Sala do Conto para jovens e crianças. Biblioteca Pública em Setúbal
Biblioteca Digital http://www.wdl.org/pt/
Avião biblioteca Cochabamba, na Bolívia.
Navio biblioteca
Projecto inovador da Biblioteca Pública da Batalha, distinguido pela Gulbenkian, inaugurado dia 5 de Dezembro de 2006  Para utilizar a máquina, os utentes têm que ter um cartão magnético, cedido gratuitamente pela Biblioteca Pública. Este multibanco de livros pode emprestar 170 livros por dia.
Em Braga
Em Sesimbra Em Esposende
Bondi Beach Na Austrália
 
Praia fluvial A partir de 1 de Junho, a Biblioteca Estival regressa à Praia Fluvial do Rosário - Moita
Da ordem dos enfermeiros
Biblioteca OMS  O projeto Biblioteca Azul foi desenvolvido pela Biblioteca de OMS (Organização Mundial de Saúde) para disseminar informações básicas em saúde às equipas distritais dos países em desenvolvimento. A coleção é organizada segundo grandes temas.  Contém mais de 180 livros, documentos e manuais sobre saúde pública e outras áreas relacionadas com as ciências da saúde. Disponíveis em quatro idiomas: Português, Inglês, Francês e Árabe.
Biblioteca no aeroporto 1 ª  biblioteca criada num aeroporto. No aeroporto de Schiphol em Amesterdão, na Holanda.
Biblioteca particular
 
Universitárias Na Universidade de Coimbra
EB2,3
Bibliotecas do 1º Ciclo
Bibliotecas  do Pré Escolar
Podes
 
 
 
Curiosidades:
Livros em estantes  fechadas Livros em livre acesso
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Proposta de atividades para uma biblioteca dinâmica
Proposta de atividades para uma biblioteca dinâmicaProposta de atividades para uma biblioteca dinâmica
Proposta de atividades para uma biblioteca dinâmica
Armanda Ribeiro
 
Projeto de incentivo a leitura
Projeto de incentivo a leituraProjeto de incentivo a leitura
Projeto de incentivo a leitura
projetosculturais2013
 
profuncionario biblioteca
profuncionario bibliotecaprofuncionario biblioteca
profuncionario biblioteca
Fatima Lima
 
Promoção do Livro e da Leitura
Promoção do Livro e da LeituraPromoção do Livro e da Leitura
Promoção do Livro e da Leitura
leiturascoloridas
 
Programação cultural e mediação de leitura em bibliotecas públicas
Programação cultural e mediação de leitura em bibliotecas públicasProgramação cultural e mediação de leitura em bibliotecas públicas
Programação cultural e mediação de leitura em bibliotecas públicas
Sistema Municipal de Bibliotecas
 
Aula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca EscolarAula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca Escolar
Alexsandro Menezes da Silva
 
Escrever para crianças e jovens: o quê e porquê?
Escrever para crianças e jovens: o quê e porquê?Escrever para crianças e jovens: o quê e porquê?
Escrever para crianças e jovens: o quê e porquê?
António Pires
 
Aula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolarAula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolar
Biblio 2010
 
Biblioteca da escola - Direito de Ler
Biblioteca da escola - Direito de LerBiblioteca da escola - Direito de Ler
Biblioteca da escola - Direito de Ler
ecoleitura
 
Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
Bibliotecas Escolares Gil Eanes
 
Aula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolarAula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolar
Biblio 2010
 
Navegar no Mar Quinhentista
Navegar no Mar QuinhentistaNavegar no Mar Quinhentista
Navegar no Mar Quinhentista
António Pires
 
Café literário
Café literárioCafé literário
Café literário
Miguel D' Amorim
 
Apresentação - 1º semestre - Matutino 2011
Apresentação - 1º semestre - Matutino 2011Apresentação - 1º semestre - Matutino 2011
Apresentação - 1º semestre - Matutino 2011
Escola Municipal Irmã Irma Zorzi
 
Lobato viva 2010
Lobato viva  2010Lobato viva  2010
Plano de incentivo à leitura CEPE FRANÇA 2014/ 2015
Plano de incentivo à leitura   CEPE FRANÇA  2014/ 2015 Plano de incentivo à leitura   CEPE FRANÇA  2014/ 2015
Plano de incentivo à leitura CEPE FRANÇA 2014/ 2015
Magda Borges
 
Lobato viva 2010
Lobato viva  2010Lobato viva  2010
Projeto Pequenos Leitores, Grandes Escritores
Projeto Pequenos Leitores, Grandes EscritoresProjeto Pequenos Leitores, Grandes Escritores
Projeto Pequenos Leitores, Grandes Escritores
Letras Mágicas
 
Atividades Biblioteca CEP Eb1 PAMPILHOSA 2013
Atividades Biblioteca  CEP  Eb1 PAMPILHOSA 2013Atividades Biblioteca  CEP  Eb1 PAMPILHOSA 2013
Atividades Biblioteca CEP Eb1 PAMPILHOSA 2013
Regina Coutinho
 

Mais procurados (19)

Proposta de atividades para uma biblioteca dinâmica
Proposta de atividades para uma biblioteca dinâmicaProposta de atividades para uma biblioteca dinâmica
Proposta de atividades para uma biblioteca dinâmica
 
Projeto de incentivo a leitura
Projeto de incentivo a leituraProjeto de incentivo a leitura
Projeto de incentivo a leitura
 
profuncionario biblioteca
profuncionario bibliotecaprofuncionario biblioteca
profuncionario biblioteca
 
Promoção do Livro e da Leitura
Promoção do Livro e da LeituraPromoção do Livro e da Leitura
Promoção do Livro e da Leitura
 
Programação cultural e mediação de leitura em bibliotecas públicas
Programação cultural e mediação de leitura em bibliotecas públicasProgramação cultural e mediação de leitura em bibliotecas públicas
Programação cultural e mediação de leitura em bibliotecas públicas
 
Aula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca EscolarAula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca Escolar
 
Escrever para crianças e jovens: o quê e porquê?
Escrever para crianças e jovens: o quê e porquê?Escrever para crianças e jovens: o quê e porquê?
Escrever para crianças e jovens: o quê e porquê?
 
Aula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolarAula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolar
 
Biblioteca da escola - Direito de Ler
Biblioteca da escola - Direito de LerBiblioteca da escola - Direito de Ler
Biblioteca da escola - Direito de Ler
 
Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
 
Aula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolarAula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolar
 
Navegar no Mar Quinhentista
Navegar no Mar QuinhentistaNavegar no Mar Quinhentista
Navegar no Mar Quinhentista
 
Café literário
Café literárioCafé literário
Café literário
 
Apresentação - 1º semestre - Matutino 2011
Apresentação - 1º semestre - Matutino 2011Apresentação - 1º semestre - Matutino 2011
Apresentação - 1º semestre - Matutino 2011
 
Lobato viva 2010
Lobato viva  2010Lobato viva  2010
Lobato viva 2010
 
Plano de incentivo à leitura CEPE FRANÇA 2014/ 2015
Plano de incentivo à leitura   CEPE FRANÇA  2014/ 2015 Plano de incentivo à leitura   CEPE FRANÇA  2014/ 2015
Plano de incentivo à leitura CEPE FRANÇA 2014/ 2015
 
Lobato viva 2010
Lobato viva  2010Lobato viva  2010
Lobato viva 2010
 
Projeto Pequenos Leitores, Grandes Escritores
Projeto Pequenos Leitores, Grandes EscritoresProjeto Pequenos Leitores, Grandes Escritores
Projeto Pequenos Leitores, Grandes Escritores
 
Atividades Biblioteca CEP Eb1 PAMPILHOSA 2013
Atividades Biblioteca  CEP  Eb1 PAMPILHOSA 2013Atividades Biblioteca  CEP  Eb1 PAMPILHOSA 2013
Atividades Biblioteca CEP Eb1 PAMPILHOSA 2013
 

Destaque

Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Biblio 2010
 
Atividades desenvolvidas na biblioteca
Atividades desenvolvidas na bibliotecaAtividades desenvolvidas na biblioteca
Atividades desenvolvidas na biblioteca
Escola Municipal Irmã Irma Zorzi
 
Desfile Cívico 2012 - Escola Durmeval Trigueiro
Desfile Cívico 2012 - Escola Durmeval TrigueiroDesfile Cívico 2012 - Escola Durmeval Trigueiro
Desfile Cívico 2012 - Escola Durmeval Trigueiro
Jeane Garcia
 
Biblos Organiza A Biblioteca Sesmarias
Biblos Organiza A Biblioteca SesmariasBiblos Organiza A Biblioteca Sesmarias
Biblos Organiza A Biblioteca Sesmarias
Gonçalo Silva
 
Como Fazer (+) Em AplicaçõEs Ria Escrevendo ( )
Como Fazer (+) Em AplicaçõEs Ria Escrevendo ( )Como Fazer (+) Em AplicaçõEs Ria Escrevendo ( )
Como Fazer (+) Em AplicaçõEs Ria Escrevendo ( )
Felipe Nascimento
 
Como fazer mais em aplicações RIA escrevendo menos
Como fazer mais em aplicações RIA escrevendo menosComo fazer mais em aplicações RIA escrevendo menos
Como fazer mais em aplicações RIA escrevendo menos
Jaydson Gomes
 
Dia Internacional das Bibliotecas Escolares
Dia Internacional das Bibliotecas EscolaresDia Internacional das Bibliotecas Escolares
Dia Internacional das Bibliotecas Escolares
Emília Fernandes
 
Curiosidades da biblioteconomia
Curiosidades da biblioteconomiaCuriosidades da biblioteconomia
Curiosidades da biblioteconomia
Sheila Silveira
 
Introdução a jQuery
Introdução a jQueryIntrodução a jQuery
Introdução a jQuery
Rodrigo Aramburu
 
Tarde cultural
Tarde culturalTarde cultural
Tarde cultural
Risoleta Montez
 
Programa semana leitura
Programa semana leituraPrograma semana leitura
Programa semana leitura
bibliosdomingos
 
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas EscolaresIntrodução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Carlos Pinheiro
 
Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"
Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"
Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"
Solange Santana
 
CDU - CLASSIFICAÇÃO DÉCIMAL UNIVERSAL
CDU - CLASSIFICAÇÃO DÉCIMAL UNIVERSALCDU - CLASSIFICAÇÃO DÉCIMAL UNIVERSAL
CDU - CLASSIFICAÇÃO DÉCIMAL UNIVERSAL
BibEscolar Ninho Dos Livros
 
A Produção de Conhecimentos e a Origem das Bibliotecas
A Produção de Conhecimentos e a Origem das BibliotecasA Produção de Conhecimentos e a Origem das Bibliotecas
A Produção de Conhecimentos e a Origem das Bibliotecas
Juliana
 
Indicadores de produção em pesquisa
Indicadores de produção em pesquisaIndicadores de produção em pesquisa
Indicadores de produção em pesquisa
Solange Santana
 
Processamento de Documento Multimídia
Processamento de Documento MultimídiaProcessamento de Documento Multimídia
Processamento de Documento Multimídia
Juliane Silva
 
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres.Programa de Literacia_ propostas
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres.Programa de Literacia_ propostasBiblioteca Geral_Instituto NunAlvres.Programa de Literacia_ propostas
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres.Programa de Literacia_ propostas
INAbiblioteca
 
A informação e a Biblioteca Universitária
A informação e a Biblioteca UniversitáriaA informação e a Biblioteca Universitária
A informação e a Biblioteca Universitária
Michelangelo Mazzardo Marques Viana
 
Como fazer uma_apresentação_em_powerpoint
Como fazer uma_apresentação_em_powerpointComo fazer uma_apresentação_em_powerpoint
Como fazer uma_apresentação_em_powerpoint
INAbiblioteca
 

Destaque (20)

Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
 
Atividades desenvolvidas na biblioteca
Atividades desenvolvidas na bibliotecaAtividades desenvolvidas na biblioteca
Atividades desenvolvidas na biblioteca
 
Desfile Cívico 2012 - Escola Durmeval Trigueiro
Desfile Cívico 2012 - Escola Durmeval TrigueiroDesfile Cívico 2012 - Escola Durmeval Trigueiro
Desfile Cívico 2012 - Escola Durmeval Trigueiro
 
Biblos Organiza A Biblioteca Sesmarias
Biblos Organiza A Biblioteca SesmariasBiblos Organiza A Biblioteca Sesmarias
Biblos Organiza A Biblioteca Sesmarias
 
Como Fazer (+) Em AplicaçõEs Ria Escrevendo ( )
Como Fazer (+) Em AplicaçõEs Ria Escrevendo ( )Como Fazer (+) Em AplicaçõEs Ria Escrevendo ( )
Como Fazer (+) Em AplicaçõEs Ria Escrevendo ( )
 
Como fazer mais em aplicações RIA escrevendo menos
Como fazer mais em aplicações RIA escrevendo menosComo fazer mais em aplicações RIA escrevendo menos
Como fazer mais em aplicações RIA escrevendo menos
 
Dia Internacional das Bibliotecas Escolares
Dia Internacional das Bibliotecas EscolaresDia Internacional das Bibliotecas Escolares
Dia Internacional das Bibliotecas Escolares
 
Curiosidades da biblioteconomia
Curiosidades da biblioteconomiaCuriosidades da biblioteconomia
Curiosidades da biblioteconomia
 
Introdução a jQuery
Introdução a jQueryIntrodução a jQuery
Introdução a jQuery
 
Tarde cultural
Tarde culturalTarde cultural
Tarde cultural
 
Programa semana leitura
Programa semana leituraPrograma semana leitura
Programa semana leitura
 
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas EscolaresIntrodução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
 
Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"
Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"
Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"
 
CDU - CLASSIFICAÇÃO DÉCIMAL UNIVERSAL
CDU - CLASSIFICAÇÃO DÉCIMAL UNIVERSALCDU - CLASSIFICAÇÃO DÉCIMAL UNIVERSAL
CDU - CLASSIFICAÇÃO DÉCIMAL UNIVERSAL
 
A Produção de Conhecimentos e a Origem das Bibliotecas
A Produção de Conhecimentos e a Origem das BibliotecasA Produção de Conhecimentos e a Origem das Bibliotecas
A Produção de Conhecimentos e a Origem das Bibliotecas
 
Indicadores de produção em pesquisa
Indicadores de produção em pesquisaIndicadores de produção em pesquisa
Indicadores de produção em pesquisa
 
Processamento de Documento Multimídia
Processamento de Documento MultimídiaProcessamento de Documento Multimídia
Processamento de Documento Multimídia
 
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres.Programa de Literacia_ propostas
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres.Programa de Literacia_ propostasBiblioteca Geral_Instituto NunAlvres.Programa de Literacia_ propostas
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres.Programa de Literacia_ propostas
 
A informação e a Biblioteca Universitária
A informação e a Biblioteca UniversitáriaA informação e a Biblioteca Universitária
A informação e a Biblioteca Universitária
 
Como fazer uma_apresentação_em_powerpoint
Como fazer uma_apresentação_em_powerpointComo fazer uma_apresentação_em_powerpoint
Como fazer uma_apresentação_em_powerpoint
 

Semelhante a Bibliotecas 2010-11

Bibliotecas Do Mundo
Bibliotecas Do MundoBibliotecas Do Mundo
Bibliotecas Do Mundo
fontexeriabib
 
Bibliotecas do mundo
Bibliotecas do mundoBibliotecas do mundo
Bibliotecas do mundo
joaocarlosoliveiracamurca
 
Bibliotecas tipos mundiais
Bibliotecas tipos mundiaisBibliotecas tipos mundiais
Bibliotecas tipos mundiais
subutterfly
 
Dia das-bibliotecas-escolares-em-portugal1
Dia das-bibliotecas-escolares-em-portugal1Dia das-bibliotecas-escolares-em-portugal1
Dia das-bibliotecas-escolares-em-portugal1
BibEscolar Ninho Dos Livros
 
A evolução da biblioteca ao longo do tempo
A evolução da biblioteca ao longo do tempoA evolução da biblioteca ao longo do tempo
A evolução da biblioteca ao longo do tempo
Dário Ribeiro
 
Seminário 2011 - Biblioteca Nacional
Seminário 2011 - Biblioteca NacionalSeminário 2011 - Biblioteca Nacional
Seminário 2011 - Biblioteca Nacional
jlpaesjr
 
Fonte de informações em Museus
Fonte de informações em MuseusFonte de informações em Museus
Fonte de informações em Museus
Ingridy Dias
 
1ª sessão
1ª sessão1ª sessão
1ª sessão
Isabel Rosa
 
Biblioteca
BibliotecaBiblioteca
Biblioteca nacional alunos
Biblioteca nacional   alunosBiblioteca nacional   alunos
Biblioteca nacional alunos
Biblio 2010
 
Manual final
Manual finalManual final
Manual final
MaianaRosari
 
Bibliotecas Nacionais Brasileiras
Bibliotecas Nacionais BrasileirasBibliotecas Nacionais Brasileiras
Bibliotecas Nacionais Brasileiras
Margarida Ferreira
 
Biblioteca Digital Brasiliana Guita e José Mindlin (março de 2013)
Biblioteca Digital Brasiliana Guita e José Mindlin (março de 2013)Biblioteca Digital Brasiliana Guita e José Mindlin (março de 2013)
Biblioteca Digital Brasiliana Guita e José Mindlin (março de 2013)
Carolina Cândido
 
Biblioteca Geral. Plano de Atividaes.2019.20
Biblioteca Geral. Plano de Atividaes.2019.20Biblioteca Geral. Plano de Atividaes.2019.20
Biblioteca Geral. Plano de Atividaes.2019.20
INAbiblioteca
 
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecasConceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Esteban Arenillas
 
Universidade Sénior Contemporânea - PATRIMÓNIO CULTURAL E PAISAGÍSTICO PORTU...
Universidade Sénior Contemporânea - PATRIMÓNIO CULTURAL E  PAISAGÍSTICO PORTU...Universidade Sénior Contemporânea - PATRIMÓNIO CULTURAL E  PAISAGÍSTICO PORTU...
Universidade Sénior Contemporânea - PATRIMÓNIO CULTURAL E PAISAGÍSTICO PORTU...
Universidade Sénior Contemporânea do Porto
 
Biblioteca novembro
Biblioteca novembroBiblioteca novembro
Biblioteca novembro
Graça Neves Oliveira
 
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Lucineia Silva
 
História do livro e da biblioteca
História do livro e da bibliotecaHistória do livro e da biblioteca
História do livro e da biblioteca
Ana Glenyr
 
Inf historia 6
Inf historia 6Inf historia 6
Inf historia 6
Izaac Erder
 

Semelhante a Bibliotecas 2010-11 (20)

Bibliotecas Do Mundo
Bibliotecas Do MundoBibliotecas Do Mundo
Bibliotecas Do Mundo
 
Bibliotecas do mundo
Bibliotecas do mundoBibliotecas do mundo
Bibliotecas do mundo
 
Bibliotecas tipos mundiais
Bibliotecas tipos mundiaisBibliotecas tipos mundiais
Bibliotecas tipos mundiais
 
Dia das-bibliotecas-escolares-em-portugal1
Dia das-bibliotecas-escolares-em-portugal1Dia das-bibliotecas-escolares-em-portugal1
Dia das-bibliotecas-escolares-em-portugal1
 
A evolução da biblioteca ao longo do tempo
A evolução da biblioteca ao longo do tempoA evolução da biblioteca ao longo do tempo
A evolução da biblioteca ao longo do tempo
 
Seminário 2011 - Biblioteca Nacional
Seminário 2011 - Biblioteca NacionalSeminário 2011 - Biblioteca Nacional
Seminário 2011 - Biblioteca Nacional
 
Fonte de informações em Museus
Fonte de informações em MuseusFonte de informações em Museus
Fonte de informações em Museus
 
1ª sessão
1ª sessão1ª sessão
1ª sessão
 
Biblioteca
BibliotecaBiblioteca
Biblioteca
 
Biblioteca nacional alunos
Biblioteca nacional   alunosBiblioteca nacional   alunos
Biblioteca nacional alunos
 
Manual final
Manual finalManual final
Manual final
 
Bibliotecas Nacionais Brasileiras
Bibliotecas Nacionais BrasileirasBibliotecas Nacionais Brasileiras
Bibliotecas Nacionais Brasileiras
 
Biblioteca Digital Brasiliana Guita e José Mindlin (março de 2013)
Biblioteca Digital Brasiliana Guita e José Mindlin (março de 2013)Biblioteca Digital Brasiliana Guita e José Mindlin (março de 2013)
Biblioteca Digital Brasiliana Guita e José Mindlin (março de 2013)
 
Biblioteca Geral. Plano de Atividaes.2019.20
Biblioteca Geral. Plano de Atividaes.2019.20Biblioteca Geral. Plano de Atividaes.2019.20
Biblioteca Geral. Plano de Atividaes.2019.20
 
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecasConceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecas
 
Universidade Sénior Contemporânea - PATRIMÓNIO CULTURAL E PAISAGÍSTICO PORTU...
Universidade Sénior Contemporânea - PATRIMÓNIO CULTURAL E  PAISAGÍSTICO PORTU...Universidade Sénior Contemporânea - PATRIMÓNIO CULTURAL E  PAISAGÍSTICO PORTU...
Universidade Sénior Contemporânea - PATRIMÓNIO CULTURAL E PAISAGÍSTICO PORTU...
 
Biblioteca novembro
Biblioteca novembroBiblioteca novembro
Biblioteca novembro
 
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
 
História do livro e da biblioteca
História do livro e da bibliotecaHistória do livro e da biblioteca
História do livro e da biblioteca
 
Inf historia 6
Inf historia 6Inf historia 6
Inf historia 6
 

Mais de EB1 nº5 Setúbal

Folheto be
Folheto beFolheto be
Folheto be
EB1 nº5 Setúbal
 
Jogo desafio a sopa verde
Jogo desafio   a sopa verdeJogo desafio   a sopa verde
Jogo desafio a sopa verde
EB1 nº5 Setúbal
 
Jogo desafio "A sopa verde"
Jogo desafio "A sopa verde"Jogo desafio "A sopa verde"
Jogo desafio "A sopa verde"
EB1 nº5 Setúbal
 
C:\Users\Ana\Documents\Ana Fortuna\2009 10\Be\Eb1 Nº7\Paula Pinto\Big Buck Bunny
C:\Users\Ana\Documents\Ana Fortuna\2009 10\Be\Eb1 Nº7\Paula Pinto\Big Buck BunnyC:\Users\Ana\Documents\Ana Fortuna\2009 10\Be\Eb1 Nº7\Paula Pinto\Big Buck Bunny
C:\Users\Ana\Documents\Ana Fortuna\2009 10\Be\Eb1 Nº7\Paula Pinto\Big Buck Bunny
EB1 nº5 Setúbal
 
Big Buck Bunny
Big Buck BunnyBig Buck Bunny
Big Buck Bunny
EB1 nº5 Setúbal
 
O Fantasma das Cuecas Rotas
O Fantasma das Cuecas RotasO Fantasma das Cuecas Rotas
O Fantasma das Cuecas Rotas
EB1 nº5 Setúbal
 
O Espantalho Solitário
O Espantalho SolitárioO Espantalho Solitário
O Espantalho Solitário
EB1 nº5 Setúbal
 
O Mundo que Somos
O Mundo que SomosO Mundo que Somos
O Mundo que Somos
EB1 nº5 Setúbal
 

Mais de EB1 nº5 Setúbal (8)

Folheto be
Folheto beFolheto be
Folheto be
 
Jogo desafio a sopa verde
Jogo desafio   a sopa verdeJogo desafio   a sopa verde
Jogo desafio a sopa verde
 
Jogo desafio "A sopa verde"
Jogo desafio "A sopa verde"Jogo desafio "A sopa verde"
Jogo desafio "A sopa verde"
 
C:\Users\Ana\Documents\Ana Fortuna\2009 10\Be\Eb1 Nº7\Paula Pinto\Big Buck Bunny
C:\Users\Ana\Documents\Ana Fortuna\2009 10\Be\Eb1 Nº7\Paula Pinto\Big Buck BunnyC:\Users\Ana\Documents\Ana Fortuna\2009 10\Be\Eb1 Nº7\Paula Pinto\Big Buck Bunny
C:\Users\Ana\Documents\Ana Fortuna\2009 10\Be\Eb1 Nº7\Paula Pinto\Big Buck Bunny
 
Big Buck Bunny
Big Buck BunnyBig Buck Bunny
Big Buck Bunny
 
O Fantasma das Cuecas Rotas
O Fantasma das Cuecas RotasO Fantasma das Cuecas Rotas
O Fantasma das Cuecas Rotas
 
O Espantalho Solitário
O Espantalho SolitárioO Espantalho Solitário
O Espantalho Solitário
 
O Mundo que Somos
O Mundo que SomosO Mundo que Somos
O Mundo que Somos
 

Último

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 

Último (20)

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 

Bibliotecas 2010-11

  • 1. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant’Iago
  • 2. Biblioteca Tem origem na palavra grega: “Bibliothéke” — significa o lugar onde se guardam livros. Em latim, “Bibliotheca” significa estante.
  • 3. Mês Internacional das Bibliotecas Escolares Outubro 2010 Comemoração "Diversidade, Desafio, Resiliência: As Bibliotecas Escolares têm de tudo" Mês Internacional das Bibliotecas Escolares Outubro
  • 4. 1 das maiores bibliotecas do mundo foi construída em Alexandria no Egipto e tinha mais de 60 mil volumes, manuscritos em folhas de papiro ou em pergaminhos (peles de carneiro especialmente preparadas para servir como material de escrita). Foi destruída quando os árabes conquistaram Alexandria.
  • 5. foi erguida em Nínive, a cidade mais importante da Assíria (actual Iraque), pelo rei Assurbanipal II, por volta do século 7 a.C. Nela, foram armazenadas milhares de tabuletas escritas com caracteres cuneiformes, a mais antiga forma de escrita que se conhece. Escrita Cuneiforme
  • 7. A 1ª biblioteca do mundo com menos livros, ou quase. Pertence à Faculdade de Engenharia da Universidade de Stanford nos EUA no estado da Califórnia.
  • 8. Biblioteca instalada numa carrinha que visita meios mais isolados, onde os utentes podem ler e requisitar livros, ler jornais e revistas.
  • 9. Antigamente em Lisboa - Carrinha da Gulbenkian
  • 10. Actualmente estas bibliotecas já disponibilizam computadores com Internet.
  • 11.  
  • 12. No Brasil - uma biblioteca móvel instalada num autocarro. Na índia – a camioneta que serve de biblioteca também serve de escola.
  • 15. Biblioteca em carro de mão No Brasil
  • 16. Biblioteca no comboio em Shinkansen no Japão http://www.youtube.com/watch?v=Fosh2tC6ToQ
  • 17. Barco Biblioteca Itinerante Lagoa da Conceição na Ilha de Stª Catarina Brasil
  • 19.  
  • 20. É a biblioteca mais completa do país, pois tem exemplares de tudo o que é publicado em Portugal, assim como dos livros escritos na Língua Portuguesa noutros locais do Mundo. Situada no Campo Grande em Lisboa. Criada em 1798 .
  • 21. Servem a população de uma zona – cidade, vila… Espaço de leitura de periódicos , dedicado aos adultos. Em Setúbal
  • 22. Sala do Conto para jovens e crianças. Biblioteca Pública em Setúbal
  • 26. Projecto inovador da Biblioteca Pública da Batalha, distinguido pela Gulbenkian, inaugurado dia 5 de Dezembro de 2006 Para utilizar a máquina, os utentes têm que ter um cartão magnético, cedido gratuitamente pela Biblioteca Pública. Este multibanco de livros pode emprestar 170 livros por dia.
  • 28. Em Sesimbra Em Esposende
  • 29. Bondi Beach Na Austrália
  • 30.  
  • 31. Praia fluvial A partir de 1 de Junho, a Biblioteca Estival regressa à Praia Fluvial do Rosário - Moita
  • 32. Da ordem dos enfermeiros
  • 33. Biblioteca OMS O projeto Biblioteca Azul foi desenvolvido pela Biblioteca de OMS (Organização Mundial de Saúde) para disseminar informações básicas em saúde às equipas distritais dos países em desenvolvimento. A coleção é organizada segundo grandes temas. Contém mais de 180 livros, documentos e manuais sobre saúde pública e outras áreas relacionadas com as ciências da saúde. Disponíveis em quatro idiomas: Português, Inglês, Francês e Árabe.
  • 34. Biblioteca no aeroporto 1 ª biblioteca criada num aeroporto. No aeroporto de Schiphol em Amesterdão, na Holanda.
  • 36.  
  • 38. EB2,3
  • 40. Bibliotecas do Pré Escolar
  • 41. Podes
  • 42.  
  • 43.  
  • 44.  
  • 46. Livros em estantes fechadas Livros em livre acesso
  • 47.
  • 48.
  • 49.  

Notas do Editor

  1. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  2. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  3. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  4. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  5. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  6. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  7. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  8. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  9. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  10. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  11. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  12. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  13. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  14. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  15. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  16. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  17. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  18. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  19. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  20. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  21. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  22. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  23. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  24. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  25. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  26. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  27. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  28. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  29. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  30. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  31. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008
  32. Agrupamento Vertical de Escolas Ordem de Sant' Iago Outubro - 2008